Você está na página 1de 12

Carlos Gallo

Clipping
principais citações/menções
“O
título do próximo álbum de Gallo re-
trata sua já extensa carreira no rap. O
cearense, membro do Costa Costa, não
lança trabalho desde Carlin Voltou, em 2015. Gallo já
mostrou do que vem por aí com “Outros Planos”, com
participação de GALF.“

Albúns mais esperados de 2018 - Genius Brasil


(2018)

https://genius.com/Genius-brasil-albuns-naciona-
is-mais-aguardados-para-2018-annotated

CONTATO
“M
eu parceiro de Costa a Costa, o Nego
Gallo, está com um disco pronto que
é uma das obras de rap mais foda que
contatocarlosgallo@gmail.com eu já ouvi na vida. Tem um moleque novo chamado
Frieza, e o Côro Emici, ali da Barra do Ceará, que são
grandes talentos também.”

(85) 98723-0517 Entrevista com Don L - O povo (2017)

https://www.opovo.com.br/jornal/vidaearte/2017/07/
don-l-inicia-trilogia-autobiografca-com-ep-ro-
@carlosgallooficial teiro-pra-ainouz-vol-3.html

“A
grande mudança (que o grupo trouxe) é de
linguagem. O rap estava muito na perspec-
tiva do ‘ele’, falando do outro. A gente fa-
@carlosgallooficial lou do ‘eu’. Levamos a vida real para mixtape”, aponta
Nego Gallo, fundador, ao lado de Don L, do grupo
que posteriormente agregou Junior D, Flip-Jay e Preto
B (e depois Berg Mendes).”

Gallo fala sobre o Costa a Costa na matéria “Referên-


cia no rap nacional, cearenses do Costa a Costa cele-
bram 10 anos” - O Povo (2017)

https://www.opovo.com.br/jornal/vidaearte/2017/10/ cional. O que começou a ser rompido com a mixtape


referencia-no-rap-nacional-cearenses-do-cos- lançada pela grupo Costa a Costa, formado por Nego
ta-a-costa-celebra-10-anos.html Gallo e Don L. Essa dupla pesada juntou forças com

“H
Berg Mendes e Dj Flip Jay pra formar e fazer um dos
ouveram muitos grupos geniais na maiores acontecimentos do rap nacional.”
história do rap nordeste, que consequen-
temente é rap brasileiro. No entanto, Paulo Brazil - Oganpazan (2017)
eram sempre tidos como exóticos, ou como gratas http://oganpazan.com.br/costa-a-costa-10-anos-de-
surpresas, porém não alcançavam ou não alcançaram pois-sexo-drogas-e-violencia/
ainda um lugar digno dentro do cânone do rap na-
“O principais matérias
relação entre artista e ouvinte ganha várias dimensões
Síntese e o Rincon Sapiência de São Pau- e é aí que os universos interagem. No decorrer da
lo e o pessoal do rap do Nordeste são o conversa ele me questiona: “Você sentiu o feeling?!”
que de melhor apareceu na cena. Nomes e logo responde que “Temos Manhatann e Brooklyn
como Baco, Diomedes Chinaski, Carlos Gallo e in- bem aqui”, seguindo com risos.”
úmeros meninos que aparecem a todo momento são
para ficar muito de olho.” David Fontelenne - Rapologia (2015)

Rafael Mendonça - O Beltrano (2016) http://raplogia.com.br/real-e-o-que-sentimos-so-


mos-impressoes-de-um-role-em-fortaleza/

“A
http://www.obeltrano.com.br/portfolio/eu-tambem-
quero-listar/ Babilônia é caprichosa, ela sabe que você

“U
tem sonhos e fragilidades. Ela vai te pro-
m dos manos mais relevantes da cena porcionar o que você estiver afim. É uma
nordestina, possuidor de uma história dama caprichosa tem que saber lidar, agir com co-
muito importante pro rap nacional, esta erência, sem dois papo. Esse sempre foi meu cartão de
de volta. Nego Gallo, membro do Costa a Costa, nos visita em qualquer quebrada.”
presenteou com uma mixtape onde já podemos per-
ceber a qualidade do trabalho que se anuncia em seu Entrevista com Gallo - Noisey (2014)
disco solo. Com produções de Côro Mc e Billy Grin-
go, emana um clima muito intenso e gostoso, conse- https://noisey.vice.com/pt_br/article/r3bwb5/carlin-
guindo harmonizar as perspectivas gangueiras e as ho-voltou-baixe-bang-bang-nova-faixa-do-nego-gal-
vibrações positivas, numa fronteira tênue como só lo
quem é verdadeiramente do gueto sabe.”

“É
- não tenho nenhuma dúvida - um dos
Danilo - Oganpazan (2016) documentos mais contundentes, impres-
sionantes e acachapantes sobre a realidade
http://oganpazan.com.br/carlin-voltou-e-camisa-9-e- brasileira contemporânea… A produção é uma das
ouro-de-tudo-3-discos/ mais criativas da atual safra musical brasileira, em

“E
qualquer estilo. E é também uma injeção de energia/
ssa relação da grana, acesso a bens e coisa eousadia na sonoridade do hip hop nacional.”
tal, é louco. E do lado da cidade que eu vivo
essa parada fica cada vez mais complexa, Hermano Vianna sobre lançamento do CD “Sexo,
e a ansiedade em consumir consome e animaliza as Drogas e Violência” do Costa a Costa - Overmundo
relações, então somos de alguma forma predadores de (2007)
nosso sonhos ou satisfações momentâneas. Foi disso
que nasceu essa música.”

Gallo em entrevista na matéria “Nego Gallo Volta à


Costa Oeste de Fortaleza em seu Novo Clipe “Leões
Rugem”- Noisey (2015)

https://noisey.vice.com/pt_br/article/rmvdap/ne-
go-gallo-leoes-rugem-lancamento-clipe

“D
a costa oeste pode-se cantar a cidade, o
bairro, a avenida, mas as semelhanças en-
tre o discurso do Gallo e o de qualquer
passante param nos referenciais concretos, pois “cada
mente é um mundo” e a forma de sentir a brisa do
mar pela sacada do hotel é completamente diferente
da forma de sentí-la de cima do morro. Através des-
sa percepção social – que é di/tri/policotômica – a
03/03/2018 Fortaleza é um paraíso - VICE 03/03/2018 Fortaleza é um paraíso - VICE

Lounges, motos vintage


Viver é um vício, baby

BRASIL

Fortaleza é um paraíso
Por MC Nego Gallo; fotos por Antonello Veneri
Abr 13 2017, 2:02pm
Foto: Antonello Veneri/ VICE

As fotos de Antonello Veneri e o texto do MC Carlos Gallo tcc


Nego Gallo sobre a capital cearense. Ore
Ame
Foto por Antonello Veneri
Mova-se
Toca o foda-se
Compartilhe Tuíte Esquece a tradução
Venha em chamas
Lá fora o �m, salve-se Essa é a versão da vida que você verá
O caos e o cálice E quando o sol vier você verá
A bolsa em crash Vivido uns terão
Luzes de giro�ex Outros não saberão ter morrido
Sonhos em cheque Sonhadores tem
O precipício, a sel�e Alquimistas são a chave da prisão.
Você curte essa good vibe
Sonha com esse good time
Curtidas na fanpage
Oásis arti�ciais

https://www.vice.com/pt_br/article/xyjz8w/fortaleza-e-um-paraiso 1/15 https://www.vice.com/pt_br/article/xyjz8w/fortaleza-e-um-paraiso 2/15


03/03/2018 Fortaleza é um paraíso - VICE 03/03/2018 Fortaleza é um paraíso - VICE

O per�l pop poser


Branco de shopping
No rolê
O mundo muda, a cena muda
Moda molda em grande escala
Escancara a cara feia e pálida
Fria e falsa
Que encanta frustra e frauda
Foto: Antonello Veneri/ VICE É tudo é lei
É fome, sede
É falta
Losers em frente à televisão louvam seus senhores
E tudo que não me fala
Flores agonizam decorando a sala.
E de lata a coroa do rei
Decorando as falas, atores
São as pessoas da sala de jantar, à pé pela calçada até a parada, há �ores
Duas quadras, som nos fones, mais longe, mais forte Carlos Gallo, tcc Nego Gallo, é MC de Fortaleza e membro do Costa a Costa. Seu
Agora mais forte, mais alto primeiro disco solo, Veterano , sai este ano.
Você é aquilo que te move
PUBLICIDADE
Ninguém quer a morte
Sorte, só saúde e sorte
Entre gente vil em ternos caros e carros esportes
Hipócritas pobres
Negros débeis
O fútil torpe.
É top

MORE VICE

Saque mais da série "É um Paraíso" aqui.

Siga a VICE Brasil no Facebook , Twitter e Instagram.

Foto: Antonello Veneri/ VICE Mais Fortaleza aqui:

Não é sutil, é podre

https://www.vice.com/pt_br/article/xyjz8w/fortaleza-e-um-paraiso 3/15 https://www.vice.com/pt_br/article/xyjz8w/fortaleza-e-um-paraiso 4/15


03/03/2018 Referência no rap nacional, cearenses do Costa a Costa celebra 10 anos | O POVO Online 03/03/2018 Referência no rap nacional, cearenses do Costa a Costa celebra 10 anos | O POVO Online

Portal Jornal O POVO Mucuripe FM O POVO/CBN TV O POVO Populares Empregos & Carreiras Anuário do Ceará Costa a Costa chamaram atenção da cena gravadora ou grande selo naquele
rap no País
VERSÃO IMPRESSA momento, para a gente, era muito

Referência no rap nacional, cearenses do Costa a


distante. O Costa a Costa apostou na
internet e enviava a mixtape para vários lugares do País”, aponta Gallo. Após a

Costa celebra 10 anos


repercussão do trabalho, outros nomes do rap Brasil afora começaram a fazer a
mesma coisa, a exemplo de Emicida, que lançou a mixtape Pra quem já Mordeu
um Cachorro por Comida, até que eu Cheguei Longe, em 2009.
Referência nacional na renovação do rap, grupo fortalezense lançava há dez anos o álbum Dinheiro, sexo, drogas e
violência. Don L, voz do Costa a Costa, se apresenta hoje na Capital na programação da Bienal de Dança O Costa a Costa não acabou, mas está em pausa desde a mudança de Don L
para São Paulo em 2013, onde o rapper constrói carreira solo e já é apontado
01:30 | 21/10/2017 294 0
como um dos principais nomes da atual geração do movimento hip hop
brasileiro. O músico, que lançou este ano o ep Roteiro Pra Aïnouz vol.3, se
Uma premissa norteia a trajetória do grupo
apresenta hoje em Fortaleza dentro da programação da XI Bienal Internacional
Costa a Costa: o mundo não é dividido
de Dança do Ceará. Para o ano que vem, o grupo prepara projetos. Segundo
antagonicamente entre “manos” e
Gallo, eles devem “retornar com tudo”.
“playboys”. “Eu não quero cozinhar esse
crack, primo, mas eu quero andar de Nike”, “A arte deve ser a solução pra nossa pobreza de espírito, que impede a gente de
versa a música Necessário, lançada em reverter nossa pobreza material, como sociedade. A mesquinharia e o egoísmo,
Don L lançou, em sua carreira solo, 2007 na mixtape Dinheiro, sexo, drogas e a mediocridade, não podem vencer, porque só trazem soluções burras e
Caro Vapor (2013) e Roteiro pra Aïnouz violência. Em contexto em que o rap insustentáveis”, aponta Don L, sobre a busca artística, enquanto grupo ou na
vol. 3 (2017) FOTOS:DIVULGAÇÃO brasileiro ainda estava focado em temas carreira solo, de renovação. O Costa a Costa se destacou também por misturar
como crimes e trá�co de drogas, o rimas com reggaeton, mambo e salsa, o que trouxe ainda outras camadas ao
quinteto cearense do hip hop começou a chamar atenção do País cantando trabalho Dinheiro, sexo, drogas e violência, até hoje lembrado como um marco.
outros temas, entre eles, o desejo de ganhar dinheiro. Não que Costa a Costa “Só a arte pode ressuscitar os nossos sentidos”, arremata Don.
tenha falado apenas de amenidades, muito pelo contrário, relevava de forma
crua a realidade das periferias da Capital.  

“A grande mudança (que o grupo trouxe) é de linguagem. O rap estava muito na SERVIÇO
perspectiva do ‘ele’, falando do outro. A gente falou do ‘eu’. Levamos a vida real
para mixtape”, aponta Nego Gallo, fundador, ao lado de Don L, do grupo que  
posteriormente agregou Junior D, Flip-Jay e Preto B (e depois Berg Mendes).
Mixtape é uma compilação de canções normalmente gravada de forma Show - Don L
alternativa e que são agrupadas de forma sequencial sem a busca da “unidade”
de um CD. Quando: hoje, às 22 horas
Onde: Arena Dragão do Mar (rua Dragão do Mar, 81)
Criado em 2005, o Costa a Costa ganhou projeção do movimento rap no País
dois anos depois com o único trabalho da carreira. Com a mixtape de 23 Programação gratuita
músicas, a banda ganhou dois Hutúz, premiação nacional da Central Única das Outras informações: bienaldedanca.com
Favelas (CUFA), incluindo o de melhor grupo Norte e Nordeste da década, em
2009.  

Além de inovar no conteúdo das letras, o  


trabalho trouxe novidades na maneira de
distribuição. Na ausência de uma RENATO ABÊ
   
gravadora, o grupo liberou o trabalho para
download na internet. “Hoje o mercado da
TAGS DON L COSTA A COSTA RAP MÚSICA
música se resume a shows, não é a venda
de CDs, e a gente já estava entendendo
Unindo novos ritmos (como salsa e
isso em 2007. A ideia de fechar com uma Mais na Web
brega) e temas cotidianos, músicas do
https://www.opovo.com.br/jornal/vidaearte/2017/10/referencia-no-rap-nacional-cearenses-do-costa-a-costa-celebra-10-anos.html 1/4 https://www.opovo.com.br/jornal/vidaearte/2017/10/referencia-no-rap-nacional-cearenses-do-costa-a-costa-celebra-10-anos.html 2/4
03/03/2018 Nego Gallo lança a mixtape ‘Carlin Voltou’, um prelúdio de seu álbum – RND – Rap Nacional Download 03/03/2018 Real é o que sentimos, somos: impressões de um rolê em Fortaleza - Raplogia

   

Se você não conhece ainda, tá moscando: Nego Gallo é ex-integrante do grupo Costa a Costa (que também
contava com Don L) e um dos nomes mais in�uentes da nova geração. O legado do Costa a Costa ecoou a nível
regional e nacional, passando de Chave Mestra até Emicida.

Gallo, que atualmente está com seu álbum em processo de �nalização, resolveu soltar essa mix contendo o
melhor de seus collabs com Billy Gringo e Côro Mc, surgido a partir de um convite de Côro durante a produção
da faixa “Leões Rugem”. A mix, batizada de “Carlin Voltou” antecede o lançamento de seu álbum, ainda sem data HOME NOTÍCIAS ENTREVISTAS RAPLOGIACAST COLUNAS  RESENHAS CATÁLOGO DE BEATS

de�nida, mas com previsão para o �nal de 2016.

A mixtape está disponível para download gratuito com exclusividade pelo RND: Notícias  

1. Bang Bang (prod. Billy Gringo & Côro Mc) Real é o que sentimos, somos:
impressões de um rolê em Fortaleza
2. Quem Tá É Nós (prod. Billy Gringo & Côro Mc)
3. Leões Rugem (prod. Good Beats PRO)
 26 de abril de 2016  David Fontenelle  3 Comentários
4. Missão (prod. Billy Gringo & Côro Mc)


CE Destaque nego gallo
“Enquanto houver espaço, corpo, tempo e algum modo de dizer ‘não’, eu canto”

Belchior

Em agosto de 1882, entre os dias 8 e 24, Nietzsche enviou à escritora e


psicanalista Andreas-Salomé algumas cartas nas quais estabeleceu regras
estilísticas acerca da escrita. Poucos mais de 20 anos depois, em um livro que
leva o nome do �lósofo, Andreas-Salomé publicou o conteúdo sob o título
Rumo ao Ensino de Estilo. Numa dessas regras é sintetizado que “o Estilo deve
provar que alguém acredita em uma ideia; não apenas que acredita, mas
também a sente”. Partiremos disto para falar do trabalho  do Carlos Gallo e de
uns rolês que demos com ele.

Na primeira vez que conversamos pessoalmente, Gallo  falou sobre


sua  inquietação artística, sobre como a música possibilita externar  o  que
acontece no seu universo e como esse universo se relaciona “com tantas outras
formas de viver e ver a vida, sem necessariamente envolver a violência”.  As
vezes, essa relação com o outro é bem simples. Por exemplo, na costa oeste de
Fortaleza, onde Gallo mora, um dos hotéis mais luxuosos da cidade divide lugar
com uma das favelas mais quentes, separados apenas por uma avenida. Da
costa oeste  pode-se  cantar  a cidade, o bairro, a avenida, mas as semelhanças

http://webcache.googleusercontent.com/search?q=cache:4rirWJ1-szgJ:www.rapnacionaldownload.com/36681/nego-gallo-lanca-a-mixtape-carlin-voltou/+&… 1/3 http://raplogia.com.br/real-e-o-que-sentimos-somos-impressoes-de-um-role-em-fortaleza/ 1/4


03/03/2018 Real é o que sentimos, somos: impressões de um rolê em Fortaleza - Raplogia 03/03/2018 Real é o que sentimos, somos: impressões de um rolê em Fortaleza - Raplogia

entre o discurso do Gallo e o de qualquer passante param  nos referenciais


concretos, pois “cada mente é um mundo” e a forma de sentir a brisa do mar
pela sacada do hotel é completamente diferente da forma de sentí-la de cima do
morro. Através dessa percepção social – que é di/tri/policotômica – a relação
entre artista e ouvinte ganha várias dimensões e é aí que os universos
interagem. No decorrer da conversa ele me questiona: “Você sentiu o feeling?!” e
logo responde que “Temos Manhatann e Brooklyn bem aqui”, seguindo
 com risos.

Mas não é só para dizer que todo gueto é igual em qualquer lugar  que a
narrativa do MC  vive. Fala-se de amor e, principalmente,  fala-se das várias
formas que esse substantivo possui. Um desses formatos  perpassa no campo
social, é o amor pelos seus iguais. Dizem os mais românticos que se  percebe
que alguém ama o outro quando, ao dar forma à sua expressão, o interlocutor
perde a voz, treme as pernas e realmente �ca frio. E isso tudo aconteceu do
outro lado da cidade, na orla da costa leste, Praia do Futuro, Don L side, durante
uma apresentação do Gallo.  A história é a seguinte: ocorreu  uma chacina em
Fortaleza, 2015,  doze pessoas foram mortas durante uma madrugada,
a  maioria era formada por jovens entre 16 e 19 anos  e a motivação para a
barbárie era, até então, desconhecida. Somado a isso, há tudo o que ocorre no
cotidiano, na vida dos seus  amigos, a vivência com uma  dor que, de tão
recorrente, se torna banal, mesmo não devendo ser. No meio de tudo isso,
aconteceu Missão, uma faixa que brinda a vida, o momento presente, esse tão
importante, e diz, como o Costa a Costa sempre fez, “É bom viver, chapa!”.

Foi quando o Dj Willian pôs essa track no show da Praia do Futuro que tudo
aconteceu: o rapper  perde a voz, amigos no palco choram, alguns se
solidarizam e o tempo fecha. Nesse momento, acontecem duas coisas
fantásticas que só quem entende o quão transformador é o discurso do hip-hop
consegue captar: a primeira é que a platéia entrou num silêncio uníssono,
porque não é uma narrativa �ccional, é real, não existe um eu-lírico diferente de
cada ouvinte e do próprio rapper; vive-se a mesma cidade, é a nossa vida que
caminha num �uxo �nito; em segundo lugar, o �m do sepulcro. Se, por um Envolto no emaranhamento “meu universo-seu universo”, na lida com a dor do
lado, o rapper não tem mais voz, por outro lado o MC se agiganta. Gallo fala outro que também é sua, Gallo diz que “Fortaleza não é bem um mar de rosas,
sobre as perdas, sobre a vida, sobre a importância daquela festa enquanto re- mas hoje se canta mais do que o óbvio, aqui se canta e se sorri, é nisso que
união e existência compartilhada. Depois disso a música volta e todos são consiste a afronta“. E por esse caminho empondera-se o artista a si mesmo,
Carlos Gallo durante os minutos que seguem a música. numa jornada que também é de fé em dobro.

Assim, além de sentir, o estilo deve provar que alguém é essa ideia e como o
rapper mesmo diz “eu sou Costa a Costa, me chamam Carlos Gallo”.

Para conferir outros sons do MC, basta apertar o play:

Siga Carlos Gallo nas redes sociais

Facebook | Soundcloud

Facebook Comments

http://raplogia.com.br/real-e-o-que-sentimos-somos-impressoes-de-um-role-em-fortaleza/ 2/4 http://raplogia.com.br/real-e-o-que-sentimos-somos-impressoes-de-um-role-em-fortaleza/ 3/4


03/03/2018 Nego Gallo Volta à Costa Oeste de Fortaleza em seu Novo Clipe "Leões Rugem" - Noisey 03/03/2018 Nego Gallo Volta à Costa Oeste de Fortaleza em seu Novo Clipe "Leões Rugem" - Noisey

As imagens do clipe foram feitas na costa oeste da cidade, lar de Gallo, desde o
Morro do Moinho, passando pela Barra do Ceará até chegar na ponte, próximo
Nego Gallo Volta à Costa Oeste de Fortaleza em ao Morro de Santiago. As cenas em preto e branco mostram o cotidiano de
seu Novo Clipe "Leões Rugem" quem tem que se virar por ali, oscilando com imagens de Gallo rimando no
estúdio. Com Lua Alencar na direção de fotografia, Tarcísio Feijó como produtor
As cenas em preto e branco mostram o cotidiano de quem tem que se
executivo e Coro Emissi+Billiy Gringo na produção musical, é claro que o clipe
virar por ali, oscilando com imagens de Gallo rimando no estúdio.
sairia bonzão.

Compartilhe Tuíte
E mais uma boa notícia: "Leões Rugem", produzida no Estúdio Raiz, estará no
próximo EP de Nego Gallo. Se você está esperto, sabe que os primeiros versos
Lucas Panoni
da faixa já apareceram como introdução de "Gasolina e Fósforo", de seu
Mar 24 2015, 12:47pm
conterrâneo Don L..Segundo Gallo, o trampo ainda sem data prevista vai trazer
nove faixas inéditas, revisitando a onda do saudoso Costa a Costa, grupo
formado em 2005 por ele e Don L. Veja o clipe abaixo:

Nego Gallo - Leões Rugem (Prod. Raiz)


de Raiz Records

03:41

Fortaleza, a capital do Ceará, tem uma característica comum às outras capitais


do país: a desigualdade social. Basta prestar atenção para reparar que, na
mesma estrada onde correm carrões importados, trabalhadores se encontram Siga o Nego Gallo nas redes sociais: Tumblr | Twitter | Soundcloud
à margem. E é basicamente isso que o Nego Gallo quis mostrar em seu novo
clipe, "Leões Rugem": "Essa relação da grana, acesso a bens e coisa e tal, é
louco. E do lado da cidade que eu vivo essa parada fica cada vez mais
complexa, e a ansiedade em consumir consome e animaliza as relações, então
Compartilhe Tuíte
somos de alguma forma predadores de nosso sonhos ou satisfações
momentâneas. Foi disso que nasceu essa música."
TAGGED: NEGO GALLO, FORTALEZA, LEÕES RUGEM, COSTA OESTE, CARLIN VOLTOU TIA!, NOISEY BLOG
https://noisey.vice.com/pt_br/article/rmvdap/nego-gallo-leoes-rugem-lancamento-clipe 1/12 https://noisey.vice.com/pt_br/article/rmvdap/nego-gallo-leoes-rugem-lancamento-clipe 2/12
03/03/2018 Carlinho Voltou: Baixe “Bang Bang”, Nova Faixa do Nego Gallo - Noisey 03/03/2018 Carlinho Voltou: Baixe “Bang Bang”, Nova Faixa do Nego Gallo - Noisey

ainda mais suingue e na temática pesada de quem conhece as esquinas e


quebradas mais sinistras da capital cearense. Trocamos uma ideia rápida com
ele e descobrimos que – UOU! – teremos um EP solo do Nego Gallo ainda em
2014. É botar pra ouvir e botar fé pra chegar o disco, rapá. Saca só:

Carlinho Voltou: Baixe “Bang Bang”, Nova Faixa Noisey: Quem fez a base? O que rolou primeiro, a letra ou o som?
do Nego Gallo Carlos Callo: A base é do Coro Mc, da Good Beats Pró, e a mixagem é do Willian
Misap, mais conhecido como Billy Gringo. A letra surgiu primeiro em cima de um
Carlos Callo, vulgo Nego Gallo, tá com som novo na pista, e a gente
riddim, o Coro curtiu e rolou produzir a base – ele também fez outros que
não podia deixar de colar com ele pra lançar “Bang Bang” para
também temos trabalhado.
download com exclusividade aqui no Noisey.

O som foi baseado em fatos reais? O que te inspira na hora de fazer uma
Compartilhe Tuíte
música?
O som é um compilado de imagens que estavam na minha mente, histórias de
Equipe Noisey gente muito próxima que vive o gueto em Fortaleza.
Set 15 2014, 6:32pm

Como fugir da Babilônia? Existe um jeito de ter paz no coração ou a rua é


sempre cruel?
A Babilônia é caprichosa, ela sabe que você tem sonhos e fragilidades. Ela vai
te proporcionar o que você estiver afim. É uma dama caprichosa tem que saber
lidar, agir com coerência, sem dois papo. Esse sempre foi meu cartão de visita
em qualquer quebrada.

Carlinhos voltou mesmo? Podemos esperar novos sons em breve? Disco


talvez?
É louco isso. A cena aqui é correria, vejo muito amor à cultura hip hop, e por
isso sim, voltei. Tamo trampando em novos sons, mais parcerias novas e
clássicas. Disco ainda não, mas em breve rola um EP. Esse é o compromisso
nesse semestre. Tamo junto! #carlinvoltoutia

Como lembra o chapa Don L, “Carlinho voltou, tia!”. Carlos Callo, vulgo Nego
Gallo, tá com som novo na pista, e a gente não podia deixar de colar com ele Compartilhe Tuíte

pra lançar “Bang Bang” para download com exclusividade aqui no Noisey.
TAGGED: RAP, LANÇAMENTO, BANG BANG, NEGO GALLO, COSTA A COSTA, SINGLE, NOISEY BLOG

Baixe aqui “Bang Bang” do Nego Gallo (Botão direito, salvar como)

PUBLICIDADE

inRead inv ented by Teads

Mais conhecido como a voz pesada e presença forte de palco do Costa a Costa 7:25

(combo de hip hop de Fortaleza que também revelou Don L), Gallo segue com

https://noisey.vice.com/pt_br/article/r3bwb5/carlinho-voltou-baixe-bang-bang-nova-faixa-do-nego-gallo 1/10 https://noisey.vice.com/pt_br/article/r3bwb5/carlinho-voltou-baixe-bang-bang-nova-faixa-do-nego-gallo 2/10


Diagramado por Hélio Mesquita
heliomesquita@alu.ufc.br
behance.net/heliomesqu8096

Você também pode gostar