Você está na página 1de 8

Polietileno de Ultra-Alto

Peso Molecular (PEUAPM)


Ultra High Molecular Weight
Polyethylene (UHMWPE)
UTEC é o nome comercial do Polietileno de Ultra-Alto Peso
Molecular (PEUAPM), desenvolvido e produzido pela Braskem com
seus próprios recursos tecnológicos.
O UTEC tem um peso molecular cerca de 10 vezes superior ao das
resinas de Polietileno de Alta Densidade (PEAD). O Ultra-Alto Peso
Molecular do UTEC resulta em propriedades mecânicas excelentes,
como alta resistência ao desgaste por abrasão, resistência ao
impacto e um baixo coeficiente de fricção. Essas propriedades
especiais permitem que o produto seja usado em várias aplicações
de alto desempenho.
O UTEC é vendido em pó em produtos que variam de acordo
com o peso molecular e o tamanho médio da partícula. O peso
molecular pode ser de faixa baixa (3 milhões g/mol), faixa média (5
Características milhões g/mol) ou faixa alta (7 a 10 milhões g/mol). Os produtos
Characteristics com esses diferentes pesos moleculares estão disponíveis em
partículas de tamanho pequeno (diâmetro médio de 130 µm) ou
grande (diâmetro médio de 190 µm).

Alta resistência ao impacto


High impact strength UTEC is the trade name of the Ultra High Molecular Weight
Polyethylene (UHMWPE) developed and produced by Braskem with
its own technology resources.
UTEC has a molecular weight about 10 times higher than High
Baixo coeficiente de fricção Density Polyethylene (HDPE) resins. The Ultra High Molecular
Low coefficient of friction Weight of UTEC results in excellent mechanical properties such as
high abrasion resistance, impact strength and low coefficient of
friction. These special properties allow the product to be used in
several high performance applications.
Alta resistência à abrasão UTEC is sold in powder form in grades that vary according to the
High abrasion resistance molecular weight and the average particle size. The molecular
weight may be in the low range (3 million g/mol), medium range
(5 million g/mol) or high range (7 to 10 million g/mol). Products
with these different molecular weights are available in small
Resistência química (average diameter around 130 µm) or large particle sizes (average
Chemical resistance diameter around 190 µm).

injeção / injection

sopro / blow

extrusão / extrusion

PEUAPM / UHMWPE

H H Figura 1 – Desenho esquemático comparando polietilenos para moldagem


| | por injeção, sopro e extrusão com uma cadeia polimérica de PEUAPM.
= 100~ C C ~ Figure 1 - Schematic drawing comparing polyethylenes for injection, blow and
| | extrusion molding with UHMWPE polymeric chain.
H H
Resistência ao Impacto Resistência à Abrasão
Impact Strength Abrasion Wear Resistance

O UTEC é a melhor solução devido a sua propriedade de resistência Outra propriedade marcante do UTEC é a resistência ao desgaste
ao impacto, que é notável quando comparada a outros materiais. A por abrasão. Ela faz com que o UTEC seja adequado para
figura 2 compara a resistência ao impacto das resinas commodities substituir metais em aplicações que exijam uma alta resistência
e dos plásticos de engenharia mais importantes com a do UTEC. à abrasão, além disso, as peças de UTEC são mais leves do que
as peças de metal. A figura 4 compara o UTEC com outros
UTEC is the best solution because of its remarkable impact strength materiais usados em aplicações de alta abrasão, como tubos,
property when compared with other materials. Figure 2 compares revestimentos, silos, contêineres e outros equipamentos.
the impact strength of the most important commodities resins and Other outstanding UTEC property is its abrasion wear
engineering plastics with UTEC. resistance. This makes UTEC suitable for replacing metals in
applications that require high abrasion resistance and, besides
Não Fratura
No Break that, UTEC parts are lighter than metal ones. Figure 4 compares
UTEC with other materials used in high wear applications such as
Resistência ao impacto / Impact Strength

1000

800 tubes, liners, silos, containers and other equipment.


600
(J/m)

Alumínio / Aluminum 408


400

Latão / Brass 278


100

CELERON 210
0
PMMA PA 6/6 PPS PET PEAD POM PP ABS PC Aço UTEC
HDPE Steel
PVC 187
Figura 2 – Resistência ao Impacto Izod (ASTM D 256): UTEC em relação a outros materiais.
Fonte: HARPER, CHARLES A. Modern Plastics Handbook. 1999.
Figure 2 – Notched Izod Impact Strength (ASTM D 256): UTEC vs. other materials. Data
Cobre / Copper 155
source: HARPER, CHARLES A. Modern Plastics Handbook. 1999.
Poliacetal / Polyacetal 146

Bronze 136

Policarbonato / Polycarbonate 123

PEAD / HDPE 105


Coeficiente de Fricção Aço SAE 1020 / Steel SAE 1020 100
Coefficient of Friction Aço Inox / Stainless Steel 87

Devido ao seu baixo coeficiente de atrito, UTEC é um material TEFLON 62


excelente para aplicações de deslizamento, apresentando
propriedades autolubrificantes. A figura 3 compara os coeficientes 24
de fricção estático e dinâmico do UTEC com os de outros Figura 4 – Abrasão relativa dos grades de UTEC e de vários outros materiais. AÇO 1020 = 100.
termoplásticos de engenharia. Fica evidente que, mesmo sem As imagens mostram as partes testadas. Avaliado pelo método de cimento e areia da Braskem.

aditivos, o UTEC é a solução mais eficiente, em termos de custo e Figure 4 – Relative abrasion wear of UTEC grades and various materials, STEEL SAE 1020 = 100. The
pictures show the tested parts. Measured by Braskem internal sand-slurry method.
desempenho, para aplicações de deslizamento.

UTEC is an excellent material for sliding applications


(low coefficient of friction), working as a self-lubricating Na tecnologia de PEUAPM, sabe-se que o desgaste por abrasão
material. Figure 3 compares the static and dynamic coefficient of diminui conforme o peso molecular, como pode ser visto na
friction of UTEC with other engineering thermoplastics, where figura 5.
it can be seen that, even without additives, UTEC is still the best In the UHMWPE technology, it is well-known that the abrasion
cost/performance solution for sliding applications. wear decreases with molecular weight as can be seen in figure 5.
110
Coeficiente de Fricção / Coefficient of Friction

Estático/Static Tecnologia UTEC / UTEC Technology


Dinâmico/Dynamic Referência ISO 15527 / ISO 15527 Reference
Índice de Abrasão / Abrasion Index

0.3 100
MELHOR MELHOR
BETTER BETTER
0.2 90

0.1
80

0.0
70
PA6.6

PA6.6/ Vidro
PA6.6/ Glass

PA6.6/ Carbono
PA6.6/ Carbon

PC/ Vidro
PC/ Glass

PBT/ Vidro
PTB/ Glass

PPS/ Vidro
PPS/ Glass

PPS/ Carbono
PPS/ Carbon

Acetal

UTEC
PTFE
PC

PBT

PPS

2.0 (11.3) 3.5 (16.5) 5.0 (21.0) 6.5 (25.0) 8.0 (28.8) 9.5 (32.2)
Peso Molecular* (x 106 g/mol) (Viscosidade Intrínseca (dl/g) - ASTM D 4020)
Molecular Weight* (x 106 g/mol) (Intrinsic Viscosity (dl/g) - ASTM D 4020)
*Calculado pela equação de Margolies / Calculated using Margolies’ equation

Figura 3 – Coeficientes de fricção estáticos e dinâmicos do UTEC e de outros Figura 5 – Índice de Abrasão (Método de lama com areia da Braskem) como função do peso
materiais. Fonte: CRAWFORD, R.J. Plastics Engineering. 3ª edição, 1998. molecular para a tecnologia UTEC, calculado de acordo com a ISO 15527 (Referência ISO = 100).
Figure 3 – Static and Dynamic Coefficient of Friction of UTEC and other materials. Data Figure 5 – Abrasion Index (Braskem internal sand slurry method) as a function of the Molecular
Source: CRAWFORD, R.J. Plastics Engineering. 3ª edição, 1998. Weight for the UTEC technology, measured according to ISO 15527 (ISO reference set as 100).
Resistência Química Estrutura Molecular
Chemical Resistance Molecular Structure
O UTEC é extremamente resistente a uma ampla A estrutura molecular do UTEC exerce um impacto direto sobre
gama de produtos químicos. O material é quase suas propriedades físico-térmicas e sobre o desempenho em
totalmente inerte, o que faz com que seja indicado processo. Existem alguns métodos de caracterização que podem
para uso em praticamente todos os tipos de ser usados para medir o peso molecular dos polímeros. No caso
ambientes agressivos ou corrosivos a temperaturas das resinas de PEUAPM, a viscosidade das soluções diluídas de
moderadas. Mesmo a temperaturas elevadas, polímero é amplamente usada para esse fim.
ele resiste a vários tipos de solvente, exceto os A figura 6 mostra as curvas típicas da DPM (Distribuição de Peso
aromáticos, os hidrocarbonos halogenados e os Molecular) da tecnologia UTEC, medidas pelo método GPC
oxidantes fortes, como o ácido nítrico. (Cromatografia de Permeação a Gel).
Testes de compatibilidade entre uma amostra do
produto e o ambiente químico são fortemente
The UTEC molecular structure has direct impact on its physical-
recomendados para verificar o desempenho
thermal properties and processing performance. There are some
satisfatório da peça, nas mesmas condições, por
characterization methods which can be used to measure the
um período igual ao da vida útil pretendida, a cada
molecular weight of polymers. In the case of UHMWPE resins,
nova aplicação. Mesmo substâncias classificadas com
the viscosity of polymer diluted solutions is widely used for that
ataque ou absorção acentuados frequentemente
purpose.
mostram bons resultados práticos.
Figure 6 shows the typical UTEC technology MWD (Molecular
Weight Distribution) curves measured by GPC (Gel Permeation
Chromatography) method.
UTEC is extremely resistant to a wide variety of
substances. The material is almost totally inert, 1,E+07
UTEC 3040/3041
therefore it is used in the most corrosive or aggressive 9,E+06 UTEC 6540/6541
environments at moderate temperatures. Even at 8,E+06
high temperatures, it is resistant to several solvents, 7,E+06
except aromatic, halogenated hydrocarbons and strong
6,E+06
oxidizing materials, such as nitric acid.
5,E+06
Compatibility tests between a product sample and
4,E+06
the chemical environment are strongly recommended
to verify satisfactory part performance, at the same 3,E+06

conditions, for a period of time equal to the life time 2,E+06

expected, at each new application. Even the substances 1,E+06

classified with high attack or absorption frequently 0,E+00


1,E+04 1,E+05 1,E+06 1,E+07 1,E+08
show good practical results.
Peso Molecular / Molecular Weight (g/mol)
Figura 6 – Curvas de DPM da tecnologia UTEC.
Figure 6 – UTEC Technology MWD curves.

Propriedades Adicionais
Additional Properties

Viscosidade Elongacional x Peso Molecular Tensão de Escoamento x Temperatura


Elongational Viscosity x Molecular Weight Yield Stress x Temperature

Resistência ao Impacto x Temperatura Entalpia Específica x Temperatura


Impact Strength x Temperature Specific Enthalpy x Temperature

Tensão x Deformação Calor Específico x Temperatura


Stress x Strain Specific Heat x Temperature

Para mais informações, visite o nosso portal


For more information, visit our portal

www.braskem.com.br/utec
Processamento Aplicações
Processing Applications
Não é possível processar o UTEC por meio de métodos O UTEC pode ser usado em diferentes aplicações, como:
convencionais como a moldagem por injeção, por sopro
UTEC can be used in several applications such as:
ou por extrusão, já que esse material não apresenta
fluência, nem em temperaturas acima de seu ponto de
fusão. Ele exige técnicas de processamento especiais,
Peças
sendo as mais comuns a extrusão RAM e a moldagem usinadas
por compressão. Esses processos geralmente são usados
Machined
para produzir peças semiacabadas, como tarugos e
parts
placas. O UTEC também pode ser sinterizado em peças
porosas (filtros).
A seguir, essas peças semiacabadas são usinadas em Indústria de
itens que serão utilizados em uma ampla gama de Indústria de papel e celulose
aplicações. É possível empregar as mesmas técnicas mineração Pulp and
Coal and paper industry
de manufatura usadas para madeira ou metal, como a
mining industry
serragem, o fresamento, o planeamento, a perfuração e
o torneamento. Outros processos de conversão podem
ser utilizados. Por meio da calandragem de chapas Indústria Indústria de
porosas finas, são produzidos separadores de bateria automobilística alimentos e bebidas
para a indústria automotiva. Automotive Food and beverage
industry industry

It is not possible to process UTEC through


conventional methods such as injection, blow or
extrusion molding, because this material does not Indústria
flow even at temperatures above its melting point. têxtil
It demands special processing techniques, being Textile Peças porosas
industry e filtros
the most common RAM extrusion and compression
molding. These processes are generally used to Porous parts
Indústria and filters
produce semi-finished parts such as rods and sheets.
química
UTEC can also be sintered into porous parts (filters).
Those semi-finished parts can then be machined into Chemical
Esportes industry
parts for a wide range of applications. It is possible e lazer
to use the same machining techniques as those used
Sport and Tratamento
for wood or metal, such as sawing, milling, planning, leisure de água
drilling and turning. Other conversion processes may
Waste water
be used. By calendering of thin porous sheets battery treatment
separators for the automotive industry are produced.

Nomenclatura
Nomenclature

Segue um exemplo de como é construída a nomenclatura dos


produtos UTEC:
Here is an example of how UTEC products nomenclature is built:

(%)%
Característica especial
Special Characteristic
Peso Molecular 106 g/mol
(Viscosidade Intrínseca, dL/g)
Molecular Weight 106 g/mol Tamanho médio da partícula (µm)
(Intrinsic Viscosity, dL/g) Average Particle Size (µm)

3 –3.0 (14) 4 – 4.5 (19) 0 – 190


5 – 6.0 (24) 6 – 8.0 (28) 1 – 130

Aditivos neutralizante e de fluxo de pó


Acid Scavenger and powder flow additive
Densidade aparente (g/cm3)
0 – Nível alto /High level Bulk Density (g/cm3)
5 – Nível baixo /Low level
1 – Ausente /Absent 4 – 0.45
Propriedades Típicas / Typical Properties Método Unidades
Method Units
UTEC 3040 UTEC 3041 UTEC 4040 UTEC 4041

Propriedades de Controle / Control Properties


Viscosidade Intrínseca ASTM D 4020
Intrinsic Viscosity dl/g 14 14 19 19
Peso Molecular Médio a interno
Molecular Weight a
g/mol 3,0 x 106 3,0 x 106 4,5 x 106 4,5 x 106
internal
Densidade ASTM D 792 g/cm³ 0,925 0,925 0,925 0,925
Density
Densidade Aparente ASTM D 1895 g/cm³ 0,45 0,45 0,45 0,45
Bulk Density
Tamanho Médio de Partícula Dp50 ASTM D 1921 µm 190 130 190 130
Average Particle Size Dp50
Propriedades Mecânicas / Mechanical Properties
Resistência à Tração no Escoamento
Tensile Strength at Yield ASTM D 638 / ISO 527 MPa ≥ 17 ≥ 17 ≥ 17 ≥ 17
Resistência à Tração na Ruptura
Tensile Strength at Break ASTM D 638 / ISO 527 MPa > 30 > 30 > 30 > 30
Alongamento Final
Ultimate Elongation ASTM D 638 / ISO 527 % > 350 / > 400 > 350 / > 400 > 350 / > 400 > 350 / > 400
Resistência ao Impacto Izod não fratura não fratura não fratura não fratura
ASTM D 256 J/m
Izod Impact Strength no break no break no break no break
Resistência ao Impacto Charpy b ISO 11542-2 kJ/m2 > 180 > 180 > 130 > 130
Charpy Impact Strength b
Dureza ASTM D 2240 / ISO 868 Shore D
Hardness
64 64 64 64
Dureza (15s) ASTM D 2240 / ISO 868 Shore D 57 57 58 58
Hardness (15s)
Índice de Abrasão (Referência ISO 15527 = 100) lama de areia - interno – 100 100 91 91
Abrasion Index (ISO 15527 reference set as 100) sand slurry method
Índice de Abrasão (Aço SAE1020 = 100) lama de areia - interno – 25 25 23 23
Abrasion Index (Stainless Steel SAE1020 = 100) sand slurry method
Coeficiente de Fricção Estático ASTM D 1894 – 0,10 0,10 0,10 0,10
Static Friction Coefficient
Coeficiente de Fricção Dinâmico ASTM D 1894 – 0,09 0,09 0,09 0,09
Kinetic Friction Coefficient
Propriedades Térmicas / Thermal Properties
Temperatura de Fusão ASTM D 3418 ºC 133 133 133 133
Melt Temperature
Temperatura de Amolecimento Vicat (1 kg) ASTM D 1525 / ISO 306 ºC 128 128 128 128
Vicat Softening Temperature (1 kg)
Temperatura de Deflexão Térmica
Heat Deflection Temperature
@ 0,45 N/mm2 / @ 1,81 N/mm2 ASTM D 648 ºC 79 / 48 79 / 48 79 / 48 79 / 48
Condutividade Térmica a 23 ºC
Thermal Conductivity @ 23 ºC ASTM D 177 W/m.K 0,4 0,4 0,4 0,4
Coeficiente de Dilatação Térmica Linear (entre -30 ºC e 100 ºC)
Coefficient of Linear Thermal Expansion (between -30 ºC and 100 ºC)
ASTM D 696 ºC -1
1,5 x 10-4 1,5 x 10-4 1,5 x 10-4 1,5 x 10-4
Calor Específico a 23 ºC ASTM E 1269 cal/g ºC 0,48 0,48 0,48 0,48
Specific Heat @ 23 ºC
Entalpia Específica de Fusão ASTM D 3418 cal/g
Specific Melt Enthalpy
34 34 34 34
Propriedades Elétricas / Electrical Properties
Resistividade Volumétrica
Volume Resistivity ASTM D 257 ohm.cm > 1014 > 1014 > 1014 > 1014
Resistividade Superficial
Surface Resistivity ASTM D 257 ohm > 1012 > 1012 > 1012 > 1012
Resistência Dielétrica
Dielectric Strength ASTM D 149 kV/cm 900 900 900 900
Constante Dielétrica 1 kHz
Dielectric Constant @1kHz ASTM D 150 – 2,3 2,3 2,3 2,3
Outras Propriedades / Other Properties
Absorção de Água
Water Absorption ASTM D 570 % 0,01 0,01 0,01 0,01
Aplicações que requerem Aplicações que requerem Aplicações que requerem boa Aplicações que requerem boa
Aplicações alta resistência ao impacto – alta resistência ao impacto combinação entre resistência combinação entre resistência
peças técnicas, porosas, e uso de pigmentos e/ou ao impacto e resistência ao ao impacto e resistência ao
filtros, chapas processadas aditivos – peças técnicas, desgaste por abrasão – peças desgaste por abrasão – uso de
por moldagem por porosas, filtros, chapas técnicas, porosas, filtros, pigmentos e/ou aditivos –
compressão. processadas por moldagem chapas processadas por peças técnicas, porosas, filtros,
por compressão. moldagem por compressão. chapas processadas por
moldagem por compressão.
Applications Applications which require Applications which require Applications which require a Applications which require a
high impact resistance - high impact resistance and good combination between good combination between
technical and porous parts, use of pigments and/or impact and wear resistance - impact and wear resistance -
filters, compression molded additives - filters, technical technical and porous parts, use of pigments and/or
sheets. and porous parts, filters, compression molded additives - technical and
compression molded sheets. sheets. porous parts, filters,
compression molded sheets.
a) Calculado usando a equação de Margolies. b) Determinado com corpos de prova de duplo entalhe de 14º de acordo a norma ISO 11542-2. A Braskem não recomenda o uso dos seus produtos para fabricação de embalagens, peças ou qualquer outro tipo de produto que será utilizado
para o armazenamento ou contato com soluções parenterais ou que terá qualquer tipo de contato interno com o corpo humano, exceto onde explicitamente indicado.
a) Calculated using Margolies' equation. b) Determined with double-notched specimens (14º v-notch on both sides) in accordance with ISO 11542-2. Braskem does not recommend the use of its products for manufacturing packages, pieces or any other type of product that will be used for storing
of or be in contact with parenteral solutions or that will have any type of internal contact with the human body, except when explicitly indicated otherwise.
Propriedades Típicas / Typical Properties Método Unidades
Method Units
UTEC 5040 UTEC 5041 UTEC 6540 UTEC 6541
Propriedades de Controle / Control Properties
Viscosidade Intrínseca ASTM D 4020
Intrinsic Viscosity dl/g 24 24 28 28
Peso Molecular Médio a interno
Molecular Weight a
g/mol 6,0 x 106 6,0 x 106 8,0 x 106 8,0 x 106
internal
Densidade ASTM D 792 g/cm³ 0,925 0,925 0,925 0,925
Density
Densidade Aparente ASTM D 1895 g/cm³ 0,45 0,45 0,45 0,45
Bulk Density
Tamanho Médio de Partícula Dp50 ASTM D 1921 µm 190 130 190 130
Average Particle Size Dp50
Propriedades Mecânicas / Mechanical Properties
Resistência à Tração no Escoamento
Tensile Strength at Yield ASTM D 638 / ISO 527 MPa ≥ 17 ≥ 17 ≥ 17 ≥ 17
Resistência à Tração na Ruptura
Tensile Strength at Break ASTM D 638 / ISO 527 MPa > 30 > 30 > 30 > 30
Alongamento Final
Ultimate Elongation ASTM D 638 / ISO 527 % > 300 / > 350 > 300 / > 350 > 300 / > 350 > 300 / > 350
Resistência ao Impacto Izod não fratura não fratura não fratura não fratura
ASTM D 256 J/m
Izod Impact Strength no break no break no break no break
Resistência ao Impacto Charpy b ISO 11542-2 kJ/m2 > 100 > 100 > 100 > 100
Charpy Impact Strength b
Dureza ASTM D 2240 / ISO 868 Shore D
Hardness
64 64 64 64
Dureza (15s) ASTM D 2240 / ISO 868 Shore D 59 59 59 59
Hardness (15s)
Índice de Abrasão (Referência ISO 15527 = 100) lama de areia - interno – 82 82 76 76
Abrasion Index (ISO 15527 reference set as 100) sand slurry method
Índice de Abrasão (Aço SAE1020 = 100) lama de areia - interno – 21 21 20 20
Abrasion Index (Stainless Steel SAE1020 = 100) sand slurry method
Coeficiente de Fricção Estático ASTM D 1894 – 0,10 0,10 0,10 0,10
Static Friction Coefficient
Coeficiente de Fricção Dinâmico ASTM D 1894 – 0,09 0,09 0,09 0,09
Kinetic Friction Coefficient
Propriedades Térmicas / Thermal Properties
Temperatura de Fusão ASTM D 3418 ºC 133 133 133 133
Melt Temperature
Temperatura de Amolecimento Vicat (1 kg) ASTM D 1525 / ISO 306 ºC 128 128 128 128
Vicat Softening Temperature (1 kg)
Temperatura de Deflexão Térmica
Heat Deflection Temperature
@ 0,45 N/mm2 / @ 1,81 N/mm2 ASTM D 648 ºC 79 / 48 79 / 48 79 / 48 79 / 48
Condutividade Térmica a 23 ºC
Thermal Conductivity @ 23 ºC ASTM D 177 W/m.K 0,4 0,4 0,4 0,4
Coeficiente de Dilatação Térmica Linear (entre -30 ºC e 100 ºC)
Coefficient of Linear Thermal Expansion (between -30 ºC and 100 ºC)
ASTM D 696 ºC -1
1,5 x 10-4 1,5 x 10-4 1,5 x 10-4 1,5 x 10-4
Calor Específico a 23 ºC ASTM E 1269 cal/g ºC 0,48 0,48 0,48 0,48
Specific Heat @ 23 ºC
Entalpia Específica de Fusão ASTM D 3418 cal/g
Specific Melt Enthalpy
34 34 34 34

Propriedades Elétricas / Electrical Properties


Resistividade Volumétrica
Volume Resistivity ASTM D 257 ohm.cm > 1014 > 1014 > 1014 > 1014
Resistividade Superficial
Surface Resistivity ASTM D 257 ohm > 1012 > 1012 > 1012 > 1012
Resistência Dielétrica
Dielectric Strength ASTM D 149 kV/cm 900 900 900 900
Constante Dielétrica 1 kHz
Dielectric Constant @1kHz ASTM D 150 – 2,3 2,3 2,3 2,3
Outras Propriedades / Other Properties
Absorção de Água
Water Absorption ASTM D 570 % 0,01 0,01 0,01 0,01
Aplicações que requerem Aplicações que requerem Aplicações que requerem Aplicações que requerem
Aplicações alta resistência à abrasão – alta resistência à abrasão e altíssima resistência à altíssima resistência à abrasão
peças técnicas, chapas, uso de pigmentos e/ou abrasão – peças técnicas, e uso de pigmentos e/ou
tarugos e perfis processados aditivos – peças técnicas, chapas, tarugos e perfis aditivos – peças técnicas,
por extrusão RAM e/ou por chapas, tarugos e perfis processados por extrusão chapas, tarugos e perfis
compressão. processados por extrusão RAM e/ou por compressão. processados por extrusão RAM
RAM e/ou por compressão. e/ou por compressão.

Applications which require Applications which require Applications which require Applications which require
Applications high wear resistance - high wear resistance and highest wear resistance - highest wear resistance and
technical parts, RAM use of pigments and/or technical parts, RAM use of pigments and/or
extruded and compression additives - technical parts, extruded and/or compression additives - technical parts,
molded sheets, rods and RAM extruded and molded sheets, rods and RAM extruded and
profiles. compression molded sheets, profiles. compression molded sheets,
rods and profiles. rods and profiles.

a) Calculado usando a equação de Margolies. b) Determinado com corpos de prova de duplo entalhe de 14º de acordo a norma ISO 11542-2. A Braskem não recomenda o uso dos seus produtos para fabricação de embalagens, peças ou qualquer outro tipo de produto que será utilizado
para o armazenamento ou contato com soluções parenterais ou que terá qualquer tipo de contato interno com o corpo humano, exceto onde explicitamente indicado.
a) Calculated using Margolies' equation. b) Determined with double-notched specimens (14º v-notch on both sides) in accordance with ISO 11542-2. Braskem does not recommend the use of its products for manufacturing packages, pieces or any other type of product that will be used for storing
of or be in contact with parenteral solutions or that will have any type of internal contact with the human body, except when explicitly indicated otherwise.
maio/09
www.braskem.com.br/utec