Você está na página 1de 3

Wilhelm Wundt (1832-1920)

projeto de psicologia como ciência independente. (laboratório) a experiência imediata à


consciência; assim como seu método: experimental-introspectivo. (Psicologia Fisiológica).
elabora três obras que compõem sua metafísica científica: uma de Lógica (conjunto de estudos que
visam determinar quais são os processos intelectuais ou as categorias racionais para a apreensão do
conhecimento), uma de Ética (conjunto de estudos dos juízos de apreciação da conduta humana) e
uma de Sistemas Filosóficos (conjunto de estudos das principais concepções filosóficas para
Wundt).

Wundt refuta as concepções de Comte (Pai do positivismo) que sugeria que todo conhecimento
origina-se da teologia; por meio dos processos de aprimoramento chega-se ao estágio positivo ou
científico, pois pelo método científico transforma-se a realidade em verdade. Para os positivistas, a
ciência dita o conhecimento, a luz e a verdade.

Psicologia Social de Wundt:

Linguagem, Pensamento, Cultura, Mitos Religião, costumes e fenômenos correlatos; Para Wundt,
tais temas são fenômenos coletivos que não podem ser explicados nem reduzidos à consciência
individual. Ele identificou que seu método era limitado para a explicação desses temas.

James (positivismo) crita o método experimental-introspectivo.

A crítica de Wundt: ser contra a ética utilitarista, que aproveitava de algumas coisas que interessava
e descartava o resto, com seus valores e ideais.

Psicologia
Pai: Wundt Mãe: Filosofia Maternidade: Leipzig
Objeto de estudos e métodos próprios, uma revista de psicologia e um rompimento de seu cordão
umbilical – o projeto da psicologia independente. (No contexto da época (final do século XIX),
Wundt representava para os
positivistas o desgarramento da filosofia e o início do projeto da psicologia como
uma ciência independente.)

Volkerpsychologie, ou psicologia étnica. Estudo dos temas fundamentais a partir das culturas e
etnias

No caso da psicologia, as questões lançadas do que venha a significar o ser humano ou seu
psiquismo têm sido perseguidas na história da humanidade há muito tempo.

para os psicólogos sociais experimentais tal paternidade é dedicada a Augusto Comte.

Allport: A psicologia social científica florece nos Estados Unidos


Lindzey e Allport: lançamento do Manual de Psicologia Social de Lindzey em 1954;

procuraremos destacar a influência do positivismo, provocando distorções na historiografia da


psicologia social no mundo ocidental.

a importância, por exemplo, das guerras para a psicologia social,


Os temas de estudo versavam, por exemplo, sobre a adequação de soldados à vida no exército,
avaliação da eficácia nas instruções no exército, mudança de atitudes e comunicação de massa.

O Tratado de Nurenberg1 extraído do Tribunal teve peso fundamental no desenvolvimento de


pesquisas em psicologia social, principalmente com relação aos experimentos com humanos.

Escola de Frankfurt de Ciências Sociais


(representada por autores como Adorno, Horkheimer, Marcuse, Fromm,

o estudo da personalidade autoritária (ADORNO et al., 1950), marco na psicologia social europeia

Há autores que apontam a Psicologia Social com predominentemente Americana, apesar de suas
raízes européias; (Farr)

O florescimento da psicologia social em solo americano se deve em grande parte à migração de


grandes pesquisadores para os Estados Unidos na era entre guerras.

A principal migração foi dos gestaltistas da Áustria e Alemanha para os Estados Unidos. E foi este
fato que possibilitou o surgimento da psicologia social cognitiva, com raízes na fenomenologia

A gestalt, também conhecida como gestaltismo, teoria da forma, psicologia da gestalt, psicologia da
boa forma e leis da gestalt, é uma doutrina que defende que, para se compreender as partes, é
preciso, antes, compreender o todo.

Fenomenologia

Aquilo que se apresenta ou que mostra – e logos explicação, estudo) é uma metodologiae corrente
filosófica que afirma a importância dos fenômenos da consciência, os quais devem ser estudados
em si mesmos – tudo que podemos saber do mundo resume-se a esses fenômenos, a esses objetos
ideais que existem na mente, cada um designado por uma palavra que representa a sua essência, sua
"significação".

Universidade de Yale, com o Núcleo do Programa de Pesquisa do Pós-Guerra, com temática central
em comunicação e mudança de atitude.

Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), com Kurt Lewin, onde ele fundou em 1945 o
Centro de Pesquisa em Dinâmica de Grupo. Foi o grupo, por excelência, que refletiu na América
toda a influência da Psicologia Gestalt para a psicologia social. (O comportamento deriva da
coexistência dos fatos; - Essa coexistência dos fatos criam um campo dinâmico, o que significa que
o estado de qualquer parte do campo depende de todas as outras partes; - O comportamento depende
do campo atual ao invés do passado ou do futuro)

Universidade de Michigan – 1947 Instituto de Pesquisas Sociais “Os psicólogos sociais na América
eram teóricos cognitivistas numa época em que não em moda, isto é, no auge do behaviorismo”
(FARR, 1996, p. 7).

1
Em 9 de dezembro de 1946, fim da Segunda Guerra Mundial, o Tribunal MilitarInternacional, em
Nuremberg julgou vinte e três pessoas - vinte das quais, médicos - que foram
consideradas criminosas de guerra, pelos brutaisexperimentos realizados em seres humanos nos
campos de concentração nazistas.
Fenômeno da individualização da psicologia social Americana (Farr):

 Seus princípios básicos nas explicações dos fenômenos sociais são: tratá-los como
fenômenos naturais através de métodos experimentais, sendo que seus modelos explicativos
nos remetem sempre, em última instância, a explicações centradas no indivíduo.

 Outro desdobramento desta lógica positivista é o esquecimento ou abandono de


determinadas ideias ou autores que foram essenciais nos rumos e projetos da psicologia
social. Citaremos dois casos: o primeiro a negação de perspectivas e referenciais histórico-
críticos. A perspectiva marxista da história e do fazer psicológico não se encontram
contemplados como psicologia social nos Handbooks;

 Deixar de lado pontos importantes como a Volkerpsychologie de Wundt

 Abandono de pressupostas contrários às correntes dominantes (Behaviorismo)

 Pensamento do filósofo George Herbert Mead e o Behaviorismo social, interessado pelos


estudos behaviorista da mente, baseada em sua concepção da linguagem. linguagem como
um fenômeno intrinsecamente social. E, em terceiro, o “self” de Mead estabelece a
intermediação entre mente e sociedade. Mead rompe com o modelo de mente proposta pela
psicologia da consciência do “primeiro” Wundt. Seu modelo da mente era síntese de
fenômenos tanto em nível coletivo quanto em nível individual.

Psicologia Social no Brasil

1960 – 1970 Uma psicologia importada dos Estados Unidos Culmina na no periodo chamada “ a
crise da psicologia social”, presentes nos questionamentos nos Congressos de Psicologia dos final
da década de 1970;

Criticas:

a dependência teórico-metodológica, principalmente dos Estados Unidos, a descontextualização dos


temas abordados, a simplificação e superficialidade das análises destes temas, a individualização do
social na psicologia social, assim como a não preocupação política com as relações sociais no país e
na América Latina em decorrência das teorias importadas. A palavra de ordem era a transformação
social.

1980
Movimento de ruptura com a Psicologia Social positivista Americana Associações de Psicologia
Social (Avepso) Venezuela e Abrapso (Brasil) Usam as bases marxistas de concepção sobre o
homem e o social para romper com o cientificismo

No Brasil, destaca-se o trabalho de Lane e Codo

Segundo Farr (1994), existem duas formas diferentes de psicologia social: formas psicológicas e
formas sociológicas. As formas psicológicas de psicologia social reduzem as explicações do
coletivo e do social a leis individuais. O indivíduo é o centro da análise. Indivíduo aqui é entendido
como uma entidade liberal, autônoma, independente das relações com o contexto social que o cerca
e consciente de si. Isto gera a individualização da psicologia social Predominante nos Estados
Unidos