Você está na página 1de 4

Estudo da prova (15.02) c.

Terceiro comando: falar para o paciente dizer


uma frase simples. Resposta inadequada:
1. O Acidente Vascular Encefálico (AVE) é causa dificuldade ou incapacidade de falar.
de grande índice de morbimortalidade mundial.
Pode ser causado por hemorragia ou por um
quadro de isquemia cerebral. Sobre esse tema, Sinal/Sintoma Como Normal Anormal
assinale afirmativa correta. testar
a. Os socorristas podem utilizar-se de
várias formas de avaliação para Assimetria Pede-se Ambos os Um lado da
identificação do AVE de forma rápida facial para o lados da face não se
e sensível, sendo elas: Escala FAST e paciente face se move bem
Cincinatti Prehospital Stroke Scale mostrar os movem quanto o
(CPSS). dentes ou igualmente outro
sorrir
Obs: O que é AVE isquêmico e hemorrágico?
Debilidade O Ambos os Um braço
A isquemia cerebral é a falta de irrigação dos Braços paciente braços se não se move
sanguínea e consequentemente de oxigênio no cérebro fecha os movem ou cai baixo,
que se manifesta através de sintomas como sonolência, olhos e igualmente quando
paralisias do braços e pernas e/ou alterações da fala e da mantém ou não se comparado
visão. O AVE isquêmico ocorre quando um coágulo os braços movem com o outro
impede a irrigação cerebral. Ele pode causar perda da estendidos
coordenação motora e dificuldade de raciocínio. Já a
AVE hemorrágico ocorre quando um vaso sanguíneo se Fala anormal Pede-se Usa as Pronuncia
rompe e lança o sangue dentro do cérebro. Nela ocorre para o palavras palavras
fortes dores de cabeça, náusea e vômito. paciente corretas, ininteligíveis,
dizer: “o com usa palavras
Escala FAST rato roeu a pronúncia incorretas ou
Face roupa do clara. é incapaz de
rei de falar.
Arm Estão em baixa em pratica- Roma”.
Speech -mente 80%.
Time 2. O aluno da disciplina de Primeiros Socorros
Lembrando que vertigem, cefaleia, perda da deve estar capacitado a reconhecer os sinais que
visão também estão presentes identificam uma vítima com possível Acidente
Vascular Encefálico (AVE). Três deles são:
Reconhecimento e pedido de socorro devem ser a. Desvio de rima labial, fraqueza em um
rápidos. dos membros superiores e
anormalidades na fala.
Escala Cincinnati (CPSS)
3. O acidente vascular cerebral é uma lesão dos
A Escala pré-hospitalar de acidentes vasculares neurônios motores superiores e resulta em
de Cincinnati é uma escala de avaliação médica perda do controle voluntário sobre os
utilizada para diagnosticar a presença de um AVC. A movimentos motores. A disfunção motora mais
taxa de acerto da Cincinnati é de 72%. Composta por comum, caracterizada pela paralisia de um lado
três comandos é sinal indicativo de acidente vascular do corpo, é denominada:
cerebral se uma das assertivas for positiva: a. Hemiplegia

a. Primeiro comando: falar pra o paciente sorrir, Obs: O que é hemiparesia, hemiplegia, epilepsia e
mostrando os dentes. Resposta inadequada: ataxia?
assimetria facial.
Hemiparesia = Paralisia branda de uma das
b. Segundo comando: falar para o paciente
metades do corpo
levantar os braços para frente por 10 segundos.
Resposta inadequada: queda de um dos braços Hemiplegia = conceito derivado do grego, a
evidenciando fraqueza muscular. hemiplegia é uma paralisia cerebral que atinge um lado
completo do corpo, impossibilitando os seus
moimentos. Quando atinge o lado direito, a área afetada
do cérebro é a esquerda e, quando atinge o lado elétrica do cérebro. É realizado com eletrodos fixados
esquerdo do corpo, a área afetada do cérebro é a direita. no couro cabeludo por meio de uma pasta condutora de
A hemiplegia é mais grave que a hemiparesia, uma vez eletricidade. Objetiva registrar a atividade cerebral para
que essa última se refere apenas a dificuldade de detectar possíveis anormalidades neurológicas.
movimentar uma parte do corpo e não a impossibilidade
de movimentos como a hemiplegia causa. O que é Tomografia Computadorizada (TC)
e para que serve?
Epilepsia = afecção (med. Qualquer alteração
A tomografia computadorizada é um exame
patológica do corpo; psic. Estado de morbidez;
cujo funcionamento é semelhante ao raio x, onde são
anormalidade psíquica) que se manifesta por crises de
utilizados esses mesmos raios para obter imagens de
perda de consciência, acompanhadas de convulsões, que
partes internas do paciente (ossos, órgãos e outras
surgem em intervalos irregulares de tempo.
estruturas), então, a máquina que executa a tomografia
Ataxia = perda ou irregularidade da produz radiografias transversais, que são processadas
coordenação muscular. por um computador. Após esse processamento, o
resultado são imagens bem detalhadas da área que o
4. O Acidente Vascular Encefálico Hemorrágico é
médico especialista precisa avaliar. A vantagem da TC
uma emergência médica e seu diagnóstico deve
em relação ao Raio X convencional é quanto a sua
ser realizado o mais rápido possível. Qual o
precisão (enquanto o Raio X tira somente uma
exame mais indicado para definir o
radiografia do local estudado, a tomografia gera 600
diagnóstico?
cortes para serem analisados). O exame ocorre com o
a. Tomografia Computadorizada
paciente sendo orientado para chegar na clínica ou
Obs: O que é ressonância magnética e para que hospital em jejum de 6 horas. De acordo com a parte do
serve? corpo a ser examinada poderá ou não usar contraste
iodado na veia.
A máquina de ressonância magnética tem um
grande imã que interage com nosso corpo por meio de 5. São todos sinais clínicos que podem sugerir um
campos magnéticos e pulsos de radiofrequência. Assim, AVE exceto:
cria imagens em alta definição em três planos: a. Paralisia de metade da face
horizontal, vertical e com o corpo dividido em camadas.
Obs: para essa questão a paralisia da metade da face
Por não emitir radiação e ser bem completo, o exame
não caracteriza os sinais clínicos para AVE por que a
tem alto custo. Além disso, por ele não utilizar radiação
paralisia facial possui dois tipos. Quando acomete o
ionizante, diferente do raio x e da tomografia, não há
nervo periférico da face e por causa central. Quando
contraindicações relacionada à quantidade de
ocorre na parte central acomete somente a parte de
ressonâncias magnéticas que um paciente pode fazer.
baixo do rosto. Já quando acomete a parte periférica
Ela é indicada para pesquisa de doenças acomete toda a metade do rosto. O AVC caracteriza um
neurológicas, ortopédicas, abdominais, cervicais e dano central, porém a paralisia facial ocorre apenas na
cardíacas. O teste pode diagnosticar, p.ex. esclerose parte de baixo do rosto.
múltipla, câncer, infartos, fraturas e até infecções.
6. Uma mulher, 55 anos, estava trabalhando na
O que é Eletroneuromiografia (ENMG) e fábrica de calçados e apresentou início súbito
para que serve? de perda de força, sensibilidade visual,
dificuldade de falar, cefaleia intensa,
A Eletroneuromiografia é um método de desequilíbrio e tontura. Estes são sinais de:
diagnóstico neurofisiológico usado na avaliação a. Acidente Vascular Cerebral (AVE).
diagnóstica e prognóstica das doenças dos nervos 7. Você é chamado para atender um trabalhador
periféricos, plexos, raízes, neurônios motores espinhais, que apresentou mal-estar e suspeitará que se
além dos músculos e junções neuromusculares. trata de Acidente Vascular Encefálico – AVE,
O Exame consta dos testes de neurocondução se o trabalhador responder:
(condução nervosa sensitiva e motora, ondas F e a. Com a fala pastosa e apresentar
reflexos Hde raízes cervicais ou lombares) e do exame movimentos assimétricos dos braços.
eletromiográfico com agulha. 8. São condutas apropriadas no atendimento de
uma vítima de convulsão, exceto:
O que é Eletroencefalograma (EEG) e para a. Proteja a cabeça de vítima de maneira
que serve? firma e com força
O Eletroencefalograma (EGG) é um exame de
monitoramento não-invasivo que registra a atividade
Obs: Nunca se deve segurar a cabeça da vítima que
estiver convulsão. Caso se faça isso pode vir a ter um
risco de lesão da cervical. A correta conduta é a de
apenas retirar móveis e objetos próximos, afastar
curiosos, afrouxar as roupas da vítima e para a proteção
da cabeça colocar apenas uma toalha ou travesseiro,
mas, deixando-a livre.
9. Não representa conduta recomendada durante a
crise convulsiva, exceto:
a. Evitar dar líquido ou medicamento
Obs: As condutas que não se deve ter durante uma crise
convulsiva são:
a. Imobilizar ou segurar a vítima
b. Puxar ou prender a língua da vítima
c. Dar líquido ou medicamento
d. Jogar água no rosto da vítima

10. O paciente mais suscetível à convulsão febril:


a. Crianças menores de 4 anos e 13. Em relação ao traumatismo craniano, qual das
temperatura maior que 39° celsius. afirmações abaixo está correta?
11. O aluno de medicina João está em um a. Piora do nível de consciência, avaliada
supermercado do bairro Mocinha Magalhães, e pela escala de coma de Glasgow,
uma pessoa ao seu lado iniciou uma crise (ECG) em paciente que apresentou
convulsiva, do tipo tônico-clônica tomografia de crânio normal algumas
generalizada. No intuito de ajudar esta pessoa, horas antes indicada a necessidade de
João deve agir da seguinte forma: realizar novo exame.
a. Proteger a cabeça da vítima, para que 14. Assinale a opção cujo valor em pontos na
ela respire com facilidade. Escala de Coma de Glasgow, pode não indicar
12. Uma das medidas de primeiros socorros no a realização de tomografia computadorizada de
atendimento à pessoa que desmaiou por crânio, na admissão de pacientes vítimas de
motivos emocionais é: traumatismos cranioencefálicos.
a. Remover corpos estranhos e secreções a. 14
da boca, se necessário.
Obs: A Escala de Como de Glasgow (ECG)
Obs: O que é decúbito dorsal, decúbito ventral e
decúbito dorsal horizontal?
Decúbito dorsal ou supina = quando a pessoa deita com
a barriga voltada para cima.
Decúbito ventral ou prona = quando a pessoa deita de
bruços

15. Acerca do traumatismo craniano, classificado


como moderado, define-se, pela Escala de
Coma de Glasgow, entro os níveis de pontos:
a. 9 e 10 19. As alterações abaixo, em uma vítima de TRM
são sugestivas de Lesão medular, exceto:
Obs: A interpretação da Escala de Coma de Glasgow se
a. Dor à palpação no trajeto da coluna
dá da seguinte forma:
vertebral.
1. Pontuação total: de 3 a 15
Obs: Uma pessoa que tenha sofrido trauma
a. 3 = coma profundo; (85% de
raquimedular (TRM) com lesão medular terá queda da
probabilidade de morte; estado
pressão arterial com bradicardia.
vegetativo)
b. 4 = Coma profundo; 20. Uma equipe de Suporte Avançado de Vida do
c. 7 = Como intermediário; SAMU está atendendo uma vítima de mergulho
d. 11 = Como superficial; em águas rasas com suspeita de traumatismo
e. 15 = Normalidade; raquimedular. Descreva de forma sucinta os
2. Classificação do Trauma cranioencefálico passos a serem adotador no atendimento desta
(ATLS,2005) vítima.
a. 3-8 = Grave; (necessidade de intubação
A primeira coisa a ser feita, após a segurança do
imediata)
local, é o controle da Cervical. Então é checada a
b. 9-12 = Moderado
responsividade da vítima, chamando pelo nome ou
c. 13-15 =- Leve
de outra maneira que não cause lesão na cervical,
A escala possui modificações para crianças em relação também deve observar se a vítima está com as vias
a ECG para adultos. aéreas pérvias (desobstruídas). A respiração deve
ser vista, ouvida e sentida e o pulso carotídeo
16. A respeito da admissão de pacientes, no setor
aferido. O colar cervical deve ser posto e a vítima
de emergência, vítima de traumatismo
deve ser transportada ao hospital em maca rígida
cranioencefálico, assinale a opção correta:
a. Em pacientes com TCE moderado que
apresentem rebaixamento de nível de
consciência deve-se repetir a
tomografia tão logo seja possível.
17. Segundo Franciozi et al. (2008), o trauma
craniano é uma patologia dinâmica, tanto no seu
aspecto temporal como na coexistência com
vários tipos de lesões, e a lesão mais grave é a
que geralmente será responsável pela
sintomatologia mais evidente. As principais
ações no cuidado imediato, após admissão no
pronto socorro, ao paciente vítima de
traumatismo cranioencefálico (TCE) devem
comtemplar, exceto:
a. Mensuração de PIC
Obs: o que é PIC?
PIC significa Pressão Intracraniana. A mensuração de
PIC não faz parte dos cuidados imediatos de um
paciente que entre em um pronto socorro vítima de
TCE.
18. Você socorre um paciente atropelado na via
pública e constata que a abertura dos olhos se
faz aos estímulos de dor. Esse paciente
responde com palavras inapropriadas às
perguntas e suas mãos apresentam flexão
anormal com uma postura em decorticação.
Diante desses achados a sua pontuação na
escala de coma de Glasgow é:
a. 8