Você está na página 1de 5

Questões do banco de dados da Estácio Direito penal IV

1-Relativamente ao tema dos crimes contra a administração pública, analise as


afirmativas a seguir. (Secretaria de Estado de Administração Concurso Público para
Delegado de Polícia/ 2010. FGV)

R: III. A pena é aumentada da terça parte quando o autor do crime praticado


por funcionário público contra a administração em geral for ocupante de
cargo em comissão de órgão da administração direta.

2 -VUNESP - 2009 - TJ-SP - Oficial de Justiça Assinale a única alternativa que não
apresenta necessariamente exemplos de funcionário público para fins penais. -

R: Defensor dativo e professor

3 -Para efeitos penais, considera-se funcionário público quem exerce:(Procurador/TCE


MG- 2007)

R: cargo, emprego público ou função pública, ainda que sem remuneração.

4 -FEPESE - 2010 - SEFAZ-SC - Auditor Fiscal da Receita Estadual - Parte I Sobre os


crimes contra a administração pública, assinale a alternativa INCORRETA.

R: Na corrupção passiva exige-se que a solicitação de vantagem indevida, em


razão da função, parta do próprio funcionário, inadmitindo- se interposta pessoa

5 - Configura modalidade de peculato prevista no Código Penal (OAB. IV EXAME


UNIFICADO . JULHO 2011)

R: o peculato eletrônico, modalidade anômala de peculato, consistente em inserir


dados falsos, alterar ou modificar dados no sistema de informações da
administração pública.

6 - Ao tomar conhecimento de um roubo ocorrido nas adjacências de sua residência,


Caio compareceu à delegacia de polícia e noticiou o crime, alegando que vira Tício, seu
inimigo capital, praticar o delito, mesmo sabendo que seu desafeto se encontrava na
Europa na data do fato. Em decorrência do exposto, foi instaurado inquérito policial para
apurar as circunstâncias do ocorrido. A esse respeito, é correto afirmar que Caio
cometeu: (OAB. V EXAME UNIFICADO. OUTUBRO DE 2011.)

R: delito de denunciação caluniosa.

7 - (CESPE /UnB. Delegado da Polícia Civil /PB. 2008. MODIFICADA) Os


crimes hediondos ou a eles assemelhados não incluem:

R: a associação permanente pára o tráfico ilícito de substância


entorpecente.
8 - Acerca dos crimes previstos pela lei 11.340/06 (que define os crimes de
posse para uso e tráfico ilícito de drogas), marque a alternativa ERRADA
(IC/DPE/AM/2011):

R: Nos casos de prática de conduta de adquirir, guardar, ter em


depósito, transportar ou trazer consigo, para consumo pessoal,
drogas sem autorização ou em desacordo com determinação legal ou
regulamentar, será submetido à pena privativa de liberdade que
poderá ser substituída por advertência, prestação de serviços à
comunidade ou uma medida educativa.

9- Assinale a alternativa INCORRETA

R: Constitui crime por funcionário público contra a Administração


pública quem ordena ato que acarrete despesa total com pessoal nos
180 dias anteriores ao final do mandato

10- (VUNESP. DPE/MS. 2008) É crime hediondo nos termos do art.1º, da Lei
n.8072/1990:

R: epidemia com resultado morte.

11-No crime de concussão, a circunstância de ser um dos agentes funcionário


público:

R: é elementar, comunicando-se ao concorrente particular, se este


conhecia a condição daquele.

12-Com relação à lei federal nº 11.343/2006, que estabelece o Sistema


Nacional de Políticas Públicas sobre Drogas, é correto afirmar que:

R: De acordo com a lei nº 11.343/2006 o usuário de drogas poderá


sofrer pena de prestação de serviços à comunidade pelo prazo
máximo de 05 meses. Em caso de reincidência, a pena poderá atingir
o prazo máximo de 10 meses.

13 - Em relação ao tema da violência contra a mulher e da Lei de Violência


Doméstica e Familiar contra a Mulher, assinale a opção correta (adaptada
CESPE/DPE/PI/2009):

R: O Estado brasileiro foi condenado pela Corte Interamericana de


Direitos Humanos, por negligência e omissão em relação à violência
doméstica ocorrida em território nacional.

14-A respeito do Estatuto do Desarmamento (Lei nº 10.826/2003), assinale a


alternativa correta (adaptada da UFPR/DPE/PR/2014):

R: Para efeito de tipificação dos crimes do Estatuto do Desarmamento,


as réplicas e simulacros de armas de fogo nunca se equiparam às
armas de fogo.
15-Acerca da violência familiar e doméstica contra a mulher (Lei
11.340/2006), marque a opção correta (adaptada da IC/DPE/AM/2011):

R: Constitui violência doméstica e familiar contra a mulher qualquer


ação ou omissão baseada no gênero que lhe cause morte, lesão,
sofrimento físico, sexual ou psicológico e dano moral ou patrimonial,
seja no âmbito da unidade doméstica, no âmbito da família ou em
qualquer relação íntima de afeto.

16 A conduta de João, chefe do setor de arrecadação da Secretaria da Fazenda,


que por clemência deixa de responsabilizar a prática do crime de Prevaricação
praticado por Carlos, seu subordinado, configura o crime de:

R: Condescendência criminosa

17 Não constitui espécie de Peculato prevista no Código Penal:

R: O Peculato de uso

18 A conduta do funcionário público penalmente imputável, que solicita,para


si, vantagem indevida em razão da função exercida para deixar de praticar
um ato de ofício, sem, contudo, chegar a recebê-la por circunstâncias
alheias a sua vontade, caracteriza, em tese:

R: Corrupção Passiva consumada.

19 Considerando os Crimes contra a Administração Pública, leia com atenção


as proposições e marque a única alternativa correta:

R: Segundo a jurisprudência é conduta atípica o uso momentâneo de


coisa infungível, sem a intenção de incorporá-la ao patrimônio
pessoal ou de terceiro, seguido da sua integral restituição a quem de
direito. (Peculato de uso).

20 Paulo, funcionário público, sabendo que Márcio pretende vender seu


veículo, ar dolosamente apresenta-se a ele como interessado na compra,
solicitando-lhe, por isso, permissão para experimentá-lo. Márcio, acreditando
nele, entrega-lhe o veículo e Paulo foge com o veículo para si. O delito
praticado por este último foi:

R: estelionato

21 Lucas, funcionário público do Tribunal de Justiça, e Laura, sua noiva,


estudante de direito, resolveram subtrair notebooks de última geração
adquiridos pela serventia onde Lucas exerce suas funções. Assim, para
conseguir seu intento, combinaram dividir a execução do delito. Lucas, em
determinado feriado municipal, valendo-se da facilidade que seu cargo lhe
proporcionava, identificouse na recepção e disse ao segurança que precisava
ir até a serventia para buscar alguns pertences que havia esquecido. O
segurança, que já conhecia Lucas de vista, não desconfiou de nada e permitiu
o acesso. Ressalte-se que, além de ser serventuário, Lucas conhecia
detalhadamente o prédio público, razão pela qual se dirigiu rapidamente ao
local desejado, subtraindo todos os notebooks. Após, foi a uma janela e,
dali,os entregou a Laura, que os colocou no carro e saiu. Ao final, Lucas
conseguiu deixar o edifício sem que ninguém suspeitasse de nada. Todavia,
cerca de uma semana após, Laura e Lucas têm uma discussão e terminam o
noivado. Muito enraivecida, Laura procura a polícia e noticia os fatos, ocasião
em que devolve todos os notebooks subtraídos. Com base nas informações do
caso narrado, assinale a afirmativa correta. ( OAB. Exame de Ordem
Unificado. 2013)

R: a) Laura e Lucas devem responder pelo delito de peculato- furto


praticado em concurso de agentes.

22 Sobre os crimes praticados por funcionário público contra a Administração


Pública assinale a opção INCORRETA:

R: No crime de peculato culposo, a reparação do dano anterior à


sentença irrecorrível é causa de redução de pena. 5. Comete excesso
de exação funcionário que exige tributo ou contribuição social
indevido, ou, quando devido, emprega na cobrança meio vexatória ou
gravosa, que a lei não autoriza.

23 Sobre os crimes praticados por particular contra a Administração Pública


assinale a alternativa correta:

R: De acordo com o Código Penal, agente que se opõe ou presta


auxílio, mediante violência ou ameaça, a funcionário competente para
executar ato legal pratica o crime de resistência.

24 Ana doou um automóvel ao filho de um fiscal, para que não autuasse sua
empresa por fraudes que havia constatado. Anita, oficial de justiça, exigiu R$
5.000,00 de José, para não cumprir mandado de prisão que ordenava a sua
prisão. Ângela decorou a casa de um policial para determiná-lo a deixar de
investigar delito que havia praticado. Alice, médica de um posto de saúde,
solicitou R$ 1.000,00 para fornecer atestado falso a pessoa interessada em
justificar faltas ao serviço. Amanda, perita judicial, recebeu R$ 5.000,00 de
uma das partes para favorecê-la no laudo pericial que estava elaborando. O
crime de corrupção ativa será imputável somente a: (MPE-MA. Prova: Analista
Ministerial ? Direito. 2013)

R?

a) Anita, Alice e Amanda.

b) Ana e Ângela.
c) Alice e Amanda.

d ) Alice.

e) Ana, Alice e Ângela

25 No que concerne aos crimes contra a Administração da Justiça, é correto


afirmar que:

R: