Você está na página 1de 2

INTITUTO FEDERAL DO CEARÁ – IFCE

DEPATAMENTO DE CONSTRUÇÃO CIVIL


TECNOLOGIA EM ESTRADAS
PROFESSORA: CÍNTIA CASTRO

Aluno(a):_____________________________________________________________________
1ª Avaliação Parcial
1. Qual a origem e como são formados os solos?

2. Um bloco indeformado de argila de volume igual a 1cm³, com peso especifico total igual 18,5
kN/m³ e umidade igual a 15% apresentou o peso especifico das partículas igual a 27,0 kN/m³.
Para esta amostra, determine:
a) Peso específico seco;
b) Índice de vazios,
c) Porosidade;
d) Grau de saturação;

3. Com relação à compactação dos solos, responda às solicitações seguintes:


a) Qual o objetivo da compactação dos solos? Apresente dois exemplos que justifiquem sua
resposta.
b) Considere as curvas de compactação mostradas a seguir, obtidas a partir da realização do
ensaio de compactação Proctor em um mesmo tipo de solo. Porque foram obtidas curvas
de compactação distintas, se o solo empregado nos três ensaios foi rigorosamente o
mesmo?

4. De um corte de solo natural são removidos 17.000 m3 com índice de vazios 1,25. Quantos m3
de aterro, com um índice de vazios de 0,85 poderão ser construídos com esse solo?

5. Determine o peso específico das partículas de uma amostra de um solo, conforme os dados
abaixo obtidos em laboratório:
 Peso do picnômetro (P1) = 49,26g
 Peso do picnômetro + Solo seco (P2) = 59,29g
 Peso do picnômetro + Solo seco + água (P3) = 104,42g
 Peso do picnômetro + água (P4) = 98,05g
6. De acordo com a curva granulométrica abaixo, determine;
CURVA GRANULOMÉTRICA

100
PERCENTAGEM QUE PASSA (%)

90
80
70
60
50
40
30
20
10
0
0,001 0,01 0,1 1 10 100

DIÂMETRO DOS GRÃOS (mm)

a) As percentagens dos materiais constituintes do solo segundo sistema de classificação da ABNT;


b) O diâmetro efetivo do solo;
c) O coeficiente de uniformidade do solo, classificando-o;
d) O coeficiente de curvatura do solo, classificando-o;
7. 4. Para a determinação da curva de distribuição granulométrica de um solo, foi inicialmente
realizado um ensaio de peneiramento, no qual foi utilizada uma amostra com massa seca ao
ar igual a 7026,79 g. Este material apresenta uma umidade higroscópica igual a 11,22%, e um
peso específico das partículas igual a 27,55 kN/m³. Este material foi submetido a um
peneiramento grosso, cujo resultado encontra-se apresentado na tabela seguinte:

Peneiramento grosso
Peneira Abertura Solo seco Solo ret. % que
(mm) retido(g) acumul.(g) passa
3" 76,1 0

2" 50,8 272,8

1 1/2" 38,1 460,9

1" 25,4 612,1

3/4" 19,1 573,8


3/8" 9,5 1577

4 4,76 1214,9

10 2,00 1140,4