Você está na página 1de 6

LIGABOM

LIGA NACIONAL DOS CORPOS DE BOMBEIROS MILITARES DO BRASIL

Ata da 6ª Reunião da Liga Nacional dos


Corpos de Bombeiros Militares do Brasil – LIGABOM

Aos dezessete dias do mês de novembro de dois mil e cinco, às oito


horas, no auditório do Quartel do Comando Geral do Corpo de
Bombeiros Militar do Estado do Amazonas, sito Av. Codajás, 1503,
Petrópolis, Manaus/AM, deu-se início à sexta reunião da Liga
Nacional dos Corpos de Bombeiros Militares do Brasil – LIGABOM,
sendo a mesa composta pelos seguintes Oficiais: CEL BM José
Ananias Duarte Frota (Comandante Geral do CBMCE e Presidente
da LIGABOM), CEL BM Franz Marinho de Alcântara (Comandante
Geral do CBMAM), CEL BM Francisco de Assis Jardim
(Comandante Geral do CBMAC), CEL BM Jair Cordeiro de Melo
(Comandante Geral do CBMAL), CEL BM Joabe Duarte dos
Passos (representando o Comandante Geral do CBMAP), CEL PM
Adelson Guimarães de Oliveira (Comandante Geral do CBMBA),
Cel BM Álvaro Coelho Duarte (Comandante Geral do CBMES),
CEL BM Walmir Benedito da Costa (representando o Comandante
Geral do CBMMT), CEL BM Freud Jacques Teixeira (Comandante
Geral do CBMMS), CEL BM José Honorato Ameno (Comandante
Geral do CBMMG), Cel BM Ricardo Antônio Alves de Santana
(Comandante Geral do CBMPE), CEL BM Orlando Antônio
Sarmanho Frade (Comandante Geral do CBMPA), CEL BM Adilson
Alcides de Oliveira (Comandante Geral do CBMSC), CEL BM
Reginaldo Santos Moura (Comandante Geral do CBMSE), CEL BM
José Dionízio Costa da Silva (Comandante Geral do CBMRO), CEL
BM Paulo Sérgio Santos Ribeiro (Comandante Geral do CBMRR),
CEL BM Carlos Alberto de Carvalho (Comandante Geral do
CBMERJ), CEL BM Manoel Antônio da Silva (representando o
Comandante Geral do CBMSP), TC BM Erli Lemes de Lima
(Comandante Geral do CBMTO) e o TC BM Laurêncio Menezes de
Aquino (representando o Comandante Geral do CBMRN). Na
seqüência, o Exmo Sr. Presidente da LIGABOM, Cel BM Duarte
Frota, outorgou, aos Comandantes Gerais dos Corpos de
Bombeiros Militares do Brasil a MEDALHA DO MÉRITO
NACIONAL DOS CORPOS DE BOMBEIROS MILITARES DO
BRASIL em reconhecimento pela significativa contribuição de cada
Comandante Geral para a defesa e proteção da vida e por

C:\Users\Duarte\Desktop\Ligabom\6ª Ata (LIGABOM).doc 1


LIGABOM
LIGA NACIONAL DOS CORPOS DE BOMBEIROS MILITARES DO BRASIL

revelarem-se atuantes ícones em nossa pátria do desenvolvimento


das Corporações BM, fortalecendo-as para a efetivação da
prevenção e combate aos sinistros. Depois da solene entrega, o Cel
BM De Carvalho (CBMRJ) condecorou com a mesma comenda o
Exmo. Sr. Presidente da LIGABOM em reconhecimento aos
trabalhos que vem desenvolvendo a frente da Presidência da
LIGABOM. Por sua vez, o Cel BM Oliveira (CBMSC) condecorou o
Cel BM De Carvalho com a Medalha da Ordem do Mérito Imperador
D. Pedro II do CBMSC. Após esse momento, o Exmo Sr.
Presidente, conforme teor da pauta, facultou a palavra ao Cel BM
Rocha, SENASP, para apresentar proposta de criação do Instituto
Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento Científico e Tecnológico
dos Corpos de Bombeiros Militares do Brasil. O Cel BM De
Carvalho externou que no CBMERJ existe um instituto similar, fruto
de um trabalho monográfico, realizando importantes investidas para
incremento do nível de interação com as universidades. Efetuou
convite para que os interessados possam conhecer o
funcionamento do instituto. Disse que a idéia se coaduna com o
objetivo da LIGABOM e que visualiza a possibilidade de geração de
receita após a criação do instituto. No entanto, frisou o alto custo de
instalação de um empreendimento desse tipo e sugeriu que se
deliberasse na próxima reunião sobre o tema. O Cel BM Moura
(CBMSE), sugeriu, complementando a idéia de criação do instituto,
a criação de centros estaduais, com sede em cada Estado-membro,
vinculados ao instituto. O Cel BM Rocha, SENASP, sugeriu a
ausculta da viabilidade de se formalizar parcerias com as
universidades. O Cel PM Manoel (CBMSP) citou a experiência
exitosa do Corpo de Bombeiros de São Paulo junto ao Instituto de
Pesquisas Tecnológicas – IPT. O Cel BM Duarte Frota (CBMCE)
citou a importância da criação do projeto Brasil sem Chamas,
envolvendo vários órgãos para o mapeamento dos incêndios
nacionais. O Cel BM Ricardo (CBMPE) sugeriu que o instituto
tivesse abrangência nacional e fosse capaz de captar recursos do
governo federal. O Cel Honorato (CBMMG) elogiou a iniciativa,
aderindo a idéia. O Cel Duarte Frota (CBMCE) sugeriu o
encaminhamento da minuta do estatuto do instituto para todos os
conselheiros, oferecendo um prazo de trinta dias para que se
pronunciem quanto a sua criação. O Cel Duarte Frota submeteu a

C:\Users\Duarte\Desktop\Ligabom\6ª Ata (LIGABOM).doc 2


LIGABOM
LIGA NACIONAL DOS CORPOS DE BOMBEIROS MILITARES DO BRASIL

apreciação dos conselheiros a ratificação junto a SENASP do G5


(grupo de oficiais responsáveis pelo planejamento estratégico),
sendo aprovado por unanimidade. O Cel De Carvalho (CBMRJ)
formulou convite aos conselheiros dos 150 anos de criação do
CBMERJ a ser realizado em 2 de julho de 2006. O Cel Duarte Frota
(CBMCE) sugeriu a criação da força tarefa para o Pan-
americano/2007 com a seguinte configuração: treinamento
patrocinado pela SENASP para os bombeiros envolvidos;
adequação às possibilidades de cada corporação; os bombeiros
deverão intervir em qualquer tipo de calamidade. Solicitou, ainda,
encaminhar a relação dos quantitativos dos bombeiros envolvidos
de cada corporação até o dia 2 de dezembro para a secretaria da
LIGABOM. O Cel De Carvalho (CBMRJ) sugeriu a criação de uma
força nacional de bombeiros e elogiou a divisão de viaturas e
recursos realizada pela SENASP. O Cel Orlando Frade (CBMPA)
sugeriu a incorporação dos bombeiros na força tarefa nacional já
existente mas com mobilização apenas para as atividades de
bombeiro. O Cel Rocha, SENASP, lembrou que dois protótipos das
viaturas e equipamentos adquiridos estarão em exposição em
Brasília. O Cel Ricardo (CBMPE) apresentou projeto social do
CBMPE com jovens carentes de Recife. O Cel Dutra (CBMPE) fez
exposição sobre a elaboração da minuta de lei do Código Nacional
de Segurança Contra Incêndio e Pânico. O Cel Oliveira (CBMSC)
se posicionou favorável a manutenção do Art. 14 da minuta. O Cel
Duarte (CBMES) informou que existe um decreto de licenciamento
e regularização e que em nada influirá em seu Estado tal artigo. O
Cel Moura (CBMSE) destacou a competência dos corpos de
bombeiros para realização de perícias de incêndio e evidenciou os
critérios técnico e de estudo presentes nesta atividade. O Cel De
Carvalho (CBMRJ) destacou a divergência de alguns artigos com a
proposta anterior e mencionou que as perícias realizadas no Rio de
Janeiro são dotadas de legalidade e credibilidade. Salientou que a
perícia serve para retroalimentar a operacionalidade da corporação.
Sugeriu, ainda, estabelecer convênios entre municípios e o Estado
para liberação de edificações, regularização e licenciamento. O Cel
Duarte (CBMES) frisou que em seu estado existem convênios entre
o Estado e os municípios e que a constituição estadual dotou o
corpo de bombeiros com competência para a realização das

C:\Users\Duarte\Desktop\Ligabom\6ª Ata (LIGABOM).doc 3


LIGABOM
LIGA NACIONAL DOS CORPOS DE BOMBEIROS MILITARES DO BRASIL

perícias de incêndio. O Cel Adelson (CBMBA) levantou a questão


sobre a retirada do termo “territórios” do Art. 3o da proposta e
sugeriu a avaliação jurídica dos artigos 3o, 6o e 14 da minuta
apresentada. O Cel Dutra (CBMPE) salientou que o termo
“território” ocorre por conta da possibilidade de criação desses
entes. O Cel De Carvalho (CBMRJ) solicitou um prazo para estudo
técnico da minuta e posterior envio das considerações a
Presidência da LIGABOM. O Cel Duarte Frota (CBMRJ) determinou
como prazo máximo para envio das considerações dos conselheiros
o dia 30 de novembro do corrente e salientou a preocupação do Cel
Sossísgenes quanto ao rito para regulamentação da legislação
federal. O Cel Orlando Frade (CBMPA) externou a angústia da
exclusão dos corpos de bombeiros de leis federais e estaduais de
arrecadação, exemplificando a possibilidade de inclusão dos corpos
de bombeiros na lei complementar para reversão de percentuais
das taxas cobradas para veículos automotores. O Cel Honorato
(CBMMG) sugeriu que cada estado tivesse legislação
independente. O Cel Ricardo (CBMPE) lembrou que a proposta é
discutir e aprovar as melhores idéias e uniformizar a legislação
nacional, com padrões mínimos de exigência, estabelecendo um
grau mínimo de segurança. O Cel Manuel (CBMSP) alertou que
tiveram uma tentativa frustrada com a tramitação de projeto de lei
similar na Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo. O
projeto foi viabilizado por meio de decreto. Externou preocupação
quanto a interpretação de alguns artigos, pois pode haver existência
de conflito de competências com outras instâncias. Sugeriu a união
dos artigos 6o e 14 em um texto único e destacou que o inciso IV do
artigo 14 apresenta inconstitucionalidade. O Cel Freud (CBMMS)
salientou que em seu Estado existe uma lei há 15 anos e cumpre
seu papel com qualidade. Destacou que o projeto de lei poderia ser
mais incisivo no que tange a perícia de incêndio, como ferramenta
para realimentar o sistema operacional das corporações. O Cel
Adelson (CBMBA) lembrou a importância do pacto que ocasionou o
surgimento da LIGABOM e a convergência de idéias dos corpos de
bombeiros é importante para a formatação da legislação nacional,
que é preferível a vinte e sete legislações diferentes. Fazendo uso
da palavra, o Cel Duarte Frota (CBMCE) relembrou o limite para
estudo e remessa das considerações quanto a minuta apresentada,

C:\Users\Duarte\Desktop\Ligabom\6ª Ata (LIGABOM).doc 4


LIGABOM
LIGA NACIONAL DOS CORPOS DE BOMBEIROS MILITARES DO BRASIL

além disso, parabenizou os esforços da comissão na pessoa do Cel


Dutra. O Cel Dutra (CBMPE) agradeceu pela confiança conferida
pelos comandantes gerais e destacou as qualidades da equipe
responsável pela elaboração do trabalho. O Cel Duarte Frota
(CBMCE) apresentou minuta de projeto de lei que trata do serviço
militar alternativo, enfatizando aspectos relacionados ao mercado
de trabalho. O Cel Jair (CBMAL) ventilou a possibilidade de se
adaptar o projeto para o aproveitamento dos egressos do serviço
militar, dos que cumpriram sua obrigação, sendo incorporados nas
forças auxiliares em virtude da formação militar e ainda salientou
que o serviço obrigatório nas forças auxiliares poderia ser aberto às
mulheres, também. O Cel De Carvalho (CBMRJ) apresentou uma
proposta para padronização de capacetes operacionais produzida
por uma comissão de estudos. O custo do novo equipamento é de
R$ 173,00 (cento e setenta e três reais) por unidade. É similar ao
capacete Gallett, sem óculos de proteção. O Cel Duarte Frota
(CBMCE) sugeriu o encaminhamento de expediente à SENASP
propondo o pleito para aquisição desse capacete. O Cel Orlando
Frade (CBMPA) sugeriu a formação de uma câmara técnica para
estudo da viabilidade da taxa de serviços de bombeiros. O Cel
Duarte Frota (CBMCE) solicitou que os conselheiros interessados
no estudo fizessem as indicações de seus representantes para
compor essa câmara técnica. Foram indicados oficiais das
seguintes corporações: CBMRJ, CBMSP, CBMSC, CBMMS,
CBMPE, CBMPR e CBMPA, exercendo este último a presidência da
comissão. A comissão foi homologada por todos os conselheiros.
Em seguida, o Cel Duarte Frota (CBMCE) sugeriu a formação de
outra câmara técnica para efetuar o estudo para padronização do
sistema de comando em incidentes junto a Secretaria Nacional de
Defesa Civil, inclusive com formação de equipe e confecção de
material para treinamento nas diversas corporações. Foram
indicados oficiais das seguintes corporações: CBMSC, CBMRJ,
CBMES, CBMSP e CBMDF, exercendo este último a presidência da
comissão. A comissão foi homologada por todos os conselheiros. O
Cel Ricardo (CBMPE) enfatizou o alto nível das discussões e se
mostrou satisfeito com o andamento dos trabalhos. Neste momento,
o Exmo Sr. Prefeito da cidade de Manaus. Dr. Serafim Corrêa, foi
condecorado com a Medalha do Mérito Nacional da LIGABOM. O

C:\Users\Duarte\Desktop\Ligabom\6ª Ata (LIGABOM).doc 5


LIGABOM
LIGA NACIONAL DOS CORPOS DE BOMBEIROS MILITARES DO BRASIL

Prefeito da cidade de Manaus agradeceu a comenda e disse se


sentir orgulhoso em poder sediar um evento de importância
nacional para o delineamento das ações dos bombeiros. Após esse
momento o Prefeito retirou-se da reunião em virtude de
compromissos. Em seguida, o TC Laurêncio (CBMRN) fez a
proposta a formação de comissão para estudo da viabilidade para
unificação da grade curricular dos diversos cursos de formação de
oficiais. O TC Lemos (CBMTO) informou que o CBMTO encontra-se
em processo de emancipação da PMTO. Terminada as discussões,
o Cel Duarte Frota (CBMCE) proferiu suas palavras finais de
agradecimento.Nada mais havendo a tratar, o Senhor Presidente da
LIGABOM deu por encerrado os trabalhos e eu, Maj Anderson
Alves Viana, Secretário Geral, lavrei a presente ata, assinada por
mim e pelo Senhor Presidente da LIGABOM.

Cel QOBM José Ananias Duarte Frota - CBMCE


Presidente da LIGABOM

Maj. QOBM Anderson Alves Viana


Secretário Geral

Maj QOBM Luiz Cláudio Araújo Coelho - CBMCE


Auxiliar do Secretário Geral

C:\Users\Duarte\Desktop\Ligabom\6ª Ata (LIGABOM).doc 6