Você está na página 1de 16

?????

ISSN 1679-0189
o jornal batista – domingo, 18/01/15 1
Ano CXIV
Edição 03
Domingo, 18.01.2015
R$ 3,20
Órgão Oficial da Convenção Batista Brasileira Fundado em 1901

Nesta edição, você


também terá acesso ao
Programa para a 95a
Assembleia da Convenção
Batista Brasileira, que
será realizada em
Gramado - RS,
a partir do dia 06 de
fevereiro deste ano.
Leia mais na página 12.
2 o jornal batista – domingo, 18/01/15 reflexão

EDITORIAL
O JORNAL BATISTA
Órgão oficial da Convenção Batista
Brasileira. Semanário Confessional,
doutrinário, inspirativo e noticioso.
Primeiro Mandamento:
Fundado em 10.01.1901
INPI: 006335527 | ISSN: 1679-0189
um só Deus – Parte I
PUBLICAÇÃO DO

C
CONSELHO GERAL DA CBB erta vez, um atleta mandamento, “Não terás reito. Transformaram o lazer Deus é prioridade na nossa
FUNDADOR famoso comentou outros deuses além de mim”, na essência de sua existência. vida, as demais coisas se en-
W.E. Entzminger que, por algum Deus está propondo que es- Há pessoas que fazem do caixam no lugar certo. “Onde
PRESIDENTE tempo, tudo o que tudemos os demais manda- dinheiro o seu deus. Outros estiver o seu tesouro, aí esta-
Luiz Roberto Silvado ele fazia estava relacionado mentos com a perspectiva adoram o esporte. Sempre rá o seu coração” (Mt 6.21).
DIRETOR GERAL com a sua modalidade espor- definida de que: Deus é o vivemos em função do nosso Invista algum tempo hoje
Sócrates Oliveira de Souza tiva; ele comia, dormia, fala- centro da nossa existência, o deus. pensando em quem ou o
SECRETÁRIA DE REDAÇÃO
va, e pensava aquele esporte. propósito da nossa vida. Exis- Não estamos falando ne- quê é o seu tesouro. Avalie
Até que um dia percebeu que timos porque Deus existe. cessariamente de algo pe- o seu canhoto do talão de
Paloma Silva Furtado
não poderia mais praticá-lo. Quando se define isso, todas caminoso. Amor próprio, cheques, extrato do cartão de
(Reg. Profissional - MTB 36263 - RJ)
Foi quando questionou o que as demais coisas serão vistas, dinheiro, namorado, lazer, débito ou crédito. Verifique
faria de sua vida. percebidas e experimentadas esporte, profissão não são na sua agenda diária como o
CONSELHO EDITORIAL Certamente, podemos de- de uma forma diferenciada. pecados em si mesmos. O seu tempo está sendo usado
Celso Aloisio Santos Barbosa dicar nossas energias e anos Uma pessoa egocêntrica problema começa quando e procure os “deuses” que
Francisco Bonato Pereira de vida para muitas causas e tem a si mesma como deus. essas coisas e atividades se podem estar tomando o lugar
Guilherme Gimenez objetivos. Mas, apenas um Tudo funciona em torno dela; tornam a essência da vida. O do Deus verdadeiro e dese-
Othon Avila objetivo de vida poderá con- não admite a necessidade primeiro mandamento trata quilibrando a sua existência.
Sandra Natividade sumir-nos, sem que venha- ou o direito do próximo. do equilíbrio interior de cada Busque a Deus e descubra a
mos a nos sentir frustrados Na sociedade atual do en- um. O pecado causa o dese- alegria de ter a Ele e, somente
EMAILs por ele, é a motivação correta tretenimento, o lazer tem quilíbrio levando ao exagero, a Ele, como a razão de viver.
Anúncios: para a vida. Existe uma gran- se transformado em deus de colocando outras coisas ou
jornalbatista@batistas.com de diferença entre simples- muitos. São pessoas que não pessoas no lugar de Deus. É Luiz Roberto Silvado,
Colaborações:
mente viver e viver com um o abandonam por nada, por- necessário que a nossa essên- presidente da Convenção
propósito. Com o primeiro que estão exercendo um di- cia esteja ajustada. Quando Batista Brasileira
editor@batistas.com
Assinaturas:
assinaturaojb@batistas.com

REDAÇÃO E
CORRESPONDÊNCIA
Caixa Postal 13334
CEP 20270-972
Rio de Janeiro - RJ
Tel/Fax: (21) 2157-5557
Fax: (21) 2157-5560
Site: www.ojornalbatista.com.br

A direção é responsável, perante a


lei, por todos os textos publicados.
Perante a denominação batista,
as colaborações assinadas são de
responsabilidade de seus autores e
não representam, necessariamente,
a opinião do Jornal.

DIRETORES HISTÓRICOS
W.E. Entzminger,
fundador (1901 a 1919);
A.B. Detter (1904 e 1907);
S.L. Watson (1920 a 1925);
Theodoro Rodrigues Teixeira
(1925 a 1940);
Moisés Silveira (1940 a 1946);
Almir Gonçalves (1946 a 1964);
José dos Reis Pereira
(1964 a 1988);
Nilson Dimarzio (1988 a 1995) e
Salovi Bernardo (1995 a 2002)

INTERINOS HISTÓRICOS
Zacarias Taylor (1904);
A.L. Dunstan (1907);
Salomão Ginsburg (1913 a 1914);
L.T. Hites (1921 a 1922); e
A.B. Christie (1923).

ARTE: Oliverartelucas
IMPRESSÃO: Jornal do Commércio
reflexão o jornal batista – domingo, 18/01/15 3
Integralmente submissos a Cristo
e libertos do pecado

Levir Perea Merlo, Batista Brasileira para o ano Paulo escreve para uma Igre- composta por seres humanos servos de Deus, tendes o vosso
colaborador de OJB de 2015: “Integralmente ja que, composta por seres e ainda pecadores. Não haven- fruto para santificação e por
Submissos a Cristo”. Inte- humanos, também enfrentava do união, respeito e gratidão fim a vida eterna (Rm 6.22).

“M
as, agora, gralmente significa viver ple- sérias dificuldades, até porque no meio cristão, temos aquilo Quando estamos integral-
libertados namente com o Senhor, não era composta por gentios e que costumamos chamar de mente submissos ao Senhor
do peca- servir a dois senhores, como judeus convertidos. Mas, havia pecado, que é característica fazemos morrer nossa velha
do, e fei- diz Mateus 6.24. E submis- muitos problemas relaciona- inerente da raça humana, em natureza pecaminosa e a gra-
tos servos de Deus, tendes o são é estar completamente dos à falta de união, de respei- função da queda. Não custa ça maravilhosa do Senhor se
vosso fruto para santificação entregue ao senhorio de to e de gratidão. Esses elemen- lembrar, e Paulo o faz muito manifesta mais e mais.
e, por fim, a vida eterna” (Rm Jesus Cristo. Implica também tos quando estão em falta em bem, dizendo: “Porque quan- Que o ano de 2015 seja
6.22) uma vida completamente qualquer organismo humano do éreis servos do pecado, de grandes vitórias sobre o
Começando o ano, nada aos “pés da cruz”. Submis- levam à ruína e à destruição, estáveis livres em relação à pecado e que cada vez mais
melhor do que refletir so- são também significa leal- mesmo sendo igreja, institui- justiça (Rm 6.20). Mas, agora, o Senhor reine em nossos
bre o tema da Convenção dade e fidelidade ao Mestre. ção de caráter divino, mas libertos do pecado, e feitos corações.

Edson Alves, pastor da


Vida de Ilusões
existe falta de autenticida- tar meu pai” (Mt 8.21 – NVI). Jesus quer o nosso ser e não de fazer as coisas essenciais
Igreja Batista em Vila de em sua vida cristã, pelo Nós não fazemos do mesmo o que podemos fazer, porque da sua vida, como trabalhar,
Farrula, São João de Meriti simples fato de cumprirmos modo? Não temos priorida- todo aquele que entrega o cuidar da família, dar atenção
- RJ alguns “compromissos” es- des que colocam o serviço do seu ser a Jesus pode fazer, à esposa, filhos, orar, ler a

Q
pirituais. Duras palavras? Reino em segundo, terceiro e fará algo pelo Evangelho. Palavra de Deus, estudar,
uando pensamos Talvez, os discípulos tiveram ou até mesmo quarto luga- Mas, nem todo aquele que conviver com pessoas que te
em ilusão, pensa- a mesma reação. Quando um res? Você pode perguntar a faz algo pelo Evangelho en- fazem bem. Jesus fazia essas
mos naquilo que mestre da Lei disse: “Mestre, qualquer membro de igreja trega seu ser a Jesus. coisas, ia a compromissos
nos engana e que eu te seguirei por onde quer e ele te dirá que as coisas do Você tem a oportunidade sociais (casamento em Caná),
nunca fará parte da nossa que fores” (Mt 8.19 – NVI), Senhor vem primeiro, mas de nunca deixar que a ilu- ia a festas (casa de Mateus),
vida. Achamos que nunca a a resposta de Jesus foi clara: quando a responsabilidade são tome conta da sua vida. trabalhava (era carpinteiro),
vivenciaremos e nunca nos “As raposas têm suas tocas e aparece, ele irá “sepultar seus Infelizmente, muitas vezes parava para meditar e orar
deixaremos enganar por ela. as aves do céu têm seus ni- mortos”. estamos iludidos e nem sa- longe do povo, dava atenção
Afinal, somos “esclarecidos” nhos, mas o filho do homem A ilusão domina muitos bemos. Acreditamos que, às crianças, ou seja, colocava
o suficiente para não cair não tem onde repousar a crentes porque ela não leva pelo simples fato de fazer- o Reino de Deus em primeiro
neste engodo. Nunca fica- cabeça” (Mt 8.20 – NVI). em conta a “apresentação” de mos algo na igreja, estamos lugar, mas, sempre que po-
remos iludidos pela ilusão. Nestas palavras, Jesus en- que fala Paulo aos Romanos servindo com excelência. dia, aproveitava bem a vida,
Somos maduros, experientes, fatiza o quão difícil é ser um no capítulo 12, versículo 1. Servir com excelência não e não há nenhum mal nisso.
e estamos no caminho certo. seguidor seu. As pessoas do “Apresentar” o corpo vivo é “deixar de viver” para ser Se você não tem colocado o
Talvez, seja esta mentalida- seu tempo já colocavam Ele é a totalidade do ser para o “rato de igreja”. É sempre Reino em primeiro lugar, faça
de que perpassa a sua mente, em segundo lugar: “Senhor, Evangelho e pelo Evangelho. colocar as coisas de Deus em isto o quanto antes. Deus te
achando que realmente não deixa-me ir primeiro ir sepul- Não se deixe iludir, o Senhor primeiro lugar, sem deixar abençoe.
4 o jornal batista – domingo, 18/01/15 reflexão

Esperança GOTAS BÍBLICAS


NA ATUALIDADE
OLAVO FEIJÓ
Pastor, professor de Psicologia

Planos que
dão certo
Cleverson Pereira do Valle, des sociais. Precisamos ser Não podemos esquecer
colaborador de OJB esperançosos, nunca perder que o homem é um ser com-
“Confia ao Senhor as tuas O quadro fica completamen-
a visão, nunca desistir, não pleto, ele possui corpo, alma

E
obras, e teus pensamentos se- te diferente, quando adotamos
stamos no início de deixar de acreditar que há e espírito; por isso, é neces-
rão estabelecidos” (Pv 16.3). uma leitura contextual do ver-
um novo ano. O que pessoas boas querendo aju- sária uma fé no Deus vivo
sículo. Afinal de contas, o que
podemos esperar de dar. e verdadeiro. Com Deus, o
O livro de Provérbios faz significa pedir que Deus aben-
2015? Será que as É necessário fazer a di- nosso futuro está garantido,
uma afirmação definitiva: çoe os nossos planos? Significa
coisas mudarão? O ano de ferença, não podemos es- não vamos sair desaponta-
“Peça a Deus que abençoe que, antes de mais nada, reco-
2014 foi marcado por uma perar algo diferente se não dos, pelo contrário, vamos
os seus planos e eles darão nhecemos a soberania do Se-
pequena instabilidade na fizermos a diferença. Não viver uma vida plena.
certo” (Pv 16.3). nhor sobre tudo e sobre todos.
economia, falta de água, a adianta ter esperança sem Em 2015, não deposite sua
O consumismo “gospel” E significa, também, a nossa
epidemia do ebola nos paí- ter fé. Não uma fé no nada, esperança no vil metal, não
dá ênfase à parte final do declaração de submissão e de
ses africanos, o fracasso da é preciso depositar a fé em deposite sua esperança em
texto. Sua interpretação é comunhão com o Senhor. É
seleção brasileira na Copa do Deus. Sem Ele não vamos pessoas, mas, deposite sua
simplista e antibíblica – os a providência divina que de-
Mundo no Brasil, acidentes chegar a lugar algum. Sem esperança em Deus. A Bíblia
planos dos crentes sempre cide se nossos planos “darão
nas rodovias, perdas de pes- Ele, a nossa expectativa de diz que a nossa pátria está
darão certo, desde que eles certo”. Em vários textos da
soas queridas, mas, enfim, um futuro melhor fica no nos céus, lá onde Cristo está
se lembrem de “comunicá- Bíblia Deus mudou os planos
terminou. vazio. assentado. Não percamos a
-los ao Senhor”. Como se to- dos seus servos. Sempre que
Precisamos ter esperança, É em Deus que devemos fé, não desanimemos, espere-
das as orações que terminam isso aconteceu, os que oraram
crer que 2015 será diferente, depositar a nossa esperan- mos Naquele que tudo pode.
com o “Em nome de Jesus, foram muito abençoados. Pla-
crer que veremos um país ça, porque Ele enviou o seu Em Cristo há esperança. Só
amém” automaticamente nos que dão certo são somente
mais justo, crer que a fome filho amado para nos dar Ele pode garantir o céu para
garantissem a aprovação e a aqueles que coincidem com
vai acabar no mundo, crer esperança. Jesus Cristo é a nós. Nossa esperança só tem
concretização do Senhor. os planos divinos.
que não haverá desigualda- nossa esperança. sentido Nele.

Desenvolva ações
abençoadoras no ano novo

Evaldo Rocha, pastor da Reino de Deus (Mt 6.33); viva (Hb 12.25;); proteja seus líde- je coisas boas a todos (Rm res de Deus que influenciaram
Primeira Igreja Batista de de forma completa os propósi- res, sua Igreja e seus pastores 12.14); seja uma ponte, onde positivamente o mundo ao
Seropédica - RJ tos de Deus (Mt 28.19-20; Mr (I Ts 5.12-14); ame a Palavra o amor de Cristo atravesse, longo da história (Hb 11); re-
12.30-31). de Deus e ensine os outros a atingindo novos corações (At conheça aqueles que exercem

A
jude no trabalho de Destaque as virtudes das amá-la (Sl 119); viva a sua vida 18.5); seja zeloso em relação autoridade e são instrumentos
expansão do Reino pessoas que convivem com de forma equilibrada (Fl 4.4-8). aquilo que Deus entregou em de Deus em sua vida (Hb 13.7;
de Deus (Mr 1.15); você (Rm 12.14); jamais seja Procure enxergar o agir de suas mãos (I Tm 4.15); busque 17); perdoe sempre que neces-
desenvolva seu mi- um promotor de divisões nos Deus nas diversas situações os valores do Reino de Deus sário (Mt 18.15-35); agradeça
nistério de forma criativa e ambientes que atravessar (Gl do cotidiano (Rm 8.28); reco- (Rm 14.17); testemunhe de sempre o favor recebido do Pai
para a glória de Deus (I Co 5.20); chore com os que estão nheça os seus próprios equí- Cristo através da sua vida (Gl e do próximo (I Ts 5.18); viva
12.1-7); colabore sempre que chorando e alegre-se com vocos e erros (Sl 10.12-14; Pv 2.20); faça a diferença na vida de forma vibrante e contagie
solicitado, e com um coração aqueles que estão felizes (Rm 29.1); nunca finja ser o que de alguém (At 20.35); tenha fé outras pessoas através daquilo
de servo (Fl 2.5); invista em 12.15); fale com respeito e res- não é (Rm 12.3); olhe para o em Deus (Hb 11.1-6). que Deus está fazendo em
todos os sentidos no Reino do peite a todos (I Pe 2.17); sirva próximo como alguém caren- Use os seus lábios para glori- sua vida (At 20.24-36); diga a
Pai (II Co 8.1-24); seja solidá- sem esperar o aplauso dos ho- te da misericórdia de Deus (Lc ficar a Deus (Cl 4.6; I Ts 5.18); todos que há esperança em Je-
rio com todas as pessoas (Gl mens (I Co 10.31); Some com 10.25-37); faça novos amigos deixe o Espírito Santo encher a sus (Ef 1.18-21); viva no centro
6.9; Rm 12.13); pregue a Pa- seus irmãos em Cristo (I Co (Pv 18.24); incentive aqueles sua vida de forma que abençoe da vontade de Deus (Pv 16.1;
lavra de Cristo (I Co 1.22-24); 3.9-10); valorize a comunhão que estão visualizando novos os outros (Ef 5.18); pesquise e 19.21); e faça da sua vida algo
busque em primeiro lugar o dos santos e seja um entre eles projetos (Pv 10.24); dese- estude sobre homens e mulhe- belo (Rm 6.13-14; II Co 4.10).
reflexão 5
o jornal batista – domingo, 18/01/15

Novo ano, novo


nascimento!
A beleza D’Israel, colaborador de OJB, membro da Quarta
Igreja Batista do Rio de Janeiro

interior Lá estava ele naquela coxia


Aguardava naquele belo dia
Aquele seu batismo naquela Igreja

em
Onde ansioso lá já esperava
Confessar pra Deus todos seus pecados
Pedir-lhe perdão pelos praticados
E publicamente ali declarar

segundo
Que acreditava que o Senhor Jesus
Era o filho amado do nosso Deus altíssimo
Que desceu à terra para nos salvar
Do fogo do inferno pra onde irão todos

plano Que não deixarem aqui o seu mal caminho


E voltar-se logo para o bom Pastor
Aquele belo dia estava terminando
Fogos espocando no meio da noite
E a congregação toda reunida
Completamente cheia, já cantava hinos
E foi quando, então, o 396
Do Cantor Cristão lá foi entoado
E aquele homem por trás da coxia
Paulo Francis Jr., inusitado. Testemunhei uma na hora de se relacionar? Uns Que dali ouvia as suas palavras
colaborador de OJB pequena discussão de trân- dizem que é a “boniteza” em Logo se lembrou que fora tocado
sito entre um ciclista e uma primeiro lugar. Uma pesqui-

C
Por suas palavras tão maravilhosas
erta vez, uma mu- motociclista. Depois de uma sa americana constatou que E resolveu seguir os passos de Cristo
lher bela e bem freada brusca, a xingação de “As moças preferem se casar O pastor chamou-o todo satisfeito
trajada visitou uma ambas as partes começou. com os feios que se acham Pedro José, era o seu nome
casa. O dono lhe Ninguém demonstrava estar bonitos do que com aqueles E mui ansioso já desceu correndo
perguntou: “Quem é?”, e ela verdadeiramente ofendido, que realmente são bonitos. Com suas vestes brancas, todo barbeado
respondeu que era a deusa da até que o ciclista resolveu Isso explicaria o motivo de Para ser lavado naquelas águas claras
fortuna. Mais que depressa o apelar e disse uma frase qua- vermos tantas beldades casa- Limpas, cristalinas, de todos os pecados
proprietário acolheu respei- se mortal nos dias de hoje: das com homens de beleza Numa cerimônia tão especial que simbolizava
tosamente essa mulher bela “Sai de mim, sua gorda!”. A questionável”. Alguns falam, Sua conversão ao cristianismo
e rica e a tratou muito bem. moça parou a moto e desceu. por outro lado, que as mulhe- E que ali rompia definitivamente
Logo depois, uma mulher Foi ao encontro do outro res estão escolhendo os seus Com este mundo sujo do passarinheiro
feia e pobremente vestida ba- cidadão. Eu e mais algumas parceiros primordialmente Confirmando ali que estava dando
teu na mesma porta. O dono pessoas que passávamos por em função da boa posição O seu coração para meu Jesus
perguntou-lhe: “Quem é?”, e lá precisamos intervir. social. Da grana! Você acha Que estava saindo das trevas pra luz
a mulher lhe respondeu que Devido ao padrão de be- que isso é verdade ou lenda? E quando perguntado se o aceitava
ela era a deusa da pobreza.O leza moderna, as academias Para a nossa orientação, a Como seu Senhor e seu Salvador
dono da casa, assustado, de ginástica se proliferam Bíblia explica que o Mestre E se acreditava que ressuscitou
tentou pôr a feiosa para fora rapidamente em todos os “Não tinha beleza, nem No terceiro dia e se Ele era
de casa, mas ela se recusou cantos. Estão no centro e na formosura”. Fora dela, os O filho de Deus que tira o pecado do mundo
a sair, dizendo: “A deusa da periferia, surgiram até em arquivos de Públio Lêntulo, Isso confirmou, lá, publicamente
riqueza é minha irmã. Há praças. Nas grandes cidades que governou a Judéia antes E foi batizado naquele momento
um acordo tácito entre nós, funcionam praticamente 24 de Pôncio Pilatos, em uma O coral cantou outro hino lindo
segundo o qual nunca de- horas por dia. Os salões de carta ao Senado relativo O 274 do mesmo Cantor
vemos viver separadamente; beleza aparecem até em fun- ao Nazareno, o descreveu Emergiu das águas todo sorridente
se você me enxotar, ela irá dos de quintais. E as cirurgias assim: “Um homem de es- Olhou para o alto, viu anjos voando
comigo”. Era a pura verdade. plásticas são almejadas até tatura um pouco alta; seu E lhe parecia que estava entrando
O nascimento acompanha a pelas donas de casa. Desco- cabelo é castanho, cheio, No seu paraíso, sim, também no céu
morte. A fortuna acompanha bri que tais operações foram liso até as orelhas, ondulado E que sentia ali o cheiro de Cristo.
o infortúnio. As más coisas criadas 600 anos antes de até os ombros onde é mais Fora já lavado no seu santo sangue
seguem as boas coisas. Assim Cristo, na Índia. Lá, mulheres claro. No meio da cabeça Todos seus pecados foram perdoados
que a horrenda mulher saiu, flagradas em adultério eram os cabelos são divididos, Todo seu passado fora esquecido
a outra, bela e rica, desapa- espancadas e mutiladas pelos conforme o costume dos Por suas pisaduras já fora sarado
receu. esposos. As operações para Nazarenos. A testa é lisa e Era novo homem, nova criatura
Hoje, a beleza deixou de recompor a face das compa- delicada; a face sem man- Terminou o ano, tinha renascido
ser um capricho de poucos nheiras atendiam a vontade chas ou rugas, e averme- Salvou-se mais um pecador na face da terra!
para ser uma necessidade dos maridos arrependidos, lhada; olhos acinzentados;
entre muitos. O padrão do que pagavam caro pelo pro- a barba é espessa”.
que é “bonito” envolve quase cedimento. Não é estranho? Nosso Mestre é lindo. Ele
todos os setores em que esta- Hoje, diversos homens é belo na sua impecável hu-
mos inseridos. Assim, as es- também se tornaram extre- manidade. Sua compaixão
colhas passam primeiramente mamente vaidosos. Antes, a é completa. Sua humildade
pelo juízo visual; soa como manutenção da beleza mas- é absoluta. Tem mansidão
hipocrisia dizer que isso não culina não passava de um sem igual e equilíbrio trans-
é uma verdade. Afinal, como corte de cabelo, barba e bi- bordante. No livro de Isaías,
você escolhe ou escolheu seu gode, em barbearias. Agora, no capítulo 52, diz que na
parceiro(a) afetivo? Na verda- surgiram os “metrossexuais”, sua crucificação, Jesus foi tão
de, se criou genericamente que se dedicam a cuidar do açoitado que a sua aparência
uma patente interessante: corpo e do visual em casas estava tão desfigurada, que
o bonito é o positivo e o de estética, usando cremes ele se tornou irreconhecível
feio é o negativo. Outro dia, e maquiagem, além de fre- como homem; não parecia
quando caminhava por uma quentarem também as aca- um ser humano. Ele foi moí-
avenida aqui em Presidente demias de ginásticas. E nos do pelas nossas iniquidades.
Venceslau, em um final de relacionamentos? O que uma Pelas suas pisaduras fomos
tarde, presenciei um fato pessoa sinceramente procura sarados.
6 o jornal batista – domingo, 18/01/15 notícias do brasil batista
missões nacionais o jornal batista – domingo, 18/01/15 7
Projeto Sonho de Mãe é elogiado
em jornal de Italva – RJ

Redação de Missões podem ficar longe dos fi- preendente do Café&Arte, A variedade de serviços nosso maior foco em 2015
Nacionais lhos. Recentemente, sua nosso Centro de Forma- relatada pela missionária é será no bazar, que nos garan-
relevância social foi elogia- ção Profissional. Montar o em função da venda de ar- te lucro de 100%. Queremos

O
Projeto Sonho da no Jornal “O Italvense”, Café&Arte foi um desafio tesanato e roupas, além dos fechar parcerias com lojas de
de Mãe, em cujo foco foi o Café&Arte e, administrá-lo, tem sido lanches e cestas de café da departamentos que possam
Italva – RJ, faz – lanchonete do Projeto, outro. Fechamos o ano com manhã. “Fomos muito aben- nos doar peças que são des-
parte do Minis- que tem vendido diversos faturamento positivo, tendo çoadas com a participação cartadas”, explica Adriana.
tério Cristolândia, e acolhe produtos e ajudado na ma- um mix variado de servi- de várias Igrejas, que tem Interceda pelo Sonho de
mulheres que precisam de nutenção. ços e produtos oferecidos”, nos doado roupas, sapatos e Mãe e mobilize sua Igreja
tratamento contra a depen- “Foi um texto com uma conta a missionária Adriana bijuteria. Apesar de muitos para ajudar com doações e
dência química, mas não crítica muito positiva e sur- Dias. virem ao Café para lanchar, visita ao Projeto.

Voluntários
visitam campo
missionário

Voluntários visitando a tribo Kiriri

Redação de Missões da Igreja e dos índios da co-


Nacionais munidade.
Interceda pela obra missio-

U
m grupo formado nária entre os povos indíge-
por 35 voluntá- nas, e incentive a sua Igreja a
rios, da Primeira visitar os campos. Envie um
Igreja Batista em e-mail para: falecom@misso-
Salgado - SE, esteve em Ban- esnacionais.org.br ou entre
zaé - BA, onde a missionária em contato com nossa Central
Edina Santos realiza um tra- de Atendimento pelos telefo-
balho com a tribo indígena nes: do Rio de Janeiro - (21)
Kiriri. Foram dois dias que 2107-1818 / Outras capitais e
proporcionaram momentos regiões metropolitanas - 4007-
de grande importância na 1075 / Demais localidades –
vida espiritual dos membros 0800-707-1818.
8 o jornal batista – domingo, 18/01/15 notícias do brasil batista

Igreja Batista Israel - GO


comemora Dia da Bíblia com
passeata e culto ao ar livre
Marcos José Rodrigues,
seminarista, diretor de
Evangelismo da Igreja
Batista Israel – GO

A
Igreja Batista Isra-
el, no bairro Jardim
Alexandrina, em
Anápolis - GO reali-
zou uma programação come-
morativa ao Dia da Bíblia, ce-
lebrado no segundo domingo
de dezembro. Relembrando
as origens, o trabalho seguiu
o modelo clássico da come-
moração, com passeata pelas
ruas do bairro, empunhando
faixas com mensagens bíbli-
cas, distribuição de folhetos
e ao som de belos hinos do
Cantor Cristão.
Foi uma programação be-
líssima, digna das clássicas
comemorações e manifesta-
ções evangélicas do passado.
Dezenas de irmãos saíram e nem mesmo a ameaça de a salvação, do que diz a Sião: detinham e até paravam por pela luz, testemunhavam dos
pelas ruas do entorno da Igre- chuva foi incapaz de detê-los o teu Deus reina!” (Is 52.7). alguns instantes para tentar resultados obtidos: obediên-
ja Batista Israel para levarem no afã de fazer conhecida a Os moradores saíam das entender o que estava ocor- cia à ordem do Senhor - ide
a Mensagem do Senhor. O bendita lei do Senhor. Foi suas casas despertados pelo rendo e, assim, acabavam por e pregai - comunhão com o
evento contou com significa- algo memorável. Faço minhas som dos hinos que eram en- ouvir parte da mensagem. Senhor, a alegria de trabalhar
tiva participação de famílias as palavras do profeta Isaías, toados nas ruas por onde a Foram entregues aproxima- na Obra de Deus com os
da Igreja. Com uma alegria quando diz: “Quão formosos Igreja passava. Muitos tran- damente mil folhetos de Mis- irmãos, ânimo e força para
incontida no coração, vários são, sobre os montes, os pés seuntes afluíam para perto, sões Nacionais (JMN) com a seguir a Palavra do Mestre,
irmãos venceram o comodis- do que anuncia as boas novas, a fim de saber o que estava mensagem “Jesus Transfor- gozo e prazer em adorar ao
mo e o esfriamento espiritual que faz ouvir a paz, do que acontecendo. Carros, motos ma” e “Única Esperança”. Senhor e a esperança renova-
destrutivo da modernidade, anuncia o bem, que faz ouvir e todos que passavam se Os participantes, radiantes da. Deus seja Louvado.

Evangélicos de Limeira- BA se
unem e entregam 300 Bíblias
A
proveitando-se da Logo após a entrega das
celebração do Dia Bíblias, os cristãos se reu-
da Bíblia - come- niram em uma praça e rea-
morado no segun- lizaram um breve culto ao
do domingo de dezembro ar livre. Foi um momento
- a Primeira Igreja Batista ímpar na vida de toda aque-
de Teixeira de Freitas – BA, la comunidade, visto que fi-
campus Limeira, pertencente caram maravilhados ao ver,
ao município de Prado - BA, pela primeira vez, todas as
realizou, em parceria com as Igrejas unidas em um único
Igrejas locais, como Assem- discurso – Só Jesus Cristo
bleia de Deus e Igreja Deus salva.
da Profecia, uma grande ati-
vidade evangelística por toda
a comunidade.
A ação, que aconteceu no
dia 27 de dezembro, às 17hs,
contou com a presença de
muitos irmãos de diferentes
ministérios, os quais percor-
reram todo o distrito levando
a Mensagem de Salvação e
realizando a entrega de 300
Bíblias (Novos Testamentos).
Todos os lares da comunida-
de, bem como pessoas que
passavam pelas ruas, rece-
beram a maravilhosa Palavra
de Deus.
notícias do brasil batista o jornal batista – domingo, 18/01/15 9
PIB de São João Acróstico poético
de Meriti – RJ da Bíblia
comemora Marinaldo Lima, Igreja Batista em Sítio Novo – PE

Leitura agradável para minha mente,

Dia da Bíblia
Ânsia diária do meu coração,
Mais doce que todos os favos de mel.
Para o nosso deleite espiritual
A Bíblia Sagrada é a solução,
Dá-nos alimento que vem lá do céu;
Marly Tavares de Souza, As verdades do nosso Pai celestial.
ministra de Evangelismo e
Missões da Primeira Igreja Para toda dúvida a Bíblia tem resposta;
Batista de São João de As suas palavras nos dão segurança.
Meriti - RJ Reanima a todos os desesperançados

“Q
As suas verdades nos dão confiança.
ue dia
abençoa- Os seus ensinamentos são certos, seguros;
do!”. Essas São conselhos sábios que nos tiram de apuros.
palavras
expressam o sentimento dos Mais altos do que eu posso imaginar,
membros da Primeira Igreja Eternos e infinitos, além do que penso,
Batista de São João de Meriti Utilíssimos para guiar minhas veredas;
-RJ, no dia 14 de dezembro, São os ensinos da Bíblia e eu não dispenso.
quando foi celebrado o Dia
da Bíblia. Para sempre será a lâmpada dos pés.
A programação teve início Épocas passam, mas a Bíblia não muda
às 8h30, com o Impacto Evan- Sempre será, minha guia, minha ajuda.
gelístico na Praça da Matriz,
no Centro da cidade. O Pro- É a semente que sempre dever ser semeada.
jeto “12x8” esteve presente,
com seus enfermeiros aferindo Aqui e ali é a escolha acertada.
pressão, enquanto a equipe de
evangelismo pessoal abordava Todo ensino de Deus está em suas páginas,
as pessoas, compartilhando do Urgente para todo homem perdido e
amor de Deus. Outra estraté- Auxílio para o cristão aturdido.
gia usada foi o “Pedágio Evan-
gelístico”, tendo a participação Palavras sábias para os nossos corações,
dos jovens e adolescentes, que Agradável na leitura e com sábias lições.
usaram faixas e placas com Lenitivo seguro na hora das aflições;
mensagens de salvação, distri- A Bíblia nos dá grandes orientações.
buíram lixocars e Evangelho Verdadeira e clara em suas revelações,
de João personalizado aos Realiza a defesa quando vêm as tentações,
motoristas. As dicas certas em quaisquer situações.
Enquanto acontecia a mo-
bilização evangelística exter- E o escudo para todas as maldições.
na, os membros participavam te cedido pelo pároco Frei “Foi um momento ímpar
da programação no templo Colossi. para a nossa Igreja. Assim, Livro Sagrado que nos fala de Jesus,
da PIBSJM. O culto encerrou O pastor Claudio José F. de como nós, muitas outras pes- Universal Salvador, único que venceu na cruz;
mais cedo, como de costu- Souza trouxe uma reflexão do soas, até mesmo da Igreja Zerou nossos pecados e nos trouxe para a luz.
me, pois a celebração conti- texto de João 5.39, enfatizando Matriz, ficaram surpresas Paz e consolo encontramos no Senhor,
nuaria na Praça da Matriz. A que a Bíblia é um livro inspira- com este acontecimento. Auxílio eterno temos no Consolador.
saída do templo até ao local do, que transmite o poder de Toda honra e glória ao nos- Realmente Sua Palavra mostra todo Seu amor;
do encontro foi emocionante. Deus, e que transforma vidas. so Deus!”, declara Ronaldo A Bíblia é verdadeira, em todo seu teor;
As pessoas seguravam balões Além disso, o “Coro Reunido”, Araújo, líder da equipe de
a gás com folhetos evangelís- sob a regência do ministro de evangelismo pessoal. O Deus eterno, Ele mesmo, a inspirou.
ticos, enquanto caminhavam música Vagner Araújo, entoou Louvamos a Deus pela
pelas ruas do Centro. A ce- cinco canções do musical de oportunidade de comparti- Mensagem santa que alerta o pecador
lebração aconteceu em um Natal “Jesus mais que uma lhar a mensagem do Evange- E o dirige aos pés de Cristo, o Salvador
espaço externo à Igreja de história”, sob os olhares de lho e por tudo o que vimos e Urgentemente, pois só Ele é o Redentor.
São João Batista, gentilmen- centenas de pessoas. ouvimos.
Caminho seguro para todo viajante,
A água pura, cristalina e refrescante,
Meditação a cada hora, a cada instante.
Indicador dos nossos passos, é o mirante,
Nas suas páginas, a leitura é impactante;
Heróis da fé tiveram bênçãos abundantes.
O Livro dos livros, maior tesouro na estante.
10 o jornal batista – domingo, 18/01/15 notícias do brasil batista

Através do teatro de bonecos e do cinema,


ação misssionária ganha espaço em
Gramado – RS no período da Convenção
C
om o apoio da Con- Vagas limitadas para pósitos celestes, fazermos
vencao Batista do Rio capacitacao de teatro de bom uso de tais ferramentas.
Grande do Sul, será bonecos e arte do cinema Por isso, desafiamos você
realizado nos dias 04 a enviar os seus talentosos
e 05 de fevereiro, o treinamen- Gramado - RS é conheci- para estar conosco. As minis-
to de capacitação na área de do internacionalmente por trações acontecerão na Igreja
teatro de bonecos, para profes- sediar festivais de teatro de Batista em Gramado, locali-
sores do departamento infantil, bonecos e cinema, logo, zada na Rua Tristão Oliveira,
missionários, pastores e todos cremos que não podemos 152 – Gramado – RS. CEP:
os interessados em utilizar a deixar de marcar presença, 95670-000. Para reservar o
arte do teatro de bonecos para tendo também, no nosso seu espaço, basta ligar para
evangelização e missões. meio cristão, homens e mu- 11 949-807808 ou enviar um
O terinamento terá início lheres de Deus capazes e e-mail para: marapuppet@
às 14h e seguirá até as 17h com os mesmos talentos. A hotmail.com
nos dois dias. Nas duas noites diferença é que os nossos
acontecerão o “Show com artistas precisam do nosso Realizacão: Departamento
Roberto Maranhao e seus bo- apoio e incentivo para, da de Arte e Cultura da Con-
necos” para a comunidade mesma forma e com os pro- vencao Batista Brasileira.
de Gramado - RS. Também
teremos a presença do cineasta
e diretor, Moises Menezes,
quando ouviremos sobre a
arte do cinema e sobre a sua
mais nova producão, o filme
“Finding Joseph”, com o lan-
çamento do trailer do mesmo
no local.

Batistas de Goiás realizam


mais um Congresso da Família
Departamento de sileira (CBB) para o ano de Casa Nova, vindo da cidade certeza, não ficariam à von- de esforço na realização do
Comunicação da Convenção 2014. O Congresso foi reali- de Uberlândia-MG, condu- tade para participar das men- evento, ocasião em que di-
Batista Goiana zado, cumprindo os seguin- zindo os congressistas na sagens. A União Missionária versos congressistas foram
tes propósitos: fortalecimento adoração a Deus. de Homens Batistas de Goiás presenteados com a “Bíblia

A
Convenção Batista das famílias; intercâmbio Durante o Congresso foi coordenou toda a atividade da Família”. A Segunda Igreja
Goiana (CBG) rea- entre as Igrejas; comunhão realizado o trabalho com as esportiva do nosso Congresso. Batista do Setor Garavelo, em
lizou, em parceria entre os irmãos; louvor e crianças pela Associação dos Este Congresso proporcio- Goiânia – GO, foi muito bem
com a Associação adoração e esporte e lazer. Educadores Cristãos (ABEC). nou momentos de muita festa representada por uma família
das Igrejas Batistas do Sul e Com certeza, Deus aben- Sem essa equipe de volun- e alegria, com homenagens com quatro gerações. Mãe,
Sudoeste Goiano, o II Con- çoou-nos grandemente com tários, os casais, com toda a aos colaboradores pelo gran- filha, neta e bisnetos foram
gresso Batista da Família, a presença e ministração dos parabenizados pelo presiden-
entre os dias 31 de outubro e preletores: pastor Roberto te da CBG, pastor Silvio Luiz
1 e 2 de novembro de 2014. Amorim de Menezes, da Igre- Rosendo, pelo esforço em
O Congresso foi sediado pela ja Batista do Farol, em Ma- estarem presentes, os quais
Igreja Batista em Ipameri – ceió – AL (preletor oficial); também receberam o exem-
GO, em união com as Igrejas pastor Hilquias Fábio Nunes plar da Palavra de Deus.
da região sul, sudeste, e da da Silva, da Primeira Igreja É necessário destacar ainda
capital do estado. Na oportu- Batista de Caldas Novas – que, além das mensagens
nidade, tivemos 400 pessoas GO (preletor para Juventude proferidas pelos preletores,
representando 36 Igrejas. e Adolescentes); e a irmã o momento das refeições foi,
O Congresso teve como Janine Gomes Cassiano, da sem dúvida, a hora de colocar
tema: “Família, o ideal de Igreja Batista Belo Horizonte a conversa em dia, comparti-
Deus para o ser humano”, – MG (preletora do grupo da lhar experiências, rir e se di-
acompanhando assim o tema terceira idade). A música teve vertir, até ouvirmos a ordem:
da Convenção Batista Bra- a participação do Ministério “Tá na mesa, pessoal”. Então
saboreávamos o alimento tão
bem preparado pela equipe
da Primeira Igreja Batista de
Itumbiara – GO. E foi assim
que terminou o II Congresso
Batista para a Família com
aquele gostinho que, aqui em
Goiás nós costumamos dizer:
“Quero mais!”.
missões mundiais o jornal batista – domingo, 18/01/15 11
Missões: profissão e oportunidade
Joed Venturini – orientador Começo as consultas. Os ença cancerosa que lhe traz te Europeu, cartas para ler, médicos, advogados, executi-
Estratégico-Pastoral da JMM problemas vão se alternando uma nova luta pela vida. relatórios para acompanhar, vos, engenheiros, estudantes
para o Leste Europeu entre gripes próprias do outo- Sua esperança precisa ser orientações a passar, agen- e tantos outros a viverem
no europeu, crises de hiper- renovada para a luta e para a das a controlar. Há trabalho assim, mostrando o amor de

O
dia amanheceu tensão, controle de diabetes, eternidade, e isso só no Evan- pastoral a fazer, mensagens Deus e a graça de Jesus na
frio e chuvoso. No os tradicionais exames de gelho. Os últimos pacientes e estudos bíblicos a preparar, vida e nas palavras.
caminho do traba- rotina e uma eventual patolo- são um casal de idosos. Eles agenda da sessão a elaborar, É claro que o Senhor vai
lho, faço a oração gia nova. A terceira paciente precisam de uma consulta visitas a doentes a fazer. O chamar alguns para um tra-
habitual para que o Senhor me está em depressão profunda. calma e de quem os ouça. dia promete. E a pergunta balho específico em missões
auxilie a dar bom testemunho, Precisa muito mais de ouvir Agradecem minha atenção e vem: “O que você é? Médico, fora de sua terra com um
a ser um bom profissional e da esperança em Jesus do aproveito para explicar que missionário ou pastor”? perfil transcultural e a neces-
dar louvor ao Seu nome, re- que de antidepressivos ou sou um servo de Jesus e por Minha resposta é simples: sidade de adaptação a outras
velar Sua glória e que Ele me ansiolíticos. Aproveito para isso os atendo desse modo. sou discípulo de Jesus. Procu- línguas e gentes. Mas isso
dê boas oportunidades para lhe falar da esperança que Meu horário acaba, mas ro no meu cotidiano mostrar não significa que a Missão
mostrar e falar de sua graça. há em nós. surge uma doente que já é os princípios e conceitos de Deus se cumpra só com
Antes de iniciar as consultas, O sétimo paciente viu a na verdade uma amiga. Uma coerentes com a minha fé: esses. O Senhor escolheu
uma profissional da área de sua empresa falir e está com fibromialgia com crises do- valorização do trabalho, ho- todo um povo, uma nação
saúde pede uma palavrinha. a tensão descontrolada e lorosas terríveis que venho nestidade e profissionalis- santa, um sacerdócio real,
Repara na pulseira que uso os nervos muito alterados. acompanhando há três anos. mo, respeito pelos colegas que somos nós, a Igreja de
dos quatro pontos (método Necessita de uma palavra de Atendo fora de hora e fico 40 e clientes, amor ao próximo Jesus. É preciso fé em Cristo
evangelístico com um pulseira ânimo e de uma vida nova minutos além do meu serviço revelado em serviço alegre, e novo nascimento, consci-
com os símbolos de “coração”, que só Cristo pode dar. para a ouvir e apoiar. No fim, testemunho oportuno da ver- ência da Missão de Deus em
“X” de erro, a “cruz de Cristo” Uma colega de trabalho as lágrimas em seus olhos me dade de Jesus para mim, uma nossas vidas e abertura para
e um “ponto de interrogação” pede apoio em uma situação garantem que o testemunho vai busca constante de revelar a as oportunidades que Ele
para decisão) e me pergunta difícil que vive em casa. Paro penetrando em seu coração. glória de Deus em meu viver, certamente vai providenciar.
com curiosidade. Serão 15 para orar com ela e lhe falar Ela me garante que vai assistir a pela Sua graça. Esses são os Missão, profissão e oportu-
minutos de oportunidade para da paz que encontramos ao um culto em nossa Igreja. valores de um seguidor de nidade. E brilhamos como
falar de Jesus. Ela está em meio depositar nossos fardos nas Saio atrasado para um almo- Jesus em qualquer lugar ou luz e salgamos como bom
a um problema conjugal e mãos de Deus. ço tardio. Há ainda tanto que posição. O Senhor precisa de sal e cumprimos o desejo do
familiar, e o testemunho a A décima segunda utente fazer. Há trabalho missionário pedreiros, pintores, domésti- Senhor: alcançar os povos até
comove. O dia começou bem. descobre que tem uma do- de apoio aos colegas no Les- cas, cozinheiras, professoras, os confins da Terra.

Quatro por Um e o chamado para missões


Marcia Pinheiro – Redação riedade e um sentimento o convite foi recebido com
de Missões Mundiais de gratidão, de privilégio. grande honra. A alegria foi
Com ele, primeiro buscamos unânime. Temos acompa-

A
escolha do tema ser alcançados pelo amor nhado os testemunhos mis-
para a Campanha de Deus e depois alcançar sionários e visto o quanto são
2015 de Missões outros com esse amor. Isso trabalhadores e apaixonados
Mundiais e da mú- fala muito mais de Deus, por vidas.
sica que representaria a men- do seu incansável e infinito
sagem que queremos passar amor, do que de nós. Somos O que esperam que esta
às Igrejas neste ano aconte- apenas cooperadores juntos canção transmita às Igrejas
ceram de forma simultânea. com tantos outros irmãos e nesta campanha de mobili-
Pensar em “Meu Chamado, ministérios. zação?
voz de Deus às Nações” ime- Acreditamos que os primei- Esperamos que ajude a in-
diatamente trouxe à memória ros chamados da nossa vida flamar os corações, levante
do nosso diretor-executivo, são conhecer Deus como Pai jovens à obra missionária e
pastor João Marcos Barreto e Jesus como nosso Senhor desperte pessoas a viverem
Soares, a música “Um Cha- e Salvador. Depois somos para Deus em vez de pas-
mado”, da banda Quatro por chamados para sermos uma sarem por este mundo sem
Um. Há muito tempo ele so- bênção onde quer que este- deixar uma marca.
nhava em ter esta canção na Bessa e Duda estão desde a banda. Ela foi composta por jamos. Também fomos cha- Que seja um tempo frutí-
campanha da JMM. O convi- formação inicial da banda, Duda, Marcus Salles e Valmir. mados para sermos bênçãos fero para a glória do nosso
te aos músicos e à gravadora em 2002. O Klev foi resposta Fizemos essa música em casa, no trabalho e na igreja local. Pai celestial. Para isso, tam-
deles, MK Music, surgiu e a de oração. Desde então, já se com um violãozinho e cora- Junto com essas coisas estão bém fizemos uma gravação
parceria foi firmada. Graves passaram quatro anos. Tudo ções quebrantados. O mo- os dons e talentos que Deus nova e especialmente volta-
e agudos a serviço do Reino, se encaixou, pois os planos mento era de muita pressão e deu a cada um de nós. Servir da para a campanha. Todos
levando música de qualidade de Deus são perfeitos. incertezas, mas de uma coisa utilizando essas aptidões precisam conferir o clipe.
na mobilização de nossas nós sabíamos: desde o ventre é encontrar o verdadeiro Nosso desejo é estar com
Igrejas. Qual é a relação atual da das nossas mães Deus já tinha sentido de estar aqui nesse pessoas que compartilham
Confira a seguir um pouco banda com o Emerson Pi- nos escolhido. Sabíamos do mundo. dessa paixão pelo Reino de
sobre Klev Soares (vocal), nheiro, que começou com tanto que havia e que há para O uso da música como mis- Deus.
Duda Andrade (guitarra) e vocês? fazer, tantas vidas para serem são é uma resposta ao grande
Valmir Bessa (bateria). Esses O Emerson é o fundador do alcançadas com o amor do amor de Deus. Representa Para saber mais sobre a
são os meninos do Quatro nosso grupo. Deus plantou a Pai. Foi a última canção a para nós encontrar o propó- campanha “Meu Chama-
por Um. visão no coração dele. Um entrar no nosso terceiro CD sito de estar vivo. do, voz de Deus às Nações”
grande amigo e um referen- e se tornou a faixa título e, acesse www.missoesmun-
Falem um pouco sobre a cial para nós. Continuamos com certeza, o carro-chefe do Com que sentimento rece- diais.com.br. Se você deseja
nova formação da banda: trabalhando muito em estú- nosso ministério. São tantos beram o convite para que a entrar em contato com o
dio, nas suas produções. Ele os testemunhos de pessoas música “Um Chamado” fos- Quatro por Um e convidar
Quatro por Um: O propó- é um irmão mais velho para que se identificaram e foram se a música-tema de Missões a banda para eventos, ligue
sito e o compromisso com o a vida toda. impactadas por essa música. Mundiais em 2015? para (21) 2498-0681 ou (21)
nosso chamado nunca muda- Damos glória a Deus por isso. Para nós, todos vocês são 7892-4805. Quem preferir,
ram. Nós mudamos porque “Um Chamado”. Como missionários e nós também pode escrever para: minis-
ficamos mais velhos (risos). surgiu este grande sucesso? O que representa este mi- somos enviados aos quatro terio4por1@yahoo.com.br.
Tem sido um privilégio ca- Essa música nasceu exata- nistério para vocês? cantos do Brasil e do mundo Acesse também facebook.
minhar tantos anos servindo mente no período em que o É algo que tem que ser ad- para falar às pessoas que elas com/ banda4por1oficial e
a Jesus e a Sua Igreja. Valmir Emerson Pinheiro deixou a ministrado com muita se- têm um chamado. Por isso, @banda4por1.
12 o jornal batista – domingo, 18/01/15 notícias do brasil batista

Programa para a 95 Assembleia a

da Convenção Batista Brasileira


1ª sessão Domingo - Dia 08 DE FEVEREIRO - 14h00 às 17h30
Sexta-feira - Dia 06 DE FEVEREIRO - 8h30 às 12h00 IMPACTO EVANGELÍSTICO EM GRAMADO
08h30 - Composição da mesa
08h40 - Instalação da 95ª Assembleia da CBB (Tema, Divisa e Hino) – Presidente Domingo - Dia 08 DE FEVEREIRO - 20h00 às 21h30
da CBB Noite EVANGELÍSTICA
08h50 - Aprovação do Programa Provisório Mensagem: Pr.Tércio Ribeiro de Souza - AL
08h55 - Momento cívico “Hino Nacional Brasileiro”
09h05 - Oração pela Pátria 7ª Sessão
09h10 - Louvor e Adoração Segunda-feira - Dia 09 DE FEVEREIRO - 8h30 às 12h00
09h25 - Mensagem - Pr. Luiz Roberto Silvado - Presidente da CBB 08h30 - Instalação da 7ª Sessão
10h05 - Momento de Oração pela Denominação e toda a sua liderança 08h35 - Expediente
10h10 - Louvor e adoração 08h45 - Tema, Divisa e Hino Oficial
10h25 - Nomeação das Comissões 09h00 - Eleição da Presidência (Primeiro Escrutínio)
10h35 - Estudo Bíblico: Integralmente submissos a Cristo, preparemo-nos para 09h20 - Mensagem: Integralmente submissos a Cristo, experimentemos uma vida
aprender (Introdução das Bem-Aventuranças) – Pr. Russel Sheed - SP de misericórdia e santidade (Bem-aventuranças 5 e 6)
11h20 - Pequenos Grupos Pr. Dario Francisco de Oliveira – RJ/FL
11h40 - Louvor e Adoração 10h05 - Pequenos Grupos
11h50 - Aprovação da agenda para 2ª Sessão e Encerramento 10h25 - Eleição da Presidência (Segundo Escrutínio)
10h35 - Inspiração Musical
2ª Sessão 10h45 - Comunicação Literária – Convicção Editora
Sexta-feira - Dia 06 DE FEVEREIRO - 14h00 às 17h30 10h50 - Representação denominacional – ABM e UBLA
14h00 - Instalação da 2ª sessão 11h00 - Eleição dos Vice-presidentes
14h05 - Expediente 11h20 - Inspiração Musical
14h10 - Adoração e louvor (Tema, Divisa e Hino) 11h30 - Comissão de Programa
14h30 - Relatório do Conselho Geral – Apresentação (40min) 11h55 - Aprovação da agenda da 8ª Sessão e Encerramento
Deliberação e aprovação (60min)
16h10 - Relatório do Conselho Fiscal 8ª Sessão
17h00 - Parecer da Comissão de Indicação Segunda-feira - Dia 09 DE FEVEREIRO - 14h00 às 17h30
17h20 - Inspiração Musical 14h00 - Instalação da 8ª Sessão
17h30 - Aprovação das agendas das reuniões 3ª e 4ª Sessões e Encerramento 14h05 - Expediente
14h15 - Inspiração Musical
3ª Sessão 14h 25 - Eleição da Secretaria
Sexta-feira - Dia 06 DE FEVEREIRO - 19h30 às 21h30 14h45 - Relatório da Câmara Setorial de Missões
19h00 - Recital AMBB 15h15 - Inspiração Musical
19h30 - Instalação da 3ª sessão 15h30 - Relatório da Câmara Setorial de Ação Social
19h40 - Apresentação das autoridades e visitantes 16h00 - Relatório da Câmara Setorial de Educação Religiosa
19h50 - Saudação aos Batistas Brasileiros 16h30 - Relatório da Câmara Setorial de Educação Ministerial
20h00 - Mensagem aos Batistas Gaúchos, autoridades e visitantes 17h00 - Comissão de Programa
20h10 - Adoração e louvor (Tema, Divisa e Hino) 17h55 - Aprovação da agenda da 9ª e 10ª sessão e Encerramento
20h30 - Mensagem Oficial - Pr. Oliveira de Araújo - ES
21h15 - Inspiração musical e Oração 9ª Sessão
21h25 - Encerramento Segunda-feira - Dia 09 DE FEVEREIRO - 19h30 às 21h30
19h30 - Instalação da 9ª Sessão
4ª Sessão 19h40 - Programa Missionário
Sábado - Dia 07 DE FEVEREIRO - 08h30 às 12h00 Integralmente submissos a Cristo no cumprimento da Missão
08h30 - Instalação da 4ª Sessão Missões Nacionais & Missões Mundiais
08h35 - Expediente 21h30 - Encerramento
08h40 - Adoração e Louvor – Tema, divisa e hino
08h45 - Estudo Bíblico: Integralmente submissos a Cristo, vivamos os valores do 10ª Sessão
Reino e a Consolação do Espírito (Bem-Aventuranças 1 e 2) – Pr. Russel Terça-feira - Dia 10 DE FEVEREIRO - 8h30 às 12h00
Sheed - SP 08h30 - Instalação da 10ª Sessão
09h30 - Pequenos Grupos 08h35 - Expediente
09h50 - Representação Denominacional 08h45 - Adoração e Louvor
09h55 - Nomeação das Diretorias das Câmaras Setoriais 08h55 - Mensagem: Integralmente Submissos a Cristo, sejamos promotores de paz
10h00 - Orientações sobre Câmaras Setoriais e felicidade, mesmo em meio às perseguições (Bem-aventuranças 7 e 8)
10h05 - Adoração e Louvor Pr. Paulo Fernando Cabral - RS
10h25 - Mensagem: Integralmente submissos a Cristo, vivamos em mansidão e 09h40 - Pequenos Grupos
saciemo-nos com a justiça (Bem-aventuranças 3 e 4) – Pr. Evaldo Carlos 10h00 - Adoração e louvor
dos Santos - ES 10h15 - Relatório da Comissão de Assuntos Especiais
11h10 - Inspiração Musical e Oração 10h35 - Estudo Bíblico: Integralmente submissos a Cristo, façamos a diferença por
11h20 - Comissão de Programa onde andarmos (as bem-aventuranças e sua aplicação aos nossos dias)
11h45 - Aprovação das agendas das reuniões 5ª, 6ª, 7ª e 8ª Sessões Pr. Luiz Sayão - SP
11h55 - Encerramento 11h20 - Painel
11h55 - Inspiração Musical e Oração
5ª Sessão 12h00 - Aprovação das agendas da 11ª e 12ª Sessões
Sábado - Dia 07 DE FEVEREIRO - 14h00 às 17h30
• Câmara Setorial de Missões 11ª Sessão
• Câmara Setorial de Educação Religiosa Terça-feira - Dia 10 DE FEVEREIRO - 14h00 às 17h30
• Câmara Setorial de Educação Teológica 14h00 - Instalação da 11ª Sessão
• Câmara Setorial de Ação Social 14h10 - Expediente
14h15 - Parecer da Comissão de Renovação do Conselho
6ª Sessão 14h45 - Comissão de Programa
Sábado - Dia 07 DE FEVEREIRO - 19h30 às 21h30 17h25 - Encerramento
19h30 - Instalação da 6ª Sessão
19h35 - Tema, Divisa e Hino Oficial 12ª Sessão -
19h45 - Louvor e Adoração Terça-feira – Dia 10 DE FEVEREIRO - 19h30 às 21h30
20h15 - Mensagem: Integralmente submissos a Cristo, obedeçamos ao Seu chamado 19h30 - Instalação da 12ª Sessão
Pr. Paige Patterson (SWBTS) 19h35 - Tema, divisa e Hino Oficial
21h15 - Inspiração Musical 19h50 - Mensagem: Integralmente submissos a Cristo, prossigamos firmes
21h25 - Encerramento Alexsander Cleyton de Souza - MS
20h30 - Inspiração Musical
Domingo - Dia 08 DE FEVEREIRO - 08h30 às 12h00 20h40 - Apresentação Oficial e Oração pelas Novas Diretorias das Organizações
preparação para o IMPACTO EVANGELÍSTICO EM GRAMADO (UFMBB, UMHBB, OPBB, AECBB, AMBB, ADBB, AEPBB, ABIBET, ANEB)
Mensagem: Integralmente submissos a Cristo, impactemos Gramado 20h50 - Posse da Nova Diretoria da CBB
Pr. Ney Ladeia - PE 21h00 - Palavra do Novo Presidente
21h10 - Gratidão a equipe local
Domingo - Dia 08 DE FEVEREIRO - 14h00 às 17h30 21h20 - Filme promocional da 96ª Assembleia da CBB
Câmeras Setoriais (se necessário) 21h30 - Oração de Encerramento da 95ª Assembleia da CBB
notícias do brasil batista o jornal batista – domingo, 18/01/15 13
OBITUÁRIO

O Jornal Batista e a
história de vida de
dona Genecy
Miriam Figueira Herdy, com O Jornal Batista e, em costumava dizer que pare-
filha primogênita um dos seus artigos, vovô cia mentira ter andado por
leu e gostou do nome Ge- onde andou Jesus. E ela não

A
história de ma- necy. só andou por onde andou
mãe com O Jor- Mamãe sempre contou Jesus, mas andou com Ele
nal Batista vem esta história com muito durante toda sua jornada
desde o seu nas- orgulho. Eu sempre a achei na terra.
cimento: 01/01/1924. No interessante, mas, hoje, ela Noventa anos após aque-
dia 31/12/1923, vovô Nor- tem um significado muito le dia tão feliz, mamãe
berto, tesoureiro da Igre- maior. Aquele neném se partiu para eternidade, dei-
ja Batista de Macaé - RJ, transformou em uma linda xando em nossas vidas um
preparou o relatório admi- jovem por quem papai se enorme vazio. Sou grata
nistrativo/financeiro para apaixonou. Casaram-se em por ter tido a oportunida-
apresentar na vigília - como 09/03/1945 e, juntos, per- de de conviver com ela
era costume na época - e maneceram por 69 anos. durante 68 anos. Apesar
entregou-o a um portador Ela dedicou sua vida cui- da grande falta que ela
para levar. Ele não podia dando de papai, dos seis faz, entendo que precisa-
sair porque vovó Odila filhos e também ajudou va ir encontrar-se com os
estava prestes a dar à luz. muito na criação dos netos. filhos que haviam partido
Mamãe nasceu na madru- Teve a oportunidade precocemente – Demetrio
gada do dia primeiro. Pela de visitar a “Terra Santa”, e Lydia - porque ela tinha
manhã, o portador chegou subiu ao Monte Sinai, e muita saudade deles.

Ruth da Gama Araújo Santos


(25/12/1923 – 09/11/2014)
Izabel Conceição Vieira tratava as pessoas, seus tível no conhecimento da
da Gama (Belinha), irmãos em Cristo e a dedi- Bíblia, estudou e estudava
cunhada, membro da cação contagiante à Igreja com afinco sempre ajudan-
Igreja Batista Barão da e à família. do e combatendo o pecado.
Taquara - RJ Ruth teve um ministério Não dava lugar a tudo o
espiritual que era de condu- que era errado e provava

P
artiu para a morada zir as pessoas ao batismo, que servir ao Senhor com
celestial a Ruth, a atuando na classe de cate- dignidade era o melhor.
querida cunhada. cúmenos, no crescimento Deixou um lastro de ami-
Era impossível che- da fé dos candidatos. Ama- zade muito grande nas Igre-
gar perto de Ruth e não sair va a MCA, da qual sempre jas onde atuou: Igreja do
confortada. Ela não deixava fez parte. Dizimista fiel, Méier - RJ, onde foi criada;
de ser ativa. Apesar das lu- sempre incansável semea- Itaparica, Vila Velha - ES;
tas, falava, agia, escrevia, dora da Palavra. Espalhava Memorial de Brasília - DF
orientava e animava anun- a boa semente nos lugares e, finalmente, Paraíba do
ciando a Boa Mensagem. onde morou, evangelizava Sul – RJ.
Serviu ao Senhor desde sua seus vizinhos através dos Ruth viveu de tal forma
tenra idade, porque não hinos, aos quais sempre que mesmo depois que se
dizer. Nasceu em um lar fizeram parte de sua vida foi, continua viva na me-
evangélico. Sua disposição cristã. mória de quem a conheceu.
e dedicação incansável ja- Teve lutas gigantescas, Um dia estaremos juntos
mais serão esquecidas por mas nunca esmoreceu. e viveremos para sempre
quem privou de sua amiza- Sempre tinha um sorriso com o Senhor. Por favor,
de, assim como a maneira nos lábios. Além disso, que orem pelo seu único filho,
educada e simpática como mãe ela foi. Ruth era imba- o Paulo José.
14 o jornal batista – domingo, 18/01/15 ponto de vista

Departamento de Ação Social da CBB

Violências
cotidianas
Remy Damasceno, soas, ao contrário, constitui pontaneidade, criatividade e sufocamento financeiro. suas violências, bem como
coordenador do marca de todas as civilizações, e inteligência em nome de Mulheres que expõem fracas- as que ocorrem nas famí-
Departamento de Ação em todos os tempos. Atual- duvidosas reverências e or- sos dos seus maridos visando lias e igrejas. Nossa espi-
Social da Convenção Batista mente, até. Ela encontra-se todoxias, velhos humilhados humilhá-los. Crianças sob ritualidade precisa dar-se
Brasileira tão presente que dificilmente e desprezados em sermões recorrentes agressões físicas em amor. Mesmo quando
encontraremos alguma insti- e práticas, marginalizados e sexuais. julgarmos inevitável certos

U
m dos principais tuição livre de sua presença. sociais excluídos por olhares Entre silêncios e ações, per- atos violentos, eles pre-
erros que pode- Se a violência é linguagem e posturas, da possibilidade mitimos que a violência seja cisam expressar o amor
mos cometer é corrente de nossa sociedade, de convívio comunitário. E algo próprio do nosso cotidia- libertador de Jesus.
o da negação do não há como imaginar que os exemplos facilmente são no. Não só nas ruas, como em
mal. A recusa em enxergar sua incidência ocorra somente multiplicáveis, basta lembrar nossas relações mais precio- Convido você a refletir um
o que se encontra evidente em determinados segmentos dos inúmeros casos de abuso sas. Faz-se necessário romper pouco mais sobre violência
inviabiliza a necessária alte- sociais. Ela estará presente em sexual ocorridos nos espaços com o silêncio e passarmos doméstica no 8° Encontro
ração de percursos. Acredito todo grupamento humano. das nossas igrejas. a pensar e falar sobre nossas Nacional Batista de Ação
que algumas violências se Inclusive, na Igreja, na família. O mal da violência tam- violências. Precisamos re- social que ocorrerá em Gra-
encontram sob essa perversa São pastores sob violência bém ocorre em nossos lares. conhecer que a violência se mado, no dia 05 de fevereiro,
invisibilidade. de lideranças eclesiásticas, Muitas são as mulheres que encontra entre nós e, como às 18h30, durante a Assem-
A violência, inclusive a do- irmãos fragilizados sob a apanham dos seus maridos diria Paulo, em nós. bleia da Convenção Batista
méstica, não constitui um ato violenta ira pastoral, crian- cristãos. Outras tantas humi- Sendo essa a realidade, Brasileira. Mais informações:
característico de isoladas pes- ças violentadas em sua es- lhadas por agressivos ciúmes permita-se refletir sobre www.batistas.com

Falcão e Isaltino
Macéias Nunes, aparente - temente prosaicos de Deus, mas também um alguma alteração. No último nunca era necessário. Algo
colaborador de OJB da vida cotidiana em fonte de intelectual de peso, tendo o livro de Isaltino que revisei muito diferente dos muitos
expressivas lições de sabedo- que dizer e sabendo como – sobre a oração sacerdotal entre nós que escrevem muito

A
lém das reconheci- ria prática e importantes lições fazê-lo em um estilo elegante – sugeri-lhe que trabalhasse mal e que acrescentam a isso
das qualidades mo- de vida. Nesse sentido, como a objetivo. Na parte técnica, seu estilo de modo menos o mal adicional de acharem
rais e espirituais de nos demais, vai fazer falta, a como Isaltino, era a alegria didático, mais literário, e exatamente o contrário, sen-
que o pastor Falcão exemplo de Isaltino Gomes dos revisores. No meu caso ele, humildemente, acatou a tindo-se ofendidos quanto se
Sobrinho era detentor, em Coelho Filho, outro talento em particular, texto de am- sugestão, sem nenhuma ve- tenta melhorar seu texto.
seu longo, profícuo e versátil em dizer o que diz e que nos bos era sinal de mera leitura, leidade de estrela literária – o Estamos perdendo nossos
ministério, não se pode esque- deixou tão precocemente. alterando-se uma vírgula aqui que, na realidade, era. melhores escritores, sem fa-
cer sua condição de excelente O pastor Falcão era não e ali e nada mais. Além do Falcão, por sua vez, deixava lar em homens de Deus que
escritor. Ele possuía a virtude só uma reserva moral dos mais, ambos tinham a virtude ao revisor toda liberdade para pensam mais nos interesses
típica – e rara - dos grandes Batistas brasileiros, na vivên- da humildade, não criando mexer em seu texto, se neces- da Causa do que em sua pró-
autores, de transformar os fatos cia de um autêntico homem caso quando uma frase sofria sário, mas que, como dito, pria projeção pessoal.

1º Encontrão Henrique Liebich


O Lar da Criança, em seus 53 anos de existência, acolheu e foi o lar provisório de mais de 700 meninos e meninas. Muitos entraram pequenos e
saíram adultos, outros permaneceram menos tempo, mas, para todos, ficaram as lembranças das amizades e brincadeiras, de um tempo que marcou
suas vidas.
E pensando em rever as pessoas que fizeram parte desta época tão especial, alguns ex-acolhidos do Lar, através do Facebook, lançaram a ideia
da organização de um evento que promovesse o encontro de ex-acolhidos e ex-funcionários (e seus familiares) do Lar da Criança. Assim nasceu o
1º Encontrão Henrique Liebich.
O evento acontecerá nos dias 01, 02 e 03 de maio de 2015, no Acampamento Batista Pioneiro, em Bozano - RS, com preleção do pastor Helmuth
Matschulat, ex-diretor do Lar da Criança Henrique Liebich, além de diversas outras atrações, como gincana, mateada, noite da fogueira, noite dos
talentos, visita ao Lar da Criança, programação especial para crianças e adolescentes, esporte e outros.
O período de inscrição é do dia 20 de novembro de 2014 até o dia 28 de fevereiro de 2015, no site larliebich.org.br.
A Comissão Organizadora convida a todos os ex-acolhidos e ex-funcionários (e seus familiares) do Lar da Criança para participarem deste momento
que, certamente, será marcado por muita emoção e alegria.

Liane Hartmann
Secretária - 55-3332-1095/3333-3412
Lar da Criança Henrique Liebich - Sociedade Batista de Beneficência Tabea
ponto de vista o jornal batista – domingo, 18/01/15 15

Passado e futuro da educação


religiosa batista no Brasil
João Martins Ferreira, recursos para igrejas, livros e como uma de suas organiza- Recursos adicionais para Convenção Batista Brasileira
pastor, professor da contava com autores e edito- ções auxiliares, apoio vital desenvolver este ministério, acaba de lançar um novo
Faculdade Teológica Batista res consagrados pelas igrejas, para crescer o entusiasmo e eram usados pelas igrejas projeto, que é dinâmico,
de São Paulo pastores e educadores do interesse do nosso povo por e líderes, com frequência e inteligente e, sendo apreen-
país. Enfim, tínhamos uma ver a obra solidificada em eficiência. O quase extinto dido e aplicado pelos pas-

A
década de 80 foi variedade de recursos que nossa denominação. A Escola flanelógrafo, e o retroproje- tores e líderes da área nas
considerada a déca- enchiam os nossos olhos e Bíblica Dominical sempre foi tor o quadro de giz foram igrejas, poderá ser benção e
da da educação re- corações para trabalhar com o carro-chefe do programa de bênçãos e em alguns lugares ressuscitará o entusiasmo e o
ligiosa dos batistas dedicação e alegria neste educação religiosa e muitos continuam sendo. Bons tem- ardor pela área da educação
brasileiros. Integrei o grupo ministério. Por outro lado, artigos eram escritos sobre pos aqueles. O povo sabia da religiosa dos batistas.
de educadores religiosos que instituições teológicas, insti- a bicentenária organização importância e da necessida- A Convicção Editora, nova
implantou, aperfeiçoou e di- tutos, seminários e faculda- criada por Robert Raikes, de de um bom programa de editora dos Batistas, vitalizará
namizou o programa de edu- des preparavam obreiros es- em 1780. educação religiosa em suas a produção editorial do nos-
cação religiosa das Igrejas pecializados na área, abrindo Um artigo meu publicado vidas e na vida funcional so material que alimentará
naquele tempo. Contribui de um leque de oportunidades em OJB, sob o título “Não da igreja. Mas os tempos a educação cristã do povo
diversas formas; escrevendo para utilizarem os bacharéis deixe a escola dominical mudaram, a introdução de batista nas próximas décadas.
artigos, lições, integrando a em educação religiosa ou morrer” foi uma contribui- recursos técnicos, que são Não esqueçamos desta pro-
Junta de Educação Religiosa bacharéis em teologia com ção para incentivo às igrejas, adqueridos pelas igrejas e o funda reflexão do homem de
e Publicações (JUERP), viajei especialização em educação aproveitando aquele fervi- reconhecimento dos cursos Deus: “...Quando tivermos
Brasil a fora participando de religiosa. Era um ministé- lhante momento. Considero a de obreiros pelo MEC apa- melhores crentes, teremos
congressos e simpósios e rio definido na estrutura da Escola Dominical um termô- garam o entusiasmo das pes- mais crentes, e melhores
integrei a equipe fundadora maioria das igrejas batistas. metro da pujança da igreja soas pela área da educação crentes podemos ter quando
da Associação dos Educa- As igrejas costumavam ter local, em todos os tempos. cristã. Infelizmente, a JUERP definirmos um bom progra-
dores Religiosos Batistas do um diretor ou diretora de Tínhamos na área do trei- sucumbiu, deixando de ser ma de educação cristã para
Brasil, organização que tive educação religiosa e, algu- namento uma organização aquele referencial abenço- nossas igrejas” (Evangelista
o privilegio de presidir cinco mas, ordenavam ministros paralela à Escola Domini- ador de educação religiosa Billy Graham). No cumpri-
anos consecutivos. O pastor de educação religiosa, e eles cal que, mais tarde, ficou dos Batistas brasileiros. Com mento da Grande Comissão,
Lécio Dornas, entusiasta pela tinham muito que fazer. conhecida como Escola de ela sucumbiram ideais e so- está explicita a ordem: “Ide e
educação cristã, foi neste A Convenção Batista Brasi- crescimento Cristão. As orga- nhos de uso daquela indús- pregai, ensinando-os a guar-
tempo o diretor-executivo. A leira (CBB) em uma de suas nizações missionárias União tria gráfica que nos enchia dar”. Novos tempos e novos
JUERP estava no auge de sua Assembleias, recebeu com Masculina e União Feminina de orgulho santo, que virou desafios para as nossas Igrejas
atuação, lançava no mercado euforia a Associação dos Edu- integravam aqueles projetos pesadelo e transformou-se e para os educadores religio-
uma variedade de produtos, cadores Batistas e a integrou assim como hoje. em sucata. Felizmente, a sos do Brasil.