Você está na página 1de 37

Um motor universal possui seus terminais de bobina de campo e de induzido acessíveis, conforme apresentado

na figura.

De modo a inverter o sentido de rotação do motor em relação ao sentido de rotação da figura, o motor deverá ter
seus terminais ligados da forma como apresentado na opção:
a)
terminal positivo de Vdc conectado ao terminal I; terminal II conectado ao terminal IV; terminal III
conectado ao terminal negativo de Vdc.

b)
terminal positivo de Vdc conectado ao terminal I; terminal I conectado ao terminal III; terminal negativo
de Vdc conectado ao terminal II; terminal II conectado ao terminal IV.

c)
terminal positivo de Vdc conectado ao terminal II; terminal I conectado ao terminal IV; terminal III
conectado ao terminal negativo de Vdc.

d)
: terminal positivo de Vdc conectado ao terminal IV; terminal negativo de Vdc conectado ao terminal I;
terminal II conectado ao terminal III.

e)
terminal positivo de Vdc conectado ao terminal II; terminal negativo de Vdc conectado ao terminal I;
terminal I conectado ao terminal III; terminal II conectado ao terminal IV.

A figura a seguir mostra o princípio de funcionamento de que tipo de motor elétrico?


a)
Motor composto

b)
Motor série

c)
Motor de passo

d)
Servomotor

e)
Motor em derivação

Em relação aos princípios de funcionamento e características dos motores de corrente alternada síncronos e assíncronos,
analise as afirmativas a seguir.
I – Nos motores de indução síncronos, o estator é alimentado por corrente alternada, enquanto ao rotor é fornecida corrente
contínua proveniente de uma excitatriz. Essa combinação de excitações facilitam a partida, o que possibilita a partida sob
carga máxima.
II – Nos motores de indução assíncronos trifásicos, o estator é alimentado por corrente alternada, enquanto no rotor a corrente
que circula é induzida pelo movimento relativo entre os condutores do rotor e o campo magnético, que gira. Devido a essa
indução, a velocidade de rotação do rotor diminui em relação à rotação do campo do estator conforme há um aumento da
demanda na carga no eixo do motor. Essa diferença é denominada deslizamento ou escorregamento.
III- Nos motores de corrente alternada, a velocidade de rotação síncrona é dependente da frequência de alimentação da rede
e do número de polos, com os quais o motor foi construído.
Está correto somente o que se afirma em:
a)
I;

b)
II;

c)
III;

d)
I e II;

e)
II e III

Determine a corrente elétrica de um motor monofásico de ½ CV, cos φ = 0,67, rendimento ɳ = 58%,
alimentado em 220 V, 60 Hz, sabendo que 1 CV = 735,5 W.
a)
4,3 A

b)
3,35 A

c)
5,0 A

d)
4,0 A

e)
4,5 A

O emprego da eletrônica de potência nos controles elétricos contribuiu significativamente para o


avanço tecnológico nessa área. O uso dos inversores de frequência associados aos motores de
indução é um exemplo da utilização da eletrônica de potência no controle de velocidade de motores
elétricos.

Nessa aplicação, o aumento da viabilidade econômica dos inversores favorece o emprego dos motores
de indução na substituição dos motores
a)
de corrente contínua

b)
síncronos de polos lisos

c)
síncronos de polos salientes

d)
de passo

e)
universais

Em uma instalação elétrica industrial, a potência total de um conjunto de cargas é de 100 kW com um
fator de potência de 0,5 indutivo. Além dessas cargas, também existe um motor síncrono de potência
de 300 kW. Essa instalação opera sempre a plena carga e o fator de potência total do conjunto de
cargas e do motor síncrono é igual à unidade. O fator de potência do motor síncrono é:
a)
0,500 indutivo;

b)
0,707 capacitivo;

c)
0,707 indutivo;

d)
0,866 capacitivo;

e)
0,866 indutivo.

Uma máquina síncrona de polos lisos possui reatância síncrona xs = 0,02 [p.u.] . Essa máquina é
trifásica, possui potência nominal de 50 [kVA], seus enrolamentos estão conectados em triângulo e
sua tensão nominal de linha é 3[kV]. Assinale a alternativa que apresenta corretamente o valor da
reatância síncrona, em [Ω].
a)
1,8

b)
3,6

c)
7,2

d)
14,4

e)
28,8

Acerca do controle de fluxo de potência e de tensão nas barras, assinale a alternativa correta.
a)
O controle de fluxo de potência nas barras de geração é efetuado por meio do regulador de velocidade dos
geradores síncronos.

b)
O controle de tensão nas barras de geração é efetuado por meio do regulador de velocidade dos geradores
síncronos.

c)
O suporte de reativos junto às cargas, por meio da correção do fator de potência, é um dos mecanismos
de controle do fluxo de potência ativa.

d)
O suporte de ativos junto às cargas, por meio da geração distribuída, é um dos mecanismos de controle de
tensão nas barras.

e)
Os geradores tipicamente utilizados para o controle de fluxo de potência e de tensão nas barras são
assíncronos, de modo a otimizar o controle de velocidade.
Considere as afirmativas abaixo a respeito dos motores síncrono e de indução:

I. O campo girante de um motor trifásico está condicionado à simetria das tensões de fase que o
alimentam.
II. O rotor de um motor de indução está em fase com o campo girante.
III. A diferença de velocidade de rotação do rotor e do campo girante em um motor síncrono é devida
ao atrito dos rolamentos.

Assinale se
a)
somente a afirmativa I estiver correta.

b)
somente a afirmativa II estiver correta.

c)
somente a afirmativa III estiver correta.

d)
somente as afirmativas I e III estiverem corretas.

e)
somente as afirmativas II e III estiverem corretas.

Sobre motores elétricos, é INCORRETO afirmar:


a)
A máquina síncrona é alimentada, ao mesmo tempo, em corrente contínua (CC) e alternada (CA).

b)
Os motores de corrente alternada podem ter rotor de polos lisos ou de polos salientes.

c)
A máquina assíncrona é alimentada em corrente alternada (CA).

d)
O motor síncrono pode fazer a função de um capacitor.

e)
A corrente nos enrolamentos de armadura de um motor de corrente contínua é alternada.

Considere os seguintes enunciados em relação aos motores síncronos:

I. Necessitam de fonte de excitação, requerendo manutenção constante e muitas vezes dispendiosa.


II. Não apresentam desvantagem na partida, quando comparado aos motores de indução.
III. São de ampla utilização na indústria, em relação aos motores de indução e de rotor bobinado.
IV. Pode ser usado como alternativa a um banco de capacitores, para corrigir fator de potência, desde
que tomando cuidando especiais em relação a flutuação do torque .
V. Não pode usar enrolamento de compensação no auxílio a partida.
Pode-se afirmar que:
a)
I, II, III e IV estão corretas.

b)
I e IV estão corretas.

c)
II, III e IV estão corretas.

d)
I, III e IV estão corretas.

e)
I, II, e V estão corretas.

O motor elétrico, destinado a converter energia elétrica em energia mecânica, é um dos


equipamentos mais utilizados pelo homem. Entre os tipos de motores elétricos de corrente alternada,
é correto afirmar que os motores síncronos

a)
possuem velocidade constante e proporcional à frequência da rede. Os polos do rotor seguem o campo
girante imposto ao estator pela rede de alimentação trifásica.

b)
possuem rotor bobinado com um enrolamento trifásico, acessível através de três anéis com escovas
coletoras no eixo.

c)
possuem rotor com vários condutores conectados em curto-circuito no formato de uma “gaiola de
esquilo”.

d)
têm pequena ou média potência, geralmente menores que 5CV.

e)
são bastante utilizados no Brasil, apresentam seis terminais acessíveis, dois para cada enrolamento de
trabalho Et, e a tensão de alimentação destas bobinas são projetadas para 220V.

Assinale a opção correta a respeito de motores elétricos.


a)
O motor de capacitor de partida, diferentemente do motor de fase dividida, contém um capacitor em
paralelo com o enrolamento auxiliar de partida, o que permite uma maior defasagem entre as correntes
dos enrolamentos principal e auxiliar.

b)
O motor com rotor gaiola de esquilo, do tipo corrente alternada e síncrono, requer o uso de escovas ou
comutadores.

c)
Os motores síncronos são assim denominados porque a velocidade do rotor é sincronizada com o campo
girante estabelecido no estator, sendo a velocidade síncrona desses motores inversamente proporcional ao
número de polos e diretamente proporcional à frequência da alimentação do motor.

d)
Os motores de indução monofásicos caracterizam-se pelo alto torque de partida, devido ao campo
magnético girante induzido no rotor, sem a necessidade de enrolamentos auxiliares para sua partida.

e)
O motor de fase dividida é um motor trifásico que possui um enrolamento principal e um auxiliar,
defasados de 120º.

Com relação às máquinas síncronas, assinale a opção correta.


a)
Motores síncronos assemelham-se aos motores de indução, no que diz respeito às correntes que circulam
no rotor, pois eles têm em comum enrolamentos percorridos por corrente alternada.

b)
Geradores do tipo polos salientes possuem menos polos que geradores de polos lisos.

c)
Tanto geradores de polos salientes quanto geradores de polos lisos, independentemente de suas rotações
mecânicas, são dimensionados para, quando sincronizados a um sistema elétrico, gerarem tensão a uma
mesma frequência síncrona.

d)
O rotor de um gerador com 12 polos ligado a um sistema com frequência nominal 60 Hz deverá girar a 300
rpm.

e)
De um modo geral, as máquinas térmicas têm rotor de polos salientes, com eixos menores em
comprimento que o diâmetro do estator.

Um gerador síncrono está conectado em uma barra infnita e opera com fator de potência indutivo. Se a sua
excitação for lentamente aumentada e a potência mecânica mantida constante, pode - se afrmar que o ângulo de
carga:
a)
aumenta e o fator de potência diminui;

b)
aumenta e o fator de potência aumenta;

c)
diminui e o fator de potência diminui;

d)
aumenta e o fator de potência não se altera;

e)
diminui e o fator de potência aumenta.

Determinada máquina elétrica realiza o seguinte processo de conversão eletromecânica de energia: o rotor, que
é acionado por uma potência mecânica, possui, em seu interior, um enrolamento de campo energizado com
corrente contínua; com o movimento mecânico do rotor energizado, os enrolamentos trifásicos do estator,
devido à lei de Farady, passam a apresentar tensão induzida; esses enrolamentos alojados no estator
correspondem à armadura da máquina. Nesse caso, o dispositivo que realiza o processo descrito é um
a)
motor de corrente contínua.

b)
motor de indução.

c)
motor síncrono.

d)
gerador de corrente contínua.

e)
gerador síncrono.

A Figura acima ilustra duas máquinas síncronas acopladas pelos seus eixos de rotação, sendo um
motor síncrono conectado ao sistema elétrico A (Motor Síncrono A) e um gerador síncrono que
alimenta o sistema elétrico B (Gerador Síncrono B). O sistema elétrico A tem frequência de 50 Hz, e o
sistema elétrico B tem frequência de 60 Hz.

Se o Motor Síncrono A tem 20 polos, quantos polos deve ter o Gerador Síncrono B para que alimente
o sistema elétrico B com frequência de 60 Hz?
a)
16

b)
18

c)
20

d)
22

e)
24

Considere as afirmativas abaixo referentes à partida de um motor síncrono.

I - Um motor síncrono pode partir utilizando um conversor eletrônico para reduzir a frequência da
tensão de alimentação do estator do motor durante a partida.
II - Um motor síncrono pode partir alimentando o enrolamento de campo com uma fonte de tensão
alternada na frequência múltipla da tensão de alimentação do estator do motor durante a partida.
III - Um motor síncrono pode partir com o auxílio de um motor auxiliar, que eleva a rotação da
máquina próxima à nominal, antes de realizar a conexão da máquina com a rede elétrica.

Está correto o que se afirma em


a)
I, apenas

b)
II, apenas

c)
I e III, apenas

d)
II e III, apenas

e)
I, II e III

Responda esta questão sobre o ponto de vista de Motores Elétricos. Das afirmações abaixo:

I. Os motores síncronos têm enrolamentos no estator que produzem um campo magnético rotativo.

II. Nos motores síncronos, ao contrário do motor de indução, o circuito do rotor é excitado por uma fonte cc.

III. Os motores de gaiola têm enrolamentos no rotor com o dobro de espiras do estator.

a)
Apenas a I está correta.

b)
Apenas I e II estão corretas.

c)
Apenas a II está correta.

d)
Apenas I e III estão corretas.

e)
Apenas II e III estão corretas.

As usinas hidrelétricas e termelétricas utilizam máquinas síncronas, que funcionam como geradores de
eletricidade. É correto afirmar que:
a)
Os geradores de energia elétrica que desenvolvem alta velocidade utilizam, normalmente, rotores de polos
salientes.

b)
A frequência da tensão gerada por um gerador síncrono depende diretamente da tensão aplicada no
enrolamento de campo da máquina.

c)
Para dois geradores síncronos serem colocados em paralelo não é necessário que as duas máquinas
tenham mesma frequência.

d)
Para dois geradores funcionarem em paralelo, entre outras condições a serem observadas, deve-se ter o
mesmo valor eficaz das tensões e a mesma sequência de fases.

e)
A impedância de sequência zero do gerador é igual à impedância de sequência positiva.

Considere a informação a seguir para responder às questões de números 26 e 27.

A figura acima mostra o modelo elétrico monofásico de um gerador síncrono trifásico. O modelo é composto basicamente
por uma tensão interna gerada (Eg), uma reatância indutiva (jXs) e os terminais de conexão A e B. Esse gerador será
conectado a um terminal de um sistema elétrico cuja tensão terminal de fase é denominada VT
Sendo δ o ângulo entre a tensão terminal e a tensão interna gerada (ângulo de torque da máquina) e ω m, a
velocidade mecânica no eixo do gerador, qual a expressão que define o torque mecânico aplicado n o gerador?

a)

b)

c)

d)

e)

Considere que o gerador apresentado seja de 4 polos, gerando a tensão Eg numa frequência de 60 Hz.
Deseja-se obter um gerador que, quando obtida a mesma velocidade no rotor, gere uma tensão Eg numa
frequência de 300 Hz.

Quantos polos deve ter o gerador desejado?


a)
8

b)
10

c)
12

d)
20

e)
24

O Inversor de Frequência é o elo entre a etapa de controle e a motorização de uma máquina.


NÃO atende às características de um Inversor de Frequência um equipamento que

a)
regula a velocidade de um motor elétrico AC, mantendo o seu torque.

b)
trabalha somente com motores elétricos AC.

c)
tem a mesma função do conversor CC.

d)
aciona somente motores de indução trifásicos.

e)
tem o circuito interno diferente do conversor CC.

Considere as relações sobre motores elétricos apresentadas abaixo.

I. Motor síncrono: funciona com velocidade fixa.

II. Motor de indução: necessita de uma fonte de corrente contínua.

III. Motor CC: não utiliza potência reativa.

IV. Motor universal: permite ligação tanto em corrente contínua como em corrente alternada.

V. Motor trifásico assíncrono: o rotor pode ser do tipo gaiola de esquilo ou bobinado.

Está correto o que consta APENAS em


a)
I, III e IV.
b)
I, IV e V.

c)
II, III e IV.

d)
II, IV e V.

e)
III, IV e V.

Considere os elementos abaixo e uma rede elétrica industrial indutiva.

I. Motor assíncrono.
II. Transformador.
III. Reator.
IV. Motor síncrono super excitado.
V. Capacitor.

Os elementos capazes de compensar o fator de potência verificado nessa indústria são APENAS
a)
I, II e III.

b)
I, II, III e IV.

c)
II e III.

d)
III e IV

e)
IV e V.

Os motores elétricos são classificados segundo dois grandes grupos: os de corrente contínua e os de corrente
alternada.

Analise as afirmativas abaixo


I - Os motores de corrente contínua operam alimentados por um tipo de fonte de energia normalmente
disponibilizada por concessionárias a residências, indústrias e comércio em geral.
II - Os motores de corrente alternada são muito utilizados na partida de motores a combustão interna, empregados
em veículos, sendo alimentados por bateria.
III - Os motores de corrente alternada podem ser mono- fásicos ou trifásicos, sendo síncronos ou assíncronos os
trifásicos.

Estão corretas APENAS as afirmativas


a)
I
b)
III

c)
I e II

d)
I e III

e)
II e III

Um problema evidenciado no motor síncrono diz respeito à sua partida. Com relação a esse tema, considere as
afirmações a seguir.

I – O motor auxiliar é empregado basicamente para mo- tores de pequeno porte.

II – O conversor de frequência realiza a partida do motor de maneira síncrona a uma frequência variável
crescente.

III – Os enrolamentos amortecedores propiciam uma partida assíncrona.

Está correto APENAS o que se afirma em:

a)
I.

b)
II.

c)
I e II.

d)
I e III.

e)
II e III.

Um gerador síncrono trifásico, conectado em Y com potência nominal de 250 kVA e tensão terminal
de 440 V, é submetido aos ensaios em vazio e de curto-circuito com sua corrente de campo nominal
de 10 A. Desses ensaios são obtidos os seguintes resultados:

. tensão terminal em vazio igual a 500 V;


. corrente de linha em curto-circuito igual à corrente nominal.

Considerando o exposto e desprezando a resistência de armadura, a reatância síncrona do gerador,


em ohms, é, aproximadamente,

a)
0,49

b)
0,88

c)
1,92

d)
2,15

e)
4,45

A respeito do motor síncrono, um tipo de motor elétrico, cuja velocidade de rotação é proporcional à
frequência da sua alimentação, considere as afirmativas a seguir:

I. A rotação média do motor síncrono tem uma grande variação em função da carga mecânica
imposta ao seu eixo.

II. O enrolamento amortecedor, que funciona como a gaiola do motor de indução, é utilizado para
frear o motor síncrono.

III. O motor síncrono pode ser utilizado para a correção de fator de potência.

Assinale:
a)
se somente a afirmativa I estiver correta.

b)
se somente a afirmativa II estiver correta.

c)
se somente a afirmativa III estiver correta.

d)
se somente as afirmativas I e III estiverem corretas.

e)
se somente as afirmativas II e III estiverem corretas.

O acionamento eletrônico de motores síncronos é bastante utilizado em potências elevadas (acima de


1 MVA) e velocidades muito altas (acima de 3.000 rpm). A respeito do acionamento eletrônico de
motores síncronos, não é correto afirmar que:

a)
são necessários dois conversores eletrônicos para o acionamento, um operando como retificador e outro
como inversor.

b)
nos conversores eletrônicos utilizados para o acionamento eletrônico de motores síncronos de potência
elevada, o dispositivo mais utilizado é o IGBT.

c)
para controlar o instante de disparo dos componentes do conversor eletrônico, é necessário um sensor de
posição do rotor.

d)
o conjugado (torque) produzido pelas correntes fornecidas pelo inversor é pulsante.

e)
para fornecer o conjugado de partida para o motor, é necessário variar a freqüência da corrente de
alimentação por meio do controle do disparo dos componentes do inversor.

Considere as afirmativas abaixo, em relação a motores síncronos:


I. Os geradores síncronos de tensão alternada necessitam sempre de uma alimentação de tensão
contínua (ou de um imã permanente) para produzir potência elétrica.

II. Em um gerador síncrono, a velocidade do rotor é igual à do campo girante do estator


independente do número de pólos.

III. Na partida de um motor síncrono de pequena potência, podemos usar a chave inversora estrela
para delta (triângulo).

IV. Embora o motor síncrono seja construído apenas por enrolamentos bobinados (portanto,
indutivo), ele consegue, em seu funcionamento, adiantar a corrente com relação à tensão no estator
quando o campo do rotor tem sua corrente aumentada.

V. Em um motor síncrono com carga nominal, a rotação do rotor acha-se atrasada em relação ao
campo girante, mas ambos têm a mesma velocidade.
A quantidade de afirmativas corretas é igual a:

a)
5.

b)
4.

c)
3.

d)
2.

e)
1.

Um alternador síncrono trifásico de pólos salientes, bipolar, com escovas, utilizado em um conjunto de geração
de emergência possui os enrolamentos rotóricos
a)
concentrados em bobina(s) alimentada(s) em CC, e a tensão a ser utilizada é induzida nos enrolamentos
estatóricos, distribuídos, com cada fase deslocada de 120°.

b)
concentrados em bobina(s) alimentada(s) em CA, e a tensão a ser utilizada é induzida nos enrolamentos
estatóricos, concentrados, com cada fase deslocada de 60°.

c)
distribuídos e alimentados em CC, e a tensão a ser utilizada é induzida nos enrolamentos estatóricos,
distribuídos, com cada fase deslocada de 60°.

d)
distribuídos e alimentados em CA, e a tensão a ser utilizada é induzida nos enrolamentos estatóricos,
concentrados, com cada fase deslocada de 120°.

e)
distribuídos e alimentados em CA, e a tensão a ser utilizada é induzida nos enrolamentos estatóricos,
distribuídos, com cada fase deslocada de 60°.

Máquina de Indução, Máquinas Elétricas

Com relação às máquinas de indução, não é correto afirmar:


a)
A tensão no rotor é induzida nos seus enrolamentos, ao invés de ser fisicamente conectada por fios.

b)
Motores de indução bobinados são mais caros que motores de indução de gaiola e necessitam de muito mais
manutenção.

c)
Um motor de indução tem o mesmo estator físico que uma máquina síncrona, porém com uma construção
de rotor diferente.

d)
A característica distinta de um motor de indução é que nenhuma corrente de campo CC é necessária para
que a máquina entre em funcionamento.

e)
Assim como um transformador, o primário (rotor) induz uma tensão no secundário (estator) e além disso, a
frequência no primário e secundário são iguais.

Sobre os motores elétricos, avalie as afirmações a seguir.

I. Um motor de indução trifásico tem a velocidade de rotação do eixo motor menor que a velocidade síncrona (aquela
com que gira o campo magnético).
II. Um motor síncrono trifásico tem a velocidade de rotação do eixo motor variando, conforme o torque mecânico no
eixo, quando em funcionamento normal.
III. Um motor de indução (bobinado) trifásico pode ter o seu torque de partida alterado pela inserção de resistências
externas em série com o enrolamento do rotor.
IV. Um motor de indução monofásico não necessita de um segundo enrolamento cruzado, pois como o fluxo magnético
varia com o tempo isto garante o seu funcionamento.
Está(ão) CORRETA(S) apenas a(s) assertiva(s)
a)
I, II e III.

b)
I e III.

c)
IV.

d)
II e IV.

e)
II, III e IV.

A respeito da caracterização e dos tipos de ensaios para certificação TTA (ensaios de tipo totalmente
testados – type tested assembly ) de centros de comando de motores (CCMs), assinale a opção correta.
a)
Para a realização do ensaio de propriedades dielétricas, é necessário que o CCM e seus componentes estejam
desmontados.

b)
O ensaio de propriedades dielétricas tem os mesmos propósitos do ensaio de eficiência do circuito de
proteção do CCM, ou seja, ambos verificam se as conexões expostas e os condutores estão interligados ao
circuito de proteção.

c)
A avaliação dos limites de elevação de temperatura do painel do CCM é realizada por meio de um ensaio
específico, cujo resultado é considerado satisfatório se o aumento de temperatura mantém-se dentro de
valores definidos em norma.

d)
No ensaio para a verificação do grau de proteção, avalia-se se todos os dispositivos mecânicos de
intertravamento, inserção e extração das gavetas do conjunto do CCM funcionam de forma correta.

e)
A verificação para certificar se as distâncias cumprem os valores especificados em norma, a fim de garantir
a proteção das partes condutoras do CCM, é realizada no ensaio de funcionamento mecânico.

Sobre os motores elétricos de indução, é INCORRETO afirmar que:


a)
Os motores de indução podem ser adquiridos com 3, 6, 9 ou 12 terminais externos.

b)
Em motores com 6 terminais externos, a ligação triângulo permite apenas tensão nominal do enrolamento
de fase igual a 380V.

c)
Em motores de 12 terminais, existem 4 tipos possíveis de ligação.

d)
No caso do motor de 12 terminais, na ligação triângulo em série, a tensão nominal é 440V.

e)
No caso do motor de 12 terminais, na ligação estrela em série, a tensão nominal é 760V.

A Figura 3 representa o circuito equivalente de um motor de indução trifásico, em que todas as grandezas são
referidas ao estator.

O motor de indução em questão foi submetido a um ensaio de rotor bloqueado, e os dados obtidos por fase
foram: Vb = 25 V, Ib = 5 A e Pb = 75 W, para uma frequência de 60 Hz. Sabendo-se que R1/R2 = 2/3 e X1/X2 = 1,
os valores calculados, em ohms, para R1 e X2 são, respectivamente,
a)
1,2 e 2,0

b)
1,8 e 2,0

c)
1,2 e 4,0

d)
1,8 e 4,0

Assinale a alternativa que apresenta o tipo de ensaio que se refere o texto abaixo.
Este ensaio ocorre quando o motor da máquina elétrica gira sem qualquer carga externa
acoplada ao seu eixo. Na máquina de indução, consiste em aplicar a tensão nominal nos
terminais do estator e medir essa tensão, a corrente de linha resultante e a potência ativa total
fornecida à máquina. Com esses parâmetros, é possível verificar as perdas relacionadas e a
potência reativa das máquinas.
a)
Ensaio a vazio

b)
Ensaio de rotor bloqueado

c)
Ensaio de curto circuito

d)
Ensaio de circuito aberto
e)
Ensaio de máxima corrente indutiva

Assinale a alternativa incorreta sobre motores de indução.


a)
A maioria dos métodos de partida de motores de indução monofásico emprega a estratégia de criar campos
magnéticos bifásicos, através de enrolamentos auxiliares conectados em paralelo com o enrolamento principal

b)
Diferentemente dos motores de corrente contínua, os motores de indução não têm um enrolamento específco de
campo

c)
Por depender da indução por tensão no enrolamento do motor, o motor de indução necessariamente precisa
funcionar na velocidade síncrona

d)
Fase auxiliar em série com capacitor de partida e fase dividida combinada a capacitores de partida e de regime
são tipos de métodos de partida de motores de indução monofásicos

e)
Motores de indução polifásicos desenvolvem torque de partida, pois estabelecem ondas girantes de força motriz
e, consequentemente, geram campos girantes

Um dos métodos de acionamento mais populares para motores trifásicos assíncronos é a partida estrela -
triângulo (Y/∆). Analise as afirmativas a seguir sobre as condições para a realização desse tipo de acionamento.
I. Para partida estrela-triângulo, é fundamental que o motor tenha a possibilidade de ligação em dupla tensão; para
isso, são necessários seis terminais na caixa de ligação.
II. O motor deve ser ligado de forma que o máximo de sua carga seja atingida, para que após um intervalo de tempo,
sua ligação seja comutada para triângulo (alteração nas fases), onde a velocidade diminui, nos valores pré -
estabelecidos.
III. Ligando-se o motor durante a partida em estrela e na tensão nominal para a configuração triângulo, temos uma
tensão reduzida sobre os enrolamentos do motor, resultando em menor corrente e menor velocidade de partida.
IV. O uso da partida estrela-triângulo deve ser bem estudado, pois, dependendo do conjugado resistente de carga e de
tempo de comutação para triângulo, a corrente poderá elevar-se excessivamente durante a comutação, o que perderia
o propósito de tal modo de partida.
Assinale a alternativa correta.
a)
Todas as afirmações são verdadeiras

b)
Somente as informações I e III são verdadeiras

c)
Somente as afirmações II e III são verdadeiras

d)
Somente as afirmações III e IV são verdadeiras

e)
Somente as afirmações I, III e IV são verdadeiras
Sobre o funcionamento das máquinas elétricas, considere as seguintes afirmativas:
1. Motores de indução operam sempre abaixo da velocidade síncrona.
2. Nos motores síncronos, a velocidade de rotação é diretamente proporcional ao número
de polos em seu rotor.
3. Em máquinas CC, o enrolamento de armadura encontra-se no rotor.
4. Nas máquinas CA, a frequência elétrica é igual à frequência de giro do rotor.
Assinale a alternativa correta.

a)
Somente a afirmativa 1 é verdadeira.

b)
Somente as afirmativas 1 e 3 são verdadeiras.

c)
Somente as afirmativas 2 e 4 são verdadeiras.

d)
Somente as afirmativas 1, 2 e 3 são verdadeiras.

e)
Somente as afirmativas 2, 3 e 4 são verdadeiras.

Os métodos mais comuns de partida de motores de indução monofásicos utilizam, como


recurso, a criação de campos magnéticos bifásicos nos enrolamentos auxiliares ligados em
paralelo com o enrolamento principal. Em relação a esses métodos assinale a afirmativa
correta.
a)
Fase auxiliar em série com capacitor de regime: neste método de partida o capacitor em série com o
enrolamento auxiliar fica permanentemente conectado em série com o enrolamento principal.

b)
Fase auxiliar: o enrolamento auxiliar é deslocado espacialmente do principal de 90° graus elétricos e
projetado para ser menos indutivo e, com resistência elétrica maior que do enrolamento principal, tornando-
se defasadas no tempo para gerar campos girantes.

c)
Fase dividida combinada a capacitores de partida e de regime: neste caso aproveita-se o capacitor
permanente na partida, além do outro capacitor específico para a partida. Esta configuração resulta no pior
desempenho do motor monofásico, quando comparada com as demais.

d)
Fase auxiliar em série com capacitor de partida: as correntes defasadas nos dois enrolamentos são obtidas
com a inserção de um capacitor eletrolítico seco em paralelo com o auxiliar. Uma chave centrífuga desconecta
o auxiliar em série com o capacitor, quando a velocidade de eixo está próxima da síncrona.

Responder
Considerando os tipos de partida de motores trifásicos de indução, é correto afirmar que
a)
os inversores de frequência podem ser utilizados no acionamento do motor para reduzir a corrente de partida.
De acordo com a forma de controle, existem dois tipos: escalar e vetorial. Na partida com inversor de
frequência escalar, mantém-se a frequência constante enquanto a tensão é reduzida, desta forma a corrente
de partida também é reduzida.

b)
o acionamento do motor através de chave estrela-triângulo possui algumas vantagens como: custo reduzido,
corrente de partida reduzida a 1/3 da corrente nominal, elevado número de manobras. Porém o motor
elétrico deve possuir no mínimo 12 terminais acessíveis e dupla tensão nominal.

c)
a chave estática soft starter é constituída de tiristores, cujo ângulo de disparo é controlado eletronicamente,
possibilitando o crescimento da tensão em rampa. Deve ser utilizada associada a um dos métodos de partida
eletromecânicos: direta, estrela-triângulo e chave compensadora.

d)
a corrente de partida do motor com chave compensadora automática é reduzida devido à redução de tensão
obtida pelas derivações do autotransformador, o qual é conectado ao circuito do estator na configuração
estrela, mas no instante da comutação de tensão reduzida para plena tensão, esta configuração é desfeita e
ele se comporta como uma reatância, impedindo o crescimento da corrente.

Considere um Motor de Indução Trifásico de 15CV com tensões de placa 380/660 V, em 60 Hz e as seguintes
informações e exigências:
- Tensão de alimentação trifásica 380/220 V;
- Sentido de rotação direto;
- Conjugado constante;
- Partida do motor com 45% da carga;
- As partidas e paradas devem ser suaves;
- Custo.

Assinale a opção que corresponde ao método de partida adequado.


a)
Partida com chave Y-Δ automática constituída por 2 botoeiras, 3 contatores, 1 relé térmico de sobrecarga, 1
relé de tempo, 1 fusível Diazed e 3 fusíveis NH.

b)
Partida com chave estática soft starter, constituída por um circuito eletrônico que controla o ângulo de disparo
de um conjunto de tiristores, resultando no controle da tensão aplicada aos terminais do motor. As principais
funções são: acionamento e desaceleração em rampa de tensão, pulso de tensão de partida, corrente
limitada de partida, proteção térmica, conjugado constante.

c)
Partida com chave compensadora automática constituída por 2 botoeiras, 3 contatores, 1 relé térmico de
sobrecarga, 1 relé de tempo, 1 fusível Diazed, 3 fusíveis NH e 1 autotransformador com tapes de 50%, 65%
e 80%.
d)
Inversor de frequência oferece, a partir da tensão de alimentação monofásica ou trifásica, tensão de saída
com amplitude e frequência variável. É constituído basicamente de um retificador e um inversor. As principais
funções são: operação do motor no sentido direto ou reverso, controle de velocidade e frequência,
acionamento e desaceleração em rampa de tensão, proteção térmica, conjugado constante ou variável.

A utilização de circuitos equivalentes facilita o estudo e a análise dos equipamentos em engenharia. No


esquema abaixo temos o circuito equivalente de um equipamento e as equações que regem o seu
funcionamento. Tal equipamento se chama

a)
motor de corrente alternada de indução.

b)
gerador de corrente alternada tipo síncrono.

c)
motor de corrente continua tipo série.

d)
motor de corrente continua tipo shunt.

e)
gerador de corrente continua tipo composto.

Sobre medidores de potência analógicos e medidores de energia tipo indução, analise as afirmativas.
I - O princípio de funcionamento do medidor de energia é o mesmo que o de um motor de indução, ou seja,
os campos gerados pelas bobinas de corrente e de potencial induzem correntes em um disco, provocando a
sua rotação.
II - A bobina de tensão ou potencial está ligada em paralelo com o circuito a ser medido e a bobina de
corrente em série.
III - Os wattímetros medem a potência ativa, tanto em circuitos alimentados em corrente contínua quanto
em corrente alternada.
IV - A ligação dos medidores de energia deve obedecer às características particulares do circuito, ou seja,
monofásico apenas fase + neutro ou bifásico apenas fase + fase.
Está correto o que se afirma em
a)
I e II, apenas.
b)
II e IV, apenas.

c)
I, II e III, apenas.

d)
I, III e IV, apenas.

De acordo com as características básicas dos motores e geradores elétricos, assinale a opção CORRETA.
a)
Em um motor elétrico assíncrono, o rotor sempre irá girar com rotação acima da rotação do campo girante e,
portanto, haverá corrente e torque induzidos. A diferença relativa entre as velocidades do rotor e do fluxo do
estator é conhecida como “escorregamento”.

b)
A partida direta de um motor de indução com rotor de gaiola seria ideal se não existisse o inconveniente da alta
corrente de partida.

c)
Um motor projetado e construído para ser utilizado em 50 Hz, com a mesma tensão, poderá ser ligado em 60 Hz
para qualquer tipo de carga.

d)
O conjugado de partida de um motor de indução é sempre constante, ou seja, ele independe do método de
partida.

e)
Os motores de corrente contínua permitem, também, a operação com rotações além da rotação nominal sem que
ocorra redução de conjugado.

Observando atentamente a placa de um motor de indução trifásico, podemos obter várias informações sobre
o funcionamento desse motor. Identifique nos itens abaixo qual deles possui a informação CORRETA.
a)
A classe de isolamento indica a tensão máxima que o motor suporta em regime permanente.

b)
O fator de potência indica o percentual de corrente rotórica que é absorvida pelo motor.

c)
O regime de trabalho informa quanto tempo o motor pode ficar ligado por hora.

d)
As combinações dos numerais do índice de proteção indicam os dispositivos de proteção necessários para a correta
proteção do motor.

e)
O rendimento define a eficiência com que é feita transformação da energia elétrica absorvida na rede em energia
mecânica na ponta do eixo.

A corrente de partida de um motor de indução trifásico é de 5 a 7 vezes o valor de sua corrente nominal e
independe da carga acionada. A figura a seguir exemplifica um diagrama de comando de um motor trifásico
que objetiva a redução de sua corrente de partida. Assinale a alternativa correspondente ao método
empregado.

a)
Chave estrela-triângulo.

b)
Chave compensadora.

c)
Soft-starter.

d)
Partida direta.

e)
Partida direta com reversão.

Em relação ao circuito equivalente por fase do motor de indução trifásico mostrado na figura abaixo a única
afirmação correta é:

a)
As resistências R1, R2 e Rp representam respectivamente as perdas: no enrolamento do estator, no
enrolamento do rotor e por correntes parasitas e histerese no núcleo.

b)
X1, X2 e Xm representam respectivamente as reatâncias de dispersão: do estator, magnetizante e do rotor.
c)
Os valores das reatâncias X2 e Xm dependem da frequência das correntes induzidas no rotor.

d)
Xm representa a reatância magnetizante e Rp representa a resistência de perdas por ventilação e atrito.

Para determinação dos parâmetros do circuito equivalente do motor de indução trifásico com gaiola de
esquilo pode ser utilizado o circuito equivalente aproximado apresentado na figura abaixo. So bre os
ensaios a vazio e com rotor bloqueado para motores de indução trifásicos é correto afirmar que:

a)
O ensaio a vazio consiste em aplicar tensão reduzida aos terminais do estator e monitorar a corrente e
potência para o cálculo da resistência de perdas no núcleo e a reatância de magnetização.

b)
A potência ativa medida no ensaio de rotor bloqueado representa as perdas nos enrolamentos.

c)
O ensaio de rotor bloqueado é realizado para se determinar as resistências dos enrolamentos e as reatâncias
de dispersão do estator e do rotor e consiste na aplicação de tensão e frequência nominais.

d)
O ensaio a vazio permite o cálculo da reatância de dispersão (Xm) somente para rotores em gaiola de
esquilo.

As seguintes medidas foram obtidas de ensaios para determinação dos parâmetros do circuito
equivalente de um motor de indução trifásico de 4 polos, 10 CV, 380 V, 11,3 A, Classe C com rotor de
dupla gaiola de esquilo. Considere para a análise o circuito equivalente por f ase apresentado na figura
abaixo.

Após o ensaio de rotor bloqueado mediu-se o valor da resistência em corrente contínua vista pelos
terminais do estator, cujo valor médio por fase resultou em 0,783 Ω. Dados: 1 CV = 735 W.
Calcule os valores dos parâmetros Rp, Xm, R1, X1, R2’ e X2’ e assinale a única alternativa que
corresponde à sequência correta destes parâmetros.
a)
278 Ω; 66,5 Ω; 0,783 Ω; 0,45 Ω; 2,52 Ω e 1,05 Ω.

b)
278 Ω; 66,5 Ω; 0,783 Ω; 0,75 Ω; 2,52 Ω e 0,75 Ω.

c)
278 Ω; 66,5 Ω; 1,65 Ω; 0,75 Ω; 1,65 Ω e 0,75 Ω.

d)
3,31 Ω; 5,18 Ω; 139 Ω; 33,3 Ω; 139 Ω e 33,3 Ω.

A figura abaixo representa o diagrama de potência para acionamento de um motor de indução trifásico. Analise a
figura e preencha com V as alternativas verdadeiras e com F as alternativas falsas e depois assinale a única opção
com a sequência correta de cima para baixo.

( ) Só é possível o acionamento de um motor elétrico utilizando esta chave de partida se este possuir seis terminais
acessíveis e dispuser de dupla tensão nominal.
( ) Trata-se de uma chave compensadora, sendo a troca da ligação de K2 para K3 durante a partida acompanhada
por uma elevação de corrente.
( ) A partida deve ser feita pelo acionamento de K1 e K3 simultaneamente, assim, o torque e a corrente de partida
ficam reduzidos a 1/3 de seus valores nominais.
( ) Trata-se de uma chave de partida direta com a possibilidade de reversão da rotação, pois o contator K2 efetua
a troca de sequência de fases no motor.
( ) Trata-se de uma chave estrela-triângulo, sendo a troca da ligação de K3 para K2 durante a partida acompanhada
por elevação de corrente.
( ) Trata-se de uma chave de partida direta com freio eletromagnético aplicado pelo acionamento do cont ator K3.
a)
V, F, V, F, F, F.

b)
F, V, F, F, F, F.

c)
V, F, V, V, F, F.

d)
V, F, V, F, V, F.

Analise o diagrama de acionamento de um motor de indução trifásico apresentado na figura abaixo.


Preencha com V as alternativas verdadeiras e com F as alternativas falsas e depois assinale a única
opção com a sequência correta de cima para baixo.

( ) Trata-se de uma chave de partida direta para motores de baixa potência.


( ) O acionamento simultâneo de K1 e K2 reduz a 1/3 a corrente de partida do motor.
( ) Trata-se de uma chave de partida estrela triângulo.
( ) O acionamento de K2 é um freio eletromagnético para o motor.
( ) O dispositivo F2 é utilizado para proteger as bobinas que acionam K1 e K2.
( ) O acionamento não simultâneo de K1 e K2 possibilita a reversão da rotação do motor.
a)
V, F, F, F, F, V.

b)
F, V, F, F, V, V.

c)
V, F, F, F, F, F.
d)
F, F, V, V, F, F.

Um motor de indução trifásico de seis polos está conectado em uma rede trifásica equilibrada de 60
Hz. Quando o motor estiver a plena carga o seu escorregamento será de 0,05 pu. Para a operação do
motor descrita, é correto afirmar:
a)
A velocidade do campo girante criado pelo enrolamento de campo em relação à estrutura do estator é de
1800 rpm.

b)
A velocidade do campo girante criado pelo enrolamento de campo em relação ao rotor é de 90 rpm.

c)
A velocidade do campo girante criado pelo enrolamento de campo em relação ao rotor é zero.

d)
A velocidade do rotor em relação a estrutura do estator é de 1710 rpm.

e)
A frequência das correntes induzidas no enrolamento do rotor é de 3Hz.
As figuras precedentes ilustram os diagramas de força e de comando para acionamento de um motor
de indução trifásico, com partida mediante uso de chave compensadora. No circuito de força está
devidamente caracterizado o esquema de taps em derivação do transformador utilizado no circuito. A
respeito do funcionamento desses circuitos e da atuação dos componentes nos circuitos, assinale a
opção correta.
a)
Somente após energização do contactor K1 ocorrerá a partida do motor com tensão reduzida.

b)
Para que o motor esteja alimentado em regime permanente por tensão à plena carga nominal da rede
elétrica, os contactores K1 e K2 devem estar energizados.

c)
O temporizador KT1 será energizado somente após o contato 43-44 do contactor K2 estar fechado.

d)
Ao se pressionar o botão SH1, o contactor K2 será acionado e energizado.
e)
O contactor K3, que deve ficar permanentemente ligado para que o motor funcione, é desligado mediante
acionamento manual do botão SH0.

Um Engenheiro Eletricista, ao dimensionar uma máquina de indução trifásica, deseja


calcular o número de bobinas contido em um grupo polo-fase. Sabendo-se que, para o caso
em questão, tem-se: número total de ranhuras S=12, número de polos p=2, número de
fases m S=3 e frequência f=60 Hz, o número de bobinas contido em um grupo polo-fase é
a)
4 bobinas.

b)
12 bobinas.

c)
24 bobinas.

d)
2 bobinas.

e)
6 bobinas.

Em relação às características de motores de indução trifásicos, assinale a opção correta.


a)
O tempo de rotor bloqueado de um motor de indução é o período necessário para o motor, após o comando
para desenergização do circuito de força, sair da rotação sob carga, até parar completamente.

b)
O sentido de rotação de um motor que gire sob rotação nominal pode ser invertido retirando-se a alimentação
de uma das fases do circuito de força do motor.

c)
Um motor instalado em um ambiente sujeito a sol e chuva exige maior grau de proteção do que um motor
instalado no interior de ambiente limpo e seco.

d)
O grau de proteção de um motor de indução é definido por um código do tipo IPxy, em que o dígito x indica
proteção contra água e o dígito y se refere à proteção contra objetos sólidos.

e)
Se o fator de serviço de um motor de indução trifásico for igual a 1,13, então esse motor será capaz de
funcionar 13% acima de sua velocidade nominal por até duas horas.
A figura precedente ilustra as ligações das bobinas durante o funcionamento de um motor de indução
trifásico no intervalo de partida. Todas as bobinas são idênticas e cada fase possui duas bobinas com
terminais externos acessíveis. Por meio dos terminais Ra, Sa e Ta, ocorre a alimentação do motor,
enquanto os terminais Rb, Sb e Tb ficam abertos na partida. Após o motor atingir o regime permanente,
os terminais Rb, Sb e Tb ficarão em curto-circuito até que o motor seja desligado.
Com base nessas informações e na figura apresentada, assinale a opção correta.
a)
Caso o motor tenha oito polos e seja ligado a uma rede elétrica com frequência igual a 60 Hz, a velocidade
síncrona desse motor será, em regime permanente, igual a 900 rpm.

b)
Para os terminais Rb, Sb e Tb terem passado do estado aberto para curto-circuito, certamente foi necessário
utilizar um conversor de frequência devidamente ajustado.

c)
Se uma carga mecânica estiver ligada ao eixo do motor, a potência elétrica requerida para a partida do motor
será igual ao dobro da potência de operação em regime permanente.

d)
Durante a partida, o motor está conectado em estrela.

e)
Na partida, o motor funciona em ligação triângulo, mas, durante o regime permanente, fica com duas bobinas
por fase, em paralelo, ligadas em estrela.
texto associado
Com base nas figuras apresentadas, que representam diagramas de comando e de força para acionamento de um
motor de indução trifásico, assinale a opção correta.
a)
Uma lâmpada de sinalização está ligada em paralelo com o contactor 13/14 K1.

b)
O esquema de proteção do motor não tem relé térmico, apropriado para proteção contra sobrecarga no
motor.

c)
O botão de impulso S1 é utilizado para desligar o motor em caso de falha do selo do contactor K1.

d)
Se as bobinas do motor estiverem ligadas em triângulo, a magnitude da tensão de alimentação de uma
dessas bobinas será igual à magnitude da tensão que alimenta o circuito de comando do motor.

e)
O esquema de partida do motor utiliza chave estrela-triângulo.

No dimensionamento dos condutores do circuito de alimentação de um motor deve ser considerada uma
corrente de projeto no mínimo igual à corrente nominal do motor, nas condições de utilização. Um motor
trifásico de indução, com rotor tipo gaiola de esquilo, com os parâmetros citados abaixo, deverá ser usado
de forma ininterrupta em uma dada instalação elétrica em 60,0 [Hz]:
− Frequência nominal = 60,0 [Hz].
− Escorregamento nominal = 5,0 [%].
− Potência nominal = 8,1 [kW].
− Tensão nominal = 220,0 [V].
− Fator de potência = 0,9 (indutivo).
− Fator de serviço = 1,0.
− Rendimento em potência nominal = 90,0 [%].
Nessas circunstâncias, a corrente nominal do motor é, em [A], aproximadamente,
a)
73,2.
b)
26,3.

c)
45,5.

d)
52,6.

e)
13,3.

No que se refere à Proteção Geral, assinale a afirmação que está de acordo com o RIC -BT (Regulamento
de Instalações Consumidoras, Fornecimento em Tensão Secundária, Rede de Distribuição Aérea).
a)
Os motores devem possuir dispositivos de proteção para sobretensão, falta de fase e inversão de fases.

b)
Os motores devem possuir dispositivos de proteção para sobretensão e falta de fase.

c)
Recomenda-se que os motores possuam dispositivos de proteção para sobretensão, falta de fase e inversão
de fases.

d)
Recomenda-se que os motores possuam dispositivos de proteção para sobretensão e falta de fase.

e)
Os motores trifásicos devem possuir dispositivos para redução da corrente de partida sempre que sua
potência nominal for acima de 2CV.

O comportamento do motor de indução é semelhante ao do transformador. A variação do fluxo concatenado,


no caso do transformador, é devido à:
a)
Circulação de corrente contínua no primário e, no caso do motor, devido ao campo magnético girante.

b)
Circulação de corrente alternada no secundário e, no caso do motor, devido ao campo magnético girante.

c)
Circulação de corrente contínua no secundário e, no caso do motor, devido ao campo magnético girante.

d)
Circulação de corrente alternada no primário e, no caso do motor, devido ao campo magnético girante.

e)
Circulação de corrente contínua no primário e, no caso do indutor, devido ao campo elétrico girante.

Quanto À partida de motores de indução trifásicos dotados de gaiola de esquilo. Todo


o processo de partida de um motor de indução trifásico engloba um conjunto de fatores,
nem sempre fáceis de solucionar. Analise as afirmativas, referente aos fatores dos
processos de partida dos motores mencionados e marque a sentença correta (SIMONE,
2010):
(i) Habilidade da rede de fornecimento de energia elétrica em absorver a elevada corrente
de partida dos motores de indução trifásicos, no caso de partida direta.
(ii) Quedas de tensão produzidas no sistema de alimentação e seus, respectivos, efeitos
sobre outras cargas supridas pelo mesmo sistema de fornecimento.
(iii) Número de partidas por unidade de tempo ou número de partidas por hora.
(iv) Grandes torques ou forças mecânicas desenvolvidas em eixos, transmissão,
redutores de velocidade e demais sistemas mecânicos.
(v) Conjugados de partida adequados às cargas a serem movidas.
a)
Apenas estão corretas as afirmativas (i), (ii), (iii) e (iv).

b)
Apenas estão corretas as afirmativas (i), (ii), (iv) e (v).

c)
Apenas estão corretas as afirmativas (i), (iii), (iv) e (iv).

d)
Apenas estão corretas as afirmativas (i), (ii), (iii) e (v).

e)
Todas as afirmativas estão corretas.

Motores síncronos são motores cuja rotação do eixo é igual à rotação síncrona. O número de rotações dos
motores de corrente alternada e a formação do campo girante é dependente quais conjuntos de parâmetros:
a)
Frequência da rede de energia elétrica e o número de polos do motor.

b)
Nível da tensão de alimentação e da corrente dos motores elétricos.

c)
Número de polos do motor e carga no eixo do mesmo.

d)
Carga exigida do motor e frequência da rede elétrica.

e)
Número de fases da rede e carga no eixo do motor.

Marque a alternativa correta quanto aos motores assíncronos. Pode-se afirmar que o rotor em curto-
circuito ou gaiola de esquilo (NISKIER e MACINTYRE, 2014):
a)
É constituído de um núcleo, com forma de tambor, dotado de ranhuras onde se alojam fios ou barras
de cobre que são postas em curto-circuito em suas extremidades por anéis de bronze.

b)
É constituído de um núcleo ou tambor de ferro laminado, com ranhuras onde se alojam
enrolamentos, proporcionando o mesmo número de polos.
c)
Trata-se de um enrolamento alojado em ranhuras existentes na periferia de um núcleo de ferro laminado.

d)
É constituído de um núcleo, com forma de tambor, dotado de ranhuras onde se alojam fios ou barras
de cobre que são postas em circuito aberto em suas extremidades por anéis de bronze.

e)
É constituído de um núcleo ou tambor de ferro laminado, com ranhuras onde se alojam enrolamentos e os
terminais de ligação, fase e carcaça.

O controle de velocidade de um motor 3Φ de indução pode ser realizado mediante a variação da sua
frequência. Aplicando-se este tipo de controle, o motor pode operar tanto com velocidade acima ou
abaixo de sua velocidade nominal. Analisando este tipo de controle, pode-se afirmar que:
a)
para evitar correntes de magnetização excessivas no motor, a tensão de alimentação deve ser reduzida
quando o motor opera com velocidades abaixo da nominal.

b)
a velocidade do motor é inversamente proporcional à frequência.

c)
para velocidades abaixo da nominal, a tensão de alimentação deve aumentar para manter-se constante o
torque do motor.

d)
o torque do motor é diretamente proporcional à frequencia de alimentação.

e)
para obter-se a frequência variável usa-se um circuito retificador de ponte completa que é conectado aos
terminais do motor.

Um motor universal possui seus terminais de bobina de campo e de induzido acessíveis, conforme apresentado
na figura.
De modo a inverter o sentido de rotação do motor em relação ao sentido de rotação da figura, o motor deverá ter
seus terminais ligados da forma como apresentado na opção:
a)
terminal positivo de Vdc conectado ao terminal I; terminal II conectado ao terminal IV; terminal III
conectado ao terminal negativo de Vdc.

b)
terminal positivo de Vdc conectado ao terminal I; terminal I conectado ao terminal III; terminal negativo
de Vdc conectado ao terminal II; terminal II conectado ao terminal IV.

c)
terminal positivo de Vdc conectado ao terminal II; terminal I conectado ao terminal IV; terminal III
conectado ao terminal negativo de Vdc.

d)
: terminal positivo de Vdc conectado ao terminal IV; terminal negativo de Vdc conectado ao terminal I;
terminal II conectado ao terminal III.

e)
terminal positivo de Vdc conectado ao terminal II; terminal negativo de Vdc conectado ao terminal I;
terminal I conectado ao terminal III; terminal II conectado ao terminal IV.

A figura a seguir mostra o princípio de funcionamento de que tipo de motor elétrico?

a)
Motor composto

b)
Motor série

c)
Motor de passo

d)
Servomotor

e)
Motor em derivação

Uma característica do motor de indução trifásico é:


a)
o rotor possui velocidade igual ao do campo girante;

b)
o movimento é iniciado pela ação de um torque externo;

c)
o atrito do rotor impossibilita-o acompanhar o campo girante;

d)
o escorregamento permite o movimento do rotor;

e)
o rotor é alimentado por uma fonte de corrente contínua.