Você está na página 1de 34

Tratamento de Efluentes

Aula 09 - Decantação
Prof. Dr. Aleksándros Souza
DEFINIÇÕES
Sedimentação
• É um processo de separação de misturas
heterogêneas, aquelas que apresentam mais
de uma fase (esgoto por exemplo). Ela
consiste em deixar a gravidade atrair para o
fundo do recipiente a substância mais pesada,
e as mais leve vão ficando na parte superior.
Sedimentação
• A sedimentação, no tratamento de esgotos,
tem seu processo governado principalmente
pela concentração das partículas em
suspensão.

• Quanto mais concentrado for o meio, maior é


a resistência à sedimentação.
Decantadores
• São equipamentos de diferentes dimensões e
vazões, cilíndricos ou retangulares,
especialmente projetados para realizar a
decantação, que é um método de separação
pouco rigoroso entre uma fase sólida e uma
fase líquida ou entre duas fases líquidas.
Decantadores
• Nos decantadores primários, sob as condições
de escoamento normalmente adotadas em
seus projetos, ocorre remoção de 40 a 60% de
sólidos em suspensão dos esgotos sanitários,
correspondendo a cerca de 30 a 40% da DBO.
Tipos de decantadores
• Existem, basicamente, dois tipos de
decantadores de esgotos
– Os de secção retangular em planta e de
escoamento longitudinal, e
– Os de secção circular, que mais comumente são
alimentados pelo centro e a coleta do esgoto
decantado é feita nas bordas dos decantadores,
ao longo da linha da circunferência.
DIMENSIONAMENTO DE
DECANTADORES PRIMÁRIOS
Parâmetros para o
dimensionamento
• Vazão máxima horária
– NB-570
• Vazões superiores a 250 L/s, usar mais de um
decantador
Parâmetros para o
dimensionamento
• Determinação da área de decantação
– Através da taxa de escoamento superficial

• Determinação do volume do decantador


– Através do tempo de detenção
Parâmetros para o
dimensionamento
• Área de decantação
– Literatura internacional
• Taxa de escoamento superficial – 30 a 60 m3/m2.dia
– NB-570
• Até 60 m3/m2.dia, só tratamento primário
• Até 80 m3/m2.dia, seguido de filtros biológicos
• Até 120 m3/m2.dia, seguido de lodos ativados
Parâmetros para o
dimensionamento
• Área de decantação
– NB-570
• Sistemas de filtros biológicos
– Decantadores primários de até 60 m3/m2.dia, tratamento
primário
• Lodos ativados
– Decantadores de até 90 m3/m2.dia, seguido de lodos ativados
Parâmetros para o
dimensionamento
• Tempo de detenção hidráulico
– Literatura internacional
• 1,5 a 3,0 horas
– NB-570
• Superior a 1,0 hora, com base na vazão máxima de
esgotos
• Inferior a 6,0 horas, com base na vazão média de
esgotos
Parâmetros para o
dimensionamento
• Determinação da profundidade útil dos
decantadores
– Área de decantação
– Tempo de detenção

• Decantadores primários
– Relação comprimento-largura
• Deve ser superior a 2:1
• Típicas: 3:1 e 4:1 (ou mais)
Parâmetros para o
dimensionamento
• Profundidades
– Variam entre 2,0 e 4,5 m
– Típicas: 3,0 a 4,0 m
– NB-570: superiores a 2,0 m
Parâmetros para o
dimensionamento
• Taxa de escoamento nos vertedores de saída
– NB-570: inferiores a 720 m3/m2.dia
– Na prática: bem inferiores a isso, especialmente
decantadores de secção circular
– Decantadores retangulares: o comprimento das
canaletas vertedoras deve ser compatível com a
taxa de escoamento, sem que as mesmas
avancem além de 1/4 do comprimento do
decantador.
APLICAÇÃO (EXERCÍCIO)
a) Dados para o
dimensionamento

ANO POP.(hab.) Qméd(l/s) Qmáx (l/s)

2014 45.000 83,33 150,00

2024 54.200 100,37 180,67

2034 68.350 126,57 227,83


b) Taxa de escoamento
• Taxa de escoamento superficial adotada
inicialmente conforme NBR 12.209 de 2009:

q A, máx  60m / m .dia


3 2
c) Área superficial
• Área superficial (total, AS, necessária de
decantadores primários (2034):
Qmáx
q Amáx  
AS
3
(227,83 x 86,4) m / d
AS  3 2
 328 m 2

60m / m .d
c) Área superficial

328
ADEC   82 m 2
Usando 04 (quatro)
4 decantadores primários de
secção circular.

D 2
4A
A D
4 
4 x 82
D  10, 2m

d) Profundidade útil
• Profundidade útil dos decantadores

td ,Qmáx  1.0 h td  V / Q  V  Q.td


V  227 ,83 x 3,6 x 1.0  820,2 m 3

820,2
Hu   2,5 m
328

Volume útil mínimo necessário conforme


NBR 12.209:2009
d) Profundidade útil

Para Hu  3,0 m  V  3,0 x 328  984 m 3

984
td Qmáx   1,2 horas
227 ,83 x 3,6
984
td Qméd   2,16 horas
126,57 x 3,6
Implantação
3 decantadores - 2014 (p/ atender até 2024)
1 decantador - 2014 (p/ atender até 2034)
e) Taxa de escoamento nos
vertedores de saída

(227,83 x 86, 4) / 4
Qmáx / L 
 x 10, 2

Qmáx / L  154 m / m.d


3
f) Verificação para três
decantadores em 2014
g) Alternativa para dois
decantadores


h) Alternativa
• Decantadores retangulares com fundos tronco
piramidais sem removedor mecanizado de
lodo
– Deverão ser usados quatro decantadores de (3,7 x
22,2)m, com relação comprimento/largura = 6/1
– Profundidade do trecho prismático
Resumo

• Sedimentação

• Tipos de decantadores

• Dimensionamento de decantadores primários


– Parâmetros
– Aplicação (exercício)
Prof. Dr. Aleksándros E.A.M. Souza
Engenheiro Químico (UFRN)
Mestre em Eng. Química (UFPE)
Doutor em Eng. Química (UFPE/UPV, Espanha)
e-mail: prof.aleksandros.souza@gmail.com