Você está na página 1de 4

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO,

CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAPÁ


CÂMPUS LARANJAL DO JARI

Curso: Agronegócio
Disciplina: Física aplicada
Professor: Carlos Guedes

Galileu Galilei
Galileu Galilei foi um importante astrônomo, físico e matemático italiano. Ele
é considerado um marco da revolução científica nas áreas da física e da astronomia.
Os estudos de Galileu foram fundamentais para o desenvolvimento da mecânica
movimento dos corpos) e a descoberta sobre os planetas e os satélites. Fundador da
Ciência Moderna e Pai da Física Matemática, uma de suas relevantes contribuições
reside, propriamente, na criação do método científico.

Galileu Galilei
Galileu Galilei (em italiano Galileo Galilei) nasceu na cidade de Pisa, Itália, no
dia 15 de fevereiro de 1564. Passou grande parte de sua vida em sua cidade natal.
Com 10 anos de idade foi estudar no Monastério de Santa Maria de Vallombrosa,
donde destacou-se por ser um aluno exemplar. Posteriormente, já com 18 anos, seu
pai resolve matriculá-lo na Universidade de Pisa, no curso de Medicina. Contra
vontade do pai, abandonou o curso em 1585 e resolveu se dedicar aos estudos da
matemática clássica. Contudo, desde cedo Galileu esteve interessado nos fenômenos
astronômicos e nos cálculos matemáticos, os quais o tornaram um dos mais
importantes cientistas do século XVI.
Suas teorias serviram de apoio e inspiração às ideias posteriores de Isaac
Newton. Podemos citar as três Leis dos Movimentos dos Corpos (princípios da inércia,
dinâmica, ação e reação) e a Lei da Gravitação Universal. Diante de seu notório
brilhantismo, em 1588 foi indicado para ocupar a Cátedra de Matemática na
Universidade de Pisa.
Quatro anos mais tarde, em 1592, foi nomeado professor da Cátedra de
Matemática na Universidade de Pádua, e ali permaneceu 18 anos. Viajou para
Veneza, Roma e Florença a fim de aprofundar seus estudos bem como divulgar suas
ideias. Entretanto, considerado um herege pelo Tribunal da Santa Inquisição, foi
acusado e perseguido pela Igreja Católica que o fez negar suas teorias. Foi
condenado à prisão domiciliar, pelo resto da vida.
Morreu cego, na cidade de Florença, no dia 08 de janeiro de 1642 no mesmo
ano em que nasceu Isaac Newton. Em 1992, o Papa João Paulo II absolveu Galileu,
reconhecendo que a igreja tinha cometido um erro ao condená-lo.
Adotando novas maneiras de abordar os fenômenos, o cientista italiano fez
descobertas fundamentais no campo da física e da astronomia, revolucionando a
ciência de sua época. Galileu, considerado o primeiro gênio da ciência moderna,
valorizou a técnica, a experimentação e a descrição do que se passa no mundo. Em
vez de procurar o porquê das coisas, interessou-se em saber como os fenômenos
acontecem, descrevendo-os quantitativamente, procurando e descobrindo as
relações entre eles.
Galileu mostrou que a natureza é um conjunto de fenômenos mecânicos e
advertiu que é preciso aprender a ler “o grande livro da Natureza”, escrito em
caracteres matemáticos. Logo de início afastou as ideias de aristotélicas dos corpos
leves e corpos pesados que tenderiam aos seus lugares naturais. Como explicar,
perguntava ele, que um barco flutua na água se é um corpo pesado e, como tal, seu
lugar natural seria o centro da terra e sua tendência natural seria cair? Por meio de
experiências e brilhante argumentação, Galileu contestou as teorias de Aristóteles,
defendidas ardentemente pela Igreja Católica.
Foi Galileu quem estabeleceu a lei da queda dos corpos, afirmando que,
quando um corpo está caindo livremente, sua aceleração é constante e é a mesma
para todos os corpos, leves ou pesados, grandes ou pequenos. Segundo a lenda, ele
teria realizado uma demonstração pública desse fato, abandonando simultaneamente
vários corpos do alto da Torre de Pisa e verificando que chegavam juntos ao solo.
Sabes-se que Galileu realizou experimentos utilizando planos inclinados, fazendo
rolar esferas de pesos diferentes e materiais diferentes. As esferas adquirem
velocidades bem menores do que em queda vertical, tornando o movimento mais lento
e facilitando a sua análise.
As observações e descobertas astronômicas realizadas por Galileu, utilizando
um telescópio, levaram-no a concluir que, ao contrário do que se pensava, os astros
não são constituídos por substâncias diferentes das que formam as coisas de nosso
mundo, e que, longe de serem perfeitos, apresentam manchas, como o Sol, e
rugosidades, como a Lua. Galileu foi ardente defensor do sistema heliocêntrico
proposto por Copérnico, segundo o qual os planetas, inclusive a Terra, giram em torno
do Sol.
Por suas ideias revolucionárias e seu espírito rebelde, Galileu foi perseguido
e condenado pela Inquisição. Foi obrigado a abjurar publicamente suas teorias,
negando inclusive que a Terra se movesse no espaço. Galileu foi condenado à prisão
domiciliar pelo resto de sua vida. O mito de que, após a sua abjuração, o genial
cientista teria murmurado, referindo-se à Terra: “Eppur si muove” (“No entanto se
move”) reforça a ideia de que Galileu jamais abandonou suas teorias.
Em 1992, três séculos depois de ser condenado pela Inquisição, Galileu foi
absolvido das acusações pelo papa João Paulo II.

Invenções de Galileu
Além de filósofo, professor, físico e astrônomo, Galileu foi um inventor. Suas
criações o auxiliaram no aprofundamento de teorias sobre o movimento dos corpos, a
inércia e os astros. Como exemplo, podemos citar: o relógio de pêndulo, o binóculo, o
telescópio astronômico, a balança hidrostática, o compasso geométrico, uma régua
calculadora.

Galileu aprimorou o telescópio, tornando-o um instrumento para observações astronômicas.

Principais Ideias e Descobertas


Defensor do Heliocentrismo de Nicolau Copérnico (1473-1543), Galileu
refutou as ideias de Aristóteles (384 a.C. - 322 a. C), uma vez que acreditava que a
terra não estava no centro do universo (Geocentrismo). Além disso, em 1589, publica
um texto que discorda do teoria proposta pelo filósofo grego sobre o peso dos corpos
em queda livre. Dessa maneira, demostrou que a velocidade da queda independe do
peso dos corpos. Tentou medir a velocidade da luz, mas os equipamentos usados não
foram capazes de fazer tal medição.
Ao tomar conhecimento de um instrumento que permitia ver objetos à longas
distâncias, construiu seu próprio telescópio. Conseguiu aperfeiçoar o equipamento,
chegando a um aumento de 30 vezes, o que lhe permitiu fazer inúmeras observações
dos corpos celestes. Entre suas descobertas astronômicas destacam-se o relevo da
Lua, a composição estelar da Via Láctea, os Satélites de Júpiter e as fases de Vênus.

Atividade

1. Formem grupos de 4 alunos e construam 12 questões e suas respectivas


respostas sobre o texto acima.