Você está na página 1de 6

SENAC

SANTOS

Anderson Augusto Silva Oliveira

Pojeto Musical
Sala 1

Santos
2017
Sumário
INTRODUÇÂO ...........................................................................Error! Bookmark not defined.
1- PLANO DE AÇÃO....................................................................................................................3

2 - ESTRUTURA GERAL.............................................................................................................4

3 - CRONOGRAMA......................................................................................................................5

CONSIDERAÇÕES FINAIS.........................................................................................................6

REFERÊNCIAS ............................................................................................................................ 6
3

INTRODUÇÃO

O pojeto Sala 1, aqui apresentado, tem como principal objetivo a divulgação do


trabalho de artistas da cidade de Itanhaém e adjacencias por meio das mídias digitais,
contando ainda com o fortalecimento do grupo de profissionais da área e oportunizando
futuramente possíeis apresentações na região do litoral sul do estado de São Paulo.

Destaca-se a criação de tal projeto pela necessidade de criação de espaços para


divulgação, uma vez que os locais destinados a apresentações musicais nas cidades da
região focam em estilos de músicas comerciais visando o lucro do próprio
estabelecimento.

Outro fator de extrema importancia é o fato do público local não estar habituado
com os estilos musicais propostos pelo projeto, sendo assim necessário a aproximação
da população com a música clássica, regional, jazz, blues, choro, baião e entre outros
generos.

Com tal foco o projeto propoe para os artistas convidados a apresentação de


novos arranjos e formações de clássicos consagrados, como também músicas autorais,
assim cada produção musical será realizada atraves de um vídeo divulgado no canal
denominado Sala 1 em sua fanpage que recebe o mesmo nome.

Dessa forma é predentido popularizar o trabaho e artistas apresentados,


buscando o crescimento e fortalecimento do público para com as atividades
desenvolvidas de tais generos musicais na região.

1- PLANO DE AÇÃO

As inovações tecnologicas marcam a sociedade do século XXI, segundo Oliveira


(2008, p.5) “ contribuem para que as transformações ocorram ao longo da história
mudando, de tempos em tempos, o panorama da sociedade no ambito social, cultural,
político, economico, filosófico e institucional”.
4

Assim, é visto que o desenvolvimento das tecnologias físicas e a constante


presença das mesmas na sociedade proporcionaram um forte meio de divulgação nas
mídias digitais, por meio de diversos dispositivos idosos, jovens e crianças acessam
qualquer informação em tempo real.

Perante tal cenário o Projeto Sala 1 tem seu plano de ação focado nas mídias
digitais, procurando atingir o mais diversivicado público por meio de seus materias
divulgados ao longo de reuniões e ensaios, fotografias, vídeos e textos serão a principal
ferramenta de divulgação e contato do grupo com o público.

O projeto tem como produto final a produção audio visual quinzenal, para
alcançar tal objetivo são propostas várias atividades a serem desenvolvidas, tais como
reuniões para discutir repertotio, figurino, cenário, ensaios, construção dos arranjos e
adaptações.

A seleção dos convidados para atuar no projeto partirá do trabalho individual e


coletivo de cada artista, tal material será coletado atraves de um cadastro dos
interessados em participar, tambem serão convidados músicos que possuem uma
atuação diferenciada na área musical.

Vale destacar que a Sala 1 sempre estará aberta para receber todos os músicos
que quiserem apresentar um trabalho de qualidade, sendo necessária tal troca para o
fortalecimento do projeto na regiao.

2- ESTRUTURA GERAL

Para a realização das atividades pretentidas será utilizado um espaço fixo para as
filmagens ao qual será cedido pela “Casa da Música de Itanhaém”, espaço esse
pertencente a Prefeitura Municipal de Itanhaém a qual abriga grande parte dos musicos
da cidade.

Cabe destacar que o material para a produção dos vídeos será: notebook,
interface de audio, microfones dinamico e condensador, cameras e iluminação, sendo
tais materiais proprios do autor do projeto.
5

Os instrumentos que serão utilizados para a gravação serão de propriedade dos


proprios convidados, cada gravação terá sua particulariedade em relação a esse ponto.

3- CRONOGRAMA

Para a realização do projeto foi elaborado um pequeno cronograma que conta


com um divisão quinzenal ao qual o projeto se dispõe, segue pequena tabela que
direciona as atividades que serão desenvolvidas ao longo de cada quinzena.

1º MÊS À 2º MÊS – IMPLEMENTAÇÃO

- Divulgação do projeto no meio musical da região, utilizando de contatos e mídias.


- Contato com apoiadores
- Preparação do material de divulgação.
- Cadastro de músicos interessados
- Realização da seleção de música e convidados

PRODUÇÂO QUINZENAL

- Reunião com o grupo convidado


- Divulgação do trabalho que irá ser feito
- Ensaios à serem agendados de acordo com a agenda de todos
- Gravação do vídeo, edição e produção
- Divulgação do produto final.
- Contato com apoiadores
- Cadastro de músicos interessados.
6

CONSIDERAÇÔES FINAIS

Estima-se, que a criação do espaço virtual fixo Sala 1 para as apresentações


musicais propicie o crescimento do público para com o gênero apresentado e oportunise
espaços físicos para futuras apresentações na região. Cabe salientar a importancia de tal
projeto para o fortalecimento dos musicos locais, gerando um modo de divulgação e
troca de experiencias.

REFERÊNCIAS

CORRAZE, J. As comunicações não-verbais. Rio de Janeiro: Zahar, 1982.

FOSENCA, André. Tcc1: estratégias de desenvolvimento de projetos e programas culturais.


Pós-graduação em Gestão Cultural, Senac EAD: São Paulo, 2014.

OLIVEIRA, C. A. A pesquisa escolar em tempos de internet. Dissertação (mestrado) –


Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2008.

THIRY-CHERQUES,H.R. Projetos culturais: técnicas de modelagem. Rio de Janeiro: Editota


FGV, 2008.

WILLIAMS, Raymond. Cultura e sociedade. São Paulo: Nacional, 1969.