Você está na página 1de 10

pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YjEwOTpiYjU5:TW9uLCAwNSBNYXIgMjAxOCAxMzo1MDoyOCAtMDMwMA==

Fevereiro/2014
COMPANHIA DE SANEAMENTO BÁSICO
DO ESTADO DE SÃO PAULO

Concurso Público para provimento de vagas de


Técnico em Sistemas de Saneamento 01
(Mecânica)
Nome do Candidato No de Inscrição No do Caderno
Caderno de Prova ’43’, Tipo 001 MODELO MODELO1

ASSINATURA DO CANDIDATO
No do Documento
0000000000000000
00001−0001−0001

Conhecimentos Básicos
PROVA Conhecimentos Específicos

INSTRUÇÕES
- Verifique se este caderno:
- corresponde a sua opção de cargo.
- contém 50 questões, numeradas de 1 a 50.
Caso contrário, reclame ao fiscal da sala um outro caderno.
Não serão aceitas reclamações posteriores.
- Para cada questão existe apenas UMA resposta certa.
- Você deve ler cuidadosamente cada uma das questões e escolher a resposta certa.
- Essa resposta deve ser marcada na FOLHA DE RESPOSTAS que você recebeu.

VOCÊ DEVE
- Procurar, na FOLHA DE RESPOSTAS, o número da questão que você está respondendo.
- Verificar no caderno de prova qual a letra (A,B,C,D,E) da resposta que você escolheu.
- Marcar essa letra na FOLHA DE RESPOSTAS, conforme o exemplo: A C D E

ATENÇÃO
- Marque as respostas com caneta esferográfica de material transparente e tinta preta ou azul. Não será permitido o uso
de lápis, lapiseira, marca-texto ou borracha durante a realização das provas.
- Marque apenas uma letra para cada questão, mais de uma letra assinalada implicará anulação dessa questão.
- Responda a todas as questões.
- Não será permitida qualquer espécie de consulta, nem o uso de máquina calculadora.
- A duração da prova é de 3 horas, para responder a todas as questões e preencher a Folha de Respostas.
- Ao término da prova, chame o fiscal da sala e devolva todo o material recebido.
- Proibida a divulgação ou impressão parcial ou total da presente prova. Direitos Reservados.

www.pciconcursos.com.br
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YjEwOTpiYjU5:TW9uLCAwNSBNYXIgMjAxOCAxMzo1MDoyOCAtMDMwMA==

Caderno de Prova ’43’, Tipo 001


2. Considere as afirmativas abaixo.
CONHECIMENTOS BÁSICOS
Língua Portuguesa I. Na frase São os filmes mais famosos de Pereira, e,
Atenção: Para responder às questões de números 1 a 6, con- assim como as obras que lhes serviram de base,
sidere o texto abaixo. representam dois marcos da cultura brasileira no
o
século 20 (3 parágrafo), o segmento grifado pode
ser corretamente substituído por “serviram de base
Toda conversa sobre Graciliano Ramos esbarra no ci- a elas”.
neasta Nelson Pereira dos Santos. E o inverso é mais do que
verdadeiro. II. No segmento a cachorra que "interpretava" Baleia
(último parágrafo), o uso das aspas justifica-se por
Tem sido assim desde 1963, quando Pereira levou ao se tratar da transcrição exata das palavras de
cinema um dos clássicos do autor, Vidas Secas (1938). Que- Nelson Pereira dos Santos.
brou na ocasião uma lei antiga: a de que livro bom rende filme
III. Mantém-se a correção gramatical do segmento A
ruim. relação artística começaria de fato uma década de-
Vinte anos depois, repetiu a façanha, novamente com pois (último parágrafo) substituindo-se o verbo gri-
Ramos, ao adaptar o livro Memórias do Cárcere (1953). São os fado por começou.
filmes mais famosos de Pereira, e, assim como as obras que
Está correto o que se afirma APENAS em
lhes serviram de base, representam dois marcos da cultura bra-
sileira no século 20. (A) II.
Além das transposições das duas obras de Graciliano para
(B) I e II.
o cinema, Pereira adaptou escritores como Nelson Rodrigues e
Guimarães Rosa. É o único cineasta a integrar a Academia (C) II e III.
Brasileira de Letras.
(D) III.
Graciliano e Pereira tinham amigos em comum e fre-
quentavam os mesmos ambientes, mas nunca chegaram a se (E) I e III.
falar. O cineasta viu o autor uma única vez, em 1952, num al- _________________________________________________________
moço em homenagem a Jorge Amado, mas ficou tão encabu- 3. O segmento em que a forma verbal exprime aconteci-
lado diante do ídolo que não teve coragem de puxar conversa. mento passado anterior a outro igualmente passado está
em:
O contato mais intenso ocorreu por meio de carta.
Pereira pretendia levar à tela o livro São Bernardo (1934), de (A) Nelson ficara encantado com a personagem...
o
Graciliano. Queria autorização do autor para mudar o destino de (6 parágrafo)
Madalena, que se mata no fim do romance. Nelson ficara en- o
(B) Vinte anos depois, repetiu a façanha... (3 parágrafo)
cantado com a personagem e imaginava um desfecho positivo o
(C) Tem sido assim desde 1963... (2 parágrafo)
para ela. Mas Graciliano não gostou da ideia.
A relação artística começaria de fato uma década de- (D) Queria autorização do autor para mudar o destino de
o
pois, com o escritor já morto. "Queria fazer um filme sobre a se- Madalena... (6 parágrafo)
ca. Criei uma história original, mas era muito superficial. Então (E)
o
Quebrou na ocasião uma lei antiga... (2 parágrafo)
me lembrei de Vidas Secas". Durante as filmagens, o mais difí- _________________________________________________________
cil, diz, foi lidar com os bichos: papagaio, gado e, especialmen- 4. Graciliano e Pereira tinham amigos em comum e frequen-
te, a cachorra que "interpretava" Baleia. A cena em que Baleia tavam os mesmos ambientes, mas nunca chegaram a se
morre é um dos momentos mais impressionantes da literatura e o
falar. (5 parágrafo)
do cinema nacional.
Uma redação alternativa para o segmento acima, em que
(Adaptado de: ALMEIDA, Marco Rodrigo. Folha de S.Paulo,
se mantêm a correção e, em linhas gerais, o sentido origi-
26/06/2013)
nal está em:

1. Depreende-se do texto que (A) Graciliano e Pereira tinham amigos em comum e fre-
quentavam os mesmos ambientes, onde no entanto,
(A) o cineasta citado, embora nutrisse admiração por nunca falaram-se.
Graciliano Ramos, apontou falhas em pontos cruciais
no enredo de seus romances. (B) Embora Graciliano e Pereira tinham amigos em co-
(B) uma obra literária, contrariando o senso comum, po- mum e frequentavam os mesmos ambientes, eles
de ser adaptada para o cinema e gerar uma obra tão nunca chegaram a falar um com o outro.
boa quanto a original.
(C) Conquanto tivessem amigos em comum e frequen-
(C) devido ao amplo reconhecimento da adaptação de Vi- tassem os mesmos ambientes, Graciliano e Pereira
das Secas para o cinema, Nelson Pereira dos Santos jamais chegaram a se falar.
passou a integrar a Academia Brasileira de Letras.
(D) o cineasta e o autor citados, apesar de se admira- (D) Porquanto Graciliano e Pereira tivessem amigos em
rem e de serem grandes amigos, raramente conver- comum e frequentassem os mesmos ambientes, ja-
savam. mais se falaram.

(E) é infrutífera a tentativa de adequar o discurso literá- (E) Apesar de terem amigos em comum, frequentando,
rio ao discurso cinematográfico, pois são linguagens os mesmos ambientes, Graciliano e Pereira nunca
artísticas diferentes. falaram um com outro.
2 SABES-Conhecimentos Básicos5

www.pciconcursos.com.br
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YjEwOTpiYjU5:TW9uLCAwNSBNYXIgMjAxOCAxMzo1MDoyOCAtMDMwMA==

Caderno de Prova ’43’, Tipo 001


5. Pereira pretendia levar à tela o livro São Bernardo (1934), Dois velhos amigos, quando se reveem, voltam no ato
o
de Graciliano. (6 parágrafo)
para o território comum de sua amizade. Reconstroem o pátio
O verbo flexionado nos mesmos tempo e modo que o gri-
da escola, o prédio em que moraram − e o adentram. Para anti-
fado acima está empregado em:
gos amantes, no entanto, é impossível restabelecer o elo, o elo
(A) Criei uma história original...
morreu com o amor, era o amor. O que sobra é feito um cômo-
(B) O cineasta viu o autor uma única vez...
do dentro da gente, cheio de objetos valiosos, porém trancado.
(C) ... que se mata no fim do romance. Sentimos saudades do que está ali dentro, mas não podemos

(D) A relação artística começaria de fato uma década nem queremos entrar. Como disse um grego que viveu e amou
depois...
há 2.500 anos: não somos mais aquelas pessoas nem é mais o
(E) ... e imaginava um desfecho positivo para ela.
_________________________________________________________ mesmo aquele rio.

6. O segmento em que há um termo empregado em sentido Uma vez vi um filme em que alguém declarava: "Se duas
figurado está em:
pessoas que um dia se amaram não puderem ser amigas, então
o
(A) ... para mudar o destino de Madalena... (6 parágrafo)
o mundo é um lugar muito triste". O mundo é um lugar triste,
o
(B) Criei uma história original... (7 parágrafo)
mas não porque antigos amantes não podem ser amigos: sim
o
(C) A cena em que Baleia morre... (7 parágrafo) porque o passado não pode ser recuperado.
o
(D) Queria fazer um filme sobre a seca... (7 parágrafo) (Adaptado de: PRATA, Antonio. Folha de S.Paulo,
20/02/2013)
(E) Toda conversa sobre Graciliano Ramos esbarra no
o
cineasta... (1 parágrafo)
8. No texto, o autor
_________________________________________________________

7. As filmagens de Vidas Secas foram no sertão, em Palmeira


(A) contrapõe o amor à amizade, em defesa desta.
dos Índios (AL), cidade ...... o escritor morou e ...... foi pre-
feito.
(B) lamenta que antigos amantes não possam mais ser
amigos.
Preenchem corretamente as lacunas da frase acima, na
ordem dada:
(C) admite nutrir a expectativa de recuperar um antigo
(A) a qual − que amor.

(B) em que − da qual


(D) constata que o passado é irrecuperável.
(C) no qual − onde
(E) critica o caráter insondável das relações interpessoais.
(D) onde − cuja _________________________________________________________
9. Há uma vontade genuína de se aproximar e o tácito reco-
(E) que − a que o
_________________________________________________________ nhecimento dessa impossibilidade. (1 parágrafo)

Atenção: Para responder às questões de números 8 a 12,


considere o texto abaixo.
Considerando-se o contexto, os termos grifados acima po-
dem ser corretamente substituídos, na ordem dada, por:
"O amor acaba", disse Paulo Mendes Campos, em sua

crônica mais bonita; só não disse o que fica no lugar. É na es- (A) crescente − silencioso

perança, talvez, de entender essa estranha melancolia, esse va-


(B) verdadeira − nefasto
zio preenchido por boas lembranças e algumas cicatrizes, que a

encontro a cada ano ou dois. Marcamos um almoço num dia de (C) legítima − implícito

semana. Falamos do passado, mas não muito. Falamos do pre-


(D) real − ilusório
sente, mas não muito. Há uma vontade genuína de se aproxi-

mar e o tácito reconhecimento dessa impossibilidade. (E) sincera − sombrio

SABES-Conhecimentos Básicos5 3

www.pciconcursos.com.br
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YjEwOTpiYjU5:TW9uLCAwNSBNYXIgMjAxOCAxMzo1MDoyOCAtMDMwMA==

Caderno de Prova ’43’, Tipo 001


10. Afirma-se corretamente: 13. Pondera Paulo Mendes Campos, na crônica O amor aca-
ba, que “quando a alma se habitua às províncias empoei-
(A) No segmento que a encontro a cada ano ou dois, o radas da Ásia, onde o amor pode ser outra coisa, o amor
sinal indicativo de crase é facultativo e pode ser pode acabar”.
usado no elemento grifado.
Sem que nenhuma outra alteração seja feita, a frase aci-
ma se manterá gramaticalmente correta caso o verbo
(B) Para antigos amantes, no entanto, é impossível res- habitua seja substituído por:
tabelecer o elo...
(A) cultiva.
O elemento grifado acima assinala uma concessão.
(B) adapta.
(C) Uma redação alternativa para o segmento não so- (C) harmoniza.
mos mais aquelas pessoas nem é mais o mesmo
aquele rio, em que se mantém o sentido original, é: (D) equilibra.
não somos mais aquelas pessoas, pois nem é mais
o mesmo aquele rio. (E) encaixa.
_________________________________________________________

(D) No segmento "O amor acaba", disse Paulo Mendes 14. A renovação do interesse pelas cidades marcou o
Campos, em sua crônica mais bonita; só não início do novo século. O século XXI será um século
disse..., o sinal de ponto e vírgula pode ser substi-
tuído por dois-pontos. urbano, quando mais pessoas viverão em cidades do que
em qualquer outro tipo de formação espacial. Há o temor

(E) Há uma vontade genuína de... de que grande parte desse processo de urbanização se dê
De acordo com o contexto, o verbo da frase acima nas cidades do sul global, cidades que têm sido
está flexionado nos mesmos tempo e modo que o caracterizadas pelo hipercrescimento.
empregado em: ... e o adentram.
_________________________________________________________ Mas há muita discordância sobre como interpretar a
paisagem urbana de hoje. De um lado, um discurso
11. Reconstroem o pátio da escola − entender essa estranha
otimista vê as cidades como arenas de transformação
melancolia − restabelecer o elo
social. De outro lado, alguns veem nelas o surgimento de
formas fragmentadas e dispersas de cidadania urbana,
Fazendo-se as alterações necessárias, os segmentos gri-
fados acima foram corretamente substituídos por um pro- constituídas por enclaves fechados e espaços exclusivos.
nome, na ordem dada, em: (Adaptado de: ALSAYAD, Nezar; ROY, Ananya. Modernidade
medieval: cidadania e urbanismo na era global. Trad. Joaquim
(A) Reconstroem-no - entendê-la - restabelecê-lo Toledo Jr. Novos Estudos CEBRAP, n. 85, 2009)

(B) Reconstroem-lhe - a entender - restabelecer-lhe No texto, afirma-se categoricamente que as cidades no


século XXI serão áreas
(C) O reconstroem - entender-lhe - restabelecê-lo
(A) cujos habitantes se sentirão ameaçados.

(D) Reconstroem-no - lhe entender - restabelecer-no (B) em que prevalecerão as práticas democráticas de
cidadania.
(E) O reconstroem - entendê-la - restabelecer-lhe
(C) de transformação social.
_________________________________________________________

12. O mundo é um lugar triste, mas não porque antigos aman- (D) de grande aglomeração humana.

tes não podem ser amigos: sim porque o passado não po- (E) constituídas por espaços públicos amplos e de fácil
acesso.
de ser recuperado. (final do texto) _________________________________________________________

15. Quanto à concordância verbal, a frase inteiramente correta


O elemento grifado acima preenche corretamente a lacuna
é:
da frase:
(A) Grande parte dos efeitos da urbanização no sécu-
(A) Alguns não entendem ...... antigos amantes não po-
lo XXI se produz nas cidades do chamado sul global.
dem ser amigos.
(B) O hipercrescimento, dizem os especialistas, caracte-
(B) É controverso o ...... de antigos amantes não pode- rizam algumas cidades no século XXI.
rem ser amigos.
(C) Nem sempre existiu cidades tão populosas como as
(C) ...... são antigos amantes, não podem mais ser ami- do século XXI.
gos.
(D) Devem haver muitos contrastes entre as pessoas
(D) Lamenta-se que o passado não possa ser recupe- que vivem nas cidades e aqueles que moram no
rado, mas não se sabe ao certo o ...... disso. campo.

(E) Sabe que não pode recuperar o passado, mas não (E) Os otimistas, que são a maioria, vê as cidades como
compreende ...... arenas de transformação social.
4 SABES-Conhecimentos Básicos5

www.pciconcursos.com.br
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YjEwOTpiYjU5:TW9uLCAwNSBNYXIgMjAxOCAxMzo1MDoyOCAtMDMwMA==

Caderno de Prova ’43’, Tipo 001

Matemática e Raciocínio Lógico

16. Uma empresa resolveu doar a seus funcionários uma determinada quantia. Essa quantia seria dividida igualmente entre 3, ou 5,
ou 7 funcionários. Se fosse dividida entre 3 funcionários, cada um deles receberia 4 mil reais a mais do que se a quantia fosse
dividida entre 7 funcionários. A diretoria da empresa resolveu dividir para 5 funcionários. Sendo assim, a quantia que cada um
desses 5 funcionários recebeu é, em reais, igual a
(A) 4.600,00.

(B) 4.200,00.

(C) 4.800,00.

(D) 5.200,00.

(E) 3.900,00.

17. Para produzir peças de melhor qualidade, uma indústria promove 3 testes de qualidade, ao final de sua linha de produção. Ao
ser aplicado o primeiro teste, em um determinado lote de peças, verificou-se a aprovação de 3/4 das peças do lote. As peças
aprovadas foram para a segunda testagem, que aprovou 7/9 das peças testadas. O teste final reprovou 1/5 das peças e aprovou
252 delas. Dessa maneira, o número de peças reprovadas no lote todo é igual a
(A) 420.

(B) 252.

(C) 225.

(D) 288.

(E) 720.

18. Para encher de água um tanque, cuja capacidade é de 900 litros, foi providenciada uma torneira que, quando aberta, apresenta
uma vazão de 800 mililitros de água por minuto. Com o tanque vazio, a torneira foi aberta às 20 horas e 30 minutos para enchê-
lo. O término do enchimento do tanque se deu, no dia seguinte, às
(A) 15 horas e 15 minutos.

(B) 14 horas e 30 minutos.

(C) 16 horas e 55 minutos.

(D) 15 horas e 25 minutos.

(E) 17 horas e 15 minutos.

19. A propaganda de uma tinta para paredes anuncia que uma lata de 3,6 litros de tinta é suficiente para fazer a pintura de uma
superfície de 120 m2. Supondo verdadeira a informação da propaganda, a quantidade de tinta, em litros, para fazer a pintura de
50 m2 é igual a
(A) 1,2.

(B) 2,4.

(C) 1,5.

(D) 0,5.

(E) 0,36.

20. Uma piscina de forma quadrada tem 25 m2 na superfície, quando está cheia. O dono da piscina quer cobrir toda a superfície
com placas de isopor quadradas, cujo lado mede 25 cm. Encaixando as placas sobre a água o número de placas necessárias
para realizar esse intento é igual a
(A) 250.

(B) 4000.

(C) 2000.

(D) 200.

(E) 400.
SABES-Conhecimentos Básicos5 5

www.pciconcursos.com.br
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YjEwOTpiYjU5:TW9uLCAwNSBNYXIgMjAxOCAxMzo1MDoyOCAtMDMwMA==

Caderno de Prova ’43’, Tipo 001

Noções de Informática
21. No Windows 7 Professional, em português, as pastas para armazenar arquivos ou outras pastas
(A) permitem a criação de, no máximo, 20 subpastas em seu interior.
(B) não permitem alteração de seus ícones.
(C) permitem o uso de uma senha para protegê-las usando recursos nativos do Windows.
(D) podem receber nomes que contenham espaços em branco, hífen e ponto.
(E) excluídas do pen drive por meio da tecla Delete, são enviadas para a Lixeira.

22. Ana abriu no Microsoft Word 2010, em português, um documento cuja formatação estava incorreta, dificultando a leitura e o en-
tendimento. Para limpar toda a formatação do documento, selecionou o conteúdo, pressionando a combinação de teclas Ctrl + T
e clicou na ferramenta
(A) Formatar, disponível no grupo Parágrafo, da guia Página Inicial.
(B) Limpar Formatos, disponível no grupo Texto, da guia Início.
(C) Formatar Parágrafo, disponível no grupo Estilo, da guia Exibição.
(D) Limpar Formatação, disponível no grupo Fonte, da guia Página Inicial.
(E) Formatar Fonte, disponível no grupo Configurações, da guia Início.

23. Utilizando o Microsoft Word 2010, em português, Maria digitou um título em um documento em branco e deseja digitar o texto
abaixo deste título em duas colunas, mantendo o título em uma coluna, acima das duas colunas de texto. Pressionou, então, a
tecla Enter, para o cursor descer para a próxima linha em branco após o título e, para definir duas colunas após a posição do
cursor, Maria clicou na guia Layout da Página, selecionou a opção Colunas no grupo Configurar Página e selecionou a opção
Mais Colunas. Na janela que se abriu, no campo Número de colunas, digitou o número 2 e, no campo Aplicar a, selecionou a
opção ...... e clicou no botão OK.
Preenche corretamente a lacuna acima:
(A) No documento Inteiro
(B) Do cursor em diante
(C) Nas seções atuais
(D) Na página atual
(E) Deste ponto em diante

Atenção: Para responder às questões de números 24 e 25, considere a planilha a seguir que foi criada utilizando-se o
Microsoft Excel 2010, em português.

A B C D E F G H I J
Preço
1 Código Preço Unit. (R$) Preço Total. (R$)
Item Descrição Un. Quant. Total. (R$)
SABESP
2 Mat. M.O. Mat. M.O.
Pesquisa de detecção de vaza-
3 1 491240 Km 100 122,38 367,13 12238,00 36713,00 48951,00
mentos não visíveis
Medição de pressão em redes
4 2 491245 de água ou residências (perío- Un. 30 271,00 632,31 8129,70 18969,30 27099,00
do de 7 dias)
Medição de vazão e pressão
5 3 491244 em redes de água (período de Un. 20 352,7 1057,99 7053,20 21159,80 28213,00
7 dias)
6 Subtotal 27420,90 76842,10 104263,00

24. Na célula H3 foi digitada uma fórmula para multiplicar o valor contido na célula E3 pelo valor contido na célula F3. Em seguida, o
conteúdo da célula H3 foi arrastado para as células H4 e H5 obtendo-se os resultados visualizados na planilha. A fórmula pre-
sente na célula H3 é
(A) =100*122,38
(B) =E3xF3
(C) =E3*F3
(D) E3^F3
(E) E3*F3

25. Algumas palavras encontradas na planilha como “Item”, “Descrição” e “Subtotal” ocupam o espaço visual de mais de uma linha
ou coluna. Por exemplo, a palavra “Subtotal” está em uma célula cuja largura ocupa as colunas A, B, C, D, E, F e G. Já a palavra
“Descrição” está em uma célula cuja altura ocupa as linhas 1 e 2.
Para se conseguir esse resultado, foi utilizada a ferramenta
(A) Agrupar Células, disponível no grupo Fonte da guia Página Inicial.
(B) Mesclar e Centralizar, disponível no grupo Alinhamento da guia Página Inicial.
(C) Consolidar, disponível no grupo Células da guia Dados.
(D) Agrupar Células, disponível no grupo Alinhamento da guia Página Inicial.
(E) Consolidar Agrupamento, do grupo Ferramenta de Dados da guia Dados.

6 SABES-Conhecimentos Básicos5

www.pciconcursos.com.br
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YjEwOTpiYjU5:TW9uLCAwNSBNYXIgMjAxOCAxMzo1MDoyOCAtMDMwMA==

Caderno de Prova ’43’, Tipo 001


29. O sistema de cabos e roldanas apresentado abaixo se
CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS encontra em equilíbrio estático.

26. No triângulo retângulo representado abaixo, sabe-se que


sen α = 0,4226 e cos α = 0,9063.

F
β

P
Portanto, tg β é igual a

(A) 0,4663. 3 
(B) 0,5.
(C) 0,5337. Nesse sistema, a força F é igual a

(D) 2,1445. (A) P/4.


(E) 3.
_________________________________________________________ (B) 4P/8.

27. Um bloco encontra-se em equilíbrio estático em uma ram- (C) metade de P.


pa, conforme mostrado abaixo.
(D) um oitavo de P.

F at (E) metade da reação no apoio fixo.


_________________________________________________________

30. Sabendo-se que na escala Fahrenheit 32°F e 212°F são,


respectivamente, as temperaturas de solidificação e eva-
30 o poração da água, então, 323 K é equivalente a
P
(A) 0 °C.

O peso do bloco é de 60 N e a força de atrito é de (B) 32 °F.

(A) 6 N. (C) 90 °F.


(B) 30 N.
(D) 100 °C.
(C) 35 N.
(E) 122 °F.
(D) 52 N. _________________________________________________________
(E) 60 cos 30° N. 31. A presença do elemento Ni na composição de um aço-liga
_________________________________________________________ tem como objetivo conferir ao material maior
28. Na extremidade da chave para o aperto do parafuso é ne-
cessária a aplicação de uma força de 300 N. (A) tenacidade.

(B) resistência à corrosão e oxidação.

(C) endurecibilidade.

(D) resistência a altas temperaturas.

(E) resistência à abrasão.


_________________________________________________________

32. Um aço de média temperabilidade e boas propriedades


Para maior conforto do operador decidiu-se que a carga mecânicas deverá ser empregado na confecção de uma
deveria ser reduzida para 200 N. Portanto, para se obter o peça. Atende esses requisitos o aço ABNT 4140, cuja
mesmo torque de aperto, o comprimento da chave deve classificação corresponde a um aço
ser aumentada em
(A) Ni-Mo.
(A) 1/3.
(B) Ni-Cr-Mo.
(B) 2/3.
(C) 33%. (C) Cr-V.

(D) 50%. (D) Mn.

(E) 66%. (E) Cr-Mo.


SABES-Téc.Sist.San.01-Mecânica-43 7

www.pciconcursos.com.br
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YjEwOTpiYjU5:TW9uLCAwNSBNYXIgMjAxOCAxMzo1MDoyOCAtMDMwMA==

Caderno de Prova ’43’, Tipo 001


Atenção: Considere as informações abaixo para responder às 35. Os pontos A e B delimitam um trecho de um circuito elétri-
questões de números 33 e 34. co, conforme mostrado abaixo.

5Ω 5Ω
Duas vistas de um duto cilíndrico de chapa metálica
chanfrado no topo e com um furo para o encaixe de um duto
A 5Ω 5Ω B
quadrado são mostradas abaixo.

5Ω 5Ω

A resistência elétrica equivalente desse trecho é de

(A) 5 Ω.

(B) 15 Ω.
33. O duto cilíndrico planificado é representado pela figura
(C) 17,5 Ω.

(D) 20 Ω.
(A)
(E) 30 Ω.
_________________________________________________________

36. A figura 1 mostra um circuito em delta com os valores das


(B) resistências em Ohm.

A
A

(C) RA
20 30

10 15
(D) B C B C
50

Figura 1 Figura 2

(E) Para que o circuito em estrela mostrado na figura 2 seja


equivalente ao da figura 1, o valor de RA deve ser de
_________________________________________________________

34. O duto quadrado planificado é representado pela figura (A) 6 Ω.

(B) 7 Ω.

(A) (C) 7,5 Ω.

(D) 8 Ω.

(E) 10 Ω.
(B) _________________________________________________________

37. Uma barra homogênea de aço-carbono de 100 mm de


comprimento na temperatura ambiente de 20 °C, a fim de
sofrer tratamento térmico, deverá ser aquecida até 850 °C.
Sendo o coeficiente de dilatação térmica do aço igual a
(C) 5 1
1,2 x 10− °C− , o comprimento da barra nesta tempera-
tura será, aproximadamente, de

(A) 100,1 mm.


(D)
(B) 100,5 mm.

(C) 101 mm.

(D) 105,5 mm.


(E)
(E) 110 mm.
8 SABES-Téc.Sist.San.01-Mecânica-43

www.pciconcursos.com.br
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YjEwOTpiYjU5:TW9uLCAwNSBNYXIgMjAxOCAxMzo1MDoyOCAtMDMwMA==

Caderno de Prova ’43’, Tipo 001


38. Um trecho de um sistema de transmissão por correias é 41. A fixação da engrenagem no eixo é realizada por meio de
representado abaixo. chaveta
(A) paralela.
(B) inclinada sem cabeça.
(C) Woodruff.
α (D) meia-cana.
(E) tangencial.
β
_________________________________________________________
Atenção: Considere a figura abaixo para responder às ques-
tões de números 42 e 43.

β A figura mostra um dispositivo com um corpo de prova ci-

T1 T1V
líndrico de 10 mm de diâmetro para ensaio de cisalhamento.

Num dos ramos da correia atua uma força T1 cuja compo-


nente vertical T1V é dada por

(A) T1 ⋅ senβ

(B) T1 ⋅ tgβ

(C) T1 ⋅ cos α

 α − 180 ° 
(D) T1 ⋅ cos  
 2 

 α − 2β 
(E) T1 ⋅ sen 
 2  42. Realizado o ensaio, verificou-se que a carga para provo-
_________________________________________________________ car a ruptura foi de 62,8 kN. Logo, a tensão de ruptura do
material foi de, aproximadamente,
Atenção: Considere as informações abaixo para responder às 2
questões de números 39 a 41. (A) 3,14 kN/mm .
2
(B) 6,28 kN/mm .
No eixo de saída de um redutor utilizado para elevação (C) 400 MPa.
de cargas de até 5 toneladas em ponte rolante é alojada uma (D) 800 MPa.
engrenagem cilíndrica de dentes helicoidais. A figura abaixo (E) 4900 MPa.
_________________________________________________________
mostra esse eixo apoiado nos mancais.
43. Ao observar a superfície de um corpo de prova, a figura
geométrica que aparece no visor do durômetro Vickers é
(A) uma estrela.
(B) um quadrado.
(C) um círculo.
(D) um retângulo.
(E) um triângulo.
_________________________________________________________
39. Dadas as características de aplicação, os mancais que Atenção: Considere as informações abaixo para responder às
apoiam o eixo são rolamentos de questões de números 44 e 45.

(A) uma carreira de esferas. O sistema representado abaixo é constituído por barras
(B) duas carreiras de esferas. de seção transversal quadrada com 5 mm de lado.
(C) agulhas sem anel interno.
D
(D) rolos auto-compensadores. 1 kN
E
(E) rolos cônicos.
_________________________________________________________ A B
40. A engrenagem alojada nesse eixo tem 75 dentes e o seu C
par, que gira a 600 rpm, 23 dentes. Logo, o eixo de saída
gira, aproximadamente, a
44. O trecho submetido à compressão e à flexão é o com-
(A) 8 rpm. preendido entre os pontos
(B) 25 rpm. (A) A e B.
(B) C e B.
(C) 185 rpm.
(C) D e E.
(D) 1950 rpm. (D) C e D.
(E) 13800 rpm. (E) A e C.

SABES-Téc.Sist.San.01-Mecânica-43 9

www.pciconcursos.com.br
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YjEwOTpiYjU5:TW9uLCAwNSBNYXIgMjAxOCAxMzo1MDoyOCAtMDMwMA==

Caderno de Prova ’43’, Tipo 001


45. Nesse sistema, 48. No manuseio de máquinas operatrizes convencionais como
torno, fresadora e furadeira, é imprescindível o uso de
(A) a tensão de compressão entre os pontos D e E é de
2
40 kN/mm . (A) avental com mangas compridas.
(B) a reação horizontal no apoio B é de 0,5 kN. (B) capacete.
(C) não há carga atuante entre os pontos A e C. (C) óculos de segurança.

(D) o momento de flexão em C depende da sua posição (D) luvas.


ao longo da barra AB.
(E) macacão.
(E) as reações verticais nos apoios têm mesma intensi- _________________________________________________________
dade e sentidos contrários.
_________________________________________________________ 49. Parte de uma tabela de recomendação de torque de aper-
to em parafusos, em função do diâmetro e da classe de
46. Uma das vistas da cabeça de um parafuso é representada resistência, é mostrada abaixo.
abaixo.
TORQUE DE PARAFUSOS (Nm)
Classe de resistência
d
4.6 5.6 6.9 8.8 10.9 12.9
2 0,123 0,162 0,314 0,373 0,52 0,628
2,3 0,196 0,265 0,51 0,598 0,843 1,01
2,6 0,284 0,373 0,726 0,863 1,206 1,451
3 0,41 0,588 1,128 1,344 1,883 2,256
3,5 0,677 0,902 1,736 2,06 2,893 3,481
Trata-se de uma cabeça do tipo
4 1 1,344 2,599 3,04 4,315 5,148
(A) quadrado. 5 1.961 2,648 5,099 6,031 8,483 10,2
6 3,432 4,511 8,728 10,3 14,71 17,652
(B) allen. 7 5,59 7,453 14,22 17,162 24,517 28,439
8 8,238 10,787 21,575 25,497 35,304 42,168
(C) quadrado com bordas escariadas. 10 16,67 21,575 42,168 50,014 70,608 85,317

(D) chato. Dado um parafuso M8 × 1,25, cujo material apresenta


σe = 300 MPa e σr = 500 MPa, o torque recomendado, em
(E) sextavado. Nm, é
_________________________________________________________
(A) 10,787.
47. A figura abaixo mostra uma fixação por meio de um pa-
rafuso de rosca métrica, cabeça sextavada DIN558.
(B) 8,238.
Na montagem são utilizadas ainda:
(C) 21,575.
arruela A 10 DIN125 (d1 = 10,5 ; d2 = 20 ; s = 2)
porca sextava M10 DIN 934 (m = 8) (D) 25,497.

(E) 35,304.
_________________________________________________________

50. Por dois tubos de 25 mm de diâmetro escoa água com ve-


20

locidade de 2,5 m/s, conforme mostrado abaixo.


30

V min > 10,2

A especificação do parafuso normalizado a ser utilizado é


dada por Esses tubos são alimentados por um outro tubo, com
50 mm de diâmetro, cujo escoamento tem velocidade de
(A) M10 x 75.
(A) 0,625 m/s.
(B) M10 x 70,2.
(B) 1,25 m/s.
(C) M10 x 85.
(C) 2 m/s.
(D) M10 x 71. (D) 2,5 m/s.
(E) M10 x 65. (E) 5 m/s.

10 SABES-Téc.Sist.San.01-Mecânica-43

www.pciconcursos.com.br