Você está na página 1de 1

A importância do elogio na educação

Receber um elogio é muito bom em todos os lugares e ocasiões: na família, no trabalho, nas
amizades, nos estudos... quando o nosso desempenho e esforço são reconhecidos podem nos
incentivar a produzir mais e melhor, pois o elogio gera vários benefícios: fortalece nossas
qualidades, habilidades, provocando alegria, promovendo autoconfiança e segurança, ajuda a
aliviar o peso das dificuldades.

Elogiar é uma atitude de reconhecer o que o outro faz de bom, fortalecendo o que se fez de
bom: a atitude. Todos nós precisamos nos sentirmos importantes, assim como, precisamos ver
que somos capazes de fazer muitas coisas boas, com bons desempenhos. É necessário
reconhecer isso nos outros, sendo que um dos maiores obstáculos ao desenvolvimento de
uma criança é a rejeição às suas realizações criativas, pois são raros os pais que elogiam seus
filhos, a cada realização de criatividade.

Cada vez que uma criança mostra um desenho que acabou de fazer ou uma coisa nova que
aprendeu na escola, ela está esperando receber um elogio e isso a estimulará a dar
continuidade a sua aprendizagem. Porém, quando o "elogio" não vem, a criança "julga" que o
seu esforço em "produzir" algo foi em vão, afetando sua autoestima. Aos poucos, ela começa a
acreditar que é uma "inútil" ou que não é amada, e isso pode prejudicar o seu
desenvolvimento intelectual e o seu equilíbrio emocional.

Muitos pais, por falta de tempo ou de informação, acabam prejudicando inconscientemente o


desenvolvimento intelectual dos seus filhos, achando que o melhor para seus filhos é
estudarem em excelentes escolas onde terão toda a assistência intelectual que precisam, e
que isso basta. Porém, o que uma criança pequena precisa é de afeto e atenção, pois é só
reparar que quando as crianças aprendem algo novo na escola, correm direto para os seus pais
para mostrar o que aprenderam.

E este momento é decisivo, ele é tão importante quanto tudo aquilo que ela aprendeu. A
escola fornece a informação, mas é a relação afetuosa dos pais com os filhos que fará com que
a informação seja processada e fixada no cérebro. Quando a criança corre para mostrar o que
aprendeu, está querendo afeto e elogio. O silêncio e a indiferença, nessas horas, podem pôr
tudo a perder.

Para estimular a criatividade e a vontade de aprender do seu filho, é preciso "acariciar" o seu
intelecto e o seu emocional, elogiando. Se habituar a elogiá-lo, ele sentirá vontade de
desenvolver seu potencial, pois vai querer fazer sempre mais e melhor para agradá-lo, para
receber mais elogios e isto equilibrará positivamente o seu lado emocional, pois se sentirá
amada, fato fundamental para o desenvolvimento de qualquer criança.