Você está na página 1de 36

IMUNOLOGIA BÁSICA

AULA 3
IMUNIDADE INATA E ESPECÍFICA

t-cells coming around an antibody-coated cell, and telling it, "time to die”
Sistema Imune composto por:
• Órgãos linfoides
1. Timo
2. Medula óssea (ossos longos e chatos)
3. Linfonodos (pescoço, axilas, tórax e pelve)
4. Baço
5. Tonsilas palatinas Todo sistema
6. Placas de Peyer linfático
Sistema imune composto por:
• Células imunes dividem-se em 3 grupos
1. Leucócitos (capturam informação dos agentes invasores, pode
atacar fazendo fagocitose ou bloqueando o agente invasor)

2. Células do Sistema Mononuclear Fagocitário


(SMF ou Sistema Retículo-endotelial fazem fagocitose e apresentação de
antígenos)

3. Mastócitos (células do tecido conjuntivo com grande capacidade


de diferenciação)
Sistema imune composto por:
• Leucócitos:

1. Células brancas do sangue “glóbulos brancos”


São um grupo de células diferenciadas a partir de células-tronco
pluripotentes oriundas da medula óssea e presentes
no sangue, linfa, órgãos linfoides e vários tecidos conjuntivos.

Coloração:
Básicos
Neutros
ácidos
Origem na medula Amadurecem no
sangue periférico
óssea
Sistema imune composto por:
Os leucócitos são divididos em 3 classes:

1. Os granulócitos: constituem 50 a 60% de todos os leucócitos.


Dividem-se em três classes: neutrófilos, eosinófilos e basófilos. Eles têm
esse nome porque contêm grânulos e pela coloração que adquirem
quando fixados.

1. Os linfócitos: constituem 30 a 40% de todos os leucócitos. Os


linfócitos se dividem em dois subtipos principais: células B (aquelas que
amadurecem dentro da medula óssea) e células T (aquelas que
amadurecem no timo);

2. Os monócitos: constituem até 7% de todos os leucócitos. Importante


lembrar que: os monócitos se transformam em macrófagos.
Eosinófilos

• As células eosinofílicas (possuem "afinidade por ácido") corante: eosina

• normalmente transparentes, aparecem de cor vermelho-tijolo após coloração com a


eosina, um corante vermelho e ácido.

• A coloração fica concentrada em pequenos grânulos no citoplasma celular, que contêm


vários mediadores químicos, como a histamina e proteínas como a peroxidase de
eosinófilos, ribonuclease, desoxirribonucleases, lipase, plasminogênio...

Eosinófilos são tipos de  granulócitos que são tipos de  leucócitos...


Basófilos
• São granulócitos, da mesma origem dos neutrófilos e eosinófilos, possuem granulações
grosseiras basófilas.

• Estas células circulam no sangue e caminham aos tecidos.

• Nessas áreas são chamados de Mastócitos.

Basófilo

Neutrófilo
Imunologia Clínica diferente da
Imunologia Básica
Leucograma
Granulócitos
Agranulócitos
Monócitos
• Os monócitos são um grupo de células que tem a função de defender o
organismo de corpos estranhos.

• Eles podem ser identificados através do leucograma e passam a ser


chamados de macrófagos quando saem do sangue e penetram em algum
tecido, a fim de o defender de algum invasor.
Linfócitos B e T
Linfócitos NK (natural killers)
Parâmetros podem sofrer discretas mudanças de
acordo com o local (laboratório) além de sexo e idade
Linfócitos (B, T e NK)
• Os linfócitos são células que possuem um núcleo esférico que
ocupa quase toda a célula.
• Ao contrário dos leucócitos anteriormente referidos, estes
não fazem fagocitose.

• Têm uma duração de anos ou, por vezes, décadas já os


leucócitos duram de horas a dias.

• Os linfócitos podem ser de três tipos: linfócitos B, linfócitos T


ou células NK (Natural Killer), ficando responsáveis por
funções especificas no organismo.
Linfócitos (B, T e NK)
• Os linfócitos B amadurecem na medula óssea e são
responsáveis pela produção de anticorpos.

• Perante um corpo estranho, estas células proliferam e


diferenciam-se em plasmócitos, cuja função será a de
produzir anticorpos (moléculas glicoproteicas) para
degradar os antígenos.

• Os linfócitos B também diferenciam-se em células de


memória. Estas células permanecem inativas no nosso
organismo, sendo apenas ativadas quando necessário, ou
seja, quando ficarem novamente expostas ao mesmo
antígeno (corpo estranho).
Linfócitos (B, T e NK)
• Os linfócitos T maturam no Timo, órgão do sistema imunitário situado atrás do
externo.

• Estes linfócitos são responsáveis pela destruição de células infetadas por vírus,
fungos e algumas bactérias.

• Os linfócitos T matador (CD8) são responsáveis por reconhecer e destruir células


anormais.

• Já os linfócitos T auxiliador (CD4) recebem informações dos macrófagos e, com


base nelas, estimulam os linfócitos B e T (CD8) para atacarem os corpos estranhos.

• Caso os CD4 deixarem de funcionar os restantes linfócitos deixarão de ser


estimulados, deixando o organismo exposto a doenças.
SIDA
Linfócitos (B, T e NK)
• As células NK (natural killers) são, ao contrário dos restantes linfócitos, células
granulócitas, e, como tal, realizam fagocitose. Elas têm como principal objetivo
detectar e destruir células tumorais e alguns micróbios.

• Estes linfócitos libertam enzimas para o interior das células afetadas, levando-as à
apoptose celular, impedindo que se multipliquem.

• O reconhecimento das células cancerosas é feito com base nos marcadores no


exterior da membrana celular. Os marcadores são proteínas que servem para o
reconhecimento extracelular.

• Se a célula apresenta um número inferior de marcadores é considerada anormal,


e, é destruída.
Sistema imune composto por:
• Sistema Fagocitário Mononuclear:

1. macrofágos em geral (tecido subcutâneo)

2. macrofágos pulmonares (alvéolos);

3. micróglia ou glia (sistema nervoso central);

4. células de Kuppfer (fígado)


Exemplo (Gripe)

Os restos fagocitados vão


ser expostos e
apresentados aos
linfócitos gerando uma
memória a partir de
contatos posteriores
(Imunidade adaptativa)
Fagocitam

Vacina contra
o Influenza
Sistema imune composto por:
• Mastócitos:

1. Característica basófila se coram com corantes básicos

2. Citoplasma rico em grânulos citoplasmáticos ácidos que se


coram com corantes básicos

3. Fatores quimiotáxicos (sinais químicos que atraem outras células)

4. Atraem leucócitos e promovem a vasodilatação

(histamina e heparina)  Inflamação


Função
• Sistema Imune é conjunto de órgãos e células
responsáveis por combater micro-organismos
invasores, realizar a limpeza do organismo (células
mortas e renovação celular) responder a enxertos e
armazenar informações imunológicas (memória),
combater células com falhas mitóticas.
IMUNIDADE INATA E ADAPTATIVA
IMUNIDADE INATA (LEUCÓCITOS)
IMUNIDADE ADAPTATIVA (LINFÓCITOS)

• Barreira física  Pele


Imunidade Inata

• Barreiras físicas (pele e mucosas)

• Barreiras químicas (HCl, saliva...)

• Barreiras biológicas (pH vaginal, pH estomacal,


cera de ouvido...)
Vias de entrada dos micro-organismos
• Vias aéreas GRIPE
(gotículas inaladas);
• Trato gastrointestinal INTOXICAÇÃO
ALIMENTAR
(água ou alimentos contaminados);
• Trato reprodutivo
DST
(contato físico);
LEPTOSPIROSE
• Epitélio externo
(contato físico, ferimentos ou arranhões, picadas de insetos).
Vias aéreas

Inflamação
O nariz, a boca e pontos de entrada óbvios para os germes.

As lágrimas e o muco contêm uma enzima (lisozima) que destrói a parede celular de
muitas bactérias.

Os mastócitos também cobrem as vias nasais, garganta, pulmões e pele. Qualquer


bactéria ou vírus que queira entrar no seu corpo precisa primeiro passar por essas
defesas.
Trato gastrointestinal

A saliva também é antibacteriana.


Como as vias nasais e os pulmões são revestidos de muco, muitos germes
que não são mortos imediatamente ficam presos no muco e logo são
engolidos e posteriormente inativados pela pH do suco gástrico.
Células de defesa
• Os linfócitos são um tipo de célula de defesa do organismo e
são excelentes indicadores do estado de saúde do indivíduo.

• Os linfócitos, juntamente com os eosinófilos, basófilos,


monócitos e neutrófilos, formam os glóbulos brancos do
sangue.

• Eles são de 3 tipos diferentes: os linfócitos B, os linfócitos T e


os linfócitos Natural Killer (NK).
Leucograma expressa os valores de linfócitos e glóbulos
brancos (medida da resposta imune).
1. Linfocitose
Os valores de linfócitos estarão altos quando o paciente
apresentar alguma infecção, como hepatite viral, toxoplasmose,
rubéola, infecção aguda por HIV, leucemia linfocítica crônica ou
aguda, por exemplo.

2. Linfopenia
Diminuição dos linfócitos pode significar a presença de infecções
e enfermidades crônicas, lúpus, anemia aplásica, insuficiência
renal, Aids e estado terminal de câncer, por exemplo.
Hematopoese
GLÓBULOS VERMELHOS

AGRANULÓCITOS

LEUCÓCITOS
LINFÓCITOS: B, T e NK
DEFESA ADAPTATIVA

GRANULÓCITOS
DEFESA INATA

Exceções: NK
monócitos

GLÓBULOS VERMELHOS
Recapitulando...

• Temos células imunes da defesa inespecífica (leucócitos) e adaptativa


(leucócitos) linfócitos B, T e NK.
• lembrando que Linfócitos NK agem sobre células tumorais e alguns
micro-organismos.
Recapitulando...
Células imunes dividem-se em (3 grupos):

1. Leucócitos;
2. Sistema Fagocitário Mononuclear (SFM):
• Macrofágos (subcutâneos)
• Glia (sistema nervoso)
• células de Kuppfer (fígado)

3. Monócitos
Recapitulando
• Leucócitos podem ter grânulos ou não

 (Granulócitos e Agranulócitos)

• Linfócitos são tipos de leucócitos que não tem


grânulos (Agranulócitos) com exceção dos NK

• Leucócitos amadurecem no sangue periférico e nos


tecidos (monócitos  macrofágos)
Recapitulando
• Pele é a barreira física mais importante quando integra.
• Portas de entrada de agentes agressores (patógenos,
antígenos sinônimos) são:
1. Pele lesionada
2. Vias aéreas
3. Trato gastrointestinal
4. Mucosas com alterações de pH e flora bacteriana
1. Quais são os órgãos linfoides primários de defesa?
2. Para que servem os linfonodos?
3. Qual a importância dos órgãos linfóides secundários?
4. Esquematize as divisões dos leucócitos.
5. Quais são as células imunes providas de grânulos?
6. Qual a principal função dos macrofágos e linfócitos NK?
7. Quais são e onde são produzidos os linfócitos agranulares?
8. Para que serve um leucograma? Dê exemplos
9. Porque o vírus HIV causa uma síndrome de imunossupressão?
10. Como ocorre a defesa do organismo quando entra em contato com o
vírus da gripe?
11. Para que servem as vacinas? O que significa dose de reforço da
imunização?
12. Quais são as defesas inatas do organismo e que tipo de imunidade elas
representam?
13. O que você entende como defesa inespecífica e adaptativa?