Você está na página 1de 3

INFORMACÕES PARA A MULHER Se você ficar grávida usando o dispositivo intrauterino, há uma chance

MODELO, DIMENSÕES E COMPOSIÇÃO DO ANDALAN de ter uma gravidez extrauterina (o óvulo fertilizado não se implanta no PROCEDIMENTO DE REMOÇÃO
ANDALAN é um dispositivo contraceptivo intrauterino constituído de útero, mas pode se im-plantar nas trompas, por exemplo). Uma gravi- O ANDALAN deve ser removido ao expirar seu período de validade ou

Andalan
polietileno de bai-xa densidade em formato de ”T”, com propriedades dez extrauterina é um caso sério que necessita de cuidados médicos

DATA DA REMOÇÃO
caso você de-seje engravidar.

LOTE DO PRODUTO
viscoelásticas. O braço vertical é coberto com fio de cobre (99,99% de urgentes. ANDALAN deve ser removido pelo médico.
pureza) e o braço horizontal possui um cilindro de cobre em cada pon- Alguns sinais de gravidez extrauterina: Isso pode ser feito com facilidade e segurança na clínica e leva apenas

ATENÇÃO: SOLICITE A ASSINATURA DA PACIENTE E ARQUIVE JUNTO AO PRONTUÁRIO PARA O ACOMPANHAMENTO DO USO DO DIU.
ta, resultando em uma superfície total de aproximadamente 380mm² z Atraso menstrual de duas ou mais semanas; alguns minu-tos.

Classic
de cobre. Os braços laterais são flexíveis e moldados de tal forma para z Forte dor em um dos lados do baixo abdômen com ou sem san- O médico irá puxar os fios expostos.
man-ter o ANDALAN adjacente ao fundo do útero sem esticar ou tocar gramento vaginal; Podem ocorrer cólicas ou sangramento durante a remoção.
o corno. Seu corpo plástico contém de 20% á 24% de Sulfato de Bário z Dor no ombro; O ANDALAN não deve ser reutilizado. Isso pode resultar em perda de

ASSINATURA DA PACIENTE
para torná-lo radiopaco. z Tontura ou desmaio. eficácia e in-fecções. Ao atingir a vida útil ou na remoção após o uso,
O produto é estéril desde que a embalagem esteja intacta. É esteriliza- Infecções dos órgãos sexuais ou do trato urinário deve ser descartado.

DATA DA INSERÇÃO

TELEFONE MÉDICO
do por radiação gama. Podem ocorrer infecções do útero e das trompas de falópio (doenças
O modelo ANDALAN SAFE LOAD Cu 380 DISPOSITIVO INTRAUTERINO inflamatórias pélvicas) durante os primeiros meses após a inserção. AUTOEXAME
é uma novidade singular, satisfatória para a mulher e prática para o As chances de ter uma infecção pélvica são maiores quando você ou Antes e depois de realizar o autoexame, lave bem as mãos.
médico. Possui um aplica-dor para facilitar a inserção do dispositivo seu parceiro tem relações sexuais com outros parceiros. Verifique o ANDALAN periodicamente, em especial após a menstru-
intrauterino. O dispositivo intrauterino já vem pré-carregado no tubo Uma doença inflamatória pélvica pode afetar seriamente a fertilidade

CRM
ação, para garantir que os fios ainda se sobressaem ao colo do útero.
de inserção isso evita a perda de esterilidade durante o manu-seio pelo futura. Caso os fios tenham sumido, este-jam mais curtos ou mais longos, DISPOSITIVO INTRAUTERINO
médico evitando seu toque ou atrito com outra superfície. O carrega- Qualquer infecção deve ser tratada até a sua cura completa. informe ao médico.

Andalan Classic Cu 380 - Cartão do Médico


mento do dispositivo é realizado sem toque humano, resultando em um
carregamento asséptico.
Algumas vezes se faz necessária a remoção do dispositivo intrauterino.
São sinais de infecção dos órgãos sexuais e do trato urinário:
Para verificar os fios:
z Se agache ou sente-se no vaso sanitário.
Cu 380
z Sintomas de gripe acompanhados de febre (acima de 38°C); z Introduza o dedo indicador ou médio profundamente na vagina.
ANDALAN SCLASSIC Cu 380 DISPOSITIVO INTRAUTERINO z Sensibilidade ou dor persistente no baixo abdômen; z Sinta os fios do ANDALAN.
z Dor durante ou após a relação sexual;
z Fluxo intenso e prolongado da menstruação;
z Você não deve puxar os fios, pois se o fizer poderá deslocar o AN-
DALAN.
Informações
Braço horizontal
Cilindro de cobre
z Corrimento vaginal com odor desagradável.

CASO APRESENTE ALGUM DESSES SINAIS/SINTOMAS CON-


z Se você não puder tocar os fios ou se você tocar alguma parte do AN-
DA-LAN provavelmente ele deslocou-se do fundo uterino. Neste caso
para a mulher
informe seu médico e até que seja examinada pelo médico, use outro
TATE SEU MÉDI-CO IMEDIATAMENTE. método contracepti-vo, por exemplo, preservativo.

JUNTO AS INSTRUÇÕES DE USO DO PRODUTO E ESTOU CIENTE DAS


DECLARO TER RECEBIDO ORIENTAÇÕES DO PROFISSIONAL MÉDICO
Braço vertical com CONTRAINDICAÇÃO (ABSOLUTA)
fio de cobre z Doenças malignas do trato genital; PROCURAR O MÉDICO CASO:
z Sangramento vaginal não diagnosticado; z Falha da menstruação.
z Gravidez; z Hemorragia ou corrimento vaginal anormal ou inexplicável.
Fio de nylon
z Histórico anterior de gravidez ectópica ou fatores de pré-disposição; z Atraso menstrual seguido de fluxo escasso e irregular.
Flame z Infecções no trato genital (exceto candidíase);

ADVERTÊNCIAS CONTIDAS NESTAS INSTRUÇÕES.


z Dor na pelve ou na parte baixa do abdômen, cólicas ou febre in-
(Marcador de profundidade z Doenças sexualmente transmissíveis durante os últimos 12 meses (ex- explicável.
ceto vaginite bacteriana, infecções por herpes repetidas e hepatite B); z Descoberta de doença sexualmente transmissível (DST).
Tubo de inserção z Aborto séptico durante os últimos 3 meses, doenças inflamatórias z Feridas ou lesões genitais, ou febre com corrimento vaginal.
da pélvis; z Hemorragia menstrual grave ou prolongada.
z Malformação uterina (congênita ou adquirida); z Desaparecimento dos fios do ANDALAN.
Haste sólida
z Alergia ao cobre; z Dor durante a relação sexual.
z Presença ou suspeita de neoplasia uterina ou do colo uterino.

ASSINATURA DO MÉDICO
z Se o ANDALAN for expelido não haverá continuidade da proteção
após a expulsão.

NOME DO PACIENTE
ANDALAN SAFE LOAD Cu 380 DISPOSITIVO INTRAUTERINO CONTRAINDICAÇÃO (RELATIVA)

NOME DO MÉDICO
z Retorne ao médico para examinar ou para substituição do ANDALAN
z Anemia; con-forme instruído pelo médico.
z Cardiopatias valvulares; z Caso sua menstruação esteja atrasada (com sintomas de gravidez,
Braço horizontal O uso de dispositivo intrauterino nestes casos pode aumentar o risco como náusea, seios sensíveis, etc.) informe imediatamente ao médico.
de endocardite bacteriana subaguda. Deve-se buscar orientação médi- z Sentir um pedaço do plástico do ANDALAN saliente.
Cilindro de cobre ca para profilaxia com antibiótico ao inserir ou remover o ANDALAN. QUANDO VOCÊ PRECISA DE UM CUIDADO ESPECIAL COM O USO DO
z Distúrbios de coagulação; ANDA-LAN
Braço vertical com z Tratamento anti-inflamatório; z Se possuir doenças cardíacas valvulares. O dispositivo intrauterino
fio de cobre z Doença de Wilson; pode aumentar o risco de uma infecção bacteriana na camada que
z Exposição múltipla a parceiros sexuais diferentes; recobre o cora-ção (endocardite). Para prevenir deve ser instituído por
Fio de nylon z Mioma uterino pequeno, pólipos endometriais ou endometriose; um médico um trata-mento com antibióticos quando da inserção e da
Recomenda-se a realização de exames pélvicos regulares em mulheres retirada do dispositivo intrau-terino.
Flame com miomas para avaliar qualquer alteração de tamanho; z Se tiver anemia ou história de grave sangramento uterino.
(Marcador de profundidade z Nuliparidade.

DATA DA REMOÇÃO
z Se você apresentar um problema de coagulação do sangue ou uso

LOTE DO PRODUTO
de me-dicamentos que interfiram com a coagulação do sangue (an-
Tubo de inserção INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS / OUTRAS FORMAS DE ticoagulantes).
INTERAÇÃO z Caso sua menstruação esteja dolorida ou irregular.
Haste sólida O organismo reage à presença de corpos estranhos. Esta reação é cru- z Se possuir cicatrizes no útero resultantes de perfuração ou cirurgia
cial para a ativi-dade contraceptiva do ANDALAN. A reação inflamatória (outras que não cesariana).
causada é a responsável pela ação estéril do endométrio. Tratamentos z Pequenos miomas (crescimento benigno da parede uterina), pólipos
que agem contra esta reação inflamatória, po-dem interferir na eficácia (cres-cimento benigno da membrana mucosa do útero) ou endome-
COMO O ANDALAN COMFORT AGE contraceptiva do dispositivo. Mulheres que necessitam de um tratamen- triose (crescimen-to de tecido uterino fora do útero ou das trompas
DATA DA INSERÇÃO

O mecanismo de a ação do ANDALAN consiste em criar um ambiente to de longo prazo com corticosteróides, drogas antiinflamatórias não TELEFONE MÉDICO de falópio).
intrauterino hostil aos espermatozóides intensificado pelo cobre. Evita esterói-des ou tratamento imunossupressor, devem preferencialmente z Distúrbios no metabolismo do cobre (modo como seu corpo absorve
a sua chegada até as trom-pas e tem efeito espermicida pela liber- optar por outros méto-dos contraceptivos, podendo utilizar de medidas e ex-creta o cobre).
ação de cobre que altera a composição do mu-co cervical reduzindo contraceptivas adicionais durante es-tes períodos. z Infecções do trato genital inferior (cérvix e vagina) ou se você apre-
a mobilidade deste. O útero reage ao dispositivo intrauterino como a Foi sugerido que as tetraciclinas poderiam reduzir a eficácia contracep- sentar repetidas infecções do trato genital inferior.
um corpo estranho com uma reação inflamatória, gerando alteração tiva do ANDA-LAN. z Se você ou seu parceiro tiverem outros parceiros sexuais.
Andalan Classic Cu 380 - Cartão do Paciente

celular e bioquímica no endométrio e fluidos uterinos o que interfere Uma vez que a ocorrência de doença inflamatória pélvica parece estar VALIDADE DO ANDALAN

INFORMAÇÃO IMPORTANTE: EFICÁCIA CONTRACEPTIVA DESTE PRODUTO DE 99,2% A 97,4%.


na migração dos esperma-tozoides, na fertilização e no transporte do mais fortemente relacionada a uma história de doença sexualmente ANDALAN tem uma vida útil de 7 anos e permanece efetivo por 10
óvulo impedindo a nidação (fixação no úte-ro) do óvulo fecundado. transmissível, múltiplos parceiros sexuais constituem uma contra-indi- anos após ser inse-rido.
cação relativa.
REAÇÕES ADVERSAS Foi sugerido que a diatermia clínica (de onda curta e de microondas) FABRICADO POR:
Após a inserção do ANDALAN, a mulher poderá sentir cólica e/ou dores das áreas abdo-minal e sacral, poderia induzir danos ao coração por PREGNA INTERNATIONAL LIMITED
abdominais. causa da presença de cobre metá-lico no ANDALAN. Entretanto, as PLOT Nº 219, SURVEY Nº 168, DABHEL INDUSTRIAL
Algumas mulheres são mais propensas à síncope, bradicardia e outros medidas in situ indicam que o tratamento diatérmico de mulheres com CO-OPERATIVE SOCIETY LTD., DABHEL, DAMAN – 396 210 – INDIA
episódios neu-rovasculares durante ou imediatamente após a inserção dispositivo intrauterino de cobre pode ser considerado seguro quando
CRM

ou remoção do ANDALAN. são utilizadas doses de intensidade aplicadas a uma conduta terapêu- IMPORTADO E DISTRIBUIDO POR:
Pode ocorrer, durante o primeiro ciclo menstrual após a inserção, san- tica normal.
z NÃO SENTIR OS FIOS DE SUTURA OU TOCAR NO CORPO PLÁSTICO;

DKT do Brasil Produtos de Uso Pessoal Ltda.


z MENSTRUAÇÃO PROLONGADA OU COM VOLUME AUMENTADO;

gramentos in-termenstruais ou spotting (pequenos sangramentos men- O estado energético do cobre não será alterado por ressonância nu- Av. Brigadeiro Faria Lima, 1912 - 13º andar - Conj. I/J/M
struais). Em algumas mulhe-res pode haver recorrência por vários ciclos. clear magnética (RNM) nem imagem por ressonância magnética (IRM). São Paulo - SP
z ATRASO DA MENSTRUAÇÃO DE DUAS OU MAIS SEMANAS;

Pode ocorrer prolongamento da menstruação e um aumento do fluxo Assim a IRM não induz nenhum efeito no dispositivo intrauterino. Além CNPJ: 38.756.680/0001-40
menstrual. disto, com base nas características não ferrosas do cobre, não se con- Farm. Resp: Simone Gomes Sant’Anna CRF-SP 39866
Pode haver aparecimento ou agravação de amenorréia. sidera que a imagem obtida por IRM seja prejudicada pela presen-ça Registro MS: XXXXXX
Já foram constatados casos de: aborto séptico, incrustação, fragmen- do dispositivo intrauterino. SAC (Serviço de Atendimento ao Consumidor): 0800111213
z DOR DURANTE OU APÓS A RELAÇÃO SEXUAL;

tação do disposi-tivo intrauterino, endometrite, erosão cervical, ex-


AVISAR SEU MÉDICO NA OCORRÊNCIA DE:

Daniel da Fonseca Marun Simone Gomes Sant’Anna


LEIA A INSTRUÇÃO DE USO DO PRODUTO

pulsão completa ou parcial do disposi-tivo intrauterino e anemia. PROCEDIMENTO DE INSERÇÃO Responsável Legal Responsável Técnico
z DOR OU ARDÊNCIA NO BAIXO VENTRE;

Em casos raros, já foram relatos: dor lombar, dor nas pernas, dispaure- O ANDALAN deve ser inserido pelo médico.
z CORRIMENTO VAGINAL ANORMAL;

nia, infecções geniturinária, secreção vaginal anormal, perfuração do O médico deve realizar todo o procedimento de forma asséptica.
útero e cérvix, aumento do ris-co de aborto espontâneo e septicemia, O médico irá determinar o tamanho e a posição do útero usando um
reações alérgicas da pele, urticária e gravidez ectópica. “espéculo” (como se fosse fazer um exame papanicolau).
Gravidez Com o especulo na vagina higienizará o colo uterino com a solução
z FEBRE SUPERIOR A 38ºC.
ASSINATURA DO MÉDICO

Você deve contatar seu médico caso sua menstruação tenha um atraso antisséptica.
NOME DO PACIENTE

de duas ou mais semanas. O ANDALAN deve ser removido assim que O médico irá determinar o tamanho e a posição do útero usando um
NOME DO MÉDICO

a gravidez for constatada. A remoção do dispositivo intrauterino pode “espéculo” (como se fosse fazer um exame de Papanicolau).
provocar um aborto. Com o espéculo na vagina o médico higienizará o colo uterino com a
Caso você opte por seguir a gravidez sem remover o dispositivo intra- solução antis-séptica.
uterino, o acom-panhamento médico pré-natal é essencial. Você deve O ANDALAN será introduzido no útero com um tubo de inserção até
comunicar imediatamente seu médico se tiver sintomas como gripe, que este toque o fundo.
febre, cólica ou dor na barriga, durante o ato se-xual, sangramento ou Após inseri-lo o médico irá cortar os fios de modo que fiquem visíveis
corrimento vaginal. apenas 3-4 cm para fora do colo uterino.
INFORMACÕES PARA A MULHER Se você ficar grávida usando o dispositivo intrauterino, há uma chance
MODELO, DIMENSÕES E COMPOSIÇÃO DO ANDALAN de ter uma gravidez extrauterina (o óvulo fertilizado não se implanta no PROCEDIMENTO DE REMOÇÃO
ANDALAN é um dispositivo contraceptivo intrauterino constituído de útero, mas pode se im-plantar nas trompas, por exemplo). Uma gravi- O ANDALAN deve ser removido ao expirar seu período de validade ou

Andalan
polietileno de bai-xa densidade em formato de ”T”, com propriedades dez extrauterina é um caso sério que necessita de cuidados médicos

DATA DA REMOÇÃO
caso você de-seje engravidar.

LOTE DO PRODUTO
viscoelásticas. O braço vertical é coberto com fio de cobre (99,99% de urgentes. ANDALAN deve ser removido pelo médico.
pureza) e o braço horizontal possui um cilindro de cobre em cada pon- Alguns sinais de gravidez extrauterina: Isso pode ser feito com facilidade e segurança na clínica e leva apenas

ATENÇÃO: SOLICITE A ASSINATURA DA PACIENTE E ARQUIVE JUNTO AO PRONTUÁRIO PARA O ACOMPANHAMENTO DO USO DO DIU.
ta, resultando em uma superfície total de aproximadamente 380mm² z Atraso menstrual de duas ou mais semanas; alguns minu-tos.

Classic
de cobre. Os braços laterais são flexíveis e moldados de tal forma para z Forte dor em um dos lados do baixo abdômen com ou sem san- O médico irá puxar os fios expostos.
man-ter o ANDALAN adjacente ao fundo do útero sem esticar ou tocar gramento vaginal; Podem ocorrer cólicas ou sangramento durante a remoção.
o corno. Seu corpo plástico contém de 20% á 24% de Sulfato de Bário z Dor no ombro; O ANDALAN não deve ser reutilizado. Isso pode resultar em perda de

ASSINATURA DA PACIENTE
para torná-lo radiopaco. z Tontura ou desmaio. eficácia e in-fecções. Ao atingir a vida útil ou na remoção após o uso,

Safe load
O produto é estéril desde que a embalagem esteja intacta. É esteriliza- Infecções dos órgãos sexuais ou do trato urinário deve ser descartado.

DATA DA INSERÇÃO
Andalan Classic Safe load Cu 380 - Cartão do Médico

TELEFONE MÉDICO
do por radiação gama. Podem ocorrer infecções do útero e das trompas de falópio (doenças
O modelo ANDALAN SAFE LOAD Cu 380 DISPOSITIVO INTRAUTERINO inflamatórias pélvicas) durante os primeiros meses após a inserção. AUTOEXAME
é uma novidade singular, satisfatória para a mulher e prática para o As chances de ter uma infecção pélvica são maiores quando você ou Antes e depois de realizar o autoexame, lave bem as mãos.
médico. Possui um aplica-dor para facilitar a inserção do dispositivo seu parceiro tem relações sexuais com outros parceiros. Verifique o ANDALAN periodicamente, em especial após a menstru-
intrauterino. O dispositivo intrauterino já vem pré-carregado no tubo Uma doença inflamatória pélvica pode afetar seriamente a fertilidade

CRM
ação, para garantir que os fios ainda se sobressaem ao colo do útero.
de inserção isso evita a perda de esterilidade durante o manu-seio pelo futura. Caso os fios tenham sumido, este-jam mais curtos ou mais longos, DISPOSITIVO INTRAUTERINO
médico evitando seu toque ou atrito com outra superfície. O carrega- Qualquer infecção deve ser tratada até a sua cura completa. informe ao médico.
mento do dispositivo é realizado sem toque humano, resultando em um
carregamento asséptico.
Algumas vezes se faz necessária a remoção do dispositivo intrauterino.
São sinais de infecção dos órgãos sexuais e do trato urinário:
Para verificar os fios:
z Se agache ou sente-se no vaso sanitário.
Cu 380
z Sintomas de gripe acompanhados de febre (acima de 38°C); z Introduza o dedo indicador ou médio profundamente na vagina.
ANDALAN SCLASSIC Cu 380 DISPOSITIVO INTRAUTERINO z Sensibilidade ou dor persistente no baixo abdômen; z Sinta os fios do ANDALAN.
z Dor durante ou após a relação sexual;
z Fluxo intenso e prolongado da menstruação;
z Você não deve puxar os fios, pois se o fizer poderá deslocar o AN-
DALAN.
Informações
Braço horizontal
Cilindro de cobre
z Corrimento vaginal com odor desagradável.

CASO APRESENTE ALGUM DESSES SINAIS/SINTOMAS CON-


z Se você não puder tocar os fios ou se você tocar alguma parte do AN-
DA-LAN provavelmente ele deslocou-se do fundo uterino. Neste caso
para a mulher
informe seu médico e até que seja examinada pelo médico, use outro
TATE SEU MÉDI-CO IMEDIATAMENTE. método contracepti-vo, por exemplo, preservativo.

JUNTO AS INSTRUÇÕES DE USO DO PRODUTO E ESTOU CIENTE DAS


DECLARO TER RECEBIDO ORIENTAÇÕES DO PROFISSIONAL MÉDICO
Braço vertical com CONTRAINDICAÇÃO (ABSOLUTA)
fio de cobre z Doenças malignas do trato genital; PROCURAR O MÉDICO CASO:
z Sangramento vaginal não diagnosticado; z Falha da menstruação.
z Gravidez; z Hemorragia ou corrimento vaginal anormal ou inexplicável.
Fio de nylon
z Histórico anterior de gravidez ectópica ou fatores de pré-disposição; z Atraso menstrual seguido de fluxo escasso e irregular.
Flame z Infecções no trato genital (exceto candidíase);

ADVERTÊNCIAS CONTIDAS NESTAS INSTRUÇÕES.


z Dor na pelve ou na parte baixa do abdômen, cólicas ou febre in-
(Marcador de profundidade z Doenças sexualmente transmissíveis durante os últimos 12 meses (ex- explicável.
ceto vaginite bacteriana, infecções por herpes repetidas e hepatite B); z Descoberta de doença sexualmente transmissível (DST).
Tubo de inserção z Aborto séptico durante os últimos 3 meses, doenças inflamatórias z Feridas ou lesões genitais, ou febre com corrimento vaginal.
da pélvis; z Hemorragia menstrual grave ou prolongada.
z Malformação uterina (congênita ou adquirida); z Desaparecimento dos fios do ANDALAN.
Haste sólida
z Alergia ao cobre; z Dor durante a relação sexual.
z Presença ou suspeita de neoplasia uterina ou do colo uterino.

ASSINATURA DO MÉDICO
z Se o ANDALAN for expelido não haverá continuidade da proteção
após a expulsão.

NOME DO PACIENTE
ANDALAN SAFE LOAD Cu 380 DISPOSITIVO INTRAUTERINO CONTRAINDICAÇÃO (RELATIVA)

NOME DO MÉDICO
z Retorne ao médico para examinar ou para substituição do ANDALAN
z Anemia; con-forme instruído pelo médico.
z Cardiopatias valvulares; z Caso sua menstruação esteja atrasada (com sintomas de gravidez,
Braço horizontal O uso de dispositivo intrauterino nestes casos pode aumentar o risco como náusea, seios sensíveis, etc.) informe imediatamente ao médico.
de endocardite bacteriana subaguda. Deve-se buscar orientação médi- z Sentir um pedaço do plástico do ANDALAN saliente.
Cilindro de cobre ca para profilaxia com antibiótico ao inserir ou remover o ANDALAN. QUANDO VOCÊ PRECISA DE UM CUIDADO ESPECIAL COM O USO DO
z Distúrbios de coagulação; ANDA-LAN
Braço vertical com z Tratamento anti-inflamatório; z Se possuir doenças cardíacas valvulares. O dispositivo intrauterino
fio de cobre z Doença de Wilson; pode aumentar o risco de uma infecção bacteriana na camada que
z Exposição múltipla a parceiros sexuais diferentes; recobre o cora-ção (endocardite). Para prevenir deve ser instituído por
Fio de nylon z Mioma uterino pequeno, pólipos endometriais ou endometriose; um médico um trata-mento com antibióticos quando da inserção e da
Recomenda-se a realização de exames pélvicos regulares em mulheres retirada do dispositivo intrau-terino.
Flame com miomas para avaliar qualquer alteração de tamanho; z Se tiver anemia ou história de grave sangramento uterino.
(Marcador de profundidade z Nuliparidade.

DATA DA REMOÇÃO
z Se você apresentar um problema de coagulação do sangue ou uso

LOTE DO PRODUTO
de me-dicamentos que interfiram com a coagulação do sangue (an-
Tubo de inserção INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS / OUTRAS FORMAS DE ticoagulantes).
INTERAÇÃO z Caso sua menstruação esteja dolorida ou irregular.
Haste sólida O organismo reage à presença de corpos estranhos. Esta reação é cru- z Se possuir cicatrizes no útero resultantes de perfuração ou cirurgia
cial para a ativi-dade contraceptiva do ANDALAN. A reação inflamatória (outras que não cesariana).
causada é a responsável pela ação estéril do endométrio. Tratamentos z Pequenos miomas (crescimento benigno da parede uterina), pólipos
que agem contra esta reação inflamatória, po-dem interferir na eficácia (cres-cimento benigno da membrana mucosa do útero) ou endome-
Andalan Classic Safe load Cu 380 - Cartão do Paciente

COMO O ANDALAN COMFORT AGE contraceptiva do dispositivo. Mulheres que necessitam de um tratamen- triose (crescimen-to de tecido uterino fora do útero ou das trompas
DATA DA INSERÇÃO

O mecanismo de a ação do ANDALAN consiste em criar um ambiente to de longo prazo com corticosteróides, drogas antiinflamatórias não TELEFONE MÉDICO de falópio).
intrauterino hostil aos espermatozóides intensificado pelo cobre. Evita esterói-des ou tratamento imunossupressor, devem preferencialmente z Distúrbios no metabolismo do cobre (modo como seu corpo absorve
a sua chegada até as trom-pas e tem efeito espermicida pela liber- optar por outros méto-dos contraceptivos, podendo utilizar de medidas e ex-creta o cobre).
ação de cobre que altera a composição do mu-co cervical reduzindo contraceptivas adicionais durante es-tes períodos. z Infecções do trato genital inferior (cérvix e vagina) ou se você apre-
a mobilidade deste. O útero reage ao dispositivo intrauterino como a Foi sugerido que as tetraciclinas poderiam reduzir a eficácia contracep- sentar repetidas infecções do trato genital inferior.
um corpo estranho com uma reação inflamatória, gerando alteração tiva do ANDA-LAN. z Se você ou seu parceiro tiverem outros parceiros sexuais.
celular e bioquímica no endométrio e fluidos uterinos o que interfere Uma vez que a ocorrência de doença inflamatória pélvica parece estar VALIDADE DO ANDALAN

INFORMAÇÃO IMPORTANTE: EFICÁCIA CONTRACEPTIVA DESTE PRODUTO DE 99,2% A 97,4%.


na migração dos esperma-tozoides, na fertilização e no transporte do mais fortemente relacionada a uma história de doença sexualmente ANDALAN tem uma vida útil de 7 anos e permanece efetivo por 10
óvulo impedindo a nidação (fixação no úte-ro) do óvulo fecundado. transmissível, múltiplos parceiros sexuais constituem uma contra-indi- anos após ser inse-rido.
cação relativa.
REAÇÕES ADVERSAS Foi sugerido que a diatermia clínica (de onda curta e de microondas) FABRICADO POR:
Após a inserção do ANDALAN, a mulher poderá sentir cólica e/ou dores das áreas abdo-minal e sacral, poderia induzir danos ao coração por PREGNA INTERNATIONAL LIMITED
abdominais. causa da presença de cobre metá-lico no ANDALAN. Entretanto, as PLOT Nº 219, SURVEY Nº 168, DABHEL INDUSTRIAL
Algumas mulheres são mais propensas à síncope, bradicardia e outros medidas in situ indicam que o tratamento diatérmico de mulheres com CO-OPERATIVE SOCIETY LTD., DABHEL, DAMAN – 396 210 – INDIA
episódios neu-rovasculares durante ou imediatamente após a inserção dispositivo intrauterino de cobre pode ser considerado seguro quando
CRM

ou remoção do ANDALAN. são utilizadas doses de intensidade aplicadas a uma conduta terapêu- IMPORTADO E DISTRIBUIDO POR:
Pode ocorrer, durante o primeiro ciclo menstrual após a inserção, san- tica normal.
z NÃO SENTIR OS FIOS DE SUTURA OU TOCAR NO CORPO PLÁSTICO;

DKT do Brasil Produtos de Uso Pessoal Ltda.


z MENSTRUAÇÃO PROLONGADA OU COM VOLUME AUMENTADO;

gramentos in-termenstruais ou spotting (pequenos sangramentos men- O estado energético do cobre não será alterado por ressonância nu- Av. Brigadeiro Faria Lima, 1912 - 13º andar - Conj. I/J/M
struais). Em algumas mulhe-res pode haver recorrência por vários ciclos. clear magnética (RNM) nem imagem por ressonância magnética (IRM). São Paulo - SP
z ATRASO DA MENSTRUAÇÃO DE DUAS OU MAIS SEMANAS;

Pode ocorrer prolongamento da menstruação e um aumento do fluxo Assim a IRM não induz nenhum efeito no dispositivo intrauterino. Além CNPJ: 38.756.680/0001-40
menstrual. disto, com base nas características não ferrosas do cobre, não se con- Farm. Resp: Simone Gomes Sant’Anna CRF-SP 39866
Pode haver aparecimento ou agravação de amenorréia. sidera que a imagem obtida por IRM seja prejudicada pela presen-ça Registro MS: XXXXXX
Já foram constatados casos de: aborto séptico, incrustação, fragmen- do dispositivo intrauterino. SAC (Serviço de Atendimento ao Consumidor): 0800111213
z DOR DURANTE OU APÓS A RELAÇÃO SEXUAL;

tação do disposi-tivo intrauterino, endometrite, erosão cervical, ex-


AVISAR SEU MÉDICO NA OCORRÊNCIA DE:

Daniel da Fonseca Marun Simone Gomes Sant’Anna


LEIA A INSTRUÇÃO DE USO DO PRODUTO

pulsão completa ou parcial do disposi-tivo intrauterino e anemia. PROCEDIMENTO DE INSERÇÃO Responsável Legal Responsável Técnico
z DOR OU ARDÊNCIA NO BAIXO VENTRE;

Em casos raros, já foram relatos: dor lombar, dor nas pernas, dispaure- O ANDALAN deve ser inserido pelo médico.
z CORRIMENTO VAGINAL ANORMAL;

nia, infecções geniturinária, secreção vaginal anormal, perfuração do O médico deve realizar todo o procedimento de forma asséptica.
útero e cérvix, aumento do ris-co de aborto espontâneo e septicemia, O médico irá determinar o tamanho e a posição do útero usando um
reações alérgicas da pele, urticária e gravidez ectópica. “espéculo” (como se fosse fazer um exame papanicolau).
Gravidez Com o especulo na vagina higienizará o colo uterino com a solução
z FEBRE SUPERIOR A 38ºC.
ASSINATURA DO MÉDICO

Você deve contatar seu médico caso sua menstruação tenha um atraso antisséptica.
NOME DO PACIENTE

de duas ou mais semanas. O ANDALAN deve ser removido assim que O médico irá determinar o tamanho e a posição do útero usando um
NOME DO MÉDICO

a gravidez for constatada. A remoção do dispositivo intrauterino pode “espéculo” (como se fosse fazer um exame de Papanicolau).
provocar um aborto. Com o espéculo na vagina o médico higienizará o colo uterino com a
Caso você opte por seguir a gravidez sem remover o dispositivo intra- solução antis-séptica.
uterino, o acom-panhamento médico pré-natal é essencial. Você deve O ANDALAN será introduzido no útero com um tubo de inserção até
comunicar imediatamente seu médico se tiver sintomas como gripe, que este toque o fundo.
febre, cólica ou dor na barriga, durante o ato se-xual, sangramento ou Após inseri-lo o médico irá cortar os fios de modo que fiquem visíveis
corrimento vaginal. apenas 3-4 cm para fora do colo uterino.
INFORMACÕES PARA A MULHER Se você ficar grávida usando o dispositivo intrauterino, há uma chance
MODELO, DIMENSÕES E COMPOSIÇÃO DO ANDALAN de ter uma gravidez extrauterina (o óvulo fertilizado não se implanta no PROCEDIMENTO DE REMOÇÃO
ANDALAN é um dispositivo contraceptivo intrauterino constituído de útero, mas pode se im-plantar nas trompas, por exemplo). Uma gravi- O ANDALAN deve ser removido ao expirar seu período de validade ou

Andalan
polietileno de bai-xa densidade em formato de ”T”, com propriedades dez extrauterina é um caso sério que necessita de cuidados médicos

DATA DA REMOÇÃO
caso você de-seje engravidar.

LOTE DO PRODUTO
viscoelásticas. O braço vertical é coberto com fio de cobre (99,99% de urgentes. ANDALAN deve ser removido pelo médico.
pureza) e o braço horizontal possui um cilindro de cobre em cada pon- Alguns sinais de gravidez extrauterina: Isso pode ser feito com facilidade e segurança na clínica e leva apenas

ATENÇÃO: SOLICITE A ASSINATURA DA PACIENTE E ARQUIVE JUNTO AO PRONTUÁRIO PARA O ACOMPANHAMENTO DO USO DO DIU.
ta, resultando em uma superfície total de aproximadamente 380mm² z Atraso menstrual de duas ou mais semanas; alguns minu-tos.

Classic
de cobre. Os braços laterais são flexíveis e moldados de tal forma para z Forte dor em um dos lados do baixo abdômen com ou sem san- O médico irá puxar os fios expostos.
man-ter o ANDALAN adjacente ao fundo do útero sem esticar ou tocar gramento vaginal; Podem ocorrer cólicas ou sangramento durante a remoção.
o corno. Seu corpo plástico contém de 20% á 24% de Sulfato de Bário z Dor no ombro; O ANDALAN não deve ser reutilizado. Isso pode resultar em perda de

ASSINATURA DA PACIENTE
para torná-lo radiopaco. z Tontura ou desmaio. eficácia e in-fecções. Ao atingir a vida útil ou na remoção após o uso,

Easy load
O produto é estéril desde que a embalagem esteja intacta. É esteriliza- Infecções dos órgãos sexuais ou do trato urinário deve ser descartado.

DATA DA INSERÇÃO
Andalan Classic Easy load Cu 380 - Cartão do Médico

TELEFONE MÉDICO
do por radiação gama. Podem ocorrer infecções do útero e das trompas de falópio (doenças
O modelo ANDALAN SAFE LOAD Cu 380 DISPOSITIVO INTRAUTERINO inflamatórias pélvicas) durante os primeiros meses após a inserção. AUTOEXAME
é uma novidade singular, satisfatória para a mulher e prática para o As chances de ter uma infecção pélvica são maiores quando você ou Antes e depois de realizar o autoexame, lave bem as mãos.
médico. Possui um aplica-dor para facilitar a inserção do dispositivo seu parceiro tem relações sexuais com outros parceiros. Verifique o ANDALAN periodicamente, em especial após a menstru-
intrauterino. O dispositivo intrauterino já vem pré-carregado no tubo Uma doença inflamatória pélvica pode afetar seriamente a fertilidade

CRM
ação, para garantir que os fios ainda se sobressaem ao colo do útero.
de inserção isso evita a perda de esterilidade durante o manu-seio pelo futura. Caso os fios tenham sumido, este-jam mais curtos ou mais longos, DISPOSITIVO INTRAUTERINO
médico evitando seu toque ou atrito com outra superfície. O carrega- Qualquer infecção deve ser tratada até a sua cura completa. informe ao médico.
mento do dispositivo é realizado sem toque humano, resultando em um
carregamento asséptico.
Algumas vezes se faz necessária a remoção do dispositivo intrauterino.
São sinais de infecção dos órgãos sexuais e do trato urinário:
Para verificar os fios:
z Se agache ou sente-se no vaso sanitário.
Cu 380
z Sintomas de gripe acompanhados de febre (acima de 38°C); z Introduza o dedo indicador ou médio profundamente na vagina.
ANDALAN SCLASSIC Cu 380 DISPOSITIVO INTRAUTERINO z Sensibilidade ou dor persistente no baixo abdômen; z Sinta os fios do ANDALAN.
z Dor durante ou após a relação sexual;
z Fluxo intenso e prolongado da menstruação;
z Você não deve puxar os fios, pois se o fizer poderá deslocar o AN-
DALAN.
Informações
Braço horizontal
Cilindro de cobre
z Corrimento vaginal com odor desagradável.

CASO APRESENTE ALGUM DESSES SINAIS/SINTOMAS CON-


z Se você não puder tocar os fios ou se você tocar alguma parte do AN-
DA-LAN provavelmente ele deslocou-se do fundo uterino. Neste caso
para a mulher
informe seu médico e até que seja examinada pelo médico, use outro
TATE SEU MÉDI-CO IMEDIATAMENTE. método contracepti-vo, por exemplo, preservativo.

JUNTO AS INSTRUÇÕES DE USO DO PRODUTO E ESTOU CIENTE DAS


DECLARO TER RECEBIDO ORIENTAÇÕES DO PROFISSIONAL MÉDICO
Braço vertical com CONTRAINDICAÇÃO (ABSOLUTA)
fio de cobre z Doenças malignas do trato genital; PROCURAR O MÉDICO CASO:
z Sangramento vaginal não diagnosticado; z Falha da menstruação.
z Gravidez; z Hemorragia ou corrimento vaginal anormal ou inexplicável.
Fio de nylon
z Histórico anterior de gravidez ectópica ou fatores de pré-disposição; z Atraso menstrual seguido de fluxo escasso e irregular.
Flame z Infecções no trato genital (exceto candidíase);

ADVERTÊNCIAS CONTIDAS NESTAS INSTRUÇÕES.


z Dor na pelve ou na parte baixa do abdômen, cólicas ou febre in-
(Marcador de profundidade z Doenças sexualmente transmissíveis durante os últimos 12 meses (ex- explicável.
ceto vaginite bacteriana, infecções por herpes repetidas e hepatite B); z Descoberta de doença sexualmente transmissível (DST).
Tubo de inserção z Aborto séptico durante os últimos 3 meses, doenças inflamatórias z Feridas ou lesões genitais, ou febre com corrimento vaginal.
da pélvis; z Hemorragia menstrual grave ou prolongada.
z Malformação uterina (congênita ou adquirida); z Desaparecimento dos fios do ANDALAN.
Haste sólida
z Alergia ao cobre; z Dor durante a relação sexual.
z Presença ou suspeita de neoplasia uterina ou do colo uterino.

ASSINATURA DO MÉDICO
z Se o ANDALAN for expelido não haverá continuidade da proteção
após a expulsão.

NOME DO PACIENTE
ANDALAN SAFE LOAD Cu 380 DISPOSITIVO INTRAUTERINO CONTRAINDICAÇÃO (RELATIVA)

NOME DO MÉDICO
z Retorne ao médico para examinar ou para substituição do ANDALAN
z Anemia; con-forme instruído pelo médico.
z Cardiopatias valvulares; z Caso sua menstruação esteja atrasada (com sintomas de gravidez,
Braço horizontal O uso de dispositivo intrauterino nestes casos pode aumentar o risco como náusea, seios sensíveis, etc.) informe imediatamente ao médico.
de endocardite bacteriana subaguda. Deve-se buscar orientação médi- z Sentir um pedaço do plástico do ANDALAN saliente.
Cilindro de cobre ca para profilaxia com antibiótico ao inserir ou remover o ANDALAN. QUANDO VOCÊ PRECISA DE UM CUIDADO ESPECIAL COM O USO DO
z Distúrbios de coagulação; ANDA-LAN
Braço vertical com z Tratamento anti-inflamatório; z Se possuir doenças cardíacas valvulares. O dispositivo intrauterino
fio de cobre z Doença de Wilson; pode aumentar o risco de uma infecção bacteriana na camada que
z Exposição múltipla a parceiros sexuais diferentes; recobre o cora-ção (endocardite). Para prevenir deve ser instituído por
Fio de nylon z Mioma uterino pequeno, pólipos endometriais ou endometriose; um médico um trata-mento com antibióticos quando da inserção e da
Recomenda-se a realização de exames pélvicos regulares em mulheres retirada do dispositivo intrau-terino.
Flame com miomas para avaliar qualquer alteração de tamanho; z Se tiver anemia ou história de grave sangramento uterino.
(Marcador de profundidade z Nuliparidade.

DATA DA REMOÇÃO
z Se você apresentar um problema de coagulação do sangue ou uso

LOTE DO PRODUTO
de me-dicamentos que interfiram com a coagulação do sangue (an-
Tubo de inserção INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS / OUTRAS FORMAS DE ticoagulantes).
INTERAÇÃO z Caso sua menstruação esteja dolorida ou irregular.
Haste sólida O organismo reage à presença de corpos estranhos. Esta reação é cru- z Se possuir cicatrizes no útero resultantes de perfuração ou cirurgia
cial para a ativi-dade contraceptiva do ANDALAN. A reação inflamatória (outras que não cesariana).
causada é a responsável pela ação estéril do endométrio. Tratamentos z Pequenos miomas (crescimento benigno da parede uterina), pólipos
que agem contra esta reação inflamatória, po-dem interferir na eficácia (cres-cimento benigno da membrana mucosa do útero) ou endome-
Andalan Classic Easy load Cu 380 - Cartão do Paciente

COMO O ANDALAN COMFORT AGE contraceptiva do dispositivo. Mulheres que necessitam de um tratamen- triose (crescimen-to de tecido uterino fora do útero ou das trompas
DATA DA INSERÇÃO

O mecanismo de a ação do ANDALAN consiste em criar um ambiente to de longo prazo com corticosteróides, drogas antiinflamatórias não TELEFONE MÉDICO de falópio).
intrauterino hostil aos espermatozóides intensificado pelo cobre. Evita esterói-des ou tratamento imunossupressor, devem preferencialmente z Distúrbios no metabolismo do cobre (modo como seu corpo absorve
a sua chegada até as trom-pas e tem efeito espermicida pela liber- optar por outros méto-dos contraceptivos, podendo utilizar de medidas e ex-creta o cobre).
ação de cobre que altera a composição do mu-co cervical reduzindo contraceptivas adicionais durante es-tes períodos. z Infecções do trato genital inferior (cérvix e vagina) ou se você apre-
a mobilidade deste. O útero reage ao dispositivo intrauterino como a Foi sugerido que as tetraciclinas poderiam reduzir a eficácia contracep- sentar repetidas infecções do trato genital inferior.
um corpo estranho com uma reação inflamatória, gerando alteração tiva do ANDA-LAN. z Se você ou seu parceiro tiverem outros parceiros sexuais.
celular e bioquímica no endométrio e fluidos uterinos o que interfere Uma vez que a ocorrência de doença inflamatória pélvica parece estar VALIDADE DO ANDALAN

INFORMAÇÃO IMPORTANTE: EFICÁCIA CONTRACEPTIVA DESTE PRODUTO DE 99,2% A 97,4%.


na migração dos esperma-tozoides, na fertilização e no transporte do mais fortemente relacionada a uma história de doença sexualmente ANDALAN tem uma vida útil de 7 anos e permanece efetivo por 10
óvulo impedindo a nidação (fixação no úte-ro) do óvulo fecundado. transmissível, múltiplos parceiros sexuais constituem uma contra-indi- anos após ser inse-rido.
cação relativa.
REAÇÕES ADVERSAS Foi sugerido que a diatermia clínica (de onda curta e de microondas) FABRICADO POR:
Após a inserção do ANDALAN, a mulher poderá sentir cólica e/ou dores das áreas abdo-minal e sacral, poderia induzir danos ao coração por PREGNA INTERNATIONAL LIMITED
abdominais. causa da presença de cobre metá-lico no ANDALAN. Entretanto, as PLOT Nº 219, SURVEY Nº 168, DABHEL INDUSTRIAL
Algumas mulheres são mais propensas à síncope, bradicardia e outros medidas in situ indicam que o tratamento diatérmico de mulheres com CO-OPERATIVE SOCIETY LTD., DABHEL, DAMAN – 396 210 – INDIA
episódios neu-rovasculares durante ou imediatamente após a inserção dispositivo intrauterino de cobre pode ser considerado seguro quando
CRM

ou remoção do ANDALAN. são utilizadas doses de intensidade aplicadas a uma conduta terapêu- IMPORTADO E DISTRIBUIDO POR:
Pode ocorrer, durante o primeiro ciclo menstrual após a inserção, san- tica normal.
z NÃO SENTIR OS FIOS DE SUTURA OU TOCAR NO CORPO PLÁSTICO;

DKT do Brasil Produtos de Uso Pessoal Ltda.


z MENSTRUAÇÃO PROLONGADA OU COM VOLUME AUMENTADO;

gramentos in-termenstruais ou spotting (pequenos sangramentos men- O estado energético do cobre não será alterado por ressonância nu- Av. Brigadeiro Faria Lima, 1912 - 13º andar - Conj. I/J/M
struais). Em algumas mulhe-res pode haver recorrência por vários ciclos. clear magnética (RNM) nem imagem por ressonância magnética (IRM). São Paulo - SP
z ATRASO DA MENSTRUAÇÃO DE DUAS OU MAIS SEMANAS;

Pode ocorrer prolongamento da menstruação e um aumento do fluxo Assim a IRM não induz nenhum efeito no dispositivo intrauterino. Além CNPJ: 38.756.680/0001-40
menstrual. disto, com base nas características não ferrosas do cobre, não se con- Farm. Resp: Simone Gomes Sant’Anna CRF-SP 39866
Pode haver aparecimento ou agravação de amenorréia. sidera que a imagem obtida por IRM seja prejudicada pela presen-ça Registro MS: XXXXXX
Já foram constatados casos de: aborto séptico, incrustação, fragmen- do dispositivo intrauterino. SAC (Serviço de Atendimento ao Consumidor): 0800111213
z DOR DURANTE OU APÓS A RELAÇÃO SEXUAL;

tação do disposi-tivo intrauterino, endometrite, erosão cervical, ex-


AVISAR SEU MÉDICO NA OCORRÊNCIA DE:

Daniel da Fonseca Marun Simone Gomes Sant’Anna


LEIA A INSTRUÇÃO DE USO DO PRODUTO

pulsão completa ou parcial do disposi-tivo intrauterino e anemia. PROCEDIMENTO DE INSERÇÃO Responsável Legal Responsável Técnico
z DOR OU ARDÊNCIA NO BAIXO VENTRE;

Em casos raros, já foram relatos: dor lombar, dor nas pernas, dispaure- O ANDALAN deve ser inserido pelo médico.
z CORRIMENTO VAGINAL ANORMAL;

nia, infecções geniturinária, secreção vaginal anormal, perfuração do O médico deve realizar todo o procedimento de forma asséptica.
útero e cérvix, aumento do ris-co de aborto espontâneo e septicemia, O médico irá determinar o tamanho e a posição do útero usando um
reações alérgicas da pele, urticária e gravidez ectópica. “espéculo” (como se fosse fazer um exame papanicolau).
Gravidez Com o especulo na vagina higienizará o colo uterino com a solução
z FEBRE SUPERIOR A 38ºC.
ASSINATURA DO MÉDICO

Você deve contatar seu médico caso sua menstruação tenha um atraso antisséptica.
NOME DO PACIENTE

de duas ou mais semanas. O ANDALAN deve ser removido assim que O médico irá determinar o tamanho e a posição do útero usando um
NOME DO MÉDICO

a gravidez for constatada. A remoção do dispositivo intrauterino pode “espéculo” (como se fosse fazer um exame de Papanicolau).
provocar um aborto. Com o espéculo na vagina o médico higienizará o colo uterino com a
Caso você opte por seguir a gravidez sem remover o dispositivo intra- solução antis-séptica.
uterino, o acom-panhamento médico pré-natal é essencial. Você deve O ANDALAN será introduzido no útero com um tubo de inserção até
comunicar imediatamente seu médico se tiver sintomas como gripe, que este toque o fundo.
febre, cólica ou dor na barriga, durante o ato se-xual, sangramento ou Após inseri-lo o médico irá cortar os fios de modo que fiquem visíveis
corrimento vaginal. apenas 3-4 cm para fora do colo uterino.