Você está na página 1de 4

Questão Discursiva – REDAÇÃO DISCURSIVA

Prof.ª Vânia Araújo

QUESTÃO DISCURSIVA

Existem duas modalidades de redação que costumam ser cobradas: a reda-


ção oficial, na qual deve-se redigir pareceres, ofícios, memorandos, etc. e a reda-
ção discursiva. A redação discursiva inclui quatro tipos de textos:
1- Dissertação argumentativa;
2- Dissertação expositiva;
3- Estudo de caso (análise de situação-problema);
4- Questões discursivas abertas.

O Que é a Questão Discursiva Aberta?

É um texto de caráter informativo, que visa a informar e explicar conteúdos e


habilidades exigidos no edital por meio de uma explanação clara e objetiva. Este
tipo de texto permite ao candidato a livre expressão do pensamento e do raciocí-
nio e a integração de seus próprios conhecimentos ao conteúdo.

 Obs.: nesta modalidade, também pode ser apresentada uma situação-proble-


ma, para a qual o candidato deve construir uma resposta, em um texto
bem organizado e coerente.

O que se avalia neste texto?

O objeto de avaliação, numa questão discursiva, é o domínio do candidato


sobre conteúdos conceituais e procedimentais e a sua capacidade de associar
tais conhecimentos a uma situação identificada no comando da redação, de
maneira adequada e pertinente.

Como se faz (a estrutura é mais livre)



INTRODUÇÃO: neste parágrafo, é necessário esclarecer o assunto a ser tra-
tado e responder diretamente o que foi perguntado, apresentando os aspectos
mais relevantes do tema.
ANOTAÇÕES

1
www.grancursosonline.com.br
REDAÇÃO DISCURSIVA – Questão Discursiva
Prof.ª Vânia Araújo

DESENVOLVIMENTO: aqui, se faz a dissertação a respeito do tema da per-


gunta, ou seja, a discussão dos aspectos secundários, menos relevantes, os
quais irão consubstanciar a resposta fornecida na introdução. Nesta parte do
texto, é aconselhável:
• Mencionar legislação pertinente ao assunto (súmulas, por exemplo);
• Fazer comparações e distinções de institutos;
• Fornecer exemplos que esclareçam as ideias discutidas; e
• Se possível, estabelecer uma conexão com outras matérias.

 Obs.: o número de parágrafos no desenvolvimento estará condicionado ao


número de ideias a serem abordadas (cabendo lembrar que o número
de linhas disponíveis para uma questão discursiva é, normalmente, muito
reduzido).

CONCLUSÃO: Dada a brevidade do texto, não é necessário abrir um pará-


grafo para a conclusão. Esta pode ser elaborada, de forma breve, no último pará-
grafo do desenvolvimento.

Questões de prova

TEMA 1

Maria, servidora pública federal, é casada com Antônio, portador de obesidade mórbida, reconhe-
cida por junta médica oficial. Com vistas a proporcionar o tratamento de que o marido necessita e
que é inexistente no seu atual domicílio, Maria requereu a sua remoção para a capital do estado.
A administração pública, ao fundamento de que a remoção só pode ser concedida no interesse da
administração, negou o seu pedido, alegando não poder prescindir do trabalho de Maria. Além disso,
arguiu que não há vagas na capital.

Com base nessa situação hipotética, redija um texto em que responda, de forma fundamen-
tada, ao seguinte questionamento.

Agiu com acerto a administração?


ANOTAÇÕES

2
www.grancursosonline.com.br
Questão Discursiva – REDAÇÃO DISCURSIVA
Prof.ª Vânia Araújo

COMO ELABORAR O TEXTO

1º: Abrir um parágrafo, explicando o que é o instituto da remoção à luz da lei


2º: Responder à pergunta, apresentando elementos que fundamentem a sua
resposta.

Obs.: Não é necessário citar exemplos.

TEMA 2

Considerando sinônimos os conceitos de “Administração centralizada” e “Administração direta”, bem


como a identidade de significado entre os termos “Administração descentralizada” e “Administração
indireta”:

• Descreva 2 (dois) elementos distintivos entre a descentralização e a desconcentração admi-


nistrativa;
• Discorra sobre a existência de relação hierárquica ou de controle ou tutela entre a Adminis-
tração central e os respectivos entes administrativos descentralizados, e
• Indique um exemplo de desconcentração administrativa no âmbito da organização da estru-
tura administrativa federal brasileira.

COMO ELABORAR O TEXTO

1º: Abrir um parágrafo, explicando, de forma sucinta, os conceitos elencados


no enunciado (Administração centralizada e descentralizada).
2º: Descrever os elementos distintivos entre a descentralização e a descon-
centração administrativa, como pede o enunciado;
3º: Discorrer, de maneira clara, sobre a existência de relação hierárquica ou
de controle ou tutela entre a Administração central e os respectivos entes admi-
nistrativos descentralizados;
4º: Dar um exemplo prático de desconcentração administrativa no âmbito da
organização da estrutura administrativa federal brasileira.

 Obs.: Não é necessário fazer uma conclusão.


ANOTAÇÕES

3
www.grancursosonline.com.br
REDAÇÃO DISCURSIVA – Questão Discursiva
Prof.ª Vânia Araújo

 Obs.:

1ª) O examinador, ao elaborar a questão discursiva, efetua uma espécie de


gabarito (com vários temas), anotando o que, no mínimo, o candidato deve fazer
constar na resposta. É com base nesse gabarito que ele irá atribuir a nota. Então,
quanto mais o candidato conseguir responder dentro do gabarito do examinador,
maior será sua nota. Neste caso, o ideal é utilizar o máximo de palavras-chave
dentro do tema da questão, já que são elas que mostrarão ao corretor a aborda-
gem integral do assunto proposto.
2ª) Evite o uso de ideias lacônicas, pois isso pode ser entendido pelo corre-
tor como inclusão de conhecimento que não foi solicitado. E, ainda, evite juízos
depreciativos a correntes doutrinárias ou jurisprudenciais – utilize uma lingua-
gem mais neutra.
3ª) É necessário ter cuidado com o uso dos vocábulos e da terminologia téc-
nica apropriada e dar especial atenção aos verbos presentes no enunciado, pois
eles irão esclarecer a ação proposta pelo examinador: compare, analise, justifi-
que, cite, exemplifique, demonstre, enumere, relacione, etc.

Questão Discursiva X Estudo de Caso – Diferenças Básicas

Tome muito cuidado, pois ambos podem, às vezes, apresentar-se sob a


forma de uma situação hipotética:
• No Estudo de Caso, a banca apresenta uma situação hipotética para o can-
didato “analisar o caso dos atores envolvidos”, sob a ótica de um conteúdo
específico do edital.
• Na Questão Discursiva, a banca utiliza a situação hipotética que envolve
os atores para o candidato “analisar o conteúdo do edital que está intima-
mente associado ao caso”.

Assim, naquele, o que se põe em relevo é o caso dos autores; nesta, o des-
taque é dado ao conteúdo específico que está atrelado ao caso.
ANOTAÇÕES

4
www.grancursosonline.com.br