Você está na página 1de 2

Escola de Artes – Departamento de Artes Cénicas – 2016-2017

Disciplina: Práticas Dramatúrgicas

Documento de apoio para planificação das leituras (obrigatórias ou de apoio) / conteúdos do programa

Conteúdos programáticos Bibliografia *


1.1. A prática da escrita de teatro clássica e neoclássica: o M. Carlson *; Fischer-Lichte *; J.H. Lawson*; A. Pais ; J. Roubine *
modelo aristotélico e os géneros consagrados (comédia e
tragédia). Relação com a cena e a prática artística coeva.

1.2. Questionamentos dos modelos neo-clássicos: o drama Fischer-Lichte *, History of European Drama and Theatre, 2002
burguês e a liberdade da escrita romântica: a consagração do (p.230-43)
hibridismo e do drama como contributo para uma revolução Hartnoll *, The Theatre. A concise history, 1989 (p.165-185)
cénica.

1.3. A dramaturgia naturalista do texto e da cena. Leitura obrigatória


Contaminações e interacções. Ibsen, Hedda Gabler * e Pdf no Moodle
Apoio para consultar: The Cambridge Companion to Ibsen *

1.4. Um modelo promissor: a prática dramatúrgica enquanto Leitura obrigatória


problemática do palco. O legado do teatro de Brecht e B. Brecht, Um Homem é um Homem* e Pdf no Moodle
respectivos continuadores no séc.XX. Apoio para consultar: The Cambridge Companion to Brecht (BL)

2. A escrita contemporânea de/para o teatro. A legibilidade Bellisco*; Cardullo; Danan *; J.-P. Sarrazac *;
como desafio inicial para a interpretação do texto.

2.1. A dramaturgia dos anos 1950/70: rupturas e abertura. Leitura obrigatória


Peter Handke, A Hora em que não sabíamos nada uns dos outros
Textos de apoio sobre Handke, Teatro da Cornucópia, 1994 (BL)
2.2. Uma inovação sem fim: a escrita contemporânea do texto Corpus de obras para análise e apresentação oral na aula para a
de/para o teatro. O devir dos constituintes e dos códigos da avaliação
escrita hoje. Bibliografia de referência indicada no programa
Leitura obrigatória : textos para trabalho presencial na aula
(corpus a definir)
3. O lugar do texto escrito no teatro hoje. O conceito de
dramaturgia nos estudos de teatro hoje.

3. 1. O envolvimento do dramaturgo na produção teatral e no Bibliografia de referência indicada no programa


processo criativo: do autor à criação colectiva. Tipologias mais
relevantes da função da prática dramatúrgica no séc. XX a
partir de estudos de casos, nomeadamente no contexto
português.
3.2. A prática dramatúrgica como processo de reescrita textual
específica: a tradução; a adaptação inter-géneros; a montagem.
8. A articulação entre texto e materiais não-textuais no
processo criativo. A performance em contexto teatral.
9. A constituição dos repertórios de teatro e dos catálogos de
teatro de editores como processo de escolha dramatúrgica
orientada.
10. A crítica de teatro e a investigação teatral como lugar e
processos de recepção analítica das práticas dramatúrgicas.

*: obras na Biblioteca dos Leões