Você está na página 1de 4

Departamento de Ciências Exatas e da Terra - Curso de Engenharia Química

UC: Fenômenos de Transporte I


Professores: Werner Hanisch/Sania Maria de Lima

Segunda Lista de Exercícios:


Lei da viscosidade de Newton

1) Uma placa infinita se move com velocidade viscosidade cinemática é 1,1.10-4 m2/s. A
constante VO, sobre uma película de óleo que espessura dessa camada é 2 mm. A área da base
descansa por sua vez sobre uma segunda placa, do bloco m é de 1,5 m2. Considerando que a
como mostrado na figura. Para h pequeno pode- velocidade máxima que o sistema consegue
se supor nos cálculos práticos, que a atingir é 50 cm/s, determine a intensidade da
distribuição de velocidade no óleo é linear. força F em N.
Qual é a tensão cortante sobre a placa superior?
Dado: água = 1.103 kg/m3.
placa móvel
vO v

h m
 corda

placa fixa película de óleo


(viscosidade )

v0
Resp.:   
M

h Resp.: F = 68,6 N
2) Um óleo de densidade igual a 0,85 escoa por
uma canalização de 10 cm de diâmetro. A 5) São dados dois planos paralelos distanciados de
tensão de cisalhamento na parede da 0,5 cm. O espaço entre os dois é preenchido
canalização é 0,33 kgf/m2 e o perfil de com um fluido de viscosidade absoluta 10-5
velocidade é dado por v  2  800r (m/s),
2
kgf.s/m2. Qual será a força necessária para
em que r é a distância radial medida a partir do arrastar uma chapa de espessura de 0,3 cm,
eixo da tubulação. Qual é a viscosidade colocada a igual distância dos dois planos, de
cinemática do óleo? área 100 cm2, à velocidade de 0,15 m/s.
Resp.:   4,75.105 m2 / s

3) Um bloco pesa 25 kgf e tem 20 cm de aresta. 0,5 cm 0,3 cm


Deixa-se o bloco escorregar em um plano
inclinado no qual existe uma película de óleo
cuja viscosidade é igual a 2,2.10-4 kgf.s/m2.
Qual é a velocidade limite que o bloco atingirá,
supondo-se que a espessura do óleo é de 0,025 Resp.: F = 3.10-5 kgf
mm? Utilize a hipótese de distribuição de
velocidade linear. 6) Entre duas placas, paralelas e infinitas existe
um filme de óleo newtoniano de viscosidade 
0,025 mm
e espessura h. A placa superior move-se com
25 kgf  uma velocidade constante vA e, uma vez
atingido o regime, a placa interior desloca-se
F com uma velocidade vB constante (vB < vA)
devido a viscosidade do óleo. Supondo um
P perfil de velocidade linear, determine:
20o a) a tensão tangencial sobre a placa A;
b) a relação entre a tensão tangencial sobre a
Resp.: v = 24,3 m/s placa A e a tensão tangencial sobre a placa
B.
4) Uma força F faz com que um bloco se deslize
para a esquerda sobre uma superfície com uma
película de óleo. A massa do bloco M é igual a
3 kg. A densidade desse óleo é 0,95 e sua
Departamento de Ciências Exatas e da Terra - Curso de Engenharia Química
UC: Fenômenos de Transporte I
Professores: Werner Hanisch/Sania Maria de Lima

Segunda Lista de Exercícios:


Lei da viscosidade de Newton

A vA que atua sobre a placa. Expresse seu resultado


em função de U(m/s) e (m).
h U
vB
3
B u 3 y 1 y
 u    
U 2  2 
v A  vB  A y
Resp.: a)  A   ; b)  1
h B
U  N 
Resp.:   0,552  
7) Três placas planas, paralelas e infinitas,   m2 
separadas pelas distâncias h1 e h2, possuem
entre elas óleos newtonianos de viscosidade 1 9) A figura mostra uma placa grande e móvel
e 2, respectivamente. A placa A move-se com localizada entre duas placas grandes e imóveis.
velocidade constante vA e placa C com Note que os espaços entre as placas estão
velocidade constante (vC < vA). A placa B, preenchidos com fluidos que apresentam
inicialmente em repouso, começa a deslocar-se viscosidades dinâmicas diferentes. Determine o
para a direita. Calcular a velocidade vB de módulo, a direção e o sentido das tensões de
regime, isto é, a velocidade vB constante, após o cisalhamento que atuam sobre as placas
equilíbrio do sistema. imóveis quando a placa móvel apresenta uma
Qual a relação entre vA e vC para que a placa B velocidade de 4m/s. Admita que os perfis de
não se mova? Considere em ambos os casos um velocidade são lineares.
perfil de velocidade linear em ambos os filmes
de óleo. placa imóvel

A vA 6mm =0,02N.s/m2
4m/s
1
h1 3mm =0,01N.s/m2
B vB
placa imóvel
h2 2
C vC
Resp.: 1 = 13,3 N/m2 =13,3 Pa, 2 = 13,3 Pa
1 2
vA  vc 10) Um eixo com 25mm de diâmetro é puxado em
h1 h2
Resp.: a) v B  , um mancal cilíndrico como mostra a figura. O
1 2 espaço entre o eixo e o mancal, com folga igual
 a 0,3mm, está preenchido com um óleo que
h1 h2
apresenta viscosidade cinemática igual a 8.10-
vA  h 4 2
b)  2 1 m /s e densidade 0,91. Determine a força P
vC 1 h2 necessária para imprimir ao eixo uma
velocidade de 3m/s. Admita que a distribuição
8) Um fluido newtoniano com densidade e de velocidade no escoamento seja linear.
viscosidade cinemática, respectivamente iguais
a 0,92 e 4.10-4m2/s, escoa sobre uma superfície mancal lubrificante
imóvel. O perfil de velocidade deste
escoamento, na região próxima a superfície, P
eixo
está mostrado na figura. Determine o valor, a
direção e o sentido da tensão de cisalhamento 0,5 m
Departamento de Ciências Exatas e da Terra - Curso de Engenharia Química
UC: Fenômenos de Transporte I
Professores: Werner Hanisch/Sania Maria de Lima

Segunda Lista de Exercícios:


Lei da viscosidade de Newton

Resp.: w = 0,83 rad/s


Resp.: P = 286 N
13) A viscosidade de um fluido pode ser medida
11) A figura mostra um tipo de viscosímetro de com um viscosímetro constituído de dois
cilindro rotativo conhecido como viscosímetro cilindros concêntricos de 75 cm de
de Stormer. Este dispositivo utiliza a queda de comprimento. O diâmetro externo do cilindro
um peso, C, para movimentar o cilindro interno é de 15 cm, e a folga entre os dois
interno. Em uma experiência utilizando cilindros é 0,12 cm. O cilindro interno gira a
glicerina o peso C colocado foi de 6,5 N e a 200 rpm e o torque medido é 0,8 Nm.
rotação atingida foi de 9 rad/s constante. Sabe- Determine a viscosidade do fluido.
se que o diâmetro do cilindro móvel (D) é
124,4 mm, o diâmetro interno do cilindro
imóvel (Dc) vale 128 mm, o diâmetro da polia
(Dp) é 60 mm e o comprimento L é 125 mm.
Desprezando os efeitos do fundo, qual é a
viscosidade dinâmica da glicerina ensaiada?

Resp.:  = 2,31.10-2 Pa.s

14) O dispositivo da figura é chamado de


Resp.:  = 0,21 N.s/m 2 viscosímetro de disco rotativo. Suponha que R
= 5 cm e h = 1 mm. Se o torque necessário para
12) É mostrado um eixo circular de alumínio girar o disco a 900 rpm é de 0,537 N.m, qual a
montado sobre um mancal de sustentação. A viscosidade do fluido?
folga simétrica entre o eixo e o mancal está
preenchida com óleo SAE – 30 a 30oC, cuja
viscosidade é 3.10-1 N.s/m2. O eixo é acionado
e posto em rotação pela massa e corda a ele
ligadas. A massa do peso M é de 10 g.
Determine a velocidade angular do eixo após o
sistema ter atingido o equilíbrio dinâmico.
Assuma g = 9,81 m/s2.

Resp.: µ = 290,2 cP

15) Determine o torque no eixo do sistema cônico


da figura para manter uma velocidade angular
 constante. Considere perfil de velocidade
linear na folga e fluido com viscosidade µ.
Departamento de Ciências Exatas e da Terra - Curso de Engenharia Química
UC: Fenômenos de Transporte I
Professores: Werner Hanisch/Sania Maria de Lima

Segunda Lista de Exercícios:


Lei da viscosidade de Newton

ro4
Resp.: T 
2hsen