Você está na página 1de 9

MINI APOSTILA DE QUÍMICA EM LIBRAS

PROF: ISRAEL G. CARDOSO

MINI APOSTILA DE QUÍMICA EM LIBRAS PROF: ISRAEL G. CARDOSO
MINI APOSTILA DE QUÍMICA EM LIBRAS PROF: ISRAEL G. CARDOSO

APRESENTAÇÃO

ESTE MATERIAL FOI PRODUZIDO PRIMEIRAMENTE PELO AMOR QUE TENHO A EDUCAÇÃO DA COMUNIDADE SURDA BRASILEIRA E POR ACREDITAR QUE ASSIM POSSO CONTRIBUIR MAIS E MAIS PARA A DIVULGAÇÃO DA LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS, DEMOSNTRANDO SUA DIVERSIDADE LINGUÍSTICA. O TRABALHO FOI BASEADO NO ARTIGO “TERMINOLOGIAS

QUÍMICAS EM LIBRAS: A UTILIZAÇÃO DE SINAIS NA APRENDIZAGEM

DE ALUNOS SURDOS”. PUBLICADO NA REVISTA QUÍMICA NOVA NA ESCOLA, V. 33 DE FEVEREIRO DE 2011 PELOS PROFESSORES E ESCRITORES

SINVAL FERNANDES DE SOUZA E HÉLDER ETERNO DA SILVEIRA E

ENVIADO A MIM PELA PROFESSORA E COORDENADORA DO CURSO DE LETRAS LIBRAS DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA (UFSC) A

DR. KARIN STROBEL.

GOSTARIA DE SALIENTER QUE É UM MATERIAL DE LIVRE USO,

OU SEJA, NÃO TEM FINS COMERCIAIS.

OBJETIVANDO ASSIM DE FORMA BEM SIMPLES MOSTRAR ALGUNS SINAIS ESPECÍFICOS DA ÁREA DE QUÍMICA, DIVULGADOS PELOS

PROFESSORES SUPRACITADOS.

PROFº ESP. ISRAEL GONÇALVES CARDOSO

SUMÁRIO

MATERIAIS QUÍMICOS

04

PROCESSOS QUÍMICOS

05

INSTRUMENTOS LABORATORIAIS

05

TERMINOLOGIAS QUÍMICAS

06

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

09

05 INSTRUMENTOS LABORATORIAIS 05 TERMINOLOGIAS QUÍMICAS 06 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 09

MATERIAIS QUÍMICOS

Aço
Aço
Água
Água
Diamante
Diamante
Doce
Doce
Alumínio
Alumínio
Gasolina
Gasolina

Fonte dos Sinais: CAPOVILLA, F.C; RAPHAEL, W.D. dicionário enciclopédico ilustrado trílingue da Língua de Sinais Brasileira

v. 1 e 2 São Paulo EDUSP, 2001

PROCESSOS QUÍMICOS

Condensar
Condensar
Misturar
Misturar
Derreter
Derreter
Modificar
Modificar

INSTRUMENTO LABORATORIAL

Termômetro
Termômetro

Fonte dos Sinais: CAPOVILLA, F.C; RAPHAEL, W.D. dicionário enciclopédico ilustrado trílingue da Língua de Sinais Brasileira v. 1 e 2 São Paulo EDUSP, 2001

TERMINOLOGIAS QUÍMICAS

Ácido Mão esquerda em A. palma da mão para frente; mão direita na horizontal aberta,
Ácido
Mão esquerda em A. palma da mão para
frente; mão direita na horizontal
aberta, palma para baixo, dorso da mão
tocando o pulso na mão esquerda.
Oscilar os dedos da mão direita.
Próton Mão direita e esquerda em D, palma para direita; Mão direita em D horizontal,
Próton
Mão direita e esquerda em D, palma
para direita; Mão direita em D
horizontal, palma para baixo, atrás da
mão esquerda, dedos indicadores.
Cruzados. Mover a mão direita para
frente e para trás, tocando o indicador
esquerdo durante o movimento.
Elétron Mão direita em Y horizontal, palma para baixo, próxima ao lado direito da boca.
Elétron
Mão direita em Y horizontal, palma
para baixo, próxima ao lado direito da
boca. Movê-la para frente, tremulando-
a rapidamente.
Becker Mão esquerda horizontal aberta, palma para cima, dedos unidos apontando para a direita; mão
Becker
Mão esquerda horizontal aberta, palma
para cima, dedos unidos apontando para
a direita; mão direita em C horizontal
palma para a esquerda, acima da mão
esquerda. Baixar várias vezes a mão
direita, tocando a palma esquerda

Fonte: SOUZA, S.F; SILVEIRA, H.E. terminologias químicas em LIBRAS: a utilização de sinais na aprendizagem de alunos surdos.

Revista Química Nova Na Escola, v. 33 Fevereiro,2011.

TERMINOLOGIAS QUÍMICAS

Átomo Movimento circular da mão direita na configuração do sinal “elétron” (para representar os elétrons
Átomo
Movimento circular da mão direita na
configuração do sinal “elétron” (para
representar os elétrons na
eletrosfera), em torno da mão
esquerda com configuração de uma
esfera (para representar o núcleo)
Tabela Periódica Mão direita e esquerda em T, movendo- as no sentido de afastá-las. Posteriormente
Tabela Periódica
Mão direita e esquerda em T, movendo-
as no sentido de afastá-las.
Posteriormente mão direita e esquerda
em P, movendo-as para baixo.
Substâncias Mão esquerda e direita horizontal, palma para cima, pontas dos dedos unidas. Movê-las em
Substâncias
Mão esquerda e direita horizontal,
palma para cima, pontas dos dedos
unidas. Movê-las em um arco para os
lados opostos e para frente, finalizando
com os mínimos tocando-se e as palmas
para dentro
Temperatura Mão esquerda em D, palma da mão para frente; mão direita em T, lado
Temperatura
Mão esquerda em D, palma da mão para
frente; mão direita em T, lado do
polegar tocando a lateral do indicador
esquerdo. Mover a mão direita para
baixo e para cima.

Fonte: SOUZA, S.F; SILVEIRA, H.E. terminologias químicas em LIBRAS: a utilização de sinais na aprendizagem de alunos surdos.

Revista Química Nova Na Escola, v. 33 Fevereiro,2011.

TERMINOLOGIAS QUÍMICAS

Íon Mão esquerda em O estática e mão direita em I horizontal, palma para baixo,
Íon
Mão esquerda em O estática e mão
direita em I horizontal, palma para
baixo, próxima ao lado direito da boca.
Movê-la em torno da mão esquerda
tremulando-a rapidamente.
Íon Positivo (Cátion) Sinal de Íon, posteriormente sinal de próton.
Íon Positivo (Cátion)
Sinal de Íon, posteriormente sinal de próton.
Íon Negativo (Ânion) Sinal de Íon, posteriormente sinal de negativo.
Íon Negativo (Ânion)
Sinal de Íon, posteriormente sinal de negativo.

Fonte: SOUZA, S.F; SILVEIRA, H.E. terminologias químicas em LIBRAS: a utilização de sinais na aprendizagem de alunos surdos.

Revista Química Nova Na Escola, v. 33 Fevereiro,2011.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

CAPOVILLA, F.C; RAPHAEL, W.D. Dicionário Enciclopédico Ilustrado

Trílingue da Língua de Sinais Brasileira v. 1 e 2 São Paulo EDUSP, 2001.

SOUZA, S.F; SILVEIRA, H.E. Terminologias Químicas em LIBRAS: a utilização de sinais na aprendizagem de alunos surdos. Revista Química Nova Na Escola, v. 33 Fevereiro,2011.

LIBRAS: a utilização de sinais na aprendizagem de alunos surdos. Revista Química Nova Na Escola, v.