Você está na página 1de 23

GUIA DEFINITIVO 2016

CARRO COM ISENÇÃO

LIVRE-SE DE LIBERADO DO ECONOMIA


IPVA, IPI, IOF RODÍZIO MUNICIPAL ATÉ 30%

O ÚNICO GUIA
PASSO-A-PASSO
PARA VOCÊ ADQUIRIR SEU CARRO NOVO
COM DESCONTO.

SEM NECESSIDADE
DE DESPACHANTE OU ADVOGADO.

SEM BUROCRACIA
DESCUBRA COMO NÃO CAIR E
ULTRAPASSAR MAIS ESSA BARREIRA.

http://www.carrocomisencao.com / 2016
GUIA DEFINITIVO 2016

CARRO
COM ISENÇÃO

http://www.carrocomisencao.com / 2016
/3

SOBRE ESTE E-BOOK




Este e-book tem como objetivo a orientação para que qualquer cidadão
que tenha direito a isenção fiscal possa realizar seu processo sem necessidade
de despachante ou advogado.
Aqui você vai encontrar detalhadamente cada passo para exercer seus
direitos. Sabemos que no país em que vivemos a burocracia está em toda parte,
por isso esse guia é o material perfeito para te fazer escapar e estar preparado
para todas as situações.

Não deixe de conferir o seu baú anti-burocracia. Lá você irá encontrar


todos os formulários necessários para cada etapa da isenção e check-lists para
não deixar de executar nenhuma tarefa.

Este e-book é parte do pacote “Carro Com Isenção” e tem todos os


direitos reservados. A distribuição, cópia, revenda e utilização para ministrar
treinamentos são absolutamente vedadas.

http://www.carrocomisencao.com / 2016
/4

É de extrema importância que você siga os passos para sua isenção


exatamente como prescrito neste livro. Ele é resultado de muita experiência no
processo e desenhado exatamente para poupar seu tempo e dinheiro. Então,
segure a ansiedade, não leia tudo de uma vez para que você não sofra com o
excesso e informação e vá acompanhando por partes, lendo de etapa em etapa.

Vamos começar.

http://www.carrocomisencao.com / 2016
/5

QUEM É A PESSOA COM DEFICIÊNCIA SEGUNDO A RECEITA


FEDERAL


Portadores de doenças crônicas têm direito a benefícios em casos comprovados
por perícia médica oficial, incluindo a isenção de tributos como o Imposto de
Renda, o IOF, e tributos que normalmente incidem na compra de um veículo.

De acordo com a legislação, entre as doenças crônicas temos: Aids, Câncer,


Cegueira, Contaminação por Radiação, Doença Renal, do fígado ou do coração,
Doença de Paget em estados avançados, Doença de Parkinson, Esclerose
múltipla, Hanseníase, Paralisia irreversível e incapacitante, Tuberculose ativa entre
outras.Em muitos dos casos, um familiar pode solicitar o direito em nome do
beneficiário, mesmo que o parente que se encaixe no perfil de deficiente não
possua habilitação.


http://www.carrocomisencao.com / 2016
/6

QUEM TEM DIREITO?




Segundo a Receita Federal, todo cidadão que possui algum tipo de deficiência
limitadora, como física, visual, auditiva ou também deficiência mental severa ou
profunda, autistas, ainda que menores de 18 (dezoito) anos, poderão adquirir,
diretamente ou por intermédio de seu representante legal, com isenção de
diversos impostos como IPI, IOF, ICMS, IPVA e até mesmo liberação do rodízio
municipal no caso de moradores da cidade de São Paulo.

http://www.carrocomisencao.com / 2016
/7

LISTA DE PATOLOGIAS QUE DÃO DIREITO

Amputações;

Artrite Reumatóide;

Artrodese;

Artrose;

Autismo;

Ausência de Membros;

Amputação;

AVC;

AVE (Acidente Vascular Encefálico);

Alguns tipos de câncer - Desde que limite a locomoção;


C

Cardiopatia (Cirurgia de peito aberto / Stents);

Cardiopatia - Risco de morte súbita;

Condromalácia Patelar;
D

Doenças Degenerativas;

Deficiência Mental (Severa ou Profunda);

Doenças Neurológicas;

Deficiência Visual;

DORT - Distúrbio Osteomuscular Relacionado ao Trabalho;

Deficientes visuais - Devem Indicar um Condutor;


E

Encurtamento de membros e más formações;

http://www.carrocomisencao.com / 2016
/8

Esclerose Múltipla;

Escoliose Acentuada;
F

Falta de força em membros;

Falta de sensibilidade;

Formigamento;
H

Hemiparesia;

Hemiplegia;

Hérnia de Disco;
L

LER (Lesão por esforço repetitivo);

Linfomas;

Lesões com sequelas físicas;


M

Má formação;

Manguito rotador;

Mastectomia (retirada da mama);

Membros com Deformidades Congênitas ou Adquiridas;

Monoparesia;

Monplegia;
N

Nanismo (baixa estatura);

Neuropatias diabéticas;
O

http://www.carrocomisencao.com / 2016
/9

Ostomia;
P

Paralisia;

Paralisia Cerebral;

Paraplegia;

Paraparesia;

Paresia;

Parestesia;

Parkinson;

Poliomielite;

Problemas graves de coluna;

Próteses internas e externas, exemplo: joelho, quadril, coluna, etc.


Q

Quadrantectomia (Relacionada a câncer de mama);


R

Renal Crônico com uso de (fístula);


S

Síndrome de deficiência imunológica (HIV);


T

Talidomia;

Tendinite Crônica;

Tetraparesia;

Tetraplegia;

Triplegia.

Triplegia.

http://www.carrocomisencao.com / 2016
/ 10

APENAS DEFICIENTES FÍSICOS APARENTES PODEM SOLICITAR


A ISENÇÃO DE IMPOSTOS?

Muitos pensam que apenas cadeirantes têm o direito a isenções de impostos e


benefícios na compra de veículos 0km, mas muitas pessoas além desse grupo
especial, podem possuir esses direitos. Estamos falando de pessoas com algum
tipo de mobilidade reduzida e muitas vezes não conhecem esse direito.

Abaixo nós apresentamos algumas das doenças que dão direito.

http://www.carrocomisencao.com / 2016
/ 11

CASOS EM QUE DEVERÃO INDICAR CONDUTORES 




Pessoas com Deficiência Visual com acuidade visual igual ou menor que
20/200 segundo a tabela de Snellen, no melhor olho, após a melhor correção, ou
campo visual inferior a 20o. Deverão indicar condutor/es por si mesmas ou
através de seus responsáveis legais;


Pessoas com Deficiência Intelectual(Severa ou Profunda);

Pessoas com Autismo (Transtorno Autista ou Autismo Atípico). 


De uma forma geral, podemos afirmar que: Tem direito à Isenção pessoas
que devido à sua deficiência, não podem dirigir nem hoje e nem no futuro; Ou
pessoas que devido à sua deficiência, pode dirigir hoje ou no futuro com
adaptação veicular. Guarde esta informação pois ela o ajudará a responder
futuras dúvidas sobre quem tem e quem não tem direito! 


PESSOAS COM DEFICIÊNCIA AUDITIVA/VOCAL AINDA NÃO POSSUEM ESSES DIREITOS!

http://www.carrocomisencao.com / 2016
/ 12

VOCÊ SE ENCAIXA EM UM DOS PERFIS INDICADOS?


CONHEÇA OS BENEFÍCIOS QUE VOCÊ TEM DIREITO DE
SOLICITAR.

Cartão DEFIS 


Cartão de autorização de uso de vaga especial que deve ser solicitada para o
uso de vagas destinadas exclusivamente a deficientes físicos.

http://www.carrocomisencao.com / 2016
/ 13

IPI - Imposto Sobre Produto Industrializado




O imposto sobre produtos industrializados (IPI) pode chegar a acumular 25% do
valor do veículo. A porcentagem a ser descontada depende da motorização
utilizada pelo veículo escolhido.

http://www.carrocomisencao.com / 2016
/ 14

IPVA - Imposto Sobre Propriedade de Veículos Automotores




Esse imposto é bem conhecido dos brasileiros e é baseado no valor do veículo.
O benefício varia entre estados numa média de 1% a 4%.

Atenção: Nem todos os estados brasileiros aderem ao desconto de IPVA.

IOF - Imposto Sobre Operações Financeiras 




Mais uma excelente isenção, esse imposto federal aplicado no financiamento do
seu veículo é capaz de acarretar até 1,5%.

http://www.carrocomisencao.com / 2016
/ 15

ICMS - Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviço 




Mais um imposto, dessa vez aplicado no produto finalizado, cerca de 18%.

Rodízio Municipal - SP 


O veículo licenciado fica livre da restrição de rodízio municipal na cidade de São
Paulo.

Isenção de Pedágio


O requerente fica livre do pagamento de pedágios em rodovias nacionais em
todo o território nacional. A proposta já foi aprovada e aguarda a
regulamentação do Poder Executivo.

Em casa de benefício para Não-Condutor o requerente não terá direito a


Isenção de IOF e de IPVA.


http://www.carrocomisencao.com / 2016
1. Carteira Nacional de Habilitação

O portador de deficiência física deve se dirigir a uma autoescola especializada.


Se já possuir uma habilitação comum, deve-se renová-la junto ao Detran de sua
cidade para que conste a observação de carro adaptado ou automático.

2. Laudo médico para o condutor

O portador de deficiência física deve obter este documento no Detran. Nele, o


médico irá atestar o tipo de deficiência física e a incapacidade física para
conduzir veículos comuns. Neste documento constarão o tipo de carro,
características e adaptações necessárias.

3. Isenção de IPI e IOF

É necessário apresentar os seguintes documentos na Delegacia Regional da


Receita Federal mais próxima de sua residência:

a) Preencher requerimentos de pedido de isenção de IPI fornecidos pela Receita


Federal.

b) Laudo Médico e carteira de habilitação, (duas) cópias autenticadas pelo


Detran

c) Duas cópias autenticadas por cartório dos seguintes documentos: CPF, RG e


comprovante de endereço (luz ou telefone fixo).

http://www.carrocomisencao.com / 2016
d) Uma cópia simples das duas últimas declarações de imposto de renda (ano
vigente e ano anterior). Obs.: Se não for declarante, apresentar cópia da
declaração de Isento (também chamado recadastramento de CPF) ou, se for
dependente, levar declaração do responsável legal.

e) Documento que prove regularidade de contribuição a previdência (INSS). Ex:


Holerite (destacar campo que informe o valor recolhido para o INSS), Extrato
Semestral de Aposentadoria (caso esteja aposentado) ou no caso de Autônomo,
empresário e profissional liberal, declaração do INSS que demonstre
recolhimento mensal chamada de DRSCI obtido pela internet no site
www.dataprev.gov.br ou direto em uma agencia da Previdência Social. Obs.:
Caso não se enquadre em nenhuma das situações acima, preencher declaração
sob as penas da lei de não contribuinte do INSS. Dica: Para Conseguir os
requerimentos de IPI, acessar a página da Receita Federal na internet (instrução
normativa 607).

4. Isenção de ICMS (concedida apenas para deficientes condutores habilitados)

É necessário apresentar os seguintes documentos no posto fiscal da Secretaria


da Fazenda da área de sua residência:

a) Kit de requerimento de isenção de ICMS assinado com firma reconhecida,


conseguido no posto fiscal da Secretaria da Fazenda.

b) 1 Laudo médico (Detran) original e carteira de habilitação autenticada pelo


Detran.

http://www.carrocomisencao.com / 2016
c) Uma cópia autenticada por cartório dos seguintes documentos: CPF, RG e
comprovante de endereço que demonstre consumo (água, luz ou telefone fixo).

d) Carta do vendedor, (que será emitida pela montadora que fabrica o carro
escolhido). Este documento é fornecido pela concessionária onde será efetuada
a compra.

e) Cópia simples da última declaração de Imposto de Renda (ano vigente).

f) Comprovantes de capacidade econômica financeira: Exemplo: Holerite,


extrato de poupança, aplicação ou documento do atual veículo que será vendido
e usado como parte de pagamento.

5. Isenção de IPVA (concedida apenas para deficientes condutores habilitados)

Esta isenção só será encaminhada quando veículo zero ou usado estiver


devidamente documentado em nome da pessoa portadora de deficiência física.
É necessário encaminhar os seguintes documentos no posto fiscal da Secretaria
da Fazenda da área de sua residência:

a) Preencher Kit de requerimento em 3 vias de isenção de IPVA

b) Laudo médico (uma cópia autenticada)

c) Uma cópia autenticada do RG, CPF, comprovante de residência (água, luz ou


telefone fixo), carteira de motorista, certificado de propriedade e licenciamento
do veículo frente e verso (obrigatoriamente em nome do deficiente).

http://www.carrocomisencao.com / 2016
d) Uma cópia da nota fiscal da compra do carro (somente para 0 km).

e) Cópia autenticada da nota fiscal do serviço de adaptação do seu veículo (caso


seja necessária alguma adaptação).

f) Declaração que irá possuir apenas um veículo com a isenção de IPVA. Obs.: No
caso de possuir mais de um veículo em seu nome, só será aceita a isenção de
apenas um veículo, ficando os demais sujeitos ao pagamento normal do tributo.

ISENÇÃO DE MULTAS (REFERENTE A RODÍZIO)

O portador de deficiência física pode rodar todos os dias com seu veículo,
independente da restrição colocada a finais de placas pelo rodízio municipal.
Para isso, ele deve cadastrar o veiculo ao órgão competente, evitando que as
multas sejam cobradas. Para a cidade de São Paulo, deve-se cadastrar junto à
CET (Companhia Engenharia de Trafego) pelos telefones (11) 3030-2484 ou
3030-2485.

a) Preencher requerimento para autorização especial fornecido pela CET.

b) Copia Autenticada do laudo medico e CNH (Detran)

c) Cópia simples do RG

http://www.carrocomisencao.com / 2016
d) Cópia autenticada do documento do veiculo CRLV

e) Encaminhar via sedex ou pessoalmente para Rua do Sumidouro 740 –


Pinheiros, São Paulo, CEP: 05428-010. Aos cuidados do DSV – departamento de
autorizações especiais.

Dica: Para conseguir o requerimento acessar o site www.cetsp.com.br.

ISENÇÃO DE IPI – NÃO CONDUTOR (DEFICIÊNCIA FÍSICA OU VISUAL)

É necessário apresentar os seguintes documentos na Delegacia Regional da


Receita Federal:

a) Preencher o kit de requerimentos de isenção de IPI fornecidos pela Receita


Federal;

b) Preencher declaração de identificação do condutor autorizado com firma


reconhecida em cartório das assinaturas de todos os envolvidos no processo;

c) 1 cópia autenticada do RG, CPF comprovante de endereço, da pessoa


portadora de deficiência física, assim como dos condutores envolvidos. Obs.: No
caso de pessoa portadora de deficiência menor de 18 anos e dependente dos
pais ou responsável, anexar certidão de nascimento, caso não possua RG e CPF.

http://www.carrocomisencao.com / 2016
d) 2 vias do Laudo médico conforme modelo específico dado pela receita
federal a ser preenchido por médico ou oftalmologista (para casos de deficiência
visual) credenciado ao SUS (Sistema Único de Saúde), especificando código CID
de acordo com o grau de deficiência física ou visual.

e) 1 (uma) cópia simples da Ultima declaração de imposto de renda (ano


vigente), e seu respectivo recibo de entrega. Obs.: Se não for declarante;
Apresentar cópia da declaração de Isento (também chamado recadastramento
de CPF ) ou, se for dependente ,levar declaração do responsável.

f) Documento que prove regularidade de contribuição a previdência (INSS). Ex:


Holerite (destacar campo que informe o valor recolhido para o INSS), Extrato
Semestral de Aposentadoria (caso esteja aposentado) ou no caso de ser
Autônomo ou possuir empresa no nome, necessitará de certidão negativa de
regularidade de contribuição para o INSS . Conseguido com seu contador ou
pelo site www.dataprev.gov.br (basta informar o NIT – número de inscrição do
trabalhador)

Atenção: Caso não se enquadre em nenhuma das situações acima, é necessário


preencher declaração de não contribuinte do INSS fornecido pela Receita
Federal.

http://www.carrocomisencao.com / 2016
ISENÇÃO DE IPI – NÃO CONDUTOR (DEFICIÊNCIA MENTAL SEVERA OU
PROFUNDA E AUTISMO)

É necessário apresentar os seguintes documentos na Delegacia Regional da


Receita Federal:

a) Preencher Kit de requerimentos de isenção de IPI fornecidos pela Receita


Federal;

b) Preencher declaração de identificação do condutor autorizado com firma


reconhecida em cartório das assinaturas de todos os envolvidos no processo;

c) Curatela do responsável no caso de deficiente maior de 18 anos, que não


possua capacidade jurídica. Obs.: A curatela trata-se de um documento emitido
por um juiz de direito que concede responsabilidade jurídica sobre o deficiente
mental.

d) 1 cópia autenticada do RG, CPF comprovante de endereço, da pessoa


portadora de deficiência física, assim como do curador eleito e dos condutores
envolvidos. Obs.: No caso de pessoa portadora de deficiência menor de 18 anos
e dependente dos pais ou responsável, anexar certidão de nascimento, caso não
possua RG e CPF.

e) Laudo médico conforme modelo específico fornecido pela receita federal a


ser preenchido por médico e psicólogo, (para casos de deficiência mental)
credenciado ao SUS (Sistema Único de Saúde), especificando código CID de
acordo com o grau de deficiência mental severa ou profunda e autismo.

http://www.carrocomisencao.com / 2016
f) 1 (uma) cópia simples da última declaração de imposto de renda (ano vigente),
e seu respectivo recibo de entrega de todas as pessoas envolvidas no processo.
Obs.: Se não for declarante; Apresentar cópia da declaração de Isento (também
chamado recadastramento de CPF ) ou, se for dependente ,levar declaração do
responsável.

g) Documento que prove regularidade de contribuição a previdência (INSS). Ex:


Holerite (destacar campo que informe o valor recolhido para o INSS), Extrato
Semestral de Aposentadoria (caso esteja aposentado) ou no caso de ser
Autônomo ou possuir empresa no nome, necessitará de certidão de
regularidade de contribuição para o INSS . Conseguido com seu contador ou
pelo site www.dataprev.gov.br (basta informar NIT (nº de inscrição do
trabalhador)

Atenção: Caso não se enquadre em nenhuma das situações acima, preencher


declaração de não contribuinte do INSS.

http://www.carrocomisencao.com / 2016