Você está na página 1de 64

MATEMÁTICA ELEMENTAR PROFESSOR TENANI www.compassocursos.com.

br

FRAÇÕES IRREDUTÍVEIS
FRAÇÕES Uma fração é irredutível quando o único fator comum entre o
numerador e o denominador é o 1.
Para escrever uma fração em sua forma irredutível
OPERAÇÕES COM FRAÇÕES. escrevemos o numerador e o denominador com o produto de
Em uma fração o número de cima é chamado numerador e o
números primos e dividimos ambos por todos os fatores
de baixo chamado denominador.
primos comuns.
Numerador
a EXERCÍCIO RESOLVIDO
b Denominador 02) Reduza cada uma das seguintes frações a uma fração
irredutível.
Frações Próprias: O numerador é menor que o denominador.
42
5 9 2 a)
, , . 18
9 10 3
Frações Impróprias: O numerador é maior ou igual ao
45
denominador. b)
60
13 5
ou .
10 5
Fração aparente. O numerador é múltiplo do denominador. EXERCÍCIO PROPOSTO
5 10 6 03) Reduza cada uma das seguintes frações a uma fração
 1,  5,  2
5 2 3 irredutível.
4 2.2 1
NÚMEROS PRIMOS E FATORAÇÃO a)  ¨
8 2. 2 . 2 2
Qualquer número natural pode ser escrito como um produto
de outros dois ou mais números menores ou iguais a ele 3
b)
chamado de fatores do número. 9
10
Número Fatores c)
18=2.9 2e9 12
18=1.18 1 e 18 8
d)
18=3.6 3e6 14
18=2.3.3 2 , 2 e 3 16
e)
Fatorar um número é escrevê-lo como um produto de 18
fatores. Adiante, será necessário fatorar um número em 14
f)
fatores primos. 21
50
g)
Número primo é um número natural maior que 1 cujos 75
únicos fatores são ele mesmo e o 1. 64
h)
32
Os primeiros números primos são: 96
i)
2, 3, 5, 7, 11, 13, 17, 19, 23 e 29. 48
Então quando nós fatoramos 100
j)
18 = 2.3.3 nós estamos fatorando 18 em fatores primos. 85
120
EXERCÍCIO PROPOSTO k)
84
01) Escreva cada um dos números abaixo com um produto
25
de fatores primos: l)
45
a) 36
36 2 PRODUTO DE FRAÇÕES
18 2
9 3
Para multiplicar duas frações:
3 3
1  Escrever o numerador e o denominador como um
Assim 36  2.2.3.3  22.32 produto ( sem multiplicar).
b) 54  Reduzir a fração resultante a uma fração irredutível.
c) 96  Multiplicar
d) 345 1
MATEMÁTICA contato@compassocursos.com.br COMPASSO CURSOS

EXERCÍCIO RESOLVIDO EXERCÍCIOS PROPOSTOS


04) Multiplique as frações a seguir obtendo uma fração 06) A área de um retângulo é dada pelo produto da largura
irredutível. 5
pela altura. Calcule a área de um retângulo de cm de
2 5 2
a) 
3 7 11
largura por cm de altura.
6
5 3
b) 
6 4 07) Multiplique ou divida as frações a seguir obtendo uma
fração irredutível.
5 6
c)  a)
5 3 5.3
  
5. 3
¨
1
6 5 6 5 6.5 2. 3. 5 2
2 5
Quando o produto entre dois números é 1, dizemos que eles b) 
3 6
são números inversos.
7 7
5 6 c) 
 e são inversos. 8 12
6 5
7 3
2 7 d) 
 e são inversos. 5 2
7 2
7 3
Usamos o inverso de uma fração para dividir frações. e) 
9 4
3
Para encontrar o quociente entre 2 frações f)  6
4
Para dividir duas frações multiplique a primeira pelo inverso 3 4
da segunda e reduza o produto resultante em uma fração g) 
7 5
irredutível. 12 8
h) 
25 15
49 6
Obs.: A fração imprópria pode ser escrita como o i)  3
48 7
1 3
número misto 1 , o qual é a soma de um número inteiro j) 4 
48 8
com uma fração própria. Ele é obtido dividindo-se o 7
k) 4 
numerador pelo denominador. 2
1
l) 17  2
49 48 49 1 3
 1 5
1 1 48 48 m) 12  1
6
EXERCÍCIO RESOLVIDO 17
n)
05) Divida as frações a seguir obtendo uma fração 3
irredutível. 4
7 6 1
a)  
8 7 o) 2
4
15 3
b)  46
17 5 08) Qual é o volume de um paralelepípedo com cm de
3
17
4 comprimento, cm de largura e de altura?
4
c) 5
3
7 123
09) Um pedaço de madeira de cm foi dividido em 14
2
partes. Qual é o comprimento de cada parte?
1 2
d) 3  5
4 3

2
MATEMÁTICA ELEMENTAR PROFESSOR TENANI www.compassocursos.com.br

ADIÇÃO E SUBTRAÇÃO DE FRAÇÕES. 12 18 24 2


Para somar ou subtrair duas frações, elas devem possuir o 6 9 12 2
mesmo denominador. 3 9 6 2
3 9 3 3
Para adicionar ou subtrair duas frações com mesmo
1 3 1 3
denominador:
1 1 1
 Adicionar ou subtrair os numeradores.
Logo, MMC(12,18,24) = 23.32  8.9  72
 Colocar a soma ou diferença sobre o denominador
comum. 5
Para escrever a fração como uma fração equivalente com
 Reduzir a fração resultante a uma fração irredutível. 6
novo denominador 24, nós encontramos o número que
multiplicado por é igual a 24. Desde que
EXERCÍCIO RESOLVIDO 6.4  24
10) Execute as operações a seguir. 5
Nós usamos o 4 como fator. Agora multiplicamos a fração
3 1 6
a) 
8 8 4
pela fração . Então:
4
5 5 4 5.4 20
    .
7 5 6 6 4 6.4 24
b) 
16 16
Para encontrar frações equivalentes
 Dividimos o novo denominador pelo denominador
original.
Quando as frações têm denominadores diferentes, nós  Multiplique o numerador e denominador da fração pelo
devemos reescrever todas as frações com um novo número obtido no passo anterior.
denominador comum. Muitos números podem satisfazer a
essa condição, mas nós queremos o menor desses números, EXERCÍCIOS PROPOSTOS
11) Encontre o mmc entre os números indicados
chamado de mínimo múltiplo comum (mmc).
a) 6, 9 e 12
b) 3, 8 e 10
 24 é o mínimo múltiplo comum entre os denominadores
c) 9, 15 e 21
7 5
das frações e , desde que ele o menor número que d) 6, 14 e 18
8 6
pode ser dividido por 8 e 6 exatamente. e) 5, 10 e 12
f) 16, 24 e 36
Para encontrar o mínimo múltiplo comum (mmc) entre dois g) 12, 16 e 24
h) 5, 7 e 11
ou mais números decompomos todos os números ao mesmo
tempo, num dispositivo como mostrado a seguir. O produto i) 10, 20 e 30
j) 68, 9 e 12
dos fatores primos que obtemos nessa decomposição é o
mmc desses números. (Processo chamado de decomposição k) 10, 14 e 18
l) 10, 15 e 20
simultânea):
24 18 2
12) Escreva frações equivalentes tendo o novo denominador
12 9 2
indicado:
6 9 2
3 ?
3 9 3 a) 
5 30
1 3 3 3 3 6 18
1 1 30  5  6    
5 5 6 30
7 ?
b) 
Logo, MMC(18,24)  2.2.2.3.3  23.32  8.9  72 9 72
5 ?
Esse procedimento pode ser generalizado para mais c) 
7 77
números.
1 ?
d) 
4 20

3
MATEMÁTICA contato@compassocursos.com.br COMPASSO CURSOS

MÁXIMO DIVISOR COMUM (MDC) EXERCÍCIOS PROPOSTOS


Dois números naturais sempre têm divisores comuns. Por 15) Some ou subtraia as seguintes frações.
exemplo: os divisores comuns de 12 e 18 são 1, 2, 3 e 6. 1 1
a) 
Dentre eles, 6 é o maior. Então chamamos o 6 de máximo 3 3
divisor . Para calcular o mdc de dois ou mais números é 2 3
b) 
utilizar a decomposição desses números em fatores primos. 5 10
Assim: 1 1
c) 
I) Decompomos os números em fatores primos; 3 4
II) O m.d.c. é o produto dos fatores primos comuns. 5 1
d) 
Calcular o mdc entre 36 e 90. 6 6
4 2
36 2 90 2 e) 
5 10
18 2 45 3
5 3
9 3 15 3 f) 
6 8
3 3 5 5
5
1 1 g) 3 
6
36  2.2.3.3 3
h) 4 
90  2.3.3.5 5
Logo mdc  36,90  2.3.3  18 . 2 3
i) 
3 4
3 7
13) Uma piscina com 18 m de comprimento, 8,7 m de largura j) 
e 1,2 m de profundidade foi azulejada de modo que seu 5 15
5 1
fundo foi revestido com o menor número possível de k) 
6 3
azulejos quadrados. Supondo ser desprezível o
5 1
espaçamento dos rejuntes entre os azulejos, qual é o l) 
6 3
menor número de azulejos quadrados utilizados para o
3 1
revestimento? m) 
8 12
7 3
n) 
24 16
7 19
o) 
54 45
1 1 1
p)  
Para adicionar ou subtrair frações com denominadores 2 5 10
7 5 3
diferentes q)  
15 6 4
 Encontramos o mmc entre os denominadores.
9 5 2
 Escrevemos cada fração com uma fração equivalente r)  
16 18 15
com o mmc como novo denominador.
2 2 5
 Executamos a adição ou subtração. s)  
7 3 7
 Reduzimos a fração resultante.
1 3
t) 7  2
2 4
EXERCÍCIO RESOLVIDO
14) Execute as operações a seguir.
16) O perímetro de um retângulo é encontrado adicionando-
7 5
a)  se os comprimentos de seus 4 lados. Encontre o
8 6
5 5
perímetro de um retângulo de dimensões cm e cm .
4 6
1
7 1 17) Luísa deve algum dinheiro para Renan. Se ela pagar
b)  4
8 3
1
do que deve em junho, da dívida original em julho e
3
3
da dívida original em Agosto, quanto de sua dívida
8
ainda restará?
4
MATEMÁTICA ELEMENTAR PROFESSOR TENANI www.compassocursos.com.br

5 3
18) Certo dia, Júlia compra m de certo tecido, m de
6 4
2
outro e m de um terceiro. Quantos metros de tecido
3
Júlia comprou?

VOCÊ SABE?

 Reduzir uma fração?


 Multiplicar e dividir frações?
 Encontrar o mínimo múltiplo comum de 2 ou mais
números?
 Somar e subtrair frações

RESOLVENDO PROBLEMAS
Leia atentamente o seguinte problema:
Você entra em um ônibus vazio juntamente com sete outros
passageiros e na primeira parada de sua rota quatro pessoas
descem e duas sobem para o ônibus. Na segunda parada, seis
pessoas descem e 4 sobem no mesmo. Na terceira parada,
oito pessoas descem do ônibus e três sobem. Na quarta
parada, 30 pessoas entram e oitos saem do ônibus.
Pergunta:
Qual a idade do motorista?
Você começou a contar os passageiros no ônibus? Aqui está a
primeira lição:

Não comece a resolver um problema antes de ter lido seu


enunciado inteiro.

5
MATEMÁTICA contato@compassocursos.com.br COMPASSO CURSOS

ADIÇÃO E SUBTRAÇÃO DE NÚMEROS DECIMAIS


DECIMAIS. PARA ADICIONAR OU SUBTRAIR NÚMEROS DECIMAIS:
 Colocamos os números um sobre o outro de tal forma
INTRODUÇÃO que as vírgulas fiquem alinhadas verticalmente
Um número decimal é uma fração cujo denominador é 10,  Procedemos como se estivéssemos adicionando ou
100, 1000, etc. subtraindo números inteiros.
Em um número como 235, os algarismos 2, 3 e 5 tem os
valores posicionais a seguir:
 235  (2.100)  (3.10)  (5.1) EXERCÍCIO RESOLVIDO
02) Execute as operações a seguir.
Em um número como 0,235 os algarismos 2,3 e 5 tem os a) 5,67  32,046  251,7367  0,92
valores posicionais a seguir:
1 1 1
 0,235  (2  )  (3  )  (5  )
10 100 1000

Nós chamamos esse número de Fração decimal ou


simplesmente decimal.
Observe que:
2 3 5 200 30 5 235
 0,235       
10 100 1000 1000 1000 1000 1000 b) 39,62  18,7

Lido como 235 milésimos.


Da mesma forma:
27
 0,27  (27 centésimos)
100
3 EXERCÍCIO PROPOSTO
 0,3  (3 décimos) 03) Efetue:
10
a) 3,97  7,39  3,17  8,45
EXERCÍCIO PROPOSTO b) 6,8  0,354  2,78  7,083  2,002
01) Escreva os seguintes números decimais como frações c) 4,76  0,573  3,57  40,09  13
irredutíveis. d) 8,0007  360,01  25,72  6,362  0,0005
a) 0,8 
8

2 .2.2 4
 e) 7,0001  8  7,067  803,1  5,25
10 2 .5 5 f) 10,03  3,113  0,3342  0,0763  0,005
b) 0,57 g) 19,2  4,38
c) 0,1234 h) 83,42  14,9
d) 0, 42 i) 27,376  14,0007
e) 0, 4 j) 367,0076  210,02
f) 0,83 k) 836  0,367
g) 0,15 l) 4,5632  274,063
h) 0,36
i) 0,125 MULTIPLICAÇÃO DE NÚMEROS DECIMAIS
j) 0,248
PARA MULTIPLICAR NÚMEROS DECIMAIS:
k) 0,875
l) 0,625
 Multiplique os números como se fossem inteiros.
 Conte o número de casas decimais nos 2 fatores.
Obs.: Um número decimal escrito com fração será redutível
 Esse número é o número total de casas do produto.
somente se o numerador for divisível por 2 ou por 5.
 Começando à direita do resultado, conte para a esquerda
o número de casas decimais obtidas anteriormente. Se
necessário complete com zeros e então insira a vírgula.

6
MATEMÁTICA ELEMENTAR PROFESSOR TENANI www.compassocursos.com.br

EXERCÍCIO RESOLVIDO EXERCÍCIO RESOLVIDO


04) Execute as operações a seguir. 06) Execute as operações a seguir.
a) 2,36  0,403 a) 360,5  1,03

b) 4950,3  5,69

b) 18,14  106,4 1
c)
3

No item (c) podemos observar que, independente da


quantidade de zeros que colocamos, continuará a aparecer o
EXERCÍCIO PROPOSTO algarismo 3 no quociente. Assim:
05) Efetue: 1
a) 206,1  9,36  0,3333...  0,3
3
b) 7,006  1,36
c) 42,6  73 EXERCÍCIO PROPOSTO
d) 56,37  0,0076 07) Efetue:
a) 4950,3  5,69
e) 703,6  1,7
b) 0,84  0,7
f) 30,0303  0,030303
c) 0,525  0,5
g) 2,456  0,00012
d) 10,4  0,26
e) 21,681  8,03
DIVISÃO DE NÚMEROS DECIMAIS f) 6,1251  60,05
g) 166,279  64,7
Dividendo Divisor h) 31,50  0,0126
Quociente i) 2,9868  0,057

08) Converta as seguintes frações em números decimais.


PARA DIVIDIR NÚMEROS DECIMAIS: 3
a)
 Identifique o divisor, o dividendo e o quociente como 8
indicado acima. 3
b)
 Mude o divisor para um número inteiro movendo a 20
vírgula para a direita quantas casas forem necessárias. 5
c)
 Mova a vírgula no dividendo para a direita o mesmo 8
número de casas do passo anterior. Se necessário use 13
d)
zeros para completar. 20
 Divida como números inteiros. e)
17
 Esse processo é o conhecido “igualar as casas”. 50
2
f)
9
5
g)
9
7
MATEMÁTICA contato@compassocursos.com.br COMPASSO CURSOS

09) 1 litro de gasolina custa R$2,599 . Qual é o custo de


14,36 litros?
10) Um estudante comprou um livro por R$21,68 . Se ele
pagou com R$25,00 qual é o seu troco?
11) Encontre a área de um retângulo de dimensões 15,75 cm
por 21,3 cm.
VOCÊ SABE?

 Escrever decimais finitas como frações?


 Adicionar e subtrair números decimais?
 Multiplicar e dividir números decimais?
 Escrever frações como números decimais?

8
MATEMÁTICA ELEMENTAR PROFESSOR TENANI www.compassocursos.com.br

EXERCÍCIOS PROPOSTOS
PORCENTAGENS. 02) Encontre as porcentagens abaixo:
a) 8% de 35
b) 224% de 50
A palavra “por cento” significa um a cada cem. Utilizamos o
7
símbolo “%” para representar porcentagens. Assim 4% c) % de 270
2
significa “quatro partes em cada cem”. d) 226% de 20
Nós podemos escrever porcentagens como: e) 5% de 40
 Um número decimal ou f) 240% de 60
 Como uma fração com denominador igual a 100. g) 110% de 500
Exemplos:
27 139 03) Lúcio economiza 5% de seu salário todo mês. Quanto ele
27%   0, 27 139%   1,39
100 100 terá economizado em 1 ano?
PARA ESCREVER UMA PORCENTAGEM COMO NÚMERO
04) Em promoção relâmpago uma loja oferece um desconto
DECIMAL:
de 35% sobre o preço de uma mercadoria cujo preço
 Mova a vírgula decimal duas casas para a esquerda e
original era R$ 460,00. Qual o novo valor da mercadoria?
acrescente o símbolo “%”.
PARA ESCREVER UMA PORCENTAGEM COMO UMA
05) Os automóveis atuais chamados “Flex” podem utilizar
FRAÇÃO:
álcool ou gasolina como combustível. A utilização do
 Elimine o símbolo “%” e escreva o número sobre o
álcool como combustível vale a pena se o preço do álcool
denominador 100.
for menos ou igual a 60% do preço da gasolina. Se o
preço atual da gasolina é R$ 2,50 qual deve ser o preço
PARA ESCREVER UM NÚMERO DECIMAL PORCENTAGEM:
do álcool para que compense a sua utilização?
 Mova a vírgula decimal duas casas para a direita e
coloque o símbolo “%”.
06) Uma loja ofereceu um desconto de 9% sobre o preço de
PARA ESCREVER UMA FRAÇÃO COMO UMA uma mercadoria. Qual é o preço original da mercadoria
PORCENTAGEM: se o preço pago foi de R$ 70,00.
 Encontre o número decimal equivalente a essa fração e
07) O salário de um trabalhador que era de R$ 3000,00
mude o número decimal para porcentagem.
sofreu um reajuste de 6,2%. Quanto passou a ser seu
EXERCÍCIO PROPOSTO novo salário?
01) Escreva os números seguintes como números decimais,
frações e porcentagens: 08) Ao aumentar o preço de uma mercadoria de R$ 2850,00
a) 0,9 para R$ 3277,50 qual foi o aumento percentual?
b) 1, 25
7 09) Comprei um terreno por R$ 5400, 00, depois de dois
c) anos, resolvi vendê-lo com 30% de lucro. Qual deveria
8
ser o novo preço do terreno?
d) 5%
e) 1% 10) Uma salina produz 18% de sal, em um determinado
f) 325% volume de água que é levada a evaporar. Para produzir
g) 1,75 125 m3 de sal, quanta água precisa ser represada.
3
h) 11) Uma determinada empresa oferece 25% de desconto no
4
pagamento á vista. Comprei um eletrodoméstico por R$
375,00 a vista. Qual é o preço do eletrodoméstico sem
Quando calculamos 40% de 300, nós encontramos a desconto?
percentagem. Em linguagem matemática, a palavra “de”
usualmente significa a operação de multiplicação. Assim 40% 12) Uma loja aumenta 20% o preço de um par de sapatos
de 300 significa 40%  300 . que custa R$ 40,00. Ao entrar em liquidação, essa loja
Entretanto, nós não podemos multiplicar 40% por 300. Nó passa a oferecer o mesmo pra de sapatos com um
devemos primeiro converter 40% para um número decimal ( desconto de 20% para pagamento à vista. Quanto você
ou para fração) antes de efetuar a operação. irá pagar pelo par de sapatos se comprá-lo à vista?
40%  300  0,40  300  120
9
MATEMÁTICA contato@compassocursos.com.br COMPASSO CURSOS

13) Um automóvel adquirido por R$ 20.000,00, foi vendido


com 20% de lucro sobre o preço de venda. Qual foi o
lucro em reais?

14) Das peças produzidas num torno, sabe-se que 60% são
perfeitas, 30% possuem pequenos defeitos e as restantes
não são aproveitadas. O custo de produção de cada
peça, em qualquer caso, é de R$10,00. O preço de venda
de cada peça perfeita é de R$15,00 e de cada peça com
pequeno defeito é de R$ 12,00. Qual o valor do lucro
esperado pelo fabricante ao programar a produção de
400 peças?

15) Um tanque de combustível contém 240 litros de gasolina


com 3% de álcool. Quantos litros de álcool puro devem
ser adicionados à mistura para que ela tenha 4% de
álcool?

16) Do preço de venda de um produto, um comerciante paga


20% de imposto. Do restante, 70% correspondem ao
custo do produto. Se o custo do produto é de R$ 336,00,
qual é o preço de venda desse produto?

17) Vendeu-se uma bicicleta por R$ 270,00 devido a 10% de


desvalorização sobre seu preço de compra. Portanto, o
valor de compra, imediatamente anterior a essa venda,
foi, em reais?

18) Uma loja vende seus artigos nas seguintes condições: à


vista, com 30% de desconto sobre o preço da tabela, ou
no cartão de crédito, com 10% de acréscimo sobre o
preço de tabela. Um artigo que, à vista, sai por R$
700,00, no cartão, saíra por

19) O preço de uma mercadoria sofreu dois aumentos


sucessivos, de 10% e de 20%. De quantos por cento foi o
aumento total dessa mercadoria?

VOCÊ SABE?

 Escrever uma porcentagem com número decimal?


 Escrever um número decimal como porcentagem?
 Escrever uma fração como porcentagem?
 Escrever uma porcentagem como fração?
 Encontrar a porcentagem?

10
MATEMÁTICA ELEMENTAR PROFESSOR TENANI www.compassocursos.com.br

Um número racional é qualquer número que pode ser


NÚMEROS REAIS. escrito como um quociente de dois inteiros de forma que o
divisor seja diferente de zero.

O conjunto é o conjunto dos números naturais Exemplos:


2 1 6 21 23 0 5
,  , , ,  , ,
 {0,1,2,3,4,...} 3 2 1 5 7 8 1
A representação decimal de um número racional é ou uma
Geometricamente, o conjunto pode ser representado por decimal finita ou uma decimal infinita periódica.
meio de uma reta numerada. Escolhemos sobre essa reta um Exemplos:
ponto de origem (correspondente ao número zero), uma 1
 0, 5
medida unitária e uma orientação (geralmente para a direita) 2
1
 0,3333....  0,3
3
1
  0,1666...  0,16
6
5
Subconjunto importante:   1, 25
4
*
 {1,2,3,4,...}   {0} 4
 0,121212...  0,12
33
O conjunto é o conjunto dos números inteiros 1
 0,037037037...  0,037
27
 {..., 3, 2, 1,0,1,2,3,...}
Obs. A barra colocada sobre um algarismo ou grupo de
Todos os elementos de pertencem também ao , isto é, algarismo indica que o algarismo ou o grupo repete
 . indefinidamente.
A representação geométrica do conjunto pode é feita a
partir da representação de na reta numerada; basta NÚMEROS IRRACIONAIS.
acrescentar os pontos correspondentes aos números
negativos. Nesse momento, poderíamos pensar que nós temos números
suficientes para resolver todas possíveis situações.
Infelizmente esse não é o caso. Consideremos o seguinte
problema:
Subconjuntos importantes: Qual é exatamente o lado de um quadrado cuja área é 5m 2 ?
*
 {..., 3, 2, 1,,1,2,3,...}   {0} Para responder a essa questão nós precisamos de um
 {0,1,2,3,...}  número que ao ser multiplicado por ele mesmo, tenha 5

como resultado.
*
  {1,2,3,...}  *
Será 2,236 o número procurado?
  {..., 3, 2, 1,0} 2,236  2,236  4,999696
*
  {..., 3, 2, 1} Esse número é próximo de 5 mas não é 5.
Pode-se mostrar que não existe um número racional cujo
MÓDULO. produto por ele mesmo seja igual a 5.
Módulo, ou valor absoluto, de x é a distância da origem ao A resposta para esse problema e para muitos outros não
ponto que representa x . pode ser encontrada no conjunto dos números racionais. A
| 2 || 2 | 2 reposta para essa questão é 5 ( raiz quadrada de 5).
| 4 || 4 | 4 Outros exemplos:
3, , 2, 0,1011011101111...
NÚMEROS RACIONAIS.
O conjunto dos números inteiros é suficiente para Números que não podem ser escritos como quociente de
representar muitas situações físicas, mas em muitas dois números inteiros pertencem ao conjunto chamado de
situações precisaremos de um novo conjunto de números irracionais.
chamado de conjuntos dos números racionais ( representado
por ).
11
MATEMÁTICA contato@compassocursos.com.br COMPASSO CURSOS

NÚMEROS REAIS. Existem 2 outros símbolos para desigualdades ( chamados de


desigualdades fracas) . Eles são menor ou igual (  ) e maior
Números podem ser racionais (aqueles que podem ser ou igual (  ).
escritos como quociente de dois inteiros) e irracionais ( Assim x  3 significa que x é no mínimo 3 . Isto é, que x
aqueles que não podem). Assim, um número pode ser representa um número que é igual a 3 ou maior que 3 .
racional ou irracional, mas não ambos.
O conjunto que contém todos os números racionais e todos VALOR ABSOLUTO OU MÓDULO
os números irracionais é chamado conjunto dos números O valor absoluto (ou módulo) de um número real é a
reais (representado por ). Quando nós encontrarmos um distância deste número até a origem.
problema em que um conjunto específico de números não foi
indicado nós assumiremos que esse conjunto é .
RETA REAL
Para representar os números reais, nós usamos a reta de
números reais. O símbolo para o valor absoluto é | |
Assim
2 2
| 7 | 7  | 3 | 3
5 5
 | 6 | 6 | 0 | 0

O número que é associado com cada ponto da linha é


chamado a coordenada do ponto. ADIÇÃO DE NÚMEROS REAIS

Números como  3 e  representam números irracionais.


Para representar esses números, nós precisamos de uma PARA ADICIONAR DOIS NÚMEROS REAIS
aproximação.  Para somar a e b , isto é a  b , nós localizamos a sobre
 3  1,732 a reta real e o movimentamos de acordo com o valor de
  3,142 b.
Movendo-se da esquerda para a direita na reta real, nós  Se b é positivo, nós movemos a para a direita b
estamos nos movendo no sentido positivo e os números unidades.
estarão crescendo. Se nos movermos para esquerda, nós  Se b é negativo, nós movemos a para a esquerda b
estaremos nos movendo no sentido negativo e os números unidades.
estarão decrescendo.  Se b é zero, nós não movimentamos a .

ORDEM NA RETA REAL. Nós utilizaremos o sinal (  ) na frente de um número para


enfatizar o fato de o número ser positivo. Nos futuros
Se nós escolhermos quaisquer dois números da reta real e exemplos isso será omitido.
representarmos eles por a e b , onde a e b representam Exemplos
números não especificados, nós observamos que existe uma (4)  (5)  9 (3)  (8)  11
relação de ordem entre a e b .
(6)  (0)  6 (5)  (2)  3
(3)  (8)  5 (2)  (7)  9
(20)  (30)  50 (9)  ( 9)  0
Quando nós somamos dois números com sinais diferentes a
a  b ( a está à esquerda de b ) resposta é a diferença entre os valores absolutos prefixados
ou com o sinal do número com maior valor absoluto.
b  a ( b está à direita de a )
PROPRIEDADES
Exemplos:
0  4 ou 4  0  a  0  0  a  0 ( 0 é o elemento neutro da adição)
 a  b  b  a (Propriedade comutativa da adição)
0  3 ou 3  0
3  6 ou 6  3  a  (a)  (a)  a  0 (A soma de um número com seu
2  4 ou 4  2 oposto ou simétrico é zero)
Obs. Não importa qual símbolo de desigualdade nós usemos  (a  b)  c  a  (b  c) ( Propriedade associativa)
a seta sempre aponta para o menor.

12
MATEMÁTICA ELEMENTAR PROFESSOR TENANI www.compassocursos.com.br

SUBTRAÇÃO DE NÚMEROS REAIS. O qual resulta em


= 4  4 1
 Para subtrair o número real b do número real a , isto é = 8 1
a  b , nós =7
 Mudamos a operação de subtração para adição.
EXERCÍCIO PROPOSTO
 Mudamos o sinal do número que segue o símbolo de
01) Efetue as operações:
subtração.
a) 8  3  2  5  1
 Efetuamos a operação seguindo as regras de adição.
b) [6  1]  [2  5]  7  [9  6]
c) (14  7)  2
Assim a  b significa a somado com o oposto de b .
d) 14  (7  2)
a  b  a  (b)  1  1
e)       
Exemplos  2  4
(4)  (5)  4  ( 5)  1  2  1
f)       
(6)  (0)  6  (0)  6  3  4
3  (8)  3  (8)  11 g) 18,7  (9,3)
20  (30)  20  (30)  10 h) 107,4  ( 12,6)
3  (8)  3  (8)  5 i) 215,8  96,2
9  (5)  9  (5)  4 j) (30)  (14)  (8)
5  (9)  5  (9)  4 k) (12)  (10)  (8)
Percebemos pelos dois últimos exemplos que a operação de l) (25)  (4)  (32)  (28)
subtração não é comutativa, isto é: m) (24)  (12)  (12)  ( 13)
n) (2)  (3)  (4)  ( 5)  ( 6)
9  (5)  5  (9) o) (15)  (13)  (7)  (32)
p) 14  4  (7  2)
ADIÇÃO E SUBTRAÇÃO DE VÁRIOS NÚMEROS REAIS.
q) (25  2)  (12  3)
Quando vários números estão sendo adicionados e
r) (6)  4  8  (8  7)
subtraídos em uma mesma linha, resolvemos o problema da
esquerda para a direita. s) 32  5  7  4  (11  8)
9  3  4  3  6 1 4 t) 10  10  (10  10)  10
 9  3  4  3  6 1 4 u) 12  3  16  10  (12  5)
6
v) (18  14)  (12  17)  16
 6  4  3  6 1 4
10 w) 8  4  7  (5  2)  3
 10  3  6  1  4
13 Observe pelos exemplos (c) e (d) que a operação de
 13  6  1  4 subtração não é associativa. Isto é, a ordem faz diferença na
7 subtração.
 7 1 4
6
MULTIPLICAÇÃO DE NÚMEROS REAIS
 64
Nós já conhecemos o fato de que o produto de dois números
 10
positivos é positivo. Nós podemos observar isso considerando
Muitas vezes, parte do problema terá um grupo de números
a multiplicação como repetidas adições.
dentro um símbolo de agrupamento como parênteses ( ),
4.3  3  3  3  3  12
colchetes [ ] ou chaves { }. Independente da quantidade de
Nós também sabemos que
números dentro de um desses símbolos de agrupamento, nós
3.4  4  4  4  12
trataremos eles como sendo um único número. Então em:
Assim podemos observar também a propriedade conhecida
como propriedade comutativa da multiplicação.
9  (3  2)  (6  2)  (5  4)
Para quaisquer números reais a e b ,
Nós realizaremos as operações dentro dos parênteses
a.b  b.a
primeiro para obter:
9  5  4 1
13
MATEMÁTICA contato@compassocursos.com.br COMPASSO CURSOS

Em nosso exemplo, nós usamos o símbolo "." para indicar  4.(4)  16
multiplicação. O símbolo " " será evitado em álgebra para  (5)(5)  25
evitar confusão com a letra “x”. Nós podemos determinar o sinal de nossa resposta ao
 5.7 é lido com 5 vezes 7. multiplicarmos 3 ou mais números reais.
 (4)(6) é lido com 4 vezes 6.
 3a é lido como 3 vezes a .  Se em uma multiplicação existir uma quantidade ímpar de
 6(8) é lido como 6 vezes 8. fatores negativo, o resultado será negativo.
 Se em uma multiplicação existir uma quantidade par de
1 1
 3
2
.
não significa 3
2
fatores negativo, o resultado será positivo.

Multiplicação de dois números com sinais diferentes.


Exemplos:
Como uma ilustração de uma multiplicação de um número
 (1).(2)(3)(4)  24 (Número ímpar de fatores negativos)
positivo por um número negativo, observe o seguinte padrão.
 (1)(2)( 3)(4)  24 (Número par de fatores negativos)
3.3  9 Propriedade associativa da multiplicação.
2.3  6 Mudando a ordem de multiplicação dos números em uma
Decresce de 3 em 3

1.3  3 multiplicação não mudará o resultado.


0.3  0
(a.b)c  a(b.c)
( 1).3 
( 2).3 
02) Efetue as operações indicadas.
( 3).3 
a) (3)( 5)
b) 0.( 6)
Assim, faz sentido que o produto de um número negativo por
c) 4.( 7)
um número positivo tenha como resultado um número
d) ( 8).3
negativo.
e) 4.(3).5
Propriedade de zero f) (2)(2)( 2)
Multiplicando qualquer número por zero sempre resultará g) 4.( 9)
zero como resposta h) (3)(2)(8)
a.0  0.a  0
i) (5)(2)(4)(3)
Elemento neutro da multiplicação
j) 7.(1)(3)(5)
Multiplicando qualquer número por 1 sempre resultará no
k) 2.(3)(1)(2)(2)(3)
próprio número.
a.1  1.a  a l) (1,8)(2, 4)
m) (5,7)(6,12)
Multiplicação de dois números negativos. n) (8,9).( 8,9)
o) (27)(0,08)
3.(3)  9
 1  3
2.(3)  6 p)     
Cresce de 3 em 3

 3 5
1.(3)  3
 3  3 
0.( 3)  0 q)      
 4  4 
( 1).( 3) 
 3  8 
( 2).( 3)  r)     
 4  9 
( 3).( 3) 
 5 2 
s)      
 8  5 
Assim, faz sentido que o produto entre dois números t) (3)(3)( 4)(4)
negativos tenha com resultado um número positivo. u) (1)(1)(1)(1)
v) (2)(0)(3)( 4)
Exemplos:
 (2).3  6 w) (3)(2)(4)(0)

 (2).(4)  8 x) (5)(0)(4)
y) (2)(0)(3)( 4)
14
MATEMÁTICA ELEMENTAR PROFESSOR TENANI www.compassocursos.com.br

03) Nos itens abaixo, são dados dois números, encontre dois EXERCÍCIO PROPOSTO
inteiros tais que seu produto é o primeiro número e sua 04) Efetue as divisões
soma é o segundo. 14
a)
7
a) 4,  4
Resposta: 2 e 2 pois (2)(2)  4 e 2  (2)  4 36
b)
6
b) 27,  6 24
Resposta: 9 e 3 pois (9)(3)  27 e 9  (3)  6 c)
3
c) 16,0 d)
15
d) 30,1 5
18
e) 25,10 e)
9
f) 20,  9 15
g) 11,10
f)
3
h) 0,  7
i) 72,  21 O sinal de nossa resposta pode ser obtido pelo mesmo
j) 12,  1
método utilizado na multiplicação

k) 48,16
Exemplos:
l) 35,12 ( 1)(12)
 1 (Quantidade ímpar de fatores negativos)
m) 8,7 (2)(3)
n) 9,0 ( 1)(12)
 2 (Quantidade par de fatores negativos)
o) 12,1 (2)( 3)
p) 15, 2 ( 1)(12)
 2 (Quantidade par de fatores negativos)
q) 18,3 (2)( 3)
r) 30,  1 ( 1)(12)
 2 (Quantidade ímpar de fatores negativos)
( 2)( 3)
DIVISÃO DE NÚMEROS REAIS ( 1)( 12)
 2 (Quantidade par de fatores negativos)
( 2)( 3)
Lembramos que quando nós dividimos um número
(dividendo) por outro número (divisor), nós calculamos um Quando nós multiplicamos ou dividimos, se nós tivermos
valor (quociente). Assim nós definimos a divisão a seguir uma quantidade para de números negativos, nossa
resposta será positiva, caso contrário, será negativa.
a
Se b  0 , dizemos que  q se a  b.q , onde a é o
b Obs. O procedimento para a escolha do sinal envolvendo
dividendo, b é o divisor e q é o quociente. divisão ou multiplicação de três ou mais números aplica-se
somente quando as operações envolvidas são apenas
Podemos checar nossa resposta multiplicando o divisor pelo multiplicação e divisão.
quociente e o resultado deve ser igual ao dividendo.
20 ( 8)  ( 4) 12
O quociente é um número q tal que 20  (5).q , Esse  6
5 2 2
número é o 4, o que mostra que a divisão de dois números
negativos resulta sempre em um número positivo. Divisão envolvendo o zero.
Para dividir um número positivo por um número negativo, ou
um negativo por um positivo, considere os seguintes O número zero é o único número que não pode ser usado
exemplos: a
como divisor, para perceber esse fato, lembre-se que q
b
(14)  (2)  7 desde que (2)(7)  14 . se a  b.q . Se nós aplicarmos essa definição usando o zero
(24)  6  4 desde que (6)(4)  24 . como divisor nós temos as seguintes situações:
3
 q . Então q.0 deve ser igual a 3 e nós não podemos
Assim, temos que o quociente de um número positivo e um 0
número negativo é sempre negativo. encontrar resposta para esse problema. Nós dizemos que
esta divisão não está definida.
15
MATEMÁTICA contato@compassocursos.com.br COMPASSO CURSOS

0 Obs. Entende-se que o expoente é 1 quando um número não


 q . Então q.0 deve ser igual a 0 e nós temos que
0 tem expoente. Isto é, 5  51 .
qualquer valor de q serve como resposta para esse problema. Exemplos
Nós dizemos que esta divisão não é indeterminada. (3)3  (3)(3)(3)  27
É importante lembrar que o quociente de zero dividido por
33  (3.3.3)  27
qualquer número diferente de zero é sempre zero.
0 (3)4  (3)(3)(3)(3)  81
 0 pois (4).0  0
4 34  (3.3.3.3)  81

EXERCÍCIO PROPOSTO
05) Efetue as divisões, se possível. ORDEM DAS OPERAÇÕES
0
a) Quando nós realizamos vários tipos de operações aritméticas,
5
2 nós devemos respeitar uma ordem na qual as operações
b) deverão ser realizadas. Considere a seguinte expressão
0
7 numérica.
c) 3  4.5  3
0
0 Dependendo da ordem a qual utilizamos para realizar a
d) operação, o resultado pode ser diferente. Para ilustrar
7
0 3  4.5  3  7.2  14
e) Ou
0
( 6)(0) 3  4.5  3  3  20  3  20 *
f)
( 3)(0) Ou ainda
66 3  4.5  3  3  4.2  3  8  11
g)
66
Ordem das operações
VOCÊ SABE?  Grupos: Realize qualquer operação agrupada com um dos
símbolos ( ) , [ ] ou { } e em cima ou abaixo de uma barra
 Realizar divisões com números reais? de fração.
 Lembrar os resultados das divisões envolvendo o zero?  Expoentes: Realize as operações indicadas por expoentes.
 Multiplique e divida: Realize as multiplicações e divisões
da esquerda para a direita.
PROPRIEDADES DOS NÚMEROS REAIS.  Adição e subtração: Realize as adições e subtrações da
esquerda para a direita.
Se a , b e c são números reais, então:
 Dentro um símbolo de agrupamento, a ordem das
 ab  ba operações deverá ser aplicada.
 a.b  b.a  Se existem vários símbolos de agrupamento, inicie
 (a  b)  c  a  (b  c) eliminando o mais interno.
 (a.b).c  a(b.c)
 a.1  1.a Exemplos
 a 0  0a
 a  ( a )  0 6  5(7  3)  22
 a.0  0.a  6  5.(4)  22
 6  5(4)  4
EXPOENTES  6  20  4
Considere os produtos indicados  26  4
4.4.4  64
 22
e
3.3.3.3  81 EXERCÍCIO PROPOSTO
3
Uma forma mais conveniente e escrever 4.4.4 é 4 , lido 06) Efetue as operações
como “4 a terceira potência” ou “4 ao cubo”. Nós chamamos a) 7  8.3  2
o número 4 de base e o número 3 de expoente. b) (7  1)  3.4
Da mesma forma 3.3.3.3 pode ser escrito como 34 , lido 1 3 5
c)  
como “3 a quarta potência”. 2 4 8
Nós chamamos esses produtos de forma exponencial. d) 22.3  3.4
16
MATEMÁTICA ELEMENTAR PROFESSOR TENANI www.compassocursos.com.br

3 1 2 VOCÊ SABE?
e)  .
4 2 3  Realizar múltiplas operações na ordem correta?
f) (7,28  1,6)  2,4  (6,1)(3,8)  Usar expoentes?
2 7 5
g)    
3 8 6
h) (5,4)2  4.(3,1)(2,8)
3(2  4) 4  6
i) 
42 5
j) 5[7  3(10  4)]
k) 18  6.3  10  (4  5)

07) Alex comprou 6 caixas de bombom por R$ 1,25 por caixa


e 7 chocolates por R$ 0,70 cada. Qual foi o gasto total?

08) Um homem trabalha 40 horas por semana a R$ 4,00 a


hora. Se ele trabalha 11 horas a mais na semana a um
valor de R$ 6,00 qual será o valor semanal a ser
recebido?

09) Efetue as operações


a) 0(5  2)  3
24.3
b) 6
9
c) (24  6)  3
d) (37  4)  11
e) 3(6  2)(7  1)
f) 12  3.16  42  2
g) 9  3(12  3)  4.3
h) 15  2(8  1)  6.4
i) 5[10  2(4  3)  1]
j) 18  [14  5(6  4)  7]
k) (8  2)[16  4(5  7)]
l) (9  6)[21  5(4  6)]
 6  3   14  2.3 
m)   
 7  4  5 

10) Verifique se as afirmações abaixo estão corretas, em


caso negativo identifique o erro e corrija.
a) 3  5
b)  | 3 | 3
c) (3)  4  1
d) (9)  (4)  13
e) 4  (5  2)  3
f) 32  9

17
MATEMÁTICA contato@compassocursos.com.br COMPASSO CURSOS

 3x  1 , x  y e 81W 2  9T 2 são binômios.


EXPRESSÕES  5x 3  2 y  1 e z 2  9 z  10 são trinômios

ALGÉBRICAS.  6 x3  2 x 2  4 x  1 é um polinômio de 4 termos.


4
não é um polinômio
x2
TERMINOLOGIA Nós devemos simplificar qualquer polinômio, antes de
Uma variável é um símbolo que representa um valor não identifica-lo.
especificado. Uma variável pode tomar qualquer um dos Exemplo
diferentes valores que ela pode representar. x  3  4 é um binômio pois x  3  4  x  7
y  2x
EXERCÍCIOS PROPOSTOS
Nesta relação, y e x são variáveis e 2 é constante. 01) Determine os coeficientes numéricos das seguintes
Qualquer expressão envolvendo variáveis, constantes, expressões algébricas
símbolos de agrupamentos e sinais de operações é chamada a) a 2  2a  4
de expressão algébrica. b) 5x 2  x  4 z
xy x 12
c) a 2b  4ab2  ab
5xy , , 2k  2w , , 5(a  2b)
2 x2  1 d) x  y  3z
e) 3x 4  x 2  x 2
Em uma expressão algébrica, termos são separados por um
sinal de mais ou um sinal de menos.
02) Determine se cada uma das seguintes expressões
 5x 2  2 x  1 ( 3 termos).
algébricas é um polinômio. Se for um polinômio, que
 x2  y2 (2 termos). nome o descreve? Se não for um polinômio escreva o
 4x5 y 2 z 4 (1 termo). porquê.
bc 2 a) 5x 2 y  2 z
 a2  (2 termos).
d 2
b) 5x 2 y 
Nesta última expressão temos 2 termos desde que a barra de z
fração forma um agrupamento. Observe que o segundo c) ax  bx  c
2

termo tem dois termos no numerador. d) mx  b


Na expressão 5xy o 5 é chamado de coeficiente numérico e) 5x 2  2 x
ou simplesmente coeficiente do termo. 1
f) y 
Se não aparecer nenhum coeficiente numérico em um termo, x
o coeficiente é 1. ab
g) c
 6x  3 y  z 5
6 é o coeficiente de x , ab
h) d
3 é o coeficiente de y e c
1 é o coeficiente de z . i) 4 x5  7 x3  3x  2
j) 9 x6  2 x 2  4
Um tipo especial de expressão algébrica é um polinômio. Um
polinômio possui as seguintes características. Outro caminho para diferenciar polinômios é o grau do
polinômio. O grau de um polinômio em uma variável é o
 Seus coeficientes são números reais. maior expoente da variável em qualquer termo.
 Todas as variáveis admitem apenas expoentes naturais. Exemplos
 As operações realizadas sobre as variáveis são somente  5x 3 é um polinômio de grau 3.
adição, subtração e multiplicação.
 x 4  2 x 3  3x  5 é um polinômio de grau 2.
 7 y 2  4 y 5  3 é um polinômio de grau 5.
Um polinômio que possui apenas um termo é chamado de
monômio; um polinômio que possui 2 termos é chamado de
binômio; e um polinômio que contém 3 termos é chamado NOTAÇÃO ALGÉBRICA
de trinômio. Muitos problemas são colocados de forma verbal. Então será
Exemplos necessário traduzi-los para uma expressão algébrica. Não
 x, 4 x,3 e 5x 2 y são monômios existe um padrão para fazer isso, mas as seguintes
informações podem ajudar.
18
MATEMÁTICA ELEMENTAR PROFESSOR TENANI www.compassocursos.com.br

 Leia o problema cuidadosamente. Observe qual VALOR DE EXPRESSÕES ALGÉBRICAS


informação é fornecida e qual nós devemos encontrar.
 Escolha alguma letra pra representar uma dos valores Propriedade da substituição.
desconhecidos. Expresse os outros valores Se duas coisas são iguais, então elas podem ser trocadas uma
desconhecidos em termos desse.
pela outra a qualquer momento.
 Use as condições dadas no problema e os valores
desconhecidos para escrever o problema. Se a  b , então a pode ser torçado por b ou b pode ser
trocado por a em uma expressão sem alterar o valor da
Ao traduzir frases verbais para expressões algébricas, nós expressão.
devemos observar para frases que envolvem as operações Exemplo
básicas de adição, subtração, multiplicação e divisão.  Avalie a expressão algébrica x 2  2 x  7 quando x  4 .
Exemplos 4  2  4   7  17
2

Vamos representar por x o número desconhecido.


 Avalie a expressão algébrica 5a  b  2(c  d ) quando
a  2 , b  3 , c  2 e d  3 .
Adição 
 6 unidades maior que um número.  5(2)  (3)  2((2)  (3))  3
 A soma de um número com 6. 
 6 mais um número. x  6

 Um número acrescido de 6.  EXERCÍCIO PROPOSTO
 6 adicionado a um número.  04) Avalie as seguintes expressões algébricas para a  2 ,
b  3 , c  2 e d  3 .
Subtração  a) 2a  b  c
 6 unidades menor que um número.  b) 3a  2b  (c  d )
 Um número diminuído de 6. 
x  6 c) (3a  2b)(a  c)
 A diferença de um número e 6.
 d) ac  db
 Um número menos 6. 
 6 subtraído de um número  e) 7a  d (6b  c)
f) (5c  3a)(4d  2b)
Multiplicação g) a 2b2  c2 d 2
 Um número multiplicado por 3. 
 h) (ab)2  (ac)2
 3 vezes um número.  3x
 O triplo de um número.  i) (c  d )2 (a  b)

 O produto de um número por 6. j) c2  d 3
k) 3d 2  2c3
Divisão 
 Um número dividido por 2.  x l) (3d  5c)3
 O quociente de um número e 2.  m) 3ac  2a 2c2
 A metade de um número. 2

FÓRMULAS
EXERCÍCIO PROPOSTO
03) Escreva uma expressão algébrica para cada uma das Uma fórmula expressa uma relação entre quantidades no
seguintes frases. mundo físico, por exemplo, s  v.t , que nos fornece o
a) A soma de a e b . espaço percorrido s em uma velocidade v durante um
b) 3 vezes a , subtraído de b. determinado tempo t .
c) 7 a menos que x .
d) 5 a mais que x .  O volume V de um paralelepípedo é calculado pelo
e) A soma de x com y dividido por z produto do seu comprimento a vezes a sua largura b
f) x vezes a soma de y e z vezes sua altura c . A fórmula tem a forma
g) a diminuído de 5.
h) a diminuído de b. V  a.b.c
i) Metade de x , acrescido de 2 vezes x .
j) Um número acrescido de 12. Encontre o volume de um paralelepípedo cujas dimensões
k) Um número dividido por 5. são respectivamente 12 m , 4 m e 5m .
l) 3 vezes um número acrescido de 1. V  a.b.c  12.4.5  240 m3
m) 2 vezes a soma de um número com 4.
19
MATEMÁTICA contato@compassocursos.com.br COMPASSO CURSOS

 A relação entre temperaturas em Fahrenheit  F  e graus b) João tem n Reais em sua conta bancária e saca R$
34,00 para realizar uma compra. Qual seu saldo S ?
Celsius  C  é dada pela fórmula
c) Uma mulher paga r Reais por 300g de mussarela. Qual
o preço P de cada grama?
5
C  F  32  d) Uma caixa de bombons com y bombons custa R$4,00.
Qual é o custo  P  de cada bombom?
9

e) Pedro tem x notas de R$ 10,00, y notas de R$ 5,00 e


Encontre a temperatura em graus Celsius se a temperatura
em Fahrenheit é 86 z notas de R$ 1,00. Qual é a quantia  Q  de dinheiro
5 5 que Pedro possui?
C   F  32   86  32   30
9 9 f) Suse tem p anos. Qual será sua idade I daqui a x
anos?
 O perímetro de um retângulo de comprimento x e largura g) Rose possui R$ 258,00 na sua conta bancária. Ela faz 2
y é dado pela fórmula saques de x Reais e n saques de R$ 10,00. Qual será
P  2x  2 y seu saldo final?
h) Se x representa um número inteiro, escreva uma
Encontre o perímetro de um retângulo com 8 metros de expressão para o seu sucessor ( s ) .
comprimento e 4 de largura. i) Paula resolve x exercícios de matemática por minuto e
P  2 x  2 y  2.8  2.4  24 m Lucimar resolve 7 exercícios a menos que Paula por
minuto. Escreva uma expressão que associa o número
EXERCÍCIO PROPOSTO de exercícios  y  que Lucimar realiza em 35 minutos.
05) Avalie cada fórmula abaixo.
(b  B ).h
a) A área de um trapézio é dada por A  , VOCÊ PODE
2
calcule a área de um trapézio em que b  2 cm ,  Identificar termos em uma expressão algébrica.
 Identificar um polinômio.
B  5 cm , h  6 cm .  Escrever uma expressão algébrica.
b) A força resultante, em Newtons  N  , aplicada sobre
um objeto é dada pela fórmula F  m.a . Calcule a
força aplicada sobre um objeto de massa m  3 kg SUBTRAÇÃO E ADIÇÃO ALGÉBRICA.
Expressões algébricas (incluindo polinômios) representam
com uma aceleração a  5 m / s 2 .
números reais quando as variáveis são trocadas por números
c) Corrente elétrica  I  dada em ampères é a quantidade reais. Assim, as propriedades que se aplicam as operações
de carga Q  dada em Coulomb C  que flui por com números reais também podem ser aplicadas a
expressões algébricas.
unidade de tempo  t  dado em segundos  s  em um
Q Propriedade distributiva
sistema elétrico, sendo dada pela fórmula I 
t Para quaisquer reais a , b e c temos:
.Numa secção reta de um condutor de eletricidade,
passam 12C a cada minuto. Calcule, nesse condutor, a a(b  c)  ab  ac e a(b  c)  ab  ac
intensidade da corrente elétrica, em ampères.
Exemplos
 3  4  5   3.4    3.5  12  15  27
Resolução de Problemas
 2  3  a    2.3   2.a   6  a
Para resolver problemas nós devemos interpretar frases e
escrever expressões em termos de símbolos algébricos.
EXERCÍCIO PROPOSTO
EXERCÍCIO PROPOSTO 07) Aplique a propriedade distributiva
06) Escreva uma expressão algébrica para cada uma das a) 1.  2a  3b 
seguintes frases.
b)  1 2a  3b 
a) Helena tecla 90 palavras por minuto. Quantas palavras
P ela pode teclar em n minutos? c)    2a  3b 
Resolução: d)   2a  3b 
90.n ou 90n
20
MATEMÁTICA ELEMENTAR PROFESSOR TENANI www.compassocursos.com.br

Termos semelhantes
Dois termos são iguais quando possuem as mesmas variáveis
com os respectivos expoentes iguais.
Exemplos
 3a 2b4 e a 2b4 são termos semelhantes .
 4a 2b3 e 4a 2b3 são termos semelhantes .
 2x 2 y e 5xy não são termos semelhantes.

Adição e subtração
Usando a propriedade distributiva e a definição de termos
iguais, estamos prontos para soma ou subtrair expressões
algébricas.
Exemplos
 3a  4a  7a
 5x  7 x  12 x
 4ab  3ab  7ab
 y  3y  y  2 y
 2 x  6 y  5x  3 y  7 x  3 y
 6 x 2  4 x  3x  2 x 2  4 x 2  x
 5x 2 y 2  2 xy 2  3x 2 y 2  5xy 2  8x 2 y 2  3xy 2

EXERCÍCIO PROPOSTO
08) Realize as operações possíveis
a) a 2b  5ab2  4a 2b  3ab2
b) 3a  2b  a  5b
c) 3x 2  2 x  5  4 x 2  3x  6
d) 3x 2  x  4   2 x 2  5x  7 

e)  a 2  2ab  b2    3a 2  4ab  b2 

f) (8R 2  2R  3)   6R 2  6R  1
g) (5x 2  2 x  1)  (3x 2  4 x  3)
h) 2x   y   x  z 

i) 2a  3b   2a  b 

j)  3R  2S   5R   R  S 

k) 5a  2a  5b  3a 

l) 2 x  3x   5x  3
m) 3a  2a  (a  b)
n) 2a  a  b   3a  2b 

o) 6 x  5a  y   4 x  7 y 

p) 3x  6 x   4 x  3 y   4 y  3x 

VOCÊ SABE?
 Identificar termos semelhantes?
 Adicionar ou subtrair expressões algébricas?
 Remover símbolos de agrupamento?

21
MATEMÁTICA contato@compassocursos.com.br COMPASSO CURSOS

Propriedade da adição e subtração da igualdade


EQUAÇÕES. Se adicionarmos ou subtrairmos a mesma quantidade em
cada membro de uma equação o resultado será uma equação
equivalente.
EQUAÇÕES
a  bac  bc
Uma equação é uma sentença matemática aberta expressa
a  bac  bc
por uma igualdade. Uma sentença matemática é uma
Exemplos
proposição que pode ser classificada em verdadeira ou falsa.
 x2  4
 2  1  3 é uma sentença matemática verdadeira.
x22  42
 3  2  6 é uma sentença matemática falsa.
x6
Sentença matemática aberta é aquela que não pode
classificada como verdadeira ou falsa.
Propriedade de simetria da igualdade
 2  x  8 é uma sentença aberta
Esta propriedade permite trocar de lugar os membros do lado
A veracidade ou falsidade da sentença é “aberta” porque não
esquerdo e do lado direto da equação.
conhecemos o valor que a variável representa.
a bb  a
Conjunto solução Exemplo
Um valor para a variável que faz com que a sentença seja  3  x  x  3
verdadeira é uma raiz ou uma solução da equação. Dizemos
que a raiz satisfaz a equação. O conjunto solução ou
EXERCÍCIO PROPOSTO
conjunto verdade de uma equação é o conjunto formado por 01) Resolva as equações abaixo usando as propriedades da
todos os valores da variável que satisfazem a equação. adição e subtração na igualdade e da simetria
a) x  5  7
Para checar se um dado valor é solução de uma equação b) x  4  12
basta trocar a variável pelo valor a ser checado. c) x  8  11
d) 2  x  7
Exemplo
e) 5x  4  4 x  3
 Verifique se x  2 é solução da equação x  2  4
f) 6 x  4  7 x  2
2  2  4 g) 2 x  5  3x  4
44 h) 3(3x  1)  4  2(4 x  3)
A sentença é verdadeira. Portanto, 2 é solução da
i) 12  6 x  3  4 x  x
equação. A única solução para essa equação é 2, então o
j) 5(3x  2)  7(2 x  3)
conjunto solução é {6} .
k) (9b  7)  (8b  2)  4
l) 2  a  3  (a  2)  8
Se uma equação é verdadeira para qualquer valor da variável,
ela é chamada de identidade. m) 2  b  1  3(b  4)  5
 2  x  3  2 x  6 é uma identidade
Propriedade da multiplicação e da divisão em uma
EQUAÇÕES LINEARES igualdade
Uma equação linear é uma equação com uma incógnita cujo Se multiplicarmos ou dividirmos cada membro de uma
expoente é 1. equação por um número diferente de zero o resultado será
 2  x  8 é uma equação linear. uma equação equivalente.
 2  x  3x  4  2 x  4  x é uma equação linear.
a  b  a c  bc
Duas equações são equivalentes se possuem o mesmo a b
a b 
conjunto solução. c c
As equações abaixo são todas equivalentes.
 x2  4 Exemplo
 x6 3x 21
 3x  21   x7
 4 x  2  3x  4 3 3
 2  x  3x  2 x  4  x 1. x 10
  x  10  1. x  10    x  10
1 1
22
MATEMÁTICA ELEMENTAR PROFESSOR TENANI www.compassocursos.com.br

6 x 10 5  João gastou R$ 15,00 a menos que Maria no mês passado.


 6 x  10   x
6 6 3 Se João gastou R$ 342,00, quanto gastou Maria.
x 1 Seja d a quantidade gasta por Maria no mês passado.
  6  4. . x  4.6  x  24
4 4 d  15  342
2 d  357
Para equações como x  12 , lembre-se que para dividir por
3
uma fração nós multiplicamos pelo inverso. 03) Resolva os seguintes problemas.
2 3 2 3 a) Um número acrescido de 11 resulta em 37. Encontre o
 . x  12  . x  .12  x  18
3 2 3 2 número.
3 4 3 4 b) Se subtrairmos 16 unidades de um número, o
  x  9    x   9  x  12
4 3 4 3 resultado será 52. Encontre esse número.
c) Quando um número é multiplicado por 6 , o resultado
EXERCÍCIO PROPOSTO
é 54. Encontre esse número.
02) Resolva as equações abaixo usando as propriedades da
d) Quando um número é dividido por 9, o resultado é -7.
multiplicação e divisão de uma igualdade e da simetria.
Encontre esse número.
a) 2 x  8
e) Quando um número é multiplicado por -6, o resultado
3
b) x  12 é 48. Encontre o número.
4
f) Alice ganha R$ 4,50 por hora. Se ela recebeu R$
2
c) x  10 108,00, quantas horas ela trabalhou?
5
g) Nádia trabalhou 30 horas e recebeu R$ 135,00. Quanto
1
d) x  9 ela recebe por hora?
5
7
h) 4 amigos dividiram igualmente as despesas em um
e) 14  x restaurante. Se cada um pagou R$ 32,50, qual foi o
3
f) 8  2x total da conta?
g) 30  6x 3
i) Se de um número é igual a 48, encontre o número.
h)  x  4 4
i) 5x  0
RESOLVENDO EQUAÇÕES LINEARES.
j) 0  7x
Lembrando que:
k) 3x  0
 Se adicionarmos ou subtrairmos a mesma quantidade em
x
l) 1  cada membro de uma equação o resultado será uma
3
equação equivalente.
x
m) 7  Se multiplicarmos ou dividirmos cada membro de uma
2
n) 3,1x  21,7 equação por um número diferente de zero, o resultado
será uma equação equivalente.
Usando essas propriedades, existem 4 passos básicos para
Resolução de Problemas
resolver uma equação linear. Vamos aplicar essas
 Leia o problema cuidadosamente.
propriedades em um exemplo.
 Anote quais informações são fornecidas e quais são devem Exemplo
ser encontradas.  Resolver a equação 6( x  1)  4 x  10 .
 Escolha uma letra para representar um dos valores
Passo 01: Simplifique cada membro da equação realizando
procurados e expresse os outros em função dessa.
todas as adições, subtrações, multiplicações e divisões
 Escreva uma equação algébrica.
indicadas e removendo todos os símbolos de
 Resolva a equação.
agrupamentos.
 Cheque seus resultados.
6( x  1)  4 x  10
Exemplos
6 x  6  4 x  10
 Um número acrescido de 16 resulta em 24. Encontre esse
Passo 02: Use as propriedades da adição e subtração em
número.
uma igualdade para formar uma equação equivalente
Seja n o número procurado. A palavra chave é “acrescido
onde todos os termos envolvendo a incógnita estejam em
de” que significa adicionado, e “resulta”, o qual significa
um membro da equação.
igual. A equação é então: 6 x  6  4 x  10
n  16  24
6 x  4 x  6  4 x  4 x  10
n 8
2 x  6  10
23
MATEMÁTICA contato@compassocursos.com.br COMPASSO CURSOS

Passo 02: Use as propriedades da adição e subtração em em uma velocidade média v  durante um determinado
uma igualdade para formar uma equação equivalente
tempo  t  .
onde todos os termos não envolvendo a incógnita estejam
no outro membro da equação. Se nós conhecermos a distância  s  entre 2 cidades e o
2 x  6  10 tempo  t  gasto para realizar uma viagem entre elas, nós
2 x  6  6  10  6
podemos resolver a equação para encontrar a velocidade
2x  4
média  v  .
Passo 02: Use as propriedades da multiplicação e da
divisão em uma igualdade para formar uma equação s  v.t
s
equivalente onde o coeficiente da a incógnita seja 1. v
2x  4 t
2x 4 A equação está resolvida para  v  em função de  s  e  t  .

2 2
x2 EXERCÍCIOS PROPOSTOS
06) Resolva as equações abaixo para a variável especificada
EXERCÍCIOS PROPOSTOS a) Os juros simples  J  , resultantes da aplicação de um
04) Resolva as equações abaixo.
capital  C  a uma taxa  i  , durante um período  n 
a) 6 y  5  7 y  10  2 y  3
de tempo, podem ser calculados pela fórmula
b) 8 y  5  7 y  10  2 y  3
J  Cin . Resolva para i .
c) 4(5x  2)  7  5(3x  1)
5
d) 5x  2( x  1)  4  3x b) C   F  32  para F .
9
1 1 c) P  2 x  2 y para x .
e) x2
4 2 d) P  2 x  2 y para y .
5 2 3
f)  x    x  2 e) A área de um círculo é A   r 2 em que  A
6 3 4
g) 5x  2  x  1  4  3x representa a área di círculo e  r  representa o raio.

3x Resolva para r .
h) 5   11 (b  B ).h
5 f) A área de um trapézio é dada por A  ,
5x  2 x 2
i)  10 resolva para h .
6
j) 2 x  (3  x)  0 g) 3x  y  4 x  5 y para x .
k) 6  2(2 x  1) h) ax  by  c para y .
i) À distância s que um corpo lançado para baixo com
05) A relação entre temperaturas em Fahrenheit  F  e graus velocidade inicial  v  irá percorrer em  t  segundos
9 1
Celsius  C  é dada pela fórmula F  C  32 . Encontre por causa da gravidade g é dada por s  vt  gt 2 .
5 2
C quando Resolva para g.
a) F  18
b) F  27 Resolução de Problemas
c) F  2 Muitos problemas são colocados verbalmente. Será
necessário escrevê-lo na forma algébrica.
Equações literais Exemplo
Equações que contém duas ou mais variáveis são chamadas  Escreva os seguintes problemas na forma algébrica: Um
de equações literais. Nós geralmente resolvemos a equação número é 4 unidades a mais que um segundo número. Se a
para uma das variáveis em termos das restantes. O soma de ambos é 38, encontre os dois números.
procedimento para resolução de equações literais é o mesmo Resolução:
usado para resolver equações lineares. Seja x o menor número. Assim,
SOMA É

Fórmulas x   x  4  38
MENOR
Uma fórmula é uma equação matemática que determina uma NÚMERO MAIOR
NÚMERO
relação entre duas ou mais condições físicas. Considere a
Logo:
fórmula s  v.t , que nos fornece o espaço percorrido  s 
24
MATEMÁTICA ELEMENTAR PROFESSOR TENANI www.compassocursos.com.br

x  ( x  4)  38
2 x  4  38
2 x  34
34
x
2
x  17
Assim, o menor número será 17 e o maior será 17  4  21 .

EXERCÍCIO PROPOSTO
07) Escreva os seguintes problemas na forma algébrica.
a) Um número é 18 unidades maior que um segundo
número. Se a somas de ambos é 62, encontre esses
números.
b) Um número é 9 unidades menor que outro. Se a Omã
de ambos é 47, encontre ambos.
c) A diferença entre 2 números é 17. Encontre ambos os
números sabendo a soma deles é 87.
d) Se ao triplo de um número é somado 11 o resultado
será 47. Que número é esse?
e) Um número é o triplo de um segundo número e a
soma dos dois é 24. Encontre esses números.
f) Se o primeiro de dois números consecutivos é
multiplicado por 3, esse produto será 4 vezes maior
eu a soma dos 2 inteiros. Encontre esses números.

25
MATEMÁTICA contato@compassocursos.com.br COMPASSO CURSOS

 3  x  4 . Esta expressão é chamada de desigualdade


INEQUAÇÕES. simultânea. Ela é lida “ 3 é menor ou igual que x e x é
menor que 4”.

Já vimos o significado de cada um dos símbolos:


 “é menor que”
 ”é menor ou igual a” Quando nós representamos desigualdades, uma
 “é maior que” desigualdade estrita (  ou  ) é representada por uma
 “é maior ou igual a” “bolinha vazia” enquanto uma desigualdade fraca (  ou  ) é
Estes símbolos definem a ordem de uma desigualdade. representada por uma “bolinha fechada”.
Exemplos:
 Se queremos escrever simbolicamente que 4 é menor que 01) Represente geometricamente as seguintes
7, escrevemos 4  7 . desigualdades.
 Se nós queremos escrever simbolicamente que a variável a) 3  x  2
x representa um número que é no mínimo igual a 5, nós
b) x  2
escrevemos x  5 .
c) x  2
 Se nós queremos denotar que a variável T representa
d) x  0
qualquer número menor que 3 , mas não 3, nós
e) x  0
escrevemos T  3 .
f) 2  x  0
g) 1  x  2
INEQUAÇÕES LINEARES.
h) 3  x  4
Quando trocarmos o sinal de igualdade em uma equação
linear por um dos sinais de desigualdade acima, nós obtemos
RESOLUÇÃO DE INEQUAÇÕES LINEARES.
uma inequação linear.
Propriedade da adição e subtração em uma desigualdade.
4x  8
Podemos adicionar ou subtrair a mesma quantidade em cada
A grande diferença entre uma equação linear e uma
membro de uma inequação sem mudar o sentido da
inequação linear é a solução. Uma equação linear possui no
desigualdade.
máximo uma solução, enquanto que o conjunto solução de
a bac bc a  bac  bc
uma inequação linear pode consistir de um número ilimitado
a  bac  bc a  bac  bc
de soluções.
Considere 4 x  8 .
Nós podemos observar, por substituição, que, por exemplo, Propriedade da multiplicação e da divisão em uma
desigualdade.
9
2, , 4 ou 5 são soluções desta inequação. De fato, nós Podemos multiplicar ou dividir ambos os membros de uma
2
podemos perceber que qualquer número maior ou igual a 2 é inequação por um número positivo sem mudar o sentido da
solução desta inequação. Assim, os valores de x que desigualdade.
satisfazem essa inequação devem ser tais que x  2 . Se c  0 Se c  0
Outro caminho para indicar as soluções da inequação é a  b  a.c  b.c a  b  a.c  b.c
graficamente a b a b
ab  ab 
c c c c

Podemos multiplicar ou dividir ambos os membros de uma


Expressando desigualdades graficamente. inequação por um número negativo mudando o sentido da
desigualdade.
Exemplos: Se c  0 Se c  0
 x  5 . Aqui, x representa um número real que é menor a  b  a.c  b.c a  b  a.c  b.c
que 5. Nós indicamos isso graficamente usando uma
a b a b
circunferência que nós chamamos “bolinha aberta”. ab  ab 
c c c c

As propriedades acima valem também para os símbolos   


 x  3 .
e  .

26
MATEMÁTICA ELEMENTAR PROFESSOR TENANI www.compassocursos.com.br

Para justificar essas propriedades observe desigualdade


8  12 .  2 x  4
 Se nós adicionarmos ou subtrairmos 4 em cada membro, a 2 x 4

desigualdade continua verdadeira. 2 2
8  12 8  12 x  1
8  4  12  4 ou 8  4  12  4
12  16 48
 Se nós multiplicarmos ou dividirmos por 4 cada membro, a
desigualdade permanece verdadeira.
8  12  5  2 x  1  7 x  4 x  3
8  12
8 12
8.4  12.4 ou  10 x  5  3x  3
4 4
32  48 10x  3x  5  3x  3x  3
23
7x  5  3
 Mas se nós multiplicarmos ou dividirmos por 4 , nós
7x  5  5  3  5
devemos trocar o sentido da desigualdade para obter uma
7 x  2
desigualdade verdadeira.
7 x 2
8  12 
8  12 7 7
8 12
8.  4   12.  4  ou  2
4 4 x
32  48 2   3
7

Assim, para resolver inequações devemos:

 Simplificar cada membro, onde necessário, realizando as


operações indicadas.  3  2 x  1  5
 Adicionar, ou subtrair, para obtermos uma inequações em 
que todos os termos contendo a incógnita estejam do Ao resolver inequações simultâneas, a solução deve ser tal
mesmo lado do sinal de desigualdade. que a incógnita apareça apenas no termo do meio da
 Adicionar, ou subtrair, para obtermos uma inequações em desigualdade. Podemos usar todas as propriedades
que todos os termos que não contém a incógnita estejam aplicando-as ao três termos. Se nós multiplicarmos ou
do outro lado do sinal de desigualdade. dividirmos por um número negativo, nós devemos mudar o
 Multiplicar, ou dividir, para obter o coeficiente 1 para a sentido de todos os símbolos de desigualdade.
incógnita. Lembrando que ao multiplicar ou dividir por um
número negativo o sentido da desigualdade deve mudar. 3  1  2 x  1  1  5  1
4  2 x  4
Exemplo: 4 2 x 4
 
Encontre a solução das seguintes inequações. 2 2 2
 2 x  5x  1  4 x  2 2  x  2
7x 1  4x  2
7x  4x 1  4x  4x  2
3x  1  2
3x  1  1  2  1  6  3x  3  9
3x  3 6  3  3x  3  3  9  3
3x 3 3  3x  12

3 3 3 3x 12
 
x 1 3 3 3
1  x  4
Nós podemos escrever a solução na forma
4  x  1
O coeficiente negativo na incógnita pode ser evitado se nós Esta forma é mais usual.
formarmos inequações equivalentes onde a incógnita
aparece somente do lado da desigualdade que possui a
incógnita com maior coeficiente. 27
MATEMÁTICA contato@compassocursos.com.br COMPASSO CURSOS

EXERCÍCIOS PROPOSTOS e) O dobro de um número mais 7 é maior que o triplo


02) Resolva as seguintes inequações e represente desse número menos 5. Encontre todos os números
graficamente a solução. que satisfazem essa condição.
a) 4 x  5x  4  6 x  1 f) O perímetro de um retângulo é menor que 100 cm. Se
b) 4 x  10 a largura é 30 cm, encontre todos os possíveis valores
c) 3x  15 para a altura. ( Lembre-se que a largura de um
3 retângulo deve ser um número positivo) .
d) x  9
4
e) 4 x  12 VOCÊ SABE?
f) 6 x  18  Representar desigualdades graficamente?
g) 4 x  3x  2 x  7
 Resolver inequações lineares e inequações lineares
h) 3x  2 x  x  6
simultâneas?
4x
i)  12  Resolver inequações expressas verbalmente?
3
j) x  4  12
k) x  12  9
l) 2  3x  1  7
m) 4 5x  3  25x  11
n) 9 x  4  x  11
o) 3  2 x  5  4  x  3
p)  3x  2    2 x  5  7
q) 2  x  4   16  3 5  2 x 

03) Resolva as seguintes inequações simultâneas e


represente graficamente a solução.
a) 3  3x  4  6
b) 0  7 x  1  7
c) 2   x  3
d) 4  2  x  3
e) 1  3  4 x  6
f) 4  3  2 x  0
g) 1   x  4

Resolução de Problemas
Estamos prontos para combinar habilidades de escrever
expressões e resolver inequações para resolver problemas.
04) Escreva uma desigualdade para cada uma das seguintes
sentenças.
a) A média escolar M de um estudante deve ser no
mínimo 7,0 para aprovação. Escreva essa sentença.
b) Quatro vezes um número menos 5 não é maior que
três vezes esse mesmo número acrescido de 6.
Encontre todos os números que satisfazem essa
condição.
c) Se 4 é subtraído do triplo de um número, o resultado é
maior que 2 mais o dobro do número. Encontre todos
os números que satisfazem essa condição.
d) Quando 7 é subtraído do dobro de um número, o
resultado é maior ou igual a 9. Encontre todos os
números que satisfazem esta condição.
28
MATEMÁTICA ELEMENTAR PROFESSOR TENANI www.compassocursos.com.br

Obs. Um erro comum é multiplicar as bases 3.3  9 e somar


POLINÔMIOS E os expoentes, encontrando a resposta errada 96 .
y 2 . y 3 . y 4  y 234  y 9
EXPOENTES. a 2 .a.a 3  a 213  a6
 a  b  a  b  a  b  a  b
3 4 3 4 7

EXPOENTES.
 2   2    2 
3 2 5

Anteriormente nós vimos uma introdução à ideia de


potências ao trabalharmos com números reais. Vamos aplicar
essas ideias para expoentes em polinômios. Potência de um agrupamento
Podemos obter algumas propriedades de potência usando a
A expressão x 4 é chamada de forma exponencial do produto
definição de expoentes e a propriedades associativas e
x x x x
distributivas da multiplicação.
Nós chamamos x de base e 4 de expoente.

Exemplos:
expoente
   xy    x. y  x. y  x. y    x 3. y 3
3
x. x. x . y. y. y
forma exponencial  x 4  x  x  x  x  forma expandida 3 fatores de x 3 fatores de y
 4 fatores
3 fatores de xy
base

Quando um produto é elevado a mesma base, cada um dos


O expoente indica quantas vezes a base é usada como fator fatores desse produto é elevado a esta base.
no produto indicado.
Observe que um expoente atua somente sobre o símbolo
 a.b   a m .a n
m
4
imediatamente a sua esquerda. Isto é, em ab o expoente 4
aplica-se somente ao b , enquanto que, em  ab  o expoente
4

Exemplos:
aplica-se a ambos, a e b .  Encontre o produto.
 ab   a 4 .b4
4

Exemplos:
 2ab   23.a 3 .b3  8a 3b3
3
 2.2.2.2  24
  a  b  a  b  a  b    a  b   3.4   33.43  27.64  1.728
3 3

  3 3 3 3   3  a  b 3  a 3  b 3


4
Obs. Temos que , pois a e b são termos e não

   3.3.3.3.  34
fatores com a propriedade pede.
 a  b 3   a  b  .  a  b  .  a  b 
 b  b.b.b.b
4

 23  2.2.2 Potência de uma potência


  x  y    x  y .  x  y .  x  y .  x  y  Exemplos:
4

  2    2  2 
2 x  4 3
 x4 .x4 .x4  x4 .x4 .x4  x 3.4  x12
3 fatores de x 4
adicionar os expoentes
 22    2.2 
Uma potência de uma potência é calculada multiplicando-se
Multiplicação com bases iguais os expoentes.
Exemplo:
x 2 . x3  x. x . x.x.x  x5 Exemplos:
x2 x3  Simplifique
Ao multiplicarmos potências de mesma base, mantemos a
base e somamos os expoentes.
y  3 2
 y 3.2  y 6

4  2 5
 42.5  410
a m .a n  a mn
EXEMPLO
x  5 4
 x5.4  x 20

 Encontre o produto. a  4 3
 a 4.3  a12
x .x  x
3 5 8

32.34  324  36

29
MATEMÁTICA contato@compassocursos.com.br COMPASSO CURSOS

PRODUTO DE MONÔMIOS 02) Escreva a produto indicado na forma expandida


Para multiplicar os monômios 5x 3 .2 x nós aplicamos a Lei a) c 5
associativa junto com as propriedades de potências. b) x 4
5x 3 .2 x  5.2   x 3 . x   15x 4 c)  4 y 
4

Para encontrar o produto 2a.4b nós aplicamos a mesma d)  2 


3

regra para obter:


e) 24
2a.4b   2.4   a.b  8ab
f)  x  y 
2

Obs. É bom costume escrever os fatores literais de um termo


em ordem alfabética. Esse procedimento torna mais fácil a g) 53
h)  2x  y 
3
identificação de termos semelhantes. Por exemplo, 2x 2 zy 3 e
4zy 3 x 2 são termos semelhantes, mas reconhecer esse fato é
03) Simplifique usando propriedades de expoentes.
mais fácil se eles forem escritos como 2x 2 yz 3 e 4x 2 y 3 z .
a) x 4 . x5
Exemplos:
 
3
 Realize a operação indicada b) a 4
4 x.3xy   4.3 x. x  . y  12 x 2 y c) x 2 . x 7
8a 3 .4a 3.3a  8.4.3 .  a 3.a 3.a   96a 7 d) R 2 .R
e) a.a 4
 2a  . 3ab   2.3 .  a .a  .b  6a b
2 2 3

f) 4.42.44
5x y z  4 x yz   5.4  x .x  y y  z   20x y z
2 3 3 4 2 3 3 4 5 4 4
g) x5 . x. x 3
Resolução de problemas h)  a  b   a  b 
4 7

Exemplos
i)  ab 
5
Escreva uma expressão algébrica para cada uma das
j)  2abc 
3
sentenças:
 O volume de um cubo de lado é encontrado
 
4
multiplicando-se o lado por ele mesmo 3 vezes. k) a 2
V 3
l)  2 xy  3x y 
2 3

m)  4 x y  5xy 
 Escreva uma expressão para 5 menos o quadrado de um 2 3 4

número.
5  x2 n)  6 x  5x 
3 2

VOCÊ SABE? o)  2a b  3ab 


2 4

 Escrever um produto em sua forma exponencial? p)  5x y  2 x y 


2 5 2

 Usar a propriedade da multiplicação com bases iguais?


04) A área A , de um quadrado é encontrada usando-se o
 Calcular a potência de um produto?
lado como fator 2 vezes. Escreva uma expressão para a
 Calcular a potência de uma potência?
área do quadrado.
05) A distância s , que um objeto em queda livre percorre em
EXERCÍCIOS PROPOSTOS t segundos é encontrada pelo produto da metade do
01) Escreva as expressões a seguir na forma exponencial valor da gravidade g , pelo quadrado do tempo. Escreva
a) y. y. y. y uma expressão para s .
b) aaaa 06) A área de um círculo é encontrada pelo produto da
c)  2  2  2  2  constante  pelo quadrado do raio. Escreva uma
expressão para a área A .
d)   2.2.2.2 
07) O volume de uma esfera é encontrado pelo produto do
e) xxxxxx 4
número  pelo cubo do raio. Escreva uma expressão
f)  2a  2a  2a  3
g)  xy  xy  xy  xy  para o volume V de uma esfera.
08) João tem n anos. Sua irmã diz que ela tem 6 anos a mais
h)  a  b  a  b 
que o cubo da idade de João. Escreva uma expressão
i)  x  y  x  y  x  y  para a idade de usa irmã.
j)  2a  b  2a  b  2a  b 
30
MATEMÁTICA ELEMENTAR PROFESSOR TENANI www.compassocursos.com.br

PRODUTO DE EXPRESSÕES ALGÉBRICAS  5a  4b   5a   2. 5a  .  4b    4b   25a 2  40ab  16b2


2 2 2

Para multiplicar um monômio por um polinômio, nós usamos


a propriedade distributiva.
O terceiro tipo especial de produto é obtido quando
Exemplo
multiplicamos a soma e a diferença dos mesmos termos.
 3x 2 y  x 2  xy  y 2   Considere o seguinte exemplo:
  3x 2 y  .  x 2    3x 2 y  .  xy    3x 2 y  .  y 2    x  3 x  3  x2  3x  3x  9  x 2  9
 3 x 4 y  3x 4 y 2  3x 2 y 4 Características especiais são evidentes nesse produto.
De uma forma geral temos:
 5 y  2 y  3  5 y.2 y  5 y.3  10 y 2  15 y
 x 3  x 2  xy  y 2    a  b  a  b   a 2  b2
 x 3 . x 2  x3 .  xy   x 3 . y 2  x5  x 4 y  x 3 y 2 Exemplos
Para multiplicar dois polinômios nós usamos a propriedade   x  7  x  7   x 2  72  x 2  49
distributiva várias vezes.
  a  2b  a  2b   a 2   2b   a 2  4b2
2

Exemplo
  x  2 y .  x  y     3x  2 y  3x  2 y    3x    2 y   9 x 2  4 y 2
2 2

  x  2 y .x   x  2 y . y  Apesar de existirem tipos especiais de produtos de


polinômios, nós devemos lembra que:
 x. x  2 y. x  x. y  2 y. y  x 2  3xy  2 y 2
Assim, cada termo do primeiro fator é multiplicado por cada Para multiplicar dois polinômios, nós multiplicamos cada
termo do segundo fator. termo do primeiro polinômio por cada termo do segundo
  a  3 a  4   a.a  a.4  3a  3.4  a 2  a  12 . polinômio e depois combinamos termos semelhantes.
PRODUTOS NOTÁVEIS EXERCÍCIOS PROPOSTOS
Três tipos especiais de produtos de polinômios podem ser 09) Realizes as multiplicações indicadas e simplifique.
a) 2ab  a 2  bc  c 2 
obtidos sem a realização de todos os cálculos.
Trinômio quadrado perfeito
Considere o produto b) 6 x  4 y  7 z 

 x  6   x  6 x  6   x 2  6 x  6 x  36  x 2  12 x  36 c) 3a  5b2  7c 2 
2

Os três termos do produto podem ser obtidos da seguinte d) ab  a 4  a 2b2  b4 


maneira:
e) 5ab2  3a 2  ab  4b2 
 O primeiro termo é o quadrado do primeiro termo do
binômio.  x 2  f)  2 x  x  y  55 y 

 O segundo termo do produto é igual a 2 vezes o produto g)  3a  2a  b   2b2 


dos dois termos do binômio .  2. x.6  12 x  h)  y  9  y  4 
 O terceiro termo do produto é o quadrado do segundo i)  b  1 b  1
termo do binômio.  6  36  . 2

j)  R  3
2

De uma forma geral temos:


k)  R  2  R  2 
l)  a  3 a  3
a  b  a 2  2ab  b2 e  a  b   a 2  2ab  b2
2 2

m)  3x  2  x  4 

Exemplo n)  7  2 x  2 x  7 
  x  7   x 2  2. x.  7    7   x 2  14 x  49 .
2 2
o)  3x  y  2 x  3 y 
p)  a  2   2a 2  3a  2 
a  b  a 2  b2 . O quadrado de um q)  x  y   x 2  3xy  y 2 
2
Um erro comum é
binômio é sempre um trinômio.
r)  a  6 a  2  a  1
Exemplos
s)  a  6b 
2
  2 x  3   2 x   2.  2 x  .3  32  4 x 2  12 x  9
2 2

t)  2a  3b  2a  3b 

31
MATEMÁTICA contato@compassocursos.com.br COMPASSO CURSOS

u)  4 x  y  4 x  y   3 3
3 3
27
    3
v)  a  4b   a 2  2ab  b2  4 4 64
5
w)  x  2 y   2 x 2  3xy  y 2  a a
5
    5
b b
x)  x  y   x 2  2 xy  y 2 
 2a   2a 
3 3
8a 3
    3  3 .
y)  a  b 
3
 b  b b
z)  a  b 
3

Divisão de expressões na mesma base.

10) A área de uma coroa circular (região entre dois círculos) é x6


Considere a expressão . Nós podemos usar a definição de
x2
dada por A    R  r  R  r  . Realize a multiplicação
expoentes para escrever a fração como:
indicada.
x 6 x. x. x. x. x. x x. x. x. x. x . x
2
   x. x. x. x  x 4
x x. x x. x
Assim, para dividir potências com a mesma base, subtraia o
expoente da potência do denominador do expoente da
potência do numerador.
am
11) Ao retirarmos quadrados de lados de medida x cm dos 4  a mn , a  0
an
cantos de um quadrado de lado e dobrarmos os lados
Exemplos
para cima, obtemos uma caixa cujo volume é dado por
x7
V  2 x  .  2 x  . Realize a multiplicação indicada.   x 7 5  x 2
x5
a11
  a114  a 7
a4
54
  541  53
5
a 5 .a 2 a 5 2 a 7
  4  4  a 74  a 3
a4 a a
x3 x3
  ( Não podemos simplificar neste caso)
y2 y2
VOCÊ SABE?
25 x 9 y15
 Multiplicar um monômio por um polinômio?   253. x 95 . y1512  22. x 4 . y 3  4 x 4 y 3
23 x 5 y12
 Multiplicar 2 polinômios?
Expoentes negativos
 Calcular o quadrado de um binômio e o produto da soma
Vamos considerar problemas em que o expoente no
pela diferença dos mesmos termos?
numerador é menos que o expoente no denominador.
Considere o exemplo:
x2 x. x x. x 1 1
Potência de uma fração    
3 x 6 x. x. x. x. x. x x. x. x. x. x . x x. x. x. x x 4
a
Considere a expressão   , temos: Nós subtraímos novamente os expoentes, deixando o
b
expoente 6  2  4 no denominador.
3 fatores
3
 a  a a a a.a.a a
3 Entretanto, poderíamos ter usado a propriedade da divisão
       3 de potências de mesma base para obter:
 b  b b b b.b.b b
3 fatores
x2
Então quando uma fração é elevada a uma potência, o 6
 x 26  x 4
x
numerador e o denominador são ambos elevados a essa Como a resposta deve ser a mesma devemos concluir que
potência. 1
n x 4  4 , o que nos leva a definição de potências com
a an x
   n , b0 expoentes negativos.
b b

Exemplos 1
a n  , a0
an
32
MATEMÁTICA ELEMENTAR PROFESSOR TENANI www.compassocursos.com.br

e) S 2
Uma potência com expoente negativo em qualquer base ( f) R 5
diferente de zero) pode ser escrito como 1 sobre a mesma
g)  2x 
3
potência com o expoente positivo.
h)  3P 
2

Exemplos
i) 4z 2
1
 x 3  3 j) 9C 4
x
5
1 k) 4
 a 9  9 x
a
1
Da definição de expoentes negativos, se um fator é movido l)
2 y 3
ou do numerador para o denominador ou do denominador
para o numerador, o sinal do expoente deve mudar. O sinal 1
m)
da base não será afetado por essa mudança. 3x 2
Exemplos n) 2x 4 y 2

 x 3  3
1 o) x 2 y 4
x p) p 0 r 2t 5
1
 4  b4 q) x 3 y 2 z 4
b
1
  3 
3

 3 13) Realize as operações indicadas e deixe a resposta


3

somente com expoentes positivos.


Expoente zero 6

x 3 x. x. x 1 a
a)  
Considere a situação 3    1 , por outro lado b
x x. x. x 1
4
x3 x
 x 33  x 0 . O que nos leva a seguinte definição: b)  
x3  y
a0  1 , a  0 2
3

c)  
 3
Qualquer potência de um número diferente de zero elevado 4
1
a zero é igual a 1. d)  
2
4
Exemplos ( Considere que nenhuma base resulta em zero)  2x 
e)  
 b0  1  y 
 50  1 3
 2ab 
f)  
 a  b  1
0
 c 
  3x   1
3
 3a 
0

g)  
 b 
VOCÊ SABE? x12
h)
 Elevar uma fração a uma potência? x6
 Realizar divisões com expressões com a mesma base? y4
i)
y2
 Realizar operações envolvendo potências com expoentes
negativos? c6
j)
c9
6
EXERCÍCIOS PROPOSTOS k) 3
6
12) Escreva cada uma das expressões com expoentes
x4 x3
negativos. Assuma que nenhuma variável é igual a zero. l)
x2
a) x 0
y4 y
b)  2 y  m)
0
y2
c) 5a 0 a 7 b5
n)
d)  3B 
0
a 4bh 2
33
MATEMÁTICA contato@compassocursos.com.br COMPASSO CURSOS

23 x 3 y 7
o)
2 xy 5
33 a 4 b5
p)
34 a 4 b5
52 a 3b
q)
53 a 7 b3
r) x 4 x 7
s)  2 
4

t) x5 x 0 x 2

 
0
u) a 3

14) Simplifique, deixando a resposta somente com expoentes


positivos.

 
3
a) 2a 2

b)  2x y  2 3

c)  x y z 
4 3 4

d)  5a b c 
5 2 4 2

e)  2a  2 2

f)  4 x 
1 2 2

g)  3xy  4 3

h)  x y z 
2 5 3 2

i)  3x  2 x y  x y 
2 0 2 5

j)  2 x y  3x y  x y 
2 3 2 5

3
 2x 
k)  2 
y 
2
 3a 2 c 0 
l)  3 
 b 
1
 xy 2 
m)  4 
 z 
2
 2a 3 
n)  5 
 b 
2
 4 1 a 2 
o)  5 
 b 
3
 ab 2 
p)  1 
 c 
3
 2 2 x 3 
q)  2 
 y 

34
MATEMÁTICA ELEMENTAR PROFESSOR TENANI www.compassocursos.com.br

o Zero, a vírgula não é movida.


NOTAÇÃO Exemplos:
 Escreva os seguintes números em notação padrão:
CIENTÍFICA. a) 1,45 104  14.500
b) 5,23 103  0,00523

Um importante uso de potências com expoentes inteiros é c) 4,07 102  0,0407


nas ciências, engenharias e outros campos técnicos que
trabalham com números muitos grandes ou muito pequenos. Cálculos com notação científica.
Exemplos: Notação científica pode ser usada para simplificar o cálculo
 A massa de um átomo de hidrogênio é quando os números envolvidos são ou muito grandes, ou
0,00000000000000000000000167 g muito pequenos.
 A massa de um elétron é Exemplos:
0,00000000000000000000000000000091g  Realize os cálculos indicados:
 A meia vida do chumbo-204 é a) 349.000.00  0,0816   3, 49 108 8,16 102  
14,000,000,000,000,000,000 anos.   3, 49  8,16  108 102   28, 4784 106  28.478.400
Para trabalhar com tais números, mesmo em calculadoras, é
102.000.000  0,00105 1,02 10   1,05 10 
8 3
muito útil escrevê-los em notação cientifica. Um número x b)  
esta em notação cientifica se estiver escrito na forma do 1.190  0,012 1,19 103   1, 2 102 
1,02 1,05  108 103  1,02 1,05 4
produto
x  a 10 onde 1  a  10 e n  .
n    10  0,75  104  7.5
1,19 1, 2   103 102  1,19 1, 2
Para obter a forma cientifica de um número decimal x ,
usamos os seguintes passos:
EXERCÍCIOS PROPOSTOS
 Mova a vírgula decimal para a posição imediatamente 01) Escreva cada um dos números a seguir em notação
após o primeiro algarismo diferente de 0 em x . científica.
 Conte o número de casas que a vírgula decimal foi a) 4.380
movida. Este número é o expoente n . b) 255
 Se o decimal ponto: c) 12.345
o Foi movido para a esquerda, então n é d) 14.800
positivo,
e) 1.570,7
o Foi movido para a direita, então n é negativo,
o Não se moveu, então n  0 . f) 6.000.736
g) 0,12079
Exemplos: h) 0,000000000000094
 Escreva os seguintes números em notação científica: i) 456
a) 250  2, 50 102 j) 0,00087
k) 0,000000029
2 casas

b) 45000000  4,5000000 107  4,5 107


7 casas
02) Escreva os seguintes números em notação padrão
c) 5  5 100

a) 9,98 104
d) 0,000152  00001,52 104  1,52 104
4 casas b) 2,07 103
e) 0,0234  0 02 ,34 102  2,34 102 c) 5,061 105
2 casas
d) 1,073 104
Algumas vezes é necessário converter um número em
notação cientifica para a forma padrão. Para fazer isso, e) 5,0 102
vale as seguintes regras. f) 7,89 104
g) 2,3 105
Se n for:
o Positivo, a vírgula decimal é movida n casas para a
03) Um micrômetro 1  m  é igual a 0,000001 de um metro.
direita,
o Negativo, a vírgula decimal é movida n casas para a Escreva esse número em notação cientifica.
esquerda, 35
MATEMÁTICA contato@compassocursos.com.br COMPASSO CURSOS

04) A velocidade da luz é de aproximadamente


30.000.000.000 centímetros por segundo  cm s  . Escreva
esse número em notação cientifica.

05) Realize as operações indicadas usando notação científica.


Deixe sua resposta em notação científica.
a)  456.000.000   0,000.587 
b)  0,0000183   0,00003
c) 128.000.000   0,000000032 
d)  0,00625  5.000.000 

VOCÊ SABE?
 Expressar um número em notação científica?
 Converter um número em notação científica para notação
padrão?
 Realizar cálculos usando notação científica?

36
MATEMÁTICA ELEMENTAR PROFESSOR TENANI www.compassocursos.com.br

Exemplos:
FATORAÇÃO DE Fatore o seguinte polinômios.
 12 x 3 y  30 x 2 y 3
EQUAÇÕES Fatore cada coeficiente em fatores primos.
12 x 3 y  30 x 2 y 3
QUADRÁTICAS 22.3. x3. y 2.3.5. x2 . y3
Observe todos os números e variáveis que são comuns a
todos os termos.
Para encontrar o conjunto solução de certas equações que 2.3. x 2 . y
não são lineares, nós precisamos estudar uma técnica Este é o fator comum. Encontre cada termo entre parêntese
chamada “fatoração de polinômios”. Esta técnica também do polinômio dividindo cada termo do polinômio pelo fator
será útil quando estudarmos frações algébricas. comum.
12 x 3 y 30 x 2 y 3
FATORES COMUNS  2x e  5y2
6x2 y 2
6x y
Nosso primeiro tipo de fatoração consiste em encontrar
Obtendo:
fatores comuns em cada termo de um polinômio. Para isto,
6x2 y 2 x  5 y 2 
devemos relembrar a propriedade distributiva.
Agora, nós podemos escrever o polinômio em sua forma
a  b  c   a.b  a.c fatorada.
12 x 3 y  30x 2 y 3  6 x 2 y .2x  6 x 2 y .5y 2  6 x 2 y  2 x  5 y 2 

a  b  c  é chamada de forma fatorada de a.b  a.c . No exemplo 12 x 3 y  30 x 2 y 3  6 x 2 y  2 x  5 y 2  poderíamos


Vamos usar a propriedade distributiva para escrever 3x  6 também ter fatorado a expressão 12 x 3 y  30 x 2 y 3 como
em sua forma fatorada.
 
3xy  4 x 2  10 xy 2  ou 12 y  x 3  x 2 y 2  .
5
3x  6  3. x  3.2  3.  x  2   2 
Assim 3.  x  2  é a forma fatorada de 3x  6 . Assim um polinômio com coeficientes inteiros será
Esse tipo de fatoração, como o próprio nome indica envolve considerado completamente fatorado quando satisfizer os
encontrar números ou símbolos que são fatores comuns em seguintes critérios.
todos os termos originais.
Quando um polinômio é fatorado, nós “extraímos” o maior  O polinômio esta escrito com um produto de polinômios
fator comum do polinômio. com coeficientes inteiros.
 Nenhum dos termos do polinômio pode ser novamente
O maior fator comum é formado fatorado.
 pelo maior inteiro que é um fator comum de todos os
coeficientes e, Normalmente, quando nós “extraímos” um fator de um
 pela variável ou variáveis comuns junto com a menor polinômio, nós “extraímos” de tal maneira que seu
potência que aparece em todos os termos. coeficiente seja positivo. Observe que nós também podemos
fazer o oposto, ou seja, “extrair” um fator de tal forma que
Exemplos: seu coeficiente seja negativo. No exemplo anterior
Fatore os seguintes polinômios. poderíamos ter feito:
 3x  6  3. x  3.2  3  x  2 
12 x 3 y  30 x 2 y 3  6 x 2 y  2 x  5 y 2 
 10 x 2  15 y  5.2 x 2  5.3 y  5  2 x 2  3 y 
 12a  42b  6.2a  6.7b  6  2a  7b  EXERCÍCIOS PROPOSTOS
 18xy  12 xz  6 x.3 y  6 x.2 xz  6 x  3 y  2 z  06) Escreva na forma fatorada.
a) 7a 3  14a
Nesses exemplos, nós encontramos o maior fator comum b) 9 x5  6 x3  18x 2
através de uma simples observação. Em alguns casos, isto c) 72a 2b  84a 3b4  48a 4b2
pode não ser possível. Assim o seguinte procedimento d) 3x3 y 2  15x 2 y 4  3xy 2
ajudará. e) 3a  12
f) 8 y 2  10 x 2
37
MATEMÁTICA contato@compassocursos.com.br COMPASSO CURSOS

g) 5r 2  10rs  20s
h) 8x  12 y  16z Para fatorar um polinômio usando agrupamento nós:
i) 18ab  27a  3ac  Reordenamos o polinômio de tal forma que os dois
j) 15a 2  27b2  12ab primeiros termos tenham um fator comum e os dois
últimos tenham um fator comum.
k) V  V 2  V 3  V 4
 Determinamos o maior fator comum de cada para e o
l) 2L3  18L  2L2
fatoramos.
m) 2x3  x 2  x
 Se o passo anterior produzir um fator binomial comum em
cada termo, nós o “extraímos”.
07) Forneça o fator omitido
a) 3a  6b     Exemplos:
b) a 2b3  a 2b2  a 2b2   Fatore o seguinte polinômios.
c) 6 x  8z  12w  2    ax  2ay  bx  2by 

d) 4a 3  36ab  16ab2  24b3  4    ax  2ay   bx  2by  


e)  x  2 xy  xy 2   x  a  x  2y  b x  2y 

 x  2 y  a  b 
 3ac  6ad  2bc  4bd 
Já vimos que, quando uma expressão está envolvida por um  3ac  6ad    2bc  4bd  
símbolo de agrupamento, nós a tratamos como um único
3a.  c  2d   2b  c  2d  
número.
Exemplos:  c  2d  3a  2b 
Fatore os seguintes polinômios
EXERCÍCIOS PROPOSTOS
 x  a  2b   y  a  2b 
09) Escreva na forma fatorada.
x  a  2b   y  a  2b    a  2b  x  y  a) 2ax  2ay  bx  by
 x2  a  b   a  b b) 6ax  by  3ay  2bx
x 2  a  b    a  b    x 2  1  a  b  c) rt  ru  st  su
d) 5ax  3by  15bx  ay
 3x 2  2a  b   9 x  2a  b 
e) 2ax 2  bx 2  6a  3b
3x 2  2a  b   9 x  2a  b   3x  2a  b  x  3
f) 20 x 2  5xz  12 xy  3 yz
EXERCÍCIOS PROPOSTOS g) ac  ad  2bc  2bd
08) Escreva na forma fatorada. h) 2ac  3bc  8ay  12by
a) x  y  5  x  y  5 i) 2ax  ad  4bx  2bd
j) 2a 3  15  10a 2  3a
b) x  a  b   y  a  b 
c) 15x  2a  b   10 y  2a  b  10) Escreva na forma fatorada.
d) 8a  b  6   b  6  a) A área da superfície de um cilindro é calculada pela
e) 21R  L  2 N   35S  L  2 N  fórmula A  2 rh  2 r 2 .
b) A superfície total de um cone circular reto é dada por
AGRUPAMENTOS A   rg   r 2 .
Consideremos o polinômio ax  ay  bx  by . Observe que a c) A equação da distância S percorrida por certo
é um fator comum dos dois primeiros termos e b é um fator foguete disparado verticalmente é dada por
comum dos dois últimos. Assim, podemos usar a S  560t  16t 2 .
propriedade distributiva para fatorar os dois primeiros
termos e os dois últimos. VOCÊ SABE?
ax  ay  bx  by   ax  ay    bx  by   a  x  y   b  x  y 
 Determinar o maior fator comum?
Agora  x  y  é comum aos dois termos, então nós usamos a
 Fator um polinômio usando agrupamento?
propriedade distributiva novamente. Assim:
ax  ay  bx  by   a  b  x  y 
38
MATEMÁTICA ELEMENTAR PROFESSOR TENANI www.compassocursos.com.br

FATORAÇÃO DE x2  bx  c O trinômio x 2  bx  c poderá ser fatorado usando inteiros


Determinando se um trinômio é fatorável. somente se existir 2 inteiros m e n tais que
Lembre-se que para multiplicar 2 binômios nós usamos a m  n  b e m.n  c
propriedade distributiva da multiplicação em relação à
adição. x 2  bx  c   x  m  x  n 

 x  2  x  6   x 2  8 x  36
Para obter o sinal   ou   para m e n
Multiplicando
 Se c  0 , então m e n tem o mesmo sinal de b .
 Se c  0 , então m e n tem sinais opostos. Neste caso
Agora, nós vamos fazer o processo inverso, ou seja, vamos
aquele com o maior valor absoluto terá o mesmo sinal de
fatorar o trinômio.
b.
Exemplos:
x 2  8 x  36   x  2  x  6 
Fatore os seguintes trinômios:
Fatorando
 a 2  11a  28
Devemos ter m  n  11 e m.n  18 ,
Os seguintes exemplos nos ajudarão a entender o
Desde que b  11  0 e c  18  0 , m e n são ambos
procedimento:
positivos.
Exemplos:

Fatorações do 18 Soma dos fatores


1.18 1  18  19
2.9 2  9  11
3.6 3 6  9

Assim, temos m  2 e n  9 . A fatoração é:


a 2  11a  18   a  2  a  9 
 b2  2b  15
Devemos ter m  n  2 e m.n  15 ,
Desde que b  2  0 e c  15  0 , m e n tem sinais
opostos e aquele com maior valor absoluto será negativo.

Fatorações do 15 Soma dos fatores


1.  15 1   15  14
3.  5 3   5  2

Assim, temos m  3 e n  5 . A fatoração é:


b2  2b  15   b  3 b  5
 x 2  5x  24
Devemos ter m  n  5 e m.n  24 ,
Desde que b  5  0 e c  24  0 , m e n tem sinais
opostos e aquele com maior valor absoluto será positivo.

Fatorações do 24 Soma dos fatores


 1 .24  1  24  23
 2  .12  2   12  10
 3 .8  3  8  5
Em geral,  4  .6  4   6  2

 x  m  x  n   x 2   m  n  x  m.n Assim, temos m  3 e n  8 . A fatoração é:


x 2  5x  24   x  3 x  8
39
MATEMÁTICA contato@compassocursos.com.br COMPASSO CURSOS

 x 2  5x  12 VOCÊ SABE?
Devemos ter m  n  5 e m.n  12 ,
Desde que b  5  0 e c  12  0 , m e n são positivos.  Determinar 2 inteiros cujo produto é um número e cuja a
soma é outro?
Fatorações do 12 Soma dos fatores  Reconhece quando um trinômio x 2  bx  c poderá ser
1.12 1  12  13 fatorado usando inteiros?
2.6 26 8  Fatora trinômios da forma x 2  bx  x
3.4 3 4  7

Nenhuma fatoração de 12 tem soma igual a 5, ou seja, não FATORAÇÃO DE ax2  bx  c


existe um par de números inteiros nestas condições e o A forma ax 2  bx  c é a forma padrão do trinômio.
trinômio não será fatorado usando inteiros. Nós chamaremos Considere o produto
este polinômio de primo.
 2 x  3 x  3
 x 4  4 x 3  12 x 2  x 2  x 2  4 x  21
Utilizando a propriedade distributiva nós encontramos
Para efetuar a fatoração, nós verificamos que  2 x  3 x  3  2 x2  6 x  3x  9  2 x 2  9 x  9
x 2  4 x  21   x  3 x  7  . Assim:
Se nós observamos o processo de multiplicação, nós veremos
x 4  4 x 3  21x 2  x 2  x  3 x  7  que 6 e 3 aparecem como coeficientes dos termos
intermediários e que são combinados para a resposta final.
 x 2 y 2  9 xy  20   xy   9.  xy   20
2
 2 x  3 x  3  2 x2  6x  3x  9  2 x 2  9 x  9
Assim m  n  9 e m.n  20 Assim para reverter o processo nós podemos fazer
x 2 y 2  9 xy  20   xy  4  xy  5 2 x 2  9 x  9  2 x 2  6 x  3x  9
Usando agrupamento e fatoração temos que:
2 x 2  6 x  3x  9  2 x  x  3  3  x  3
 x 2  5ax  6a 2
m  n  5a e m.n  6a 2 Como  x  3 passa a ser um fator comum podemos
Assim: reescrever:
x 2  5ax  6a 2   x  2a  x  3a  2 x  x  3  3  x  3   2 x  3 x  3
O trinômio ax 2  bx  c poderá ser fatorado utilizando-se
11) Escreva na forma fatorada. coeficientes inteiros se nós pudermos encontrar dois inteiros
a) z 2  8z  20 m e n cuja soma é igual a b e cujo produto é igual a a.c de
b) a 2  9a  18 tal forma que:
c) x 2  13x  12 No trinômio 2 x 2  9 x  9 temos b  9 e a.c  2.9  18 .
d) x 2  14 x  24 Assim, nós procuramos:
e) y 2  9 y  36 m  n  9

f) a 2  2a  24 m.n  18
g) 2a 2  26a  24 Os valores para m e n são 3 e 6.
h) x 2  5x  7
i) b2  13b  40 Para fatorar ax2  bx  c
j) 5a 2  15a  50  Determine se o trinômio ax 2  bx  c é fatorável
k) x 2 y 2  xy  30 encontrando m e n tais que m.n  a.c e m  n  b .
 Troque o termo intermediário bx por mx  nx .
l) 3x 2 y 2  3xy  36
 Fatore os dois primeiros termos e os dois últimos.
m) a 2  ab  2b2  Utilize fator comum para fatorar novamente.
n) a 2  ab  6b2
o) x 2  2 xy  15 y 2 O processo para determinar os sinais de m e n é similar ao
p) 5 y  5 y  30
2 utilizado anteriormente.
q) a 2  7ab  10b2  Se a.c  0 , então m e n tem o mesmo sinal de b .
 Se a.c  0 , então m e n tem sinais diferentes e o que
r) x 2  3xy  2 y 2
possui o maior valor absoluto possui sinal igual ao de b

40
MATEMÁTICA ELEMENTAR PROFESSOR TENANI www.compassocursos.com.br

EXERCÍCIO RESOLVIDO
12) Escreva na forma fatorada.
a) 6 x 2  13x  6

b) 3x 2  5x  2

EXERCÍCIOS PROPOSTOS
13) Escreva na forma fatorada.
a) 6 x 2  23x  15
b) 12 x 2  12 x  9
c) 2 x 2  x  6
d) 2 x 2  3x  1
e) 2R2  7 R  6
f) 5x 2  7 x  6
c) 4 x  11x  6
2
g) 9 x 2  6 x  1
h) 5x 2  4 x  6
i) 6 x 2  13x  6
j) 4 x 2  20 x  21
k) 4 x 2  2 x  5
l) 2 x 2  14 x  12
m) 5R2  9R  2
n) 6 x 2  17 x  12
d) 12 x 2  4 x  5 o) 3x 2  2 x  4
p) 9 x 2  27 x  8
q) 8x 2  18x  9

14) Quando uma pedra é atirada verticalmente, a altura h


dessa pedra em um instante t é dada pela fórmula
h  16t 2  32t  16 . Fatore o lado direito dessa
expressão.

VOCÊ SABE?
e) 6 x 2  9 x  4
 Determinar 2 inteiros cuja soma e produto são
conhecidos?
 Reconhecer quando o trinômio ax 2  bx  c pode ser
fatorado e quando não?
 Fatorar trinômios da forma ax 2  bx  c ?
 Sempre relembrar de fatorar qualquer fator comum antes
da aplicação de outras regras?

FATORAÇÃO DE DIFERENÇA DE QUADRADOS

Anteriormente vimos que  a  b  a  b   a 2  b2 . Neste


momento queremos inverter o processo, isto é, devemos
f) 24 x  39 x  18
2 reverter a fórmula. Assim:
41
MATEMÁTICA contato@compassocursos.com.br COMPASSO CURSOS

a 2  b2   a  b  a  b  f) x 2  16 z 2
g) b2  36c2
Para utilizar esta técnica, devemos estar aptos a reconhecer h) 8 x 2  32 y 2
quadrados perfeitos. i) 5r 2  125s 2
9  3.3   3
2
j) 50  2x 2
k) r 2 s 2  25t 2
25a 2   5a 5a   5a 
2

l) 16t 4  1
9a   3a
4 2
3a   3a 
2 2 2
m) 49 x 2  64 y 4
n) 98x 2 y 2  50 p 2c2
Para fatorar diferenças de quadrados
 Verifique se temos uma diferença de dois quadrados TRINÔMIO QUADRADO PERFEITO
perfeitos. Nós já vimos que
 Reescreva o problema.
 Fatore.
a  b  a 2  2ab  b2 e a  b  a 2  2ab  b2 .
2 2

EXERCÍCIO RESOLVIDO
15) Escreva na forma fatorada. Os membros do lado direito são os quadrados do binômio do
a) x 2  9 membro do lado esquerdo. Neste momento, nós desejamos
reverter esse procedimento. Trinômios quadrados perfeitos
podem ser fatorados pela técnica descrita no início desta
aula. Porém, se nós observamos que o primeiro e o último
b) 4a 2  b2
termo são quadrados perfeitos nós devemos tentar fatorar o
trinômio como um quadrado perfeito.
Condição necessária para um trinômio quadrado perfeito

c) 4 x 2  25 y 2
 O primeiro termo deve ter coeficiente positivo e ser um
quadrado perfeito.
 O último termo deve ter coeficiente positivo e ser um
quadrado perfeito.
d) 4x 2  x 2 y 4  O termo do meio deve ser 2 vezes o produto das bases do
primeiro e do último termo. 2ab ou 2ab

EXERCÍCIO RESOLVIDO
e) 2a  18b
2 2
17) Escreva na forma fatorada.
a) 9 x 2  12 x  4

f) 3a 2  48

g) a 4  16 b) 4 x 2  20 x  25

EXERCÍCIO PROPOSTO
16) Escreva na forma fatorada.
a) t 2  64
c) 9 x 2  6 x  1
b) 4a 2  b2c2
c) r 2  s 2
d) 49  R 2
e) 4 y 2  9
42
MATEMÁTICA ELEMENTAR PROFESSOR TENANI www.compassocursos.com.br

d) 16 x 2  24 x  9

c) 2a 3  54b3

e) 9 y 2  30 y  25
d) a15  64b3

EXERCÍCIO PROPOSTO A SOMA DE DOIS CUBOS.


18) Escreva na forma fatorada. Considere o produto  a  b   a 2  ab  b2  . Se nós fizermos os
a) c2  14c  49
produtos indicados, nós obteremos:
b) b2  8b  16
c) a 2  6a  9
 a  b   a 2  ab  b2   a 3  b3
d) x  12 x  36
2

e) 9c2  12cd  4d 2
EXERCÍCIO RESOLVIDO
f) 9a 2  30ab  25b2
20) Escreva na forma fatorada
g) x 2  16 xy  64 y 2
a) a 3  8

VOCÊ SABE?

 Identificar e reescrever quadrados perfeitos?


 Fatorar a diferença de dois quadrados?
b) x 3  125
 Relembrar que a soma de dois quadrados não pode ser
fatorada?
 Fatorar quaisquer fatores comuns antes de aplicar as
outras regras?

OUTROS TIPOS DE FATORAÇÃO


A DIFERENÇA DE DOIS CUBOS. c) 8a 3  b21

Considere o produto  a  b   a 2  ab  b2  . Se nós fizermos os


produtos indicados, nós obteremos:

 a  b   a 2  ab  b2   a 3  b3
d) x 3 y 3  z 3
EXERCÍCIO RESOLVIDO
19) Escreva na forma fatorada
a) x 3  27

b) 8x 3  y 3

43
MATEMÁTICA contato@compassocursos.com.br COMPASSO CURSOS

Verifique a possibilidade de obter trinômio quadrado


perfeito. Se não for o caso, use métodos gerais de fatoração
EXERCÍCIO PROPOSTO de trinômios.
21) Escreva na forma fatorada.
a) r 3  s 3 EXERCÍCIOS RESOLVIDOS
b) 8x 3  y 3 24) Escreva na forma fatorada
c) h 3  k 3 a) a 2  6a  9
d) a 3  8
e) x 3  8 y 3
f) 64x 3  y 3
g) 27 x 3  8 y 3
h) 8a 3  37b3 b) a 2  5a  14
i) 64s3  1
j) x5  27 x 2 y 3
k) 16a 3  2b3
c) 6a 2  7a  20
l) x12  27
m) x18 y 9  27 z 3
n) a15b6  8c9

REVISÃO Quatro termos


Fator Comum e agrupamentos Verifique a possibilidade fatoração usando agrupamento.
Procure sempre fatorar os fatores comuns antes de EXERCÍCIOS RESOLVIDOS
prosseguir. 25) Escreva na forma fatorada
EXERCÍCIOS RESOLVIDOS a) ac  3a  2bc  6b
22) Escreva na forma fatorada
a) 5a 3  25a 2

b) a 3  2a 2  3a  6
b) ca  2cb  2da  4bd

Dois Termos Cheque se qualquer um dos fatores obtidos pode ser


Cheque se é diferença de quadrados, diferença ou soma de novamente fatorado.
cubos. EXERCÍCIOS RESOLVIDOS
26) Escreva na forma fatorada
EXERCÍCIOS RESOLVIDOS a) c4  11c2  28
23) Escreva na forma fatorada
a) a 2  16b2

b) 8a 3  b3
b) 4a 2  36b2

c) m3  64n3

Três termos
44
MATEMÁTICA ELEMENTAR PROFESSOR TENANI www.compassocursos.com.br

EXERCÍCIO PROPOSTO  x  3 x  2   0 


27) Escreva na forma fatorada. x  3  0 ou x  2  0 
a) n 2  49
x  3 ou x  2
b) 7b2  36b  5
V  {2, 3}
c) x 2 y 2  2 xy  8
d) 25a 2  3b  c   5a  3b  c  EXERCÍCIOS RESOLVIDOS
e) 4a 2  16b2 28) Encontre o conjunto solução das seguintes equações:
f) 5x 2  18x  60 a)  x  5 x  4   0
g) 6am  4bm  3an  2bn
h) 3a 2  13a  4
i) 6 x 2  24 xy  48 y 2
b)  x  3 3x  1  0
j) 4 x 2  20 xy  25 y 2
k) 3a5  48a
l) 3b2  8b  91
m) 3ax  6bx  2ay  4by
n) 9a 2  30ab  25b2 c) 3x  x  7 
o) 6 x 2  17 x  3
p) y 3  27 z 3
q) a 3b3  64
r) 8b3  c3

RESOLUÇÃO DE EQUAÇÕES QUADRÁTICAS POR


FATORAÇÃO. PARA RESOLVER EQUAÇÕES DO 2º GRAU POR FATORAÇÃO
Anteriormente, estudamos equações lineares, que também  Escreva a equação em sua forma padrão ax 2  bx  c  0
são conhecidas como equações do primeiro grau. Lembre-se com a  0 .
que o grau de uma equação em uma variável é o maior  Fatore completamente o membro esquerdo.
expoente daquela variável em qualquer termo. Agora, nós  Iguale cada fator a zero e resolva as equações obtidas
encontraremos soluções para equações do 2º grau, também  Cheque suas soluções
chamadas de equações quadráticas.
EXERCÍCIOS RESOLVIDOS
ax  bx  c  0 a  0
2
29) Encontre o conjunto solução das seguintes equações:
a) x 2  5x  6
SOLUÇÕES DA EQUAÇÃO QUADRÁTICA
Oberve a equação x 2  x  6  0 . Já sabemos obter a sua
forma fatorada:
x 2  x  6  0   x  3 x  2   0
Esta equação afirma que o produto dos fatores  x  3 e
 x  2 é zero.

PROPRIEDADE DO PRODUTO IGUAL A ZERO b) x 2  2 x


p, q  e p.q  0  p  0 ou q  0
Se o produto de dois fatores é igual a zero, então no
mínimo um dos fatores é zero.

Generalizando:
Se  x  p  x  q   0  x  p  0 ou x  q  0 .
Assim
45
MATEMÁTICA contato@compassocursos.com.br COMPASSO CURSOS

c) x 2  16 sua altura. Se a área desse retângulo é A  33 cm2 .


Encontre sua largura e sua altura.

33) Um móvel com velocidade inicial v sofre uma aceleração


a durante um tempo t . O espaço percorrido por s esse
1
móvel é dado pela equação s  vt  at 2 .Encontre t
2
quando s  8 , v  0 , a  2
d) 4 x 2  20 x  25

VOCÊ SABE?

 Encontrar o conjunto solução de uma equação em sua


forma fatorada cujo produto é igual a zero?
 Encontrar o conjunto solução de uma equação do 2º grau
por fatoração?
e) 3x 2  3  6 x

EXERCÍCIO PROPOSTO
30) Encontre o conjunto solução das seguintes equações:
a)  2 x  3 x  1  0
b) x  x  6   0
c) 3a  a  7   0
d)  3x  9  2 x  3  0
e) 5x  3 x  10 4 x  1  0
f) 2a 2  5a
g) 4 y 2  9
h) x 2  4 x  0
i) 2 y 2  18  0
j) x 2  7 x  12  0
k) x 2  3x  4  0
l) a 2  14a  49  0
m) y 2  32  4 y
n) x 2  27  6 x

31) O produto de dois números pares consecutivos é 168.


Encontre esses números.

32) A área de um retângulo é dada pela fórmula A  b.h em


que b é a medida da largura e h é a altura do retângulo.
A largura de certo retângulo é 2 cm maior que o triplo de
46
MATEMÁTICA ELEMENTAR PROFESSOR TENANI www.compassocursos.com.br

Uma expressão racional não tem significado para aqueles


EXPRESSÕES valores da variável que fazem com que o denominador seja
zero. Esses valores são restrições para a variável. Todos os
RACIONAIS. outros valores da variável para os quais a expressão está
definida formam o domínio da expressão racional.

EXPRESSÕES RACIONAIS EXERCÍCIO RESOLVIDO


Aprendemos que um número racional é um número que 02) Encontre o domínio das seguintes expressões racionais.
pode ser escrito como quociente entre dois inteiros com x3
denominador diferente de zero. a)
x4
2 4
5, ,  .
7 9
Vamos ampliar esta definição para o quociente de 2
polinômios.
3x 2
b)
x  x6
2

Uma expressão racional é uma expressão com a forma:


P
Q
Onde P e Q são polinômios e Q  0

Assim, uma expressão racional é uma expressão que pode ser


x2  3
escrita como o quociente de 2 polinômios com o c)
x2  4
denominador diferente de zero.
Exemplos:
2x

x 1
x3
x2  2 d)
 2 x2  x
x  x6
x2  x

5
Assim como nos números racionais o polinômio de cima é o
numerador e o de baixo é o denominador. EXERCÍCIO PROPOSTO
Para avaliar expressões racionais basta substituir a variável 03) Encontre o domínio das seguintes expressões racionais.
pelo valor fornecido e realizar as operações indicadas. x3
a) 2
x  x6
EXERCÍCIO RESOLVIDO 4
b)
01) Avalie as seguintes expressões racionais para o valor 3x
fornecido. 3x 2
c)
x 5 1 x3
a) para x  
2x  x 1
2
2 a9
d)
4a  3
8x
e)
3x  2 x  8
2

4
f) 2
h 4
5x  2
b) para x  2
4x  3
VOCÊ SABE?

x2  Avaliar uma expressão racional para um dado valor?


c) para x  5  Determinar as restrições sobre a variável?
x  3x  10
2

 Determinar o domínio de uma expressão racional?

47
MATEMÁTICA contato@compassocursos.com.br COMPASSO CURSOS

PRINCÍPIO FUNDAMENTAL. NÃO FAÇA ISTO:


Um dos procedimentos mais importantes usados a 8 1 8 1 1
trabalharmos com expressões racionais é a simplificação.  
83 8 3 3
Para fazer isso, utilizamos o seguinte princípio.
O princípio fundamental permite dividir numerador e
Se P é um polinômio e Q e R são polinômios diferentes denominador por fatores comuns. O 8 acima não é fator
de zero, então: comum. O 8 é termo.
PR P P PR
 e 
QR Q Q QR Observe que se b  a , em geral temos:
Para mudar a aparência de uma expressão racional sem
a b
mudar seu valor, nós podemos multiplicar ou dividir o  1 ab
numerador e o denominador por um mesmo polinômio ba
diferente de zero.
EXERCÍCIO RESOLVIDO
Esta propriedade nos permite reduzir uma expressão racional 05) Simplifique as expressões racionais.
para termos irredutíveis. A expressão racional é irredutível se x 5
a)
o maior fator comum entre o numerador e o denominador é 5 x
igual a 1 ou -1.
4 x
b)
PARA REDUZIR UMA EXPRESSÃO RACIONAL x 2  16
 Escrever numerador e denominador na forma fatorada.
 Dividir o numerador e o denominador por todos os fatores
comuns.
1  x2
EXERCÍCIO RESOLVIDO c)
2 x2  x  3
04) Simplifique as expressões racionais.
45
a)
60

14 x 2
b) EXERCÍCIO PROPOSTO
10 x 3
06) Simplifique as expressões racionais.
75
a)
5a  15 145
c)
4a  12 15b3
b)
20b3
x2  y2
c)
x y
y 7 6y  6
d) d)
y 2  49 8 y2  8
x2
e)
x3  8
x2  9
f)
x  6x  9
2

a 2  36 a 2  10a  25
e) g)
a  a  30
2
a 2  25
16  y 2
h)
3 y  11 y  4
2

p 2  q2
i)
q2  p 2
x3
j)
48 12  x  x 2
MATEMÁTICA ELEMENTAR PROFESSOR TENANI www.compassocursos.com.br

VOCÊ SABE? O procedimento correto é:


 Reduzir uma expressão racional para termos irredutíveis x3  x2 x3 x2
 2  2  x 1
usando o princípio fundamental? x2 x x
 Reconhece fatores a  b e b  a ?
Pois somente fatores devem ser divididos por fatores. E x 3 e
x 2 são termos do numerador.
QUOCIENTE DE 2 POLINÔMIOS
Já vimos o processo de divisão entre dois monômios. Vamos
relembra-lo. EXERCÍCIO PROPOSTO
7
x 08) Encontre o quociente
  x 74  x 3
x4 9 x3
5 a)
4a 3x 2
  2 a 5 3  2 a 2
2a 3 3a  b
2

b)
a b
Divisão de Polinômio por monômio.
16 x 5  20 x 3  4 x 2
Considere então a divisão de um polinômio por um c)
4x2
monômio:
6x  9
3x 3  9 x 2  15 x d)
3
3x
bx 2  bx
Para efetuar essa divisão basta lembrar-se de um princípio e)
bx
usado na adição de frações com mesmo denominador:
a  b  1  c  b  1
f)
b 1
a b ab
   c  0 a x  y  bx  y
c c c g)
yx
Assim, para dividir um polinômio por um monômio, nós
dividimos cada termo do polinômio pelo monômio. Divisão de Polinômio por Polinômio.
Considere o seguinte quociente no qual o divisor não é um
3x 3  9 x 2  15x 3x 3 9 x 2 15x
    x 2  3x  5 monômio.
3x 3x 3x 3x
x2  x  2
x2
EXERCÍCIO RESOLVIDO
07) Encontre o quociente Envolvendo a divisão de um trinômio por um binômio. Para
8 x  4a  12a
4 2 realizar a divisão nós usaremos o mesmo processo utilizado
a)
4a para divisão de números. Começamos escrevendo-os em
ordem decrescente de potências com zeros utilizados no
termos de coeficientes iguais a zero.
Exemplos:
Dividendo Escrita
x  2 x  3x  4 x  1
3 4 2
3x  x  4 x 2  2 x  1
4 3

5 x 7  15 x 5  10 x x  x 9
3
x3  0 x2  x  9
b) x 1
4
x4  0 x3  0 x 2  0 x  1
5x 2

Assim, temos
x2  x  2 x  2
Divida x 2 por x e coloque o resultado ( nesse caso, x ) no
lugar destinado ao quociente.
x2  x  2 x  2
x
NÃO FAÇA ISTO:
Multiplique x por x  2 e coloque o resultado (nesse caso)
x 2  2 x sobre o dividendo.
x x
3
x x
2
x 1
3 2 3
   x3  1 x2  x  2 x  2
x2 x 2
1
x2  2 x x
49
MATEMÁTICA contato@compassocursos.com.br COMPASSO CURSOS

Subtraia esse resultado do dividendo x 2  6 x  10


d)
x  x 2 x2
2
x3
 x2  2x x 2 x 3  3x 2  13x  12
e)
x2 x 5
Repita todo o procedimento anterior para o resto obtido 6 x 4  x 3  2 x 2  7 x  19
f)
(nesse caso) x  2 . 2x  3
Ou seja, divida x por x , obtendo 1 e coloque o resultado no x 4  3x 3  6 x 2  3x  8
g)
lugar destinado ao quociente x 2  3x  5
x2  x  2 x  2 h)  x 4  2 x 3  4 x  2    x 2  x  4 
 x2  2x x 1
x2 11) Qual polinômio que, ao ser dividido por 3x  2 , resulta
um quociente 2 x 2  3x  5 .
Multiplique 1 por x  2 obtendo x  2 e coloque abaixo de
x  2 , realizando a subtração. VOCÊ SABE?
 Dividir um monômio por outro monômio?
x2  x  2 x  2
 Dividir um polinômio por um monômio?
 x2  2x x 1  Dividir um polinômio por um polinômio?
x2  Checar a resposta?
x2
0

EXERCÍCIO RESOLVIDO
09) Encontre o quociente solicitado e cheque sua resposta.
x 2  3x  4
a)
x4

x 2  5x  6
b)
x2

EXERCÍCIO PROPOSTO
10) Encontre o quociente solicitado.
6x2  7 x  3
a)
2x  3
a 2  7a  10
b)
a2
x 2  5 x  10
c)
x3
50
MATEMÁTICA ELEMENTAR PROFESSOR TENANI www.compassocursos.com.br

Propriedade
RAZÕES E Se
a c
  a.d  b.c
b d
PROPORÇÕES.
EXERCÍCIO RESOLVIDO
RAZÕES 15) Encontre o termo desconhecido nas proporções dadas.
a x 16
Vimos que uma fração representa o quociente indicado a) 
b 8 64
pela divisão de a por b . Uma razão compara dois números
ou quantidades seguindo esse mesmo caminho. 49 35
A razão entre dois números a e b (nessa ordem) pode ser b) 
y 5
escrita como:
a
a para b , ou a:b 72 30
b c) 
z 6
Lê-se: “a razão de a para b ”.
Se as quantidades puderem ser escritas na mesma unidade
de medida, a razão será escrita sem qualquer unidade de
medida. EXERCÍCIO PROPOSTO
45min 45 3 16) Encontre o termo desconhecido nas proporções dadas.
45 min :60 min   
60 min 60 4 9 36
a) 
35 centavos x 5
35 centavos: 4 Reais =  7:8
400 centavos h 42
b) 
50 km 7 30
350 km : 7 h   50 km / h
h c) R :12  15 :100
5 p
EXERCÍCIO PROPOSTO d) 
9 20
12) Em uma sala de aula existem 32 meninos e 32 meninas.
Encontre a razão entre o número de meninos e de
Proporções são utilizadas na resolução de vários problemas.
meninas.
EXERCÍCIOS RESOLVIDOS
17) Duas engrenagens estão na razão 4 : 5 . Se a menor tem
13) Um salão possui 24 metros de comprimento por 18 32 dentes, quantos dentes têm a maior?
metros de largura. Qual a razão entre o comprimento e a
largura?

18) Em um mapa 1 cm representa 6 km. Quantos cm são


necessários para representas 28 km.
14) Um salão possui 24 metros de comprimento por 18
metros de largura. Qual a razão entre a largura e o
comprimento?

19) Cecília economiza R$ 20,00 por semana de sua mesada


quando esta é igual a R$ 220,00. Se a mesada de Cecícia
PROPORÇÕES subir para R$ 250,00, quanto ela devera economizar por
Uma proporção é uma relação de igualdade entre duas semana para manter a proporção de economia?
a c
razões. Assim, dadas as razões e escrevemos:
b d
a c
 ou a : b  c : d
b d

Lê-se: “ a está para b como c está para d ”


Os números a, b, c e d são os termos da proporção.
51
MATEMÁTICA contato@compassocursos.com.br COMPASSO CURSOS

EXERCÍCIOS PROPOSTOS
20) Em um mapa. 1 cm representa 9 km. Quantos cm são
necessários para representas 42 km?

21) Uma pessoa ganha R$ 180,00 por semana. Quantas


semanas ela precisa trabalhar para ganhar R$ 1260,00?

22) Um carro percorre 126 km com 12 litros de gasolina.


Quantos litros serão necessários para uma viagem de 924
km?

23) 24 gramas de água contêm 4 gramas de hidrogênio. 276


gramas de água contêm quantos gramas de hidrogênio?

24) Uma máquina pode produzir 21 peças em 30 minutos.


Quanto tempo será necessário para produzir 224 peças?

25) Uma imagem de computador tem 10 cm de comprimento


por 8 cm de largura. Se nós aumentarmos a sua largura
para 20 cm, qual deverá ser proporcionalmente seu novo
comprimento?
VOCÊ SABE?

 Escrever razões?
 Escrever proporções
 Encontrar termos desconhecidos em proporções?
 Resolver problemas que envolvem proporções?

52
MATEMÁTICA ELEMENTAR PROFESSOR TENANI www.compassocursos.com.br

Divisão de expressões racionais


OPERAÇÕES COM Dadas as expressões racionais
P
e
R
, então:
Q S
EXPRESSÕES P R P S PS
   
Q S Q R QR
 Q, R , S  0 
RACIONAIS EXERCÍCIO RESOLVIDO
02) Realize a divisão indicada e simplifique sua resposta.
MULTIPLICAÇÃO DE EXPRESSÕES RACIONAIS 3xy xyz
a) 
A multiplicação de expressões racionais é realizada da mesma 5 15
forma que a multiplicação de frações, ou seja, nós
multiplicamos os numeradores e multiplicamos os
denominadores e simplificamos os fatores comuns.
x2  9 x  3
b) 
Multiplicação de expressões racionais 5 20
P R
Dadas as expressões racionais e , então:
Q S
P R P.R
   Q, S  0 
Q S Q.S

4x  2 2x 1
c) 
EXERCÍCIO RESOLVIDO x 1 6  6x
01) Realize a multiplicação indicada e simplifique sua
resposta.
5x 3
a) 
4 2y

x 1 2 x2  4 2 x
b)  d) 
x 5 x 3 2 x  1 2 x2  7 x  3

9 4x
c) 
8x2 3

EXERCÍCIO PROPOSTO
03) Efetue a operação divisão indicada e simplifique sua
x  1  x  3
2

d)  resposta.
3 x x  2
24 7
a) 
35 8
4x 5
b) 
5 2
x 2  8 x  16 x2  4
e)  2 24abc 14 x 2 yz
x  3x  10 x  5x  4
2
c) 
7 xyz 2 9a 2
x y 12
d) 
3  x  2 2
3x  6 5 x  10
e) 
4x  8 2  x
DIVISÃO DE EXPRESSÕES RACIONAIS 5 x  y  12
f) 
A divisão de expressões racionais também é realizada 8 10  y  x 
seguindo o mesmo da multiplicação de frações, ou seja, nós
8 x  16 2 x  6
multiplicamos o numerador pelo inverso do denominador e g) 
3  x 3x  6
simplificamos o resultado.

53
MATEMÁTICA contato@compassocursos.com.br COMPASSO CURSOS

6 x 21x EXERCÍCIO RESOLVIDO


h) 
5 y 15 y 04) Realize a operação indicada e simplifique sua resposta.
20 xy 3 4 xy 5 2
i) 
a) 
x 3 x 3
9a 2 3ab2
9  x 4  x  9
j)  5x 7x
7 21 b) 
3x  5 3x  5
4x  2 1 2x
k) 
15 27
2x  3 4  2x
2x  6 c)  2
l)   x  3 x  5x  6 x  5x  6
2
x 5
9  3x
m)  6  2 x 
2x  8
9  x2 4 x  4 y
n)  2x 1 4 x
x y x3 d) 
x 2  5x  6 x 2  5x  6
x 2  16 x  4
o) 
x  1 x2  1
x 2  5x  6 x 2  5x  4
p) 
x 2  9 x  20 x 2  3x  2 5x  2 2 x  3
e) 
x  2 x  3 x  x  12
2 2 x3 3 x
q) 
x 2  3x  4 x 2  x  6
2 x 2  15x  7 x 2  49
r)  2
x  9x  8
2
x  2x  1 EXERCÍCIO RESOLVIDO
x2  4
s)  3x 2  2 x  8  05) Realize a operação indicada e simplifique sua resposta.
x2 5 2
a) 
x 3  27 x 2  3x  18 x x
t) 
10 15 5x 3x
b) 
6 x 2  7 x  2 2 x 2  x 12 x 2  5x  3 x2 x2
u)   x 1 x  2
6 x 2  5x  1 4 x 2  1 12 x 2  17 x  6 c) 
3x 3x
A2  5 A  14 5 A3  40
v)  2 3x  2 4 x  1
A 4 A  A  12 d)  2
x2 x
5 6
VOCÊ SABE? e) 
7 7
4 7
 Multiplicar expressões racionais? f) 
x x
 Dividir expressões racionais?
2x  5 x  7
g) 
5  2x 2x  5
ADIÇÃO E SUBTRAÇÃO DE EXPRESSÕES RACIONAIS I
Lembremos que para somarmos ou subtrairmos frações com
MÍNIMO MÚLTIPLO COMUM (mmc)
denominadores iguais, nós somamos os numeradores e
Ao somarmos (ou subtrairmos) duas frações com
mantemos o denominador. O procedimento para soma e
denominadores distintos, nós devemos encontrar frações
subtração de expressões racionais com mesmo denominador
equivalentes às dadas com denominadores comuns. Existem
é o mesmo.
muitos números que satisfazem tal condição e que podem
ser utilizados nessa operação, entretanto, o denominador
Adição e subtração de expressões racionais com mesmos
mais conveniente a ser utilizado é o mmc entre os
denominadores.
denominadores fornecidos.
P R Exemplo:
Dadas as expressões racionais e , então:
Q Q 5 2 5.6 2.4 30 8 38 19
P R PR P R PR       
  e   Q  0  6 9 6.6 9.4 36 36 36 18
Q Q Q Q Q Q ou
5 2 5.3 2.2 15 4 19
     
6 9 6.3 9.2 18 18 18
54
MATEMÁTICA ELEMENTAR PROFESSOR TENANI www.compassocursos.com.br

O mesmo critério será utilizado para somarmos ou i) x 2  9 , x 2  x  6 e x 2  4 x  4


subtrairmos expressões racionais com denominadores j) 5  x , x 2  25 e x 2  10 x  25
distintos. Para isso, devemos saber calcular o mmc de um
conjunto de denominadores. VOCÊ SABE?

Para encontrar o mmc entre um conjunto de expressões


 Adicionar ou subtrair expressões racionais com
algébricas. denominadores iguais?
 Fatore completamente cada uma das expressões.  Encontrar o mmc de um conjunto de expressões
 Utilize notação exponencial onde for possível. algébricas?
 Escreva cada fator diferente que aparece em cada uma
das fatorações obtidas anteriormente. EXPRESSÕES RACIONAIS EQUIVALENTES
 Coloque em cada fator obtido no passo anterior o maior Vamos utilizar a ideia de frações equivalentes nas expressões
expoente visto nesse fator.
racionais.
 Escreva o produto desses fatores.
EXERCÍCIO RESOLVIDO
EXERCÍCIO RESOLVIDO
08) Encontre a fração equivalente indicada.
06) Encontre o mmc das expressões abaixo.
3 ?
a) 12 e 18 a) 
15 90

b) 16x 2 e 4x 3
x 1 ?
b)  2
x  4 x  2x  8

c) 50x 3 y 2 e 20xy 4

ADIÇÃO E SUBTRAÇÃO DE EXPRESSÕES RACIONAIS II


d) x 2  x  12 e x 2  2 x  8 Agora que sabemos encontrar o mmc de um conjunto de
expressões algébricas

Para adicionar ou subtrair expressões racionais com


denominadores diferentes.
 Encontre o mmc dos denominadores.
e) x  2 x  1 , x  11x  12 e 1  x
2 2  Escreva cada expressão racional como uma expressão
racional equivalente com o mmc como denominador.
 Realize a operação indicada.
 Simplifique, se possível, o resultado obtido

EXERCÍCIO RESOLVIDO
09) Realize a operação indicada e simplifique a resposta.
5 x 3x
EXERCÍCIO PROPOSTO a) 
8 12
07) Encontre o mmc das expressões abaixo.
a) 6x e 9x
b) 6x 2 e 14x 3 2
b) 
c) 10x 2 , 12x 3 e 9x 4 x 2 18 x
d) 4 x  2 e 2 x  1
e) x  4 e 3x  12
f) 18x 3 e 9 y  36
g)  z  1 e z 2  1
2

h) 9 x  18 e x 2  7 x  10 55
MATEMÁTICA contato@compassocursos.com.br COMPASSO CURSOS

3x  2 x4 2x 5x  2
c)  m) 
x 2  16 3x  12 x 2  9 x  20 x  5
13 2 5
n)  
12 x 9 x 4 x
5 x  1 3x  2 x  1
o)  
6 9 12
5 x 4
p)  2  2
5x x 1 x  4 x 1 x  x  2
2

d) 
2x 1 x  2 4 3

x y
q)
5 7

x y
x2  y2
y
r)
x y
5x  4 3x y2
e) 
x2  2 x  1 x2  4x  5 x y x y

x y x y
s)
x2  y2

11) Em Física, a resistência total de um circuito paralelo pode


ser fornecida por:
1 I I I
 1  2  3
RT E1 E2 E3
Combine a expressão do membro direito.

12) A área de um triângulo é 21m 2 . Se o triângulo tem base


EXERCÍCIOS PROPOSTOS  bh 
b , qual é a altura do triângulo?  A  
10) Realize a operação indicada e simplifique a resposta  2 
15 20 13) Em Física, a indutância em paralelo pode ser calculada
a) 
3x 9 x 2 pela fórmula:
4 5
b)  LT 
1
3x 2 x 1 1

c)
3

7 L1  M L2  M
x 1 x  3
8 11
d)  Simplifique o lado direito.
x 4 x 5
15 14
e) 
5x  10 2 x  4
VOCÊ SABE?
12 7
f) 2 
x  9 3x  9
3x  Adicionar ou subtrair expressões racionais com
g) 3  denominadores distintos
x3
x 2x
h)  2
x 1 x 1
EQUAÇÕES RACIONAIS
3 5
i) 2  2 Uma equação algébrica que possui no mínimo uma expressão
x  x 6 x 9
6 5 racional é uma equação racional.
j) 2  Para resolvermos uma equação racional devemos eliminar os
x  4 x  12 x 2  36
4x x denominadores usando a propriedade da multiplicação em
k) 2  uma igualdade. O múltiplo é o mmc de todos os
x  x  20 x 2  8 x  16
x 1 3x  2 denominadores na expressão racional da equação.
l) 2 
x  x  12 x 2  9 x  20
56
MATEMÁTICA ELEMENTAR PROFESSOR TENANI www.compassocursos.com.br

Para resolver uma equação racional. y 3x


15) Resolva a equação racional   z para a variável x.
 Encontre o mmc de todos denominadores. 3 2
 Elimine os denominares multiplicando cada termo em
ambos os membros pelo mmc obtido no passo anterior.
 Resolva a equação.
 Teste suas soluções.

EXERCÍCIOS RESOLVIDOS
14) Resolva as equações. 1 1 1
16) Resolva a equação racional   para a variável z.
x3 x x y z
a) 
4 8

x x4 7
b)  
4 5 10
EXERCÍCIOS PROPOSTOS
17) Encontre o conjunto solução de cada uma das equações
abaixo. (Considere os denominadores diferentes de
zero).
6 7 9
a)  
4 x 8 16 x
x 2
5 4 5 b) 
c)   4 3
3x 9 12 x
x 7
c) 
6 9
x 1
d)  3 
8 4
x 2x
e)  1
6 5
3 4 2
d)  2  2x 1 2x  3
x x  2x x  2 f)  1
7 14
Obs. Este item mostra o cuidado que devemos ter com as
4 7 2
soluções encontradas já que existem restrições aos valores de g)  
x. x 3x 5
3 6 1
h)   5
x 5x 2 x
5 1 7
i)  
3x 2 6 x
5  x 2x  5
j) 
8x 6x
4 5
k) 
x4 x4
x 2 5x
e)  3 0 l)
3

1
3 2 2x  3 7
x 1 6
m) 2 
x 4 x2
6 4 1
n)  
2 x  4 x  2 x2  4
8 1
o) 2 
x  6 x  8 x 2  16
5 7 9
p)  
2 x  1 3x  2 6 x 2  x  2

57
MATEMÁTICA contato@compassocursos.com.br COMPASSO CURSOS

5 3 tendo 2 resistores conectados em paralelo se suas


18) Resolva a equação racional   3 para a variável x .
x y resistências são 4 ohms e 6 ohms respectivamente.
2 1
19) Resolva a equação racional   3 para a variável x .
x y
1 1 1 1
20) Resolva a equação racional    para a VOCÊ SABE?
R R1 R2 R3
variável R .
 Resolver equações racionais?
5 6x
21) Resolva a equação racional 4  3 y para a  Resolver equações racionais para uma variável em termos
x y de outras variáveis?
variável y .  Resolver problemas envolvendo expressões racionais?
x 4 y 3 1
22) Resolva a equação racional   para a
2 5 5
variável y .
23) A relação entre a pressão P , o volume V e temperatura
absoluta T de um gás é dada por:
PV PV
1 1
 2 2
T1 T2
Resolva para T2 .
24) A fórmula para resistores em paralelo é dada por
RR
R 1 2
R1  R2
Resolva para R1 .

25) 2 torneiras são utilizadas para encher uma caixa de água .


A primeira pode sozinha, encher a caixa em 12 horas e a
segunda pode sozinha, encher a caixa em 9 horas.
Quanto tempo as duas juntas levarão para encher a
caixa? ( Dica: Qual a fração do volume da caixa que cada
uma das torneiras preenche em 1 hora?)

26) Um motorista precisando percorrer a distância de 120


km, realiza uma parte do trajeto a uma velocidade
constante de 50 km/h e outra parte a uma velocidade
9
constante de 60 km/h. Se ele percorreu os 120 km em
4
de horas, quantos quilômetros ele percorreu a 50 km/h?

27) O denominador de uma fração é 3 unidades maior que o


numerador. Se somarmos 4 ao numerador e ao
3
denominador, a fração resultante é . Encontre a fração
4
original.

28) Em física, quando dois resistores são conectados em


paralelo, a resistência total do circuito em ohms é dada
por:
1 1 1
 
R R1 R2
Onde R1 e R2 são as resistência dos 2 resistores em
ohms. Encontre a resistência total R de um circuito

58
MATEMÁTICA ELEMENTAR PROFESSOR TENANI www.compassocursos.com.br

Para encontrar soluções de uma equação com 2 incógnitas.


EQUAÇÕES LINEARES  Escolha um valor para uma das incógnitas.
 Resolva a equação resultante para a outra incógnita.
EM DUAS VARIÁVEIS.
EXERCICIO RESOLVIDO
Vimos anteriormente métodos para resolver equações 02) Usando o valor fornecido para uma das incógnitas,
lineares ( equações do 1º grau) em uma variável. Todas estas encontre o valor da incógnita restante. Escreva a solução
equações podem ser escritas na forma: na forma de par ordenado.
a) y  2 x  1 com x  3 .
ax  b  0  a, b  ; a  0

Agora, nós ampliaremos nosso trabalho para equações


b) y  2 x  1 com x  2 .
lineares em 2 variáveis. As equações
4x  3y  8 e 5y  2x  0
são exemplos de tais equações.
Uma equação linear em 2 variáveis x e y é qualquer
c) y  2 x  1 com y  5 .
equação que pode ser escrita na forma:

ax  by  c  0  a, b, c  ; a, b  0
d) 3x  2 y com x  2 .
Em uma equação com 2 incógnitas, x e y , qualquer par de
valores x e y que satisfaça a equação é um solução desta
equação.
e) y  6 com x  3 .
EXERCÍCIO RESOLVIDO
01) Dada a equação 3x  2 y  6 , verifique se os valore que
se seguem são representam soluções da equação.
a) x  2 e y  0 f) x  3  0 com y  1

3
b) x  1 e y 
2 g) x  3  0 com y  4

c) x  3 e y  1

PLANO DE COORDENADAS CARTESIANAS


Em uma secção anterior, nós associamos o conjunto dos
PAR ORDENADO números reais com uma reta chamada reta numérica. Esta
Os valores para x e y usados no exercício acima podem ser reta numérica foi utilizada para “desenhar” soluções de
escrito como um par de números. Nós os separamos por equações e inequações com uma incógnita. Nós utilizaremos
vírgula ou ponto e vírgula e os colocamos dentro de agora o plano cartesiano para “desenhar” soluções de
parênteses. O valor de x é sempre dado primeiro. Isto é, o equações lineares com 2 incógnitas.
par de números é escrito com  x, y  . Um par de números Tomaremos 2 retas numéricas perpendiculares, uma
escrito em ordem especial é um par ordenado. horizontal e a outra vertical. Estas 2 retas são os eixos. Ao
eixo horizontal (eixo-x ou eixo das abscissas) nós
associaremos os valores de x e ao eixo vertical ( eixo-y ou
 3
 2,0  ,  1,  e  3,1 eixo das ordenadas) nós associaremos os valores de y.
 2

59
MATEMÁTICA contato@compassocursos.com.br COMPASSO CURSOS

 No quadrante I temos x  0 e y  0
O ponto de intersecção das 2 retas é a origem do plano
cartesiano e corresponde ao par  0,0  . Os 2 eixos dividem o  No quadrante II temos x  0 e y  0
 No quadrante III temos x  0 e y  0
plano cartesiano em 4 regiões chamadas quadrantes. Pontos
que pertencem a qualquer um dos eixos não pertencem a  No quadrante IV temos x  0 e y  0
nenhum dos quadrantes.
Cada par ordenado  x, y  corresponde a exatamente um DESENHANDO AS SOLUÇÕES
Vamos agora mostrar graficamente alguns pares ordenados
ponto do plano. Para encontrar a localização de tal ponto nós
que são soluções da equação em duas variáveis y  2 x  1 .
consideramos o par ordenado como 2 instruções para nos
dirigirmos, a partir da origem, a localização procurada. Para isso, vamos atribuir alguns valores para x .
Pontos são sempre nomeados utilizando-se letras maiúsculas.
 Se x  1 então y  3
A notação A  x, y  indica que o nome do ponto é A .
 Se x  2 então y  3
EXERCICIO RESOLVIDO  Se x  0 então y  1
03) Represente os pares ordenados abaixo no plano  Se x  1 então y  1
cartesiano.

Os pares ordenados  1, 3 ,  2,3 ,  0, 1 e 1,1 são


algumas soluções da equação y  2 x  1 .

a) A  2, 4 
b) B  1,  3
c) C  4,3
VOCÊ SABE?
d) D  4,0 
e) E  2, 3  Determinar se um par ordenado é ou não solução de certa
equação?
f) F  0, 4   Encontrar o valor de uma incógnita, se fornecido o valor da
g) G  3,0  outra?
 Desenhar pares ordenados no plano cartesiano?
 3  Desenhar pares ordenados que são soluções de dadas
h) H  2, 
 2 equações no plano cartesiano?
Observe que: 60
MATEMÁTICA ELEMENTAR PROFESSOR TENANI www.compassocursos.com.br

EXERCICIOS PROPOSTOS f)  0,0 


04) Determine se os pares ordenados dados são ou não
g)  0, 2 
soluções da equação fornecida.
a) 3x  y  2; 1, 1 ,  2,0  1 
h)  , 3 
2 
b) y  3x  1; 1, 2  ,  1, 4  ,  2,3
i)  4,0 
c) y  2 x  4;  1,3 ,  0, 4  ,  2,8
09) Determine as coordenadas  x, y  dos pontos dados no
1 
d) 3 y  4 x  2; 1, 2  ,  2,1 ,  ,1 plano cartesiano a seguir.
2 
e) 3x  2 y;  2,3 ,  3, 2  , 0,0 
f) x  4;  4,1 ,  4, 2  ,  4, 4 
g) x  5  0;  3, 5 ,  5,3 ,  5,8
3 
h) y  3;  2,3 ,  5, 2  ,  ,3 
4 
2 
i) y  2  0;  2, 2  ,  , 2  , 5, 2 
3 

05) Encontre o valor de y correspondente a cada valor de x 10) Desenhe cinco pontos cuja abscissa é igual a 2. Ligue os
fornecido em cada equação. Expresse sua resposta como pontos. Qual a figura resultante?
um par ordenado. 11) Desenhe cinco pontos cuja ordenada é igual a 4. Ligue os
a) 2 x  y  1; x  1, x  2, x  3 pontos. Qual a figura resultante?
b) y  3x  2; x  1, x  2, x  0 12) Desenhe cinco pares ordenados cuja abscissa e
c) y  3  2 x; x  3, x  4, x  0 ordenadas são iguais. Ligue os pontos.
13) Desenhe cinco pares ordenados cuja ordenada é oposta
d) 3x  y  4; x  3, x  2, x  0
da abscissa. Ligue os pontos.
e) x  5 y; x  2, x  3, x  0
f) y  5; x  1, x  6, x  0 GRÁFICO DE UMA EQUAÇÃO LINEAR.
3 Vimos na seção anterior que existem infinitos pares
g) y  1  0; x  7, x   , x  0
5 ordenados que satisfazem uma equação linear com 2
incógnitas e desenhamos algumas dessas soluções. Ligando
06) O custo total C em reais para produzir x unidades de esses pontos, percebemos que todos eles pertencem a
certo produto é dada pela equação C  2 x  20 . mesma reta. Qualquer ponto cujas coordenadas satisfazem a
Encontre o custo para produzir: equação pertence a reta e as coordenadas de qualquer ponto
a) 75 unidades. dessa reta serão soluções da equação.
b) 300 unidades.
c) 1000 unidades. EXERCICIO RESOLVIDO
14) Esboce o gráfico da equação 2 x  y  3
07) No exercício anterior, encontre quantas unidades são
produzidas quando o custo total é:
a) R$ 430,00
b) R$ 700,00
c) R$ 1400,00

08) Desenhe os pares ordenados fornecidos a seguir em um


plano de coordenadas cartesianas.
a)  2, 4 
b)  2, 3
c)  4,0 
d)  4,1
e)  0, 4 
61
MATEMÁTICA contato@compassocursos.com.br COMPASSO CURSOS

RETA
Em geral, o gráfico de qualquer equação linear com 2
incógnitas é uma reta. Nós usaremos o fato geométrico de
que por quaisquer 2 pontos do plano nós podemos desenhar
uma e somente uma reta. Assim, desde que nós sabemos que
o gráfico de uma equação linear com 2 incógnitas é uma reta,
nós podemos esboçar o gráfico usando somente 2 pontos.

EXERCICIO RESOLVIDO
15) Esboce o gráfico da equação y  2 x  4

b) 3 y  2 x  9 .

A INTERSECÇÃO COM OS EIXOS


Observe que o gráfico de y  2 x  4 intercepta o eixo y em
 0, 4  e o eixo x em  2,0  . Os pontos  0, 4  e  2,0  são
Qualquer equação linear que pode ser escrita na forma
os pontos de intersecção do gráfico com os eixos e desde que
nós necessitamos de apenas 2 pontos para esboçar o gráfico, y  kx ou x  ky
em muitos casos, nós usamos esses pontos de interseção
com os eixos.
em que k é um número real passará pela origem.
Observe que o gráfico intercepta o eixo das abscissas quando
y  0 e intercepta o eixo das ordenadas quando x  0 . EXERCICIO RESOLVIDO
17) Esboce o gráfico da equação y  2 x
Para encontrar os pontos de intersecção.
 Faça x  0 e encontre o valor de y correspondente. Esse
é o ponto  0, y  .
 Faça y  0 e encontre o valor de x correspondente. Esse
é o ponto  x,0  .

EXERCICIO RESOLVIDO
16) Esboce o gráfico das equações a seguir usando os pontos
de intersecção do gráfico com os eixos.
a) y  2 x  3

62
MATEMÁTICA ELEMENTAR PROFESSOR TENANI www.compassocursos.com.br

18) Esboce o gráfico da equação y  2 h) y  4 x  0


i) 0,3x  0,4 y  0,7
2 1
j) y  x
3 3

21) Esboce o gráfico das equações lineares dadas usando as


intersecções com os eixos.
a) 2 y  3x  12
b) y  3x  6
c) y  x  2
d) y  2 x  8
e) y  x
f) y  3x
g) x  y  0
h) y  2 x  0
i) 4 x  3 y  0
19) Esboce o gráfico da equação x  1
j) 2 y  5x  10
k) 5x  6 y  30

22) Resolva as equações para y em termos de x , ou seja,


escreva as equações na forma y  mx  n .
a) 3 y  2 x  4
b) y  2 x  7  0
c) 3 y  4 x  9
d) 7 x  3 y  10
e) x  5 y  7  0
f) 5 y  8x  14  0

23) Esboce os gráficos das equações y  2 x  n no mesmo


plano cartesiano para:
a) n  5
VOCÊ SABE?
b) n  0
c) n  3
 Esboçar p Gráfico de equação linear?
 Encontrar a intersecção do gráfico de uma equação linear
com os eixos? 24) Esboce os gráficos das equações y  mx  1 no mesmo
 Esboçar o gráfico de equações como x  k ou y  k plano cartesiano para:
onde k é uma constante? a) m  1
1
b) m 
2
EXERCICIOS PROPOSTOS c) m  2

20) Encontre a intersecção do gráfico com os eixos. 25) Escreva uma expressão matemática para cada uma das
a) 5x  3 y  15 afirmações abaixo:
b) y  2 x  4 a) O valor de y é 3 unidades menor que o dobro de x .
c) y  3x  1 b) O dobro de x menos o triplo de y é igual a 6.
d) 2 x  3 y  6 c) O valor de x é 4 vezes maior que o de y .
e) 2 x  5 y  11  0 d) Cinco vezes x menos o produto de 2 por y resulta
f) y  5x em 20.
g) 3x  2 y  0
63
MATEMÁTICA contato@compassocursos.com.br COMPASSO CURSOS

A INCLINAÇÃO DE UMA RETA. Definição:


Consideremos duas rampas denotados R1 e R2 mostradas O coeficiente angular m de uma reta não vertical que passa
abaixo: pelos pontos P  x1 , y1  e Q  x2 , y2  é dado por:

y2  y1 y
m 
x2  x1 x

Dizemos que R1 é mais inclinada que R2 , pois caminhando


do ponto A ao ponto B em cada rampa, o deslocamento
horizontal em cada rampa será igual a 100 m mas o
deslocamento vertical será de 15m na rampa R1 e 10m na
EXERCICIO RESOLVIDO
rampa R2 . Se nós medirmos o “grau de inclinação” pela 26) Encontre o coeficiente angular da reta que passa pelos
razão: pontos:
descolamento vertical a) P  2,3 e Q  5,9  .
deslocamento horizontal

A rampa R1 terá “grau de inclinação”


15 m

3 b) P  3, 2  e Q  5, 4  .
100 m 20

E a rampa R2 terá “grau de inclinação”


10 m

1 c) P  3, 4  e Q  2, 4  .
100 m 10

3 1
Como é maior que temos que R1 é mais inclinada
20 10
d) P  4,1 e Q  4, 3 .
que R2 .
Vamos aplicar este conceito à qualquer reta. Então o
coeficiente angular m de uma reta não vertical é:

descolamento vertical
m= O coeficiente angular m de uma reta horizontal com
deslocamento horizontal
equação y  k é m  0 .
O coeficiente angular m de uma reta vertical com equação
x  k é indefinido.

27)

Na figura
descolamento vertical 4 2
m=  
deslocamento horizontal 6 3

64