Você está na página 1de 1

A porta misteriosa

Uma fábula antiga fala sobre o receio de escolher e de ousar. Numa


cidade em guerra, havia um rei que causava espanto. Sempre que fazia
prisioneiros, não matava: levava-os a uma sala onde havia um grupo de
arqueiros de um lado e uma imensa porta de ferro do outro, sobre a
qual viam-se gravadas figuras de caveiras cobertas por sangue. Nessa
sala, ele os fazia enfileirar-se em círculo e dizia, então: “Vocês podem
optar entre morrer flechados por meus arqueiros ou passar por
aquela porta e ficar trancados”. Todos preferiam ser mortos pelos
arqueiros. Ao terminar a guerra, um soldado que por muito tempo
serviu ao rei dirigiu-se ao soberano: – Senhor, posso lhe fazer uma
pergunta? – Diga, soldado. – O que havia por detrás da assustadora
porta? – Vá e veja você mesmo. O soldado, então, abriu vagarosamente
a porta e viu que raios de sol entravam e iluminavam o ambiente... E,
finalmente, ele descobriu, surpreso, que a porta era o início de um
caminho que conduzia à liberdade. O soldado, admirado, apenas olhou
seu rei, que disse: – Eu dava a eles a escolha, mas preferiram morrer a
se arriscar a abrir essa porta. Quantas delas você já deixou de abrir
pelo medo de arriscar?