Você está na página 1de 3

Projeto de Urbanismo III

Prof. Vinicius Netto


Departamento de Urbanismo
Escola de Arquitetura e Urbanismo
Universidade Federal Fluminense

Diferentemente de outras disciplinas de projeto urbano, Projeto de Urbanismo III não trata de propostas de complexos
arquitetônico-urbanos concebidos como conjuntos integrados e supondo controle geral sobre propriedades em área urbana,
mas de um exercício de preparação de uma área para urbanização e edificação progressiva, produzida através do mercado
imobiliário, envolvendo atomização e pluralização da propriedade do solo e inúmeros agentes produtores e consumidores de
espaço potencialmente envolvidos.

A disciplina ainda se propõe a trabalhar o tema da expansão como solução para problemas urbanos e enfrentamento de
complexas interfaces: a expansão intra-urbana sob forma da urbanização de vazio urbano.

Temas:

1. Expansão urbana. Crescimento urbano. Teorias de crescimento, ocupação e densificação em função da acessibilidade
global urbana. Emergência de padrões urbanos: centralidades, padrões de localização de atividades, padrões
espaciais e limiares de crescimento, papel funcional atual e potencial da área nas dinâmicas de atividade da cidade,
redes sociais a utulizarem a área; potencial de ocupação e densificação, potencial do locus como cenário para
interaçao entre agentes micro-econômicos na produção e fornecimento/consumo finais. O triângulo Acessibilidade-
Densidade-Atividade. Especialização de centros; competição e decadência de centros. Expansão de borda externa
versus densificação versus expansão intra-urbana.
2. Vazios urbanos: áreas de abandono, áreas de transgressão. Seu papel para a cidade. Lugares de alteridade.
Impactos negativos dos vazios urbanos. Impactos da urbanização e reapropriação de vazios.
3. Acessibilidade: teorias. Expansão de malhas urbanas. Forma da malha e integração/segregação espacial induzida
pela malha. Conectividade e reconexão da rede espacial.
4. Apropriação social do espaço em função da distribuição de acessibilidade e mobilidade urbanas. Redes sociais,
classes, e segregação dinâmica. Análise sociológica das redes de aproriação e tecidos sociais na área e entorno.
Infra-estrutura.
5. Infra-estrutura: Dimensionamento da caixa da rua em relação ao seu papel de acessibilidade na área e à
acessibilidade global da cidade, atendendo à natureza e potencial de ocupação e densificação; faixas de passagem
para meios de transporte e mobilidade. Sistemas hidrosanitários, sistemas de tratamento; águas pluviais e de
abastecimento; energia elétrica e energias renováveis; redes; coleta de lixo. Acessos: circulação de pedestres e de
veículos não-motorizados; transportes públicos e trânsito rodoviário. Meios de Transportes. estacionamento, proteção
sonora, iluminação e arborização urbana
6. Legislação urbana e ambiental. Proposta e testagem de índices e gabaritos para futura edificação atomizada via
mercado imobiliário. Leis ambientais.
7. Parcelamento do solo e quarteirões. Lançamento de lotes. Relação entre lotes e sua posição relativa na cidade,
tensão sobre o lote e demanda urbana face ao potencial do lote. Relação entre proporção do lote e tipos
arquitetônicos.
8. Testagem tipológica da proposta de acordo com geometria da malha, do loteamento em função do potencial de
acessibilidade, ocupação e densificação do lote e da área em relação a cidade.
9. Desempenho urbano: avalição da proposta e seus possíveis impactos de acordo indicadores de sustentabilidade,
eficiência, equidade e qualidade urbana.

Etapas:

ETAPA 1: ANÁLISE E ESTUDO DE CASO

Levantamento da área: 1
Material cartográfico.
Dados Físicos: Estrutura do solo (resistência, nível das águas subterrâneas, qualidade do solo); águas
(drenagem natural da área); vegetação (porte e distribuição), clima (chuvas, insolação, umidade,
temperatura do ar). Ventos (direções dominantes, fatores atenuantes); agressões ao ambiente.
Situação da propriedade dos terrenos.
Acessos: na área para pedestres e ciclistas (grau de acabamento e estado dos caminhos, pontos perigosos);
circulação do trânsito motorizado ciclistas (grau de acabamento e estado dos caminhos, pontos
perigosos); circulação de transportes públicos (trajetos das linhas; cruzamentos com outros meios de
transporte, acessibilidade dos pontos de parada), densidade de tráfego privado, coletivo e de cargas nas
ruas e caminhos.
Dados estruturais da área, relações paisagísticas: normas relativas e elementos a serem conservados ou
protegidos.
Abastecimento de serviços no entorno.
Infra-estrutura técnica: canalização e abastecimento de água (captação, tratamento e reservatórios);
canalização e esgotamento sanitário (sistemas de tratamento); canais de águas pluviais; abastecimento
de energia elétrica (estação de transformação, rede de distribuição); canalização de gás; rede
telefônica; rede de televisão a cabo; coleta e disposição do lixo.

Análise da área tendo como pano de fundo a análise global da cidade do Rio de Janeiro.
Categorias e teorias de análise: evolução histórica da área e entorno em relação ao restante da cidade do
Rio de Janeiro; análise morfológica (tipologia entorno, padrões espaciais e limiares de crescimento);
análise do papel social e micro-econômico atual e potencial da área; análise geográfica do locus; análise
sociológica das redes de aproriação e tecidos sociais na área e entorno. Impactos ambientais possíveis
(em grupo).
Conceitos espaciais e urbanos.
Teorias urbanas: economia urbana, teorias configuracionais.
Categorias, indicadores e métodos de avaliação de desempenho urbano.
Legislação urbana. Legislação ambiental.

Estudo de caso. Aplicação de conceitos, teorias e categorias na crítica de projeto (em grupo).

ETAPA 2: PROPOSTA DA REDE ESPACIAL, PARCELAMENTO E INFRA-ESTRUTURAS


1
Item desenvolvido em sincronia com o proposto pelo Prof. Werther para a disciplina.
Propostas de lançamento de malha e testagens de impactos de acessibilidade .
Conceitos e teorias usadas pelo grupo (em grupo). Uso do software Mindwalk.
Parcelamento do solo e quarteirões (em grupo).
Infra-estruturas: 2
infraestrutura técnica: dimensionamentos da caixa da rua e faixas de passagem para meios de transporte e
mobilidade. Sistemas hidrosanitários (sistemas de tratamento); canalização de águas pluviais (captação)
e abastecimento de água (tratamento e reservatórios); energia elétrica (estação de transformação,
redes de distribuição); energia elétrica e energias renováveis; redes de gás; telefonias; televisão a cabo;
coleta e disposição do lixo. (em grupo).
Infra-estrutura social: assistência social para grupos diversos; saúde; educação; cultura e lazer.
Meios de Transportes: circulação de pedestres e de veículos não-motorizados; transportes públicos e
trânsito rodoviário. Estacionamentos, proteção sonora, iluminação e arborização urbana.

ETAPA 3: SIMULAÇÃO VOLUMÉTRICA; DESEMPENHO DA ÁREA; TESTAGEM TIPOLÓGICA

Simulação de plano de massas-limite para edificação na área (em grupo).


Análise do parcelameto em relação a índices urbanísticos usuais como ocupação e aproveitamento do solo.
Proposta e testagem de índices e gabaritos para futura edificação atomizada via mercado imobiliário.
Avaliação de desempenho da proposta sob o ponto de vista de dois eixos: indicadores gerais urbanos
(morfologia, dinâmica urbana, criticalidade, cidade-ambiente) e categorias de desempenho
(Sustentabilidade e Eficiência urbanas, Equidade social e Qualidade espacial) (em grupo).
Testagem tipológica do parcelamento do solo e quarteirões ; demonstração das relações: arquitetura-
cidade, local-global, posição do lote no espaço urbano-acessibilidade global; arquitetura como
manifestação das tensões globais sobre o lote (individual).
Tipologias da habitação: configurações para a apropriacao social do espaco: quarteirao, relacao entre faixa
edificada, tipologia, térreos e uso dos passeios (espacos axiais); relação entre iplantacao arquitetônica e
espacos coletivos.
Estrutura espacial e espaços para a auto-organizacao da micro-economia: espaços prováveis para a
localizacao espontânea de serviços e comércios. Instituições: posições sugeridas.

2
Item desenvolvido em sincronia com itens propostos pelo Prof. Werther para a disciplina.