Você está na página 1de 98

a o

8 SÉRIE 9 ANO
ENSINO FUNDAMENTAL – ANOS FINAIS
Caderno do Professor
Volume 1

INGLÊS
Linguagens
GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO
SECRETARIA DA EDUCAÇÃO

MATERIAL DE APOIO AO
CURRÍCULO DO ESTADO DE SÃO PAULO
CADERNO DO PROFESSOR

INGLÊS
ENSINO FUNDAMENTAL – ANOS FINAIS
8a SÉRIE/9o ANO
VOLUME 1

Nova edição

2014 - 2017

São Paulo
Governo do Estado de São Paulo
Governador
Geraldo Alckmin
Vice-Governador
Guilherme Afif Domingos
Secretário da Educação
Herman Voorwald
Secretário-Adjunto
João Cardoso Palma Filho
Chefe de Gabinete
Fernando Padula Novaes
Subsecretária de Articulação Regional
Rosania Morales Morroni
Coordenadora da Escola de Formação e
Aperfeiçoamento dos Professores – EFAP
Silvia Andrade da Cunha Galletta
Coordenadora de Gestão da
Educação Básica
Maria Elizabete da Costa
Coordenadora de Gestão de
Recursos Humanos
Cleide Bauab Eid Bochixio
Coordenadora de Informação,
Monitoramento e Avaliação
Educacional
Ione Cristina Ribeiro de Assunção
Coordenadora de Infraestrutura e
Serviços Escolares
Ana Leonor Sala Alonso
Coordenadora de Orçamento e
Finanças
Claudia Chiaroni Afuso
Presidente da Fundação para o
Desenvolvimento da Educação – FDE
Barjas Negri
Senhoras e senhores docentes,

A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo sente-se honrada em tê-los como colabo-
radores nesta nova edição do Caderno do Professor, realizada a partir dos estudos e análises que
permitiram consolidar a articulação do currículo proposto com aquele em ação nas salas de aula
de todo o Estado de São Paulo. Para isso, o trabalho realizado em parceria com os PCNP e com
os professores da rede de ensino tem sido basal para o aprofundamento analítico e crítico da abor-
dagem dos materiais de apoio ao currículo. Essa ação, efetivada por meio do programa Educação
— Compromisso de São Paulo, é de fundamental importância para a Pasta, que despende, neste
programa, seus maiores esforços ao intensificar ações de avaliação e monitoramento da utilização
dos diferentes materiais de apoio à implementação do currículo e ao empregar o Caderno nas ações
de formação de professores e gestores da rede de ensino. Além disso, firma seu dever com a busca
por uma educação paulista de qualidade ao promover estudos sobre os impactos gerados pelo uso
do material do São Paulo Faz Escola nos resultados da rede, por meio do Saresp e do Ideb.

Enfim, o Caderno do Professor, criado pelo programa São Paulo Faz Escola, apresenta orien-
tações didático-pedagógicas e traz como base o conteúdo do Currículo Oficial do Estado de São
Paulo, que pode ser utilizado como complemento à Matriz Curricular. Observem que as atividades
ora propostas podem ser complementadas por outras que julgarem pertinentes ou necessárias,
dependendo do seu planejamento e da adequação da proposta de ensino deste material à realidade
da sua escola e de seus alunos. O Caderno tem a proposição de apoiá-los no planejamento de suas
aulas para que explorem em seus alunos as competências e habilidades necessárias que comportam
a construção do saber e a apropriação dos conteúdos das disciplinas, além de permitir uma avalia-
ção constante, por parte dos docentes, das práticas metodológicas em sala de aula, objetivando a
diversificação do ensino e a melhoria da qualidade do fazer pedagógico.

Revigoram-se assim os esforços desta Secretaria no sentido de apoiá-los e mobilizá-los em seu


trabalho e esperamos que o Caderno, ora apresentado, contribua para valorizar o ofício de ensinar
e elevar nossos discentes à categoria de protagonistas de sua história.

Contamos com nosso Magistério para a efetiva, contínua e renovada implementação do currículo.

Bom trabalho!

Herman Voorwald
Secretário da Educação do Estado de São Paulo
SUMÁRIO
Orientação sobre os conteúdos do volume 5
Tema 1 – Biographies of remarkable people 10
Situação de Aprendizagem 1 – Biographical studies 10
Situação de Aprendizagem 2 – Who is he? 19
Situação de Aprendizagem 3 – Studying an interview 27
Situação de Aprendizagem 4 – Writing a biography 36
Recursos para ampliar a perspectiva do professor e do aluno para a compreensão do tema 39
Tema 2 – Famous inventors and their inventions 40
Situação de Aprendizagem 5 – What invention is this? 40
Situação de Aprendizagem 6 – How was it invented? 50
Situação de Aprendizagem 7 – Why was it invented? 60
Situação de Aprendizagem 8 – Writing task – Describing an invention 67
Recursos para ampliar a perspectiva do professor e do aluno para a compreensão do tema 72
Grade de autoavaliação das Situações de Aprendizagem 77
Proposta de avaliação 79
Propostas de situações de recuperação 83
Instant language 85
Considerações finais 90
Quadro de conteúdos do Ensino Fundamental – anos finais 91
Gabarito 93
Inglês – 8a série/9o ano – Volume 1

ORIENTAÇÃO SOBRE OS CONTEÚDOS DO VOLUME


Caro(a) professor(a), admiram. Tanto as atividades preparatórias
quanto a atividade-síntese constituirão ins-
Este volume apresenta Situações de Apren- trumentos de avaliação, como explicaremos
dizagem organizadas em dois grandes temas: mais adiante.
Biographies of remarkable people e Famous
inventors and their inventions. No primeiro Quanto ao trabalho com a compreensão
tema, os alunos terão a oportunidade de es- dos textos, sabemos que é comum o aluno di-
tudar histórias de vida; nossa proposta é que zer: “se é em inglês, eu não entendo nada”.
eles possam ter contato com uma variedade Isso se deve, em grande parte, a uma cultura
de textos biográficos sobre algumas pessoas da tradução, uma cultura que diz que, para
famosas. Dentre os biografados retratados ler e entender, é preciso traduzir palavra por
nas Situações de Aprendizagem estão os jo- palavra. Para que o trabalho proposto aqui
gadores de futebol Marta Vieira da Silva e tenha mais chances de sucesso, é preciso que
Pelé e a escritora britânica J. K. Rowling. No o aluno comece a olhar para o quanto ele
tema, você trabalhará com três gêneros tex- sabe, em vez de continuar olhando para o que
tuais: uma reportagem de revista, um verbete não sabe. Muito se consegue fazer enfocando
de enciclopédia e uma entrevista. No âmbi- as palavras conhecidas ou de fácil compreen-
to do estudo da estrutura da língua inglesa, são. Além disso, raras vezes precisamos ler
será enfocado o passado simples (past simple) textos com o intuito de compreender abso-
e retomado brevemente o presente simples lutamente tudo o que está escrito – mesmo
(present simple). Além disso, os alunos terão quando se trata da leitura de textos em lín-
um contato inicial com o presente perfeito gua materna. Há um objetivo para a leitura
(present perfect). e, em sala de aula, esse objetivo é dado, na
maioria das vezes, pelas perguntas feitas pelo
Nas duas primeiras Situações de Apren- professor e pelas atividades propostas. Logo,
dizagem deste tema, há duas tarefas de es- estas devem ser adaptadas à capacidade de
crita, que deverão preparar os alunos para compreensão do aluno.
a atividade-síntese de produção escrita na
Situação de Aprendizagem 4. Nessa ati- Ao explorar o segundo tema, Famous
vidade, os alunos escreverão um pequeno inventors and their inventions, esperamos que
texto biográfico a respeito de uma pessoa você possa guiar seus alunos não apenas na
escolhida por eles – uma pessoa famosa ou aprendizagem sobre a língua inglesa, mas
alguém que eles conhecem pessoalmente e também na aprendizagem sobre invenções,

5
suas funções e sua história por meio da lín- ao uso de linguagens e códigos (competência
gua inglesa. Neste tema, os alunos refletirão 1); e b) aquelas que promovem diferentes com-
sobre o que é uma invenção, verificarão que o preensões sobre um tema ou conceitos (com-
processo de criar algo nem sempre é rápido ou petência 2). As competências 3 (lidar com
alcança sucesso imediato, descobrirão quem situação-problema), 4 e 5 (elaboração de ar-
foram os inventores de alguns objetos do coti- gumentação e de intervenção solidária) foram
diano e perceberão a relação entre a invenção contempladas à medida em que se relacionam,
e o contexto social em que ela surge. de forma coerente, com o tema geral das ativi-
dades. Ao longo das orientações para a apli-
Nesse tema, a competência de leitura será cação das atividades, você vai encontrar uma
trabalhada em três gêneros textuais diferen- indicação das habilidades específicas e das
tes: um anúncio publicitário, dois verbetes de competências que estão sendo desenvolvidas.
enciclopédia e uma página da internet. A com-
petência de escrita será desenvolvida mediante
a elaboração de uma ficha com a descrição de Metodologia
uma invenção, na Situação de Aprendizagem 8.
Para desenvolver os conteúdos deste volu-
Ao longo das quatro Situações de Apren- me, alguns princípios devem ser observados.
dizagem propostas para este tema, os alunos Vejamos quais são e quais desdobramentos
vão rever o passado simples e serão introduzi- eles têm nas ações propostas neste Caderno.
dos ao uso da voz passiva a partir da estrutura
“It’s used for... ing”, que será apresentada, mas Princípio 1 – Learning is meaning-oriented
não sistematizada, para descrever a função ou
finalidade de uma invenção. Também estu- Isso significa que a aprendizagem ocor-
darão adjetivos e outras expressões que des- re quando os alunos constroem sentidos por
crevem as características e qualidades de um meio de sucessivas aproximações com o objeto
produto. Esses conteúdos serão empregados em estudo. É nessas aproximações que o sujei-
na confecção da atividade-síntese de produção to mobiliza os esquemas interpretativos de que
escrita, na Situação de Aprendizagem 8. dispõe (available designs for meaning). Tais es-
quemas resultam das experiências linguísticas
– em língua materna e em língua estrangeira – e
Competências e habilidades culturais socialmente partilhadas pelos apren-
dizes dentro e fora da escola. Aprender é, en-
Todas as competências avaliadas pelo tão, ampliar esses esquemas interpretativos.
Enem estão contempladas nas Situações de
Aprendizagem. As que estão contempladas Daí a importância de propiciar experiências
diretamente são: a) aquelas que dizem respeito de aprendizagem significativas por meio de tare-

6
Inglês – 8a série/9o ano – Volume 1

fas nas quais os aprendizes envolvam-se na cons- não seja essa a sequência em que as palavras
trução e na negociação de sentido e por meio da aparecem. Ou seja, a compreensão depende
língua inglesa, com ênfase na compreensão. muito mais do conhecimento do sentido da
palavra em si e dos sentidos disseminados en-
Princípio 2 – Language learning is much tre elas do que do conhecimento das regras
more lexical than syntactic gramaticais que definem a sequência correta
dos termos ou as convenções de concordân-
A redução do ensino de uma língua ao seu cia e flexão verbal.
sistema de regras (ensino com ênfase na gra-
mática normativa) é bastante marcante na tra- Com isso em mente, além da ênfase na
jetória da metodologia do ensino de línguas compreensão (princípio 1), neste volume en-
estrangeiras. Essa força decorre do fato de que fatizamos, também, o conhecimento lexical
as regras gramaticais são o que há de mais – a aquisição de um repertório de palavras e
controlável e previsível em uma língua. Além sequências de palavras que formam um todo
disso, a máxima que postula que “uma língua de significado (chunks). Desse modo, como
é um sistema de regras finito capaz de gerar dito anteriormente, nas Situações de Apren-
um número infinito de enunciados” confere dizagem e atividades propostas, não é neces-
certo grau de conforto e organização ao ensi- sário que o aluno saiba o significado – ou a
no de línguas. Entretanto, esse número infini- tradução – de cada uma das palavras nos tex-
to de enunciados só se concretiza se o falante tos e enunciados. Não é preciso, por exemplo,
tiver um repertório lexical que possibilite a ele que o aluno saiba que what é “o que”, que
dizer o que tem em mente. is significa “é” ou “está” e up significa “para
cima”, porque, utilizadas em conjunto, essas
Vamos fazer um exercício semelhante ao palavras ganham um novo significado, como
proposto por Kern em Literacy and language em What’s up?, que equivale, em português, à
teaching (Oxford University Press, 2000) para forma de cumprimento “E aí?”.
refletir um pouco mais sobre isso. Se você
conhece as palavras man – yesterday – hand – Princípio 3 – Familiarity with genres
bite – dog certamente é capaz de visualizar a is important for the development of
seguinte cena: um cachorro mordendo a mão communication skills
de um homem. Além disso, também é capaz
de dizer que essa cena aconteceu ontem, mes- Os gêneros (estruturas de eventos comu-
mo que o verbo “morder” esteja no infinitivo. nicativos socialmente validados, sejam eles
Isso é possível porque seus esquemas interpre- orais, como uma entrevista, ou escritos, como
tativos, acionados pelo sentido dos vocábulos, um currículo) fornecem o contexto necessário
estabelecem, a priori, que cachorros mor- para que a língua seja trabalhada de modo
dem pessoas e não o contrário, mesmo que cultural e socialmente situado.

7
A palavra “contexto”, usada na apresen- cidas (como apoiarem-se em palavras cognatas
tação de gêneros, apesar de muito presente e em palavras já conhecidas) para realizarem as
no ensino de línguas, é ambígua, e é preciso atividades e peça a eles que anotem esses ter-
entendê-la como um conceito. O contexto não mos em seus cadernos, para ajudá-los com a
se limita à situação de uso (por exemplo, “fa- realização do homework.
zendo compras”) ou às palavras em uma frase
(por exemplo, Paul is a boy). Na acepção aqui
utilizada, o contexto delimita os contornos Avaliação
em que um dado repertório de conhecimen-
tos linguísticos e discursivos manifesta-se em Há três procedimentos de avaliação pro-
determinada comunidade de falantes. Ora, os postos neste Caderno. O primeiro diz respei-
gêneros – orais e escritos – são as estruturas por to a uma avaliação feita de forma processual,
meio das quais essas práticas se concretizam. cujo principal instrumento é a observação que
Familiarizar-se com eles significa familiarizar- você faz de seus alunos durante a realização
-se com a língua viva, contextualizada e situa- das Situações de Aprendizagem propostas.
da histórica, cultural e socialmente. O trabalho Para viabilizar esse tipo de avaliação para to-
com gêneros será realizado respeitando-se os dos os alunos da turma, será necessário criar
princípios 1 e 2 anteriormente apresentados. um sistema de registros para que suas obser-
Assim, a ênfase recairá sobre a interpretação, vações não se percam.
acompanhada do estudo da estrutura dos gê-
neros trabalhados. O segundo tipo de avaliação focaliza as ex-
pectativas de aprendizagem previstas para este
Convém lembrar, ainda, que mesmo que o Caderno. Os principais instrumentos são: as
desenvolvimento da competência oral não seja atividades-síntese de produção escrita e a tabe-
o foco principal da educação escolar, o pro- la de autoavaliação (Can-do chart). Sugerimos
fessor deve aproveitar todas as oportunidades que esses dois instrumentos sejam organizados
para a prática oral em sala de aula, propondo em um tipo de portfólio (que pode ser uma
atividades e exercícios que utilizem recursos pasta com plásticos ou outro caderno só para
como música, filmes e dramatizações. esse fim), no qual serão reunidas atividades des-
sa mesma natureza. Assim, ao final do ano, o
Você deve propor aos alunos a realização aluno terá organizado uma coletânea de suas
de atividades em casa, mas é importante ler e produções mais significativas, podendo assim
explicar os enunciados das atividades em sala melhor visualizar o progresso de suas aprendi-
de aula, a fim de que eles saibam exatamente zagens ao longo do ano letivo. O terceiro é uma
o que devem fazer em cada atividade. No caso prova individual, que pode ser aplicada a seu
de itens com textos mais alongados, oriente os critério para avaliar conhecimentos e habilida-
alunos a usarem estratégias de leitura já conhe- des específicos da língua inglesa.

8
Inglês – 8a série/9o ano – Volume 1

Em resumo, combinaremos procedimentos paço para registrar o vocabulário apresentado


que nos possibilitam avaliar os alunos a partir – a seção Vocabulary log. É importante que o
de três perspectivas: a processual, a formativa aluno se utilize dessas seções para um melhor
e a somativa. aproveitamento do conteúdo estudado. Você
pode solicitar que ele registre o Vocabulary log
Nas páginas seguintes, você vai encontrar em folhas à parte, que podem ser anexadas ao
as orientações gerais sobre as Situações de portfólio de cada um.
Aprendizagem (conteúdos, competências e
habilidades desenvolvidas, estratégias de en- O Caderno traz, ainda, sugestões de situ-
sino, recursos necessários e sugestões de ava- ações de recuperação e indicações de sites,
liação), bem como as atividades e um roteiro filmes e músicas que podem ser usados para
detalhado com os procedimentos recomen- complementar suas aulas e ampliar o conheci-
dados, inclusive exercícios como sugestão de mento dos alunos sobre os temas.
homework.
Esperamos que você desenvolva o trabalho
No final de cada tema, o aluno também com seus alunos de forma significativa, dinâ-
encontra orientações para desenvolver estra- mica e, principalmente, prazerosa.
tégias de aprendizagem de língua estrangeira,
na seção intitulada Learn to learn, e um es- Have a nice term!

9
TEMA 1 – BIOGRAPHIES OF REMARKABLE PEOPLE
SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEM 1
BIOGRAPHICAL STUDIES

Conteúdos e temas: reportagem biográfica; futebol feminino e masculino; tempo verbal: passado.

Competências e habilidades: identificar algumas características de um gênero textual (reportagem); iden-


tificar o objetivo geral de um texto; localizar informações específicas em um texto; completar uma ficha
com dados biográficos sobre um(a) jogador(a) de futebol.

Sugestão de estratégias de ensino: trabalho em duplas/pequenos grupos; apresentação do professor com


participação dos alunos; leitura dirigida.

Sugestão de recursos: dicionários bilíngues, revistas e jornais em língua portuguesa.

Sugestão de avaliação: processual (registro de participação dos alunos); ficha com dados biográficos (Ati-
vidade 5).

Sondagem inicial e sensibilização sar de estar longe de ser o esporte nacional).


Sugerimos que você introduza o tema com
Objetivos: ativar/verificar o conhecimento dos uma brincadeira rápida: peça que os alunos
alunos sobre jogadores e jogadoras de futebol; reúnam-se em grupos de quatro, sendo um
discutir a diferença de popularidade entre o
dos integrantes o responsável pelas anotações.
futebol feminino e o masculino no Brasil.
Os grupos devem ser, preferencialmente, mis-
tos (com meninos e meninas). Explique então
Procedimentos que eles têm três minutos para escrever uma
lista com o maior número possível de nomes
Nesta Situação de Aprendizagem, os alu- de jogadores de futebol (apenas jogadores, e
nos irão ler um texto com informações bio- não jogadoras). Esgotado o tempo, peça al-
gráficas sobre a jogadora de futebol Marta guns exemplos de nomes, verifique qual grupo
Vieira da Silva. Enquanto no Brasil o esporte tem a maior lista e declare-o o vencedor.
é praticado principalmente por homens, nos
Estados Unidos, por exemplo, o futebol é um Na sequência, diga-lhes que, como deve ter
esporte bastante praticado por mulheres (ape- sido bastante fácil elaborar essa primeira lis-

10
Inglês – 8a série/9o ano – Volume 1

ta, você irá propor um desafio maior: eles têm novo ao mesmo tempo que pede aos alunos
novamente três minutos, só que agora devem que forneçam as informações que souberem.
escrever nomes de jogadoras de futebol. Esgo- Mesmo que eles não tenham dados exatos,
tado o tempo, repita o mesmo procedimento estimule-os a fazer suposições: por exemplo,
utilizado com a lista anterior. Certamente, os os alunos não sabem em que clube Marta
alunos devem ter conseguido lembrar-se de joga, mas acreditam que não seja no Brasil;
mais nomes de jogadores do que de jogadoras. ou, ainda, eles não sabem a data de seu nas-
Proponha, então, uma breve discussão sobre cimento, mas podem calcular o ano com base
as razões para essa diferença. As mulheres são na idade que estimam que ela tenha. Procure
necessariamente ruins no futebol? Será que mostrar aos alunos que esse tipo de raciocí-
em outros países o futebol feminino também é nio (por dedução e aproximação) é válido e
pouco popular? Por que as redes de televisão importante nos casos em que temos algum
transmitem tantas partidas de futebol mascu- conhecimento sobre um assunto, mas não in-
lino e quase não falam das equipes femininas? formações muito precisas.
Resposta
A proposta da atividade é verificar os conhecimentos prévios
Roteiro para aplicação da Situação dos alunos sobre a jogadora Marta Vieira da Silva.
de Aprendizagem 1
Atividade 2
Atividade 1
Objetivo: ler uma reportagem com informa-
Objetivos: ativar/verificar conhecimento pré- ções biográficas para preencher uma ficha de
vio dos alunos; preencher uma ficha de dados dados pessoais.
pessoais.

Procedimentos
Procedimentos
Antes da leitura do texto desta atividade,
Na lista elaborada anteriormente com no- prepare uma lista com as palavras e as expres-
mes de jogadoras de futebol, é possível que sões mais importantes que você acha que seus
os alunos tenham mencionado Marta Vieira alunos não conhecem. Algumas sugestões são:
da Silva. Peça, então, que olhem a ficha desta best female football player (melhor jogadora de
atividade e explique que ela deve ser preen- futebol), played (jogou), award (prêmio), World
chida com dados sobre a jogadora. É bas- Cup (Copa do Mundo), Swedish team (equipe
tante provável que os alunos não saibam a sueca), was born (nasceu). Para trabalhar essa
maioria das informações – e não há problema lista, você pode, por exemplo, escrever as pa-
nisso. Você pode ler e explicar o vocabulário lavras em inglês em uma coluna e embaralhar

11
as equivalentes em português em outra coluna, Procedimentos
para que os alunos tenham de ligar as expres-
sões equivalentes. As três primeiras questões da atividade
requerem que os alunos localizem informa-
Após a discussão da Atividade 1, é prová- ções bastante específicas (e explícitas) no tex-
vel que várias das informações da ficha sobre to. Nesse caso, você pode ler e explicar cada
a jogadora Marta ainda estejam incompletas. questão e logo em seguida pedir que os alunos
Oriente os alunos a ler o texto para terminar procurem a resposta no texto. Peça também
de completar a ficha da Atividade 1. Peça que que eles mostrem na página a localização exa-
eles trabalhem em duplas e em seguida faça a ta da informação (no alto da página, depois
correção com toda a turma, seja oralmente da manchete etc.). Se houver jornais e revistas
ou na lousa. É interessante também que você em português na escola, você pode comparar
contraste as respostas encontradas no texto se informações como data, título da publica-
com as hipóteses levantadas pelos alunos na ção e autor da reportagem aparecem em locais
Atividade 1. Assim, por exemplo, se os alu- semelhantes em textos em inglês e português.
nos acreditavam que ela não jogasse no Brasil
e o texto informa que a Marta joga no Tyresö O trabalho com a questão (d) pode ser dife-
FF (uma equipe sueca), eles estavam corretos. rente, pois a pergunta exige um pouco mais de
Respostas reflexão. Explique a questão para os alunos,
Full name: Marta Vieira da Silva; Date of birth: February 19th, enfatizando que a resposta não está explícita
1986; Place of birth: Dois Riachos; Club: Tyresö FF; Awards and no texto. Peça, então, que eles trabalhem por
medals: Fifa’s Women’s Player of the Year for five consecutive alguns minutos em pequenos grupos para dis-
years (2006-2010); Family: father, mother, two brothers, and cutir as alternativas, escolher a correta e justi-
one sister. ficar a resposta. Em seguida, abra a discussão
para toda a turma e convide alguns dos grupos
Complementação da atividade: Como lição a apresentarem sua resposta e justificativa.
de casa, os alunos podem pesquisar outras Respostas e comentários
informações sobre a Marta, seja para incluir a) O autor é James Crawford e a informação aparece no início,
outros itens em sua ficha ou complementar os logo após o título do texto e, novamente, no final, quando
itens já listados. descobrimos que ele é autor de um livro sobre o futebol brasi-
leiro. Explore com os alunos a função dessa última informação
Atividade 3 no texto: dar credibilidade, ou seja, dizer que o autor, apesar
de não ser brasileiro ou jogador, é alguém que realmente tem
Objetivos: localizar informações específicas conhecimento sobre futebol brasileiro, tanto que escreveu
em um texto; identificar algumas característi- um livro a respeito do assunto. Essa estratégia é usada em vá-
cas de um gênero textual (reportagem); identi-
rios jornais e revistas. Peça aos alunos que encontrem exem-
ficar o objetivo geral de um texto.
plos do uso desse recurso em jornais ou revistas brasileiros; b)

12
Inglês – 8a série/9o ano – Volume 1

Sports of the Week on Saturday, June 16, 2013 – a informação tes para circular os verbos regulares, os irre-
está no alto da página; c) as respostas podem variar de acor- gulares e aqueles na forma negativa. Antes
do com a época de aplicação do caderno; d) a biographical de pedir aos alunos que façam a atividade
article, because it tells someone’s life story – a formatação do propriamente dita, apresente uma breve
texto é claramente a de uma reportagem (article), e não a de explicação sobre o passado simples (past
uma propaganda (advertisement), pois o texto está distribu- simple) em inglês a partir dos exemplos do
ído em colunas, é datado, os estilos das fontes são neutros, texto, como propomos logo a seguir. Em se-
há pouco colorido etc.; o conteúdo do texto é essencialmen- guida, os alunos fazem o exercício de circu-
te sobre a vida de Marta de maneira geral (life story) e não lar os verbos como uma forma de reforçar
enfatiza algum evento recente (a recent event). Note que a as explicações dadas por você.
alternativa correta seria “news article” se a reportagem fosse
centrada no último prêmio que ela ganhou, por exemplo. Tomando a primeira ocorrência de verbo
no passado (she played in the Uefa Cup final –
Atividade 4 ela jogou na final da Copa da Uefa), se houver
dicionários, peça que os alunos procurem pela
palavra played. Quando eles perceberem que
Objetivo: retomar os tipos de verbo no passa-
do simples (regular e irregular e a forma nega-
não há um verbete para played, explique que
tiva nesse tempo verbal). o final -ed pode ser a indicação de um verbo
no passado e que, assim como em português,
os dicionários não têm um verbete para “jo-
Procedimentos gou” ou “jogava”, mas apenas para a forma
“jogar” (play). Peça então que eles procurem
Nesta atividade, os alunos terão contato esse verbete. Em seguida, pergunte quais dos
com o passado simples em inglês e o assunto outros verbos sublinhados também terminam
será retomado em outros momentos neste vo- em -ed e peça a eles que procurem os verbe-
lume. Portanto, não se espera que você esgote tes correspondentes no dicionário (Marta’s
o assunto. Como base para sua explicação, father worked as a barber – O pai de Marta
sugerimos usar os verbos sublinhados no tex- trabalhava como barbeiro/So she improvised
to da Atividade 2. Assim, você pode começar [a ball] – Então ela improvisava [uma bola]).
retomando a última questão da Atividade 3 e Explique então que a maioria dos verbos em
lembrar aos alunos que o artigo é biográfico, inglês forma o passado com o acréscimo do
isto é, conta um pouco da história de vida da sufixo -ed – são os chamados verbos regulares.
jogadora Marta. Por esse motivo, há no texto
muitos verbos no passado. Em seguida, chame a atenção dos alunos
para os verbos irregulares. Explique que é
A atividade é bastante simples: os alunos preciso memorizar essas formas de verbos
devem usar canetas e lápis de cores diferen- no passado, e que geralmente os dicioná-

13
rios trazem uma lista com esses verbos e presente, não fazem muito sentido. Com essa
suas respectivas formas. Mais uma vez, você estratégia, você chama a atenção dos alunos
pode usar os exemplos do texto e ensinar para a compreensão do chunk (bloco) com a
os alunos a utilizar o dicionário. Primei- forma negativa no passado (did not grow up)
ramente, peça que procurem o verbete was como um todo. Depois, explique que did, nes-
(she was absolutely outstanding – ela foi ab- sas frases, funciona como um auxiliar e indica
solutamente excepcional). Geralmente, esse apenas que o verbo grow up está no passado, e
verbete, se existir, indicará apenas a forma não corresponde ao verbo “fazer”.
do infinitivo do verbo (no caso, be). Além Respostas
disso, mostre também was e be na lista de Regular verbs (circulados com caneta vermelha): played,
verbos irregulares. Depois, os alunos podem worked, improvised; irregular verbs (circulados com caneta
trabalhar individualmente ou em pequenos azul): was, lost, was born, left, had; verbs in the negative
grupos para consultar o significado e a for- (circulados com lápis): did not grow up, did not have.
ma do infinitivo correspondente aos demais
verbos irregulares (her team lost – sua equi- Complementação da atividade: veja nas
pe perdeu; Marta was born on February 19th, propostas de situações de recuperação, ao
1986 – Marta nasceu em 19 de fevereiro de final deste Caderno, uma atividade comple-
1986; he left her mother – ele deixou a mãe mentar baseada no texto desta Situação de
dela; they all had a very hard childhood – to- Aprendizagem e que você pode utilizar para
dos eles tiveram uma infância muito difícil). reforçar o conteúdo visto aqui (informações
biográficas, léxico e tempo verbal).
Por fim, peça que os alunos releiam os
dois exemplos restantes (Marta did not Atividade 5 – Preparation for the writing
grow up with her father – Marta não cresceu task – part 1
com seu pai; Marta’s mother did not have
money – A mãe de Marta não tinha dinheiro)
Objetivo: completar uma ficha com dados bio-
e convide-os a explicar o que as frases querem gráficos de um(a) jogador(a) de futebol.
dizer. Se for preciso, esclareça o significado
de grow up (crescer) e então pergunte qual
das traduções a seguir deve estar correta: a Procedimentos
Marta a) cresce; b) cresceu; c) não cresce; d)
não cresceu com seu pai. Note que os alunos A atividade-síntese de produção escrita
certamente conseguirão perceber que a alter- (Situação de Aprendizagem 4) deste primei-
nativa correta é a d) com base no reconheci- ro tema será um texto biográfico sobre uma
mento da palavra not e no conhecimento de pessoa famosa ou alguém que os alunos ad-
mundo, que lhes diz que as formas a) e c), no miram (um parente, um amigo etc.). Explique

14
Inglês – 8a série/9o ano – Volume 1

a proposta, peça que a turma se organize em de uma aula e deixar a execução da atividade
duplas e defina quem será o biografado. Esta para a aula seguinte, assim eles terão tempo
atividade contém uma ficha bastante seme- para a pesquisa em casa. Deixe que eles tra-
lhante àquela vista na Atividade 1 e os alunos balhem em duplas enquanto você circula pela
devem completá-las com informações sobre sala, ajudando aqueles que tiverem dúvidas.
um jogador ou uma jogadora de futebol de Depois que as duplas terminarem de comple-
sua escolha. Estimule os alunos a tentar in- tar as fichas, você pode pedir que elas troquem
cluir outros itens em suas fichas, de modo a os textos entre si para que os alunos também
deixá-las mais detalhadas. É bastante provável possam ler um pouco da produção dos co-
que seja necessário fazer uma pesquisa como legas. O material produzido nesta atividade
lição de casa para levantar os dados biográfi- deverá ser arquivado no portfólio e para ser
cos; por esse motivo, talvez seja uma boa ideia retomado na atividade-síntese de produção
apenas explicar a proposta aos alunos no final escrita, na Situação de Aprendizagem 4.

?
!

BIOGRAPHICAL STUDIES

1. Work in groups and see how much you know about Marta Vieira da Silva, the Brazilian football
player.

Full name: __________________________________________________________

Date of birth: ________________________________________________________

Place of birth: ________________________________________________________

Club: ______________________________________________________________

Awards and medals: ___________________________________________________

Family: _____________________________________________________________

15
2. Now read the following text and see if you can add more information to the form in Activity 1.

SPORTS OF THE WEEK Saturday, June 16, 2013

Path to perfection

James Crawford in northeastern Brazil. Marta’s father


worked as a barber, but Marta did not
Marta Vieira da Silva is the most
grow up with her father because he left her
successful female footballer in Brazil;
mother when the player was just a baby.
the only female football player in Brazil
She has two elder brothers and a sister,
to win Fifa’s Women’s Player of the
and they all had a very hard childhood.
Year award five consecutive times, in
At that time, Marta did not have money to
2006, 2007, 2008, 2009, and 2010. And
buy a football, so she improvised a ball, by
she keeps reaffirming her position as the
scrunching up plastic bags or paper, for
world’s best female football player of all
example.
time: when she played in the Uefa Cup
final for the Swedish team Umea IK, and
she was absolutely outstanding in the
match against Arsenal Ladies, although
her team lost. In the World Cup, in 2011,
it was a pity to see the Brazilian players
be eliminated by the United States in the
knockout stage. Marta’s position as one
of the best in the world, however, remains
untouched. She now plays for another
Swedish team, Tyresö FF.

Marta was born on February 19th,


1986, in Dois Riachos, a small town of
James Crawford is the author of a book about
about 13,000 people, in a very dry region Brazilian soccer.

16
Inglês – 8a série/9o ano – Volume 1

3. Now answer these questions:

a) Who is the author of the article? Where is that information?

b) Where and when was the article published?

c) Has anything changed in Marta’s career since the article was published?

d) Check (9) the correct option: the text about Marta is...

( ) an advertisement, because it sells an idea or product.

( ) a news article, because it reports a recent event.

( ) a biographical article, because it tells someone’s life story.

4. Look at the underlined verbs in the text Path to perfection. They are all in the past tense. Use a
red pen to circle the regular verbs, a blue pen to circle the irregular verbs and a pencil to circle
the verbs in the negative form.

5. Preparation for the writing task – part 1. Choose a football player that you like and complete the
form with information about him/her. You may include other details too.

Full name: __________________________________________________________

Date of birth: ________________________________________________________

Place of birth: ________________________________________________________

Nationality: ________________________________________________________

Club: ______________________________________________________________

Awards and medals: ___________________________________________________

Family: _____________________________________________________________

17
1. Look at the word snake and find: 5 words connected with soccer, 4 names of family
members and 3 verbs in the past tense.

Respostas
sWORDSCONNECTEDWITHFOOTBALLMATCH FOOTBALL TEAM PLAYER CUP
sNAMESOFFAMILYMEMBERSFATHER MOTHER SISTER BROTHER
soccer = football
sVERBSINTHEPASTTENSEHAD WORKED WAS

2. Match the columns to make sentences.

a) I was ( ) basketball with my friends.


b) I did not grow up ( ) born in Brazil.
c) I left ( ) with my grandparents.
d) My favorite team ( ) lost the final match.
e) Yesterday I played ( ) home at 7 o’clock this morning.

Resposta
A sequência correta é (e), (a), (b), (d) e (c).

3. Match the words from the text about Marta to their definitions. Follow the example.

a) footballer. ( ) opposite of “male”.


b) barber. ( ) a person who cuts men’s hair.
c) female. ( a ) a person who plays football.
d) improvise. ( ) a small city.
e) dry. ( ) with very little rain.
f) town. ( ) to do something without preparation.

Resposta
A sequência correta é (c), (b), (a), (f), (e) e (d).

footballer = soccer player

18
Inglês – 8a série/9o ano – Volume 1

4. Now use the words from the previous activity to complete the sentences.

a) Millanton is a small town with around 5,000 people.

b) She received an award for best singer of the year.

c) The boys didn’t have a racket to play ping-pong, so they had to


with cardboard.

d) Very weather is not good for our health.

e) His dream is to be a great .

f) My father goes to the every week.


Resposta
a) town; b) female; c) improvise; d) dry; e) footballer; f) barber.

LITERARY MOMENT

“I never travel without my diary. One should always have something sensational to read in the
train.” WILDE, Oscar. The importance of being earnest.

SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEM 2
WHO IS HE?

Conteúdos e temas: texto biográfico em verbete de enciclopédia.

Competências e habilidades: identificar algumas características de um gênero textual (verbete de enciclo-


pédia); identificar o objetivo geral de um texto; utilizar informações de uma ficha para completar um
verbete de enciclopédia; completar frases com dados biográficos sobre uma pessoa famosa.

Sugestão de estratégias de ensino: trabalho em duplas/pequenos grupos; apresentação do professor com


participação dos alunos; leitura dirigida.

Sugestão de recursos: dicionários bilíngues.

Sugestão de avaliação: processual (registro de participação dos alunos); frases preparatórias para a ati-
vidade-síntese de produção escrita (Atividade 4).

19
Roteiro para aplicação da Situação dou os alunos a relacionar esse conhecimento
de Aprendizagem 2 novo a outro conhecimento (possivelmente pré-
vio) sobre a expressão Happy birthday.
Atividade 1 Respostas
Full name: Edson Arantes do Nascimento; Nickname: Pelé; Age:
os alunos fazem o cálculo com base no ano de nascimento; Job:
Objetivos: ativar/verificar conhecimento pré-
vio dos alunos; preencher uma ficha de dados soccer/football player.

pessoais.
Atividade 2

Procedimentos Objetivo: identificar o gênero de um texto (ver-


bete de enciclopédia) e seu objetivo geral.
Esta atividade é bastante semelhante à pri-
meira da Situação de Aprendizagem 1, e aqui
os alunos também devem preencher a ficha Procedimentos
com base no que já sabem sobre o jogador Pelé.
A tarefa deve ser simples para eles, e você pode O texto apresenta um verbete de enciclopédia
realizá-la oralmente com toda a turma, confor- sobre o Pelé. Avise aos alunos que eles não pre-
me vai lendo e explicando os campos da ficha. cisam preocupar-se com os espaços em branco
Nas explicações sobre léxico novo, sempre que no texto (que serão completados mais adiante)
possível, estimule seus alunos a levantarem hi- e enfatize que é preciso apresentar uma justi-
póteses, estabelecerem relações e tecerem ra- ficativa, em português, para a resposta dada à
ciocínio a partir de dicas dadas por você. Por questão a). Se você achar que os alunos terão
exemplo, se os alunos não conhecem o signi- dificuldade para compreender o vocabulário –
ficado de full name, em vez de simplesmente ou mesmo para realizar a tarefa –, leia com eles
apresentar o significado (nome completo), diga as questões e as alternativas e depois defina um
que full significa cheio/inteiro. Então pergunte tempo para que eles trabalhem na identificação
o que os alunos concluem que a expressão full das respostas corretas. Por outro lado, se você
name significa. Outro exemplo: se os alunos considerar que a tarefa não é muito difícil para
têm dúvidas sobre a palavra birth, lembre que seus alunos, deixe-os fazer tanto a leitura quanto
Happy birthday significa “Feliz aniversário”. a resolução em seus grupos. Se for o caso, dispo-
Mostre também que a palavra birthday pode nibilize dicionários para consulta ou forneça um
ser dividida em duas partes, birth (nascimen- glossário na lousa. Circule pela sala enquanto
to) e day (dia). Assim, no nosso aniversário os alunos trabalham e ajude-os a perceber que
(birthday) festejamos o dia (day) do nosso nas- o dicionário ou o glossário são necessários para
cimento (birth). Note que, nesse exemplo, você a compreensão mais detalhada das questões. A
forneceu a tradução da palavra birth, mas aju- leitura do texto, por sua vez, é mais superficial

20
Inglês – 8a série/9o ano – Volume 1

nesse momento, não sendo necessário verificar o dado se encaixa em cada lacuna. Por esse moti-
significado de todas as palavras. Ao final, confi- vo, oriente os alunos a lerem todo o texto mais
ra as respostas e justificativas com toda a classe. uma vez antes de começar a completá-lo. Os alu-
Respostas nos podem trabalhar em duplas; se necessário,
a) In an encyclopedia; b) To tell someone’s life story; c) It faça o primeiro trecho como exemplo. Defina
INDICATESTHAT1ELÌWASBORNIN*TINDICATESTHAT1ELÌISALIVE um tempo para a tarefa e depois corrija oral-
mente ou na lousa, sempre convidando alguns
Após a correção, você pode pedir que os alu- alunos para explicar a resposta dada.
nos comparem o texto sobre o Pelé com o texto Respostas
sobre a Marta, visto na Situação de Aprendiza- 1940; Três Corações; Pelé, November 19th, 1969; Rio de Janeiro;
gem 1. Por meio de perguntas, ajude-os a per- 1958; 1962; 1970.
ceber que ambos são textos biográficos, que
contam a vida de alguém (tell someone’s life Atividade 4 – Preparation for the writing
story). Por outro lado, esses dois textos têm dife- task – part 2
renças de layout, no que se refere, por exemplo,
a seu suporte (o meio no qual são veiculados), Objetivo: completar frases com dados biográ-
isto é, a revista no texto anterior e a enciclopé- ficos de uma pessoa que os alunos admiram.
dia neste caso. Algumas das perguntas que você
pode fazer são: O que os dois textos têm em co-
mum? No texto 1 (Marta), sabemos quem é o au- Procedimentos
tor? E no texto 2 (Pelé)? Qual texto é mais longo?
Na atividade de escrita anterior, na Situa-
Atividade 3 ção de Aprendizagem 1, os alunos completa-
ram uma ficha com informações sobre um(a)
Objetivo: utilizar informações de uma ficha jogador(a) de futebol. Nesta segunda ativida-
para completar um verbete de enciclopédia. de de escrita, eles devem completar algumas
frases, novamente com dados biográficos,
mas desta vez eles podem escolher qualquer
Procedimentos pessoa para ser seu biografado (pode ser o(a)
jogador(a) escolhido(a) por eles anteriormente,
Os alunos devem utilizar os dados contidos uma pessoa famosa, ou ainda alguém que eles
na ficha preenchida por eles na Atividade 1 para conhecem e admiram, como um amigo ou um
completar os espaços em branco no verbete da parente). Decida se os alunos trabalharão em
Atividade 2. Explique que todas as palavras ne- duplas para escolher o biografado e completar
cessárias estão na ficha, não sendo preciso fa- as frases, ou se eles trabalharão individualmen-
zer adaptações. No entanto, é necessário reler o te e depois irão se juntar com um colega para
verbete com mais atenção para identificar qual compartilhar sua produção.

21
Primeiramente, leia as frases com os alunos Ajude-os a perceber que uma biografia nem
e solucione quaisquer dúvidas de vocabulário sempre é escrita apenas com verbos no passa-
que eles possam ter. Explique também que as do, principalmente quando o biografado ain-
palavras entre colchetes indicam o tipo de in- da está vivo – para essa explicação você pode
formação a ser inserido na lacuna correspon- utilizar como exemplo os textos sobre a joga-
dente. A última frase não contém uma dica, dora Marta e sobre o Pelé, que contêm verbos
já que se espera uma informação mais aberta no passado e no presente. Naqueles casos em
e pessoal (o porquê de o aluno admirar a pes- que o biografado já morreu, ajude o aluno a
soa escolhida). Novamente, os alunos talvez te- verificar quais adaptações precisam ser feitas
nham que fazer uma pesquisa para levantar os – os verbos das frases a), c) e e) devem estar
dados biográficos. Então sugerimos que você no passado simples. Depois que os alunos ter-
atribua essa tarefa como lição de casa em uma minarem de completar as frases, peça que eles
aula e retome a atividade na aula seguinte. troquem de atividade com um colega, que, por
sua vez, deve ler o material e verificar se as di-
Enquanto os alunos trabalham, circule pela cas entre colchetes foram seguidas. Se houver
classe para dar outras orientações necessárias. correções a fazer, o aluno deve explicá-las ao
Aproveite também para chamar a atenção dos colega. Por fim, esse material deve ser guarda-
alunos para o fato de algumas das frases apre- do no portfólio para ser retomado na ativida-
sentarem verbos no passado (was born, grew de-síntese de produção escrita na Situação de
up), e outras, verbos no presente (is, likes). Aprendizagem 4.

?
!

WHO IS HE?

1. What do you know about Pelé? Can you complete the form?

Full name: ___________________________________________


Nickname: ___________________________________________
Place of birth: Três Corações, Minas Gerais – Brazil
Year of birth: 1940
Age: ________________________________________________
Job: _________________________________________________
Awards: three World Cups (1958, 1962, 1970)
Date and place of 1000th goal: November 19th, 1969 in Rio de Janeiro.

22
Inglês – 8a série/9o ano – Volume 1

2. Read the text on the following page quickly and then answer the questions.

a) Where can you find this kind of text?


( ) In a newspaper.
( ) In an encyclopedia.
( ) In a TV guide.

b) What is the objective of the text?


( ) To describe a TV program.
( ) To report a recent event.
( ) To tell someone’s life story.

c) What does (1940 -) indicate? (Obs.: more than one answer may be correct.)
( ) It indicates that Pelé was born in 1940.

( ) It indicates that Pelé died in 1940.

( ) It indicates that Pelé is alive.

( ) It indicates that we do not know when Pelé died.

3. Now read the text in Activity 2 more carefully and complete it using information from the
form in Activity 1.

PEK – see Polyetherketone (plastic resin)


PELÉ – Edson Arantes do Nascimento (1940 - )
Brazilian soccer player Edson Arantes do Nascimento was born in in
, Minas Gerais, Brazil. His nickname, , was given to him in his childhood.
As a teenager, he played for a soccer club in Bauru, in São Paulo. After that, in 1956, he joined
Santos Futebol Clube, a major league club. After two years, at the age of 17, Pelé led the Brazilian
national team into victory in the World Cup. He scored two goals and the team defeated Sweden
in the final. Pelé scored his 1000th goal in a professional game on , against Vasco da
Gama, in the Maracanã stadium, in . It was a highlight in a memorable career, which
included three World Cup championships, in ____________,____________ and
.Today he is an ambassador for football and, in this role, travels around the world.

PELEE ISLAND – Ontario, Canada

23
4. Preparation for the writing task – part 2. Choose a person that you admire and complete the
sentences with information about him/her.

a) [name] is a/an [job].

b) He/She was born on [date] in [place].

c) He/She is [nationality] and speaks [language].

d) He/She grew up with [family members] in [place].

e) He/She likes to [free-time activities or hobbies].

f) I admire him/her because .

1. Unscramble the letters to find out 5 regular verbs and 2 irregular verbs. Tip: these
verbs were in the text about Pelé.

a) WSA e) SORDEC

b) LPAEYD f) DFEETAED

c) DJOEIN g) LUINECDD

d) ELD
Respostas
a) WAS (irregular verb)
b) PLAYED (regular verb)
c) JOINED (regular verb)
d) LED (irregular verb)
e) SCORED (regular verb)
f) DEFEATED (regular verb)
g) INCLUDED (regular verb)

24
Inglês – 8a série/9o ano – Volume 1

2. Circle the correct options in the following sentences.

a) Pelé is/was born in Brazil.

b) The Brazilian team defeat/defeated Argentina in the final match.

c) The team include/included Pelé and Garrincha.

d) I play/played volleyball every day after school.

e) In the last match he scores/scored two goals.


Respostas
a) was; b) defeated; c) included; d) play; e) scored.

3. Match the verbs on the left to a suitable complement on the right.

a) to play. ( ) a competition.
b) to score. ( ) two goals.
c) to join. ( ) a team.
d) to defeat. ( ) for a team.
e) to win. ( ) the opponent.
Respostas
A sequência correta é (e), (b), (c), (a), (d).

4. Are you a good detective? Use the code to read the mysterious message. Then find out the name
of a famous football player.

= A = B = C = D = E = F <= G = H \= I

= K O= L g= M A= N = O = P ;= R = S

?= T U= U = V 8= W L= Y G= Í a= Ã #= ?

25
\ 8    ; A \ A  ;   G O \  ,

 U ? < ;  8 U \ A  a

 U O . \  g  ?   O O

O  L  ;. \  ?  ; ?   g L

  ;   ; \ A  a  U O

 U ? ?  A \ O  L   \ A

    ;  O  U A ? ; \  .

g L ;   O A  g  \ 

; \   ;   U ?  O 

U  U  O O L   O O g   L g L

A \   A  g . 8  g \ #

Respostas
I was born in Brasília, but grew up in São Paulo. I am a football player. I started my career in São Paulo, then I played in several countries.
My real name is Ricardo, but people usually call me by my nickname. Who am I? Kaká.

LITERARY MOMENT

“How can the bird that is born for joy


Sit in a cage and sing?”
BLAKE, William. Songs of innocence.

26
Inglês – 8a série/9o ano – Volume 1

SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEM 3
STUDYING AN INTERVIEW

Conteúdos e temas: entrevista com uma fã da escritora J. K. Rowling; comparação de diferentes textos
biográficos; identificação de temas presentes em textos biográficos; tempos verbais: presente e passado
(retomada) e presente perfeito (introdução).

Competências e habilidades: relacionar perguntas e respostas em uma entrevista; identificar temas pre-
sentes em textos biográficos; diferenciar frases e perguntas que tratam do presente daquelas que tratam
do passado.

Sugestão de estratégias de ensino: trabalho em duplas/pequenos grupos; apresentação do professor com


participação dos alunos; leitura dirigida.

Sugestão de recursos: dicionários bilíngues.

Sugestão de avaliação: processual (registro de participação dos alunos).

Roteiro para aplicação da Situação de livros Harry Potter, que também foram
de Aprendizagem 3 adaptados para o cinema. Os alunos talvez
não conheçam seu rosto, mas uma foto em
Atividade 1 que ela apareça com um de seus livros pode
ajudá-los. Se você previr que seus alunos não
conhecem a escritora e nem a série Harry
Objetivos: ativar/verificar conhecimento pré-
vio dos alunos; preparar os alunos para a lei- Potter, não há nenhum problema. Fale um
tura do texto da Atividade 2. pouco para eles sobre o assunto e explique
que, na atividade seguinte, eles lerão uma
entrevista com uma fã dessa escritora. Você
Procedimentos pode estimulá-los a assistir em casa a um dos
filmes da série Harry Potter (você também
Leia o enunciado e as perguntas com os pode trabalhar um trecho em aula).
alunos. Peça que eles lhe digam o que con- Respostas
seguem entender e explique quaisquer tre- a) J. K. Rowling é autora da série de livros juvenis Harry Potter,
chos sobre os quais eles possam ter dúvidas. que conta as aventuras do personagem-título, um jovem
A ideia é verificar o que eles sabem sobre com poderes mágicos, e seus amigos da Escola de Magia e
a escritora J. K. Rowling, autora da série Bruxaria de Hogwarts. b) Ela é britânica.

27
Atividade 2 Depois de ler as perguntas, chame a aten-
ção dos alunos para as frases sublinhadas na
Objetivo: relacionar perguntas e respostas em entrevista. Explique que eles devem ler todo
uma entrevista. o texto, mas não precisam preocupar-se em
entendê-lo de modo aprofundado. A leitura só
precisa ser mais cuidadosa (com a consulta ao
Procedimentos dicionário, por exemplo) no caso dos trechos
sublinhados, que indicam partes importantes
Após explicar a atividade aos alunos das respostas e que ajudam a identificar qual é
(isto é, que eles devem relacionar as pergun- a pergunta correspondente.
tas do quadro às respostas na entrevista),
você pode ler as perguntas com toda a tur- Após essas explicações, peça aos alunos que
ma para assegurar que os alunos conseguem trabalhem em duplas ou pequenos grupos. De-
compreendê-las bem. Eles talvez tenham fina um tempo para a execução da tarefa de
mais dificuldades com a questão a), já que modo que eles mantenham o foco na atividade.
as expressões How long (quanto tempo) e Decorrido esse tempo, faça a correção na lousa
também does it take her (ela demora/leva) e peça que expliquem o que entenderam dos tre-
são mais idiomáticas. Essa pode ser uma chos sublinhados e de que maneira conseguiram
boa oportunidade de mostrar que a leitura fazer a ligação entre perguntas e respostas.
e a compreensão não são feitas palavra por Respostas
palavra (how = como; long = comprido/lon- 1) c; 2) a; 3) d; 4) b.
go); em vez disso, lemos blocos de sentido
(how long = quanto tempo). Os alunos tal- Atividade 3
vez desanimem diante dessas construções na
língua inglesa, mas você pode mostrar que Objetivos: diferenciar frases e perguntas que
o português (e todas as línguas) também tratam do presente daquelas que tratam do
tem suas expressões idiomáticas. A diferen- passado; apresentar o tempo verbal present
perfect.
ça é que os alunos são falantes nativos do
português e, por isso, geralmente não no-
tam essas situações. Um exemplo que você Procedimentos
pode dar é a expressão “de nada”, utilizada
para responder a um agradecimento. Pen- Nesta atividade, os alunos devem reler al-
samos nessas duas palavras como um bloco gumas frases e perguntas da entrevista e iden-
único, mas, se prestarmos atenção a cada tificar se elas falam do passado ou do presente.
uma delas isoladamente, torna-se um pouco Note que, nas frases, aparecem três tempos
curioso que “de” + “nada” signifique “não é verbais: present simple – itens a) e d), past
preciso agradecer”. simple – itens c), e), f) e g), e também present

28
Inglês – 8a série/9o ano – Volume 1

perfect – itens b) e g). O foco deste Caderno muito jovem” (e não “tem sonhado”). Já uma
é o passado simples (past simple), mas consi- frase como I’ve lived in São Paulo for 10 years
deramos relevante que seus alunos tenham teria, no seu equivalente em português, um
um contato preliminar com o present perfect verbo no presente: “Eu moro em São Paulo
(que será visto em maior detalhe no Ensino há 10 anos” (e não “tenho morado”). En-
Médio). A proposta é que eles possam iden- tretanto, não se espera, com essa atividade,
tificar que construções como have influenced e que você sistematize as especificidades do
has dreamed também se referem ao passado. present perfect, mas apenas que os alunos se-
Não se espera que eles aprendam a estrutura jam sensibilizados para esse tempo verbal e
desse tempo verbal (isto é, have/has + verbo possam expandir sua percepção sobre as for-
no particípio passado), e nem que passem a mas como eventos passados são descritos na
diferenciar entre o uso do past simple (para língua inglesa.
falar de eventos ocorridos em um período es-
pecífico e encerrado do passado) e o do present Para a correção, convide alguns alunos a
perfect (para falar de experiências em um pe- escrever suas respostas na lousa e, se conside-
ríodo não específico do passado ou de situa- rar relevante, retome brevemente os verbos no
ções que são verdadeiras até o tempo presente). presente e no passado. Se os alunos demons-
trarem interesse nas frases no present perfect,
Se você considerar necessário, pode desta- explique que esse é outro tempo verbal em inglês
car os verbos nas frases e pedir que os alunos que também serve para falar sobre o passado.
os sublinhem em seus Cadernos. Então, eles Respostas
trabalham em duplas para reler os itens, pres- a) present; b) past; c) past; d) present; e) past; f) past; g) past.
tando mais atenção aos trechos sublinhados.
Você também pode relembrar com eles o que Atividade 4
já foi visto sobre o passado simples e sobre o
uso do dicionário para verificar a forma de Objetivos: comparar diferentes textos biográ-
passado dos verbos regulares e irregulares. ficos; identificar temas presentes em textos
biográficos.
Veja que, a partir dessas orientações, deve fi-
car mais fácil para os alunos perceberem que
as frases b) e g) também se referem a uma Procedimentos
situação que envolve o passado, apesar de
apresentarem o tempo verbal present perfect, Peça aos alunos que trabalhem em peque-
e não o past simple. Note que essas duas fra- nos grupos para responder às questões, que
ses seriam traduzidas para o português como: propõem uma retomada dos três textos bio-
“Que escritores e livros influenciaram a escri- gráficos vistos neste tema, de modo que eles
ta de Rowling?” (e não “têm influenciado”) e possam perceber seus pontos em comum,
“Ela sonhava em ser escritora desde que era suas diferenças e os assuntos neles abordados.

29
Peça que os alunos se reúnam em grupos e ex- Respostas prováveis
plique a atividade; se necessário, leia as per- a) Os três textos são biográficos/apresentam informações sobre
guntas com a turma e responda às possíveis uma determinada pessoa; b) interview – J. K. Rowling, magazine
dúvidas. Defina um tempo para a atividade e article – Marta, encyclopedia entry – Pelé; c) Os alunos devem
circule pelos grupos para dar mais orientações mencionar algumas características de cada um dos gêneros
enquanto os alunos trabalham. Em seguida, que os diferenciem dos demais; a entrevista tem perguntas e
faça a correção na lousa. No caso das pergun- respostas; a reportagem de revista tem manchete, identifica
tas a) e c), que são mais abertas, é interessante o autor, o nome da revista e a data de publicação, e o texto
que mais de um grupo apresente suas respos- é distribuído em colunas; no verbete de enciclopédia, o título
tas, para que a turma veja que não há apenas apresenta apenas o nome do biografado e seu ano de nasci-
uma única opção correta. No caso da ques- mento (e morte, se ele já for falecido), e os verbetes vêm em
tão d), peça que os alunos apontem também ordem alfabética; d) Family – M; Studies – R; Likes and dislikes
os trechos nos textos que correspondem aos – N; Address – N; Political opinions – N; Name – M/P/R; Date of
tópicos por eles identificados. birth – M/P; Job – M/P/R; Important accomplishments – M/P/R.

?
!

STUDYING AN INTERVIEW

1. How much do you know about J.K. Rowling?

a) Who is she? What does she do?

b) Where is she from?

2. Read the questions in the box and then the interview. Can you match the questions in the box
to their corresponding gaps? Use the underlined sentences in the answers to help you.

Questions:
(a) How long does it take her to write a (c) Did J.K. Rowling want to be an author
book? when she was younger?

(b) What writers and books have influenced (d) How old was she when she started to
Rowling’s writing? write?

30
Inglês – 8a série/9o ano – Volume 1

All about J.K. Rowling: an interview by a fan1


Amie Lee
Weekly Supernatural Writing

Kate Wiskins is a big fan of the Harry Potter series and, in this interview, she talked to us about
the writer J.K. Rowling, creator of the stories that have attracted millions of people to bookshops
and movie theaters in recent years.

Weekly Supernatural Writing: (1) __________________________________


Kate Wiskins: Yes, she has dreamed of being an author ever since she was very young. Although
she loved English when she was at school, for some reason she decided to study French at university.

WSW: (2) _______________________________________________


KW: Well, for instance, the seventh book in the Harry Potter series took her about two years to
write. That is about the average time.

WSW: (3) ___________________________________________________


KW: She wrote her very first complete story when she was 6. It was about a rabbit. She’s been
writing ever since she was 6 then.

WSW: (4) ___________________________________________________


KW: She says she doesn’t know who influenced her exactly. I guess it is always hard to tell who
influenced you.

3. Read again the following sentences from the text and say if they refer to the past or to the
present.

a) How long does it take her to write a book?

b) What writers and books have influenced Rowling’s writing?

c) How old was she when she started to write?

d) Kate Wiskins is a big fan of the Harry Potter series.

1
Entrevista fictícia elaborada pela autora do Caderno para esta atividade.

31
e) J. K. Rowling decided to study French at University.

f) She wrote her very first complete story when she was 6.

g) She has dreamed of being an author ever since she was very young.

4. Work in groups to compare the text in Activity 2 with the texts that you have already read about
Marta and Pelé.

a) What do the three texts have in common? Answer in Portuguese.

b) Which text is an interview? Which is a magazine article? And which is an encyclopedia


entry?

c) In Portuguese, explain your answers to the previous question.

d) Look at the following list of topics. For each one, say if it was mentioned in the text about
Marta (M), Pelé (P), J. K. Rowling (R) or none (N). The same topic may be present in more
than one text, and some topics may not be mentioned in any of the texts.

Family Address Date of birth

Studies Political opinions Job

Likes and dislikes Name Important accomplishments

1. Fill in the blanks using the words in the box.

How long When choose teacher subject

a) Why did you this profession?

b) did you graduate from medical school?

32
Inglês – 8a série/9o ano – Volume 1

c) do you have to study to become a doctor?

d) What was your favorite in school?

e) Who was your favorite in school?


Respostas
a) choose; b) When; c) How long; d) subject; e) teacher.

2. Now match the questions in Activity 1 to the following answers.

( ) I think it’s because of my father, he was a doctor too.

( ) The Biology teacher was nice, but my favorite was the Math teacher!

( ) Many, many years!

( ) I liked Biology, of course.

( ) In 1977.
Respostas
A sequência correta é (a), (e), (c), (d) e (b).

3. Use the following tips to complete the word puzzle.

a) J. K. Rowling wrote the Harry Potter .

b) The opposite of “old”.

c) The same as “writer”.

d) Now you are studying .

e) J. K. Rowling’s first story was about a .

f) The same as “films”.

g) After high school, some people go to .

33
h) The stories that you create in your mind when you sleep.

i) The past form of the verb “write”.

a) s e r I e s

b) y o u N g

c) a u T h o r

d) E n g l i s h

e) R a b b i t

f) m o V i e s

g) u n I v e r s i t y

h) d r E a m s

i) W r o t e

4. Complete the table with the missing forms of the verbs. Follow the example.

Base form Past simple Past participle


be was/were been
have had had
lead led led

leave left left

lose lost lost

love loved loved


start started started

take took taken


talk talked talked

write wrote written

34
Inglês – 8a série/9o ano – Volume 1

5. Compare these pairs of sentences. Study the underlined verbs and the name of the verb tenses
in parentheses.

I have always loved Math! (present perfect)


I loved Math when I was in 7th grade, but now I don’t! (past simple)

I have worked for this company for 10 years. (present perfect)


I worked for this company for three months in 2004. (past simple)

Now, complete the rules with the correct name of the verb tenses:

a) When the time of the action is not mentioned, or when you refer to an unfinished period of
time, use the .

b) When you talk about something that happened in a specific moment or period of time in the
past, use the .
Respostas
a) Present perfect; b) Past simple.

6. Choose the correct alternatives to complete the sentences.

a) José Saramago has written/wrote over ten novels in his career.

b) I knew/have known my best friend for five years.

c) The school volleyball team has lost/lost the final match last Sunday.

d) I have been/was a writer since 1995.

e) Brian hasn’t left/didn’t leave any message for you yesterday.


Respostas
a) wrote; b) have known ; c) lost; d) have been; e) didn’t leave.

LITERARY MOMENT

“To err is human, to forgive, divine. POPE, Alexander. An essay on criticism.

35
SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEM 4
WRITING A BIOGRAPHY

Conteúdos e temas: escrita de um texto biográfico, retomando e expandindo material produzido nas
atividades preparatórias para a atividade-síntese de produção escrita (Preparation for the writing task –
parts 1 and 2).

Competências e habilidades: selecionar e organizar informações; escrever um texto biográfico; observar


as características do gênero escolhido.

Sugestão de estratégias de ensino: trabalho individual e em duplas.

Sugestão de recursos: dicionários bilíngues; material produzido nas atividades preparatórias para a pro-
dução escrita (Preparation for the writing task – parts 1 and 2); fotos dos biografados (opcional).

Sugestão de avaliação: processual (registro de participação dos alunos); redação da atividade-síntese de


produção escrita (texto biográfico).

Roteiro para aplicação da Situação delas, os alunos preencheram uma ficha com
de Aprendizagem 4 os dados de um(a) jogador(a) de futebol; na
segunda, eles completaram frases sobre uma
Atividade-síntese de produção escrita pessoa que admiram.

Objetivos: selecionar e organizar informações; Sugerimos que você determine qual tipo de
escrever um texto biográfico; observar as ca- texto biográfico os alunos devem escrever: a fi-
racterísticas do gênero escolhido.
cha de dados ou o verbete de enciclopédia. Se
você escolher a ficha, os alunos devem, então,
Procedimentos escolher outra pessoa a ser biografada, po-
dendo aproveitar alguns dos itens que apare-
Nesta última Situação de Aprendizagem do cem na Preparation for the writing task – part 1
tema 1, o trabalho será concentrado na reda- e também incluir outros campos. Se você esco-
ção de um texto biográfico, que constituirá a lher o verbete, talvez seja mais indicado que os
atividade-síntese de produção escrita. Primeira- alunos aproveitem o conteúdo da Preparation
mente, solicite aos alunos que retomem o ma- for the writing task – part 2 (isto é, mantendo o
terial produzido nas atividades Preparation for mesmo biografado). Nesse caso, a tarefa é co-
the writing task – parts 1 and 2. Na primeira ordenar e expandir essas frases em um pequeno

36
Inglês – 8a série/9o ano – Volume 1

parágrafo no formato de um verbete. Em qual- Respostas


quer um dos casos, peça que os alunos tragam Nesta Situação de Aprendizagem, cada aluno produzirá um
uma foto de seu biografado para ilustrar o pequeno texto biográfico sobre uma pessoa de sua escolha.
texto e também que prestem atenção ao layout Pode-se optar entre escrever uma ficha de dados ou um
característico do gênero (ficha ou verbete). Os texto biográfico em forma de verbete. Assim, haverá grande
alunos devem trabalhar individualmente, mas variação entre os textos produzidos pelos alunos, mas é im-
seria interessante pedir a eles que se sentassem portante que você os ajude a:
em duplas para que um pudesse ajudar o ou- tTFHVJSBTFUBQBTQSPQPTUBTOP$BEFSOPEP"MVOP
tro. Depois de prontos, os textos podem ser ex- tSFUPNBSPNBUFSJBMFTUVEBEPFQSPEV[JEPBUÏFTUFNPNFOUP
postos nas paredes da sala de aula, para que tDPMFUBSFPSHBOJ[BSBTJOGPSNBÎÜFTEPCJPHSBGBEP
os alunos tenham a chance de conhecer mais tQSFTUBSBUFOÎÍPËPSHBOJ[BÎÍPEPHÐOFSPUFYUVBM TFKBBm-
sobre a vida dos biografados e ler a produção cha ou o verbete);
de seus colegas. Ao final, o material produzido t EFTFOWPMWFS P QSPDFTTP EF FTDSJUB EP SBTDVOIP  SFFTDSJUB
deve ser guardado no portfólio para registrar a com base na correção (dos colegas e/ou do professor) e edi-
produção escrita dos alunos. ção da versão final.

?
!

WRITING A BIOGRAPHY

You will write a biographical text about a person you admire. Your teacher will help you define
the kind of text you will write. Follow these steps.

a) Choose a person you admire. This person may be a friend, a relative or someone famous.

b) Make notes to organize your text. What information does this kind of text bring? In what
sequence is the information presented?

c) Collect the necessary information about the person. If possible, bring a photograph.

d) Write your first draft.

e) Show the draft to your teacher and to your partner(s) to have any mistakes corrected.

f) Write the final version of the text and show it to your classmates.

37
First draft

Edited version

38
Inglês – 8a série/9o ano – Volume 1

RECURSOS PARA AMPLIAR A PERSPECTIVA DO PROFESSOR


E DO ALUNO PARA A COMPREENSÃO DO TEMA

Filme a consulta a diversos dicionários e enciclopé-


dias, o que é útil para encontrar verbetes bio-
Ali – A verdadeira história de Muhammad Ali gráficos.
(Ali ). Direção: Michael Mann, EUA, 2001. 157
min. Drama. 12 anos. O filme narra a histó- Biography. Disponível em: <http://www.
ria de Cassius Marcellus Clay Jr. (Will Smith), biography.com>. Acesso em: 20 maio 2013.
mais conhecido como Muhammad Ali, de 1964 Outra fonte para textos biográficos, o site
a 1974. Nesse período turbulento, o lendário também tem um jogo chamado Celebrity –
boxeador tornou-se campeão mundial dos pe- Dead or Not, no qual tenta-se adivinhar se de-
sos pesados, depois foi banido do boxe e teve terminada pessoa famosa está viva ou morta.
seu título cassado. Apesar de o jogo provavelmente ser um pouco
difícil para os seus alunos (já que muitas das
Músicas pessoas citadas talvez sejam desconhecidas
para eles), você pode propor que eles mesmos
Free Nelson Mandela (The Special A.K.A., recriem o jogo em sala, com nomes de celebri-
1984): a letra é um protesto contra a prisão do dades que eles conheçam.
ativista sul-africano Nelson Mandela.
The Biography Maker. Disponível em: <http://
Candle in the wind (Elton John, 1977): a le- www.fno.org/bio/biomaker.htm>. Acesso em:
tra é uma homenagem do cantor para a atriz 20 maio 2013. O Biography Maker é destina-
Marilyn Monroe. Veja a sugestão de ativida- do a estudantes e apresenta um tutorial sobre
de proposta aos alunos no Caderno do Alu- como escrever uma biografia (questões a serem
no. Você poderá retomar a atividade em sala respondidas, fontes de consulta, escrita do texto
de aula e fazer um fechamento. etc.).

Sites Quia. Disponível em: <http://www.quia.com/


mc/20459.html>. Acesso em: 20 maio 2013.
Bartleby. Disponível em: <http://www.bartleby. Você encontra nesse site um jogo de memória
com>. Acesso em: 20 maio 2013. O site permite sobre os verbos irregulares em inglês.

39
TEMA 2 – FAMOUS INVENTORS AND THEIR INVENTIONS
Nas quatro Situações de Aprendizagem pro- descrevendo um invento que busca solucionar
postas para este tema, os alunos expandirão seus um problema social. A atividade de produção
conhecimentos sobre várias invenções, incluindo escrita resultará na redação de uma ficha descri-
suas características e como foi seu processo de tiva a respeito de uma invenção real ou criada
invenção. A competência leitora será desenvol- pelos alunos. A redação desse texto será dividida
vida em três gêneros textuais, todos abordando em etapas ao longo das Situações de Aprendiza-
o tema de uma perspectiva diferente: um antigo gem, de modo a permitir que você faça uma ava-
anúncio publicitário de uma máquina de costu- liação processual e os alunos tenham momentos
ra, verbetes de enciclopédia sobre a invenção do de correção em pares e de reelaboração de sua
ferro elétrico e do zíper e uma página da internet produção.

SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEM 5
WHAT INVENTION IS THIS?

Conteúdos e temas: função e qualidades de uma invenção; adjetivos; voz passiva (It’s used for... ing).

Competências e habilidades: identificar características de um anúncio publicitário; localizar informações


específicas em um texto; descrever a função e as qualidades de uma invenção; organizar e selecionar
informações; corrigir um texto entre pares; fazer autocorreção.

Sugestão de estratégias de ensino: trabalho em duplas/pequenos grupos; apresentação do professor com


a participação dos alunos; jogo de sensibilização; leitura dirigida; correção de texto entre pares.

Sugestão de recursos: dicionários bilíngues, se possível.

Sugestão de avaliação: processual (registro de participação dos alunos); anotações preparatórias para a
atividade-síntese de produção escrita.

Roteiro para aplicação da Situação


Objetivos: sensibilizar os alunos para o tema;
de Aprendizagem 5 promover a reflexão sobre o que é uma in-
venção.
Sondagem inicial e sensibilização – opção 1

40
Inglês – 8a série/9o ano – Volume 1

Procedimentos Sondagem inicial e sensibilização – opção 2

Para introduzir o tema Famous inventors Objetivos: sensibilizar os alunos para o tema
and their inventions, peça que seus alunos ten- da Situação de Aprendizagem; mobilizar a
tem definir, em português, o que é uma inven- habilidade de descrever objetos e suas funções
ção. O objetivo não é a definição em si e sua em língua materna; preparar os alunos para
essa mesma habilidade em língua inglesa.
correção, mas a reflexão sobre o tema. Assim,
os alunos podem dizer, por exemplo: Uma in-
venção é alguma coisa que alguém criou, que não Procedimentos
existia. Nesse momento, não há respostas certas
ou erradas, portanto deixe que os alunos façam Uma das habilidades a ser desenvolvida
suas tentativas, enquanto você escreve na lousa neste tema é a descrição de objetos ou inven-
algumas palavras-chave e ideias-chave (como ções, incluindo suas finalidades. Possivelmen-
“objeto”, “não existia” etc.). te, os alunos não estão familiarizados com
essa habilidade, por talvez nunca terem tido
Durante essa etapa de busca de definição para a necessidade de definir um equipamento e
o que é uma invenção, é possível que os alunos sua função, ou, se o fizeram, nunca refletiram
também citem exemplos de inventos (ou então mais detidamente sobre isso. Por esse motivo,
você mesmo pode pedir exemplos). Escreva en- sugerimos aqui uma atividade preliminar em
tão na lousa uma segunda lista com os exemplos. língua materna para sensibilizar os alunos
para o tema, que em seguida será trabalhado
Quando você estiver satisfeito com as lis- em língua inglesa.
tas (de palavras-chave para a definição e de
exemplos) ou quando se esgotarem as ideias, Para começar, escolha um objeto qualquer.
coloque algumas questões para os alunos a Explique aos alunos que eles devem tentar des-
partir do conteúdo na lousa. Por exemplo, se crever esse objeto sem dizer o seu nome, deta-
eles relacionaram a invenção a objetos con- lhando sua aparência, o material de que é feito
cretos (como a televisão, o carro etc.), per- e sua função. Se o objeto for um parafuso, por
gunte: Toda invenção é alguma coisa que eu exemplo, os alunos podem dizer coisas como:
consigo pegar com a mão? E o futebol, é uma “ele mede cerca de 2 cm, é feito de metal, geral-
invenção? Eu consigo pegar o esporte futebol mente é de cor prata ou preto, serve para pren-
(e não a bola) com a mão? Ou, ainda, se os der as partes de um móvel, é preciso uma chave
alunos demonstraram acreditar que uma in- de fenda para utilizá-lo etc.”. Veja que, apesar
venção surge como que “do nada”, pergunte, de o objeto em questão ser de uso cotidiano,
por exemplo: As TVs sempre foram do jeito não é muito fácil descrevê-lo de modo a dife-
que são hoje? Como eram antigamente? Se não renciá-lo de outros objetos semelhantes (como
houvesse telefone, será que haveria internet? prego, tachinha, grampo etc.). Depois que os

41
alunos tiverem compreendido a atividade, diga aos alunos alguns minutos para elaborar hipóte-
então que eles deverão fazer o mesmo em pe- ses livremente (por exemplo, dizer que a Figura
quenos grupos (enquanto um grupo faz a des- do item c é um colar), seja em português ou em
crição, o outro ouve e tenta adivinhar o objeto, inglês, antes de você confirmar ou não as suges-
e assim alternadamente). Você pode deixar que tões deles. Uma vez identificadas as imagens, es-
os próprios alunos escolham em seus grupos os timule os alunos a tentar escrever os nomes dos
objetos a serem descritos; ou então pode dar objetos em inglês (uma dica é dizer que os obje-
opções diferentes para cada grupo, em um pe- tos das letras a), c) e d) têm nomes parecidos em
daço de papel. Algumas sugestões: escova de inglês e em português). Por fim, faça a correção.
cabelo, tesoura, fichário, palito de dentes, ré- Respostas
gua, tapete. Ao final da atividade, discuta com a) telephone; b) iron; c) zipper; d) gramophone; e) glasses.
os alunos as dificuldades enfrentadas e as con-
fusões que certamente devem ter acontecido. Em seguida, peça que os alunos respon-
dam à segunda pergunta: Do you have them
Atividade 1 at home? Provavelmente ninguém tem um
gramofone em casa! Estimule-os a dizer o
Objetivo: introduzir vocabulário referente a que sabem sobre esse objeto e, caso tenham
nomes de objetos. tido dificuldade em identificá-lo no início da
atividade, explique que o gramofone era um
aparelho usado para ouvir música, sendo que
Procedimentos o disco era lido por uma agulha e o som saía
pela parte que parece um grande cone. Quan-
Inicie a atividade lendo as perguntas e per- to às demais invenções, você também pode
gunte aos alunos o que eles conseguem enten- conversar brevemente com os alunos sobre as
der. As palavras identify e objects são próximas diferenças entre as imagens e as versões atuais
do português (cognatas); já no caso da palavra desses objetos.
them, é importante ajudar os alunos a enten-
der não apenas o seu significado (isto é, “os”, Atividade 2
“as”), mas também a que essa palavra se refere
nesse contexto específico (ou seja, a objects). Objetivos: descrever a finalidade de um obje-
to; apresentar a estrutura “it’s used for... ing”;
compreender frases a partir do reconhecimen-
Em seguida, dê alguns minutos para que os
to de palavras-chave.
alunos examinem as figuras e tentem responder
às perguntas. Talvez não seja muito fácil identi-
ficar os objetos, seja porque são muito diferentes Procedimentos
de sua forma atual (como no caso do telefone
e do ferro de passar) ou porque não são mais Sugerimos que você complete o primeiro
comuns (como o gramofone). O objetivo é dar item com os alunos. Peça que eles leiam a fra-
42
Inglês – 8a série/9o ano – Volume 1

se e digam o que conseguem entender. Mesmo pre usar esse procedimento com os alunos, de
que eles identifiquem apenas a palavra music, modo que, aos poucos, eles possam internalizá-lo
pergunte então qual das invenções está associa- e consigam fazer deduções a partir do contexto.
da a music. Eles deverão conseguir responder
gramophone. Explique que a expressão “X is Em primeiro lugar, os alunos devem iden-
used for...” (X é usado/serve para...) descreve a tificar na pergunta a) o gênero do texto apre-
finalidade, a utilidade de um objeto. Não é ne- sentado como sendo an advertisement (um
cessário entrar em detalhes quanto à voz passi- anúncio publicitário). Você pode explorar um
va (is used) ou à forma do verbo no gerúndio pouco mais essa pergunta, pedindo aos alunos
(listening, closing etc.), basta que os alunos com- que expliquem por que o texto não é um verbe-
preendam o significado da estrutura como um te de enciclopédia nem uma página na internet,
todo (chunk). Em seguida, explique que, no item ao perguntar: Qual a diferença entre um anúncio
a), a pista para completar a sentença era a pala- publicitário de uma máquina de costura, um ver-
vra music e que, para os demais itens, você iden- bete sobre a mesma máquina e ainda um website?
tificará a palavra-chave (sugerimos b) closing; c)
seeing; d) talking; e) wrinkles). A partir dessas A pergunta b) pede que os alunos indiquem
dicas, os alunos podem trabalhar em duplas e o motivo pelo qual o texto foi escrito. No caso,
consultar apenas essas palavras no dicionário, a finalidade é vender máquinas de costura (to
se necessário. Dessa maneira, você os ensina a sell a machine), e não explicar como ela fun-
lidar com as palavras-chave e a não recorrer ao ciona ou contar a história de sua invenção.
dicionário a cada palavra desconhecida.
Respostas No item c), os alunos devem escolher,
a) gramophone; b) zipper; c) glasses; d) telephone; e) iron. dentre as características listadas, três que
se aplicam ao texto, que são: a variação no
Atividade 3 tamanho e no tipo das letras (different kinds
of fonts – typeface of letters – are used), o uso
Objetivo: identificar as características de um de imagem (there is a picture) e a possibilidade
gênero textual (anúncio publicitário). de o preço ser mencionado (the price of the
equipment is sometimes informed). Você pode
Procedimentos complementar a questão e pedir que os alunos
identifiquem outras características do anúncio
Leia o enunciado com os alunos. A essa altu- publicitário, por exemplo: as frases curtas
ra, eles provavelmente serão capazes de identifi- (short sentences), o uso de vários pontos de
car as palavras cognatas (como text) e aquelas já exclamação (exclamation marks) para enfatizar
conhecidas (possivelmente look e answer). Então as qualidades da máquina (characteristics of
peça a eles que tentem reconstruir o sentido do the machine) e a disposição do texto na página
enunciado. A frase é “olhe o texto... Onde está o (distribution of the text) – que não é linear, como
texto em relação ao enunciado?”. Procure sem- em um texto jornalístico ou enciclopédico.
43
Por fim, a pergunta d) pede que os alunos que descrevem qualidades e características da
tentem identificar se o texto é antigo ou recente. máquina de costura, de acordo com o texto.
Ajude-os a perceber que a data ou ano de publi-
cação não são informados, mas que esse texto Após ler o enunciado com os alunos, você
(assim como qualquer outro) tem algumas mar- pode escolher entre duas opções. Se considerar
cas que dão pistas sobre quando foi produzido. que seus alunos já conseguem ter uma compreen-
Os alunos devem concluir que ele é antigo (it was são razoável do texto e da atividade proposta,
written a long time ago), pois: o texto é em preto peça a eles que trabalhem livremente em duplas.
e branco, a máquina parece antiga, os tipos de Se você acredita que seus alunos poderão ter
fontes utilizados são antiquados, e atualmente dificuldades nessa primeira opção, então prepa-
as máquinas de costura não são itens comuns re-os para a atividade, pedindo que sublinhem
nas casas das pessoas (e, portanto, anúncios no próprio texto as expressões que deverão ser
publicitários desses objetos dificilmente serão classificadas. Você pode ditar ou escrever na lou-
recentes). sa as palavras que estão na resposta (lembrando
Respostas de fornecê-las fora de ordem). Uma vez marca-
a) An advertisement. b) To sell a machine. c) Different kinds of das as expressões, os alunos podem fazer a etapa
fonts (typeface of letters) are used; There is a picture; The price seguinte de classificação. Em ambas as opções, é
of the equipment is sometimes informed. d) Trata-se de um interessante que os alunos tenham acesso a dicio-
anúncio antigo. Algumas pistas que justificam essa conclusão: nários, para que possam trabalhar de maneira in-
o tipo de impressão e as fontes tipográficas utilizadas no texto dependente, enquanto você monitora a atividade.
do anúncio, o preço e o aspecto visual (modelo) da máquina Respostas
propriamente dita (It was written a long time ago. Clues: the b) compact, grace, beauty, elegance of finish; c) durable,
kind of printing and fonts, the price and model of the machine). never gets out of order; d) the best, simplicity, simple,
improved, perfected, no rival, celebrated common sense.
Atividade 4
Atividade 5 (Preparation for the writing
Objetivo: localizar informações específicas em task – part 1)
um texto (palavras e expressões que descrevem
e qualificam um objeto).
Objetivos: registrar informações a respeito de
uma invenção; empregar estruturas e expressões
Procedimentos aprendidas na Situação de Aprendizagem 5.

Na atividade anterior, a leitura concentrou- Procedimentos


-se em aspectos não linguísticos (como o layout
do texto e figura). Nesta atividade, os alunos vão A atividade-síntese de produção escrita (Si-
dirigir o olhar para aspectos linguísticos do tex- tuação de Aprendizagem 8) deste tema será um
to, mais especificamente as palavras e expressões texto em formato de ficha com a descrição de

44
Inglês – 8a série/9o ano – Volume 1

uma invenção. Sugerimos dividir a preparação criar as próprias invenções e descrevê-las, in-
desse material em três etapas (ao final das Situa- cluindo um desenho ou protótipo na versão
ções de Aprendizagem 5, 6 e 7), de modo que os final do texto.
alunos possam coletar e produzir material con-
forme avançam nos conteúdos previstos nes- Como a elaboração do texto será desenvol-
te tema. Dessa forma, os alunos também têm vida em etapas, com momentos de correção,
mais possibilidades de repensar e reelaborar sua reescrita e expansão, instrua os alunos a tra-
produção, ao mesmo tempo que você consegue balhar com rascunhos, pois a última versão
acompanhar e intervir ao longo do processo. será feita apenas na Situação de Aprendiza-
gem 8. Esses sucessivos rascunhos (ou versões)
Nesta primeira etapa de preparação para a também poderão ser arquivados no portfólio,
produção escrita, explique aos alunos a pro- retratando o processo de “invenção” do texto.
posta, o tema (uma invenção) e a forma de tra-
balho (em pequenos grupos, que se manterão Escolhida uma invenção, cada grupo deve
estáveis ao longo das Situações de Aprendiza- fazer algumas anotações sobre ela, de acordo
gem). Após formarem os grupos, os alunos de- com os itens a) a d) indicados na atividade.
vem escolher uma invenção de sua preferência. Monitore o trabalho dos grupos e disponi-
bilize dicionários para consulta. Note que o
Observação 1: é preferível que os alunos campo Use/function refere-se à Atividade 2
escolham invenções que sejam objetos palpá- desta Situação de Aprendizagem, na qual os
veis (como carro, telefone, papel etc.), uma vez alunos têm alguns modelos de frases. No en-
que, na Preparation for the writing task – part tanto, dependendo da invenção escolhida por
3, eles precisarão pesquisar sobre os fabrican- eles, é possível que não consigam adaptar es-
tes e as dimensões dessa invenção. Caso eles ses exemplos para suas anotações e precisem
tenham escolhido algo mais abstrato (como as construir uma frase diferente. Nesse caso, eles
regras do futebol, por exemplo), não poderão provavelmente necessitarão de mais ajuda sua.
responder a essas questões. O campo Qualities tem relação com a Ativida-
de 4, e os alunos certamente poderão aprovei-
Observação 2: na Preparation for the writing tar várias das palavras e expressões estudadas
task – part 2, os alunos precisarão pesquisar a naquele momento.
história da invenção escolhida (quem a inven-
tou, quando e onde). Assim, caso tenham aces- Após terminar a atividade, os grupos po-
so a poucas fontes de consulta (por exemplo, dem trocar de anotações uns com os outros.
apenas à biblioteca da escola), então talvez Peça que os alunos leiam o texto que receberam
seja necessário restringir as escolhas apenas e verifiquem se há alguma informação incor-
às opções disponíveis no material de consulta. reta ou algum trecho que eles não conseguem
Alternativamente, os alunos também podem entender. Se for o caso, as anotações podem

45
voltar para os autores originais para que sejam (em uma pasta comum ou por um responsável
feitas correções. Dessa maneira, você estimu- em cada grupo), pois ele será necessário na Si-
la a leitura crítica e a autocorreção entre seus tuação de Aprendizagem 8, em que os alunos
alunos. Por fim, o material deve ser guardado farão a atividade-síntese de produção escrita.

?
!

WHAT INVENTION IS THIS?

1. Can you identify these objects? Do you have any of them at home?

a) b) c)
© Travelstock44/Alamy/Glow Images

© Marka/Alamy/Glow Images

© Samuel Silva

d) e)
© Joern Sackermann/Alamy/Glow Images

© Les polders/Alamy/Glow Images

46
Inglês – 8a série/9o ano – Volume 1

2. Complete the sentences with the names of the objects in Activity 1.

a) The _______________ is used for listening to music.

b) The _______________ is used for closing a jacket.

c) The _______________ are used for seeing more clearly.

d) The _______________ is used for talking to people.

e) The _______________ is used for removing wrinkles from washed clothes.

3. Look at the following text and answer these questions.

a) What kind of text is it?

© Conexão Editorial
( ) An advertisement.
( ) An encyclopedia entry.
( ) A website.

b) Why was it written?


( ) To sell a machine.
( ) To give instructions.
( ) To describe the history of an
invention.

c) Tick (9) three characteristics of this kind of


text.

( ) The information is organized in para-


graphs.
( ) Different kinds of fonts (typeface of let-
ters) are used.
( ) The author of the text is identified.
( ) There is a picture.
( ) The price of the equipment is sometimes informed.

d) Do you think the text was written a long time ago or very recently? Why?

47
4. Read the text in Activity 3 more carefully. Find examples in the text of words and expressions
for each of the categories below. Follow the example.

a) Price of the machine: $18.00, cheap

b) Appearance and size:

c) Durability:

d) Other qualities:

5. Preparation for the writing task – part 1. Get together in groups and choose an invention of your
preference (your teacher will help you with this choice). Make notes about it.

a) Name of the invention:

b) Use/function: It’s used for ...

c) Price:

d) Qualities:

1. Match the opposites.

a) cheap ( ) new
b) beautiful ( ) expensive
c) simple ( ) small
d) old ( ) complicated
e) big ( ) ugly

Respostas
A sequência correta é: (d), (a), (e), (c), (b).

2. Use the words in the box to complete the sentences.

CD player can opener pencil sharpener printer eraser

48
Inglês – 8a série/9o ano – Volume 1

a) The is used for printing documents.

b) The is used for opening cans.

c) The is used for sharpening pencils.

d) The is used for erasing what you write.

e) The is used for playing CDs.


Respostas
a) printer; b) can opener; c) pencil sharpener; d) eraser; e) CD player.

3. Many words in English end in -er or -or. They often indicate an object or a person. Follow the
example and classify the words in the box under the correct category.

can opener inventor computer ruler


soccer player sailor calculator bus driver

object person

can opener inventor


computer soccer player
ruler sailor
calculator bus driver

4. Circle the correct alternatives to complete the sentences.

a) An advertisement/A manual tries to sell a product and an advertisement/a manual explains


how to use a product.

b) If you want to learn about the history of an invention, you can read an encyclopedia/
a dictionary entry.

c) An advertisement/A dictionary is organized in alphabetical order.

49
d) You can read the news on a website/a biography.
Respostas
a) An advertisement/a manual; b) an encyclopedia; c) A dictionary; d) a website.

LITERARY MOMENT

“I can never close my lips where I have opened my heart.” DICKENS, Charles. Master
Humphrey’s clock.

SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEM 6
HOW WAS IT INVENTED?

Conteúdos e temas: relação entre invenções e inventores; verbos no passado.

Competências e habilidades: identificar o tema geral de um texto; localizar informações específicas em


um texto; transpor informações de um texto para uma tabela; organizar e selecionar informações; corri-
gir um texto entre pares e fazer autocorreção.

Sugestão de estratégias de ensino: trabalho em duplas/pequenos grupos; apresentação do professor com


a participação dos alunos; leitura dirigida; correção de texto entre pares.

Sugestão de recursos: dicionários bilíngues, se possível.

Sugestão de avaliação: processual (registro de participação dos alunos); pesquisa e anotações preparató-
rias para a atividade-síntese de produção escrita.

Roteiro para aplicação da Situação Procedimentos


de Aprendizagem 6
Escolha uma invenção, preferencialmente
Sondagem inicial e sensibilização algo complexo, com várias partes e dispositivos.
Vamos utilizar aqui o carro como exemplo, mas
você pode escolher outra invenção e seguir o mes-
Objetivo: estimular a reflexão dos alunos so-
bre como é o processo de invenção e desenvol- mo procedimento. Pergunte aos alunos como as
vimento de um produto. pessoas se locomoviam antes de existir o carro.
Eles provavelmente responderão: a pé, a cavalo,

50
Inglês – 8a série/9o ano – Volume 1

de carroça etc. Pergunte, então, se, na opinião de- cessidade de entender cada palavra, você pode
les, o carro foi inventado de uma hora para outra fazer paralelos com situações de leitura em lín-
e já da maneira como nós o conhecemos hoje. gua materna. Por exemplo, pergunte se, ao ler
Eles provavelmente responderão que não, pois o manual de um equipamento em português,
já devem ter visto em filmes e novelas imagens eles leem esse texto desde a primeira até a últi-
de carros antigos, bastante diferentes dos atuais. ma palavra e se, além disso, também procuram
Peça a eles que descrevam as diferenças entre os o significado de qualquer palavra desconheci-
carros antigos e os atuais. Procure fazê-los perce- da no dicionário. Eles certamente responde-
ber que muitas vezes uma invenção não tem ape- rão que não. Mostre-lhes que, nos textos em
nas um único inventor, mas vários, e que cada um inglês, quando a pergunta é mais ampla (tipo
deles acrescentou uma modificação ou um aper- do texto, tema geral etc.), eles devem utilizar
feiçoamento ao invento. Você pode então propor essa estratégia de leitura (skimming – ou leitu-
uma pequena brincadeira de imaginação: como ra rápida para compreensão geral).
seria o carro se a roda não tivesse sido inventa-
da? Os alunos podem usar a criatividade em suas A pergunta a) é igual à da Atividade 3 da Si-
respostas e não há a expectativa de obter ideias tuação de Aprendizagem 5, mas a resposta neste
corretas ou viáveis. Se eles demonstrarem gostar caso é encyclopedia entries (verbetes de enciclopé-
da brincadeira, você pode propor outras pergun- dia). Na pergunta b), ajude os alunos a perceber
tas do mesmo tipo, ou ainda deixar que eles mes- que, no caso das invenções, o verbete começa com
mos inventem as perguntas em pequenos grupos. a descrição dos objetos (sua aparência e uso),
Algumas sugestões de perguntas são: Como seria para depois falar sobre a história ou o processo
o livro sem o papel? Como seria a vida sem o plásti- de invenção daquele equipamento; portanto, a al-
co? Como seria o computador sem o mouse? ternativa correta é the equipment is described first.

Atividade 1 No item c), os alunos devem escolher, den-


tre as características listadas, três que se apli-
Objetivo: identificar as características de um
cam ao texto, que são: o relato sobre o processo
gênero textual (verbete de enciclopédia). de invenção é feito em ordem cronológica (the
information is in chronological order), o texto é
formatado em parágrafos (the text is divided into
Procedimentos paragraphs) e os verbetes estão em ordem alfa-
bética (the entries are in alphabetical order). Você
Ao explicar a atividade para os alunos, pode complementar a questão e pedir que os
procure enfatizar a importância de realizarem alunos comparem as características do verbete
uma leitura rápida, sem se prender a detalhes de enciclopédia com as do anúncio publicitário
ou palavras desconhecidas. Caso eles pareçam da Situação de Aprendizagem 5. Eles podem
não conseguir fazer isso ou se insistirem na ne- imaginar, por exemplo, como seria um verbete

51
sobre a máquina de escrever e/ou como seria o funciona o processo de inventar algo. A partir
anúncio publicitário de um ferro de passar. do que eles leram a respeito da invenção do zí-
Respostas per, procure fazê-los perceber que a invenção de
a) encyclopedia entries. b) The equipment is described first. c) um equipamento, dispositivo etc. geralmente é
The information is in chronological order; The text is divided resultado de um processo demorado e que ocorre
into paragraphs; The entries are in alphabetical order. em etapas. No caso do zíper, o primeiro inventor
(Judson) não teve muito sucesso, e somente vin-
Atividade 2 te anos mais tarde é que o produto teve melhor
aceitação, após ser aperfeiçoado por Sundback.
Objetivos: localizar informações específicas Além disso, é curioso que o nome que permanece
em um texto; transpor informações de um tex- até hoje (zipper) tenha sido cunhado apenas trinta
to para uma tabela.
anos após a obtenção da patente por Judson; os
nomes anteriores, clasp-locker (algo como “fecho
Procedimentos com gancho”) e hookless fastener (“prendedor
sem colchete”), apesar de descreverem caracterís-
Para esta atividade, os alunos devem realizar a ticas do produto, não tiveram vida longa.
leitura do tipo scanning, isto é, ler o texto em bus- Respostas
ca de informações específicas (é o que fazemos, Electric iron: Henry W. Seely, 1882, USA; zipper (clasp-locker):
por exemplo, para encontrar uma informação em Whitcomb L. Judson, 1893, USA, no; zipper (hookless fastener):
uma lista telefônica). Enquanto os alunos traba- Gideon Sundback, 1913, –/yes; zipper (the name): B.F. Goodrich,
lham em duplas ou pequenos grupos, circule pela 1923.
sala para auxiliar aqueles que tiverem mais dú-
vidas. Na transposição das informações do texto Atividade 3
para a tabela, você pode prever algumas das difi-
culdades que os alunos poderão enfrentar e en- Objetivos: retomar a forma do verbo no passa-
tão optar por alertá-los já nas orientações iniciais. do simples e o seu uso; fazer a distinção entre
diferentes formas do verbo no passado (regu-
Por exemplo, o preenchimento do campo Where?
lar, irregular e voz passiva).
envolve duas etapas: a primeira é a localização
da informação relevante no texto (em ambos os
casos, a palavra American) e a segunda é a trans- Procedimentos
formação da nacionalidade para o nome do país
correspondente (American – USA), pois somente Na questão a), é importante os alunos reco-
essa informação (em nosso exemplo, o nome do nhecerem que as palavras sublinhadas são ver-
país – USA) responde à pergunta Where?. bos na forma do passado (past simple). Diante
da pergunta sobre o porquê do uso do passado,
Após fazer a correção da atividade, você pode é possível que alguns alunos digam que identifi-
discutir um pouco com os alunos sobre como caram o passado pelos verbos terminados em -ed

52
Inglês – 8a série/9o ano – Volume 1

ou porque became é o passado de become. No forma do infinitivo equivalente a cada verbo


entanto, essa explicação refere-se à forma dos nas colunas Regular verbs e Irregular verbs.
verbos no passado em inglês (regulares e irre- Por exemplo: patented (to patent), became
gulares), e não ao seu uso no contexto do texto. (to become). Você também pode aproveitar a
Assim, procure fazer os alunos perceberem que oportunidade para ensinar os alunos a con-
os verbos estão no passado não só porque eles sultar o dicionário, a fim de saber se um verbo
terminam em -ed, mas, também, porque o texto é regular ou irregular e, no segundo caso, qual
trata de acontecimentos (no caso, a invenção do sua forma no passado. Em relação à catego-
ferro e do zíper) que ocorreram no passado e ria Expressions with two verbs, como a forma
estão restritos a esse período de tempo. da voz passiva está sendo apresentada aqui
brevemente, sem maior sistematização, suge-
Na sequência, na parte b), os alunos devem rimos que não seja pedida a sua escrita na for-
classificar os verbos sublinhados em uma das três ma do presente, mas você pode mostrar que o
opções (regular verbs, irregular verbs, expressions presente de was invented é is invented, e não is
with two verbs). Veja que, enquanto a classificação invent.
entre verbos regulares e irregulares não deve ser
uma novidade para os alunos, o terceiro grupo Atividade 4 (Preparation for the writing
talvez levante alguns questionamentos. O item task – part 2)
Expressions with two verbs abrange as constru-
ções na voz passiva (passive voice), do tipo “X foi
Objetivos: pesquisar sobre a história de uma in-
inventado por Y”, bastante frequentes em textos venção; transpor informações para uma tabela.
que descrevem a invenção de um equipamento.
Se os alunos perguntarem sobre essa terceira ca-
tegoria, não é necessário sistematizar a forma da Procedimentos
voz passiva (isto é, verbo to be + verbo principal
no particípio passado), mas você pode ilustrar a Relembre os alunos sobre as anotações
diferença na construção das seguintes frases: (1) e as invenções escolhidas por eles na Ati-
The electric iron was invented by Henry W. Seely e vidade 5 da Situação de Aprendizagem 5.
(2) Henry W. Seely invented the electric iron. Explique que os grupos deverão fazer uma
Respostas pesquisa, que pode ser em português, sobre
Regular verbs – patented, weighed, invented, exhibited, a história de sua invenção, com o objetivo
founded, succeeded, died, called, used, manufactured; de responder às questões da atividade. Em
Irregular verbs – became, was, sold, came; Expressions with two seguida, leia e explique as perguntas:
verbs – was invented, was called, was patented, was improved.
a) Quem foi o inventor? – Who was the inventor?;
Complementação da atividade: você pode pe- b) Quando e onde o objeto foi inventado? –
dir que os alunos escrevam, entre parênteses, a When and where was the object invented?;

53
c) A invenção teve sucesso imediatamente? – acrescentar uma linha para cada pessoa que
Was the invention immediately successful?; aperfeiçoou o invento (como no caso do zíper,
d) Outras pessoas aperfeiçoaram a invenção na Atividade 2). Essa transposição dos dados
posteriormente? Quem, quando e onde? – não deve levar muito tempo, já que as únicas
Did other people improve the invention later? palavras que os alunos precisarão passar para
Who, when, and where? o inglês (se a pesquisa tiver sido feita em por-
tuguês) são os nomes do país ou cidade onde a
Observação: caso você tenha optado por pe- invenção foi desenvolvida e yes/no em resposta
dir que seus alunos criassem suas próprias in- à questão Successful? Se alguma informação
venções na Preparation for the writing task – part não tiver sido encontrada na pesquisa feita pe-
1, então as respostas para as perguntas desta los alunos (por exemplo, se o invento teve ou
tarefa também poderão ser fictícias. A pesquisa não sucesso imediato), a célula correspondente
propriamente dita deverá ser proposta como li- na tabela pode ficar em branco. A tabela tam-
ção de casa a ser realizada pelos alunos nos seus bém pode receber um título ou uma legenda
grupos de produção escrita. Na aula combinada, que descreva seu conteúdo (por exemplo: The
peça que os alunos tragam os dados pesquisados history of the “nome da invenção”).
e que cada grupo desenhe uma tabela semelhante
àquela preenchida na Atividade 2 (sobre o ferro Em seguida, peça que os grupos troquem
elétrico e o zíper); nela, os alunos devem registrar suas tabelas uns com os outros, novamente esti-
as informações coletadas na lição de casa. Caso mulando a correção entre pares (peer correction).
a resposta à pergunta d) Did other people improve Veja que, dessa maneira, ao longo das etapas de
the invention later? Who, when and where? tenha escrita, os diversos grupos aprendem sobre a in-
sido negativa, então a tabela terá apenas duas venção que eles estão descrevendo, mas também
linhas, uma com os títulos dos campos (Who?, leem sobre as invenções escolhidas pelos outros
When?, Where?, Successful?) e outra com os alunos. Ao final da atividade, o material produ-
dados propriamente ditos. Caso a resposta zido deve ser novamente guardado até a Situa-
tenha sido afirmativa, então os alunos devem ção de Aprendizagem 8.
?
!

HOW WAS IT INVENTED?

1. Read the following texts quickly and answer these questions.

a) These texts are:


( ) advertisements.
( ) encyclopedia entries.
( ) websites.

54
Inglês – 8a série/9o ano – Volume 1

b) How is the information organized?


( ) The equipment is described first.

( ) The invention process is described first.

( ) The inventor is described first.

c) Tick (9) three characteristics of these texts.


( ) The information is in chronological order.

( ) The text is divided into paragraphs.

( ) Exclamation marks are used.

( ) The entries are in alphabetical order.

( ) The price of the equipment is informed.

IRON CURTAIN

IRON, ELECTRIC
A device with a flat metal base that can be heated and is used for making garments and other pieces of
cloth smooth. The electric iron was invented by Henry W. Seely, an American from New York, who
patented the equipment on June 6, 1882. His iron weighed around 7.5 kg.

IRON GATE

447

55
ZIPHAH

ZIPPER

A device consisting of two lines of small metal or plastic teeth that can be interlocked to fasten
pieces of clothing, bags or other items. This type of fastener was first designed by Whitcomb L. Judson,
an American engineer. It was called the “clasp-locker’’ and was patented on August 29, 1893. In the same
year, Judson exhibited his device at the Chicago World’s Fair. He and Lewis Walker founded a company
(the Universal Fastener Company) to manufacture the product, but they never succeeded in selling the
invention. Judson died in 1909, before the “clasp-locker’’ became famous.

Later, in 1913, the zipper was improved by Gideon Sundback (a former employee of Judson).
Sundback called it “hookless fastener” and was more successful than Judson. He sold the device to the
US Army, which used zippers on the soldiers’ clothes during World War I.B.F. Goodrich manufactured
boots with Sundback’s fastener and invented the word “zipper” in 1923. The inspiration for the name
came from the zipping sound that zippers make when they open and close.

ZIRCON

1231

2. Read the texts again to complete this table. Follow the example.

Who? When? Where? Successful?


electric iron Henry W. Seely
zipper (“clasp-locker”)
zipper (“hookless fastener”)
zipper (the name)

56
Inglês – 8a série/9o ano – Volume 1

3. Look at the underlined words in the text.

a) Are they in the past, present or future form? Why?

b) Now classify each of the underlined words in one of the three columns. Follow the example.

Regular verbs Irregular verbs Expressions with two verbs


patented became was invented

4. Preparation for the writing task – part 2. With your group, research about the history of the
invention you chose in Situated Learning 5 – preparation task – part 1. Answer the following
questions:

a) Who was its inventor?

b) When and where was the object invented?

c) Was the invention immediately successful?

d) Did other people improve the invention later? Who, when, and where?

1. Unscramble the letters to form words. Then, associate each word to the corresponding
picture.

a) RLEEICTC – IRNO

b) ETTEH

c) SRLDIOE

d) OTOB
Respostas
a) Electric iron; b) Teeth; c) Soldier; d) Boot.

57
© Claudio Ripinskas

(b) ( a)

(d) (c)

2. Put the verbs in parentheses in the past tense to complete the sentences.

a) Alexander Graham Bell (to patent) the telephone in 1876.

b) Alberto Santos Dumont (to be) an aviation pioneer.


He (to die) in Brazil in 1932.

c) Albert Einstein, a famous scientist, (to come) to Brazil in 1925.

d) Henry Ford (to found) the Ford Motor Company in 1903.


Respostas
a) patented; b) was/died; c) came; d) founded.

3. Use the following hints to help you find five words in the grid. The words were taken from the
text about the zipper.

58
Inglês – 8a série/9o ano – Volume 1

a) The same as “equipment” or “machine”.

b) The month after July.

c) What you wear on your body (T-shirt, jeans, shorts, etc.).

d) The opposite of “to open”.

e) The same as “planet” or “globe”.

T Q W F J A J A P D
Y S D N K U D T C A
C H E L E G M E C Z
E W V A O U K X L L
X T I N W S E P O L
P M C L O T H E S S
P Q E C R F N H E I
I M T H L I A N A D
E F D S D H Z X O V
T C O L O M I A H J

Respostas
a) Device; b) August; c) Clothes; d) Close; e) World.

4. Use the words in Activity 3 to complete these sentences.

a) I was born in .

b) My mother gave me new for my birthday.

c) Can you the window, please?

d) We don’t know who invented this .

e) My dream is to travel around the .

Respostas
a) August; b) clothes; c) close; d) device; e) world.

LITERARY MOMENT

“If I am occasionally a little over-dressed, I make up for it by being always immensely


over-educated.” WILDE, Oscar. The importance of being earnest.

59
SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEM 7
WHY WAS IT INVENTED?

Conteúdos e temas: relação entre uma invenção e seu uso social; descrição de uma invenção; voz passiva
(It’s used for... ing).

Competências e habilidades: identificar características de uma página da internet; identificar o tema geral
de um texto; localizar informações específicas em um texto; descrever um contexto específico no passa-
do; organizar e selecionar informações.

Sugestão de estratégias de ensino: trabalho em duplas/pequenos grupos; apresentação do professor com


a participação dos alunos; leitura dirigida.

Sugestão de recursos: dicionários bilíngues, se possível.

Sugestão de avaliação: processual (registro de participação dos alunos); pesquisa e anotações preparató-
rias para a atividade-síntese de produção escrita.

Roteiro para aplicação da Situação ses, se possível sem olhar para as alternativas a) a
de Aprendizagem 7 d), mas apenas para a figura do texto. Caso eles
pareçam não ter ideias, peça que primeiro descre-
Atividade 1 vam a invenção em detalhes, observando apenas
a imagem. Durante esse processo, é provável que
Objetivo: retomar a estrutura “It’s used for... ing”. apareçam algumas sugestões de funções. Aceite
essas sugestões, sempre estimulando os alunos a
explicar e justificar suas hipóteses.
Procedimentos
Em seguida, leia as alternativas a) a d), re-
Peça que os alunos leiam apenas o enuncia- visando a estrutura “It’s used for... ing”, já vista
do, mas ainda não as opções a) a d), e lhe digam na Situação de Aprendizagem 5 e que descreve
quais palavras eles são capazes de reconhecer e o a finalidade de um objeto (formando, assim, um
que conseguem entender. Eles provavelmente pre- par com a pergunta what is it for?). Encoraje os
cisarão de mais ajuda com a pergunta “para que alunos a analisar cada alternativa, contrastando-
serve?” (what is it for?), já que ela é um tanto idio- -a com suas próprias opiniões e com a figura, sem
mática. Explique o significado, levando os alunos expectativas quanto a estar certo ou errado. Você
a perceber que devem apreender a frase como um pode inclusive fazer uma votação para verificar
bloco (chunk), e não as palavras isoladamente qual função é a mais “popular”.
(isto é, what = o quê/qual, is = é/está etc.). De- Respostas
pois disso, convide os alunos a levantar hipóte- As respostas irão variar conforme os palpites dos alunos.
60
Inglês – 8a série/9o ano – Volume 1

Atividade 2 re a invenção descrita no texto; isto é, regiões


sem acesso à rede de água e esgoto, em que a
Objetivos: identificar as características de um
fonte de água mais próxima fica distante e a
gênero textual (página da internet); identificar água nem sempre é limpa. Faça então algu-
o tema geral de um texto. mas perguntas para que os alunos pensem so-
bre as dificuldades e os desdobramentos desse
contexto, já preparando-os para a atividade
Procedimentos a seguir. Alguns exemplos de questões são:
De que forma as pessoas transportam a água?
Ao pedir que os alunos identifiquem o gê- Quantos litros de água podem ser transportados
nero do texto, na pergunta a), eles já devem de cada vez? Caso a água não seja limpa, o que
compreender bem o que você espera deles. pode acontecer com quem a bebe? Você pode
Caso ainda se mostrem hesitantes, pergun- anotar na lousa algumas das palavras-chave
te: Esse texto é um anúncio publicitário? Por dessa discussão (tais como: carregar a água
que não? É um verbete de enciclopédia? Por em latas na cabeça, pesado/cansativo, proble-
que não? Esse tipo de questionamento auxilia mas de saúde). Mais tarde, caso você termine
os alunos a entender o propósito da pergun- a Atividade 3 na mesma aula, pode direcionar
ta inicial. Além disso, instrua-os a simples- os alunos de volta para essa lista e perguntar
mente “bater” os olhos no texto, observando quais dos elementos listados foram tratados
apenas sua composição geral. Verifique a res- no texto.
posta oralmente, pedindo justificativas (How Respostas
do you know?). a) Os alunos devem identificar o texto como sendo uma pá-
gina da internet (website) e apontar características como: o
Em seguida, leia a pergunta na letra b) com endereço do site, os ícones e menus no alto, o uso de figuras
os alunos, chamando a atenção para o fato de e diferentes tipos de letras, a distribuição do texto em vários
que what is the invention for? é uma variação da blocos espalhados pela página etc.
questão what is it for?, vista na atividade an- b) It’s used for carrying water.
terior. Nessa pergunta, espera-se que o aluno
identifique a função do objeto e, assim como Atividade 3
foi feito anteriormente na Atividade 1 da Situa-
ção de Aprendizagem 6, os alunos devem fazer Objetivo: localizar informações específicas em
uma leitura rápida, apenas com o objetivo de um texto.
respondê-la.

Antes de iniciar a atividade seguinte, que Procedimentos


envolve a leitura mais detalhada do texto,
converse um pouco com os alunos, em portu- Leia as perguntas com os alunos e explique
guês, sobre o contexto social em que se inse- as palavras desconhecidas. É interessante que
61
você escreva na lousa uma lista com o vocabu- eles comecem a procurar toda e qualquer
lário, para estimular os alunos a também fazer palavra no dicionário.
um registro escrito e organizado do que estão Respostas
aprendendo. Nesse glossário, você pode ano- a) Because people in disadvantaged and rural communities
tar a tradução da palavra em português e/ou have trouble fetching water far away and carrying it. b) It’s
fornecer sinônimos ou antônimos em inglês, versatile, tough, durable, effective, simple and user-friendly.
sempre que isso for possível. Caso você deci- c) It’s too heavy to carry. (A resposta deve ser interpretada no
da adotar essa prática, alerte os alunos para trecho do parágrafo 2: “A device designed to ease the burden
os símbolos que serão adotados para indicar and reduce time spent collecting water...”). d) It is designed
sinônimos (ex.: “=”) e antônimos (ex.: “≠”). to ease the physical burden and reduce the time collecting
Assim, por exemplo, a lista de vocabulário re- water. e) LITERS
ferente às perguntas dessa atividade poderia
ter itens como os seguintes: Atividade 4

to manufacture = fabricar Objetivo: identificar as características de uma


disadvantage ≠ advantage ficha de dados.
to carry = to transport

Você também pode antecipar, nesse mo- Procedimentos


mento, algumas palavras-chave presentes no
texto e que possam ser desconhecidas dos As duas questões propostas podem ser
alunos, como: fetching (atividade de buscar discutidas em português pelos alunos em pe-
[água] e trazê-la para casa), L para liter (litro), quenos grupos. Ao final da atividade, con-
supply (fornecimento), cumbersome (desajei- vide alguns representantes dos grupos para
tado, difícil de carregar), to ease (facilitar), apresentar suas conclusões ao restante da
well-being (bem-estar) etc. classe. O objetivo das perguntas é fazer os
alunos perceberem que, em uma ficha de da-
Após ler as perguntas, peça aos alunos dos (Text A), enfatizamos a informação por
que trabalhem em duplas. Explique que meio da utilização de palavras-chave e, em
as respostas podem ser dadas apenas com um texto mais explicativo (Text B), o mes-
palavras-chave, não sendo necessário copiar mo conteúdo é apresentado utilizando frases
ou formar frases inteiras em inglês. Se hou- completas.
ver dicionários bilíngues, os alunos podem
consultá-los, mas monitore essa atividade Na pergunta a), os alunos devem perceber
para auxiliá-los a compreender os verbetes que os dois textos apresentam os mesmos da-
e o significado das palavras no contexto es- dos: qual a invenção, quem foram os invento-
pecífico do texto, e também para evitar que res ou criadores e quem é o fabricante. O item

62
Inglês – 8a série/9o ano – Volume 1

b), por sua vez, estimula os alunos a prestar Aprendizagem 8. Além disso, peça também
atenção na forma como essa informação é or- que os alunos tragam figuras de sua invenção
ganizada nos dois textos. (podem ser recortes de revista ou então um
desenho feito por eles mesmos).
O Texto A é uma ficha (form) e, portanto,
tem um título (Q Drum) e campos (Designer, Em aula, lembre à turma que a pesquisa
Manufacturer) a ser preenchidos apenas com pode ser feita em português e explique as
os dados da resposta (ex.: P. J. and J. P. S. perguntas: a) Quem são os fabricantes da
Hendrikse), e não com frases completas. Já o invenção? – Who are the manufacturers of the
Texto B organiza os dados em um texto corri- invention?; b) Quais são as suas características?
do, em que é preciso utilizar estruturas verbais – What are its characteristics?; c) Que dificul-
(was designed, is manufactured) e outros com- dades as pessoas tinham antes de a invenção
plementos (and, by). existir? – What difficulties did people have
before the invention existed? É provável que
Atividade 5 (Preparation for the writing os alunos tenham mais dúvidas em relação à
task – part 3) pergunta c). Você pode usar como exemplo o
caso do Q Drum e explicar que essa invenção
surgiu para solucionar um problema enfren-
Objetivos: pesquisar sobre uma invenção; or-
tado pelas pessoas: a dificuldade de carregar
ganizar e selecionar material para a atividade-
-síntese de produção escrita. água potável em quantidades adequadas. Um
segundo exemplo: antes da invenção do zíper,
todas as peças de vestuário só podiam ser fe-
Procedimentos chadas por botões, laços e colchetes, o que
tornava os atos de se vestir e se despir pro-
A atividade deverá ser proposta como li- cessos demorados. Note que, para responder
ção de casa a ser realizada pelos alunos nos à pergunta c), talvez não seja necessário que
seus grupos de produção escrita. O material os alunos façam uma pesquisa em materiais
coletado por eles será utilizado na atividade- de referência, mas apenas que reflitam sobre
-síntese de produção escrita na Situação de como seria a vida sem essa invenção.

?
!

WHY WAS IT INVENTED?

1. Look at the picture in the following text. It is a real invention. In your opinion, what is it for?
a) It’s used for carrying water.

b) It’s used for swimming.

63
c) It’s used for making music.

d) It’s used for playing a sport.

Disponível em: <http://qdrum.co.za/>. Acesso em: 20 maio 2013.

2. Read the text in Activity 1 quickly and answer:

a) What kind of text is it (a letter, an advertisement etc.)? How do you know?

b) What is the invention for? L = liter

64
Inglês – 8a série/9o ano – Volume 1

3. Find the following information in the text:

a) Why is the Q Drum necessary?

b) How can we describe it?

c) What is the problem when you have to carry water?

d) What are the advantages of the Q Drum?

e) How much water can you carry in it?

4. Read the following texts. Then discuss these questions in Portuguese with your classmates.

a) What do the two texts below have in common?

b) How is the information organized in Text A? What about in Text B?

Text A Text B
Q DRUM
Q Drum was designed by P. J. and J. P. S.
Designer: P. J. and J. P. S. Hendrikse Hendrikse and it is manufactured by Kaymac
Manufacturer: Kaymac Rotomoulders Rotomoulders and Pioneer Plastics.
and Pioneer Plastics

5. Preparation for the writing task – part 3. With your group, research about the invention you
chose in Situated Learning 5 – preparation for the writing task – part 1. Then, answer the
following questions:

a) Who are the manufacturers of the invention?

b) What are its characteristics?

c) What difficulties did people have before the invention existed?

1. Match the two parts of the sentences.

65
a) The Q Drum was designed by ( ) disadvantaged and rural communities.

b) It is used in ( ) carry a lot of water.

c) It is difficult to ( ) P.J. and J.P.S. Hendrikse.

d) With the Q Drum you can ( ) reduce the time spent collecting water.
Respostas
A sequência correta é: (b), (c), (a), (d).

2. The following words were taken from the text about the Q Drum. Find them in the text and
decide if they are adjectives (ADJ) or nouns (N). Circle the correct alternatives. You can use a
dictionary to help you.

a) low ADJ/N f) device ADJ/N


b) burden ADJ/N g) rural ADJ/N
c) versatile ADJ/N h) durable ADJ/N
d) clean ADJ/N i) containers ADJ/N
e) water ADJ/N
Respostas
b) N; c) ADJ; d) ADJ; e) N; f) N; g) ADJ; h) ADJ; i) N.

3. Use some of the words in Activity 2 to complete the following sentences. Follow the example.

a) Bags, bottles, and boxes are examples of containers .

b) is something that you drink every day.

c) If a product is , you can use it for a long time.

d) The opposite of “high” is .

e) is the same as “weight”.

f) If your clothes are , you can wear them in different occasions.

g) is the opposite of “dirty”.

Respostas
b) Water; c) durable; d) low; e) Burden; f) versatile; g) Clean.

66
Inglês – 8a série/9o ano – Volume 1

4. Choose the correct alternatives to complete the sentences.

a) I in São Paulo.

( ) live ( ) leave ( ) carry ( ) call

b) The woman is a baby.

( ) living ( ) carrying ( ) drinking ( ) dancing

c) Can you me some water, please?

( ) produce ( ) make ( ) design ( ) fetch

d) This company cars.

( ) rolls ( ) manufactures ( ) brings ( ) leaves


Respostas
a) live; b) carrying; c) fetch; d) manufactures.

LITERARY MOMENT

“There is nothing I would not do for those who are really my friends. I have no notion of loving
people by halves, it is not my nature.” AUSTEN, Jane. Northanger Abbey.

SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEM 8
WRITING TASK – DESCRIBING AN INVENTION

Conteúdo e tema: produção de uma ficha descritiva sobre uma invenção a partir de material produzido
e coletado ao longo deste tema.

Competências e habilidades: organizar e selecionar informações; compor e preencher uma ficha descriti-
va; corrigir um texto entre pares e fazer autocorreção; fazer a edição final com atenção para o aspecto
visual do texto.

Sugestão de estratégias de ensino: trabalho em pequenos grupos; correção de texto entre pares.

Sugestão de recursos: dicionários bilíngues, se possível; canetas e papéis (ou cartolinas) coloridos; cola;
tesoura.

Sugestão de avaliação: processual (registro de participação dos alunos); redação da atividade-síntese de


produção escrita (ficha descritiva sobre uma invenção).

67
Roteiro para aplicação da Situação nessas situações, geralmente não escrevemos
de Aprendizagem 8 frases completas (ex.: Nome – Meu nome é
Ana Silva), e sim apenas o dado em questão
Atividade-síntese de produção escrita (ex.: Nome – Ana Silva).

Explique aos alunos que eles devem pre-


Objetivos: organizar e selecionar informações; encher os campos, construindo assim uma
compor e preencher uma ficha descritiva; cor- ficha. Note que os campos são os trabalha-
rigir um texto entre pares e fazer autocorre-
dos nas três Situações de Aprendizagem, de
ção; fazer a edição final com atenção para o
modo que os materiais produzidos naqueles
aspecto visual do texto.
momentos serão retrabalhados nesta ativi-
dade. Na maioria dos itens da ficha, os alu-
Procedimentos nos precisarão apenas transpor os dados já
pesquisados por eles, utilizando palavras-
Nesta última Situação de Aprendizagem, -chave. Apenas no caso do item Life before
o trabalho será concentrado na produção de the..., os grupos terão de formular frase(s)
um texto (uma ficha descritiva) escrito pelos simples em inglês a partir dos dados cole-
alunos. Em primeiro lugar, peça que eles se tados.
reúnam em seus grupos e tenham em mãos
todo o material produzido e coletado nas ati- Monitore o trabalho dos grupos e dis-
vidades de Preparation for the writing task, ponibilize dicionários para consulta. Note
nas Situações de Aprendizagem 5, 6 e 7. Ex- que os alunos provavelmente necessitarão de
plique que eles retomarão esse material para mais ajuda com o campo Life before the..., já
elaborar uma ficha descritiva sobre a inven- que as respostas são abertas e eles precisa-
ção escolhida por cada grupo. Inicialmente, rão expressar as ideias em inglês. Em língua
direcione os alunos para o texto da Situação portuguesa, eles certamente são capazes de
de Aprendizagem 7 (site sobre o Q Drum) explicar em detalhes como era a vida antes
e ajude-os a relembrar as características de de sua invenção surgir. É bastante provável
uma ficha por meio do exemplo do próprio que tentem fazer o mesmo em língua inglesa,
site, assim como da comparação entre os o que será mais difícil e, consequentemente,
Textos A e B, feita na Atividade 4 dessa Situ- poderá gerar sentimento de frustração. As-
ação de Aprendizagem. Você também pode sim, antecipe essas dificuldades e oriente os
citar exemplos do cotidiano dos próprios alunos a condensar sua explicação em frases
alunos: peça que se lembrem de fichas que simples a serem escritas em inglês e a utilizar
eles já preencheram em seu cotidiano (fichas conectivos com os quais já estão familiariza-
para sorteio, cadastro etc.) e mostre que, dos, como and, but e so.

68
Inglês – 8a série/9o ano – Volume 1

Nesse texto da atividade-síntese também Respostas


será colada a figura trazida pelo grupo para Haverá grande variação entre os textos, mas é importante
ilustrar a ficha. Se possível, traga para a aula que você ajude os alunos a:
canetas e papéis coloridos, incentivando os tTFHVJSBTFUBQBTQSPQPTUBTOP$BEFSOPEP"MVOP
alunos a observar o aspecto visual de sua pro- t SFUPNBS P NBUFSJBM FTUVEBEP F QSPEV[JEP BUÏ P NPNFO-
dução escrita (tamanho e estilo das letras, dis- to (em especial as atividades chamadas Preparation for the
tribuição do texto etc.). writing task);
tSFMFNCSBSBTDBSBDUFSÓTUJDBTEFVNBmDIB QPSNFJPEPUFY-
Finalmente, quando os grupos terminarem to sobre o Q Drum e da comparação feita na Atividade 4 da
suas versões finais, as fichas podem ser espa- Situação de Aprendizagem 7);
lhadas pelas paredes da sala, de modo que os tQSFTUBSBUFOÎÍPBPBTQFDUPWJTVBMEFTVBTmDIBT BDSFTDFO-
alunos possam circular livremente e ler a pro- tando uma foto ou um desenho da invenção escolhida;
dução de seus colegas. Depois, essas fichas (e t EFTFOWPMWFS P QSPDFTTP EF FTDSJUB EP SBTDVOIP  SFFTDSJUB
também as versões preliminares) deverão ser com base na correção (dos colegas e/ou do professor) e edi-
arquivadas no portfólio. ção da versão final.

?
!

WRITING TASK – DESCRIBING AN INVENTION

With your group, you are going to fill in a form on the following page describing the invention
you chose. Follow the steps:

a) Get together with your group and collect all your previous writing activities (the ones you
produced in the Preparation for the writing task 1, 2 and 3).

b) What invention did you choose?

c) Go back to the text about the Q Drum in Situated Learning 7. What are the characteristics
of a descriptive form? Answer in Portuguese.

d) After writing your first draft, show your form to other groups and to your teacher. They will
help you improve your text.

e) Make the necessary changes and write the final version. Remember to bring a picture
or drawing of the invention to illustrate your text.

69
First draft

Name of the invention:

Use or function: It’s used for

Price:

Qualities:

Manufacturers:

Life before the

The history of the

Who? Where? When? Successful?

70
Inglês – 8a série/9o ano – Volume 1

Edited version

71
RECURSOS PARA AMPLIAR A PERSPECTIVA DO PROFESSOR
E DO ALUNO PARA A COMPREENSÃO DO TEMA

Filmes Brown no Inspetor Bugiganga. Para traba-


lhar o filme e este tema, você pode propor
De volta para o futuro (Back to the future). uma tarefa aos alunos. Selecione cinco inven-
Direção: Robert Zemeckis. EUA, 1985. 116 ções que aparecem nesse trecho (electronic
min. Aventura. Livre. Em 1985, Marty McFly foot, bomb etc.) e depois as embaralhe com
(Michael J. Fox) participa de um experimen- outras cinco invenções que não aparecem nas
to do cientista Emmett Brown (Christopher cenas (ex.: flying car, gramophone etc.). Escre-
Lloyd), que inventou um carro que viaja no va a lista na lousa e explique aos alunos que,
tempo. Marty retorna aos anos 1950, encon- ao assistir à sequência, eles deverão marcar
tra os próprios pais e acaba criando várias quais invenções aparecem no filme.
confusões na linha do tempo – e em seu fu-
turo. Você pode escolher alguns trechos para
explorar diferenças nos hábitos, equipamen- Livros paradidáticos
tos, roupas etc. entre os dois períodos em que
se passa o filme. Por exemplo, há três sequên- Os títulos a seguir tratam do desenvolvimen-
cias com bandas de música: na cena 3, Marty to de alguns inventos bastante comuns hoje,
está em 1985 e se apresenta com sua banda de como o telefone celular, a internet e o com-
rock; as cenas 14 e 16 se passam na década de putador. Eles constavam da lista do Programa
1950, e há inicialmente uma banda tradicio- Nacional do Livro Didático (PNLD) em 2004
nal da época tocando; depois é Marty quem e 2005; então, verifique se estes títulos estão
lidera a banda, com um estilo um pouco “ino- disponíveis na biblioteca de sua escola.
vador” demais.
DAVIES, Paul A. Information technology.
Inspetor Bugiganga (Inspector Gadget). Direção: Oxford do Brasil, 2002.
David Kellogg. EUA, 1999. 80 min. Comédia.
Livre. Ao tentar capturar o terrível Dr. Claw HOLDEN, Susan. Communication. Macmillan,
(Rupert Everett), o ingênuo segurança John 2004. (Macmillan Portfolio).
Brown (Matthew Broderick) é atingido por
uma bomba. Para salvá-lo, uma cientista uti-
liza uma técnica experimental e reconstrói Sites
John, criando assim o Inspetor Bugiganga,
um policial cheio de engenhocas na manga. Rube Goldberg. Disponível em: <http://www.
As cenas 1 a 4 têm duração total de 20 mi- rubegoldberg.com/>. Acesso em: 21 maio 2013.
nutos e narram a transformação de John Na opção Artwork Gallery, você encontra

72
Inglês – 8a série/9o ano – Volume 1

uma série de ilustrações (seguidas de expli- Inventing Modern America: from the
cações) de invenções malucas para situações microwave to the mouse. Disponível em:
cotidianas. <http://web.mit.edu/invent/www/ima/games.
html>. Acesso em: 21 maio 2013. Na atividade
Inventors and Inventions. Disponíveis em: Invention Connection, é possível aprender
<http://www.enchantedlearning.com/inventors/> sobre como algumas invenções dependeram
(acesso em: 21 maio 2013) e <http://library. de inventos anteriores e possibilitaram
thinkquest.org/J0111766/index.htm> (acesso invenções posteriores. No jogo Which came
em: 21 maio 2013). Ambos os sites apresentam first?, o participante deve escolher, dentre duas
inventos e inventores. invenções, qual foi desenvolvida primeiro.

Strange but true. Disponível em: <http:// Ad Access. Disponível em: <http://library.
www.sciencemuseum.org.uk/onlinestuff/ duke.edu/digitalcollections/adaccess/>. Aces-
games/strange.aspx>. Acesso em: 20 maio so em: 21 maio 2013. O site contém anúncios
2013. Nesse site, você encontra uma atividade publicitários antigos, publicados nos Estados
on-line em que é preciso identificar quais in- Unidos e no Canadá entre 1911 e 1955, dividi-
venções estranhas são verdadeiras e quais são dos por categorias (Beauty and Hygiene, Radio,
falsas. Television, Transportation, World War II).

73
Using a bilingual dictionary

Aqui você vai aprender um pouco mais sobre como usar o dicionário para estudar inglês.

Um item lexical ou uma palavra são polissêmicos quando eles têm vários sentidos. Mui-
tas palavras, tanto em inglês quanto em português, têm essa característica. Um exemplo em
inglês é can, que significa “lata” e também “poder/ser capaz de”. Em português, “importar”
é uma palavra polissêmica, pois pode significar “ter importância” ou ser o antônimo de
“exportar”.

1. Nas duas frases a seguir, a mesma palavra em português tem sentidos diferentes – ou seja, ela
é polissêmica. Em cada caso, explique o que é “bateria”.

Ele toca bateria na banda.


Preciso recarregar a bateria do celular.
Respostas possíveis:
t/BGSBTFi&MFUPDBCBUFSJBOBCBOEBw BQBMBWSBiCBUFSJBwJOEJDBVNJOTUSVNFOUPNVTJDBM
t/BGSBTFi1SFDJTPSFDBSSFHBSBCBUFSJBEPDFMVMBSw BQBMBWSBiCBUFSJBwOPNFJBPEJTQPTJUJWPRVFGPSOFDFFOFSHJBBVNFRVJQBNFOUP

2. Leia o verbete “bateria”, retirado de um dicionário bilíngue, e preste atenção nas palavras
entre parênteses. Elas dão dicas sobre a tradução mais adequada para a palavra em um de-
terminado contexto. Então responda: Qual a palavra em inglês correspondente a “bateria”
em cada uma das frases da Atividade 1?

bateria f (eletricidade) battery; (música) drums.

Resposta
Na primeira frase, “bateria” é drums. Na segunda frase, “bateria” é battery.

3. Nas frases a seguir, as palavras sublinhadas têm vários sentidos em inglês (ou seja, são po-
lissêmicas). Leia com atenção cada frase e o verbete ao lado. Então sublinhe a tradução
adequada para a palavra sublinhada, naquela frase. Dica: nos verbetes, as indicações entre
parênteses servem para ajudar na identificação da tradução mais adequada.

74
Inglês – 8a série/9o ano – Volume 1

match n fósforo; (game) partida;


Marta played in the match against Arsenal Ladies. par, parceiro.

score vt riscar; (a goal) marcar;


He scored two goals. (music) orquestrar.

cup n (drink) xícara; (prize) taça;


Pelé led the Brazilian national team in the World Cup. (football) Copa.

Respostas
partida; marcar/marcou; Copa.

Think about it!

Imagine se existisse uma língua em que cada palavra


tivesse um único sentido. Essa língua teria mais ou menos
palavras do que a língua portuguesa? Você acha que seria
mais fácil ou mais difícil aprendê-la?

As respostas devem variar bastante. O objetivo é ajudar o aluno a perceber que, em uma língua hipotética em que cada palavra ti-
vesse apenas um único sentido, haveria um número muito maior de palavras do que as que temos na língua portuguesa (ou inglesa).
Ao chegar a essa percepção, é possível que o aluno conclua que seria mais difícil aprender uma língua desse tipo.

Words with the same pronunciation

Algumas palavras em inglês têm a mesma pronúncia, mas são escritas de formas dife-
rentes. Elas são chamadas “homófonas”. Os dicionários bilíngues apresentam a transcri-
ção fonética das palavras (isto é, símbolos para mostrar como elas são faladas), e isso nos
ajuda a saber se duas palavras são homófonas ou não.

4. Veja a seguir algumas palavras e sua respectiva transcrição fonética. Não se preocupe se al-
guns dos símbolos nas transcrições parecerem estranhos.
a) high /haI/ b) hair /her/ c) son /s n/
v d) see /si:/

75
5. Agora, compare os itens da Atividade 4 com a transcrição das palavras a seguir. Encontre
uma palavra que não seja homófona com seu par da Atividade 4.

a) hi /haI/ c) sun /s n/v d) sea /si:/


b) her /hࡧr/
Respostas
As palavras hair e her não são homófonas. Os demais pares são homófonos: high e hi; son e sun; see e sea.

6. Use um dicionário para verificar a transcrição fonética dos pares de palavras a seguir. Se a
transcrição for igual, isso significa que as palavras são homófonas. Circule os itens que apre-
sentam palavras homófonas.
a) sun – sum b) right – write c) here – hear d) then – them

Resposta
Os itens (b) e (c) apresentam pares de palavras homófonas.

Observação: Você também pode acessar dicionários on-line para consultar a pronúncia
das palavras, como o <http://www.ldoceonline.com> (acesso em: 08 out 2013) e o <http://
www.oxforddictionaries.com> (acesso em: 08 out 2013).

Think about it!

A língua portuguesa também tem palavras homófonas. Alguns exem-


plos são: censo/senso, acento/assento e concerto/conserto. Você consegue
lembrar-se de outros exemplos? Quando você ouve alguém dizer uma
dessas palavras, como você sabe qual delas está sendo falada?

As respostas devem variar bastante. Outros exemplos de palavras homófonas em português são: seção, sessão e cessão; cem e sem;
paço e passo. Ao ouvir uma dessas palavras, conseguimos distingui-la de sua homófona pela relação com as outras palavras da frase
e pelo contexto.

76
Inglês – 8a série/9o ano – Volume 1

GRADE DE AUTOAVALIAÇÃO DAS SITUAÇÕES DE


APRENDIZAGEM E PROPOSTA DE AVALIAÇÃO

Como vimos no início deste Caderno, pro- as produções escritas para este tema e com
pomos diferentes procedimentos de avaliação o material semelhante produzido no tema
para este volume: 1) uma avaliação proces- anterior. O portfólio (organizado em uma
sual da participação e do desempenho dos pasta ou caderno) será um registro concreto
seus alunos durante as aulas; 2) um portfólio das produções e do desenvolvimento de seus
com as atividades-síntese de produção escrita alunos ao longo do ano.
(o texto biográfico e a ficha descritiva sobre
uma invenção) e uma autoavaliação (Can-do Para ajudá-los a responder à autoavalia-
chart); e 3) uma prova individual a ser aplica- ção a seguir, você pode ler com eles cada um
da a seu critério. dos itens, sempre mostrando quais ativida-
des estão relacionadas com cada habilidade
Na autoavaliação, as expectativas de e competência. Por exemplo, o item “com-
aprendizagem estão organizadas em uma ta- pletar uma ficha com dados biográficos” foi
bela, com as habilidades e competências, isto trabalhado na Situação de Aprendizagem 1 e
é, com aquilo que se espera que os alunos também na atividade-síntese na Situação de
tenham aprendido a fazer (can-do) ao longo Aprendizagem 4, dependendo de qual gênero
das Situações de Aprendizagem. Depois que você escolheu. Então, você pode pedir que os
os alunos preencherem a tabela, ela deverá alunos recuperem aquele material, ajudando-
ser arquivada no portfólio, juntamente com -os a responder à autoavaliação.

Can-do Chart
Consigo, mas Ainda não
Expectativas de aprendizagem Consigo
com ajuda consigo
1. Explicar algumas diferenças entre uma
reportagem de revista, um verbete de
enciclopédia e uma entrevista.

2. Identificar o objetivo geral de um texto.

3. Localizar informações específicas em um


texto.

4. Completar uma ficha com dados biográficos.

5. Utilizar informações de uma ficha para


completar um verbete de enciclopédia.

77
6. Completar frases com dados biográficos.

7. Relacionar perguntas e respostas em uma


entrevista.
8. Identificar temas presentes em textos
biográficos.
9. Diferenciar frases e perguntas que tratam do
presente daquelas que tratam do passado
10. Conhecer um pouco Marta Vieira da Silva,
Pelé e J. K. Rowling.
11. Identificar características de um anúncio
publicitário, de um verbete de enciclopédia e
de uma página da internet.
12. Identificar o tema geral de um texto.
13. Identificar verbos no passado (regulares e
irregulares).
14. Pesquisar informações sobre a história de
uma invenção.
15. Descrever a função de uma invenção.
16. Descrever as qualidades de uma invenção.
17. Transpor informações de um texto para uma
tabela.
18. Organizar e selecionar informações sobre uma
invenção.
19. Descrever, de modo simples, como era a vida
das pessoas antes do surgimento de uma
invenção.
20. Sugerir correções nos textos dos meus colegas.
21. Analisar as correções sugeridas pelos meus
colegas sobre o meu texto.
22. Escrever uma ficha com a descrição de uma
invenção.
23. Fazer a edição final de um texto,
considerando sua aparência (tamanho e estilo
das letras, distribuição do texto etc.).
24. Trabalhar em equipe, ajudando meus colegas
e realizando minhas tarefas.

78
Inglês – 8a série/9o ano – Volume 1

Name: ______________________________________________ Group: _________ Date: _________

PROPOSTA DE AVALIAÇÃO

Leia o texto a seguir para responder às questões de 1 a 5.

Niemeyer, Oscar (1907-2013)

Born in Rio de Janeiro – at the time, the capital of Brazil – the architect studied at the National
School of Fine Arts in Brazil and began to work in the office of Lúcio Costa in 1935. In the
following year, 1936, and for the next seven years, he was part of the team that, in collaboration with
Le Corbusier, was responsible for the design of the Ministry of Education and the Public Health
buildings of the capital (Rio de Janeiro). In 1939, still with Lúcio Costa, he designed the Brazilian
Pavilion at the New York World Fair. Later, he became the coordinator and chief architect responsible
for the development of Brasília. A member of the Communist Party of Brazil, Niemeyer was forced
into exile in France, in 1964, due to the Brazilian political situation. He was awarded the Lenin Peace
Prize in 1963. In 1970, he was awarded the Gold Medal of the American Institute of Architecture and,
in 1988, he shared the Pritzker Architecture Prize with Gordon Bunshaft.

1. Que tipo de texto é esse?

a) Uma propaganda.

b) Uma biografia em um verbete de enciclopédia.

c) Uma reportagem biográfica em um jornal ou revista.

d) Um cartão com os dados pessoais de uma pessoa.

2. Justifique, em português, sua resposta para a questão 1.

3. Em que ano Niemeyer nasceu?

a) 1907. c) 1939.
b) 1935. d) 1964.

79
4. Onde Niemeyer estudou?

a) National School of Fine Arts. c) Ministry of Education.


b) Lúcio Costa. d) New York World Fair.

5. Um dos prêmios que Niemeyer recebeu em sua carreira foi:

a) Le Corbusier. c) Brasília.

b) Brazilian Pavilion. d) Gold Medal of the American Institute


of Architecture.

Leia o texto a seguir para responder às questões de 6 a 8.

SEWING MACHINE

A machine that is used for stitching cloth or other materials together. The first sewing machine was
invented in 1830 by Barthélemy Thimonnier, a tailor, in France. In the United States, Walter Hunt
also invented a sewing machine in 1834, but did not patent it. Later, in 1846, the device was improved
by another American, Elias Howe, whose business was not successful at first. Isaac M. Singer made
small modifications in the machine and patented his improvements in 1851. His business became a
success: his company sold 2,564 machines in 1856, and 13,000 in 1860.

6. Que tipo de texto é esse?

a) Um anúncio publicitário.

b) Uma ficha descritiva.

c) Um verbete de enciclopédia.

d) Um manual de instruções.

e) Uma página da internet.

7. Qual o assunto do texto?

80
Inglês – 8a série/9o ano – Volume 1

8. Com base no texto, complete a tabela com as informações que estão faltando.

Who? When? Where? Successful?


1830
Walter Hunt
Estados Unidos não
Isaac M. Singer

9. Leia as frases a seguir.

(I) The electric iron was invented by Henry W. Seely.

(II) It is important to patent your invention.

(III) His business became a success.

Agora escolha a alternativa correta.

a) Todas as frases referem-se a eventos no passado.

b) Todas as frases referem-se a eventos no presente.

c) Apenas a frase (II) refere-se a um evento no passado.

d) Apenas as frases (I) e (II) referem-se a eventos no presente.

e) Apenas as frases (I) e (III) referem-se a eventos no passado.

10. Qual frase descreve corretamente a função da máquina de costura?

a) It’s compact and durable.

b) It’s used for sewing clothes.

c) It’s used for carrying water.

d) It’s an invention.

e) It was invented by Barthélemy Thimonnier.

81
Respostas
Competência
Questão Resposta/justificativa
leitora/escritora
Identificar o gênero de Alternativa b): o texto é uma biografia em um verbete de enciclopédia, seme-
1
um texto e seu suporte. lhante ao texto da Situação de Aprendizagem 2.

Identificar características A resposta deve mencionar características de um texto biográfico em um ver-


2 de um gênero textual e de bete de enciclopédia. Alternativamente, o aluno pode explicar as caracterís-
seu suporte. ticas das outras alternativas da questão 1 que não estão presentes nesse texto.

Localizar informações
específicas em um texto
Alternativa a) o aluno deve identificar que Niemeyer nasceu em 1907 (a infor-
3 (o ano de nascimento de mação está no início do verbete).
um biografado em um
verbete).

Localizar informações Alternativa a): os alunos devem reconhecer, no texto, o verbo studied (estu-
4
específicas em um texto. dou).

Localizar informações Alternativa d): os alunos devem reconhecer, no texto, palavras como awarded
5
específicas em um texto. (premiado) e medal (medalha).

Alternativa c): anúncios publicitários, fichas e páginas da internet têm outro


Reconhecer o gênero de
6 layout de distribuição do texto, e manuais de instrução descrevem como uti-
um texto. lizar uma máquina (e não a história de sua invenção).

O assunto do texto é a máquina de costura, incluindo sua descrição e a his-


Identificar o assunto
7 tória de sua invenção. Aceite respostas que mencionem esses aspectos, ainda
geral de um texto. que com outras palavras.

Barthélemy Thimonnier, França


1834, Estados Unidos
Localizar informações
Elias Howe, 1846
específicas/transpor
8 1851, sim
informações de um texto As informações estão explícitas no texto, mas os alunos devem conseguir
para uma tabela. transpô-las para os campos corretos na tabela. Você também pode aceitar
respostas dadas em inglês.

Alternativa e): os alunos devem identificar was invented, na frase (I), e


Identificar verbos na
9 became, na frase (III), como sendo verbos no passado. A frase (II) contém um
forma do passado. verbo no presente (is) e um no infinitivo (to patent).

Alternativa b): os alunos devem identificar a estrutura it’s used for... ing como
Descrever a função de indicando a função de um objeto e também distinguir entre sewing clothes
10
uma invenção. (costurar roupas) e carrying water (carregar água). As alternativas a), d) e e)
não definem a função da máquina.

82
Inglês – 8a série/9o ano – Volume 1

PROPOSTAS DE SITUAÇÕES DE RECUPERAÇÃO

Informações biográficas, léxico e Opção 2:


tempo verbal
Ayrton Senna (1960-1994)
Nas frases e no texto a seguir, os alunos de-
vem circular a resposta correta entre as duas Ayrton Senna was born/died on March
alternativas sublinhadas. Para tanto, eles pre- st
21 , 1960 in São Paulo, Brazil. He was/had
cisam retomar vários dos conteúdos vistos no a famous car racer and win/won three world
primeiro tema. Além disso, no caso da Op- championships. Over his 10-year period
ção 1, é preciso reler o texto da Situação de in Formula One, he starts/started in pole
Aprendizagem 1. position 40% of the time and is/was the
winner in 25% of the races. He was born/died
Opção 1: on May 1st, 1994, in an accident during a race
in Imola, Italy.
a) Marta is/was successful.
Respostas
b) She received/did not receive an award in was born, was, won, started, was, died.
2006.
Verbos regulares e irregulares
c) In the 2011 World Cup, the Brazilian
female team lost/won. Peça que os alunos elaborem uma tabe-
la com duas colunas em seus cadernos: uma
d) Marta’s father is/was a barber. coluna para verbos regulares e outra para os
irregulares. Eles devem então rever os textos
e) When she was a child, Marta lived with her e atividades do Caderno e fazer um levanta-
father/mother. mento dos verbos no passado que aparecem
no material, organizando-os na tabela como
f) Her family was poor/rich, so Marta em um glossário. Cada verbo pode ser anotado
used plastic bags and paper to make/buy da seguinte forma: forma do infinitivo, forma
footballs. do passado simples, emprego em uma frase
Respostas (que pode ser retirada da própria Situação de
a) is; b) received; c) lost; d) was; e) mother; f) poor, make. Aprendizagem) e tradução do verbo. Assim,
por exemplo, um “verbete” dessa tabela pode-
ria ficar da seguinte forma: play – played – She
played in the Uefa Cup final – jogar/jogou.

83
As funções de uma invenção – Peça que os na biblioteca da escola ou as indicações de
alunos completem as frases a seguir com o sites na lista de recursos adicionais). Primei-
nome de uma invenção – por exemplo soap, ramente, peça que os alunos construam uma
na letra a) – ou com o nome de uma marca. tabela parecida com a utilizada na Situação
de Aprendizagem 6. Depois, faça com eles a
a) _______________ is used for cleaning. leitura do primeiro texto e preencha as pri-
meiras linhas da tabela, de modo que possam
b) _______________ is used for perceber como trabalhar. Em seguida, peça
communicating with people. que eles continuem a atividade de maneira
independente.
c) _______________ is used for listening
to music. As qualidades de uma invenção – Os alunos
devem selecionar e trazer um anúncio pu-
d) _______________ is used for traveling. blicitário em língua portuguesa. Peça a eles
que identifiquem no texto as qualidades atri-
e) _______________ is used for studying. buídas ao produto ou ao serviço anunciado.
Em seguida, você pode distribuir um anúncio
A história de uma invenção – Traga tex- publicitário antigo em inglês (veja a lista de
tos que descrevam a história da invenção de recursos na internet) e pedir que os alunos
outros dois ou três equipamentos ou objetos identifiquem algumas das características do
(para isso, verifique o material disponível produto ou serviço.

84
Inglês – 8a série/9o ano – Volume 1

INSTANT LANGUAGE

Some verbs & phrases


grow up lose a competition/game/match
dream of score a goal/point
play in the final defeat the opponent
play for a team join a team/a club
win a competition/game/match choose a profession

Question words
who why
what how long
where how
when

Present simple

Affirmative Negative Interrogative

I I I
don’t play
We play soccer We we play soccer
soccer Do
You every day. You you every day?
every day.
They They they
He He doesn’t he
plays soccer play soccer
She She play soccer Does she
every day. every day?
It It every day. it

85
Past simple
Affirmative Negative Interrogative
I I I
He He he
She played She didn’t play she play
It soccer last It soccer last Did it soccer last
We Saturday. We Saturday. we Saturday?
You You you
They They they

Past simple: verb TO BE

Affirmative Negative Interrogative

I I I
was not here yesterday.
He was here He he
(or) Was
She yesterday. She she
wasn’t here yesterday. here
It It it
We We were not here yesterday. yesterday?
were here we
You You (or) Were you
yesterday.
They They weren’t here yesterday. they

Present perfect
Affirmative Negative Interrogative

I have have not played soccer I


I
We played for 5 years. we
We Have played
You soccer for (or) you
You soccer
They 5 years. haven’t played soccer they
They for 5
has for 5 years. he
He years?
played has not played soccer Has she
She
soccer for He for 5 years. it
It
5 years. She (or)
It hasn’t played soccer
for 5 years.

86
Inglês – 8a série/9o ano – Volume 1

Some verbs & phrases

to describe something to consist of


to be organized to succeed in
to be divided to pay for
to sell a product

Opposite adjectives
Special verb pattern cheap ≠ expensive

to be + used for + verb in the –ing form beautiful ≠ ugly


The zipper is used for closing a jacket. simple ≠ complicated
old ≠ new
big ≠ small

Suffixes –er and –or

play – player calculate – calculator


drive – driver invent – inventor

Past simple
Affirmative Negative Interrogative
I invented… I didn’t invent… Did I invent…?
You invented... You didn’t invent… Did you invent…?
He invented... He didn’t invent… Did he invent…?
She invented... She didn’t invent… Did she invent…?
It invented... It didn’t invent… Did it invent…?
We invented... We didn’t invent… Did we invent…?
You invented... You didn’t invent… Did you invent…?
They invented... They didn’t invent… Did they invent…?

87
Present simple
Affirmative Negative Interrogative
I invent… I don’t invent… Do I invent…?
You invent... You don’t invent… Do you invent…?
He invents... He doesn’t invent… Does he invent…?
She invents... She doesn’t invent… Does she invent…?
It invents... It doesn’t invent… Does it invent…?
We invent... We don’t invent… Do we invent…?
You invent... You don’t invent… Do you invent…?
They invent... They don’t invent… Do they invent…?

88
Inglês – 8a série/9o ano – Volume 1

Some irregular verbs

Base form Past simple Past participle


be was, were been
become became become
bring brought brought
build built built
buy bought bought
do did done
drink drank drunk
eat ate eaten
fall fell fallen
get got got, gotten
give gave given
go went gone
grow grew grown
have had had
lead led led
leave left left
lose lost lost
make made made
mean meant meant
meet met met
read read read
see saw seen
sell sold sold
send sent sent
spend spent spent
take took taken
tell told told
wear wore worn
write wrote written

89
CONSIDERAÇÕES FINAIS
Caro(a) professor(a), da língua inglesa, esperamos que as Situa-
ções de Aprendizagem desse tema tenham
Sabemos das dificuldades que cada um en- possibilitado aos seus alunos expandir seus
frenta em seu dia a dia na escola. Este Caderno conhecimentos sobre o tempo verbal passa-
é uma tentativa de diminuir essa dificuldade, do. Esse conteúdo continuou sendo aborda-
subsidiando-o com ideias e conteúdo. Além do no segundo tema, Famous inventors and
disso, é um material que busca expor nossos their inventions, cujo objetivo foi desenvol-
alunos a textos que encontrarão no mundo e a ver as competências de leitura e escrita de
leituras que precisarão também fazer no mun- material significativo e contextualizado. Es-
do para ter mais acesso a emprego e chances peramos que esse tema tenha provocado des-
de continuar sua formação. cobertas e reflexões entre os alunos sobre a
história de alguns objetos do cotidiano: para
O objetivo deste Caderno foi desenvolver que servem, suas características e quem os
as competências de leitura de textos autênti- inventou.
cos e de escrita de material significativo e con-
textualizado a partir dos temas Biographies of Os gêneros textuais explorados foram va-
remarkable people e Famous inventors and their riados, indo da propaganda antiga à página
inventions. na internet, e as habilidades de escrita foram
trabalhadas nas quatro Situações de Aprendi-
Esperamos que o trabalho com os textos zagem de cada tema, resultando na redação de
biográficos no tema 1 tenha sido prazeroso um texto biográfico e de uma ficha descritiva
e proveitoso. Quanto aos aspectos sistêmicos bastante detalhada sobre uma invenção.

90
Inglês – 8a série/9o ano – Volume 1

QUADRO DE CONTEÚDOS DO ENSINO


FUNDAMENTAL – ANOS FINAIS
5a série/6o ano 6a série/7o ano 7a série/8o ano 8a série/9o ano
r Cumprimentos e r Denominação em língua r Identificação de r Identificação de
despedidas em inglês inglesa dos diferentes comemorações (Dia biografias de pessoas
r/ÎWFJTEFGPSNBMJEBEF espaços comerciais dos Namorados, Ano- marcantes da história
em cumprimentos e e comunitários que -Novo, Independência) nacional e internacional
despedidas estão nos arredores da que ocorrem em datas e que ainda estão vivas
r*EFOUJàDBÉÈPQFTTPBM escola (banco, padaria, de modos diferentes em r*EFOUJàDBÉÈPEF
nome, idade, endereço e supermercado, farmácia). diversos países e culturas quando e onde as
telefone r3FMBÉÈPFOUSFFTQBÉPT r-PDBMJ[BÉÈPEF pessoas nasceram e
r/ÙNFSPTFNMÎOHVB comerciais, sua função informações explícitas estudaram, que língua
inglesa e as ações que neles em textos informativos falam, de que gostavam
r1SPOPNFTQFTTPBJTF ocorrem. sobre o tema em estudo quando eram pequenas
adjetivos possessivos r%FOPNJOBÉÈPEBT r%BUBT r3FMBÉÈPFOUSFCJPHSBàBT
r3FDPOIFDJNFOUPEF diferentes modalidades de r3FWJTÈPOPNFTEF e profissões
palavras estrangeiras esportes países e nacionalidades r3FMBÉÈPFOUSFJOWFOÉ×FT
em nomes de lugares, r3FDPOIFDJNFOUPEF em língua inglesa e inventores (quem fez
Volume 1

marcas de produtos, palavras inglesas ou de r5FNQPTWFSCBJT o quê)


equipamentos, jogos, origem inglesa usadas em presente e verbos de ação r Descrições de
internet etc. diferentes modalidades (retomada); passado invenções, Situando-as
r"OÃMJTFEFQBMBWSBT esportivas, em textos na simples (verbos regulares no momento histórico
estrangeiras presentes língua portuguesa e irregulares) r3FMBÉÈPFOUSFVNB
no cotidiano, sua origem r3FMBÉÈPFOUSF r$POFDUJWPT and, but, so) invenção e seu uso social
e adaptação em língua modalidades esportivas r"EWÊSCJPTEFUFNQP  r7FSCPTFBEKFUJWPT
materna e ações praticadas pelos frequência, lugar e modo rTempos verbais:
atletas passado e presente
r%FOPNJOBÉÈPEFQBÎTFT (retomada); passado
e nacionalidades. e passado contínuo
r7FSCPTEFBÉÈP e presente perfeito
r5FNQPTWFSCBJT (reconhecimento do uso)
presente contínuo e r7P[QBTTJWB It’s used
presente simples for... –ing; it was invented
r7FSCPNPEBMcan (para by…)
expressar habilidades).
rThere is/there are

91
5a série/6o ano 6a série/7o ano 7a série/8o ano 8a série/9o ano
r%FOPNJOBÉÈPEF r%FOPNJOBÉÈPEPT r%FOPNJOBÉÈPEBT r*EFOUJàDBÉÈPEPT
objetos (caneta, lápis, espaços de lazer da cidade diferentes refeições, elementos de uma
mochila) e móveis (parques, museus, cinemas) alimentos e bebidas narrativa (o quê, quando,
escolares (carteira, r3FMBÉÈPFOUSFEJGFSFOUFT r3FMBÉÈPFOUSFBMJNFOUPT onde, como)
cadeira, lousa) espaços de lazer e as e bebidas e refeições r0SHBOJ[BÉÈP
r%FOPNJOBÉÈPEPT atividades que neles se r*EFOUJàDBÉÈPEPT cronológica de eventos
espaços da escola (sala pode praticar (o que fazer hábitos alimentares em r3FMBÉÈPFOUSFVN
dos professores, sala e onde) diferentes culturas acontecimento e
de aula, biblioteca) e r*EFOUJàDBÉÈPEF r%JTUJOÉÈPFOUSF uma emoção por ele
dos profissionais que informações específicas alimentos e bebidas provocada
nela atuam (inspetor, sobre os espaços de saudáveis × não r%FTDSJÉÈPEFTFOTBÉ×FT
secretária, diretor, lazer, tais como horários saudáveis (junk food × e sentimentos
professor) de funcionamento, healthy food); r1SFWJT×FTQBSBPGVUVSP
r3FMBÉÈPFOUSF localização, tarifas etc. r*EFOUJàDBÉÈPEF pessoal e coletivo
ilustração e descrição r%FOPNJOBÉÈPEF mudança de hábitos em r5FNQPTWFSCBJT
Volume 2

de diferentes tipos de diferentes atividades de diferentes épocas (a vida passado, passado


moradia lazer (cinema, leitura, de um jovem hoje e a de contínuo e futuro (will,
r%FOPNJOBÉÈPEF música etc.) praticadas e quem foi jovem há 30 there will be)
espaços de uma casa apreciadas: preferências anos) r3FMBÉÈPFOUSF
e dos itens de mobília r3FWJTÈPthere + be/can, r"EWÊSCJPTFFYQSFTT×FT mudanças e aspectos da
mais comuns presente, presente contínuo adverbiais de tempo vida pessoal e social
r"EKFUJWPTVTBEPTQBSB r5FNQPWFSCBMQSFTFOUF r5FNQPTWFSCBJT r"EWÊSCJPTFFYQSFTT×FT
descrever casas e seus (em foco: formas presente e passado adverbiais de tempo,
espaços interrogativa e negativa) (retomada), passado lugar e modo
r1SFQPTJÉ×FTEFMVHBS contínuo, used to r&TUVEPEPTBEKFUJWPT
r%JGFSFOUFTTJHOJàDBEPT (formas comparativas)
dos pronomes indefinidos r&TUSVUVSBTWFSCBJT
(quantificadores): much, hope to, wish to, would
many, a lot, (a) little, (a) like to
few, some, any, no
r7FSCPNPEBMshould

92
Inglês – 8a série/9o ano – Volume 1

GABARITO
Exemplo de preenchimento do Vocabulary log com base na palavra childhood, que aparece no
texto da Situação de Aprendizagem1.

Situated Learning 1

- part of your life when


you are a child
- infância
childhood

Sentence She has two elder brothers and a sister, and they all had a very
from the text hard chilhood.

Exemplo de preenchimento do Vocabulary log com base na expressão sewing machine, que apa-
rece no texto da Situação de Aprendizagem 5.

Situated Learning 6

My grandma has a

© iStock/Thinkstock/
Getty Images
sewing
- equipment to make
sewing machine.
clothes
machine

Sentence
Acknowledged to be the best cheap family sewing machine.
from the text

93
CONCEPÇÃO E COORDENAÇÃO GERAL Química: Ana Joaquina Simões S. de Matos Rosângela Teodoro Gonçalves, Roseli Soares
NOVA EDIÇÃO 2014-2017 Carvalho, Jeronimo da Silva Barbosa Filho, João Jacomini, Silvia Ignês Peruquetti Bortolatto e Zilda
Batista Santos Junior e Natalina de Fátima Mateus. Meira de Aguiar Gomes.
COORDENADORIA DE GESTÃO DA
EDUCAÇÃO BÁSICA – CGEB Área de Ciências Humanas Área de Ciências da Natureza
Filosofia: Emerson Costa, Tânia Gonçalves e Biologia: Aureli Martins Sartori de Toledo, Evandro
Coordenadora
Teônia de Abreu Ferreira.
Maria Elizabete da Costa Rodrigues Vargas Silvério, Fernanda Rezende
Geografia: Andréia Cristina Barroso Cardoso, Pedroza, Regiani Braguim Chioderoli e Rosimara
Diretor do Departamento de Desenvolvimento Santana da Silva Alves.
Débora Regina Aversan e Sérgio Luiz Damiati.
Curricular de Gestão da Educação Básica
João Freitas da Silva História: Cynthia Moreira Marcucci, Maria Ciências: Davi Andrade Pacheco, Franklin Julio
Margarete dos Santos e Walter Nicolas Otheguy de Melo, Liamara P. Rocha da Silva, Marceline
Diretora do Centro de Ensino Fundamental Fernandez. de Lima, Paulo Garcez Fernandes, Paulo Roberto
dos Anos Finais, Ensino Médio e Educação
Orlandi Valdastri, Rosimeire da Cunha e Wilson
Profissional – CEFAF Sociologia: Alan Vitor Corrêa, Carlos Fernando de
Luís Prati.
Valéria Tarantello de Georgel Almeida e Tony Shigueki Nakatani.

Coordenadora Geral do Programa São Paulo PROFESSORES COORDENADORES DO NÚCLEO Física: Ana Claudia Cossini Martins, Ana Paula
faz escola PEDAGÓGICO Vieira Costa, André Henrique GhelÅ RuÅno,
Valéria Tarantello de Georgel Cristiane Gislene Bezerra, Fabiana Hernandes
Área de Linguagens
M. Garcia, Leandro dos Reis Marques, Marcio
Coordenação Técnica Educação Física: Ana Lucia Steidle, Eliana Cristine
Bortoletto Fessel, Marta Ferreira Mafra, Rafael
Roberto Canossa Budisk de Lima, Fabiana Oliveira da Silva, Isabel
Plana Simões e Rui Buosi.
Roberto Liberato Cristina Albergoni, Karina Xavier, Katia Mendes
Suely Cristina de Albuquerque BomÅm e Silva, Liliane Renata Tank Gullo, Marcia Magali
Química: Armenak Bolean, Cátia Lunardi, Cirila
Rodrigues dos Santos, Mônica Antonia Cucatto da
EQUIPES CURRICULARES Tacconi, Daniel B. Nascimento, Elizandra C. S.
Silva, Patrícia Pinto Santiago, Regina Maria Lopes,
Lopes, Gerson N. Silva, Idma A. C. Ferreira, Laura
Área de Linguagens Sandra Pereira Mendes, Sebastiana Gonçalves
C. A. Xavier, Marcos Antônio Gimenes, Massuko
Arte: Ana Cristina dos Santos Siqueira, Carlos Ferreira Viscardi, Silvana Alves Muniz.
S. Warigoda, Roza K. Morikawa, Sílvia H. M.
Eduardo Povinha, Kátia Lucila Bueno e Roseli Língua Estrangeira Moderna (Inglês): Célia Fernandes, Valdir P. Berti e Willian G. Jesus.
Ventrela. Regina Teixeira da Costa, Cleide Antunes Silva,
Ednéa Boso, Edney Couto de Souza, Elana Área de Ciências Humanas
Educação Física: Marcelo Ortega Amorim, Maria
Simone Schiavo Caramano, Eliane Graciela Filosofia: Álex Roberto Genelhu Soares, Anderson
Elisa Kobs Zacarias, Mirna Leia Violin Brandt,
dos Santos Santana, Elisabeth Pacheco Lomba Gomes de Paiva, Anderson Luiz Pereira, Claudio
Rosângela Aparecida de Paiva e Sergio Roberto
Kozokoski, Fabiola Maciel Saldão, Isabel Cristina Nitsch Medeiros e José Aparecido Vidal.
Silveira.
dos Santos Dias, Juliana Munhoz dos Santos,
Língua Estrangeira Moderna (Inglês e Kátia Vitorian Gellers, Lídia Maria Batista Geografia: Ana Helena Veneziani Vitor, Célio
Espanhol): Ana Paula de Oliveira Lopes, Jucimeire BomÅm, Lindomar Alves de Oliveira, Lúcia Batista da Silva, Edison Luiz Barbosa de Souza,
de Souza Bispo, Marina Tsunokawa Shimabukuro, Aparecida Arantes, Mauro Celso de Souza, Edivaldo Bezerra Viana, Elizete Buranello Perez,
Neide Ferreira Gaspar e Sílvia Cristina Gomes Neusa A. Abrunhosa Tápias, Patrícia Helena Márcio Luiz Verni, Milton Paulo dos Santos,
Nogueira. Passos, Renata Motta Chicoli Belchior, Renato Mônica Estevan, Regina Célia Batista, Rita de
José de Souza, Sandra Regina Teixeira Batista de Cássia Araujo, Rosinei Aparecida Ribeiro Libório,
Língua Portuguesa e Literatura: Angela Maria
Campos e Silmara Santade Masiero. Sandra Raquel Scassola Dias, Selma Marli Trivellato
Baltieri Souza, Claricia Akemi Eguti, Idê Moraes dos
e Sonia Maria M. Romano.
Santos, João Mário Santana, Kátia Regina Pessoa, Língua Portuguesa: Andrea Righeto, Edilene
Mara Lúcia David, Marcos Rodrigues Ferreira, Roseli Bachega R. Viveiros, Eliane Cristina Gonçalves
Ramos, Graciana B. Ignacio Cunha, Letícia M. História: Aparecida de Fátima dos Santos
Cordeiro Cardoso e Rozeli Frasca Bueno Alves.
de Barros L. Viviani, Luciana de Paula Diniz, Pereira, Carla Flaitt Valentini, Claudia Elisabete
Área de Matemática Márcia Regina Xavier Gardenal, Maria Cristina Silva, Cristiane Gonçalves de Campos, Cristina
Matemática: Carlos Tadeu da Graça Barros, Cunha Riondet Costa, Maria José de Miranda de Lima Cardoso Leme, Ellen Claudia Cardoso
Ivan Castilho, João dos Santos, Otavio Yoshio Nascimento, Maria Márcia Zamprônio Pedroso, Doretto, Ester Galesi Gryga, Karin Sant’Ana
Yamanaka, Rodrigo Soares de Sá, Rosana Jorge Patrícia Fernanda Morande Roveri, Ronaldo Cesar Kossling, Marcia Aparecida Ferrari Salgado de
Monteiro, Sandra Maira Zen Zacarias e Vanderley Alexandre Formici, Selma Rodrigues e Barros, Mercia Albertina de Lima Camargo,
Aparecido Cornatione. Sílvia Regina Peres. Priscila Lourenço, Rogerio Sicchieri, Sandra Maria
Fodra e Walter Garcia de Carvalho Vilas Boas.
Área de Ciências da Natureza Área de Matemática
Biologia: Aparecida Kida Sanches, Elizabeth Matemática: Carlos Alexandre Emídio, Clóvis Sociologia: Anselmo Luis Fernandes Gonçalves,
Reymi Rodrigues, Juliana Pavani de Paula Bueno e Antonio de Lima, Delizabeth Evanir Malavazzi, Celso Francisco do Ó, Lucila Conceição Pereira e
Rodrigo Ponce. Edinei Pereira de Sousa, Eduardo Granado Garcia, Tânia Fetchir.
Ciências: Eleuza Vania Maria Lagos Guazzelli, Evaristo Glória, Everaldo José Machado de Lima,
Gisele Nanini Mathias, Herbert Gomes da Silva e Fabio Augusto Trevisan, Inês Chiarelli Dias, Ivan Apoio:
Maria da Graça de Jesus Mendes. Castilho, José Maria Sales Júnior, Luciana Moraes Fundação para o Desenvolvimento da Educação
Funada, Luciana Vanessa de Almeida Buranello, - FDE
Física: Carolina dos Santos Batista, Fábio Mário José Pagotto, Paula Pereira Guanais, Regina
Bresighello Beig, Renata Cristina de Andrade Helena de Oliveira Rodrigues, Robson Rossi, CTP, Impressão e acabamento
Oliveira e Tatiana Souza da Luz Stroeymeyte. Rodrigo Soares de Sá, Rosana Jorge Monteiro, Esdeva Indústria GráÅca Ltda.
GESTÃO DO PROCESSO DE PRODUÇÃO CONCEPÇÃO DO PROGRAMA E ELABORAÇÃO DOS Filosofia: Paulo Miceli, Luiza Christov, Adilton Luís
EDITORIAL 2014-2017 CONTEÚDOS ORIGINAIS Martins e Renê José Trentin Silveira.

COORDENAÇÃO DO DESENVOLVIMENTO Geografia: Angela Corrêa da Silva, Jaime Tadeu


FUNDAÇÃO CARLOS ALBERTO VANZOLINI DOS CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS DOS Oliva, Raul Borges Guimarães, Regina Araujo e
CADERNOS DOS PROFESSORES E DOS Sérgio Adas.
Presidente da Diretoria Executiva CADERNOS DOS ALUNOS
Antonio Rafael Namur Muscat Ghisleine Trigo Silveira História: Paulo Miceli, Diego López Silva,
Glaydson José da Silva, Mônica Lungov Bugelli e
CONCEPÇÃO
Vice-presidente da Diretoria Executiva Raquel dos Santos Funari.
Guiomar Namo de Mello, Lino de Macedo,
Alberto Wunderler Ramos Luis Carlos de Menezes, Maria Inês Fini Sociologia: Heloisa Helena Teixeira de Souza
coordenadora! e Ruy Berger em memória!.
Martins, Marcelo Santos Masset Lacombe,
GESTÃO DE TECNOLOGIAS APLICADAS
Melissa de Mattos Pimenta e Stella Christina
À EDUCAÇÃO AUTORES
Schrijnemaekers.

Direção da Área Linguagens


Coordenador de área: Alice Vieira. Ciências da Natureza
Guilherme Ary Plonski
Arte: Gisa Picosque, Mirian Celeste Martins, Coordenador de área: Luis Carlos de Menezes.
Geraldo de Oliveira Suzigan, Jéssica Mami Biologia: Ghisleine Trigo Silveira, Fabíola Bovo
Coordenação Executiva do Projeto
Makino e Sayonara Pereira. Mendonça, Felipe Bandoni de Oliveira, Lucilene
Angela Sprenger e Beatriz Scavazza
Aparecida Esperante Limp, Maria Augusta
Educação Física: Adalberto dos Santos Souza, Querubim Rodrigues Pereira, Olga Aguilar Santana,
Gestão Editorial
Carla de Meira Leite, Jocimar Daolio, Luciana Paulo Roberto da Cunha, Rodrigo Venturoso
Denise Blanes
Venâncio, Luiz Sanches Neto, Mauro Betti, Mendes da Silveira e Solange Soares de Camargo.
Renata Elsa Stark e Sérgio Roberto Silveira.
Equipe de Produção
Ciências: Ghisleine Trigo Silveira, Cristina Leite,
LEM – Inglês: Adriana Ranelli Weigel Borges, João Carlos Miguel Tomaz Micheletti Neto,
Editorial: Amarilis L. Maciel, Angélica dos Santos
Alzira da Silva Shimoura, Lívia de Araújo Donnini Julio Cézar Foschini Lisbôa, Lucilene Aparecida
Angelo, Bóris Fatigati da Silva, Bruno Reis, Carina
Rodrigues, Priscila Mayumi Hayama e Sueli Salles Esperante Limp, Maíra Batistoni e Silva, Maria
Carvalho, Carla Fernanda Nascimento, Carolina Fidalgo. Augusta Querubim Rodrigues Pereira, Paulo
H. Mestriner, Carolina Pedro Soares, Cíntia Leitão,
Rogério Miranda Correia, Renata Alves Ribeiro,
Eloiza Lopes, Érika Domingues do Nascimento, LEM – Espanhol: Ana Maria López Ramírez, Isabel
Ricardo Rechi Aguiar, Rosana dos Santos Jordão,
Flávia Medeiros, Gisele Manoel, Jean Xavier, Gretel María Eres Fernández, Ivan Rodrigues
Simone Jaconetti Ydi e Yassuko Hosoume.
Karinna Alessandra Carvalho Taddeo, Leandro Martin, Margareth dos Santos e Neide T. Maia
Calbente Câmara, Leslie Sandes, Mainã Greeb González.
Física: Luis Carlos de Menezes, Estevam Rouxinol,
Vicente, Marina Murphy, Michelangelo Russo, Guilherme Brockington, Ivã Gurgel, Luís Paulo
Língua Portuguesa: Alice Vieira, Débora Mallet
Natália S. Moreira, Olivia Frade Zambone, Paula de Carvalho Piassi, Marcelo de Carvalho Bonetti,
Pezarim de Angelo, Eliane Aparecida de Aguiar,
Felix Palma, Priscila Risso, Regiane Monteiro Maurício Pietrocola Pinto de Oliveira, Maxwell
José Luís Marques López Landeira e João
Pimentel Barboza, Rodolfo Marinho, Stella Roger da PuriÅcação Siqueira, Sonia Salem e
Henrique Nogueira Mateos.
Assumpção Mendes Mesquita, Tatiana F. Souza e Yassuko Hosoume.
Tiago Jonas de Almeida. Matemática
Coordenador de área: Nílson José Machado. Química: Maria Eunice Ribeiro Marcondes, Denilse
Direitos autorais e iconografia: Beatriz Fonseca Matemática: Nílson José Machado, Carlos Morais Zambom, Fabio Luiz de Souza, Hebe
Micsik, Érica Marques, José Carlos Augusto, Juliana Eduardo de Souza Campos Granja, José Luiz Ribeiro da Cruz Peixoto, Isis Valença de Sousa
Prado da Silva, Marcus Ecclissi, Maria Aparecida Pastore Mello, Roberto Perides Moisés, Rogério Santos, Luciane Hiromi Akahoshi, Maria Fernanda
Acunzo Forli, Maria Magalhães de Alencastro e Ferreira da Fonseca, Ruy César Pietropaolo e Penteado Lamas e Yvone Mussa Esperidião.
Vanessa Leite Rios. Walter Spinelli.
Caderno do Gestor
Edição e Produção editorial: Jairo Souza Design Ciências Humanas Lino de Macedo, Maria Eliza Fini e Zuleika de
GráÅco e Occy Design projeto gráÅco!. Coordenador de área: Paulo Miceli. Felice Murrie.

Catalogação na Fonte: Centro de Referência em Educação Mario Covas

* Nos Cadernos do Programa São Paulo faz escola são S239m São Paulo (Estado) Secretaria da Educação.
indicados sites para o aprofundamento de conhecimen-
tos, como fonte de consulta dos conteúdos apresentados Material de apoio ao currículo do Estado de São Paulo: caderno do professor; LEM - inglês, ensino
e como referências bibliográficas. Todos esses endereços fundamental – anos finais, 8ª série/9º ano / Secretaria da Educação; coordenação geral, Maria Inês Fini;
eletrônicos foram checados. No entanto, como a internet é equipe, Adriana Ranelli Weigel Borges, Alzira da Silva Shimoura, Lívia de Araújo Donnini Rodrigues,
um meio dinâmico e sujeito a mudanças, a Secretaria da
Priscila Mayumi Hayama, Sueli Salles Fidalgo. - São Paulo : SE, 2014. v. 1, 96 p.
Educação do Estado de São Paulo não garante que os sites
indicados permaneçam acessíveis ou inalterados.
Edição atualizada pela equipe curricular do Centro de Ensino Fundamental dos Anos Finais, Ensino

* Os mapas reproduzidos no material são de autoria de Médio e Educação Profissional – CEFAF, da Coordenadoria de Gestão da Educação Básica - CGEB.
terceiros e mantêm as características dos originais, no que
diz respeito à grafia adotada e à inclusão e composição dos ISBN 978-85-7849-547-3
elementos cartográficos (escala, legenda e rosa dos ventos).
1. Ensino fundamental anos finais 2. LEM - Inglês 3. Atividade pedagógica I. Fini, Maria Inês. II.
* Os ícones do Caderno do Aluno são reproduzidos no Borges, Adriana Ranelli Weigel. III. Shimoura, Alzira da Silva. IV. Rodrigues, Lívia de Araújo Donnini. V.
Caderno do Professor para apoiar na identificação das Hayama, Priscila Mayumi. VI. Fidalgo, Sueli Salles. VII. Título.
atividades. CDU: 371.3:806.90
Validade: 2014 – 2017