Você está na página 1de 20

Canal seletivo em frequência

Gera dispersão temporal dos sı́mbolos transmitidos e consequentemente ISI.


Componentes frequenciais sofrem perdas diferentes uma das outras distorcendo o sinal
Necessidade de equalização

Rogério Pereira Junior (Programa de Pós Graduação em


Multiplexação
Engenharia Elétrica
por Divisão
- UFSC)
de frequência Ortogonal (OFDM) March 13, 2018 1 / 20
Sistemas single carrier

Dados são transmitidos serialmente e a largura de banda (BW) do sinal é totalmente


ocupada tornando a seletividade do canal um problema constante
Vimos que BW = Rs(1+α)
O desvanecimento seletivo ocorre quando BW < Bc. Sendo Bc denominado a banda de
coerêcia do canal.
Faixa de frequência onde o canal pode ser considerado plano ou estático.
Soluções :
Modulação Multiportadora;
Espalhamento Espectral;
Equalização de canal;

Rogério Pereira Junior (Programa de Pós Graduação em


Multiplexação
Engenharia Elétrica
por Divisão
- UFSC)
de frequência Ortogonal (OFDM) March 13, 2018 2 / 20
Sistemas multiportadoras

Divisão da largura de banda total em N subportadoras. Bs = Bw /N;


Sı́mbolo carregado por uma subportadora de banda estreita;
Taxa de transmissão é reduzida em cada subcanal.
Aumento da duração do sı́mbolo transmitido em cada subportadora, acarretando em uma
diminuição da sensibilidade ao desvanecimento seletivo em frequência.
FDM (Multiplexação por Divisão de Frequência);
Bandas de guarda separando as N subportadoras.

Rogério Pereira Junior (Programa de Pós Graduação em


Multiplexação
Engenharia Elétrica
por Divisão
- UFSC)
de frequência Ortogonal (OFDM) March 13, 2018 3 / 20
OFDM (Multiplexação por Divisão de Frequência Ortogonal

Técnica multi-portadora bastante difundida em sistemas digitais, principalmente nos sistemas


sem fio devido sua robustez contra a seletividade em frequência do canal.
CHANG, 1966;
Divisão da largura de banda total em subcanais menores, utilizando subportadoras ortogonais
entre si, possibilitando a sobreposição espectral das mesmas.
Originalmente é uma técnica de modulação multiportadora

Mesmo possuindo essa sobreposiçao cada subportadora consegue ser extraida individualmente

Rogério Pereira Junior (Programa de Pós Graduação em


Multiplexação
Engenharia Elétrica
por Divisão
- UFSC)
de frequência Ortogonal (OFDM) March 13, 2018 4 / 20
Diagrama de blocos do sistema

Tecnica bastante antiga


Utilizava um conjunto de osciladores para gerar as subportadoras ortogonais tornando-a
muito complexo devido ao sincronismo desses osciladores, necessário para manter a
ortogonalidade.
Com o desenvolvimento dos processadores digitais (DSP) e as técnicas de processamentos
digitais, passou a ser implementada digitalmente através de algoritmos IFFT e FFT na
modulação e demodulação respectivamente.

Rogério Pereira Junior (Programa de Pós Graduação em


Multiplexação
Engenharia Elétrica
por Divisão
- UFSC)
de frequência Ortogonal (OFDM) March 13, 2018 5 / 20
Intervalo de guarda

Dispersão temporal dos sı́mbolos devido ao canal dispersivo, faz com que um sı́mbolo possa
interferir no sı́mbolo adjacente, gerando ISI.
A geração de ISI faz com que o sinal transmitido sofra perdas, distorções e a quebra de
ortogonalidade do sinal.
Como o sistema OFDM possui sobreposição das subportadoras no espectro, esta quebra de
ortogonalidade resulta na ocorrência de ICI.
Mesmo que no sistemas OFDM, a divisão em N subcanais acarreta na redução de ocorrência
de ISI, não é o suficiente para eliminá-la.
Para tentar eliminar completamente utilizarmos intervalos de guardas para que as
componentes de múltiplos caminhos de um sı́mbolo OFDM fiquem contidas nesse intervalo,
e o final de um sı́mbolo não interfira na recepção de um sı́mbolo subsequente

Rogério Pereira Junior (Programa de Pós Graduação em


Multiplexação
Engenharia Elétrica
por Divisão
- UFSC)
de frequência Ortogonal (OFDM) March 13, 2018 6 / 20
Prefixo cı́clico

Ponto fundamental do sistema


Intervalo de guarda chamado de prefixo cı́clico
Introduzir no inı́cio de cada sı́mbolo OFDM um determinado número de amostras da parte
final do mesmo garantindo a circularidade deste sı́mbolo

Componentes de multi caminhos de um sı́mbolo OFDM fiquem contidas nesse intervalo.


Assim, sempre que os espalhamentos de atraso forem menores que esse intervalo de guarda,
não teremos a ocorrência de ISI.

Rogério Pereira Junior (Programa de Pós Graduação em


Multiplexação
Engenharia Elétrica
por Divisão
- UFSC)
de frequência Ortogonal (OFDM) March 13, 2018 7 / 20
Prefixo cı́clico

Utilizando este artificio permitiu-se transformar a convolução linear entre o canal de


comunicação e o sinal transmitido em uma convolução circular
Y[K] = X[K].H[K]. Isso corresponde que o sinal após esta convolução é apenas uma
multiplicação amostra amostra entre o os coeficientes do canal e o sinal transmitido.
Essa caracteristica elimina as dificuldades de projeto de equalizadores em canais dispersivos,
simplificando para uma multiplicação por uma constante complexa para correção de ganho e
fase.
Estes tipos de equalizadores são muitas vezes chamados de equalizadores de um tap.

Rogério Pereira Junior (Programa de Pós Graduação em


Multiplexação
Engenharia Elétrica
por Divisão
- UFSC)
de frequência Ortogonal (OFDM) March 13, 2018 8 / 20
Exemplo Prefixo cı́clico

Transformando uma convolução linear em uma convolução circular utilizando um prefixo cı́clico
(CP)

>> x = [2 1 2 1 3]; % sequência original (dado transmitido)


>> h = [1 2 3];% resposta ao impulso do canal de comunicação de comprimento L = 3
>> xcp=[2 1 3 2 1 2 1 3]; % sequência original aumentada via CP ≥ L-1
>> y=conv(xcp,h); % filtragem da sequência xcp pelo canal (convolução linear)
>> y=y(4:length(y)); % retirada das L amostras iniciais
>> Y=fft(y,5); % DFT dos sı́mbolos recebidos após a retirada das mostras
>> H=fft(h,5); % Canal no domı́nio da frequência
>> Xest=Y./H; % Equalização forçagem à zero
>> xest=ifft(Xest) % Recuperação dos dados transmitidos (xest = x)

Rogério Pereira Junior (Programa de Pós Graduação em


Multiplexação
Engenharia Elétrica
por Divisão
- UFSC)
de frequência Ortogonal (OFDM) March 13, 2018 9 / 20
Aplicações

Rádiodifusão de Áudio Digital - DAB


Rádiodifusão de Vı́deo Digital - DVB
IEEE 802.11a Wireless Lan
Linha de Assinante Digital Assimétrica - ADSL
LTE Advanced (4G)

Rogério Pereira Junior (Programa de Pós Graduação em


Multiplexação
Engenharia Elétrica
por Divisão
- UFSC)
de frequência Ortogonal (OFDM) March 13, 2018 10 / 20
Vantagens x Desvantagens

Vantagens:
Robustez contra seletividade em frequência do canal móvel
Utilização de equalizadores de apenas um coeficiente
O uso do prefixo cı́clico minimizando a ocorrência de ISI;
Sobreposição do espectro trazendo uma grande eficiência espectral, comparada ao FDM
Desvantagens
Destaca-se os grandes problemas que o sistema tem com picos de amplitude altas, devido a
criar um elevado sinal de pico em relação á média (PAPR - Peak to Average Power Ratio).
Esse fato pode levar o amplificador em processo de saturação, causando interferências entre
subportadoras (ICI)
Prefixo cı́clico causa perda de eficiencia espectral
Constantes perdas de sincronismo quebrando a ortogonalidade entre as subportadoras
acarretando em interferências (ICI e ISI);
Má localização no espectro, acarretando em radiação fora da banda

Rogério Pereira Junior (Programa de Pós Graduação em


Multiplexação
Engenharia Elétrica
por Divisão
- UFSC)
de frequência Ortogonal (OFDM) March 13, 2018 11 / 20
Parâmetros do sistema simulado

Numeros de Subportadoras 512


Comprimento do Prefixo cı́clico 32
Modulação utilizada M-QAM
Equalizadores MMSE
Table : Parâmetros do sistema

Rogério Pereira Junior (Programa de Pós Graduação em


Multiplexação
Engenharia Elétrica
por Divisão
- UFSC)
de frequência Ortogonal (OFDM) March 13, 2018 12 / 20
Taxa de erro de bit em canal AWGN

Rogério Pereira Junior (Programa de Pós Graduação em


Multiplexação
Engenharia Elétrica
por Divisão
- UFSC)
de frequência Ortogonal (OFDM) March 13, 2018 13 / 20
Canal seletivo em frequência

Os coeficientes do canal são dados por:

h = [0.1 0.3 − 0.2 1 0.4 − 0.1 0.1]

Rogério Pereira Junior (Programa de Pós Graduação em


Multiplexação
Engenharia Elétrica
por Divisão
- UFSC)
de frequência Ortogonal (OFDM) March 13, 2018 14 / 20
Taxa de erro de bit em canal AWGN seletivo em frequência

Rogério Pereira Junior (Programa de Pós Graduação em


Multiplexação
Engenharia Elétrica
por Divisão
- UFSC)
de frequência Ortogonal (OFDM) March 13, 2018 15 / 20
Diagrama de constelação

Rogério Pereira Junior (Programa de Pós Graduação em


Multiplexação
Engenharia Elétrica
por Divisão
- UFSC)
de frequência Ortogonal (OFDM) March 13, 2018 16 / 20
Taxa de erro de bit em um canal altamente seletivo em frequência
Canal Veicular A especificado pela ITU-R (órgão de padronização internacional) para sistemas de
televisão digital.

Rogério Pereira Junior (Programa de Pós Graduação em


Multiplexação
Engenharia Elétrica
por Divisão
- UFSC)
de frequência Ortogonal (OFDM) March 13, 2018 17 / 20
Presente e futuro
OFDM possui perda de eficiência espectral pela sua forma de pulso retangular, produzindo
maiores lóbulos laterais no espectro.
Perda de eficiência espectral devido ao uso do prefixo cı́clico (CP) e a dificuldade de
sincronização para manter a ortogonalidade entre suas portadoras.
Novas propostas de formas de onda são consideradas para sistemas 5G em função de superar
essas limitações.
Espera-se que esta forma de onda apresente uma boa localização tanto no domı́nio tempo
como no domı́nio frequência para garantir o perfeito sincronismo entre transmissor e
receptor, além de uma menor radiação fora da banda e menor ICI (Intercarrier Interference)
FBMC (Filter Bank Multi-Carrier ) é uma alternativa;
Generalização do OFDM. Utiliza-se filtros para que possa ”ajeitar” o espectro, ou seja,
melhorar a sua localização no domı́nio da frequência;

Rogério Pereira Junior (Programa de Pós Graduação em


Multiplexação
Engenharia Elétrica
por Divisão
- UFSC)
de frequência Ortogonal (OFDM) March 13, 2018 18 / 20
Conclusão

O OFDM se mostrou eficiente devido uas vantagens como a robustez a canais seletivos em
frequência o uso de equalizadores mais simples, normalmente chamados de equalizadores de
um tap
Junto com códigos corretores de erros poderosos, tecnicas de diversidade, equalização
adaptativa e outros artificios, o sistema apresenta desempenho satisfatório, sendo o mais
viável para se utilizar como padrão nas tecnologias atuais.
Em contra partida, o OFDM possui perda de eficiência espectral pela sua forma de pulso
retangular na frequência, produzindo maiores lóbulos laterais no espectro. Além disso, temos
perda de eficiência espectral devido ao uso do prefixo cı́clico (CP) sem falar da necessidade
de sincronização para manter a ortogonalidade entre suas portadoras.
Assim para os estudos do 5G há outras formas de onda sendo estudadas (basicamente todas
são evoluções do OFDM)

Rogério Pereira Junior (Programa de Pós Graduação em


Multiplexação
Engenharia Elétrica
por Divisão
- UFSC)
de frequência Ortogonal (OFDM) March 13, 2018 19 / 20
Referências

HAYKIN, Simon; MOHER, Michael. Sistemas de Comunicação-5. Bookman Editora, 2011.

GOLDSMITH, Andrea. Wireless communications. Cambridge university press, 2005.

KHADAGADE, Sanjay Kumar; MITTAL, N. K. Comparison of BER of OFDM system using


QPSK and 16QAM over multipath Rayleigh fading channel using pilot-based channel estimation.
International Journal of Engineering and Advanced Technology (IJEAT) ISSN, p. 2249-8958,
2013.

PINTO, Ernesto Leite; DE ALBUQUERQUE, Claudio Penedo. A técnica de transmissão OFDM.


Revista Cientı́fica, v. 1516, p. 2338, 2002.

COLERI, Sinem et al. Channel estimation techniques based on pilot arrangement in OFDM
systems. IEEE Transactions on broadcasting, v. 48, n. 3, p. 223-229, 2002.

GUPTA, Deepak; VATS, Vipin B.; GARG, Kamal K. Performance Analysis of DFT-OFDM,
DCT-OFDM, and DWT-OFDM Systems in AWGN Channel. In: Wireless and Mobile
Communications, 2008. ICWMC’08. The Fourth International Conference on. IEEE, 2008. p.
214-216.

HSIEH, Meng-Han; WEI, Che-Ho. Channel estimation for OFDM systems based on comb-type
pilot arrangement in frequency selective fading channels. IEEE Transactions on Consumer
Electronics, v. 44, n. 1, p. 217-225, 1998.

Rogério Pereira Junior (Programa de Pós Graduação em


Multiplexação
Engenharia Elétrica
por Divisão
- UFSC)
de frequência Ortogonal (OFDM) March 13, 2018 20 / 20