Você está na página 1de 13

Teoria dos Conjuntos Fundamentos de Matemaá tica

Maria do Carmo Pereira Servidoni


servidonipereira@gmail.com

Aula 01 e 02
Teoria dos Conjuntos
1. Introdução
Analise a seguinte situação-problema:

Em uma pesquisa realizada com 50 pessoas para saber que esporte elas
apreciam entre futebol, basquete e vôlei, o resultado foi o seguinte: 23 gostam
de futebol, 18 de basquete e 14 de vôlei; 10 gostam de futebol e de basquete; 9
de futebol e vôlei, 8 de basquete e de vôlei e 5 gostam das três modalidades.
a) Quantas pessoas não gostam de nenhum desses esportes?
b) Quantas pessoas gostam somente de futebol?
c) Quantas pessoas gostam só de basquete?
d) Quantas gostam apenas de vôlei?
e) E quantas não gostam nem de basquete nem de vôlei?
f) Quantas pessoas gostam só de futebol ou só de basquete ou de ambos?

Para resolver questões desse tipo, devemos utilizar conhecimentos de conjuntos.

2. A noção de conjunto
A noção de conjunto é bastante simples e fundamental na Matemática, pois a partir dela
podem ser expressos todos os conceitos matemáticos.
Um conjunto é uma coleção qualquer de objetos. Por exemplo:
Conjunto dos estados da região sudeste:
S = {SP, RJ, MG, ES}.
Conjunto dos números primos:
B = {2, 3, 5, 7, 11, 13,...}.

Um conjunto é formado por elementos. Um objeto a qualquer pode ser elemento de um


determinado conjunto A. Quando for, dizemos que:

a pertence a A e escrevemos a A

Caso contrário, dizemos que:


I
Teoria dos Conjuntos Fundamentos de Matemaá tica
Maria do Carmo Pereira Servidoni
servidonipereira@gmail.com

a não pertence a A e escrevemos a  A

3. Igualdade de conjuntos

Dois conjuntos são iguais quando possuem os mesmos elementos. Por exemplo, se A =
{números naturais pares} e B = {0, 2, 4, 6, 8, 10, 12,...}, então A = B. Se A não é igual a B,
então:

A é diferente de B e escrevemos A  B.

4. Conjuntos vazio, unitário e universo.

Conjunto vazio é o conjunto que não possui elementos, cuja notação é { } ou . Podemos
defini-lo com uma propriedade contraditória. Por exemplo:
{ números naturais ímpares menores que 1} = {x / x é um número natural ímpar menor do que

1} = , pois não há número natural ímpar menor do que 1.

Conjunto Unitário é formado por um único elemento. Por exemplo:


{números naturais primos e pares} = {x / x é um número natural par e primo} = {2}, pois o único
número natural par e primo é o 2.

Conjunto Universo é formado por todos os elementos com os quais estamos trabalhando
numa determinada situação. Sua notação é U. É sempre importante saber em qual universo
estamos trabalhando. Por exemplo, se U é o conjunto dos números naturais , então a equação
x + 5 = 2 não tem solução; porém, se U é o conjunto dos números inteiros, então a equação x +
5 = 2 tem como solução x = - 3.

5. Subconjuntos

II
Teoria dos Conjuntos Fundamentos de Matemaá tica
Maria do Carmo Pereira Servidoni
servidonipereira@gmail.com

Consideremos dois conjuntos, A e B. Se todos os elementos de A forem também


elementos de B, dizemos que A é um subconjunto de B ou que A está contido em B ou,
ainda, que A é parte de B. Indicamos esse fato por A  B.
A  B lê-se: A é subconjunto de B
ou
A está contido em B
ou
A é parte de B.

A é um subconjunto de B.

Se A não for subconjunto de B, escrevemos A  B .

Consideremos, como exemplo, P o conjunto dos números naturais pares e N o conjunto dos
números naturais, temos:
P = {0, 2, 4, 6, 8, 10, ...}
N = {0, 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, ...}
Neste caso, P  N, pois todos os elementos de P pertencem a N.
Indicamos:
N

Observações:
Todo conjunto é suconjunto de si próprio. (A  A)
III
Teoria dos Conjuntos Fundamentos de Matemaá tica
Maria do Carmo Pereira Servidoni
servidonipereira@gmail.com

O conjunto vazio é subconjunto de qualquer conjunto. (  A).


Todo conjunto também possui como subconjunto o conjunto vazio representado

por {} ou . Podemos mostrar isto supondo que se o conjunto vazio não pertence
ao conjunto em questão, então o conjunto vazio deve possuir um elemento ao
menos que não pertença a este conjunto. Como o conjunto vazio não possui
elementos, isto não é possível. Como todos os conjuntos vazios são iguais uns
aos outros, é permissível falar de um único conjunto sem elementos.
Se o conjunto A possui “m” elementos então ele possui 2m subconjuntos.
O conjunto formado por todos os subconjuntos de um conjunto A é denominado
conjunto das partes de A e é indicado por P (A). Assim, se A = {c,d}, o conjunto

das partes de A { , {c}, {d}, {c,d}}.


Um subconjunto de A é também denominado parte de A.

6. Conjunto das partes

Dado o conjunto A = { 2, 3, 5 }, é possível escrever todos os subconjuntos ( ou todas as


partes) de A. Esse conjunto formado por todos os subconjuntos de A é chamado de
conjuntos das partes de A ou partição de A e é indicado por P(A). Assim, temos:

P(A) = {{2}, {3}, {5}, {2,3}, {2,5}, {3,5}, {2, 3,5}, Ø}

Observe que há uma relação entre o número de elementos de P(A) e o número de


elementos de A:
Ø tem zero elementos e P(Ø) = { Ø } tem 1 elemento.
A = {a} tem 1 elemento e P(A) = { {Ø}, {a}} tem 2 elementos.
A = { a, b } tem 2 elementos e P(A) = {{Ø}, {a}, {a,b},{a,b,c}} tem 4 elementos.
A= {a,b,c} tem 3 elementos e P(A) = {{Ø}, {a},{b},{c} {a,b}, {a,c}, {b,c},{a,b,c}} tem 8
elementos.
Assim, podemos conjecturar que se A tem n elementos, P(A) tem 2 n elementos.

IV
Teoria dos Conjuntos Fundamentos de Matemaá tica
Maria do Carmo Pereira Servidoni
servidonipereira@gmail.com

7. Operações com conjuntos.

Diferença
Dados os conjuntos A e B, define-se como diferença entre A e B (nesta
ordem) ao conjunto representado por A – B, formado por todos os elementos
pertencentes a A, mas que não pertencem a B, ou seja:

A– B

Exemplos:
Sendo A = {0, 5,7} e B {0, 7,3} então A – B = {5}.
Se A = {1, 2, 3, 4,5} e B ={1,2,3} então A – B = {4,5}.

Propriedades imediatas:
I)A-{} =A
II) { } - A = { }
III) A - A = { }
IV) A - B ≠ B - A ( a diferença de conjuntos não é uma operação comutativa).

União

Seja A = { 0, 10, 20, 30, 50} e B = { 0, 30, 40, 50, 60} , podemos escrever o conjunto C
formados pelos elementos que pertencem a A ou pertencem a B ou a ambos. Assim C = {0, 10,
20, 30, 40, 50, 60}. O conjunto C é chamado de União de A e B e é indicado por A  B (lê-se: A
união B).
De modo geral, dados dois conjuntos A e B, a união (chamada também de reunião) A  B é o
conjunto formado pelos elementos de A mais os elementos de B.

V
Teoria dos Conjuntos Fundamentos de Matemaá tica
Maria do Carmo Pereira Servidoni
servidonipereira@gmail.com

Dados os conjuntos A e B, define-se o conjunto união A  B = { xI x  A ou x  B}.

Por exemplo, se A = {3, 6} e B = {5, 6}, então A  B = {3, 5, 6}.

Percebe-se facilmente que o conjunto união contempla todos os elementos do conjunto


A ou do conjunto B.

Observação:

Este “ou” “da união não é o “ou” de exclusão da linguagem usual “ vamos ao cinema ou
ao teatro”. Ele significa: se x  A  B, então x  A ou x  B ou pertence a ambos, isto é, x 
A  B quando pelo menos uma das afirmações, é verdadeira.

Intersecção

Dados dois conjuntos A = {a, e, i, o, u} e B = {a e u, b}, podemos escrever o conjunto C


formado pelos elementos que pertencem simultaneamente a A e B, ou seja, pelos elementos
comuns a A e B. Assim, C = {a, e, u}
O conjunto C é chamado intersecção de A e B e é indicado por A  B ( lê-se: A
intersecção B, ou simplesmente, A inter B). Assim,

VI
Teoria dos Conjuntos Fundamentos de Matemaá tica
Maria do Carmo Pereira Servidoni
servidonipereira@gmail.com

Por exemplo, se A = {0, 2, 4, 5} e B = {4, 6,7}, então A  B = {4}.


Percebe-se facilmente que o conjunto interseção contempla os elementos que são
comuns aos conjuntos A e B.

Observação: Se A  B = { } , então dizemos que os conjuntos A e B são Disjuntos.

Propriedades da União e Intersecção

1ª A  B = B  A (propriedade comutativa)
A B=B A

2ª (A  B)  C = A  (B  C) (propriedade associativa)
(A  B)  C = A  (B  C)

3º A  (B  C) = (A  B)  (A  C) (propriedade distributiva)
A  (B  C) = (A  B)  (A  C)

Números de elementos da União de conjuntos

Consideremos o conjunto A o conjunto dos números ímpares de 0 a 10, e B o conjunto dos


números primos de 0 a 10. Então, se n(A) representa o número de elementos de A, temos:
A = {1, 3, 5, 7, 9} então n(A) = 5.
B = {2, 3, 5, 7} então n(B) = 4

A  B = {3, 5, 7}  Ø então n(A  B) = 3.


A U B = {1, 2, 3, 5, 7, 9} então n( A U B) = 6

Observe que n (A U B)  n(A) + n(B), pois há três elementos comuns a ambos os conjuntos
[n(A  B) = 3].

Assim:
VII
Teoria dos Conjuntos Fundamentos de Matemaá tica
Maria do Carmo Pereira Servidoni
servidonipereira@gmail.com

6 = 5 + 4 - 3
n(A U B) = n(A) + n(B) - n(A  B)

n(A  B) = n(A) + n(B) - n(A  B)


Então:

Observações:
No caso particular de A  B = Ø, temos: n(A U B) = n(A) + n(B), pois n(A  B) = 0.
O número de elementos de um conjunto é também conhecido com a cardinalidade do conjunto.

Exercícios resolvidos

1. Numa pesquisa com jovens, foram feitas as seguintes perguntas para que
respondessem sim ou não: Gosta de música? Gosta de esportes? Responderam sim à
primeira pergunta 90 jovens; 70 responderam sim à segunda; 25 responderam sim a
ambas. Quantos jovens foram entrevistados?
Resolução:
A: Conjunto dos que gostam de música  n(A) = 90.
B: Conjunto dos que gostam de esporte  n(B) = 70.
A  B: conjunto dos que gostam de ambos  n  (A  B ) = 25
A – (A  B): conjunto dos que só gostam de música  90 – 25 = 65
B – (A  B): Conjunto dos que gostam só de esporte  70 -25 = 45
Portanto, o número de entrevistados é:
65 + 25 + 45 + 40 = 175
n(A U B) + 40 = n(A) + n(B) – n(A  B) + 40 = 90 +70 – 25 + 40 = 175

2. Agora estamos em condições de resolver o problema da introdução da aula:


VIII
Teoria dos Conjuntos Fundamentos de Matemaá tica
Maria do Carmo Pereira Servidoni
servidonipereira@gmail.com

Em uma pesquisa realizada com 50 pessoas para saber que esporte elas
apreciam entre futebol, basquete e vôlei, o resultado foi o seguinte: 23 gostam
de futebol, 18 de basquete e 14 de vôlei; 10 gostam de futebol e de basquete; 9
de futebol, 8 de basquete e de vôlei e 5 gostam das três modalidades.
a) Quantas pessoas não gostam de nenhum desses esportes?
b) Quantas pessoas gostam somente de futebol?
c) Quantas pessoas gostam só de basquete?
d) Quantas gostam apenas de vôlei?
e) E quantas não gostam nem de basquete nem de vôlei?
f) Quantas pessoas gostam só de futebol ou só de basquete ou de ambos?
Resolução:
Vamos considerar
F: Conjunto dos que gostam de futebol
B: Conjunto dos que gostam de basquete e
V: Conjunto dos que gostam de vôlei.
Vamos montar o diagrama com a distribuição das quantidades. Devemos começar sempre
com a intersecção dos três, depois com a intersecção de dois e finalmente, com os que
gostam só de um esporte, sempre desconsiderando os já contados.

9
5 5
F B

5
4 5 3

V
Analisando o diagrama, temos:
a) 50 – (5 + 5 + 3 + 4 + 5 +2 + 9) = 17
b) Nove só gostam de futebol.
c) Cinco pessoas só gostam de basquete.
d) Duas pessoas só gostam de vôlei.
IX
Teoria dos Conjuntos Fundamentos de Matemaá tica
Maria do Carmo Pereira Servidoni
servidonipereira@gmail.com

e) Vinte e seis pessoas não gostam nem de basquete nem de vôlei ( 9 que só
gostam de futebol e 17 que não gostam de nenhum dos esportes)
f) 9 + 5 + 10 = 24 ( vinte e quatro pessoas só gostam de futebol ou só de basquete
ou de ambos).
Observação: No caso de três conjuntos, A, B e C, pode-se provar que a fórmula que
indica o número de elementos da União A  B  C é:

n(A  B  C) = n(A) + n(B) + n(C) – n(A  B) – n(A  C) – n(B  C) + n(A  B  C)

Assim:
n(F  B  V) = 23 + 18 + 14 – 10 – 9 – 8 + 5 = 33.

Exercícios de fixação
1. Dados A = {1,2,3,4} e B = {2,4}, escreva com símbolos da teoria dos conjuntos as
seguintes sentenças.

2. Considere os conjuntos A={3,4,5}, B={1,2,4,5} e C={2,5,6}, obtenha os conjuntos:


a) A  B =
b) A  B =
c) A  B  C =
d) B – C =
e) {B  A} – {C  A} =

2. Em uma academia, 200 alunos praticam natação, 250 musculação, 60 fazem as duas
modalidades e 90 não fazem nem natação nem musculação.

a. Quantos alunos fazem somente natação?


b. Quantos alunos não fazem musculação?
c. Quantos alunos têm a academia?

X
Teoria dos Conjuntos Fundamentos de Matemaá tica
Maria do Carmo Pereira Servidoni
servidonipereira@gmail.com

3. Em uma escola que tem 410 alunos, 220 estudam inglês, 160 estudam francês e 50
estudam ambas as línguas. Responda:

d. Quantos alunos fazem somente inglês?


e. Quantos alunos estudam inglês ou francês?
f. Quantos alunos não estudam nenhuma das duas?

4. Considere o diagrama com o número de elementos em cada região:

I – 100 Determine:
II - 30 a) n(A)
III – 80 b) n(C)
IV – 40 c) n(B)
V - 50 d) n( A  B )
VI – 20 e) n(A  C)
VII – 70 f) n(B  C)
g) n(A  B  C)
h) n(A  B  C)

5. Numa comunidade de 1800 pessoas, há três programas de TV favoritos:


Esporte (E), novela (N) e humorístico (H). A tabela seguinte indica quantas pessoas assistem a
esses programas:

Número de
Programas Telespectadores
N 1220
H 1080
EeN 220
NeH 800
EeH 180
E,N e H 100
E 400
Responda:

a) Quantas pessoas da comunidade assistem somente ao programa E?


XI
Teoria dos Conjuntos Fundamentos de Matemaá tica
Maria do Carmo Pereira Servidoni
servidonipereira@gmail.com

b) Quantas pessoas da comunidade assistem dois desses programas?


c) Quantas pessoas da comunidade não assistem nenhum desses programas?

6. Uma pesquisa sobre a preferência de três marcas de televisores M, P e S com


350 entrevistados revelou que:

197 preferem M;
183 preferem P;
210 preferem S;
85 preferem M e P;
92 preferem M e S;
103 preferem P e S;
10 preferem as três marcas

Determine:
a) Quantas pessoas não preferem nenhuma das três marcas?
b) Quantas preferem somente a marca S?
c) Quantas não preferem a marca P?
d) Quantas preferem somente uma marca?

7. Uma pesquisa sobre a preferência dos consumidores por 3 marcas de cerveja


A, B e K revelou que dos 500 entrevistados:
210 preferem a cerveja A
230 preferem a cerveja B
160 preferem a cerveja K
90 preferem A e K
70 preferem B e K
40 preferem A e B
30 gostam das três marcas.
Determine:
a) Quantas preferem somente a cerveja K?
b) Quantas preferem somente a cerveja B?
c) Quantas não gostam da cerveja B?
XII
Teoria dos Conjuntos Fundamentos de Matemaá tica
Maria do Carmo Pereira Servidoni
servidonipereira@gmail.com

d) Quantos entrevistados não preferem nenhuma das 3 marcas?

8. Em uma empresa cujo quadro de funcionários é formado por 420 pessoas, nos
deparamos com a seguinte situação. 240 trabalham no setor A, 356 trabalham no setor B.
Quantos funcionários trabalham tanto no A como no B?

XIII