Você está na página 1de 3

Como fazer um orçamento empresarial?

Confira o passo a passo


Para ganhar dinheiro, é preciso saber como o gastar. É uma premissa para qualquer pessoa que
deseja empreender. Mas será que você sabe como fazer um orçamento empresarial? Por
vezes, mesmo profissionais de longa data têm dúvidas, ou se cansam, e convém revisitar alguns
conceitos básicos. E se “o orçamento é como um mapa”, como diz o especialista em
finanças Victor Butcher, “que mostra para onde você está indo com sua empresa”, então, pé na
estrada, aqui vamos nós, rumo à compreensão do que faz um orçamento claro e completo.
Sabe o valor de um orçamento empresarial?
Deixar para depois, revisar a cada três meses ou mais, esquecer de conferir todos os custos que
entram… Quando se trata de orçamento empresarial tudo isso pode acontecer. E talvez costume
mais do que deveria. Para que com você seja diferente, preparamos uma lista de motivos para
entender de forma simples e objetiva por que, afinal, sua empresa depende de um orçamento
bem-feito. A seguir, propomos uma checklist de como o construir.
Basicamente, um orçamento empresarial existe para você perceber:
A) Quanto dinheiro a empresa tem de fato;
B) Quanto precisa gastar (custos fixos e variáveis), e
C) Quanto precisa receber para alcançar as metas.
Além disso, pode ser extremamente útil e um divisor de águas, por isto:
D) Bancos e fundos de investimentos provavelmente vão querer ver a avaliar o seu orçamento
empresarial quando você pedir um empréstimo.
E) Estando a par do orçamento, seus colaboradores vão entender para onde a empresa está
caminhando e, com isso, se dedicar mais. “Não espere que sua equipe bata suas metas se ela não
sabe o que é”, Butcher reitera.
F) Fazer um orçamento empresarial é fundamental porque evita riscos, uma vez que aponta se
novos investimentos (em equipamentos, aluguéis, reformas, etc) são possíveis, antes que a
compra o contrato sejam efetuados.
Os números que um orçamento empresarial oferece servem para ajustar seus planos e
expectativas. Basta que você o mantenha atualizado mensalmente, e se houver algum gargalo ou
vazamento, será mais fácil solucioná-los. Seja reduzindo contratações, investindo num
Marketing mais agressivo ou diminuindo suas expectativas de lucro.
>> Leitura recomendada: 17 dicas para o controle de gastos da sua empresa
Ciente de sua importância, vejamos quais são os 5 passos que Justine Grey recomenda para
construir um orçamento empresarial mensal:
1. Calcule todas fontes de renda
Dentro de fontes de renda, vale lembrar, você deve incluir:
 Vendas;
 Investimentos;
 Empréstimos, e
 Economias.
2. Liste os custos fixos
Listar despesas fixas é quase automático num orçamento empresarial. Mas, não esqueça de
passar por todas:
 Aluguel;
 Salários;
 Internet;
 Telefone;
 Taxas do Governo e Bancos;
 Hospedagem do site;
 Ferramentas contratadas;
 Serviços de contabilidade;
 Serviços legais, e
 Seguros.

3. Inclua os custos variáveis


Muitas dessas despesas podem ser reduzidas ou ampliadas usando o lucro da empresa. Isso quer
dizer que, se sua empresa tiver um desempenho superior ao esperado, você poderá usar fundos
extras para investir e permitir que o negócio cresça mais rápido.
 Matéria-prima;
 Água;
 Gás;
 Papel e impressão;
 Luz elétrica;
 Freelancers;
 Comissões;
 Publicidade;
 Outros custos de Marketing;
 Transporte, e
 Viagens e Eventos.
4. Preveja despesas únicas
Aqui se trata de definir itens que podem surgir inesperadamente, como a compra de um laptop
para substituir o que quebrou, ou outros gastos que podem ser orçados com meses de
antecedência. Portanto, contabilize:
 Construção;
 Reformas;
 Computadores e eletrônicos;
 Móveis;
 Material de escritório;
 Comes & Bebes;
 Presentes, e
 Consertos.

5. Reúna tudo
Você pode usar uma planilha Excel ou Google Sheets para reunir todos os tipos de gastos e
receitas que pontuamos aqui. Mas também pode adotar uma ferramenta de gestão financeira,
como o ContaAzul.
O importante é que faça isso o quanto antes. Agora que você sabe como fazer um orçamento
empresarial, essa tarefa deixou de ser um aborrecimento para se tornar um projeto de
infraestrutura que te capacita para tomar decisões financeiras inteligentes. De acordo?