Você está na página 1de 9

LIGAÇÕES QUÍMICAS (parte I)

Tipos gerais:
1. Ligação iônica: transferência de elétrons entre átomos, que
permanecem unidos por forças eletrostáticas entre os íons de
cargas opostas.
2. Ligação covalente: compartilhamento de elétrons entre
átomos.
3. Ligação metálica: vários átomos ligados entre si, os elétrons
ligantes estão livres e movimentam-se pela estrutura
tridimensional do metal.

™Representação de Lewis
- elétrons de valência
- símbolo de Lewis: os elétrons são colocados nos quatro lados
ao redor do símbolo do elemento**

™Regra do Octeto

9 Gases nobres apresentam elevada estabilidade: 8 elétrons


no nível de valência (exceto He) Æ subníveis s e p completos
) Os elementos representativos da Tabela Periódica tendem a
ganhar, perder ou compartilhar elétrons para atingir a
configuração do gás nobre mais próximo.
1. Ligação Iônica:
-
NaCl Æ sal iônico, formado por íons Na+ e Cl

reação entre o sódio e o cloro:


Na(s) + ½Cl2(g) → NaCl(s) ΔHºf = - 410,9 kJ/mol

Reação exotérmica: maior estabilidade do NaCl em relação aos


seus elementos formadores
+
9 Na tem a configuração eletrônica do Ne
-
9 Cl tem a configuração do Ar
¾ O sal formado apresenta estrutura regular estável**
-
─ cada íon Na+ é circundado por 6 íons Cl
-
─ cada íon Cl é circundado por seis íons Na+
™ Energia na formação de Ligação Iônica

Entalpia de formação = é a energia envolvida na formação de


uma substância a partir de substâncias elementares (ΔHºf)
9 ΔHºf substâncias iônicas = liberação de energia (ΔHºf < 0)
¾ Etapas de formação:
1 – ionização do átomo metálico (endotérmico)
+
Na(g) Æ Na (g) I1 = 496 kJ/mol
2 – formação do ânion do não-metal: geralmente exotérmico
- -
Cl(g) + e Æ Cl (g) ΔE = Ea = - 349 kJ/mol
3 – formação da ligação iônica: Na(g) + Cl(g) Æ NaCl (s)
ΔE = 496 + (- 349) = +147 kJ/mol (endo)??
) A estabilidade de compostos iônicos ocorre em virtude da
atração entre íons de cargas opostas, que leva à formação do
arranjo regular estável (rede)**
) Energia de rede: é a energia necessária para separar
completamente um mol de um composto sólido iônico em
seus íons gasosos.
NaCl(s) → Na+(g) + Cl-(g) ΔHrede = +788 kJ/mol
• A formação de uma rede cristalina a partir dos íons na fase
gasosa é exotérmica:
Na+(g) + Cl-(g) → NaCl(s) ΔH = -788 kJ/mol
‘ A energia liberada pela aproximação das cargas opostas
sobrepõe a energia de ionização
‘ Energia de rede: depende das cargas e tamanhos dos íons

Q1Q2 k = 8,99 x 109 J m/C2


El = κ Q1 , Q2 = cargas
d d = distância
™Ciclo de Born-Haber:
A energia de rede pode ser calculada através de valores
experimentais envolvidos nas suas etapas de formação.
9 Ciclo termoquímico
9 Considera duas rotas: direta e indireta (5 etapas)

Rota direta:
Na(s) + ½ Cl2(g) Æ NaCl(s) ΔHºf = - 411 kJ/mol

Rota indireta:
1. vaporização do metal: Na(s) Æ Na(g) ΔHºf = 107,8 kJ/mol
2. formação de átomos de cloro: ½ Cl2(g) Æ Cl(g) ΔHºf = 120 kJ
3. ionização de Na(g): Na(g) Æ Na+(g) I1 = 496 kJ
-
4. adição de elétron ao Cl(g): Cl(g) Æ Cl (g) ΔH = Ea = -349kJ
5. combinação dos íons gasosos e formação de NaCl sólido:
Na+(g) + Cl-(g) → NaCl(s) (ΔH = -ΔHrede)
) A variação total de energia nos processos direto e indireto
pode ser igualada:
ΔHºf [NaCl(s)] = ΔHºf[Na(g)] + ΔHºf[Cl(g)] + I1 (Na) + Ea (Cl) -ΔHrede

9 Para determinar a energia de rede (ΔHrede):

ΔHrede = ΔHºf[Na(g)] + ΔHºf[Cl(g)] + I1 (Na) + Ea (Cl) - ΔHºf [NaCl(s)]


¾ O arranjo tridimensional rígido dos íons e as forças de atração
eletrostáticas conferem propriedades físicas aos compostos iônicos:
- elevado ponto de fusão
- condutividade elétrica
- aspecto cristalino
- quebradiços

™Íons de elementos representativos:

9 ionização do sódio:
Na: 1s2 2s2 2p6 3s1 = [Ne] 3s1
Na+: [Ne]
) Energia de rede aumenta com a carga, mas a I2 será maior
) Válido para todos os elementos 1A
) As configurações eletrônicas podem prever a formação de íon
estável:
Mg: [Ne]3s2
Mg+: [Ne]3s1 não estável
2+
Mg : [Ne] estável
9 Adição de elétrons a não-metais: favorecido até a estabilidade
Cl: [Ne]3s23p5
-
Cl : [Ne]3s23p6 = [Ar] estável

¾ Grupos 1A, 2A, 3A Æ cargas 1+, 2+, 3+


¾ Grupos 5A, 6A, 7A Æ cargas 3-, 2-, 1-
¾ Grupo 4A Æ C, Si, Ge = muito raro em ligações iônicas
Sn, Pb: formam Sn2+, Pb2+ = caráter metálico
¾ Íons de metais de transição:
• As energias de rede compensam a perda de até três elétrons.
• os elétrons são removidos em ordem decrescente de n
Ex.: Fe: [Ar] 3d6 4s2; Fe2+: [Ar] 3d6; Fe3+: [Ar] 3d5

Geralmente não formam íons com configuração de gás nobre:


Ex.: Ag: [Kr] 4d10 5s1 Æ Ag+: [Kr] 4d10
Au: [Xe]4f14 5d10 6s1 Æ Au+: [Xe]4f14 5d10
Cu: [Ar] 3d10 4s1 Æ Cu+: [Ar] 3d10

¾ Íons poliatômicos:

• são formados quando há uma carga global em um composto


contendo ligações covalentes. Ex.: SO42-, NO3-

™ NOMENCLATURA DE COMPOSTOS INORGÂNICOS


Nomeclatura de composto inorgânicos