Você está na página 1de 12

Aula 00 (Prof.

Flávia)

Estudo de Caso p/ TRF 2 (Analista Judiciário - Informática) - Com 5 Correções por aluno

Professores: André Castro, Diego Carvalho, Fábio Alves, Flávia Soares, Leon Sólon da Silva,
Thiago Rodrigues Cavalcanti

00000000000 - DEMO
Curso de Discursivas para TI TRF 2
Profs. Flávia Soares/Diego Carvalho/Thiago Cavalcanti
/André Castro/Fábio Alves / Leon Sólon
Aula 00

AULA 00: CURSO DE DISCURSIVAS para TI – TRF 2

Olá, amigos do Estratégia! Tudo bem? Como vão os estudos?

Como vocês já sabem, a etapa de provas discursivas tem sido


cada vez mais decisiva para a aprovação em concursos. Seja para
conseguir obter a nota mínima para aprovação, ou mesmo para
conseguir uma melhor classificação, o que também pode ser
determinante para a sua convocação.

Diante dessa realidade, em especial na Tecnologia da


Informação, é que nos apresentamos para melhor prepará-lo a
enfrentar esse desafio.

Mas, antes de qualquer coisa, vamos nos apresentar?

Eu sou Flávia Soares Cavalcanti. Sou formada em


Engenharia da Computação pela UFPE e Analista do Banco Central
do Brasil desde 2010. Também fui aprovada nos concursos do
DECEA e do BNDES para a área de TI. Além disso, sou coach e
coordenadora da equipe de Tecnologia da Informação do Estratégia.

Meu nome é André Castro, sou formado em Engenharia de


Redes de Comunicação pela Universidade de Brasília - UnB, pós-
graduado em segurança de redes de computadores e mestrando em
Segurança da Informação. Atualmente, sou Analista de Tecnologia
da Informação pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e
Gestão.

Meu nome é Diego Carvalho. Sou bacharel em Ciência da


00000000000

Computação pela Universidade de Brasília (UnB), pós-graduado em


Gestão de Tecnologia da Informação na Administração Pública e
atualmente Analista de Finanças e Controle da Secretaria do
Tesouro Nacional.

Meu nome é Thiago Cavalcanti. Sou formado em Ciência da


Computação pela UFPE, com mestrado em Engenharia de software
pela mesma universidade. Sou Analista do Banco Central do
Brasil desde 2010. Fui aprovado e convocado nos concursos da
ANAC, BNDES, TCE-RN, DECEA-RJ e INMETRO. Atualmente faço parte
da equipe de professores do Estratégia lecionando as disciplinas de
Banco de Dados e Business Intelligence.

Prof. Flávia Soares www.estrategiaconcursos.com.br 1 de 10

00000000000 - DEMO
Curso de Discursivas para TI TRF 2
Profs. Flávia Soares/Diego Carvalho/Thiago Cavalcanti
/André Castro/Fábio Alves / Leon Sólon
Aula 00

Meu nome é Fábio Alves. Tenho formação na área de TI com


pós-graduação em Gestão de Projetos. Atualmente sou Analista de
Finanças e Controle (AFC) na Controladoria Geral da União – CGU,
onde ingressei através do concurso de 2012. Antes disso, fui Analista
em TI no Ministério do Planejamento, lotado na SLTI - Secretaria de
Logística e Tecnologia da Informação, onde atuei na Coordenação de
Gestão e Governança de TI e posteriormente, com exercício
descentralizado, fui coordenador do escritório de projetos de
desenvolvimento de sistemas do Ministério da Educação (MEC). Além
disso, sou professor na ENAP - Escola Nacional de Administração
Pública onde ministro aulas de Gestão de Contratos de TI e Gestão de
Projetos.

Eu sou o Leon Solon, bacharel em Ciência da Computação pela


Universidade de Brasília (UnB), Mestre em Computação Aplicada
também pela UnB e com MBA em Gerência de Projetos de Tecnologia
pela Unieuro. Aprovado nos concursos: Auditor-Fiscal da RFB em
2005 (cargo atual), Analista de Informática Legislativa da Câmara
dos Deputados em 2007, Técnico em Informática do TST em 2005,
Técnico em Informática do MPU em 2004 e Analista de Sistema do
Serpro em 2004.

Já que nós seis fomos apresentados, vamos à proposta do


curso!

Eu (Flávia), sou a coordenadora deste curso e escreverei a aula


demonstrativa para vocês. O Diego, o Thiago, o Fábio, o André e o
Leon, especialistas em Tecnologia da Informação, serão os
responsáveis pela apresentação dos temas e pela correção das
redações. Todos são “feras”, tarimbados em concursos públicos de
TI, e trabalharão em cima dos temas que lecionam (e mais
dominam!). 00000000000

Vejam só: o objetivo do curso não é apresentar todo o


conteúdo de Tecnologia da Informação. Também não pretendemos
ensinar-lhes técnicas de redação. Para isso, indicamos os
excelentes professores de Português do Estratégia.

Mas qual será a metodologia do curso?

1) O curso terá 5 (cinco) aulas além da


demonstrativa! Em cada uma das aulas,
apresentaremos pelo menos 4 questões
discursivas comentadas envolvendo temas de

Prof. Flávia Soares www.estrategiaconcursos.com.br 2 de 10

00000000000 - DEMO
Curso de Discursivas para TI TRF 2
Profs. Flávia Soares/Diego Carvalho/Thiago Cavalcanti
/André Castro/Fábio Alves / Leon Sólon
Aula 00

Tecnologia da Informação.

2) Todas as questões discursivas serão


comentadas, sendo apresentados o maior
número possível de argumentos teóricos que
permitam ao aluno resolvê-la. Ainda,
apresentaremos as propostas de solução para
cada redação.

3) As questões serão selecionadas com foco na


banca Consulplan, assim como as sugestões de
respostas serão baseadas no padrão cobrado
pela banca.

4) O objetivo é simular um ambiente de prova e


permitir que vocês tenham inúmeras questões
para treinar.

5) Em cada aula haverá duas questões propostas


para resolução. O aluno poderá escolher 1
(uma) questão de cada matéria para ser
corrigida. Lembramos que serão várias
questões sugeridas nas aulas, de acordo com
cada especialista, mas o aluno somente poderá
enviar cinco redações para correção.

6) As redações serão enviadas (e devolvidas, com a


devida correção) pela plataforma do site, na
Área do Aluno.

6) O número de alunos matriculados no curso é


limitado a 20 alunos, a fim de que preservemos a
qualidade das correções.
00000000000

Vejamos, agora, como será o cronograma do curso!

Aula 00 - Aula demonstrativa

Aula 01 - Sugestões de Temas de Engenharia de


Software – 16/01/2017

Prof. Flávia Soares www.estrategiaconcursos.com.br 3 de 10

00000000000 - DEMO
Curso de Discursivas para TI TRF 2
Profs. Flávia Soares/Diego Carvalho/Thiago Cavalcanti
/André Castro/Fábio Alves / Leon Sólon
Aula 00

Aula 02 - Sugestões de Temas de Discursivas de


Bancos de Dados - 22/01/2017

Aula 03 - Sugestões de Temas de Discursivas de


Redes e Segurança da Informação –
28/01/2017

Aula 04 - Sugestões de Temas de Discursivas de


Gestão e Governança de TI – 03/02/2017

Aula 05 - Sugestões de Temas de


Desenvolvimento de sistemas – 09/02/2017

Prazo de envio das redações para correção


pelos alunos: 17/02/2017

Prazo de devolução das redações corrigidas:


28/02/2017

Ainda sobre os procedimentos do curso, é importante


destacarmos que os alunos deverão enviar as redações
digitadas no formato Word (.doc ou .docx). É importante,
também, que o aluno se identifique no cabeçalho da redação,
apresentando as seguintes informações (nome, CPF e e-mail).
Ao corrigirmos as redações, faremos as observações no próprio corpo
do documento que vocês tiverem nos enviado, o que também é
didaticamente muito melhor.
00000000000

Para que possamos atingir o nosso objetivo da melhor maneira


possível, contamos com sua colaboração, ok? Precisamos que vocês
tenham dedicação e força de vontade para vencermos juntos esse
percurso rumo à aprovação!

É importantíssimo fazermos também algumas outras


considerações sobre a prova discursiva:

1) Segundo o edital do TRF 2 2016, a Prova de Estudo de Casos,


para o cargo de Analista Judiciário – Especialidade Informática
(Desenvolvimento/Infraestrutura) será aplicada para todos os
candidatos no mesmo dia e horário das Provas Objetivas.

Prof. Flávia Soares www.estrategiaconcursos.com.br 4 de 10

00000000000 - DEMO
Curso de Discursivas para TI TRF 2
Profs. Flávia Soares/Diego Carvalho/Thiago Cavalcanti
/André Castro/Fábio Alves / Leon Sólon
Aula 00

2) Será corrigida a de Estudo de Casos dos candidatos


habilitados e mais bem classificados nas Provas
Objetivas (Conhecimentos Gerais e Conhecimentos
Específicos) até o limite estabelecido no quadro a seguir,
considerando os empates na última posição.
a. Serão corrigidas as Provas de Estudo de Casos de todos
os candidatos inscritos na condição de pessoa com
deficiência, desde que habilitados nas Provas Objetivas.

3) A Prova de Estudo de Casos destinar-se-á a avaliar o domínio


do conteúdo dos temas abordados, a experiência prévia do
candidato e sua adequabilidade quanto às atribuições do
cargo/área/especialidade.
4) A Prova de Estudo de Casos constará de 3 (três) questões
práticas, para as quais o candidato deverá apresentar por
escrito as soluções. Os temas versarão sobre conteúdo
pertinente a conhecimentos específicos adequados às
atribuições do cargo/área/especialidade para o qual o candidato
se inscreveu.
5) A Prova de Estudo de Casos terá caráter habilitatório e
00000000000

classificatório. Cada uma das questões será avaliada na


escala de 0 (zero) a 10 (dez) pontos, considerando-se
habilitado o candidato que tiver obtido no conjunto das três
questões média igual ou superior a 18 (dezoito) pontos.
6) Na Prova de Estudo de Casos deverá ser observado o limite
máximo de 15 (quinze) linhas para cada resposta às
questões propostas.
7) Para efeito de avaliação de cada questão da Prova de Estudo de
Casos serão considerados os seguintes elementos de avaliação:

Prof. Flávia Soares www.estrategiaconcursos.com.br 5 de 10

00000000000 - DEMO
Curso de Discursivas para TI TRF 2
Profs. Flávia Soares/Diego Carvalho/Thiago Cavalcanti
/André Castro/Fábio Alves / Leon Sólon
Aula 00

8) O candidato não habilitado na Prova de Estudo de Casos será


excluído do Concurso.
Por tudo isso, amigos, não desprezem a prova discursiva!
Comecem a estudar desde já! Ela pode ser a grande diferença entre
você ser ou não aprovado. Não restam dúvidas: vocês precisam
estar bem preparados para escrever no dia da prova, o que
somente se consegue com bastante treinamento! E é
exatamente nisso que pretendemos ajudá-los, ok?
Para que vocês tenham uma ideia de como nosso curso será
realizado, apresentamos abaixo uma questão discursiva da banca
FCC, aplicada no concurso do TRF2. Vale salientar que os
professores irão procurar resolver e comentar questões da banca
Consulplan. Caso não haja um número suficiente de questões da
banca, eles também apresentarão questões da FCC, banca que
organizou o último concurso deste órgão.
Agora sim, vamos à questão!

(FCC – TRF2 - 2012) - Um Técnico de Informática foi recém


contratado para a equipe de TI da empresa ATX Comércio de
Equipamentos de Informática. Seu primeiro trabalho foi
acompanhar a modelagem do banco de dados do sistema de
vendas da empresa, mostrado a seguir:
00000000000

Prof. Flávia Soares www.estrategiaconcursos.com.br 6 de 10

00000000000 - DEMO
Curso de Discursivas para TI TRF 2
Profs. Flávia Soares/Diego Carvalho/Thiago Cavalcanti
/André Castro/Fábio Alves / Leon Sólon
Aula 00

Após concluir a primeira versão do modelo, o gerente de


TI passou as seguintes informações:

Os atributos id são do tipo inteiro, não nulos e, quando


forem chave primária simples, incrementados
automaticamente.

Em todas as relações 1 para N será necessário propagar


as atualizações em campos relacionados, ou seja, ao alterar o
campo chave primária do lado 1, automaticamente será
alterado o campo chave estrangeira do lado N.
00000000000

Na relação entre as entidades NOTAFISCAL e


ITEMNOTAFISCAL, é necessário propagar também a exclusão
de campos relacionados, ou seja, se uma Nota Fiscal for
excluída, também serão excluídos todos os itens dessa Nota
Fiscal.

Pede-se escrever as instruções SQL necessárias para


gerar as tabelas NOTAFISCAL e ITEMNOTAFISCAL, nessa
ordem. Considere a existência de um banco de dados aberto
chamado VENDAS com as demais tabelas do modelo já
criadas. Devem-se considerar os relacionamentos,
cardinalidades, restrições e as informações passadas pelo

Prof. Flávia Soares www.estrategiaconcursos.com.br 7 de 10

00000000000 - DEMO
Curso de Discursivas para TI TRF 2
Profs. Flávia Soares/Diego Carvalho/Thiago Cavalcanti
/André Castro/Fábio Alves / Leon Sólon
Aula 00

gerente de TI. Mantenha a integridade referencial nos


relacionamentos e seja fiel ao modelo.

Comentários:

Esse é um tipo de questão objetiva que requer conhecimento


prático do aluno acerca do tema abordado. As três questões que
serão cobradas na segunda fase do concurso deverão seguir esse
estilo, por ser uma prova do tipo Estudo de Caso.

Você deve respondê-la de maneira legível, organizada, sem


rasuras, respeitando as margens e os parágrafos. Deve
observar também o aspecto estrutural e a organização das ideias de
modo a escrever um texto claro que responda ao que o examinador
está perguntando.

Irei comentar agora sobre o que foi solicitado na questão e o


que devemos considerar para respondê-la corretamente. Vamos lá?!

Essa questão é muito interessante do ponto de vista de Banco


de Dados, pois ela pede sejam escritos comandos SQL a fim de criar
as duas tabelas solicitadas. Observem as peculiaridades descritas no
enunciado, pois elas irão definir o script SQL que devemos escrever.

A dica é analisar o texto grifando as partes que podem refletir


nas cláusulas complementares da sintaxe do comando CREATE
TABLE, ou seja, as que não são obrigatórias. Vejamos, então, quais
seriam eles.

Primeiramente percebemos que os atributos chave são inteiros


e devem estar presentes no comando. Observem que para a tabela
NOTAFISCAL a chave primária é simples e pode ser implementada
00000000000

por meio da palavra chave PRIMARY KEY ao lado do respectivo


atributo.

A tabela ITEMNOTAFISCAL tem uma chave primária


composta, assim, devemos descrever uma constraint ao final da
definição dos atributos para a criação correta da restrição de
integridade.

Seguindo a leitura do enunciado temos outra requisição


explícita: a necessidade de propagação das atualizações
referentes a chaves estrangeiras. Utilizamos para isso a cláusula
ON UPDATE CASCADE, que vai propagar essa atualização para as
tabelas que referenciam os atributos. Outra solicitação é a

Prof. Flávia Soares www.estrategiaconcursos.com.br 8 de 10

00000000000 - DEMO
Curso de Discursivas para TI TRF 2
Profs. Flávia Soares/Diego Carvalho/Thiago Cavalcanti
/André Castro/Fábio Alves / Leon Sólon
Aula 00

propagação das deleções feitas na tabela mãe, portanto os


ITEMNOTAFISCAL serão excluídos quando a acontecer a deleção de
uma NOTAFISCAL.

Mas professora, se na hora eu esquecer algum detalhe da


sintaxe de SQL, o que faço?

Muita calma nessa hora! Se você escrever TUDO ERRADO, vai


zerar o item. Mas se não escrever, também zera. Em termos práticos,
vale a pena escrever alguma coisa, porque, se algo estiver
relacionado ao que a banca pede, você pode ganhar alguns
pontos. Escreva o que você sabe e a ideia que você teve para
resolver o problema, pois o seu raciocínio poderá ser levado em
consideração, mesmo cometendo algum erro de sintaxe.

Veja que, diante de algumas ideias gerais, é possível escrever


uma resposta que garantirá uma pontuação considerável na prova. E,
claro, estou partindo do princípio de que estamos possuindo uma
grande dificuldade para escrever sobre o assunto.

Agora, vejamos uma proposta de solução “gabarito”:

PROPOSTA DE SOLUÇÃO:

De posse das informações acima podemos construir os


seguintes comandos para a criação das tabelas.

CREATE TABLE NOTAFISCAL


(
idNOTAFISCAL INTEGER PRIMARY KEY,
idCLIENTE INTEGER,
idVENDEDOR INTEGER, 00000000000

dataEmissaoNOTAFISCAL INTERGER,
CONSTRAINT fk_idCLIENTE FOREIGN KEY (idCLIENTE)
REFERENCES CLIENTE(idCLIENTE),
CONSTRAINT fk_idVENDEDOR FOREIGN KEY (idVENDEDOR)
REFERENCES VENDEDOR(idVENDEDOR)
);

CREATE TABLE ITEMNOTAFISCAL


(
idITEMNOTAFISCAL INTEGER,
idNOTAFISCAL INTEGER,
idPRODUTO INTEGER,
quantidadeITEMNOTAFISCAL DOUBLE,

Prof. Flávia Soares www.estrategiaconcursos.com.br 9 de 10

00000000000 - DEMO
Curso de Discursivas para TI TRF 2
Profs. Flávia Soares/Diego Carvalho/Thiago Cavalcanti
/André Castro/Fábio Alves / Leon Sólon
Aula 00

CONSTRAINT pk_ITEMNOTAFISCAL PRIMARY KEY


(idITEMNOTAFISCAL, idNOTAFISCAL),
CONSTRAINT fk_idNOTAFISCAL FOREIGN KEY
(idNOTAFISCAL)
REFERENCES NOTAFISCAL(idNOTAFISCAL) ON DELETE
CASCADE ON UPDATE CASCADE,
CONSTRAINT fk_idPRODUTO FOREIGN KEY (idPRODUTO)
REFERENCES PRODUTO(idPRODUTO)
);

Vejam que atendemos às solicitações do enunciado e nos


mantivemos fiéis aos termos do modelo.

Bem, pessoal, por hoje é só! Esperamos vocês na nossa


próxima aula! Será um prazer tê-los conosco nessa caminhada rumo
à aprovação. A caminhada será árdua! Mas nós vamos chegar lá! 

Um abraço,

Flávia Soares

Diego Carvalho

Thiago Cavalcanti

André Castro

Fábio Alves

Leon Sólon

00000000000

Prof. Flávia Soares www.estrategiaconcursos.com.br 10 de 10

00000000000 - DEMO