Você está na página 1de 2

OBRAS DE GRACILIANO RAMOS

1. Os livros mais importantes, publicados em vida ou


póstumos:

 Caetés (1933)
 Caetés ed. especial 80 anos (2013)
 S. Bernardo (1934)
 Angústia (1936) FEIRA LITERÁRIA DO POETA
 Angústia ed. especial 75 anos (2011)
 Vidas Secas (1938) OUTROS TEXTOS
 Vidas Secas ed. especial 70 anos (2008)
CLARICE DIAS DE CASTRO
A seca nordestina é retratada por
 Vidas Secas em quadrinhos (2015) diversos autores, tais como: Rachel de
 Infância (1945)
 Insônia (1947)
Queiroz, Euclides da Cunha, José de
 Memórias do Cárcere (1953) Alencar, João Guimarães Rosa, Ariano
 Viagem (1954) Suassuna.
 Linhas Tortas (1962)
A poesia de cordel uma das principais
 Viventes das Alagoas (1962)
 Garranchos (2012) características da cultura nordestina, tem em
 Cangaços (2014) Antônio Gonçalves da Silva, o Patativa do
 Conversas (2014) Assaré, seu principal representante.
2. Os livros infanto-juvenis: Na música, “O Rei do Baião”, Luiz
 A Terra dos Meninos Pelados (1939) Gonzaga, também retrata bem o cotidiano do
 Histórias de Alexandre (1944) povo nordestino.
 Alexandre e Outros Heróis (1962) Vale a pena conferir!
 O Estribo de Prata (1984)
 Minsk (2013)
3. Os livros de correspondência:
 Cartas (1980)
 Cartas de Amor a Heloísa (1992)
4. Duas coletâneas de contos:

 Dois Dedos (1945)


 Histórias Incompletas (1946)
5. Um romance produzido coletivamente:

 Brandão entre o Mar e o Amor (1942) Referências:


Graciliano Ramos
6. Duas traduções: https://www.ebiografia.com/graciliano_ramos/
http://graciliano.com.br/site/obras/
 Memórias de um Negro (1940) de Booker T. https://www.stoodi.com.br/blog/2016/04/01/vidas-secas- Castro Alves – Ba
Washington resumo-da-obra-de-graciliano-ramos/ 2018
 A Peste (1950) de Albert Camus
BIOGRAFIA DE GRACILIANO RAMOS RESUMO DO ROMANCE “VIDAS SECAS” Fabiano e sua família, procuram algum
Graciliano Ramos (1892-1953) foi lugar para morar. Encontram uma casa
um escritor brasileiro. O romance abandonada e se abrigam no local. A chuva
"Vidas secas" foi sua obra de maior vem e o dono das terras também. Ele faz um
destaque. acordo com Fabiano para ele trabalhar no local
Suas obras embora tratam de problemas sociais do em troca de abrigo.
Nordeste brasileiro, apresentam uma visão crítica das
relações humanas, que as tornam de interesse universal. O patrão possuía um armazém que vendia
Seus trabalhos "Vidas secas", "São Bernardo" e os alimentos para a família – vale destacar que
"Memórias do Cárcere", foram levados para o cinema. Escrito no ano de 1938, o romance “Vidas os custos eram abusivos. As compras eram
secas”, retrata a seca nordestina e a necessidade anotadas numa caderneta e, com o tempo, os
Graciliano Ramos (1892-1953) nasceu na cidade de
Quebrângulo, Alagoas, no dia 27 de outubro de 1892. Era constante de migração. números pareciam se modificar. Quando
o primogênito de quinze filhos, de uma família de classe Fabiano questiona o dono da fazenda, ele o
média do sertão nordestino. Fez seus estudos secundários
Tem como personagens principais:
ameaça de demissão. Assim, Fabiano aceita os
em Maceió. Não cursou nenhuma faculdade. abusos e se desculpa por perguntar.
Baleia: cadela da família, tratada como gente,
Em 1910 foi com a família morar em Palmeira dos muito querida pelas crianças. O chefe da família vivia passando por
Índios, Alagoas, onde seu pai abriu um pequeno comércio.
Em 1914 foi para o Rio de Janeiro trabalhar como revisor Sinhá Vitória: mulher de Fabiano, sofrida, situações revoltantes (como uma prisão injusta
dos jornais Correio da Manhã e A Tarde. Voltou para a mãe de dois filhos, lutadora e inconformada com que sofreu) e não podia reclamar de nada,
cidade de Palmeira dos Índios onde trabalhou com o pai, a miséria em que vivem, trabalha muito na vida. guardando todo aquele sentimento para si por
no comércio e em 1927 foi eleito prefeito da cidade, conta de sua realidade financeira.
assumindo o cargo em 1928. Fabiano: nordestino pobre, ignorante que
No fim, a família acaba fugindo mais uma
Graciliano Ramos estreou na literatura em 1933 com desesperadamente procura trabalho, bebe muito e
vez, tentando escapar da seca e da perseguição
o romance "Caetés". Nessa época mantinha contato com perde dinheiro no jogo.
José Lins do Rego. do patrão.
Filhos: no livro eles ganham os nomes Durante a narrativa, o autor utiliza algumas
Em 1936 publicou o romance "Angústia". Nesse
mesmo ano, no cargo de Diretor da Imprensa Oficial e da “Menino mais velho” e “Menino mais novo”. São metáforas. Ele destaca o gosto da família por
Instrução Pública do Estado de Alagoas, foi preso sob crianças de família pobres sofridas e que não têm Baleia, a cadela, que é tratada como gente.
acusação de participar do movimento de esquerda. Após noção da própria miséria.
sofrer humilhações e percorrer vários presídios, foi
libertado em janeiro de 1937. Soldado Amarelo: quem prendeu Fabiano
O romance "Vidas secas", escrito em 1938 é a sua injustamente.
obra mais importante. Tal obra lhe rendeu o Prêmio da
Patrão: donos das terras, acabou contratando
Fundação William Faulkner, dos Estados Unidos.
Fabiano para trabalhar em sua fazenda. Ele era
Graciliano Ramos faleceu no Rio de Janeiro, no dia 20 desonesto e explorava o chefe da família.
de março de 1953

Você também pode gostar