Você está na página 1de 4

Escola Estadual de Ensino Médio Professor João Bento da Costa

Disciplina: Língua Portuguesa


Docente: Luiz Eduardo Souza
Aluno (a): ______________________________
Nº ___Série/turma:________ Nota________

AVALIAÇÃO DE RECUPERAÇÃO DE LÍNGUA


PORTUGUESA 1ºano
02. Examine a charge do cartunista argentino Quino.
Gabarito de Respostas – Preencha
A B C D E
01
02
03
04
05
06
07
08
09
10

Leia o texto e responda as questões.

Alma minha gentil, que te partiste


tão cedo desta vida descontente,
repousa lá no Céu eternamente,
e viva eu cá na terra sempre triste.
A charge explora, sobretudo, a oposição
Se lá no assento etéreo, onde subiste,
memória desta vida se consente,
a)inocência x malícia.
não te esqueças daquele amor ardente
que já nos olhos meus tão puro viste. b)público x privado.
E se vires que pode merecer-te c)progresso x estagnação.
alguma coisa a dor que me ficou
da mágoa, sem remédio, de perder-te, d)natureza x cidade.

roga a Deus, que teus anos encurtou, e)liberdade x repressão.


que tão cedo de cá me leve a ver-te,
quão cedo de meus olhos te levou. Leia o texto e responda as questões.
(Sonetos, 2001.)
01. De acordo com o último terceto , o eu lírico Cultivar um estilo de vida saudável é extremamente
importante para diminuir o risco de infarto, mas
a) suplica a Deus que suas memórias afetivas lhe também de problemas como morte súbita e derrame.
sejam subtraídas. Significa que manter uma alimentação saudável e
b) expressa o desejo de que sua amada seja em praticar atividade física regularmente já reduz, por si
breve restituída à vida. só, as chances de desenvolver vários problemas.
c) expressa o desejo de que sua própria vida Além disso, é importante para o controle da pressão
também seja abreviada. arterial, dos níveis de colesterol e de glicose no
d) suplica a Deus que sua amada também se liberte sangue. Também ajuda a diminuir o estresse e
dos sofrimentos terrenos. aumentar a capacidade física, fatores que, somados,
e) lamenta que sua própria conduta tenha reduzem as chances de infarto. Exercitar-se, nesses
antecipado a morte da amada. casos, com acompanhamento médico e moderação, é
altamente recomendável. (Enem-2011)ATALIA, M.
Nossa vida. Época . 23 mar. 2009.
03.As ideias veiculadas no texto se organizam
estabelecendo relações que atuam na construção do a) “[…] a palavra gripe nos chegou após uma série de
sentido. A esse respeito, identifica-se, no fragmento, contágios entre línguas.”
b) “Partiu da Itália em 1743 a epidemia de gripe
que
[…]”.
a) a expressão “Além disso” marca uma sequenciação c) “O primeiro era um termo derivado do latim
de ideias. medieval influentia, que significava ‘influência dos
b) o conectivo “mas também” inicia oração que astros sobre os homens’.”
exprime ideia de contraste. d) “O segundo era apenas a forma nominal do verbo
c) o termo “como”, em “como morte súbita e gripper […]”.
derrame”, introduz uma generalização. e) “Supõe-se que fizesse referência ao modo violento
d) o termo “Também” exprime uma justificativa. como o vírus se apossa do organismo infectado.”
e) o termo “fatores” retoma “níveis de colesterol e de
glicose no sangue”.

Leia o texto e responda as questões. Considere as seguintes sentenças.

1. Ainda que os salários estejam cada vez mais


defasados, o aumento de preços diminui
consideravelmente seu poder de compras.
2. O Governo resolveu não se comprometer com
nenhuma das facções formadas no congresso.
Desse modo, todos ficarão à vontade para
negociar as possíveis saídas.
04.Na manchete, tem-se um período composto, no 3. Embora o Brasil possua muito solo fértil com
qual a segunda oração, introduzida pela conjunção vocação para o plantio, isso conseguiu atenuar
“e”, coordena-se à anterior, expressando sentido de rapidamente o problema da fome.
4. Choveu muito no inverno deste ano.
a) consequência, já que “passar dados” decorre da Entretanto, novos projetos de irrigação foram
ação de “autorizar”. necessários.
b) oposição, já que “Justiça” e “Google” se opõem
06.As expressões grifadas NÃO estabelecem as
contextualmente. relações de significado adequadas, criando
c) causa, já que a informação “passar dados” é problemas de coerência, em:
motivo de “autorizar”. a) 2 apenas.
d) explicação, já que se justifica o que o Google fez b) 1 e 3 apenas.
em função da Justiça. c) 1 e 4 apenas.
e) alternância, já que as ações se alternam para a d) 2, 3 e 4 apenas.
e)3 e 4 apenas.
Justiça e para o Google.
Leia o texto e responda as questões.
07. O emprego do elemento sublinhado
Gripado, penso entre espirros em como a palavra compromete a coerência da frase:
gripe nos chegou após uma série de contágios entre
línguas. Partiu da Itália em 1743 a epidemia de gripe a) Cada época tem os adolescentes que merece,
que disseminou pela Europa, além do vírus pois estes são influenciados pelos valores
propriamente dito, dois vocábulos virais: o italiano socialmente dominantes.
influenza e o francês grippe. O primeiro era um
termo derivado do latim medieval influentia, que b)Os jovens perderam a capacidade de sonhar
significava “influência dos astros sobre os homens”. alto, por conseguinte alguns ainda resistem ao
O segundo era apenas a forma nominal do verbo pragmatismo moderno.
gripper, isto é, “agarrar”. Supõe-se que fizesse
referência ao modo violento como o vírus se apossa c) Nos tempos modernos, sonhar faz muita falta
do organismo infectado. (Enem-2013) ao adolescente, bem como alimentar a confiança
em sua própria capacidade criativa.
05. Para se entender o trecho como uma unidade de
sentido, é preciso que o leitor reconheça a ligação d) A menos que se mudem alguns paradigmas
entre seus elementos. Nesse texto, a coesão é culturais, as gerações seguintes serão tão
construída predominantemente pela retomada de um conformistas quanto a atual.
termo por outro e pelo uso da elipse. O fragmento do
texto em que há coesão por elipse do sujeito é:
e) Há quem fique desanimado com os jovens de quer ele queira ou não. A propaganda veiculada em
hoje, porquanto parece faltar-lhes a capacidade de todas as mídias é um verdadeiro “canto da sereia”;
sonhar mais alto. suas melodias repetem continuamente o refrão:
“comprar, comprar, comprar”.
Leia o texto abaixo. Juntam-se a isso o trânsito caótico, a saraivada
Saiba: Carboidratos funcionam melhor cotidiana de más notícias estampadas nas manchetes
misturados e as várias decepções que aparecem no dia a dia, e
pronto: como consequência, ficamos frágeis,
Carboidratos simples, como frutas e geleias, repetitivos, desesperançados e perdemos muita
aumentam sua energia. Os complexos, como pães e energia vital.
cereais integrais, ajudam a mantê-la alta. Se de um lado a tecnologia parece estar a nosso
favor, pois cada vez mais encurta distâncias e agiliza
Ovos: bombas de colesterol a informação, de outro ela acelerou o ritmo da vida e
Ovos são ótima fonte de proteína, mas seu consumo nos tornou reféns de seus inúmeros e reluzentes
deve ser limitado a menos de 300 miligramas por dia aparatos que se renovam continuamente. E assim fi
– 200 miligramas se você tiver alguma doença camos brigando contra o... tempo!
cardíaca. Um ovo grande tem cerca de 215 KAWALL, Tereza. Revista Planeta.
miligramas. Sua omelete; um ovo inteiro mais duas
ou três claras. 09.No trecho “Juntam-se a isso...” ( . linha27), a
palavra destacada refere-se
A gordura não é de todo má A) ao consumismo gerado pelo capitalismo.
É verdade. Ela tem muita caloria, mas também o faz B) ao trânsito caótico nas grandes cidades.
sentir-se saciado. Espalhe um pouco de gordura boa, C) às notícias ruins veiculadas pela mídia.
como pasta de amendoim, na primeira torrada, e é D) às necessidades vitais das pessoas.
menos provável que você coma a segunda. E, não, E) às várias decepções do dia a dia.
manteiga comum não é gordura boa.
Leia o texto abaixo.
Go Outside Equilíbrio Total. 2008, p.70. *Adaptado:
Deus sabe o que faz!
Reforma Ortográfica.
A ilustre dama, ao fim de dois meses, achou-se
08.A ideia principal desse texto é:
a mais desgraçada das mulheres; caiu em profunda
A) a gordura contém muita caloria.
melancolia, ficou amarela, magra, comia pouco e
B) carboidratos devem ser misturados.
suspirava a cada canto. Não ousava fazer-lhe
C) o consumo de manteiga é prejudicial.
nenhuma queixa ou reprove, porque respeitava nele o
D) ovos aumentam a taxa de colesterol.
seu marido e senhor, mas padecia calada, e definhava
E) pães e cereais aumentam a energia.
a olhos vistos. Um dia, ao jantar, como lhe
Leia o texto abaixo. perguntasse o marido o que é que tinha, respondeu
Resiliência tristemente que nada; depois atreveu-se um pouco, e
A arte de dar a volta por cima foi ao ponto de dizer que se considerava tão viúva
como dantes.
“Aquilo que não me destrói me fortalece”, E acrescentou:
ensinava o filósofo Friedrich Wilhelm Nietzsche. – Quem diria nunca que meia dúzia de
Este poderia ser o mote dos resilientes, aquelas lunáticos...
pessoas que, além de pacientes, são determinadas, Não acabou a frase; ou antes, acabou-a
ousadas flexíveis diante dos embates da vida e, levantando os olhos ao teto – os olhos, que eram a
sobretudo, capazes de aceitar os próprios erros e sua feição mais insinuante – negros, grandes, lavados
aprender com de uma luz úmida, como os da aurora. Quanto ao
eles. gesto, era o mesmo que empregara no dia em que
Sob a tirania implacável do relógio, nosso dia a Simão Bacamarte a pediu em casamento. [...]
dia exige grande desgaste de energia, muita – Consinto que vás dar um passeio ao Rio de
competência e um número cada vez maior de Janeiro.
habilidades. Sobreviver é tarefa difícil e complexa, D. Evarista sentiu faltar-lhe o chão debaixo dos
sobretudo nos grandes centros urbanos, onde vivemos pés. [...] Ver o Rio de Janeiro, para ela, equivalia ao
correndo de um lado para outro, sobressaltados e sonho do hebreu cativo. [...]
estressados. Vivemos como aqueles malabaristas de – Oh! Mas o dinheiro que será preciso gastar!
circo que, ofegantes, fazem girar vários pratos Suspirou D. Evarista sem convicção.
simultaneamente, correndo de lá para cá, – Que importa? Temos ganho muito, disse o
impulsionando-os mais uma vez para que recuperem marido. Ainda ontem o escriturário prestou-me
o movimento e não caiam ao chão. contas. Queres ver?
O capitalismo, por seu lado, modelo econômico E levou-a aos livros. D. Evarista ficou
dominante em nossa cultura, sem nenhuma cerimônia deslumbrada. Era um via-láctea de algarismos.
empurra o cidadão para o consumo desnecessário,
E depois levou-a às arcas, onde estava o
dinheiro. Deus! Eram montes de ouro, eram mil
cruzados sobre mil cruzados, dobrões sobre dobrões;
era a opulência. Enquanto ela comia o ouro com os
seus olhos negros, o alienista* fi tava-a, e dizia-lhe ao
ouvido com a mais pérfi da das alusões:
– Quem diria que meia dúzia de lunáticos...
* médico especialista em doenças mentais.
ASSIS, Machado. Papéis avulsos. São Paulo: Escala
educacional, 2008. Fragmento.

10.A expressão “comia o ouro com os seus olhos


negros...” (  . 36) pode ser compreendida como um
olhar
A) ambicioso.
B) desconfiado.
C) desconfortável.
D) interessado.
E) melancólico.