Você está na página 1de 47

Gerenciamento da Qualidade

do Projeto
PMBOK - Capítulo 8

Adriano Vieira - adrianopvg@gmail.com


Marcelo Henrique de Araujo - marcelo.haraujo@gmail.com
Paulo Degering Rosa Júnior - paulo.usp.each@gmail.com
Rafael Franco Martins - francomartins@gmail.com
Parte 1

Introdução
Conceitos de Qualidade
• Qualidade é “o grau até o qual um conjunto de características
inerentes satisfaz as necessidades” (American Society of
Quality)
• “Qualidade é adequação ao uso” (Juran) – a adequação é
definida pelo consumidor
• “Qualidade é conformidade às especificações” (Crosby) –
voltado ao processo
• “Produtos e serviços que atendem ou excedem as expectativas
do consumidor” (Noriaki Kano)
• “O prejuízo que um produto impõe à sociedade após ser
embarcado” (Genichi Taguchi)
• Qualidade pode ser entendida como o grau em que um
conjunto de características inerentes preenche os requisitos
(ISO 9000)
Outras perspectivas da
qualidade A que custo?

Transcendental: excelência

Baseada na Produção: ênfase nas métricas

Baseada no Valor: qualidade versus preço


Que é Qualidade, enfim?

A Associação Norte-Americana da Qualidade (ASQ)


reconhece que cada pessoa tem sua própria definição, mas,
para uso técnico adota os seguintes:

1. As características de um produto ou serviço que


suportam sua capacidade de satisfazer necessidades
declaradas ou implícitas; ou
2. Um produto ou serviço livre de deficiências.
Conceitos-Chave do GQ (1/3)
Necessidade
• Necessidades
declaradas e implícitas
• Desejos e expectativas
das partes interessadas

Análise das Partes


Interessadas (5.2.2.4 –
Ferramentas e Técnicas da
Definição do Escopo do
Projeto)

Desenvolvimento de
Requisitos do
Projeto
Conceitos-Chave do GQ (2/3)
Qualidade e Grau
Qualidade e Grau são conceitos diferentes:

• Grau é uma categoria atribuída a produtos ou serviços


que possuem o mesmo uso funcional, mas diferentes
características técnicas.
• Um produto pode ser de alta qualidade e de baixo
grau, ou de baixa qualidade e alto grau (e.g. Windows
Me)

Alta Qualidade = Alto grau de atendimento às necessidades


Conceitos-Chave do GQ (3/3)
Precisão e Exatidão
Precisão e Exatidão não são equivalentes:
Precisão: Exatidão:
• Pouca dispersão em • Correção com que o
medições repetidas valor medido se
aproxima do valor
real

• Uma medição precisa não é necessariamente exata.


• Uma medição exata não é necessariamente precisa.
Gerenciamento da Qualidade:
Atender às Necessidades
Para atender às necessidades que motivaram a criação do
projeto, os processos de GQ:

Determinam: Utilizam:
• Responsabilidades • Políticas
• Objetivos • Procedimentos
• Políticas de qualidade • Processos de GQ
Custo da Qualidade
Custo da Qualidade se refere ao custo total de todos os
esforços relacionados à qualidade.

• Decisões do projeto podem afetar os custos


operacionais da qualidade, como resultados de
devoluções de produtos, reclamações em garantia e
campanhas de recall.
• Os investimentos em melhoria da qualidade do produto
podem ser realizados pela contratante, pois o projeto
pode não durar o suficiente para fazê-lo
Gerenciamento da Qualidade
Qualidade versus Custo (1/2)
A qualidade tem custo, mas a ausência da qualidade tem custo maior.

Verificou-se que o custo do carro médio da


Toyota seja equivalente a 2/3 do equivalente
norte-americano, com salários similares.
Gerenciamento da Qualidade
Qualidade versus Custo (2/2)
A qualidade pode não custar tanto assim.
• Na prática:

• A maioria das pessoas acredita que


há uma reação linear entre custo e $ 80% Q 10%
qualidade:
$ 20% Q 90%
+ $ 10% + Q 10%
Processos de Gerenciamento da
Qualidade
• Planejamento da Qualidade (8.1)
• Realização da Garantia da Qualidade
(8.2)
• Realização do Controle da Qualidade (8.3)

Os processos interagem entre si e também com os processos de


outras áreas de conhecimento. Cada processo ocorre pelo menos
uma vez em todos os projetos e também em uma ou mais fases do
projeto.
Gerenciamento da Qualidade no
PMBOK: Compatibilidade generalizada
Além de ser compatível com a ISO, deve ser compatível com as
seguintes abordagens:

Não-proprietárias:
• GQT
Proprietárias: • Seis Sigma
• Deming • Análise de Modos e
• Juran efeitos de Falha
• Crosby • Revisões de projeto
• Outras • Voz do cliente
• CDQ
• Melhoria Contínua
Outras referências de Qualidade (1/6)
• William Edwards Deming: É considerado no Japão como o pai do
milagre industrial do país. Foi um grande crítico da incapacidade dos
industriais norte-americanos de perceber a importância dos
trabalhadores na qualidade
• Joseph Moses Juran: Olvidado nos EUA, onde acreditava-se que
não fazia sentido preparar a alta e a média gerência, fez sucesso no
Japão dos anos 50, culminando com a invasão dos produtos
japoneses na década de 1980
• Philip Crosby: “Zero defeitos” e “fazer certo da primeira vez”
• Armand Vallin Feigenbaum é autor do TQC – Total Quality Control
e pioneiro no estudo dos custos da Qualidade
• Kaoru Ishikawa é considerado o mais representativo entre os
autores japoneses relacionados à qualidade. Sistematizou o conjunto
conhecido como os 7 instrumentos do controle de qualidade.
Outras referências de Qualidade (2/6)
CMMI - Capability Maturity Mode Integration
 Década de 80.
 Desenvolvido pela SEI (Software Engineering Institute)
 Conjunto de práticas de gerenciamento e de melhoria
da qualidade a serem aplicadas de forma criteriosa no
processo de aquisição, manutenção e desenvolvimento de
software.
 Possui 5 níveis de maturidade que auxiliam as
organizações no desenvolvimento e manutenção de
projetos de software:
• Inicial • Gerenciado • Definido • Gerenciado Quantitativamente
• Otimizado
Outras referências de Qualidade (3/6)
Seis Sigma (1/3)

• Estratégia mais amplamente usada para garantia


estatística na Indústria;

• Metodologia desenvolvida na década de 80 na


Motorola;

• Utiliza-se de análise estatística para medir e


aperfeiçoar o desempenho
Outras referências de Qualidade (4/6)
Seis Sigma (2/3)

• Termo derivado de seis desvios padrão.

• Qualidade extremamente alta!

• 3.4 erros por milhão de ocorrências


Outras referências de Qualidade (5/6)
Seis Sigma (3/3)
• Utiliza-se dos princípios do DMAIC.
• Exemplo do DMAIC em projetos de Software:
– Defina os requisitos do cliente, artefatos passíveis de
entrega objetivos do projeto por meio de métodos bem
definidos de comunicação com o cliente;
– Mensure o processo existente e sua saída para
determinar o atual desempenho de qualidade;
– Analise métricas de defeito e determine causas vitais;
– Aperfeiçoe o processo pela eliminação das causas
básicas dos defeitos
– Controle o processo para garantir que o trabalho
futuro não reintroduza as causas dos defeitos;
Outras referências de Qualidade (6/6)
Normas de Qualidade ISO9000

As normas ISO9000 descrevem os elementos para tratar a


gestão da qualidade
• Garantir que os produtos e serviços atendam as
expectativas dos clientes
• São normas genéricas e podem ser aplicadas a
qualquer negócio, independente dos produtos ou
serviços oferecidos
• Padronização de sistemas de garantia de
qualidade.
Abordagens da GQ do Projeto:
Projeto e Produto
Projeto Produto
• Se aplica a todos os • São específicas do
projetos, tipo particular de
independentemente produto produzido
de seus produtos pelo projeto

Exemplo: as medidas de qualidade do projeto se aplicam tanto ao


projeto deste grupo, que gerará um modelo otimizado (To-Be) de
um processo organizacional, quanto a um projeto de software
qualquer. Contudo, muito diferem as medidas de qualidade dos
produtos desses projetos.
Pontos Importantes do GQ
• Satisfação do cliente: atender às
necessidades do cliente
• Prevenção sobre inspeção: custa menos
prevenir do que remediar
• Responsabilidade da gerência:
participação total é necessária, mas o
sucesso depende da gerência
• Melhora contínua: o ciclo PDCA é a base
Melhoria Contínua
Além do PDCA, as
iniciativas de
melhorias da
qualidade realizadas
pela organização
executoras, tais
como GQT e Seis
Sigma, podem
melhorar a
qualidade do
gerenciamento do
projeto e também a
qualidade do
produto do projeto
Parte 2

Processos do Gerenciamento da
Qualidade do Projeto
Processos do Gerenciamento da
Qualidade do Projeto

Gerenciamento da
Qualidade do Projeto

Realizar a Realizar o
Planejamento da
Garantia da Controle da
Qualidade
Qualidade Qualidade
Planejamento da Qualidade
É um dos principais processos durante a execução do grupo de processos de
planejamento e durante o desenvolvimento do plano de gerenciamento do
projeto.

Deve ser realizado em paralelo com outros processos de planejamento,


pois quaisquer mudanças podem afetar a qualidade, e quaisquer requisitos
de qualidade podem afetar o projeto
Planejamento da Qualidade:
Entradas

Fatores Ambientais da Empresa Ativos de Processos Organizacionais

Planejamento da Qualidade

Declaração de Escopo do Projeto Plano de Gerenciamento do Projeto


Planejamento da Qualidade:
Ferramentas e Técnicas

Benchmarking

Projeto de
Análise de Custo- Experimentos
Benefício (DOE)
Planejamento da Qualidade

Ferramentas
Custo da adicionais de
Qualidade (CDQ) planejamento da
qualidade
Planejamento da Qualidade:
Saídas
Plano de Gerenciamento Métricas de Qualidade
da Qualidade

Listas de Verificação da Linha de Base da


Qualidade Planejamento da Qualidade Qualidade

Plano de Gerenciamento do
Projeto (atualizações)
Realizar a Garantia da Qualidade
Aplicação de atividades planejadas e sistemáticas para garantir que
o projeto irá atender aos requisitos

Atendimento aos
requisitos

Realizar Garantia da Qualidade

Melhoria contínua
dos processos
Realizar a Garantia da Qualidade:
Entradas
Plano de Plano de Solicitações de
Métricas de
Gerenciamento da Melhorias do Mudanças
Qualidade
Qualidade Processo Aprovadas

Informações sobre o
Ações preventivas
desempenho do Realizar Garantia da Qualidade implementadas
trabalho

Medições de Solicitações de
Ações Corretivas Ações Preventivas
Controle da Mudanças
Implementadas Implementadas
Qualidade Implementadas
Realizar a Garantia da Qualidade:
Ferramentas e Técnicas

Ferramentas e Técnicas de
Auditorias de Qualidade
Planejamento da Qualidade

Planejamento da Qualidade

Ferramentas e Técnicas de
Análise do Processo
Controle da Qualidade
Realizar a Garantia da Qualidade:
Saídas

Mudanças Solicitadas

Ativos de Processos
Plano de Gerenciamento
Realizar Garantia da Qualidade Organizacionais
do Projeto (atualizações)
(atualizações)

Ações corretivas
Realizar o Controle da Qualidade

Monitoramento de resultados específicos do projeto, a fim de determinar se


estão dentro dos padrões de qualidade e identificação de maneiras de
eliminar as causas de resultados insatisfatórios.
A equipe de gerenciamento deve ter um conhecimento prático de controle
estatístico de qualidade, para avaliar as saídas.
Realizar o Controle da Qualidade :
Entradas
Plano de Listas de
Métricas de Ativos de Processos
Gerenciamento da Verificação da
Qualidade Organizacionais
Qualidade Qualidade

Realizar o Controle da Qualidade

Informações sobre o Solicitações de


desempenho do Mudanças Entregas
trabalho Aprovadas
Realizar o Controle da Qualidade:
Ferramentas e Técnicas (1/8)
1. Diagrama de causa e efeito: Os diagramas de causa e efeito, também chamados de
diagramas de Ishikawa ou diagramas espinha de peixe, ilustram como diversos fatores
podem ser ligados a possíveis problemas ou efeitos.
Realizar o Controle da Qualidade:
Ferramentas e Técnicas (2/8)
2. Gráficos de controle: O objetivo de um gráfico de controle é determinar se um
processo é ou não estável ou tem desempenho previsível.
Realizar o Controle da Qualidade: Ferramentas e Técnicas (3/8)
3. Elaboração de Fluxogramas: A elaboração de fluxogramas ajuda a analisar como os
problemas ocorrem.
Realizar o Controle da Qualidade: Ferramentas e
Técnicas (4/8)

4. Histograma: essa
ferramenta ajuda a
identificar a causa de
problemas em um
processo pela forma e
amplitude da
distribuição.
Realizar o Controle da Qualidade: Ferramentas e
Técnicas (5/8)

5. Diagrama de Pareto:
é um tipo específico de
histograma, ordenado
por freqüência de
ocorrência, que mostra
quantos defeitos foram
gerados por tipo ou
categoria de causa
identificada
Realizar o Controle da Qualidade:
Ferramentas e Técnicas (6/8)
6. Gráfico de Execução: Os gráficos de execução mostram tendências em um
processo ao longo do tempo, variações ao longo do tempo, ou degradações ou
melhorias em um processo ao longo do tempo
Realizar o Controle da Qualidade:
Ferramentas e Técnicas (7/8)
7. Diagrama de Dispersão: Um diagrama de dispersão mostra o padrão da
relação entre duas variáveis. Esta ferramenta permite que a equipe de
qualidade estude e identifique a possível relação entre as mudanças
observadas em duas variáveis.
Realizar o Controle da Qualidade:
Ferramentas e Técnicas (8/8)

8. Amostragem estatística: A amostragem estatística envolve a


escolha de uma parte de uma população de interesse para inspeção

9. Inspeção: Uma inspeção é o exame de um produto do trabalho para


determinar se ele está de acordo com as normas

10. Revisão de reparo de defeito: ação tomada pelo departamento de


controle da qualidade ou por uma organização com nome semelhante
para garantir que os defeitos do produto foram reparados e estão em
conformidade com os requisitos ou especificações
Realizar o Controle da Qualidade:
Saídas
1. Medições de controle da 7.Reparo de defeito
qualidade recomendado
2. Reparo de defeito 8.Ativos de processos
validado organizacionais
3. Linha de base da (atualizações)
qualidade (atualizações) ● Listas de verificação
terminadas
4. Ações corretivas ● Documentação das lições
recomendadas aprendidas
5. Ações preventivas 9.Entregas Validadas
recomendadas
10.Plano de Gerenciamento
6. Mudanças solicitadas do Projeto (atualizações)
Bibliografia

Campos, Augusto. O Que é Qualidade. Efetividade.net, 2008. Disponível


em<http://www.efetividade.net/2008/05/27/o-que-e-qualidade/>. Acessado em 20/10/2009.
Campos, Augusto. Os Papas da Qualidade. Efetividade.net, 2008. Disponível
em<http://www.efetividade.net/2008/05/28/os-papas-da-qualidade/>. Acessado em 20/10/2009.
Campos, Augusto. Qualidade hoje: desafios, ISO, ferramentas essenciais. Efetividade.net, 2008.
Disponível em <http://www.efetividade.net/2008/05/29/qualidade-hoje-desafios-iso-ferramentas-
essenciais/>. Acessado em 20/10/2009.
Campos, Augusto. Gerenciamento da Qualidade em Projetos. Efetividade.net, 2008. Disponível
em<http://www.efetividade.net/2008/05/30/gerenciamento-da-qualidade-em-projetos/>. Acessado em
20/10/2009.
PMI Institute. Um Guia do Conhecimento em Gerenciamento de Projetos - Guia Pmbok. 3.ed.
2007.
Pressman, R. S. Engenharia de Software. 6. ed. McGraw-Hill. 2006.
Atividade proposta

• Baseados nas necessidades que levaram


à criação dos seus projetos, identificar os
principais requisitos de qualidade
pertinentes ao projeto e ao produto do
projeto.