Você está na página 1de 2

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO

CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E NATURAIS


DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS

Disciplina: Introdução à Antropologia


Código: CSO 00184 Carga Horária: 60 horas Pré-requisitos: Não há
Cursos: Graduação
Ementa: Introdução aos objetos e aos métodos da Antropologia. Abordagem preliminar dos seus temas básicos.

Conteúdo Programático
Unidade I
 O campo de emergência e constituição da Antropologia como Ciência Social Humana: repensando a relação entre
evolucionismo e desenvolvimentismo.
Unidade II
 Um panorama sobre a formação das escolas, a constituição da especificidade metodológica e a escolha dos objetos de
estudo.
 Articular as principais contribuições da Antropologia e indicar os rumos autais da disciplian.
Unidade III
 Ênfase sobre a pesquisa de campo e a Etnografia como construção da prática antropológica.
Unidade IV
 Tempo e espaço: alguns estudos antropológicos interdisciplinares
Avaliação
São considerados aprovados apenas os alunos que obtêm comparecimento igual ou superior a 75% (setenta e cinco por
cento) das aulas. São feitas pelo menos duas avaliações durante o semestre letivo, sendo considerados aprovados os alunos
com média igual ou superior a 7,0 (sete) nestas avaliações. Os alunos com média inferior a 7,0 (sete) deverão fazer uma
prova final, sendo considerados aprovados os que obtiverem média igual ou superior a 5,0 (cinco) relativa às notas da
prova final e da média das avaliações do semestre.
Bibliografia Mínima
1. AZCONA, J. Antropologia I, História. Petrópolis: Vozes, 1992.
2. AA. VV. Antropologia e seus espelhos. A Etnografia vista pelos observadores.São Paulo: FFLCH, USP, 1994.
3. BACHELARD, G. A poética dos espaço. São Paulo: Martins Fontes, 1989.
4. BETTANINI, T. Espaço e ciências humanas. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1982.
5. CARDOSO DE OLIVEIRA, R. Sobre o pensamento antropológico. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro. 1998.
6. CLIFFORD, J. A experiência etnográfica. Antropologia e Literatura no Século XX. Editora UFRJ, 1998.
7. DA MATTA, R. Relativizando. Rio de Janeiro: Rocco, 1993.
8. DEAN, W. A ferro e fogo: a história e a devatação da Mata Atlântica Brasileira. São Paulo: Companhia das Letras,
1996.
9. ELIAS, N. O processo civilizatório. São Paulo: Companhia das Letras, 1996.
10. EVANS-PRITCHARD. Os Nuer. São Paulo: Perspectiva, 1993.
11. GEERTZ, C. A interpretação das culturas. Rio de Janeiro: Ed. Guanabara, 1986.
12. KUPER, A . Antropólogos e Antropologia. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1978.
13. LAPLANTINE, F. Aprender Antropologia. São Paulo: Brasiliense, 1988.
14. LEACH, E. Repensando a Antropologia. São Paulo: Perspectiva, 1974.
15. LÉVI-STRAUSS, C. Raça e História. Lisboa: Editorial Presença, 1989.
16. MALINOWSKI, B. Os argonautas do Pacífico Ocidental. (Coleção os Pensadores). São Paulo: Ed. Abril, 1978.
17. MAZZOLENI, G. O planeta cultural. São Paulo: EDUSP, 1992
18. NIEMEYER, A . M. & GODOI PIETRAFESA, E. Além dos territórios, para um diálogo entre a etnologia indígena,
os estudos rurais e os estudos urbanos . Campinas: Ed. Mercado de Letras, 1998.
19. ROCHA, E. O que é etnocentrismo. São Paulo: Brasiliense. 1984
20. RICOEUR, P. As culturas e o tempo. São Paulo: Vozes, 1975.
21. SCHAMA, S. Paisagem e memória.São Paulo: Companhia das Letras, 1996.
22. THOMAS, K. O homem e o mundo natural. São Paulo: Companhia das Letras. 1996.
23. VARELA, M. H. & LUCAS, A . M. R. Antropologia. Paisagem, sábios e selvagens. Lisboa, Ed. Porto, 1982.
Autora: Professora Celeste Ciccarone

Você também pode gostar