Você está na página 1de 2

04/10/2016 Velas – Cores e Correspondências – Brasil Conjure

Velas – Cores e Correspondências


 Kefron Primeiro  jul 4, 2014  2,348 Views

Share this on WhatsApp

A chama do fogo em seu processo de queima é uma coisa muito interessante, se não uma das coisas mais

bonitas de se ver e observar.

O fogo sempre foi aliado e inimigo do homem, aliado porque a partir do fogo nossos antepassados e

ancestrais conseguiram mante-se vivos, descobriram outros gostos na comida, criaram armas que foram
suas vitorias e derrotas… foi inimigo do homem porque além de ajudar na criação de suas ferramenta de

produção de lavouras esse mesmo também as consumiu – de forma muito rápida.

O homem conseguiu “domesticar” o fogo a termo, uma vez que ele conseguiu acender e apagar as

chamas, mas quando em seu ápice, ele tem um proposito – iniciar e finalizar, se não pela ajuda do
homem, por si só.

Trabalhar com fogo é uma das práticas mais arriscadas que existe.

As velas…
Tudo começou a mudar, os Egípcios descobriram uma forma nova de manter o fogo, criando naquela

época (a centenas de mil anos atrás) as primeiras lamparinas no qual o combustível era a gordura animal,

muitos anos no futuro em Roma descobriram uma forma de fazer velas, utilizado papiro, o cheiro era

insuportável mas tinham que suportar.

Na idade média tudo mudou, descobriram uma forma nova de fabricar velas, não era muito diferente da
forma utilizada em Roma, mas essa nova técnica permitia utilizar cera de abelha. O cheiro era algo mais
agradável, não muito, mas suportável – veja, sentir o cheiro do mel de uma única vela é uma coisa, sentir

sempre é outra.

No século 18, o homem descobriu que poderia utilizar a gordura a baleia, sempre ligado aos cheios, essa

não cheirava a nada, então por longos anos foi utilizado a gordura das baleiras para fabricação de velas.

Com a revolução industrial, por volta do século 19, veio então ao mundo as velas de cera de parafina,

coloridas e de fácil obtenção.

As velas coloridas começaram a ser utilizadas no Hoodoo com mais frequência apenas em 1940, porque

tornaram acessíveis e o custo barato.

Um dos nomes mais populares de 1940 era Henri Gamache, autor do livro “The Master Book of Candle

Burning”, pois ele ensinava tudo o que era necessário para o trabalho com velas, desde sua unção a como
queimar, foi um dos primeiros livros a falar sobre as velas de reverso.

Cores de Velas e suas correspondências.
http://www.brasilconjure.com/velas­cores­e­correspondencias/ 1/2
04/10/2016 Velas – Cores e Correspondências – Brasil Conjure

Cores de Velas e suas correspondências.
– Vela cor Branco:  Proteção, cura, limpeza, bênção, multifacetado.

– Vela cor Amarelo:  Criatividade, comunicação, atraente.

– Vela cor Rosa:  Romance, amizade, felicidade.

– Vela cor Laranja:  Emprego, a ativação, a estimulação.

– Vela cor Vermelho:  Saúde, paixão, desejo, força, amor.

– Vela cor Roxo: poder, sucesso, independência, espíritos.

– Vela cor Marrom: Amizade, direito, estabilidade, ordem.

– Vela cor Azul: Verdade, justiça, saúde mental, sabedoria, desejos.

– Vela cor Verde:  Abundância, saúde física, sorte, prosperidade

– Vela cor Preto: Banimento, de ligação, proteção, maldição.

Escrito por  Kefron Primeiro.

Livro de consulta:

“Mules and Man” – Zora Neale Hurston


‘Hoodoo – Conjuration – Witchcraft – Rootwork” – Middleton Hyatt

“The Master Book of Candle Burning” – Henri Gamache.

Caso possa haver dúvidas, entre em contato comigo através do e-mail: conjurebr@icloud.com

Ou pode me adicionar no Facebook: https://www.facebook.com/kefron.primeiro

Ah, curta nossa página: https://www.facebook.com/fastluckbrasil

e participe de nossa comunidade: https://www.facebook.com/groups/hoodoo.conjure.brasil/

Compartilhe essa publicação com seus amigos...

Compartilhe!!!
Share this on WhatsApp

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.

http://www.brasilconjure.com/velas­cores­e­correspondencias/ 2/2

Interesses relacionados