Você está na página 1de 2

TÍTULO: DETACHEMENT: A AULA DA VIDA

SUTIÃ:

Em meio a crise existencial Adrien Brody encena sobre as dificuldades da


profissão e dos alunos numa sociedade marcada por preconceito de imagem

TEXTO DA REPORTAGEM

Quem não é do ramo da educação pode até pensar que a vida de um


professor se limita a ministrar conteúdos em sala de aula, planejar ou registrar notas
na caderneta, o trabalho de um professor vai muito além disso e é o que mostra Harry
Bart em Detachement, um drama estadunidense que aborda o cotidiano de um grupo
de professores lhe dando com o comportamento de alunos do ensino Médio.

Ao que parece “O substituto” título que recebeu quando foi lançado no Brasil,
seria mais um filme clichê sobre os problemas do cotidiano em uma sala de aula,
quem pensa assim acaba-se enganando com Detachement. O próprio personagem
principal do longa Harry interpretado por Adrian Brody se divide ao seu trabalho de
professor substituto da disciplina de literatura clássica e a cuidar de seu avô idoso
internado em um asilo fora, as constantes crises existenciais que atormentavam o seu
próprio “eu”. Bart faz o estilo professor com responsabilidade social que tenta entender
o comportamento de seus alunos de acordo com o contexto social em que eles estão
inseridos.

Detachement faz também uma reflexão sobre o que é a Escola nos dias atuais
e qual a responsabilidade dos pais na orientação e educação de seus filhos é notório
que o diretor do filme faz uma crítica as condições da educação familiar e deixa a
entender em alguns momentos do filme que o problema principal não estaria no
comportamento mal-educado dos alunos e sim na educação dos pais levando a crer
que antes de educar seus filhos os pais deveriam se aperfeiçoar na arte de passar
educação.

O filme é complexo e psicótico mostrando fleches de memorias antigas


inundado de sentimentos que aborda o preconceito com tamanha sutileza que acaba
vestindo delicadamente em seu corpo temas como o bulling, a prostituição, o racismo,
o suicídio e por último a ganância. Esse que por sua vez faz com que os educadores,
diretores de forma geral preocupados com o sistema educacional se corrompem a
ponto de limitar seus objetivos na quantidade de alunos aprovados e não na qualidade
educacional das escolas.

TÍTULO: DETACHMENT
ANO: 2012
DIREÇÃO: TONY KAEY
DURAÇÃO: 98 MINUTOS
CLASSIFICAÇÃO: 12 ANOS
ROTEIRO: CARL LUND
GÊNERO: DRAMA
ORIGEM: ESTADOS UNIDOS
CRÉDITO DA IMAGEM:

Movie Wallpapers

Interesses relacionados