Você está na página 1de 68

RESUMO

O Luciferianismo, busca estabelecer as


bases da doutrina luciferiana, ou
luciferosofia, como algo digno e elevado
a ser seguido, livre de tabus, medos e
ignorância, oferecendo uma filosofia de
liberdade, espiritualidade, conhecimento
e prazer, que se estende em muitas
áreas da vida. Este trabalho visa suprir a
necessidade de uma obra elucidativa e
prática sobre a questão luciferiana

Soror Isis
.
INTRODUÇÃO A
NOVA ERA.
Luciferianos
1

Luciferianos

Introdução ao Luciferianismo.
Descrição: Esta obra que busca estabelecer as
bases da doutrina luciferiana, ou luciferosofia,
como algo digno e elevado a ser seguido, livre
de tabus, medos e ignorância, oferecendo uma
filosofia de liberdade, espiritualidade,
conhecimento e prazer, que se estende em
muitas áreas da vida. Este trabalho visa suprir a
necessidade e a urgência de uma obra
elucidativa e prática sobre a questão
luciferiana e propor uma revolução para uma
vida mais compreensiva, tranquila, alegre,
sábia, prazerosa, respeitando a si mesmo, a
Natureza e o Universo. A obra também mostra
as diferenças entre Lúcifer, Satã e o Diabo,
tentando desfazer a grande e inútil confusão
criada em torno desses nomes, e pretende
dissipar a ignorância com relação ao nome de
Lúcifer, instalada ao longo dos séculos por
aqueles que querem acreditar na farsa do
Diabo dogmático, mostrando que Lúcifer é pré-
1
2

cristão e sua expressão se encontra, sob


diversas formas, em muitos povos e culturas
do mundo anterior ao Cristianismo. Aqui, o
estudante compreenderá o lema luciferiano:
Livre-arbítrio com consciência e vontade com
discernimento. E sempre lembrará de que é
preferível arcar com os resultados do
conhecimento do que com as consequências
da ignorância. Portanto... A Nova Era
luciferiana!

Sabemos que as mentiras oficializadas servem para manter o povo


sob o domínio do sistema político e religioso de massa, com a
ilusão de liberdade religiosa de expressão pois as mentes fracas e
preguiçosas são escravizadas pela opressão de ideias insistente e
absurdas de pecado, Inferno e sofrimento eterno” É sério mas
muitas pessoas ainda acredita nessa doutrina até hoje. Se quiser
fazer parte desse grupo e discutir tais mentiras oficializadas, este e-
book é para você. Mas ao contrário, caso tenha cansado de viver
sob este manto de mentiras tal como encontramos em filmes e
livros a mentira e a verdade imposta e aceita da igreja que te impõe
a uma vida de sofrimento e culpa pelo seus atos e vontades. Aqui
vou te introduzir o Conhecimento e Sabedoria.
“Se Lúcifer caiu, certamente foi uma queda- livre”
2
3

Queres saber mais? Sejam Bem-vindos!


Introdução
O verdadeiro significado de Lúcifer, para começar, é pré-cristão.
Afinal, existia vida inteligente antes de Cristo.
A comparação de Lúcifer com Prometeu é inevitável. Caso não te
lembres, não conheças, vide o livro “O Paraíso Perdido”, de John
Milton e/ou consulte facilmente na Internet os mitos de Prometeu.
Pronto. Primeiro passo. Vamos lá… Ambos “lutaram contra a
mórbida passividade celestial”, nos diz o autor.
Claramente, os deuses de expressões luciferianos, as diferenças
entre o monoteísmo e o politeísmo, a verdade (mesmo) sobre as
heresias (hás de rir ou ficares chocado com o significado original), o
lucro da Igreja com as “heresias fabricadas” …
“A Igreja (…), além de escravizar povos com o confisco de seus
bens e terras, (…) canonizava (…) os assassinos de não católicos.”
Absurdo, achas? ‘“(…) todas as farsas da Igreja não constavam nos
textos bíblicos originais!!!” Hummmmmm… Você já leu, por acaso o
Evangelho de Judas? Bem, este e outros livros que eles
consideravam detratores e perigosos para o papado e a “Santa”
Igreja foram devidamente ocultados… ainda nos fornece mais
detalhes profundos a respeito da sórdida “Santa” Inquisição, mais
os absurdos do fanatismo criacionista contra a ciência, como este,
por exemplo: “os dinossauros foram destruídos no dilúvio e não
entraram na Arca de Noé (…) por serem obra de Diabo.” Mas, pelo
que muitos sabemos, Diabo foi criado pela Igreja. Que sem nexo…
Mas claro, a fé cega faz acreditar até que macaco é camelo.
Lamentável…
Como ele nos diz, e é óbvio às mentes já livres das correntes que
tentam nos prender, da Igreja e dos dogmas do Cristianismo,
“Subtraia o Diabo da Igreja e a Cristandade toda desaparece”. Não
há como não rir ou lamentar-se disso. Afinal, a demonologia foi
criada pela própria Igreja (!!!)

3
4

Recentemente, para satirizar ainda mais a condição já bem patética


dos cristãos, o Papa Bento XVI disse a todos, em visita ao Brasil,
que “abrissem mão do prazer” (!!!) É para qualquer pessoa com
sanidade morrer de rir… ou de ódio. Infelizmente, há quem
concorde. Na psicologia, isso seria considerado masoquismo.
Ao contrário, a doutrina luciferiana prega “o prazer sadio como um
meio de atingir algo das alegrias da vida e o bem-estar.” ainda
discorre sobre o Satanismo, os códigos da moral satânica (sim,
existem e são decentes). São ambas duas doutrinas de evolução e
liberdade.
Objetivo fundamental? Nunca mais seres vítima de nada… nem de
ninguém!!! Não seres submisso, tudo que te ensinam a ser até tal
idade… e insistem ainda depois disso, mesmo quando tua
personalidade já estiver formada – eles insistirão em deformá-la!
Busca tua evolução, com esta ou outra revolução de pensamento e
atitude similar, estando ciente de tuas reações emocionais e
colocando em ação o que desejas!!!
Se aprofundando no Luciferianismo, especificamente no lado
pessoal, individual, aprenda a lidar com o amor, o ódio… etc.…
A Cultura Luciferiana. Sim, cultura. Aprendizado, sabedoria… tu
não mereces nem deves ficar à sombra, como alguém sem
conhecimento algum, porque nenhuma Igreja pode te dizer que
sabedoria demais só pertence a Deus ou a eles e que deves ser
humilde e blábláblá…
Existem: (Alguns exemplos que serão visto mas a frente)
Vontade (Thelema – para saber mais sobre Thelema em si,
sugerimos a leitura dos rituais de Aleister Crowley. (Iremos estudar
sobre)
Conhecimento (gnoses)
Sabedoria (Sophia – Daí surgiu o trocadilho do livro “O Mundo de
Sophia”)
A busca da cultura, Arte, Ciência, Cinema, Filosofia, Literatura, etc.
são mais do que encorajada, afinal a origem da palavra lucidez vem
dele, Lúcifer, Estrela da Manhã, o Portador da Luz!!!

4
5

Exatamente o contrário do que Prega (lembrei-me de pregos agora,


rs) a Cristandade (e descobri que até mesmo dentre os Rosa-
Cruzes, a sabedoria é considerada mais importante que Deus!!!!!)
[Cuidado, é segredo... O.ou] … o contrário do que Pregam estas
religiões, seitas e afinas cujo alvo é sufocar o indivíduo e deixá-lo
amorfo, não mais do que um infeliz e período aglomerado de
átomos obedientes em meio à multidão…
Ousa! Queira! Saiba! … E cala-te àqueles que somente farão
ouvidos moucos a tuas ideias. Viva tu a experiência… Se fores
compartilhá-la com outrem… Cabe a ti decidir… Sejas como Lúcifer
e Prometeu – use teu livre-arbítrio e decida!
Juliana Tavares.

5
6

O LUCIFERIANISMO é
uma filosofia ou doutrina, que busca
virtudes como iluminação,
sabedoria, orgulho, independência
e liberdade de sua principal
divindade, Lúcifer. Ao mesmo
tempo é subjetivo, baseado em
experiências e aceitação pessoais,
sofrendo influências de outras
crenças. Assim, não possui uma
base rígida de dogmas a serem
seguidos, sendo transmitido
oralmente e praticado, geralmente,
de forma individual.
Historicamente, não há uma origem
precisa sobre o início do
Luciferianismo. Mas há um conjunto
de conceitos que se desenvolveu
ao longo dos tempos em várias
culturas distintas e pagões resultou no Luciferianismo conhecido
atualmente, mas o que poucos sabem é que mais velho que a raça
humana e foi existente, mas porem sempre Oculto e roda se
reinventando e modernizando como tudo existente.
As serpentes e os dragões, que são representações de Lúcifer em
várias culturas, são também símbolo de sabedoria e eternidade.
Estes animais eram alvos de adoração no Egito, Babilônia, Pérsia, e
entre os Incas americanos. Assim, podemos supor que esta filosofia
já era praticada há muitos séculos.
Na Bíblia podemos encontrar várias alusões à serpente: "Porque
Deus sabe que no dia em que dele comerdes se abrirão os vossos
olhos, e sereis como Deus, sabendo o bem e o mal" (Gênesis –
Cap. III – Versículo V). Neste versículo, a serpente induz Eva a
comer o fruto no Éden. Mas segundo a interpretação dos
luciferianistas, encontra-se claramente a simbologia da serpente
como portadora da chave que possibilita o homem tornar-se Deus.
Nós somos Deuses, fazemos a nossa Vontade e não pecado em
nosso meio ou punição. O fruto proibido foi um presente a nós
“conhecimento”

6
7

Divide-se em luciferianos tradicional ou teísta (crença em Lúcifer


como um ser físico)
E Luciferianismo simbólico ou agnóstico (crença em Lúcifer como
um símbolo de luz, conhecimento, crescimento individual e auto
aperfeiçoamento).
Este tipo de crença existe também no paganismo da Tradição
Ibérica, apesar de não corresponder diretamente a ela e de não
possuir, no mais das vezes, ligação definitiva com nenhum tipo
clero de misticismo. Claro sendo assim cada membro se identifica
em forma filosófica do Luciferianismo;

Deístas e Agnósticos

Num aspecto geral, o Luciferianismo pode ser subdividido em duas


categorias, nas quais as denominações variam e não são tão
significativas para sua compreensão. As modalidades são
conhecidas como Deísta e Agnóstico, Tradicional ou Moderno
Os adeptos do Luciferianismo Deísta identificam Lúcifer como o
criador do universo, um ser onipresente e onipotente. Neste caso,
Lúcifer assume as características principais de uma divindade.
Os luciferianos agnósticos veem Lúcifer como um arquétipo, ou
seja, uma referência de virtudes que são visadas por seus adeptos.
Esta variação é nitidamente influenciada pelo Satanismo moderno
promovido por Anton Lavey, no qual não há uma divindade
específica, mas cada indivíduo eleva-se a ponto de considerar-se
"seu próprio Deus".
Este conceito também nos remete a ideologia do Thelema, tendo
como seu principal divulgador o ocultista, Aleister Crowley.
Mas em todas as variações, Lúcifer é visto como um ser que abriga
em si os opostos entre Luz e Trevas, e por consequência, o
equilíbrio entre os polos. Este conceito é totalmente contrário a
muitas religiões que possuem figuras que representam os
arquétipos de bem e mal de forma distintas. A aceitação de uma
única referência que é paralelamente Luz e Trevas, segundo os
adeptos, é a principal diferença do Luciferianismo em relação aos
outros sistemas religioso.

7
8

LÚCIFER - Helena P. Blavatsky

LÚCIFER (lat.) – O planeta


Vênus, considerado como a
brilhante “Estrela Matutina”.
Antes de Milton, Lúcifer
nunca havia sido um nome
do Diabo. Pelo contrário,
visto que no apocalipse
(XXII,16) o Salvador cristão
faz dizer de si mesmo: “Eu
sou... a resplandecente
estrela da manhã” ou
Lúcifer. Um dos primeiros Papas de Roma possuía tal nome e havia
até, no séc. IV, uma seita cristã denominada os Luciferianos. Lúcifer
vem de Luciferus, portador da luz, aquele que ilumina, e
corresponde exatamente à palavra grega Phosphoros. A igreja dá
hoje ao diabo o nome de “trevas”, enquanto que no Livro de Jô
chama-se “Filho de Deus”, a brilhante Estrela Matutina, Lúcifer. Há
toda uma filosofia de artifício dogmático devido ao fato de que o
primeiro Arcanjo, que surgiu das profundezas do caos, foi chamado
de Lux (Lúcifer), o luminoso “Filho da Manhã” ou Aurora
Manvantárica.
A Igreja transformou-o em Lúcifer ou Satã, porque é anterior e
superior a Jehovah e tinha de ser sacrificado ao novo dogma.
(Doutrina Secreta, I 99-100) Lúcifer é o portador de luz da nossa
Terra, tanto no sentido físico quanto místico. (Doutrina secreta, II,
36). Na antiguidade e na realidade, Lúcifer, ou Luciferus, ´o nome
da Entidade Angélica que preside a Luz da Verdade, o mesmo que
a luz do dia. Lúcifer é a Luz Divina e terrestre, o “Espírito Santo” e
“Satã” ao mesmo tempo (idem, II, 539). Está em nós; é nossa
Mente, nosso Tentador e Redentor, o que nos livra e salva do
animalismo puro. Sem este princípio - emanação da mesma
essência do puro e divino princípio Mahat (inteligência), que irradia
8
9

de um modo direto da Mente divina – com toda certeza, não


seríamos superiores aos animais. (I idem, II, 504). Lúcifer e o Verbo
são um só em seu aspecto dual. Equivale ao Ezanas-Sukra da Índia

QUEM É LÚCIFER?

Desde a Antiguidade, passando pelos filósofos e desembocando na


figura conhecida erroneamente como o "demônio cristão e Diabo",
diversos personagens da mitologia e divindades cultuadas em
inúmeras e distantes culturas, possuem alusões a seres, sejam
arquétipos ou concretos, que trazem consigo as características
conhecidas em Lúcifer.
A literatura contemporânea também o aborda amplamente, como as
citações ocultistas de Helena Blavatsky e Eliphas Levi, e na obra
poética de John Milton, Paradise Lost.
Segundo o mito cristão, Lúcifer era o mais forte e o mais belo de
todos os Querubins e conquistou uma posição de destaque entre os
demais. Porém, Lúcifer tornou-se orgulhoso de seu poder e
revoltou-se contra Deus. O Arcanjo Miguel liderou as hostes
Divinas na luta contra Lúcifer e os anjos o derrotaram e o
expulsaram do Reino do Céu. Mas a ideia de que Lúcifer rebelou-se
contra o Criador e foi expulso também está presente em outras
culturas, além do Cristianismo.
Por ser o "Portador da Luz", na Roma Antiga, Lúcifer foi associado
ao planeta Vênus que, devido sua proximidade com o Sol, pode ser
visto ao amanhecer. O anjo também é chamado de "Estrela da
Manhã" e "Estrela d’Alva". Na Mitologia Romana era o filho de
Astraeus e Aurora, ou de Cephalus e Aurora. Entre os gregos,
Lúcifer pode ser associado com Apolo, o "Deus do Sol".

NO PRINCÍPIO ERA... Não poderá dar-se que Ele tenha querido


libertar-nos da escravidão do Demônio, na esperança de que os
homens, por seu turno, possam libertar o Demônio da sua
condenação? Não poderá dar-se que Cristo tenha redimido os
homens a fim de que estes, mediante o divino preceito de amar os

9
10

inimigos, venham a ser dignos de sonhar um dia a redenção do


mais funesto e obstinado Inimigo? (Giovanni Papini. O Diabo:1954).

John Milton

ARGUMENTO DO CANTO I
Proposição do assunto do poema: a
desobediência do homem, resultando-
lhe daqui a perda do Paraíso em que
fora colocado; a Serpente, ou antes
Satã dentro da Serpente, motivou esta
desgraça, depois que ele, revoltando-
se contra Deus, e metendo em seu
partido muitas legiões de anjos, foi
expulso do Céu e arrojado ao Inferno
com toda essa multidão por ordem de
Deus. Depois lança-se logo o poema
para o meio do assunto, e mostra Satã
com seus anjos dentro do Inferno,
descrito não no centro da criação
(porque Céu e Terra devem então
supor-se ainda não feitos), mas nas
trevas exteriores mais propriamente
chamadas Caos. Ali Satã, boiando
com seu exército num mar de fogo,
crestados todos pelos raios e perdido,
O tino, afinal torna a si como de um letargo,
chama pelo que era o seu imediato em
dignidade e poder, e que ali perto jazia;
conferem ambos acerca de sua miserável
10
11

queda. Satã brada por todas as suas legiões que


até então se conservavam na mesma confusão e
letargo: levantam-se elas; mostra-se o seu
número e ordem de batalha; dizem-se os nomes
de seus principais chefes que correspondem aos
ídolos conhecidos depois em Canaã e países
adjacentes. Satã dirige-lhes a palavra, anima-os
com a esperança de ainda reconquistarem o
Céu, e ultimamente noticia-lhes que vão ser
criados um novo mundo e nova qualidade de
criaturas, atendendo a uma antiga profecia ou
rumor em voga pelo Céu (pois que, segundo a
opinião de muitos antigos Padres, existiam os
anjos muito antes da criação visível). Para
achar a verdade desta profecia e o que se há de
fazer depois, ele convoca uma plena assembleia.
Procedimento de seus sócios. O Pandemônio,
palácio de Satã, ergue-se subitamente
construído no Inferno; os pares infernais ali se
assentam em conselho.
_______________________________________________
John Milton
Paraiso lost –livro pagina 05
Helena P. Blavatsky – página.328
Trechos extraídos do livro: Glossário Teosófico.

11
12

MANIFESTO LUCIFERIANO
Lúcifer, o “Anjo” Luz que se fez Deus e que a “grata sorte” expulsou
dos altares, é muito mais do que uma lenda cristã sobre anjos
vaidosos e invejosos que queriam se tornar deuses. Sua Divindade
surgiu em centenas de culturas muito antes do judaísmo ortodoxo,
do cristianismo (cristismo) e do islamismo iniciarem suas destrutivas
doutrinas castradoras e misóginas. Culturas e religiões de massa
que perpetuaram séculos de ignorância e de trevas, fomentando
diferenças e alimentando guerras e destruição até nossos dias.
Não nos importa muito se há uma crença em sua existência
imaterial e antropomórfica ou se a crença e o culto se destinam aos
arquétipos fundamentais que Lúcifer representa, ou ainda, se
alguma outra vertente filosófica, assim como a nossa, atribui a
Ele outras origens ou “definições”.
Notamos que há uma série de características comuns entre as
correntes assumidamente Luciferianas, desde o gnosticismo da Luz
praticado por alguns adeptos do voodoo, até o extremismo religioso
defendido por alguns expoentes visionários.
Obviamente os poucos esclarecimentos que prestaremos no
opúsculo abaixo parecerão contraditórios aos olhos dos filhos de
um logos morto.
As pessoas que nos condenam sem nos conhecer, os indivíduos
que nos criticam imersos em lagos turvos de ignorância e os
escravos que sempre servirão, esses em suas obtusidades e
fraquezas nos estranharão ainda mais, pois verão que não somos a
12
13

Inverdade que suas crenças pregaram durante milênios. Pela


Serpente, pelo Dragão, por Nossa Typhon, por Nossa Kali, por
Nossa Luz e por nossas Trevas...

O que é ser Luciferiano? Quais são nossas


principais características?
Em primazia, ser Luciferiano é ser Você mesmo.

É você ser aquilo que é por Essência, desde que você a conheça e
que tenha atitude verdadeira e positiva para lapidá-la
continuamente. É Lapidar você mesmo. É buscar pelo
conhecimento verdadeiro de sua própria Essência, pois a mesma
está comumente adormecida e fragmentada no indivíduo comum e
é preciso conhecimento e ação para reunir seus elementos
espalhados e concentra-los num único ponto de contração e
densidade máximas.
É sentir que não se encaixa nesse mundo de escravidão onde
pessoas apenas julgam pessoas, querendo ser o perfeito a
qualquer custo.
É procurar entender o mistério da Verdadeira Vontade para buscar
sua realização plena ao invés de viver (sobreviver) imerso numa
ilusão flutuante de pecado e compensação, de alternações entre
alegria e dor. É Saber o que verdadeiramente quer ao invés de ser
arrastado por modismos, opiniões alheias e imposições implícitas
dos veículos alienadores de comunicação.
É Amar ao Máximo o Ser Humano (ou Sobre-Humano) mais
próximo de você, ou seja, Você Mesmo. É nutrir uma autoestima
sóbria, sem narcisismos inúteis e que
“Competem contra a sua própria evolução”.
É saber ser Individualista e respeitar a individualidade dos outros,
mas jamais a ponto de se tornar um câncer nos círculos que
frequenta, mesmo que periodicamente. É entender que cada ser
humano é suficiente para si e lutar pela própria independência
Nos vários níveis de sua própria existência e constituição.

13
14

É buscar a realização daqueles a quem você verdadeiramente ama


para que eles possam te compreender e te complementar como
pares de opostos o fazem.
É saber Amar sem baixa paixão e saber se “apaixonar” sem amor,
ou seja, é amar sem exigir nada em troca e sem se deixar levar
pelas variações excessivas de sentimento, emoção ou paixão, mas
é também saber se entregar quando verdadeiramente quiser. É
Saber gozar dos prazeres sem envolvimentos frívolos e emocionais
quando isso está de acordo com a verdadeira vontade. É fazer cada
ato de amor um ato mágicko.
É buscar se tornar absolutamente livre das contaminações de
massa. É entender o propósito de tudo aquilo que é administrado
aos rebanhos e entender o que a cultura e,
A religião de massa realmente significam para poder se afastar de
ambas. É você buscar se auto realizar ao máximo, nutrindo um
orgulho sadio ao invés de um comportamento excessivamente altivo
e petulante. É você verdadeiramente agir para,
Se realizar ao invés de ver o tempo passar pelos vãos de seus
dedos como a areia de uma velha ampulheta que se quebrou.
É buscar por intensificar, em
extensão e profundidade, seus
conhecimentos, sua sabedoria e
sua experiência. Não basta saber
das superficialidades. É preciso
saber relacionar causas aos seus
efeitos. É preciso desenvolver
sentidos superiores, sabedoria
sóbria e experiência progressiva
nos mistérios da Vida e da
Iniciação.
É saber escutar críticas e procurar
entende-las de maneira produtiva
ao invés de fomentar adversidades
inúteis e banais que satisfazem seu
ego de vidro.

14
15

É entender a importância da arte e da cultura e buscar conhecer e


vivenciar as experiências que as mesmas fornecem.
É buscar o fortalecimento do intelecto ao invés de se contentar com
a frivolidade do conhecimento oferecido pelas instituições regulares
de ensino. É procurar conhecer o que outras mentes pensaram,
como pensaram, porque pensaram e como influenciaram o mundo
com suas ideias.
É saber controlar seus sentimentos e emoções de maneira sadia
(Transformar/transmutar energias) sem se prejudicar em nenhum
nível de sua constituição. É não agir movido por impulsos selvagens
e primitivos.
É entender que na transmutação dos elementos pode-se obter ouro
ou chumbo (algumas vezes, literalmente).
É saber entender os movimentos dos astros e suas influências. Não
somente na astrologia, na astronomia, mas entender que cada ser
Humano é um Astro que possui um trajeto que lhe é particular, que
sua proximidade com outros astros gera relações em vários níveis,
que um astro pode atrair ou repelir o
Outro, pode até mesmo consumi-lo. É se esforçar para entender
como se dão essas relações no alto e no baixo.
É saber amar a tempestade e a calmaria com a mesma paixão de
um animal que caminha sobre quatro patas. É respirar o ar puro dos
prados e se alimentar do prana. É não maldizer a natureza. É
entendê-la e procurar mantê-la.
É você buscar entender e vivenciar sua irracionalidade e os
processos com ela envolvidos (ressurgimento atávico/primitivismo).
É saber que somos animais e que, submersos no calabouço
destrancado de nossa psique, repousam demônios famintos e
sedentos. É saber lidar com eles e traze-los à Luz. É caminhar pela
rede caótica de túneis de nossa inconsciência e fazer ressurgir
aquilo que adormece sob oceanos agitados dormindo sem sonhos.
É não ser conveniente com o comportamento de rebanho e saber
agir e pensar por si próprio. Um Luciferiano não está sob a ação de
nenhuma inteligência superior que não seja a dele. Um Luciferiano
não sobrevive como uma ovelha na engorda esperando pela

15
16

tosquia ou pelo abate. Um Luciferiano procura identificar, combater


e se afastar dos matadouros espirituais.
É não acreditar em estórias de pregadores ou em milagres. A
maioria dos pregadores tenta transmitir a própria interpretação dos
mistérios, pretendem reunir cordeiros para seus rebanhos, cifras
para seus cofres... Milagres anunciados são sinônimos de falácias.
É você buscar o entendimento do universo que o cerca e o
entendimento de sua própria individualidade universal e suas inter-
relações. Você como Microcosmo, como pequeno universo deveria
procurar entender seus próprios mecanismos de funcionamento e
quais são suas principais relações com o Grande Universo,
(Macrocosmo) e suas relações
É você não se deixar levar pelos outros, pelas ideias de outros, por
aquilo que os outros fazem. É não esquecer de quem você é e
daquilo que você acredita para seguir colegas ou amigos. É manter
seus pontos de vista e suas decisões sem se preocupa com que os
outros dizem ou pensam ao seu respeito.
É procurar entender seus instintos primordiais e satisfaze-los de
forma consciente, buscando prazer responsável e sadio ao invés de
se envolver compulsiva e freneticamente com toda e qualquer
espécie de oportunidade lasciva ou concupiscente. É saber se
controlar quando é preciso e saber deixar a própria instintividade
aflorar quando necessário. É gozar em plenitude da maneira que
melhor lhe aprouver sem desperdícios nefastos, não importando a
fonte ou particularidade de,

Seus prazeres.
É ter responsabilidade social ao invés de ser compassivo. A
compaixão, ao contrário do que dizem, é um vício. Confundiram-na
com a virtude para corromper a integridade do forte e para dar mais
argumentos para a mendigarem os fracos e para a exploração das
massas. É uma “contra virtude” contra a superioridade e a divindade
comuns aos seres humanos que buscam ascender. Não se deve
confundir a ausência de compaixão com a tirania ou com o egoísmo
exacerbado que conduzem também ao obscurecimento. É mais
produtivo ajudar as pessoas aprenderem a alcançar seus objetivos
ao invés de lhes dar esmolas – mais produtivo e digno.
16
17

É buscar pelo entendimento das relações humanas tais quais elas


são e procurar a melhor maneira de enfrentá-las de maneira
positiva e que sempre lhe sejam proveitosas. As relações humanas
podem ser as e o conhecimento de nós mesmos nos ajuda a
entendê-las.
É não aceitar dogmas impostos tácita ou explicitamente. As
verdades fundamentais e “imutáveis” pregadas por pastores de
rebanho podem simplesmente não existir. Há pastores cegos e
cegos sendo guiados por cegos. Dogmatismos são contrários à
evolução humana, pois implicam etimologicamente em não
discussão e em ausência de questionamento.
É questionar sempre, refletir e raciocinar sobre o objeto em questão
ao invés de aceitar teorias e explicações, mesmo que essas lhes
sejam transmitidas por pessoas de extrema confiança como seus
pais, amigos, rede social. Boas intenções não bastam para calar o
questionamento, a reflexão, o raciocínio e a inteligência superior
particulares do Luciferiano.
É não desperdiçar energia com processos involutivos’’’. É deixar de
lado a verborragia acerca de pessoas e de atitudes alheias que não
lhe dizem respeito. É não ajudar em causas que não lhe trarão
evolução ou proveito. É saber se colocar como indivíduo pensante
frente às imposições de familiares, amigos, sociedade, etc. É
buscar o entendimento universal da
transformação de energias. É saber que toda
forma de energia pode ser transformada em
outra através do método adequado e da
técnica apropriada. É saber reconhecer a
energia potencial e visualizar como utiliza-la
em seus processos interiores e exteriores. É
saber que cada ação gera uma reação que
lhe é proporcional e proporcional à energia
empregada. É saber o ponto onde utilizar sua
alavanca para mover o universo.
É fazer florescer sua sabedoria divina como Ser Criador de seu
próprio Universo ao invés de se submeter às correntes ignorantes e
massificadas da cultura e da religião das marionetes.

17
18

É não ser inocente e ser amoral (não imoral). A inocência nos priva
da vida e de seus prazeres e nos torna presas fáceis, sejamos
então predadores e não inocentes. É não estar preso a nenhum
código de conduta moral para ser aceito na sociedade, é
novamente ser você mesmo, livre, único e sempre em
transformação e evolução constante.
É não se deixar levar por correntes incoerentes de pensamento.
Muitos “macacos e papagaios” procuram alastrar cadeias viciosas
de pensamentos incongruentes e vis que só visam reunir outros
símios acéfalos em suas congregações de idiotice para o próprio
sustento de seus egos ou de suas contas bancárias.
É se esforçar para conhecer as Ciências e as Artes da existência
como um fenômeno completo, complexo e fabuloso em suas várias
acepções.
É saber apreciar os pilares fundamentais da Arte e buscar pela
experiência que ela pode causar internamente.
É saber discernir o que é
verdadeiramente certo e errado
para si próprio, saber entender
quais são os efeitos de suas
ações em si, para si, ao seu
redor e nos que lhe são caros e
saber agir da maneira menos
prejudicial possível.
É não condenar aquilo que
desconhece (a pior crítica é
aquela que surge da
ignorância). É combater a ignorância, a preguiça viciosa, a inércia
da não transmutação, a falta de ousadia...
É se afastar daquilo que te prejudica de maneira consciente e saber
quando e como se aproximar sempre que necessário.
É procurar não insistir no mesmo erro, buscando sempre no erro a
base para os próximos acertos. Novamente, saber relacionar
adequadamente as causas aos seus e saber que nenhuma causa
pode ser impedida de seu efeito.

18
19

É buscar o entendimento balanceado entre Magia, Ciência, Filosofia


e Religião em suas acepções superiores.
É buscar um entendimento sobre sua própria Sombra, procurando
pelas respostas que jazem ocultas no lado obscuro de seus planos
interiores. É buscar os demônios que aguardam no limiar de sua
consciência pelo momento certo para despertarem.
É se conhecer por inteiro em sua androginia oculta.
É não nutrir preconceitos, não importando quais eles sejam.
Discriminar outros seres humanos por serem diferentes de você não
o tornará uma pessoa melhor, pelo contrário, conceitos prévios
baseados em resquícios culturais moralistas e hipócritas revelam
somente o embrutecimento. Lembre-se de seus pesadelos, sonhos
e desejos inconfessáveis antes de julgar e condenar.
É saber ouvir no mínimo duas vezes mais do que falar e saber ouvir
e saber falar. A palavra é também ação, falar excessivamente é
desperdiçar energia. É ser claro e assertivo ao falar. É saber falar
para dizer ou para revelar.
É não procurar agradar a maioria e também não procurar
desagrada-la. É simplesmente respeitar e ser respeitado por aquilo
que é e por seu caráter superior, sem altivez exacerbada ou
narcisismos inúteis e ridículos.
É procurar a maturidade emocional superior, mas sem impedir os
processos naturais que o levam a isso. É enfrentar suas crises e
seus momentos ruins e tentar entender como se desencadearam, é
saber sentir as dores necessárias e evitar as desnecessárias.
É jamais se desviar de problemas ou dificuldades, jamais buscar
atalhos para tarefas que precisa realmente realizar.
É vencer as próprias batalhas e saber respeitar o que deve ser
respeitado.
É cultivar um caráter superior ao invés de procurar a promoção e o
prestígio das pessoas que estão ao redor.
É não falar demasiadamente, principalmente sobre pessoas.
Indivíduos inteligentes trocam ideias, criticam, questionam,
interagem produtivamente. Até para jogar conversa fora é preciso
ter limites.

19
20

É saber gozar de todos os prazeres da carne, do espírito, do


intelecto, da arte, da ciência, da natureza, da magia ou outros da
maneira que julgar melhor e saber fazer o julgamento próprio sobre
aquilo que é o melhor para si e para aqueles que você ama.
É encontrar, através de sua própria sabedoria, qual é o melhor
caminho que deve ser seguido e demonstrar praticamente que você
possui longas e poderosas asas e sabe como utiliza-las.
É você buscar saber o que há de errado no mundo e saber fazer
suas próprias escolhas.
É enxergar além daquilo que os olhos enxergam na Luz e nas
Trevas e por elas caminhar e voar tranquilamente.
É saber como caminhar e como se preservar em todos os
territórios, tanto aqueles que estão em paz quanto aqueles que
estão em guerra.

Atualmente requer responsabilidade, conhecimento e no mínimo


honestidade, nos estudos que tenho feito durante minha
caminhada, das fontes e autores das mais variadas formas e
ramificações, pensamentos ideologias e posições, vi que
luciferosofia é sem dúvida o movimento filosófico e ouso dizer
religioso mais instigante e libertador no mundo contemporâneo
(Mesmo sendo mais antigo do que parece). Claro que pra justificar
essas linhas e palavras escritas tenho que fazer jus a elas.
No entanto não é porque pertenço ou pertencemos a um desses
caminhos que me faz ou nos faz Luciferinos, e você caro Discípulo
(a) um não luciferiano, só por estar lendo o Meu trabalho, para isso
requer estudo, dedicação e Claro aceitar de coração e alma.

20
21

” À Alta Iniciação não se chega com o intelecto senão com o


coração.” (Samael Aun Weor)
Sua visão das realidades presentes e futuras na Terra é
extremamente importante neste momento da Ascensão. Você está
presente como um ser físico neste planeta para Criar, Ousar, mudar
se encontrar seu maior propósito e manifestar a sua Iluminação
Através de cada expressão, ação e reação que você gera.
Este foi sempre o caso, entretanto, a Era de Lúcifer que se
manifestou a partir da Iluminação pessoal a busca dentro do ser
para todas as almas que comecem os seus processos de
Iluminação com a Luz, semelhante a uma aranha que começa a
tecer a sua teia. O Luciferianismo o está convidando a compreender
as suas habilidades de Libertação pessoal e o mais importante, que
as coloque em ação praticando a melhora de sua vida, a fim de
tecer a verdade do Anjo de lux em sua realidade e na consciência
de Libertação da Iluminação da Humanidade.

Lúcifer não caiu pela eternidade! Ao contrário, Lúcifer não é um ser


amaldiçoado, como dizem seus opositores. Ele é um ser que trilha
sua própria evolução à par dos estigmas de que se faz possuidor,
alcançando lentamente sua perfeição "junto" à Deus! Quem conta
qualquer outra história escabrosa é porque não conhece de fato
esta Entidade tão Linda que é Lúcifer, a beleza mais singela e
tocante que alguém poderia expressar em forma de poesia. Lúcifer
não aparece para todos, sequer atende a qualquer pedido, é
preciso ser merecedor de sua atenção, ser um de seus filhos!

21
22

Lúcifer é uma energia, uma sublime esfera


de luz “astral” que traz iluminação aos
homens! Um ser todo especial em seu
Arcano... Deus é um mistério, outrossim,
que pode ser alcançado de muitas formas
e por intermédio de vários seres e mitos,
inclusive na sua forma Luciferiana! No seu
levante de Portador da Luz, de Estrela da
Manhã, Lúcifer é luz, vida e amor, embora
Lúcifer também seja a escuridão e a
morte, luz e trevas, porque Ele vela em si
mesmo sentimento soberbos e egoístas
que o fazem obscuro e insolente ao
mesmo tempo! No seu lado "humano", Ele
está muito próximo de nós, numa aparição mais antropomórfica, ao
passo que em seu lado divino Ele se mune de características pra lá
de magnânimas e exuberantes!
Assim como Lúcifer, nós não merecemos nem precisamos de
nenhuma “misericórdia” divina, ao contrário, nós nos doamos
misericórdia, sendo apenas humanos, reles mortais, vivendo nossas
vidas e dramas... Deus ao seu modo nos oferta indistintamente seu
amor e energia, e Lúcifer se tornou neste caso o vetor dela para
todos nós, uma espécie de prometeus, de demiurgo! Somos apenas
mortais, disso sabemos, mas Lúcifer é um Deus! Ele é um Anjo e
por isso pode ser o Avatar da humanidade, o Verdadeiro Messias!
Aquele que “caiu” por nós!

BEM VINDOS E BEM VINDAS À NOVA ERA


LUCIFERIANA
Antes de começar, devemos expandir o que é um Luciferiano (a)
sem o viés da teoria da conspiração e dogma monoteísta.
A palavra Lúcifer é usada literalmente e não mudou para caber no
folclore moderno, construído em torno de ideologia cristã. Lúcifer é
uma palavra que significa "Portador da Luz" e é usado para
descrever o fenômeno conhecido como "A Estrela da Manhã”.

22
23

Desde tempos imemoriais a Luz tem sido usada como um símbolo


para o conhecimento e a consciência. Estes conceitos mais básicos
podem ser usados para construir toda uma filosofia a partir dos
primeiros princípios. Um único indivíduo pode se tornar um Portador
da Luz para todos ao seu redor e, assim, agir como Lúcifer no
mundo.
Luciferinos não adoram "o diabo", Satanás ou qualquer deus
externo. Se há alguma coisa, pode-se dizer que Luciferianos
praticamente adoram o Conhecimento de si mesmos, apesar de
que seria mais exato dizer que nós veneramos o Conhecimento.
Buscamos evoluir o conhecimento em sabedoria através da
experiência prática. Para aplicar o conhecimento em uma
experiência útil, que permita uma compreensão prática do que
aumenta nossa sensação subjetiva de Poder (controle sobre nosso
ambiente imediato ou a vida). Uma profunda compreensão do
mundo natural e de si mesmo traz o poder de mudar o mundo, para
melhor ou pior. É imperativo que nós usemos esse poder para a
progressão da nossa espécie, e de fato em toda a vida encinte no
multiverso. Buscamos a progressão total da humanidade, de modo
que a nossa espécie possa libertar-se da escravidão mental que
esteve ligada a nós por milhares de anos. Estes grilhões mentais
foram institucionalizados através das religiões dogmáticas e
ideologias nacionalistas do mundo.
Essas instituições e padrões rígidos de pensamento estão
destinados a cair na obscuridade. Embora este processo possa ser
retardado, não pode ser interrompido. O status quo, está tornando
mais difícil do que nunca para que as coisas mudem, porque eles
veem mais e mais pessoas reivindicando as suas liberdades
individuais e o poder pessoal.
A antiga corrente principal da população está morrendo e nós
estamos aqui para inaugurar uma genuína Nova Era.
Com esse entendimento simples agora podemos introduzir a Nova
Era Luciferiana (NEL).
Nos tempos antigos, a cultura maia desenvolveu um calendário tão
preciso que rivaliza com o calendário moderno. Nosso atual
calendário gregoriano é inteiramente baseado no ciclo solar, ao
passo que o calendário maia incorporou vários ciclos celestes em

23
24

seus cálculos. Todos nós já ouvimos sobre a propaganda e medo


em torno dos eventos apocalípticos que deveriam acontecer no final
do calendário maia de longos cálculos, onde a data popular foi dada
como 21 de dezembro de 2012. Muitos ainda alegam que essa data
marcaria o fim do mundo. Em um sentido muito real, o mundo
acabou e uma nova era de iluminação ascendeu para tomar o seu
lugar. O dia seguinte ao Fim do Mundo marca o início do Ano Zero
da Nova Era Luciferiana.
O calendário inteiro descreve um "Grande Ano" com cerca de 28 mil
anos. Este valor não é arbitrário. É baseado em uma completa
"oscilação" da Terra em torno da inclinação do seu eixo Norte-Sul.
Este ciclo natural tem sido observado por mais de uma civilização
antiga e tem sido verificado pela ciência moderna. Assim como nós
dividimos um ano solar comum em doze seções, cada uma
governada por um dos signos do Zodíaco, este grande ano maia
pode ser dividido em
doze Idade, mais uma
vez, cada uma é
governada por um
signo do Zodíaco.
Cada uma dessas
idades Zodiacais,
podem ser
consideradas como um "Grande Mês" com cerca de 2.300 anos
cada. A transição de um grande mês para outro é referido como a
Precessão dos Equinócios.
É importante notar que o NEL descreve o início de um novo grande
ano e não apenas a transição para um novo grande mês. No
entanto, é difícil conceituar a mudança que está ocorrendo entre os
anteriores vinte e oito mil anos para o novo período de 28 mil anos
desdobrados diante de nós. Por isso, é valioso ir fundo e examinar
as mudanças mais imediatas, como são descritas por múltiplas
fontes.
Neste momento estamos na transição da Era de Peixes para a Era
de Aquário. O signo de Peixes é representado pelos peixes e sua
idade correlaciona-se principalmente com o reinado de Cristo. A
associação entre a Era de Peixes e o cristianismo tem sido
explorada por outros em profundidade. Para os nossos propósitos é

24
25

de interesse contemplar as seguintes palavras de Cristo como está


escrito no livro de Mateus, capítulo 28, versículo 19-20:
“Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em
nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo, ensinando-os a guardar
todas as coisas que vos tenho ordenado. E eis que estou convosco
todos os dias, até o fim dos tempos."
Interpretada do ponto de vista esotérico, Cristo e seus
ensinamentos são destinados para aqueles que vivem na Era de
Peixes e uma nova revelação irá definir o cenário para a Era de
Aquário. Na verdade, o livro profético do Apocalipse dá um relato
simbólico da transformação pessoal e coletiva que ocorreria e
atualmente está ocorrendo agora que o fim dos tempos chegou. A
grande divisão entre espírito e matéria seria resolvido, o Cristo
Ressuscitado (auto descrito como a Estrela da Manhã ou Lúcifer)
deixaria de ser visto como externo e os conteúdos do inconsciente
estariam abertos a exame pela mente consciente.
Existem inúmeros indicadores simbólicos desse processo dentro
das escrituras cristãs se vocês estiverem inclinados a explorar esta
via. Basta dizer, que está Grande Mudança é um tema consistente
encontrado ao longo de muitas tradições religiosas e espirituais ao
redor do mundo, sem mencionar que é um fenômeno celeste
relevante.
A tradição hindu também ensina que há um grande ciclo dividido em
seções menores. A versão hindu do grande ano é chamada de
Maha Yuga. Nesse sistema, o Grande Mês final antes do Maha
Yuga é atribuído à deusa do caos e da destruição, Kali. Se você
encontrou isso antes, deve saber que estão dizendo neste momento
"Kali Yuga", que culmina com o fim do mundo como nós o
conhecemos, seguido de uma nova "Era de Ouro" dos divergentes.
A linha do tempo real está em disputa, mas algumas pessoas têm,
compreensivelmente, ligado essa ideia ao final do calendário maia
de longa contagem, em 21 de dezembro de 2012 EC (Era Comum).
Na comunidade ocultista moderna, uma das figuras históricas
influentes é Aleister Crowley (1875-1947 dC). Ele fundou a religião
Thelema, que descreve uma série de eras no desenvolvimento
humano, referidas como Aeons. Os Aeons mencionados por
Crowley, inclui o dos deuses egípcios Isis, Osíris e finalmente

25
26

Hórus. De acordo com a religião Thelêmica, estamos atualmente no


Aeon de Hórus, que começou em 20 de março, 1904 EC (Era
Comum).
Enquanto isso é mais do que um século mais cedo do que a data de
2012, temos vindo a discutir, que ele ainda merece menção por um
par de razões. A primeira é que muitos, incluindo o próprio Crowley,
fizeram a conexão entre o conceito de Aeons Thelêmicos e a
Precessão dos Equinócios. Que é expressamente ligada à ideia da
Nova Era de Aquário na mente de muitas pessoas. Também, desde
que Crowley declarou ser o "profeta" do novo Aeon de Hórus, ele
tinha um grande interesse em colocar a data de início durante sua
vida.
Seu conceito do Novo Aeon passou a influenciar uma nova geração
de ocultistas. Desde então, vários outros têm declarado o início de
outros novos Aeons com base em deidades egípcias. Estes incluem
o Aeon de Ma'at e o Aeon de Set. Alguns propuseram a ideia de
que mais de um Aeon podem existir simultaneamente. Outros
sustentam que um Aeon dá lugar para o outro. De qualquer forma,
muitos ocultistas modernos tornaram-se conscientes do conceito
por esta via.
É também significativo que o ano de 2012 EC (Era Comum)
também marcou o último Trânsito de Vênus do século 21. Este
evento é semelhante a um eclipse solar, mas é um fenômeno muito
mais raro e sútil. Durante um eclipse solar a visão do Sol é
obscurecida temporariamente quando a Lua passa diretamente
entre o Sol e a Terra. Durante o trânsito de Vênus, o planeta Vénus
passa diretamente entre o Sol e a Terra, projetando uma pequena
sombra. Isto não seria perceptível para um observador casual a
olho nu, mas pode ser facilmente detectado por aqueles que sabem
e usam um equipamento rudimentar. O Trânsito de Vênus acontece
duas vezes, com oito anos entre cada ocorrência e, em seguida,
não volta a acontecer por mais de um século. A próxima instância
não está programada para ocorrer novamente até Dezembro do ano
2117 EC.
O planeta Vênus é especialmente significativo, pois é a "Estrela da
Manhã" como mencionado anteriormente. O último objeto brilhante
no céu antes do Sol nascer é, na verdade, o planeta Vênus. Ele
simbolicamente anuncia o nascer do Sol e desta maneira pode ser
26
27

associado com a palavra latina "Lúcifer", que literalmente significa o


"Portador da Luz". O planeta Vênus é também o primeiro objeto
brilhante que aparece no céu quando o sol se põe à noite. Este é
referido como a "Estrela da Noite" e pode ser pensado como o
Condutor da Noite (Bringer of Night). Na nova era Luciferiana
ambos aspectos são reconhecidos como importantes.
A estrela da noite como o Condutor da Noite "Bringer of Night" é
representado como escuridão. Escuridão é um símbolo da nossa
vontade primal inconsciente e instintos inerentes a todos os seres
vivos individuais; esta "sombra" é fundamental para fornecer a base
para a nossa unidade consciente, como membros produtivos da
sociedade e dos indivíduos bem-sucedidos. Luciferianos encontram
conhecimento, força e poder na repousante e igualmente
inspiradora escuridão.
A Estrela da Manhã como "Portadora da Luz" é a consciência
revigorante e disciplinada das nossas mentes racionais; nós temos
visão através das experiências e aplicamos o conhecimento no
sentido de atingir metas de curto e longo prazo agora, nesta vida.
Procuramos estabelecer o equilíbrio entre a escuridão primordial e a
tocha interior da consciência divina. Esta "consciência divina" é
simbolizada como o "Black Flame" (Fogo Negro) ou "Black Light"
(Luz Negra); Luciferianos usam a disciplina e discernimento para
controlar e guiar os seus instintos e impulsos dentro de uma forma
produtiva, com respeito ao indivíduo e a comunidade em que nós
existimos.
Luciferianos viajam primeiramente através de um Caminho da
Esquerda, que atualmente é O Caminho Completo por seus valores
se aplicarem na Luz, bem como na exploração corajosa da
Escuridão. Em um nível pessoal, é importante reconhecer e integrar
todo o seu ser. Compreender a sua própria sombra e dedicar-se a
todos os aspectos de si mesmo para alcançar seus objetivos, que
os levará para a manifestação de ser Completo e Harmonizado em
Si mesmo. Isso desbloqueia ainda maiores níveis de consciência e
poder pessoal.
O que podemos esperar da Nova Era Luciferiana? A NEL marca o
alvorecer de um nível sem precedentes da descoberta científica, de
visão pessoal e autodeterminação disponível para cada ser humano
no planeta e mais além. Não vamos mais ser subjugado pelos
27
28

sistemas supersticiosos de culpa, vergonha e temor criado para o


benefício de poucos. Vamos cada um levantar-se e tomar o controle
de nossos próprios destinos pessoais. A forma como isso será
jogado fora cabe a cada um de nós e como nós desejamos moldar
o curso da história. Nós nos tornaremos literalmente deuses;
Mestres do multiverso com potencial infinito.
O futuro é nosso! Levante-se e faça a sua marca no mundo para
tomar o seu lugar entre os imortais do mito e da lenda!

A DOUTRINA CONTRADITÓRIA.
1. Lúcifer representa a sabedoria encontrada através de auto
exploração.

28
29

2. Lúcifer representa a rejeição das " verdades " aceitas em vez de


explorar as possibilidades .

3. Lucifer simboliza rebelião com um propósito ; conhecimento,


sabedoria e poder.

4. Lúcifer representa utilizando fantasia e simbolismo para abrir os


portões do inferno ; o submundo é o mundo da poder.

5. Lúcifer representa o equilíbrio espiritual e fisicamente, que a Luz


e as Trevas são igualmente importantes para o saúde física e
mental de um indivíduo.

6. Lúcifer representa auto- endeusamento com ganho compaixão e


o valor de seus entes queridos.

7. Lilith representa a sabedoria e poder instintivo de tanto a mulher


e o homem, que o feminino é a motivador de toda a vida.

8. Lilith representa independência e liberdade de espírito.

9. Lilith representa a libertação sexual e o desejo de procurar o que


você deseja, com responsabilidade e respeito aos a lei.

10.Lilith representa a sede de existência em tempo, a imortalidade


do espírito para além de carne.

11.Lilith representa a escuridão em torno da Luz da Divindade, a


chama de seu companheiro, Samael.

29
30

LIVRO DO SABER (FOGO), O ESPÍRITO DE


REBELIÃO
&
LIBERDADE
INÍCIO: PERGUNTAS e DÚVIDAS.

Luciferianos fazem culto a Satanás ?

Não.,para adorar Satanás tem que estar no caminho cristão


Monoteistas,a súplica é conduzida é auto- degradante e
considerada fraca por Luciferianos . Nós não adoramos Satanás
antes de mais nada . Existem muitos tipos de Luciferianos ;
alguns são teísta , acreditando profundamente no espírito do
Adversário. Alguns são ateistas, (como já estudamos a cima)
acreditando no símbolo de Lúcifer como um símbolo de auto-
transformação. Alguns ainda visualiza Lúcifer como um símbolo da
escuridão não conhecem , conhecer a luz, vendo o
desenvolvimento espiritual e material igualmente importante, ainda
assim considerar-se como o único Deus que é. Este é,
naturalmente, a mais alta lei, Você é o único Deus que é - existem
todos os deuses através de você.

30
31

O que é Magick ?
Magia é a arte da mudança, todo ato é uma intenção magicka.
Magia é a arte de transformação em um sentido da consciência
divina , portanto, é destinada a melhoria do Luciferiano . Magick é
uma parte dos aspectos religiosas da fé Luciferiana , no caminho da
mão esquerda, é uma das rebelião auto-imposta para trazer força e
sabedoria. Mudança interna.

Os três tipos de Magicka Negra


Luciferiana

As seguintes conceituações são


adaptações genéricas daquilo que
é exposto na “Bible of the
Adversary”, um dos livros
modernos mais bem trabalhados
dentro do Caminho da Mão
Esquerda Ocidental e dentro da
The Order of Phosphorus. Esse
Livro é a Nossa Referencia.
Para os Luciferianistas em
especial, a Magicka se divide em
três tipos diferenciados entre si,
conforme seu uso e energias
participativas nos rituais
realizados em cada um.

Pode-se dizer, dentro do contexto anterior sobre magicka negra


como forma de evolução interna, que estes três tipos se encaixam
dentro desta categoria de magicka, pois visam a evolução do
próprio indivíduo – sendo interessante frisar que essas formas de
magia NÂO servem somente para prejudicar terceiros ou obter

31
32

desejos materiais, embora isto, a determinado nível de


desenvolvimento do mago, também seja possível de ser
conquistado.

“O que há em vista de principal aqui, é o auto desenvolvimento e


superação do Ser”

PRIMEIRA FORMA: MAGICKA


LUCIFERIANA

Consiste em trabalhos de transformação pessoal, utilizando-se


principalmente dos Deuses e Egrégoras Luciferianos. Deuses
pagãos como Apolo, Phosphorus/Eósphorus, Heliel Ben Sachar,
Prometeus, Azazel e os Nephilim. Os Anjos “Caídos” e reerguidos
servindo como máscaras a serem invocadas e exemplos de
vivência. Aqueles que caíram, devem se reerguer. É a “alta magia”
do LHP, consistindo no desenvolvimento do “Corpo de Luz”, a
verdadeira Luz Interna do Adepto, dissoludora de Ilusões e que traz
a Ascenção do Espírito. É o contato com o Sagrado Anjo Guardião,
desperto através da energia dos Arcontes Luciferianos, os
Observadores (Watchers) do culto dos Nephilins
(descendentes dos Anjos da segunda rebelião, liderados por Azazel
e Shamyaza com humanas).

32
33

SEGUNDA FORMA: MAGICKA THERIONICKA


(MAGICKA BESTIAL)

Esta segunda forma lida com nosso lado animalesco. O Ser


Humano é um Animal, nos esquecemos disso apenas por nos
trancarmos em cidades. No entanto, temos preservado dentro de
nosso interior aquilo que possuímos de Bestial.
A Magicka Therionica lida com as
entidades que se manifestam através de
aspectos animalescos, garras, presas,
cabeças de animais e com os instintos
mais básicos do ser humano.
A magia sexual e feitiços poderosos de
ataque e defesa estão presentes, bem
como o uso de características animais
como foco para desenvolver atributos
(Magia Licantrópica – aquela onde se
absorve características dos animais, não
associar por favor aos seres da fantasia que de fato se transmutam
fisicamente em um) símbolos daquele animal. É o seu lado mais
“humano” e ligado a matéria fisica.

33
34

TERCEIRA FORMA: FEITIÇARIA DAS SOMBRAS

O autor da bibliografia citada limita um pouco esta esfera de magia


em seu livro, ao citá-la somente como “Magia Yatukih” (Feitiçaria
Persa, baseada no culto a Ahriman). Eu ouso complementar a
informação, extendendo o conceito da toda
Demonologia, a feitiçaria Goétia, sistemas de evocação de
entidades de baixa frequencia, trabalho com Exus/Malandros e toda
sorte de entidade que lide com os aspectos da Sombra do ser
humano – ainda que isto não os torne necessariamente
“maléficos”, mas oriundos do nosso Abismo interno. É a relação do
Adepto com sua Chama Negra Interna, e com aquilo que o
tornarebelado por natureza, sua Vontade de imergir no Chaos.
Para ser bem sucedido nesta forma de magicka, é necessário
alinhar o Caos de seu Abismo Interno com aquele Caos externo
primordial, presente no Acausal.
É através do domínio sobre estas 3 chaves ritualísticas/magickas
que o Adepto une as Trevas e a verdadeira Luz interna, tornando-se
completo e não se cegando com ilusões provocadas pelo Ego ou
submetidas por agentes externos limitadores.

“A Chave da Alegria é a Desobediência”


Aleister Crowley, Hino a Lúcifer

34
35

“O Luciferiano é um indivíduo que reconhece as características


comuns do arquétipo do Adversário, ambos de uma perspectiva
masculina e feminina.
O Luciferiano não adora Satan ou necessariamente crê nele um
Luciferiano não acredita no simbolismo cristão "preto e branco" de
pecado e redenção.
O Adversário é um arquétipo transcultural que existe antes do
cristianismo existir.
Satan é simplesmente um título que significa "Adversário"
ou "Opositor".”

Michael W. Ford
A biblia de Lúcifer

DOS PRECEITOS DE LÚCIFER , LUZ E SELF-


ILLUMINAÇÃO

A Fé Luciferiana é encontrado por a iluminação do auto; a mente é


despertada pelo que é chamado Gnosis e o espírito de rebelião e
de liberdade é então encontrados o Luciferiana. Espírito é
encontrado indo abaixo das camadas Therionicas e pele da
serpente e do dragão , Por baixo para descobrir um Anjo de Luz .
No processo de Magick, sabe que você deve estar dispostos a
abraçar tanto a demoníaca e angelical para se tornar como Daemon
uma forma de realização poderosa da Fé Luciferiana .

35
36

A biblia de Lúcifer

Aqui não Há uma fé cega ,e sim através de auto-exploração e


Determinação do adepto é encontrado as chaves para a luz da
auto- divindade.
Você sabe a Sabedoria e os diferentes caminhos dentro dele. Este
livro pretende unir Magick e Ideologia , para solidificar resultados e
conquistar tudo em sua vida. Rejeitar qualquer coisa que chama na
fé cega ! Experiência é validar , use os talentos que você tem ao
seu favor.
Afeto o amor é o resultado do desejo em ação ( Vontade). Com o
foco , você pode se tornar tudo o que desejar . Através de afetar o
mundo ao seu redor , E ganhar poder , através do poder pode
tornar mais forte na mente e no corpo.
Por meio desse poder, pode se ascender como Lúcifer, se
tornando um ser iluminado.
Eu sou o único e verdadiro .

OS PRECEITOS DE LÚCIFER

A LUZ:
Eu sou o essêncial o Sol , mais brilhante do que qualquer coisa
antes de mim.
Esta Luz queima como a dupla estrela, iluminando em movimento.
Eu sou o Anjo Immortal da Luz, belo e livre para todos
Eu posso despertar aqueles que me procuram dentro de sí mesmo.

36
37

A biblia de Lúcifer

Deus é vazio ( invisivel você não pode ver), mas eu sou o fogo e
plenitude do espírito
Eu me importo com os fracos ou aqueles que necessitam de uma
luz por cima deles
Eu amo aqueles que se amam e estão dentro de mim
Eu sou o poder a ser procurado dentro do espírito,
Buscai-me no ar e na terra.
Eu venho como um leão furioso , vestido de sol
Minha essência é o dragão poderoso
Eu sou o brilho que ofuscar todos os outros, por que os cegos não
podem me ver.
Caído do Aethyr , minha sabedoria foi envolta em sombra
Na escuridão total eu fui acordado , eu levantei com todas as
formas de Besta e Reptil, pelos profanos.
Vestido de sol eu subiu ao homem tão bonito, me vejam
Quem sabia que ambas as alturas dos impirico.
E as profundezas do Hades
Eu sou o príncipe das potestades do ar
Meus nomes são muitos; Não há ninguém que não saiba de mim,
mesmo que já ouviram da forma errada sendo iludido pelos falsos
ao meu respeito.
Aqueles que não negam a sua carne para mim, serão iluminados
Aqueles que me abraçam, são coroados por mim, vão subir através
daqueles que passam a ser meu vaso. (pois memantenho dentro de
vocês)
No entanto, não há diferença entre ele e eu
Eu sou o portador tempestade diante de um trono murcha de
desespero

37
38

A biblia de Lúcifer
Eu sou a onda de fogo e iluminação escurecida pelo o rosto da
fraqueza, malditos falsos profetas que usam meu nome em prol de
enriquecer
Eu quebro a vontade de meu inimigo e colocando meu sangue na
minha mão esquerda
Vou elevar o forte que dar a minha palavra e Carne e iluminar o
Espírito.
Meu elogio é do Fogo , pois ela é a minha musa.
Ela saiu para o homem diante de mim
Ela, que prepara o caminho ( Referência a Lilith).

O FOGO

Eu sou Deus e não há outro Deus além de mim. Com todo o seu
despertar encontrara a iluminação
Minha luz tinha misturado com a escuridão, Isso causou a escuridão
para brilhar em beleza e força
É o fogo da vida, mas minha respiração.
Este fogo enegrecido estava escondido de todos os que eram
cegos de mente (dogmatizados e ignorantes)

38
39

No entanto, pode ser claramente visto por aqueles acostumados a


ver na escuridão
Assim como meus nomes são muitos, assim são as minhas formas
e rostos
E saíram Sete Serafins, tomei forma agradável e fui para eles como
amigo
Eu compartilhei o meu fogo com eles;
Minha iluminação veio através deles e eles estavam acordados
Este é o mesmo que por seu intermédio. É o que eu causo a vocês
conhecimento lux e Sabedoria e amor, entre nós filhos de lúcifer só
a amor.
Aqueles que são intolerantes são, mas sempre intimidando as
ovelhas, guardando as garras do lobo (nós) não ame o seu inimigo,
use da sabedoria e do conhecimento, para ser melhor e intocável.
O fogo é o que consome, mas é tudo
No meu rosto flashes de fogo e queimaduras com vida imortal
No reino empírico foi o mais brilhante.
No meu terrível semblante o ignorante fugiu
Como no sangramento das ovelhas antes na mandíbulas de lobos,
Minha aparência foi contaminada com sangue
Como eu sou procurado para consumir e os devoro
Como a divindade superior caiu antes do meu ódio.

Eu provei sua essência e vida, este é o meu caminho secreto


Enchi os outros com a escuridão que os levou a conhecer somente
o pior.
Havia paz em cumprir essa fome, mas eu estava coberto de sangue
E saiu outra vez para a humanidade, despertando em qualquer
forma o que eles desejavam ver.

39
40

Como Senhor da Guerra, a minha


iluminação é incomparável! como
alguém questiona tudo
É o que eu tenho feito para que o
espírito e mente não se esqueça
Que eu coloquei minha essência em 7
lugares,
Que meus próprios anjos estão em
seis, Isto pode ser encontrado dentro
de si.
É um lugar secreto onde a escuridão é o conforto

Sei que meus nomes são muitos...


Mal a eles é que eles não podem compreender
Nas nuvens do hábito, em espírito e em sonho, em
Pesadelo e no olho da mente.
No tumulto do caos em sua mente eu me ergo
Um poderoso anjo para ser sábio e levar o homem e a mulher
Para saber do meu reino é encontrá-lo dentro (dentro de ´si)
Quando é encontrado dentro que vai ser encontrado fora

Conhece a ti mesmo e você pode encontrar o meu reino.

A biblia de Lúcifer
Michael W. Ford

40
41

Lilith a mãe Serpente


A finalidade crucial deste estudo é
entende a importância desse
personagem grandemente
valorizado no ocultismo mundial.
Durante longas pesquisas sobre
Lilith, fiquei deslumbrada da quão
grande material dedicado a esta
entidade mitológica. A quantidade
de material em louvor a Lilith.
Músicas de vários gêneros são
devotadas a Lilith que vai de lírica à
rock, vídeos, livros, invocações,
filmes, desenho, pinturas, toda forma de arte, etc. Atrevo-me a dizer
que nenhuma outra entidade recebe tanta admiração quanto Lilith
no mundo místico negro. Muito contrário do que pensamos, Lilith é
grandemente conhecia pelos ocultistas. Sempre é representada
como uma mulher alada ou até mesmo uma serpente alada. Seu
símbolo é a coruja, representando sabedoria, o que vê na
escuridão, mas a maioria das imagens de Lilith está envolta em
uma serpente. (A Serpente para nós não significa pecado, mas sim
conhecimento, comemos do fruto proibido por isso somo especiais)
Na mitologia moderna Lilith se tornou um símbolo para muitos
feministas da mulher independente, que se recusam a submeter ao
controle dos homens (movimento feminista). “Este ano, há um forte
componente sexual à Natureza Lilith Ela é mais do que apenas "a
mulher forte, Ela é o poder da luxúria primal em forma feminina. E
também isso não pode ser ignorado quando trabalhar com ela
magicamente”

LILITH

Lilith ( ‫ ל י ל י ת‬em hebraico) Cabala exatamente na passagem


(Patai81:455f) como a acusada de ser a serpente que levou Eva a
comer o fruto proibido. No folclore popular hebreu medieval, ela é
41
42

tida como a primeira esposa de Adão, que o abandonou, partindo


do Jardim do Éden por causa de uma disputa sobre igualdade dos
sexos, chegando depois a ser descrita como um demônio.

Em grego-hécate seu nome significa; “A que fere de longe", no


hebraico porém Lilith significa "A Noturna". Mulher bonita e
silenciosa, com uma profunda solidão. A “Serpente da Sedução”, a
“Mãe da Luxúria”. Meus discípulos vocês não imagina como me
sinto falando de Lilith isso é uma honra.

De acordo com certas interpretações da criação humana em


Gênesis, segundo as versões aramaica e hebraica do Alfabeto de
Ben Sirá (século 6 ou 7), reconhecendo que havia sido criada pelo
Eterno com a mesma matéria prima, Lilith rebelou-se, recusando-se
a ficar sempre em baixo durante as suas relações sexuais. Na
modernidade, isso levou a popularização da noção de que Lilith foi
a primeira mulher a rebelar-se contra o sistema patriarcal.

Assim dizia Lilith: ‘‘Por que devo deitar-me embaixo de ti? Por que
devo abrir-me sob teu corpo? Por que ser dominada por ti?
Contudo, eu também fui feita de pó e por isso sou tua igual.’’
Quando reclamou de sua condição ao Eterno, ele retrucou que essa
era a ordem natural, o domínio do homem sobre a mulher, dessa
forma abandonou o Éden.

42
43

Três anjos foram enviados em seu encalço, porém ela se recusou a


voltar. Juntou-se aos anjos caídos onde se casou com Samael
(Lúcifer meus nomes são muitos) que tentou Chavah (Eva) ao
passo que Lilith Tentou a Adam (Adão) os fazendo cometer
adultério. Desde então o homem foi expulso do paraíso (paraíso,
kkk tá vamos lá no conto de fadas) e Lilith tem culpa disso eu te
pergunto isso? Ao contrário do que se imagina não foi Lilith que deu
o fruto do conhecimento e Sabedoria para Eva Foi nosso Grande
Arquiteto do Universo Lúcifer, ta mas aí você se pergunta expulso
do paraíso por que? Por que quem come do conhecimento não se
curva a religião já mais. Conhece a liberdade, não somos submisso
aos pecados e nem escravos para servir sistema do Criador de
Demiurgo.
Após os hebreus terem deixado a Babilônia Lilith perdeu aos
poucos sua representatividade. No período medieval ela era ainda
muito citada entre as superstições de camponeses, como deixar um
amuleto com o nome dos 3 anjos que a perseguiram para fora do
Éden, Sanvi, Sansavi e Samangelaf para que ela não o matasse,
assim como acordar o marido que sorrisse durante o sono, pois ele
estaria sendo seduzido por Lilith. (Está ai um mistérios da
maçonaria o comprimento S.´. S.´.S.´.)

A imagem de Lilith, sob o nome Lilitu, apareceu primeiramente


representando uma categoria de demônios ou espíritos de ventos e
tormentas na Suméria por volta de 3000 A.E.C. Muitos estudiosos
atribuem a origem do nome fonético Lilith por volta de 700 A.E.C.
Na Suméria e na Babilônia ela ao mesmo tempo que era
cultuada era identificada com os demônios e espíritos malignos.
Seu símbolo era a lua, pois assim como a lua ela seria uma deusa
de fases boas e ruins. (Como nós somos a nossa dualidade do ser
não venha me dizer que isso é algo ruim o ser humano é capaz de
coisas horríveis pois não conhecem o amor) Alguns estudiosos
assimilam ela a várias deusas da fertilidade, assim como deusas
cruéis devido ao sincretismo com outras culturas. A imagem mais
conhecida que temos dela é a imagem que nos foi dada pela cultura
hebraica, uma vez que esse povo foi aprisionado e reduzido à

43
44

servidão na Babilônia, onde Lilith era cultuada. Vemos assim a


transformação de Lilith no modelo hebraico de demônio. Assim
surgiu as lendas vampirescas, Lilith tinha 100 filhos por
dia, súcubus quando mulheres e íncubus quando homens, ou
simplesmente lilims. Eles se alimentavam da energia desprendida
no ato sexual e de sangue humano.

Há certas particularidades
interessantes nos ataques de
Lilith, como o aberto esmagador
sobre o peito, uma vingança por
ter sido obrigada a ficar por baixo
de Adão, e sua habilidade de
cortar o pênis com a vagina
segundo os relatos católicos
medievais. (Tudo tem histórias
sempre negativas da igreja) Ao
mesmo tempo que ela
representa a liberdade sexual
feminina, também representa a
castração masculina.
Pensa-se que o Relevo
Burney, um relevo sumério,
represente Lilith; muitos
acreditam também que há uma
relação entre Lilith e Inanna,
deusa suméria da guerra e do prazer sexual.
Algumas vezes Lilith é associada com a deusa grega Hécate,
"A mulher escarlate", um demônio que guarda as portas do inferno
montada em um enorme cão de três cabeças, Cérbero. Hécate,
assim como Lilith, representa na cultura grega a vida noturna e a
rebeldia da mulher sobre o homem. No Brasil ela é a atual “Pomba-
Gira”.

Nos dois últimos séculos a imagem de Lilith começou a passar por


uma notável transformação em certos círculos intelectuais seculares
europeus, por exemplo, na literatura e nas artes, quando os
44
45

românticos passaram a se ater mais a imagem sensual e sedutora


de Lilith, e aos seus atributos considerados impossíveis de serem
obtidos, em um contraste radical à sua tradicional imagem
demoníaca, noturna, depravação, homossexualidade e vampirismo.
Podendo ser citados também os nomes de Johann Wolfgang von
Goethe, John Keats, Robert Browning, Dante Gabriel Rossetti, John
Collier, etc....Lilith também é considerada um dos Arquidemônios
símbolo da vaidade.

O NOME DE LILITH NA BÍBLIA


Na Bíblia o nome da Lilith só aparece uma vez em: Isaías
34:14: “E as feras do deserto se encontrarão com hienas; e o sátiro
clamará ao seu companheiro; e Lilite pousará ali, e achará lugar de
repouso para si”
É claro que Yeshaiahu (Isaías) não poderia esta referindo-se a
uma mortal que teria vivido milênios antes dele. Quando menciona
Lilith está se comportando a um demônio da sexualidade que
recebia adoração na antiguidade obviamente.

Outro nome de Lilith é Isheth Zenunim (mulher de prostituição) na


literatura folclórica judaica, ela vive dentro do vanity, espelhos para
seduzir jovens.
- Alguns pesquizadores dizem se
tratar da forma feminina
do Leviathan Seu arqui-demônio, e
a "Grande Prostituta da
Babilônia" no Apocalipse.
- Na Cabala, Lilith é associada com
o Nehemoth Qlippothic da Shell, a
antítese da Esfera de Malkuth sobre
a Árvore da
Vida. Malkuth/Nehemothé o "Reino"
da Terra em Assiah, ou o Plano
Material. Isso é co-incide com as lendas do Zohar, Lilith Onde está
eternamente ligado à Terra, livre da maldição da morte Impossível
objetivo de transcender os reinos mais elevados.
45
46

[ie "Lilitu" ou Lilith], a Senhora da Bruxaria.

Lilith é considerada a primeira Bruxa da humanidade, sendo


padroeira de todas as bruxas. ( Agora vocês comecam a entender
minha enorme admiração pela mãe Serpente) A lenda insiste que
Lilith alcançou a imortalidade e casou-se com Samael. Esta seria a
mulher mais bela que existe. Um dos piores demônios, e seu nome
é muito invocado em diversos rituais, Inclusive Sucubus.
Lilith possui o título de rainha do Inferno.
O mito de Lilith pertence à tradição dos testemunhos orais reunidos
nos textos da sabedoria rabínica. Lilith é um arquétipo da tradição
judaica. Para muitos autores, como Sicutteri no livro “Lilith, a Lua
Negra”, o mito forma parte dos grandes mistérios da Lua em relação
à mulher. É a Lua ausente, são os três primeiros dias da Lua Nova,
quando não existe claridade no céu, o mistério, o feminino
identificado com a morte,
o prazer dos sentidos, a
transgressão do mundo
patriarcal da lei e da
norma, é o que deve ser
banido, castigado e
exilado. Lilith representa
não um erotismo vulgar,
mas uma grande força de
transmutação, a
possibilidade de se
libertar e de dizer não as
situações de abuso e de
desrespeito.
Lilith é a noite, é a rainha da noite, é a lua, representa a lua, a
oposição do sol. Lilith foge da luz, como uma vampira, precisa
reinar nas trevas como algo desconhecido e que causa medo nas
criaturas.
Lilith é a mulher livre, independente, soberba em curvas sensuais e
provocantes, é a dançarina do ventre, logo seduz o homem por
dominar a fraqueza deste com seu poder maléfico de sedução.
46
47

III- Líder da Escuridão


Ensinamentos; A Bíblia do Adversário
A mentira vaga eternamente
Vista-se em sabedoria e deixe de lado o ouro (bens materiais)
Estes elementos terrenos são apenas temporários
Ganhar se aqui e agora apenas, contanto que você se ilumine.
Você mesmo, é o seu templo, eterno que há em você.
O conhecimento é a coroa do meu espírito. Pois eu também
incorporo Escuridão, bem como Luz.
Permanecer puro em sua sabedoria, disciplina é encontrar poder
Que cada um de meus anjos vai encher o seu corpo e espírito
Tornando-se uma parte de você.
Seu conhecimento e sabedoria que você vai ganhar Se o seu
coração é puro para eles.
Eu também vou coroar como Deus, e você vai saber o bem e o mal
Para viver na carne e aceitar suas delícias.
E mesmo que encontre a fraqueza da carne Para ligar a distância
espiritual é aceitar a armadilha da morte Para iluminar -lhe com
cada ação é tornar-se o meu filho.
Os filhas (os) nascida da Chama Negra
Esta carne é a câmara nupcial da escuridão
Em que os cinco elementos é poder em mente
Não seja fechado para a percepção do espírito
Que isso não seja uma prisão , mas um templo ou palácio
Aquele que tem muitos deuses é está perdido
Até que ele encontra a Deusa e meu espírito, dentro
Então qualquer máscara seu espírito pode usar é o poder
encontrado.

47
48

Não aceite o conselho daquele que assassina alma por fraqueza


Ou se curve diante de qualquer Deus, o Deus das ovelhas ou
qualquer outra fraqueza.
Você não se dobrará a mim. Apenas me deixe subir dentro de
você.
Para eu possa ser seu espiral na escuridão e luz ascendente da
estrela
Eu só posso fazer isso na posição vertical e aqueles que se curvam
são amaldiçoados, eles não são dignos de mim
Para conhecer-me como o espírito do Oriente é saber que eu sou
liberdade
Sabe que o espírito ou a consciência superior é tanto sombra e lux
Adorar dá uma visão para os que o invocam dentro o Espírito acima
dos sete sentidos
Esta sabedoria é encontrada pela prática e conhecimento.

Serpente MÃE DA ESCURIDÃO

Eu estou acordado em seu espírito evolto, Iluminado com sangue e


fogo
Ela é minha, o complemento perfeito
O que move a minha essência e desperta o espírito, Cujo lugar
escondido do ser é eterno
A Mãe da“!Matéria”!! é a minha noiva
Para nós deve despertar em sua câmara nupcial
Em que o túmulo se torna um templo do adversário
Ela gerou meus anjos
Ela que é Onorthochrasaei é a Mãe de Demônios
Aqueles são meu espírito que se rebelaram contra a fraqueza,
Ela alimenta -os dentro do corpo. (Referencia Lilith).
48
49

Os discípulos, Tem que alcançar um elevado estado de


consciência, no qual receba a gnose, ou seja, o conhecimento
direto da verdade, uma verdadeira revelação espiritual, que conferia
um estado de unidade com o Todo e a experiência da verdadeira
natureza do ser, que é a alma. Como a alma é imortal, quem se
identifica com a alma não experimenta a morte, ainda que
inevitavelmente seu corpo físico sim, a vestimenta de carne da
alma, venha a apodrecer.
Os ensinamentos internos dos Luciferianos, são usando as chaves
conhecidas para a interpretação de simbologias, sigilos, rituais e
sabbat, pode ser altamente revelador para todos, desde que seja o
seu desejoso de conhecer os ensinamentos do Mestre, após o
chamado.
“"Aquele que busca, continue buscando até encontrar. Quando
encontrar, ficará maravilhado e reinará sobre o Todo." Pois adquiriu
seu conhecimento e Sabedoria”, e sua alma estará livre desse
mundo de dor e sofrimento.
Quando conseguirem conhecer vocês
mesmos, então, serão conhecidos e
compreendidos que são filhos da Lux,
de Lúcifer. Mas, se não conseguir,
viverão na pobreza e serão essa
pobreza." "Reconheça o que está
diante de teus olhos, e o que está
oculto a ti será revelado. Pois não há
nada oculto que não venha ser
manifestado, Iluminado, concedido por
aqueles que me buscam."
Exaltado seja quem tomar seu lugar no Palácio de Lúcifer: ele
conhecerá o fim e não provará a morte." Pois o filho que volta para
a casa se desprende desse mundo e reina ao meu lado.
Se tornarem meus discípulos e ouvirem minhas palavras, estas que
te trazem sabedoria conhecimento e sua iluminação pessoal, Com
efeito de leva lós para o verdadeiro Paraíso que permanecem
inalterado inverno e verão, e cujas folhas não caem. Aquele que as

49
50

conhecer não provará a morte." Somos almas livres e eternas, são


poucos os escolhidos, que irão deter o verdadeiro segredo de
lúcifer.
"Aquele que tem ouvidos, ouça! Há luz no interior do homem de luz,
e ele ilumina o mundo inteiro. Se ele não brilha, ele é escuridão."
"Ama teu irmão como à tua alma, protege-o como o seu sangue
pois ele é um ser iluminado como você.
Nossa missão levar a lux onde a trevas da ignorância.
"Assumi meu lugar no mundo como uma Luciferiana, sou Juliana
Tavares, filha de alma de Lúcifer, e provei dos prazeres da carne,
das tentações. Encontrei todas embriagadas no mar de
possibilidades. Não encontrei nenhum sedento, e minha alma ficou
aflita pelos filhos dos homens, porque estão cegos em seus
corações e não têm visão. Pois vazios vieram ao mundo e vazios
procuram deixar o mundo. Mas no momento eles tem o privilégio de
ser chamado por Lúcifer. Quando vocês superarem a sede, então
mudarão sua maneira de pensar." Se livre por um momento de toda
mal real que se segura”” Se livre do sistema não tenha medo. Se
chegou até aqui é um ser Iluminado.
Ninguém acende uma lâmpada e coloca-a debaixo de um cesto,
tampouco coloca-a num lugar escondido, mas num candelabro,
para que todos que venham a entrar e vejam sua luz."
"Quem tiver algo em sua mão receberá mais, e quem não tiver nada
perderá até mesmo o pouco que tem, por após adentrar na senda
de Lúcifer não conseguirá jamais viver e acreditar nas mentiras
impostas pela fé cega.
E é impossível que um
servo sirva a dois senhores,
pois ele honra um e ofende
o outro. Ninguém bebe
vinho novo e logo em
seguida deseja beber vinho
velho. Mas isso é o que
você precisa saber da fonte
do conhecimento, não saia
gritando aos 4 cantos que é
um luciferiano, nosso trabalho não é fazer caridade e sim trazer
50
51

nossos irmãos e irmãs de alma para a morada de Lúcifer aqui


trabalhamos com sigilo e segredo. Infelizmente se divulgar e ser
julgado pela ignorância dessa raça mínima na terra de cristãos, não
perca a essência da irmandade que é trabalhar nas brumas
mantendo o segredo.
"Se perguntarem: 'De onde você vem? responda: 'Viemos da luz, do
lugar onde a luz nasceu dela mesma, estabeleceu-se e tornou-se
manifesta por meio de suas imagens'. Se perguntarem: O que
vocês são?' digam: 'Nós somos seus filhos e somos os eleitos do
Pai da Lux'. Se vos perguntarem: 'Qual é o sinal de vosso Pai em
nós?', digam a eles: 'É movimento do meu ser minha essência a lux
que me ilumina e me guia é minha sabedoria, conhecimento."
"Quem é você, o
que espera de
mim? …Faça sua
reflexão siga ou
desista você foi
chamado por mim,
eu fui chamada por
Lúcifer o caminho
cabe somente a
você siga, prossiga
ou desista agora,
´pois os fracos de
corpo e alma não
servem para seguir
comigo para o
Palácio de Lúcifer.
"Eu digo meus
mistérios aos [que
são dignos de
meus] mistérios. Que a tua mão esquerda não saiba o que faz a tua
mão direita."
"Se alguém que conhece o todo da Lei, o ser da iluminação, ainda
sente uma deficiência pessoal, ele é completamente deficiente."

51
52

Predestinados somos nós os odiados e perseguidos. Mas os que


nos perseguirem não encontrarão o nosso lugar." Estaremos livres
dos falsos e malditos que nesse plano nós perseguem.
"Predestinados aqueles que foram perseguidos em seu interior e
exterior. São eles que realmente conhecerão Lúcifer "Aquele que
tendes em nos salvar se manifestaras. Aquilo que não tendes em
em ser salvo tentará te matar, moralmente e fisicamente. Cuidado
com aquelas pessoas que irão tentar te tirara da senda são pessoas
guiadas pelo ódio, tenha cuidado pois muitos entrarão no seu
caminho. Nesse momento seja um verdadeiro Luciferiano não
permita que tirem sua paz, não permita que diminuam você, lembre
se sempre você é um filho da lux. E é superior aos outros.
"Eu sou a luz que está sobre todos eles. Eu sou o todo. De mim
surgiu o todo e de mim o todo se estendeu”. Eu sou um anjo caído,
mas se cai foi uma queda livre, eu sinto no meu sangue ferver nas
veias por que minha linhagem é nobre. Eu sou um Luciferiano.
"Aquele que reconheceu o mundo encontrou o corpo, mas aquele
que encontrou o corpo é superior ao mundo."
"As imagens manifestam-se ao homem, mas a luz que está nelas
permanece oculta na imagem da luz do Pai. Ele tornar-se-á
manifesto, mas sua imagem permanecerá velada por sua luz."
Não atireis pérolas aos porcos, por que eles não são dignos de
nossa sabedoria, "Quem busca, encontrará, e [quem bate] terá
permissão para entrar." No caminho da mão esquerda.
Talvez os meus discípulos estejam pensando? Mas Mestra e se
esse material cair em mãos erradas? Pois fiquem tranquilos, eu não
me preocupo só os escolhidos são chamados pelo Pai, ninguém se
torna um luciferiano da noite pro dia, já nascemos de uma linhagem
pura e especial, mas ficamos adormecidos até o chamado de nosso
Pai.
"O Reino de um Luciferiano; um lobo que tinha cem ovelhas. Uma
delas, a maior de todas, extraviou-se. Ele deixou as noventa e nove
e foi procurá-la, até encontrá-la ficou dias afastado das outras.
Depois de ter passado por todo esse incômodo, A ovelha o
questionou por deixou as outras sozinhas e se preocupou comigo?
ele disse à ovelha: 'Eu me interesso por ti, mais do que pelas

52
53

noventa e nove'." Se você é especial, não me importo com o


restante somente com você.
"Quem beber de minha Sabedoria tornar-se-á como eu. Eu mesmo
me tornarei ele, e as coisas que estão ocultas ser-lhe-ão reveladas."
"Ele não virá porque é esperado. Não é uma questão de dizer: 'eis
que ele Lúcifer está aqui' ou 'eis que está ali'. Na verdade, o Reino
do Pai está espalhado pela terra e os homens e não o veem." E eu
estou aqui para trazer a chave do Segredo.
"Eu mesmo vou guiá-los para torná-los um ser Iluminado, para que
vocês também possam tornar-se uma alma livre e semelhante a de
Lúcifer. Porque todo homem e toda mulher é uma estrela, só basta
descobrir seu brilho. Volte a brilhar.
Luz e trevas, vida e morte, direita e esquerda são irmãos entre si.
São inseparáveis. Por isto, nem os bons são bons, nem os maus
são maus, nem a vida é vida, nem a morte é morte. Assim é que
cada um se dissolverá em sua origem primordial. Mas os que são
sublimes acima do mundo são indissolúveis, eternos.
Só há um nome que se pronuncia no mundo, o nome do Portador
da Lux, que está acima de todas as coisas: o nome do Pai. Pois o
Filho não se tornaria Pai, a não ser que usasse o nome do Pai.
Aqueles que têm este nome conhecem-nos, mas não o pronunciam.
Mas, aqueles que não têm este nome não o conhecem.

A verdade fez com que os nomes surgissem no mundo por nossa


causa, pois não é possível aprendê-las sem estes nomes. A
verdade é uma única coisa; é muitas coisas por nossa causa serão
mudadas, para nos ensinar com amor sobre esta lux una por meio
de muitas coisas ocultas. Os regentes (arcontes) Eles tomaram o
nome daqueles que são bons e deram-no aos que não são bons,
para que, por meio dos nomes, pudessem enganá-los e vinculá-lo
aos que não são bons. E, depois, que favor os nomes lhes prestam!
Fazem com que sejam tirados daqueles que não são bons e
colocados entre os que são bons. Eles sabiam estas coisas, porque
queriam apoderar-se do homem livre e torná-lo seu escravo para
sempre. E os escravos nós servirão.

53
54

É por meio do fogo que tudo é purificado -- o visível pelo visível, o


oculto pelo oculto. Existem algumas coisas ocultas por meio das
visíveis.
"Se unindo a luz perfeita de corpo e alma, incorporai os anjos
também a nós, como sendo as imagens". Não despreze os que te
levam a ele, pois sem ele não é possível ver o Rei. Ninguém será
capaz de ir ao Rei se não estiver nu, despido da ignorância que
aprisiona a mente.
Quando a pérola é atirada na lama ela (não) passa a ser
desprezada; tampouco se for banhada em óleo de bálsamo se
tornará mais preciosa. Ela sempre manterá o seu valor aos olhos de
seu dono. O mesmo ocorre com os filhos de Lúcifer onde quer que
estejam. Eles sempre têm valor aos olhos de seu pai. Pois sua luz
não se encaixa nesse mundo, as vezes eles só não sabem o
porquê, e esse é meu papel resgata lós, Existem homens que
fazem muitas jornadas, mas sem fazer nenhum progresso em
qualquer direção. Quando o crepúsculo os surpreende, percebem
que sua jornada foi em vão. Pois não compreende que as palavras
não são apenas palavras e sim coisas ocultas, mas você tem que
ter uma percepção para que entendas. Certamente a realização de
um homem depende de sua habilidade. Por isto referimo-nos as
suas realizações como suas "habilidades e Vontades." Entre suas
realizações encontramos a nossa Vontade. Portanto, suas
habilidades determinam o que ele pode realizar, mas este repouso
mostra-se evidente nos filhos. Isto se aplica diretamente à imagem.
Neste mundo, os escravos servem os livres.
Este mundo é um devorador de cadáveres. Todas as coisas que se
comem nele também morrem. A verdade alimenta-se da vida.
Portanto, ninguém nutrido pela (verdade) morrerá. Não é preciso
que aqueles que têm tudo conheçam a si mesmos? Alguns, de fato,
que não conhecem a si mesmos, não serão capazes de gozar do
que possuem.
Aquele que tem o conhecimento da verdade é um homem livre,
porém o homem livre não peca, pois "aquele que peca é escravo do
pecado". A verdade é a mãe a Serpente da sabedoria, o
conhecimento. Aqueles que pensam que o pecado não se aplica a
eles são chamados de "livres" pelo mundo. "Conhecimento" da

54
55

verdade "torna estas pessoas meramente arrogantes," que é o que


as palavras "os tornam livres" significam. Isto lhes dá um
sentimento de superioridade sobre todo o mundo. Mas "o amor
constrói”. Na verdade, aquele que, por meio do conhecimento, é
realmente livre, torna-se um escravo, devido ao amor por aqueles
que não foram ainda capazes de alcançar a liberdade do
conhecimento. O conhecimento torna-os capazes de serem livres.
“Aquele que é escravo contra o seu desejo será capaz de tornar-se
livre. Aquele que se tornou livre devido ao favor de seu mestre, e
depois vendeu-se como escravo novamente, não será mais capaz
de ser livre”

A GNOSE

Consideremos “apenas” seres de consciência extremamente


elevada, conhecedores dos mistérios
do Universo. Seres iluminados, ou se preferir, Seres de Luz.
Libertando-se das
Amarras dogmáticas, os textos nós permite uma
interpretação mais “ampla”, mais “leve”.
‘Onde está a mente, há um tesouro, Liberte a sua.’

Quem tem olhos para ver, que


Veja.

A mesma forma que esta frase nos


evidencia a presença de
uma ‘Verdade revelada’, para
muitos, soou como uma ameaça.
Evidenciam uma interligação entre a semente de sabedoria
compartilhada ou pelo cultivo adequado da própria ‘mente’,
acordada das ilusões, iluminada]. Digo semente, porque os
55
56

homens, foram capazes de se afastar da gnose, e seus


transmissores foram perseguidos, chamados de hereges. Daí o
motivo de tantos textos enterrados ou escondidos em cavernas.
Tanta Sabedoria Oculta.
E mais uma observação importante: Sabedoria não tem nada a ver
com “religião” [embora esta, possa contê-la da sua forma as vezes
mentirosas e dogmáticas]. E fanatismo religioso, é a negação de
toda sabedoria que possa estar contida em uma filosofia religiosa.
Mais importante que os ‘santos’, são suas ideias e exemplos.
Usemos nosso cérebro [cérebro/coração], ao avaliar os
ensinamentos!
“Lúcifer não participa em um Aeon (como parte constituinte dele). O
tempo não existe em relação a Ele. Pois qualquer um que participa
em um Aeon foi criado. O tempo não foi determinado a Ele, já que
Ele não recebe nada de outro que estabelece limites. E Ele não
necessita de nada. Nada do Todo existe antes Dele. Ele é suficiente
para si próprio em sua luz perfeita. Porque a perfeição é majestosa.
Ele é mente pura imensurável. Ele é um aeon doador-de-aeon.
Ele é sabedoria e lux. […] Ele é um aeon indestrutível, em repouso,
existindo em silêncio, em tranquilidade, e sendo anterior a tudo.”

“Explore a Natureza e os Poderes do seu


próprio Ser.

Isso inclui tudo o que é, ou possa ser, para


você: e você deve aceitar tudo exatamente
como é por si mesmo, como um dos fatores que
vão compor o seu Ser Verdadeiro. Este Ser
Verdadeiro finalmente inclui todas as coisas;
sua descoberta é Iniciação (a viagem para
dentro) e como a sua Natureza é de se mover
continuamente, ela deve ser compreendida
não como estática, mas como dinâmica, não
como um Substantivo, mas como um Verbo.
Aleister Crowley em Dever

56
57

hma Curiosidade para refletirem; Em Apocalipse


22:16 está escrito: "Eu, Jesus, ... Eu sou a raiz e o descendente de
Davi, sou a estrela radiosa da manhã." — Isso abre uma discussão
interessante pois se o próprio Jesus se auto denominou a estrela
radiosa da manhã, que também é Lúcifer, este nome não deveria
ter sido associado ao mal de forma alguma! — Houve também um
Bispo chamado Lúcifer, de Cagliari, na Sicília, de 370 a 371, que
montou uma doutrina contrária a todo e qualquer contato com os
idólatras.
Posteriormente, para combater e substituir a versão aceita corrente
dos Livros de Enoch para a "quedados anjos", Tomás de Aquino
entre outros, criaram uma segunda versão, tomando a decisão
infeliz de transformar a palavra num epíteto do demônio. Helena
Blavatsk, escreveu uma crítica na introdução da revista "Lúcifer"
[Vol. I, No 1, Setembro, 1887] informando que "foi Gregório Magno
quem aplicou pela primeira vez a seguinte passagem de Isaías,
'Como caíste do céu, ó Lúcifer, filho da manhã', etc. há Satã e,
desde então, a ousada metáfora do profeta, que se referia, afinal, a
um rei assírio inimigo dos israelitas, tem sido aplicada ao Diabo". Já
outros atribuem essa tradição como tendo se originado com uma
interpretação — bastante forçosa — de Orígenes de algumas
passagens Bíblicas.

Sobre Iniciação
A iniciação é um ritual presente em quase todas as religiões do
mundo, sejam elas representantes do Velho ou do Novo Aeon. Ela
pode estar presente de forma explícita ou não; ser executada logo
nos primeiros anos de vida do indivíduo (e assim este ser iniciado
independente de sua vontade) ou quando este desejar tê-la; ser
realizada através de um ritual hermético ou cerimonial.
O primeiro propósito da iniciação é colocar o indivíduo em contato
com a egrégora da respectiva filosofia que ele está adentrando.
Este passo cumpre-se em todas as iniciações, sejam elas
voluntárias ou não. Porém o real objetivo da iniciação só é atingido
com a escolha voluntária do iniciado: quando ele assume um
compromisso consigo mesmo de vivenciar aquela filosofia, no

57
58

nosso caso o Luciferianismo. Para isso ele deve de livre vontade


aceitá-la, pois nada que é imposto é vivido em sua plenitude.
Quando utilizo a palavra "aceitar" não me refiro simplesmente ao
ato banal de seguir dogmas pré-estabelecidos por outrem. Ao
contrário: é de suma importância que ele descubra dentro de si qual
sua verdade, mesmo que inicial, para assim aceitá-la e dedicar-se a
aprimorá-la cada vez mais, até que possa descobrir sua verdadeira
Vontade.
Sendo assim a iniciação pode
ocorrer mesmo sem a
realização de um ritual, já
que é a aceitação de uma
verdade e compromisso
consigo mesmo para atingir
determinada meta. A
realização do ritual, porém, é
um modo a mais de afirmar
este compromisso.
Todos sabemos que é muito
mais fácil trabalhar com
elementos reais do que
apenas mentalmente. Ao
executar um ritual, estaremos
envolvendo elementos físicos como símbolos, cores, palavras que
refletirão em nossa mente, facilitando então alcançarmos nosso
objetivo através de uma maior concentração, envolvimento...
mergulharemos mais profundamente dentro de nós mesmos e do
próprio Cosmos, em todas as suas manifestações. Então não se
preocupe com iniciação, preocupe se em aprender em se
desenvolver, tudo ao seu tempo.

58
59

Primeira Pratica Diária de magia


Eu forneço isto como uma sugestão positiva para começar bem
seu progresso espiritual, mas isto é
apenas um começo, ou talvez
praticar controle do pensamento e
controle do corpo, mas não ainda a
adição da devoção diária. Tudo
isso dependerá somente dos
adeptos, no qual será discernido
por qualquer bom mestre, e,
portanto, você deve considerar o
meu conselho. Em geral, porém, o
que eu darei aqui deverá ser o
início de vocês, desde que se dediquem.
Eu tenho dito frequentemente aos meus estudantes e àqueles que
me encontram que a inação e a inconsistência são dois venenos
letais à perseguição da realização mágica. Alguém que deseja ser
um mago ou bruxa não pode ficar contente com mera inquisição
filosófica e especulação. Ele deve por sua mente para funcionar e
cultivar sua alma, coisa que só pode ser feita no fogo da prática
rigorosa. O mundo não tem utilidade para pessoas que criam ideias
quietamente, mas nunca fazem nada a partir delas; é como se
essas pessoas estivessem mortas. Todas as boas intenções do
mundo não podem lhe tornar um mago. Uma boa pessoa, talvez,
mas não um bom mago. A mente indisciplinada deve ser forçada a
um hábito de prática regular, até que está se torne agradável, e só
então progresso real é visto. Não permita a sua mente,
frequentemente fraca, a lhe convencer de alguma desculpa para
não praticar. Não existe ninguém que não possa praticar, e não
existe nenhuma razão legítima para não fazê-lo. Até dez minutos
por dia, se feitos com consistência, permitirão bom progresso.
E progresso aqui, é o que queremos e desejamos, fazendo nossa
verdadeira “Vontade” para nos tornar melhor. Somos a Nova Era
vamos mudar nossas atitudes sendo pessoas sérias e
comprometidas com nosso eu interior. O problema não são os seus

59
60

afazeres, mas, em vez disso, a sua habilidade de priorizar


corretamente. Se você está querendo perseguir um caminho
espiritual seriamente, você deve ser capaz de priorizar as atividades
em sua vida. Ser um Luciferiano é para pessoas que estão
perseguindo a magia seriamente, ao contrário de alguns que
somente interessam-se por ela. Em primeiro encontrará um bom
sistema de prática aqui, mas nunca conseguirá evocar a força de
vontade e a consistência na prática para alcançar resultados
notáveis se não se esforçar. A paciência é um grande teste, e uma
das ferramentas favoritas pelas quais o Universo tenta a sua
devoção nas chamas da prática espiritual. Lembre-se de sempre
perseverar, e se você não ver progresso no início. Não é dado a
todos nós para avançarmos rapidamente, mas com paciência e
prática consistente, todos podem avançar vai de sua determinação
em ser uma pessoa diferenciada e melhor. Começar o seu dia com
a prática espiritual é um perfeito início. Sua mente está limpa para
começar seu dia de trabalho, ou, para os mais novos, o dia letivo.
Suas energias estão controladas, e sua consciência está centrada.
As atividades do dia não te perturbam tanto, e é mais fácil manter
uma mentalidade espiritual, não importa em quais situações você
possa se achar. Pelo fato de você começar seu dia com um nível
elevado de consciência, você será capaz de observar mais
claramente os impulsos animais do que as outras pessoas, e como
as ilusões dos sentidos influenciam as ações da maioria dos
indivíduos. Dessa observação científica, sua compreensão do ser
animal e do ser real crescerá grandemente, e você obterá a
compreensão da diferença dos dois. Isso encorajará um ponto de
vista espiritual mais constante em sua vida inteira. Quando você
retornar para casa depois de suas obrigações diárias, e ter mais
tempo livre novamente, será mais fácil se sentar e voltar às suas
práticas espirituais, se você escolher fazê-las. A sua progressão
espiritual não se dará apenas ´por estudos mas também por
práticas magicas.

Higiene Adequada
Ser limpo é ser organizado, mas a limpeza física
não é a única tratada aqui.

60
61

A limpeza espiritual pode ser ligada a


práticas diárias de higiene para se
alcançar efeitos máximos e ajudar a
aumentar a velocidade de seu
progresso. O aspirante deveria se
assegurar de que ele tome banho
todos os dias. Se ele é diligente, ele se
banhará de manhã, antes de seus
exercícios espirituais. Quando ele se
lava, ele não deve se concentrar no
corpo físico. Em vez disso, ele deve
destacar sua mente e foco e colocá-los
em seu ser espiritual e em seu corpo
astral, fazendo com que as mãos físicas façam o que elas estão
acostumadas a fazer. Quando a água flui sobre ele, ele imaginará
que a sujeira em seus corpos espirituais flui com ela também. Ele
deve visualizar que sua pele é a cristalização dessa sujeira, com
suas doenças de morte e de tristeza, e que a pele está sendo
lavada com a água na medida em que ele se esfrega. Embaixo
dessa pele existe uma espécie de vidro com uma aparência fluida,
líquida, que ele deveria conhecer como o corpo astral. Na medida
em que a água corre sobre ele e ele se banha, você deve visualizar
que está polindo esse vidro. Na medida em que ele pole esse vidro
e o limpa, uma luz branca e brilhante começa a brilhar através dele.
O aspirante fará esta prática, estendendo-a ao corpo inteiro cada
manhã, até que, pelo fim do banho, ele se visualiza como sendo de
pura luz branca. Essa é uma excelente maneira de se começar a
manhã e estender para o seu dia.
Durante o banho, o aspirante deve estar num estado quase de
transe. Sua mente não está totalmente focada em seu corpo
material, e as ações de lavagem de suas mãos e braços estão
sendo executadas quase automaticamente. O foco dele é absorvido
inteiramente em sua mente, onde todo o seu poder de concentração
está sendo dirigido a essas visualizações. Ele deve estar quase
inteiramente desapercebido do que o seu corpo físico está fazendo,
ou como a água está sendo sentida, quão quente ou fria ela está,
sua textura. Sua mente deve estar inteiramente focada em suas
visualizações. Na medida em que o poder de foco do aspirante
cresce, a cura e os efeitos de limpeza dessa prática crescerão

61
62

também. É como tomar um remédio o resultado não é imediato,


mas tomando todos os dias, ao passar do tempo vera o resultado. A
prática de controle do corpo é muito importante para o mago,
porque exerce sua dominância mental sobre seu domínio físico
mais imediato. Se você não consegue se sentar parado, é muito
difícil regular a sua mente. Se você não pode controlar a sua mente,
então toda a magia se torna muito difícil. O domínio dos obstáculos
do corpo é um grande passo para a capacidade de se fazer
meditação. Quando você pode parar completamente o corpo, ele se
torna calmo e mais frio, e a energia interna chamada prana flui
suavemente através dos canais de energia do corpo. Quando a
tensão é deixada e a mente se torna calma, todos os bloqueios em
seus circuitos internos de energia são removidos. Embora, no início,
a prática possa ser difícil e fazer com que você se sinta
desconfortável, deve-se persistir até que se sinta completamente
confortável e a sensação de bem estar de ser evoluído tomará
conta do seu ser. Embora cada postura ofereça um benefício
diferente, a meta é o equilíbrio do elétrico com o magnético, ou o
solar com o lunar. Isso faz com que amente se torne parada e a
aura se torne equilibrada e saudável. Alguém que pratica
ativamente a praticas magicas e físicas radia saúde. Seu corpo e
mente agradece.

“Quando se tornar um iluminado e senhor de seu próprio destino, o


homem não vai mais se submeter aos mandos e desmandos de
nenhuma religião dogmática… estão começando a entender da
onde vem a associação da Igreja a tanta maldades que há na terra.

62
63

Liber Resh vel Helios


Por; Aleister Crowley

Estas são as adorações a serem realizadas pelos aspirantes.


1. Que ele cumprimente o Sol ao amanhecer, de frente para o
Leste, dando o sinal do seu grau. E que ele diga em voz alta:
Eu saúdo a Ti que és Ra na Tua ascensão, e também a Ti que és
Ra na Tua força, que viajas por sobre os Céus na Tua barca ao
levantar do Sol.
Tahuti permanece na proa em Seu esplendor, e Ra-Hoor sustenta o
leme.
Saúdo a Ti das Moradas da Noite!
2. Também, ao Meio-Dia, que ele cumprimente o Sol, de frente para
o Sul, dando o sinal do seu grau. E que ele diga em voz alta:
Eu saúdo a Ti que és Ahathoor no Teu triunfar, e também a Ti que
és Ahathoor na Tua beleza, que viajas por sobre os Céus na Tua
barca ao Curso médio do Sol.
Tahuti permanece na proa em Seu esplendor, e Ra-Hoor sustenta o
leme.
Saúdo a Ti das Moradas da Manhã!
3. Também, ao Pôr do Sol, que ele cumprimente o Sol, de frente
para o Oeste, dando o sinal do
seu grau. E que ele diga em
voz alta:
Eu saúdo a Ti que és Tum no
Teu descender, e também a Ti
que és Tum na Tua alegria,
que viajas por sobre os Céus
na Tua barca ao Pôr do Sol.
Tahuti permanece na proa em

63
64

Seu esplendor, e Ra-Hoor sustenta o leme.


Saúdo a Ti das Moradas do Dia!
4. Finalmente, à Meia-Noite, que ele cumprimente o Sol, de frente
para o Norte, dando o sinal do seu grau, E que ele diga em voz alta:
Eu saúdo a Ti que és Khephra no Teu ocultar, e também a Ti que
és Khephra no Teu silêncio, que viajas por sobre os Céus na Tua
barca à Meia-Noite do Sol.
Tahuti permanece na proa em Seu esplendor, e Ra-Hoor sustenta o
leme.
Saúdo a Ti das Moradas da Noite.
5. E após cada uma destas invocações tu darás o sinal de silêncio,
e em seguida tu realizarás a adoração que te é ensinada pelo Teu
Superior. Então, que Te prepares para a santa meditação.
6. Também, é melhor que nestas adorações tu assumas a forma
Divina d’Aquele a quem tu adoras, como se tu de fato se unisse a
Ele na adoração d’Aquilo que está para além Dele.
7. Portanto tu estarás sempre consciente da Grande Obra que tu
assumiste realizar e, portanto tu serás fortalecido para buscá-la na
realização da Pedra dos Sábios, o Summum Bonum, Sabedoria
Verdadeira e Felicidade Perfeita.

Sendo que o neófito, não possa fazer a adoração ao 4 vezes ao


procure fazer de manhã ou atarde ou anoite, faça pelo menos uma
vez ao dia. O seu sinal é Iluminado.

Conclusão;

Somos todos irmãos de lida espiritual. Independente de nosso grau


de cultura, de nossos credos e de nossas opções de vida, somos
todos cidadãos do universo.
Somos espíritos eternos estagiando nos diversos campos de
manifestação da vida. No presente momento, estamos trazendo a
verdade para nossa vida se livrando de dogmas e regras impostas.
Somos filhos da Natureza, e os elementos são nossos irmãos de

64
65

jornada. Independentemente do que pensamos e sentimos, somos


parceiros espirituais, e o Grande Arquiteto Do Universo é o nosso
Comandante Supremo.
Somos parceiros dos ideais de Liberdade, Igualdade e
Fraternidade, mesmo ainda sendo seres imperfeitos e ainda cheio
de defeitos, estamos aqui para evoluir e ser melhor a cada dia.
Que a Magia da Lux opere em todos os Iniciados as transformações
cabíveis aos méritos de cada um. Onde cada iniciado receba da
vida, aquilo que fizer de sua própria vida. Que cada um lembre-se
de que só o Pai Eterno é o detentor da verdadeira Sabedoria. Só o
Portador da lux é que sabe tudo e toda as verdades! E é pela sua
imensa sabedoria que agora você se libertou e se tornou melhor. É
por deliberação da Espiritualidade Superior que mais e mais
pessoas tenham o devido acesso às vias espirituais, pouco
importando a crença particular de cada um.
Espiritualidade não é doutrina, é amor e discernimento integrados
na própria vida prática. É a união de diversas falanges benfeitoras
num clima de universalismo e bondade a favor de todos.
Espiritualidade é um caminho de honra e lealdade. E a Magia é sua
ferramenta para a prática do Ser. Portanto, que a chama espiritual
acesa em cada coração iniciado possa guiar os seus
conhecimentos e aplicações sempre para um caminho de honra e
de Luz, onde cada um dos presentes possa pensar na União.
Que a Nossa Egrégora seja de Lux e União.

Juliana Tavares

Pax et lux

** Egrégora: Atmosfera coletiva plasmada espiritualmente num certo ambiente, decorrente do


somatório dos pensamentos, sentimentos e energias de um grupo de pessoas voltado para a
produção de climas virtuosos no mundo.

65
66

É a atmosfera psíquica resultante da reunião de grupos voltados para trabalhos e estudos


baseados na LUZ. Pode-se dizer que toda reunião de pessoas para a prática do Bem e da Virtude
(independente de linha espiritual) forma uma egrégora específica, uma verdadeira entidade
coletiva luminosa, a qual se agregam várias outras consciências extrafísicas alinhadas com
aquela sintonia espiritual para um trabalho interdimensional.
Provavelmente Muitos dizem que não se deve misturar egrégora de trabalhos diferentes, porém,
quando o Amor se manifesta, desaparece qualquer ideologia doutrinária, e só fica o que
interessa: a LUZ.

66
67

67