Você está na página 1de 30

EXERCÍCIOS - 2013

1. A Ouvidoria da EBSERH tem a competência de encaminhar as reclamações, críticas, elogios, sugestões ou


denúncias, visando o aperfeiçoamento do modelo administrativo, das ações institucionais e a constante melhoria dos
processo. O titular da Ouvidoria da EBSERH, denominado Ouvidor-Geral, será:Prova EBSERH - 2013
a) de livre escolha do presidente da Empresa.
b) escolhido e nomeado pelo Conselho Nacional de Saúde.
c) obrigatoriamente um dos membros do Conselho de Administração.
d) nomeado pelos membros do Conselho de Auditoria Interna.
e) escolhido entre os membros do Colegiado Executivo das Unidades Hospitalares.

2. Em situação hipotética, o Conselho de Administração EBSERH foi convocado para discussões e deliberações
referentes à nova proposta de previdência complementar da empresa. Desta convocação, não participará(ão). Prova
EBSERH - 2013
a) O membro indicado pelo Ministro de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão, pois vota de acordo com a
disponibilidade orçamentária.
b) O presidente da Empresa, por não ter poder de voto na decisão.
c) Os dois membros indicados pelo Ministro de Estado da Saúde, devido à pauta de assuntos não estratégicos.
d) O presidente do Conselho de Administração, somente quando também por o Presidente da Empresa.
e) o membro eleito e representante dos empregados, pois existirá um conflito de interesses deste membro com o assunto
em pauta.

3. O Decreto nº 7.661, de 28 de dezembro de 2011, aprova o Estatuto Social da Empresa Brasileiro de Serviços
Hospitalares – EBSERH, constituindo o capital social inicial em R$ 5 milhões, a ser integralizado:Prova EBSERH -
2013
a) pelos recursos provenientes do orçamento anual do SUS – Sistema Único de Saúde
b) pelo ativo imobilizado dos hospitais universitários que compõe a rede de atendimento em saúde.
c) pelo Fundo Nacional de Apoio à Saúde (FNAS)
d) pela União.
e) por cotas divididas entre a União, os Estados e os Municípios da Federação;

4. A EBSERH, para fins de sua implantação, está autorizada a contratar, mediante processo seletivo simplificado,
pessoal técnico e administrativo por tempo determinado, sendo que os contratos temporários de emprego poderão
ser prorrogados uma única vez, desde que a soma dos 2 (dois) períodos não ultrapasse:Prova EBSERH - 2013
a) 2 anos. d) 5 anos.
b) 3 anos. e) 6 anos.
c) 4 anos.

5. No desenvolvimento de suas atividades de assistência à saúde, a EBSERH observará:Prova EBSERH - 2013


a) as orientações da Política Nacional de Saúde, de responsabilidade do Gabinete da Presidência da República.
b) a exigência de licitação para sua contratação, pela administração pública, para realizar atividades relacionadas ao seu
objetivo social.
c) o respeito ao princípio da autonomia universitária, quando prestar os serviços relacionados às suas competências,
mediante contrato com as instituições federais de ensino ou instituições congêneres.
d) a proibição de criação de subsidiárias para o desenvolvimento de atividades inerentes ao seu objetivo social.
e) o veto sobre qualquer tipo de ressarcimento das despesas, com o atendimento de consumidores ou respectivos
dependentes, de planos privados de assistência à saúde.

6. Sabe-se que houve importante evolução na história da Saúde Pública no Brasil. Sobre essa evolução,
principalmente na organização do Sistema de Saúde, assinale a alternativa correta.Prova EBSERH - 2013
a) A crise da Previdência Social, no início dos anos 1970, fez surgir o Conselho Consultivo de Administrativo de Saúde
Previdenciária (Conasp).
b) No relatório final da 8ª Conferência Nacional De Saúde, a saúde passa a ser definida apenas como o resultado das
condições de alimentação, habitação, educação, trabalho e lazer.
c) O fundamento legal do Sistema Único de Saúde (SUS) é a Constituição Federal de 1988, regulamentado na Lei Federal
nº 8.080, de 19 de setembro de 1990, que trata do financiamento da saúde e da participação popular e na Lei Federal nº
8.142, de 28 de dezembro de 1990, que dispõe sobre a organização e regulação das ações de saúde.
d) A realidade social, na década de oitenta do século passado, era de inclusão da maior parte dos cidadãos no direito à
saúde, que se constituía na assistência prestada pelo Instituto Nacional de Previdência Social, restrita aos trabalhadores
que para ele contribuíam.
e) A Reforma Sanitária Brasileira sempre pretendeu ser mais que apenas uma reforma setorial.

EBSERH - 2013 Página 1


7. A expansão do conceito de saúde, com seus determinantes e a crescente complexidade epidemiológica da situação
das populações estimulam a diversidade de responsabilidade nos serviços de saúde. Sobre os Determinantes Sociais
de Saúde (DSS), assinale a alternativa correta. Prova EBSERH - 2013
a) Em geral, poucos são os fatores que exercem influência sobre a saúde das pessoas, e a presença desses fatores, mesmo
que conjuntamente, não são capazes de determinar o estado de saúde da população.
b) A relação entre os determinantes da saúde e o restado de saúde é simples e não envolve os níveis da sociedade,
atingindo apenas o nível macroambiental.
c) Existe uma ampla categoria de determinantes da saúde, desde os determinantes proximais ou microdeterminantes,
associados à características do nível individual, até os determinantes distais ou macrodeterminantes, associados à
variáveis dos níveis de grupo e sociedade, isto é, populações.
d) A diversidade genética, a diferença biológica de sexo, a nutrição e dieta, o funcionamento dos sistemas orgânicos e os
processos de maturação e envelhecimento são determinantes fundamentais da saúde, sobre os quais não é possível
intervir positivamente para promover e recuperar a saúde.
e) A relação entre os determinantes da saúde e o estado de saúde é complexa, porém envolve, prioritariamente, o nível de
microcelular.

8. O Decreto nº 7.508, de 28 de junho de 2011, visa dar mais transparência à estrutura do SUS, com a finalidadede
garantir maior segurança jurídica na fixação das responsabilidades dos entes federativos, para que o cidadãos
possa, de fato, conhecer as ações e os serviços de saúde ofertadas nas regiões de saúde e organizados em redes de
atenção à saúde. Sobre vertentes deste decreto, assinale a alternativa correta.Prova EBSERH - 2013
a) O Ministério da Saúde disporá sobre a RENASES, em âmbito nacional, observadas as diretrizes pactuadas pela CIB.
b) A RENASES compreende todas as ações e serviços, que o SUS oferece ao usuário, para atendimento da integralidade
da assistência à saúde.
c) RENAME é a Relação Nacional de Medicamentos Especiais, atualizada a cada três anos pelo Ministério da Saúde.
d) A Rede de Atenção à Saúde é o conjunto de ações e serviços de saúde, articulados em níveis de complexidade
crescente, com a finalidade de garantir a equidade da assistência à saúde.
e) Serviços Especiais de Acesso Aberto são instâncias de pactuação consensual entre os entes federativos, para definição
das regras da gestão compartilhada do SUS.

9. Assinale a alternativa que não apresenta uma função essencial do Sistema de Informação em Saúde (SIS)
a) Coletar dados com a finalidade de realizar ações de interesse exclusivamente científico.
b) Apoiar as atividades de pesquisa e produção de conhecimento.
c) Subsidiar os processos decisórios nos diversos níveis de decisão e ação.
d) Contribuir para monitorar e avaliar as intervenções e seus resultados e impactos.
e) Facilitar o planejamento, a supervisão e o controle de ações e serviços.

10. “Os ideais propostos pela reforma sanitária trazem uma ampliação do conceito de saúde e a democratização do
setor saúde, reordenamento do sistema de saúde, mudanças do modelo de assistência e das práticas sanitárias. Estas
mudanças perpassam pela construção e consolidação do Sistema Único de Saúde – o SUS, em seus princípios e
diretrizes, de universalidade, integralidade, equidade, descentralização e participação popular, que demandam
novos perfis de profissionais para a organização e prática do novo modelo assistencial, na perspectiva da
integralidade da assistência” (BORGESS & NASCIMENTO, 2004). Este processo de mudança do SUS, iniciado na
década de 1980, é denominado:Prova EBSERH - 2013
a) reformulação.
b) descentralização.
c) municipalização.
d) democratização.
e) gestão participativa.

11. Na evolução do sistema de saúde no Brasil, foram elaboradas legislações específicas governamentais que
“estruturaram” a formulação do SUS, formando uma “linha do tempo”. Um órgão foi criado, em 1977, e fez parte
do Sistema Nacional de Assistência e Previdência Social (SIMPAS). Este órgão foi o grande prestador da assistência
médica e funcionava à custa de compra de serviços médicos hospitalares, do setor privado. O órgão referenciado no
texto é o:Prova EBSERH - 2013
a) SINAN.
b) SIMPAS.
c) INPS.
d) INAMPS.
e) SIN.

12. A Organização Mundial da Saúde define Sistema de Informação em Saúde (SIS), “como um mecanismo de
coleta, processamento, análise e transmissão da informação necessária para se planejar, organizar, operar e avaliar
os serviços de saúde. Considera-se que, a transformação de um dado em informação exige, além da análise, a
divulgação, e inclusive recomendações para a ação”. O SIS é composto por diferentes subsistemas que produzem
uma enorme quantidade de dados referentes à atividades setoriais em saúde, gerando grandes bancos de dados

EBSERH - 2013 Página 2


nacionais. Baseados nestas informações, qual o sistema que informa sobre morbidade hospitalar, gestão hospitalar e
custeio da atenção hospitalar?Prova EBSERH - 2013
a) SIM. d) SIA.
b) SINASC. e) SIH
c) SINAN.

13. Sobre os Sistemas de Informação em Saúde, julgue os itens a seguir.Prova EBSERH - 2013
I. Os Sistemas de Informação em Saúde são aplicativos de Tecnologia da Informação, destinados a fornecer
informações e estatísticas de interesse médico hospitalar, médico ambulatorial, medicina pública, medicina
investigativa (pesquisa e desenvolvimento), dentre outros.
II. Necessariamente, são banco de dados que armazenam textos, dados quantitativos e imagens, com capacidade de
geração rápida de relatórios e interação com internet, intranet, extranet, chats, fóruns, bibliotecas, enciclopédias
digitais.
III. Os Sistemas de Informação em Saúde podem ser desenvolvidos para uso somente macroeconômico tais como
Ministérios, Secretarias de Estado ou Prefeituras (neste caso condensado informações de outros subsistemas ou
redes locais).
IV. Os Sistemas de Informação em Saúde não podem ser interligados a outros Sistemas.
A quantidade de itens certos é igual a
a) 0.
b) 1.
c) 2.
d) 3.
e) 4.

14. Em relação ao Controle Social no SUS – Sistema Único de Saúde – e ao CNS – Conselho Nacional de Saúde,
julgue os itens a seguir.: Prova Enfermagem- EBSERH- 2012
I. O CNS é a instância máxima de deliberação do SUS.
II. O CNS não está vinculado ao Ministério da Saúde, uma vez que o governo, enquanto gestor da saúde, não possui
membros dentre os conselheiros.
III. Um dos documentos mais importantes para o Controle Social no SUS é o Plano Nacional de Saúde, aprovado pelo
CNS a cada 4 anos.
IV. Um dos maiores problemas da atuação do CNS frente ao Controle Social no SUS é a ausência de deliberação do
Sistema Único de Saúde sobre as questões de aprovação e execução orçamentária da saúde.
A quantidade de itens certos é igual a:
a) 0.
b) 1.
c) 2.
d) 3.
e) 4.

15. Qual é o conjunto integrado de ações de iniciativa dos Poderes Públicos e da sociedade, destinadas a assegurar os
direitos relativos à saúde, à previdência e à assistência social?Prova Enfermagem- EBSERH- 2012
a) Contribuição Social e Previdenciária.
b) Políticas Sociais e Econômicas.
c) Legislação Social.
d) Seguridade social.
e) Lei Orgânica da Saúde.

16. O Decreto Presidencial no 7.508, de 28 de junho de 2011, dispõe sobre a organização do Sistema Único de Saúde
–SUS, particularmente abordando o planejamento da saúde, a assistência à saúde e a articulação interfederativa.
Sobre estas considerações, assinale a alternativa correta.Prova Enfermagem- EBSERH- 2012
a) As Regiões de Saúde não podem compor transferências de recursos entre os entes federativos, uma vez que são
instituídas unicamente pelos municípios.
b) O acesso universal e igualitário à assistência farmacêutica pressupõe, entre outros fatores, que o medicamento seja
prescrito por profissional de saúde, no exercício regular de suas funções no SUS.
c) O planejamento da saúde é facultativo para os entes públicos, sendo realizado somente como indutor de políticas para a
iniciativa privada.
d) O usuário perde o direito assegurado à continuidade do cuidado em saúde, quando não procurar os serviços, hospitais
ou unidades integrantes da rede de atenção da respectiva região de seu domicílio.
e) O desempenho aferido a partir dos indicadores nacionais de garantia de acesso à saúde não serão utilizados como
parâmetro para avaliação do desempenho da prestação das ações de saúde, tendo em vista as especificidades
municipais.

EBSERH - 2013 Página 3


17. Em relação à Lei no 8.080/1990 – Lei Orgânica da Saúde (LOS), bem como a legislação regulatória da Saúde
Pública no Brasil, julgue os itens a seguir.Prova Enfermagem- EBSERH- 2012
I. Os serviços de atenção primária, constituídos pelos hospitais de maior complexidade ou resolutividade da região ou
do Estado constituem as chamadas “portas de entrada” do sistema de saúde.
II. Uma percepção importante sobre as determinantes sociais da saúde e a legislação dos últimos vinte anos pode ser
percebida pelo fato de que, antes da Lei no 8.080, a legislação preconizava que aos municípios brasileiros só competia
“organizar serviços de Pronto Socorro”, diferente da dimensão da gestão da saúde incorporada na nova perspectiva da
atual legislação.
III. Embora os avanços na concepção do SUS, apresentados pela Lei no 8.080 possam ser relevantes quanto à promoção
do atendimento à saúde da população, a característica principal da LOS foi a responsabilidade única do Ministério da
Saúde na gestão do SUS.
IV. Uma das grandes críticas sobre a LOS é a ausência do rompimento das chamadas “algemas que caracterizam o acesso
à saúde como uma política excludente, precária e centrada no modelo médico-hegemônico”. Especificamente na
política de saúde, a LOS não garantiu a articulação das políticas sociais de maneira integrada, de modo a constituir um
diferencial de qualidade no atendimento à população brasileira, mesmo fora dos centros regionais de excelência – um
grande desafio à sociedade em geral.
A quantidade de itens certos é igual a:
a) 0.
b) 1.
c) 2.
d) 3.
e) 4.

18. Epidemiologia pode ser definida como a ciência que estuda o processo saúde-doença em coletividades humanas.
Assinale a alternativa que não constitui uma perspectiva de análise desta ciência.Prova Enfermagem- EBSERH- 2012
a) Distribuição e fatores determinantes das enfermidades.
b) Fatores de danos à saúde.
c) Eventos associados à saúde coletiva.
d) Diagnóstico e acompanhamento da situação de saúde das populações.
e) Diagnóstico e tratamento individualizado do enfermo.

19. A Lei no 12.550, de 15 de dezembro de 2011 autorizou o Poder Executivo a criar a Empresa Brasileira de
Serviços Hospitalares – EBSERH. A EBSERH é uma empresa _________ unipessoal, com personalidade jurídica de
direito _________ , vinculada ao Ministério da ____________.
Assinale a alternativa que apresenta os termos que completam as lacunas, na ordem em que aparecem.
a) pública, privado, Educação.
b) privada, privado, Educação.
c) pública, público, Educação.
d) pública, privado, Saúde.
e) privada, público, Saúde.

20. Assinale a alternativa que apresenta o órgão de orientação superior da EBSERH, composto por nove membros,
com competência para fixar as orientações gerais de suas atividades.Prova Enfermagem- EBSERH- 2012
a) Diretoria Executiva. d) Ministério da Educação.
b) Conselho Fiscal. e) Conselho de Administração.
c) Conselho Consultivo.

21. Assinale a alternativa correta sobre a duração do mandato dos membros do Conselho Fiscal da EBSERH.Prova
Enfermagem- EBSERH- 2012
a) Quatro anos de duração, contados a partir da posse efetiva no cargo.
b) Dois anos de duração, contados a partir da data de publicação do ato de nomeação.
c) Dois anos de duração, contados a partir da posse efetiva no cargo.
d) Três anos, contados a partir da data de publicação do ato de no Diário Oficial da União.
e) Duração do mandato indeterminado, dependendo de decisão do presidente da empresa.
ESTÃO 16
22. O órgão de Auditoria Interna da EBSERH terá suporte administrativo da presidência da empresa, que proverá
os meios e condições necessárias à execução das suas atribuições. Este órgão está vinculado diretamente ao:Prova
Enfermagem- EBSERH- 2012
a) Conselho de Administração.
b) Conselho Fiscal.
c) Conselho Consultivo.
d) Tribunal de Contas da União.
e) Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão.
QUESTÃO 17

EBSERH - 2013 Página 4


23. Qual a composição do Corpo Diretivo da EBSERH, de acordo com seu Regimento Interno?Prova Enfermagem-
EBSERH- 2012
a) Conselho de Administração e Conselho Fiscal.
b) Chefia de Gabinete e Assessoria de Planejamento e Avaliação.
c) Diretoria Administrativa e Diretoria Financeira.
d) Diretoria de Gestão de Pessoas e Diretoria de Processos e TI.
e) Presidente e Diretores da Diretoria Executiva.

24. A Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares – EBSERH, criada pela Lei no 12.550 de 15 dezembro de 2011 é
uma empresa _______ unipessoal, vinculada ao Ministério _________.Prova EbserhPiaui 2012
Assinale a alternativa que apresenta os termos que completam as lacunas, na ordem em que aparecem.
a) pública, da Educação.
b) privada, da Educação.
c) pública, da Saúde.
d) privada, da Saúde.
e) privada, do Planejamento, Orçamento e Gestão.

25. Conforme prescrito na Lei no 12.550 de 15 de dezembrode 2011, a EBSERH poderá prestar os serviços
relacionados a suas competências, mediante contrato com as instituições federais de ensino ou
instituiçõescongêneres, respeitando o princípio:Prova EbserhPiaui 2012
a) da prevalência do interesse privado.
b) da autonomia universitária.
c) do sigilo administrativo.
d) da igualdade entre os Estados-membros.
e) da autonomia dos órgãos do Ministério da Saúde.

26. Assinale a alternativa que apresenta o órgão que administra a EBSERH, composto pelo Presidente e de até seis
diretores, todos nomeados e destituíveis, a qualquer tempo, pelo Presidente da Republica. Prova EbserhPiaui 2012
a) Conselho Fiscal. d) Diretoria Executiva.
b) Conselho Consultivo. e) Conselho de Administração.
c) Diretoria de Recursos Administrativos.

27. No desenvolvimento de suas atividades de assistência a saúde, a EBSERH observará as diretrizes e políticas
estabelecidas: Prova EbserhPiaui 2012
a) pelo Conselho Fiscal. d) pelo Ministério da Educação.
b) pelo Tribunal de Contas da União. e) pela Presidência da Republica.
c) pelo Ministério da Saúde.

28. O Conselho de Administração somente deliberará com a presença da maioria absoluta dos seus membros.
Entretanto, as suas deliberações serão tomadas por:Prova EbserhPiaui 2012
a) maioria absoluta dos seus membros.
b) maioria simples de votos de todos os membros doConselho.
c) qualquer quorum.
e) todos os membros do Conselho.
e) maioria simples de votos dos membros presentes.

29. A lei 8080/90 define os princípios e diretrizes do SUS (Sistema único de Saúde). A esse respeito é incorreto
afirmar que: Prova Enfermeiro Hemominas IBCF 2013
a) Devem-se organizar os serviços públicos de modo a evitar duplicidade de meios para fins idênticos.
b) Deve-se dar ênfase na descentralização dos serviços para os municípios.
c) O direito à informação, às pessoas assistidas, sobre sua saúde, é um dos princípios do SUS.
d) A universalidade de acesso é entendida como um conjunto articulado e contínuo das ações e serviços preventivos e
curativos, individuais e coletivos, exigidos para cada caso em todos os níveis de complexidade do sistema.

30. Sobre o controle social no SUS, assinale a alternativa incorreta:Prova Enfermeiro Hemominas IBCF 2013
a) O Conselho de Saúde tem caráter permanente, mas não deliberativo, devendo suas decisões ser analisadas pelo
secretário de saúde da instância correspondente.
b) As Conferências de Saúde e os Conselhos de Saúdeterão sua organização e normas de funcionamentodefinidas em
regimento próprio e aprovadas pelorespectivo Conselho.
c) A Conferência de Saúde reunir-se-á a cada quatro anoscom a representação dos vários segmentos sociais, paraavaliar a
situação de saúde e propor as diretrizes paraa formulação da política de saúde nos níveiscorrespondentes.
d) A participação da comunidade é um dos princípios do SUS.

31. Sobre o financiamento do SUS, assinale a alternativaincorreta:Prova Enfermeiro Hemominas IBCF 2013

EBSERH - 2013 Página 5


a) Estados e municípios devem investir em Saúde, pelomenos 15% de sua receita.
b) A participação da iniciativa privada no SUS é permitida,mas apenas de modo complementar.
c) Gastos com saneamento básico e aposentadoria deservidores da saúde não podem ser incluídos pelosmunicípios como
despesas em saúde.
d) Recursos da Previdência e Seguridade Social não sãoatualmente uma das fontes de financiamento do SUS.

32. Sobre a legislação do SUS, assinale a alternativa correta:Prova Enfermeiro Hemominas IBCF 2013
a) Segundo a lei 8080/90, normatizar e coordenar o SistemaNacional de Sangue, Componentes e Derivados, écompetência
do gestor estadual.
b) Segundo a Lei 8142/90, os municípios não poderão estabelecerconsórcio para execução de ações e serviços de
saúde,remanejando, entre si, parcelas de recursos públicos.
c) A Norma Operacional de Assistência à Saúde (NOAS) de2002 interrompeu o processo de Municipalização da Saúde.
d) Segundo a Constituição da República federativa dobrasil, ao Sistema Único de saúde compete, além deoutras
atribuições, incrementar em sua área de atuaçãoo desenvolvimento científico e tecnológico.

33. O decreto 7508 de 2011 regulamenta a Lei 8080/90. Considerando a organização do SUS, como expressa nesse
decreto, assinale a alternativa incorreta: Prova Enfermeiro Hemominas IBCF 2013
a) Poderão ser instituídas Regiões de Saúde interestaduais.
b) Unidades básicas de Saúde e Unidades de Pronto Atendimento são consideradas Serviços Especiais de Acesso Aberto.
c) Região de Saúde é o espaço geográfico contínuo constituído por agrupamentos de Municípios limítrofes, delimitado a
partir de identidades culturais, econômicas e sociais e de redes de comunicação e infraestrutura de transportes
compartilhados, com a finalidade de integrar a organização, o planejamento e a execução de ações e serviços de saúde.
d) Ao usuário será assegurada a continuidade do cuidado em saúde, em todas as suas modalidades, nos serviços, hospitais
e em outras unidades integrantes da rede de atenção da respectiva região.

34. Em relação ao Sistema Único de Saúde (SUS), assinalea alternativa incorreta:Prova Enfermeiro ILSL- IBCF 2013
a) A articulação das políticas e programas, a cargo dascomissões intersetoriais, abrange, em especial, asatividades de
alimentação e nutrição, de vigilânciasanitária, de recursos humanos, sendo que não estãoincluídas as áreas de ciência e
tecnologia e saúde dotrabalhador.
b) Um dos objetivos do SUS é a identificação e divulgaçãodos fatores condicionantes e determinantes da saúde.
c) Estão incluídas ainda no campo de atuação do SUS, aexecução de ações de vigilância sanitária,
vigilânciaepidemiológica, saúde do trabalhador e assistênciaterapêutica integral, inclusive farmacêutica.
d) O atendimento e a internação domiciliares só poderãoser realizados por indicação médica, com expressaconcordância
do paciente e de sua família.

35. Considerando a Lei Nº 8.080, de 19 de setembro de 1990, leia as frases abaixo e marque (F) se a afirmativa for
falsa e (V) se for verdadeira. Em seguida, assinale a alternativa que contém a sequência correta:
( ) A incorporação, a exclusão ou a alteração pelo SUS de novos medicamentos, produtos e procedimentos, bem como a
constituição ou a alteração de protocolo clínico ou de diretriz terapêutica, são atribuições do Ministério da Saúde,
assessorado pela Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS.
( ) É estabelecida, no âmbito do Sistema Único de Saúde, apenas a internação domiciliar.
( ) A saúde é um direito fundamental do ser humano, devendo o Estado prover as condições indispensáveis ao seu pleno
exercício.
a) f,V,V.
b) V,V,V.
c) f,f,V.
d) V,f,V.

36. Considerando o que é previsto na Constituição daRepública Federativa do Brasil, no que diz respeito àSaúde,
assinale a alternativa incorreta:Prova Enfermeiro Funed - IBCF 2013
a) A Constituição Brasileira previu a implantação progressivada estratégia da Saúde da Família.
b) A Constituição Brasileira previu o Sistema Único deSaúde, suas diretrizes e seu financiamento.
c) Ao Sistema Único de Saúde compete, além de outrasatribuições, colaborar na proteção do meio ambiente.
d) As instituições privadas poderão participar de formacomplementar do Sistema Único de Saúde, segundodiretrizes deste,
mediante contrato de direito público ouconvênio, tendo preferência as entidades filantrópicas eas sem fins lucrativos.

37. De acordo com a Lei 8080, no campo de atuação doSistema Único de Saúde não se incluem ações:
a) De Assistência Farmacêutica.
b) De vigilância epidemiológica.
c) De combate à fome e à miséria.
d) De Promoção da Saúde.

38. Considerando os termos da lei 8142/90, assinale aalternativa incorreta:

EBSERH - 2013 Página 6


a) As instâncias colegiadas do SUS, com participaçãocomunitária, são os Conselhos de Saúde, as Conferênciasde Saúde, a
Comissão Intergestores Regional (CIR), oConselho Nacional de Secretários de Saúde - (CONASS)e o Conselho
Nacional de Secretários Municipais deSaúde (CONASEMS).
b) A representação dos usuários nos Conselhos de Saúdee Conferências de Saúde será paritária em relação aoconjunto dos
demais segmentos.
c) O Conselho Nacional de Secretários de Saúde - (CONASS)e o Conselho Nacional de Secretários Municipais de
Saúde(CONASEMS) terão representação no Conselho Nacionalde Saúde.
d) A Conferência de Saúde reunir-se-á a cada 4 anos coma representação dos vários segmentos sociais, paraavaliar a
situação de saúde e propor as diretrizes paraa formulação da política de saúde nos níveiscorrespondentes.

39. Um dos princípios e diretrizes do Sistema Único de Saúde-SUS, definidos pela lei 8080/90 é a:Prova Tec. Enfer
Hemominas IBCF 2013
a) Preservação da autonomia das pessoas na defesa de suaintegridade física e moral.
b) Humanização da Assistência, em todos os níveis.
c) Saúde da família, como estratégia de organização daAtenção básica.
d) Gratuidade.

40. Sobre o controle social no SUS, assinale a alternativaincorreta:Prova Tec. Enfer Hemominas IBCF 2013
a) A participação da comunidade no SUS é regulamentadapor lei, mas não é um dos princípios ou diretrizes do
sistema,definidos pela lei 8080/90.
b) A representação dos usuários nos Conselhos de Saúde eConferências de Saúde será paritária em relação aoconjunto dos
demais segmentos.
c) O Conselho Nacional de Secretários de Saúde – CONASSe o Conselho Nacional de Secretários Municipais de
SaúdeCONASEMS não contam com a participação paritária deusuários.
d) Prestadores de serviço privados podem ter assentos nosConselhos de Saúde.

41. Complete. por lei, da receita de um município devem serinvestidos pelo menos_em Saúde.Prova Tec. Enfer
Hemominas IBCF 2013
a) 12%
b) 25%
c) 20%
d) 15%

42. Promover a estruturação da assistência farmacêutica egarantir, em conjunto com as demais esferas de governo,o
acesso da população aos medicamentos que estejamsob sua responsabilidade, fomentando seu uso
racional,observando-se as normas vigentes é responsabilidade:Prova Tec. Enfer Hemominas IBCF 2013
a) Dos municípios apenas.
b) Dos municípios, estados e União.
c) Dos estados apenas.
d) Exclusiva da União.

43. Sobre a legislação do SUS, assinale a alternativa incorreta:Prova Tec. Enfer Hemominas IBCF 2013
a) Segundo a lei 8080/90, estão incluídas no campo de atuaçãodo Sistema Único de Saúde-SUS ações de saúde
dotrabalhador.
b) Segundo a lei 8142/80 para receberem recursos do fundoNacional de saúde, os municípios deverão ter um fundode
Saúde.
c) Segundo a Constituição da República federativa do brasil,é permitida a participação direta ou indireta de empresasou
capitais estrangeiros na assistência à saúde no País.
d) Segundo a Norma Operacional básica do SUS de 1996(NOb-96), o gestor do sistema municipal é responsávelpelo
controle, pela avaliação e pela auditoria dos prestadoresde serviços de saúde (estatais ou privados) situados emseu
município.

44. De acordo com a Norma Operacional de Assistência àSaúde (NOAS) de 2002 a principal estratégia
dehierarquização dos serviços de saúde e de busca de maiorequidade é a:Prova Tec. Enfer Hemominas IBCF 2013
a) Municipalização.
b) Humanização.
c) Regionalização.
d) Programação Pactuada Integrada.

45. O SUS foi instituído pela Constituição Federal de 1988 (CF) e regulamentado pelas Leis Federais n.ºs 8.080/1990
e 8.142/1990.Prova Saude SES/ES - 2013

EBSERH - 2013 Página 7


A respeito dessa legislação, assinale a opção correta.
a) Os serviços de saúde dos hospitais universitários e de ensino somente poderão integrar-se ao SUS mediante celebração
de convênio cujo objeto seja a realização de atividades de ensino, pesquisa e extensão.
b) A legislação básica do SUS define que para ter saúde é preciso possuir acesso a um conjunto de fatores, como
alimentação, moradia, emprego, lazer e educação, pois a saúde se expressa como um retrato das condições de vida.
c) A CF estabelece os princípios, as diretrizes e as competências do SUS e define o papel específico de cada esfera de
governo no SUS.
d) O sistema de saúde brasileiro compreende uma forma de gestão cooperada entre as três esferas de governo e permite a
destinação de recursos públicos do sistema de saúde estadual para auxílio ou subvenções de instituições privadas com
fins lucrativos.
e) Somente é permitida a designação ou nomeação de proprietários, administradores e dirigentes de entidades ou serviços
privados contratados para exercer cargo de chefia no SUS nos casos de comprovada urgência pelo gestor de saúde.

46. O Sistema Único de Saúde (SUS) é constituído pela conjugação das ações e serviços de promoção, proteção e
recuperação da saúde executados pelos entes federativos, de forma direta ou indireta, mediante a participação
complementar da iniciativa privada, sendo organizado de forma regionalizada e hierarquizada. A respeito do SUS,
assinale a opção correta.Prova Saude SES/ES - 2013
a) O acesso aos serviços de saúde deve ser fundado tanto na avaliação da gravidade do risco individual e coletivo, quanto
no critério cronológico, e restrito à população residente na respectiva região de saúde.
b) Devem ser instituídas regiões de saúde interestaduais, compostas por municípios limítrofes, por ato conjunto do
ministro da Saúde, dos respectivos secretários estaduais de Saúde e dos secretários municipais de Saúde.
c) A região de saúde situada em áreas de fronteira com outros países deverá respeitar as normas que regem as relações
internacionais.
d) O acesso universal, igualitário e ordenado às ações e serviços de saúde se inicia pelas portas de entrada do SUS, e se
restringe à capacidade instalada da rede regionalizada e hierarquizada.
e) O acesso universal e igualitário às ações e aos serviços de saúde será ordenado pela atenção primária somente em
municípios que tenham esse tipo de rede de atenção.

47. Com relação à organização e funcionamento do SUS, assinale a opção correta. Prova Saude SES/ES - 2013
a) No Brasil, o sistema de saúde ainda não conseguiu transitar para um modelo assistencial que deixe de ratificar a posição
subalterna da atenção básica tanto no próprio sistema de saúde quanto na cultura sanitária na nação.
b) A atenção básica é o nível de atenção em saúde com maior dificuldade na produção de vínculos terapêuticos entre
equipes de saúde e usuários e, mesmo assim, consegue promover uma ação clínica eficiente nos locais onde tem sido
organizada tradicionalmente.
c) Nos países em desenvolvimento, nos quais a maior demanda é por serviços de saúde ofertados pela média
complexidade nas unidades hospitalares e de urgência e emergência, os sistemas de saúde baseados numa forte
orientação para a atenção primária têm se mostrado inadequados.
d) As atividades preventivas nos serviços de saúde ainda não são amplamente desenvolvidas devido à resistência dos
usuários do sistema em participar dessas atividades, apesar das evidências quanto ao potencial para prevenção das
principais causas de morbimortalidade em adultos.
e) A atenção primária em saúde é menos complexa que os cuidados ditos de média e alta complexidade, pois, apesar de
resolver mais de 85% dos problemas de saúde, é aí que situa uma clínica mais simplificada e onde se ofertam
tecnologias de baixa complexidade e baixa densidade tecnológica.

48. Para ser instituída, a região de saúde deve conter, ações e serviços que incluem: Prova Saude SES/ES - 2013
a) atenção psicossocial, atenção ambulatorial especializada e hospitalar e vigilância em saúde.
b) atenção primária e de combate aos adolescentes infratores.
c) atenção psicossocial e de proteção às famílias carentes.
d) atenção primária, de urgência e emergência e atenção religiosa.
e) atenção ambulatorial especializada e hospitalar e de proteção aos viciados em drogas.

49. Entre os princípios e as diretrizes do SUS, destacam-se: Prova Samu- 2013


a) a integralidade e a centralização.
b) a centralização e a universalidade.
c) a complexidade e a igualdade.
d) a descentralização e a integralidade.

50. Sobre as atribuições do Sistema Único de Saúde analise as assertivas e assinale com V asassertivas verdadeiras e
com F as assertivas falsas.Prova Samu- 2013

EBSERH - 2013 Página 8


( ) Controlar e fiscalizar procedimentos, produtos e substâncias de interesse para a saúde eparticipar da produção
de medicamentos, equipamentos, imunobiológicos, hemoderivadose outros insumos.
( ) Executar as ações de vigilância sanitária de bens de consumo e prestação de serviçosrelacionados com a saúde,
vigilância epidemiológica, bem como as de saúde dotrabalhador.
( ) Ordenar a formação de recursos humanos em todas as áreas da educação.
( ) Participar da formulação da política e da execução das ações de saneamento básico.
Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA.
a) V F V F. c) V V F V.
b) F V F V. d) V V V V.

51. De acordo com a descentralização da gestão, a direção do Sistema Único de Saúde é única ecada esfera de
governo é exercida pelos seguintes órgãos, EXCETO:Prova Samu- 2013
a) Gestores no âmbito dos hospitais e unidades básicas.
b) Pela respectiva Secretaria de Saúde ou órgão equivalente no âmbito dos municípios.
c) Pela respectiva Secretaria de Saúde ou órgão equivalente no âmbito dos Estados e do Distrito Federal.
d) Pelo Ministério da Saúde no âmbito da União.

52. De acordo com o Decreto nº 7.508, de 28 de junho de 2011, que regulamenta a Lei no 8.080, de 19 de setembro
de 1990, a Região de Saúde é definida como um espaço geográfico contínuo constituído por agrupamentos de
municípios limítrofes, delimitado a partir de identidades culturais, econômicas e sociais e de redes de comunicação e
infraestrutura de transportes compartilhados, com a finalidade de integrar a organização, o planejamento e a
execução de ações e serviços desaúde.Prova Samu- 2013
Quais ações e serviços mínimos devem existir para que uma região seja instituída?
a) Atenção primária; atenção psicossocial; urgência e emergência; atenção ambulatorial especializada e hospitalar; e
vigilância em saúde.
b) Atenção primária; urgência e emergência; atenção ambulatorial especializada e hospitalar; e vigilância em saúde.
c) Atenção primária; urgência e emergência; e atenção ambulatorial especializada e hospitalar.
d) Atenção primária; atenção psicossocial; urgência e emergência; e atenção ambulatorial especializada e hospitalar.

53. O acesso universal, igualitário e ordenado às ações e serviços de saúde inicia-se pelas Portas de Entrada do SUS
e se completa na rede regionalizada e hierarquizada, de acordo com a complexidade do serviço.
Sobre as Portas de Entrada do SUS, é INCORRETO afirmar que:Prova Samu- 2013
a) são consideradas como portas de entrada as ações e os serviços de saúde nas Redes de Atenção à Saúde: atenção
primária; atenção de urgência e emergência; atenção psicossocial; especiais de acesso aberto.
b) mediante justificativa técnica e de acordo com o pactuado nas Comissões Intergestores, os entes federativos poderão
criar novas Portas de Entrada às ações e aos serviços de saúde, considerando as características da Região de Saúde.
c) os serviços de atenção hospitalar e os ambulatoriais especializados, entre outros de maior complexidade e densidade
tecnológica.
d) o acesso universal e igualitário às ações e aos serviços de saúde será ordenado pela atenção primária e deve ser fundado
na avaliação da gravidade do risco individual e coletivo e no critério cronológico, observadas as especificidades
previstas para pessoas com proteção especial, conforme legislação vigente.

54. Observadas as disposições do Artigo 200 da Constituição Federal, do Artigo 6º da Lei nº 8.080, de19 de setembro
de 1990, e do Artigo 2o da Lei Complementar n 141, de 13 de janeiro de 2012,para efeito da apuração da aplicação
dos recursos mínimos estabelecidos em lei, sãoconsideradas despesas com ações e serviços públicos de saúde,
EXCETO:Prova Samu- 2013
a) Vigilância em saúde, incluindo a epidemiológica e a sanitária.
b) Obras de infraestrutura realizadas para beneficiar direta ou indiretamente a rede de saúde.
c) Atenção integral e universal à saúde em todos os níveis de complexidade, incluindo assistência terapêutica e
recuperação de deficiências nutricionais.
d) Capacitação do pessoal de saúde do Sistema Único de Saúde.

55. As Comissões Intergestores Bipartite e Tripartite são reconhecidas como foros de negociação e pactuação entre
gestores, quanto aos aspectos operacionais do Sistema Único de Saúde. A atuação das Comissões Intergestores
Bipartite e Tripartite tem por objetivo, EXCETO:Prova Samu- 2013
a) Decidir sobre os aspectos operacionais, financeiros e administrativos da gestão compartilhada do SUS, em
conformidade com a definição da política consubstanciada em planos de saúde, aprovados pelos conselhos de saúde.
b) Definir diretrizes, de âmbito nacional, regional e intermunicipal, a respeito da organização das redes de ações e serviços
de saúde, principalmente no tocante à sua governança institucional e à integração das ações e serviços dos entes
federados.
c) Fixar diretrizes sobre as regiões de saúde, distrito sanitário, integração de territórios, referência e contrarreferência e
demais aspectos vinculados à integração das ações e serviços de saúde entre os entes federados.
d) Administrar os recursos orçamentários e financeiros destinados, em cada ano, à saúde.

EBSERH - 2013 Página 9


56. A 8ª Conferência Nacional de Saúde, ocorrida entre 17 e 21 de março de 1986, em Brasília, foi ummarco da
Reforma Sanitária Brasileira. Nessa Conferência, detectou-se a necessidade de umareformulação mais profunda,
com a ampliação do conceito de saúde e sua correspondente açãoinstitucional.
Sobre essa reforma sanitária, é CORRETO afirmar que: Prova Samu- 2013
a) durante esta Conferência em um novo arcabouço institucional, com ações da saúde e da Previdência Social integradas
administrativa e financeiramente.
b) a Assembleia Nacional Constituinte aprovou as propostas da Reforma Sanitária, que incluíam a criação do Sistema
Único de Saúde, reconhecendo a saúde como um direito a ser assegurado pelo Estado e pautado pelos princípios de
universalidade, equidade, integralidade e organizado de maneira descentralizada, hierarquizada e com participação da
população.
c) o processo de reforma sanitária foi uma ação com baixa participação popular, centrada nos objetivos do capitalismo
neoliberal.
d) foi um movimento que pretendia criar as bases conceituais de um sistema de saúde privado, baseado no modelo de
saúde norte-americano. Entretanto, iniciaram manifestações populares para impedir a formação desse sistema de saúde,
com base na universalidade do acesso.

57. Sobre a participação da comunidade na gestão do Sistema Único de Saúde, descrita, éINCORRETO afirmar
que:Prova Samu- 2013
a) se dá por meio da Conferência de Saúde e pelo Conselho de Saúde.
b) participam os seguintes segmentos da sociedade: usuários dos serviços de saúde, prestadores de serviços, profissionais
de saúde e representantes do governo.
c) a participação comunitária em saúde é um canal importante de relação entre o Estado, os trabalhadores e a sociedade na
definição e no alcance de objetivos setoriais de saúde, ao mesmo tempo orientada para a modificação favorável dos
determinantes sociais de saúde tendo em vista a conquista de maior autonomia da comunidade em relação a tais
determinantes ou aos próprios serviços de saúde e ao desenvolvimento da sociedade.
d) constitui-se em um conjunto de atividades políticas, com caráter consultivo, sem efeito deliberativo.

58. Um conjunto articulado e contínuo das ações e serviços preventivos e curativos, individuais e coletivos, exigidos
para cada caso, em todos os níveis de complexidade do sistema remete ao conceito de:Prova Samu- 2013
a) equidade.
b) universalidade.
c) integralidade.
d) igualdade.

59. As atividades de vigilância epidemiológica se organizamde modo a garantir o cumprimento de suas principais
funçõese envolvem a coleta de dados, o processamento, aanálise e a interpretação dos dados. Na coleta de
dados,incluem-se as seguintes fontes:Prova Enfermeiro UFG - 2013
a) SINAN, SPSS, registros demográficos, coeficientes de mortalidade geral e curva de mortalidade proporcional.
b) SINASC, SIH-SUS, SAI-SUS, laboratórios, comunidades, áreas e situações de risco.
c) STI, SISCEAB, registros de morbidade e de mortalidade, taxa de mortalidade e taxa de natalidade.
d) SISU, STATA, EPIINFO, taxa de natalidade, taxa de vulnerabilidade, epidemias, surtos e agravos.

60. A Lei n. 12.401, de 28 de abril de 2011, altera a Lei n.8.080, de 19 de setembro de 1990, para dispor sobre a
assistênciaterapêutica e a incorporação de tecnologia emsaúde no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS).
Deacordo com a referida lei, a assistência terapêutica seráinstituída quando: Prova Enfermeiro UFG - 2013
a) a dispensação de medicamentos e produtos de interesse para a saúde (órteses, próteses e equipamentos médicos) ocorrer
com prescrição em conformidade com as diretrizes terapêuticas definidas em protocolo clínico para a doença, ou o
agravo à saúde, a ser tratada.
b) a oferta de procedimentos terapêuticos, em regime domiciliar, ambulatorial e hospitalar, constantes de tabelas
elaboradas pelo gestor federal do SUS, for realizada no território nacional e internacional por serviço próprio,
conveniado ou contratado.
c) a dispensação for realizada com base nas relações de medicamentos instituídas pelo gestor federal do SUS, na falta de
protocolo clínico, observadas as competências estabelecidas na lei, e a responsabilidade pelo fornecimento for pactuada
na Comissão Intergestores Bipartite.
d) a oferta de medicamentos de forma suplementar, no âmbito de cada município, for realizada com base nas relações de
medicamentos instituídas pelos gestores municipais do SUS, e a responsabilidade pelo fornecimento for pactuada no
Conselho Estadual de Saúde.

61. A Lei 8080, de 19 de setembro de 1990, define ascompetências por esferas. De acordo com essalei, compete à
direção municipal do SUS: Prova Enfermeiro SMS/RJ - 2013
a) participar da definição de normas, critérios e padrões para controle das condições dos ambientes de trabalho, além de
coordenar a política de saúde do trabalhador

EBSERH - 2013 Página 10


b) estabelecer critérios, parâmetros e métodos para o controle da qualidade sanitária de produtos, substâncias e serviços de
consumo e uso humano
c) gerir laboratórios públicos de saúde e hemocentros
d) participar da formulação da política e da execução de ações de saneamento básico

62. O documento que estabelece critérios para odiagnóstico da doença ou do agravo à saúde; otratamento
preconizado, com os medicamentos edemais produtos apropriados, quando couber; asposologias recomendadas; os
mecanismos decontrole clínico; e o acompanhamento e a verificaçãodos resultados terapêuticos a serem
seguidospelos gestores do SUS, é o:Prova Enfermeiro SMS/RJ - 2013
a) Mapa da Saúde
b) Protocolo Clínico e Diretriz Terapêutica
c) Contrato Organizativo
d) RENAME

63. A Lei nº 8.080, de 19 de setembro de 1990, dispõesobre as competências e atribuições do SUS. Aesfera que tem
competência para participar daformulação da política e da execução de ações desaneamento básico é a direção:
a) regional
b) estadual
c) municipal
d) nacional

64. Com base no Decreto n° 7.508, de 28 de junho de2011, o conjunto de ações e serviços de saúdearticulados em
níveis de complexidade crescente,com a finalidade de garantir a integralidade daassistência à saúde, é:Prova Técnico
Enf. SMS/RJ - 2013
a) a Região de Saúde
b) o Mapa da Saúde
c) a Rede de Atenção à Saúde
d) o Contrato Organizativo da Ação Pública da Saúde

65. Segundo o Decreto n° 7.508, de 28 de junho de2011, o acesso ao SUS, que é universal, igualitárioe ordenado às
ações e serviços de saúde, inicia-sepelas Portas de Entrada do SUS. Sobre ahierarquização do SUS, é correto
afirmar que:Prova Técnico Enf. SMS/RJ - 2013
a) o acesso universal e igualitário às ações e aos serviços de saúde será ordenado pela atenção secundária e terciária
b) as Portas de Entrada são as ações e os serviços nas redes de atenção primária, rede de atenção de urgência e emergência,
rede de atenção psicossocial e especiais de acesso aberto
c) a Rede de Atenção Primária e a Rede de Atenção Psicossocial são as únicas Portas de Entrada às ações e serviços de
saúde
d) os regramentos de acesso são os mesmos para toda a população, incluindo a população indígena e a população
quilombola

66. Na Constituição Federal de 1988, o artigo 199define que a assistência à saúde é livre à iniciativaprivada. Sobre a
iniciativa privada no Sistema Únicode Saúde (SUS) pode-se afirmar que:Prova Técnico Enf. SMS/RJ - 2013
a) poderá participar do SUS, em caráter substitutivo
b) para que participe do SUS, é desnecessário celebração de contrato ou convênio
c) as entidades filantrópicas e as sem fins lucrativos têm preferência em participar do SUS
d) a destinação de recursos públicos para auxílios ou subvenções às instituições privadas com fins lucrativos requer
autorização especial

67. A Relação Nacional de Ações e Serviços de Saúde(RENASES) é regulamentado no Decreto n° 7.508,de 28 de


junho de 2011. A RENASES compreendetodas as ações e serviços que o SUS oferece aousuário para atendimento da
integralidade daassistência à saúde. Com referência à RENASES,é correto afirmar:Prova Técnico Enf. SMS/RJ -
2013
a) a RENASES será adotada em todas as unidades públicas, filantrópicas e privadas
b) o Ministério da Saúde consolidará e publicará as próximas atualizações necessárias em 2016
c) os entes federativos pactuarão na CIT as suas responsabilidades em relação ao rol de ações e serviços constantes da
RENASES
d) o Ministério da Saúde disporá sobre a RENASES em âmbito nacional, observadas as diretrizes pactuadas pela CIT

68. Para assegurar ao usuário o acesso universal,igualitário e ordenado às ações e serviços de saúdedo SUS, cabe aos
entes federativos, além deoutras atribuições que venham a ser pactuadaspelas Comissões Intergestores:
a) garantir a transparência, a integralidade e a equidade no acesso às ações e aos serviços de saúde
b) definir rol de ações e serviços que serãoofertados
c) elaborar protocolo clínico e diretriz terapêutica

EBSERH - 2013 Página 11


d) identificar as necessidades de saúde locais eregionais

69. O conjunto de ações de saúde, no âmbito individuale coletivo, que abrange a promoção e a proteçãoda saúde, a
prevenção de agravos, o diagnóstico,o tratamento, a reabilitação, a redução de danos ea manutenção da saúde com o
objetivo de desenvolveruma atenção integral que impacte na situaçãode saúde e autonomia das pessoas e
nosdeterminantes e condicionantes de saúde dascoletividades, caracteriza a:Prova Técn. SMS/RJ - 2013
a) Atenção Especializada
b) Alta Complexidade
c) Atenção Reabilitadora
d) Atenção Básica

70. Na história da saúde no Brasil, destacam-se dois modelos assistenciais, o modelo sanitarista campanhista e
omodelo médico-assistencial privatista. O modelo médico-assistencial privatista, hegemônico na década de 1970,
passou ao descrédito por apresentar graves problemas. Foram fatores determinantes para o esgotamento desse
modelo:Prova Hospital de Santa Maria – DF - 2009
I - Grave crise financeira, com origem nas fraudes no sistema de pagamento e faturamento, e desvios de verbas da
previdência para outros projetos do governo.
II - Aumento dos gastos com internações, consultas e exames complementares efetuados pelo setor privado.
III - Exclusão de parcelas expressivas da população e falta de capacidade de alterar os perfis de morbimortalidade.
IV - Falta de controle das doenças infecto-contagiosas, por meio de medidas adotadas no modelo sanitarista
campanhista.
Estão certos apenas os itens
a) I, II e III.
b) I e III.
c) II e IV.
d) II, III e IV.

71. Marque a resposta correta:


a) O Instituto Nacional de Previdência Social (INPS), foi criado na década de 30, onde o funcionário descontava a favor
do I.A.P (instituto de aposentadoria e pensões);
b) A Caixa de Aposentadoria e Pensões (CAPs), foi criada em 1923, pela lei Eloi Chaves, dando origem ao sistema
previdenciário no país, ao se organizarem em IAPs;
c) Na década de 70, é criado o INAMPS, que exercia a função de cuidar das aposentadorias e pensões;
d) O IAPAS vem a ser um instituto ligado à assistência médica;
e) Na década de 70, o governo federal cria o IAPAS que tinha como objetivo atuar na assistência médica.

72. São iniciativas que antecederam a implantação do Sistema Único de Saúde (SUS) no Brasil: Prova Téc. de
Enfermagem- SMS/GOIANIA – UFG - 2012
a) o Instituto Nacional de Assistência Médica de PrevidênciaSocial (INAMPS) e a Norma Operacional Básica (NOB).
b) as Ações Integradas de Saúde (AIS) e os Sistemas Unificados e Descentralizados de Saúde (SUDS).
c) o Instituto Nacional de Previdência Social (INPS) e a Estratégia Saúde da Família (ESF).
d) o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS) e o Pacto pela Saúde.

73. O Movimento de Reforma Sanitária consolidou-se no Brasil no final da década de 1970, em um cenário de crise
econômica, que agravou ainda mais a qualidade de vida da população e aumentou as necessidades de atenção à
saúde. Em relação a esse movimento, é INCORRETO afirmar que: Prova Saúde Prev Valença - 2012.
a) se estruturou, durante o período mais repressivo da ditadura militar e teve Sérgio Arouca como um dos principais
militantes.
b) foi responsável pela criação do Instituto Nacional de Previdência Social – INPS –, transformado depois no Instituto
Nacional de Assistência Médica e Previdência Social – Inamps.
c) por incentivo do movimento, surgem projetos de saúde comunitária e as Conferências de Saúde são transformadas em
espaços de participação popular.
d) entre as bandeiras defendidas pela reforma sanitária estavam o acesso de todo brasileiro às ações de saúde de forma
integral.
e) as propostas da reforma sanitária foram concretizadas na Constituição Federal de 1988.

74. O Sistema Único de Saúde é considerado a política de maior inclusão social implementada no Brasil e representa,
em termos constitucionais, uma afirmação do compromisso do Estado brasileiro para com seus cidadãos. Em
relação a esse sistema, analise as afirmativas abaixo: Prova Prefeitura de Vila Velha – Funcab - 2012
I. Foi criado pela Lei n° 8.080/90 a partir da Conferência Internacional sobre a Atenção Primária à Saúde, realizada em
Alma-Ata que reafirmou ser a saúde um dos direitos fundamentais do homem.

EBSERH - 2013 Página 12


II. A Lei n° 8.142/90 prevê a criação do Conasp para atuar como organizador e racionalizador da assistência médica e
instituir medidas moralizadoras na área da saúde.
III. O SUS deve ser organizado em redes regionalizadas e hierarquizadas e atuar em todo o território nacional, com direção
única em cada esfera de governo.

Conforme análise, assinale a opção correta.

a) Somente a afirmativa I está correta.


b) Somente a afirmativa II está correta.
c) Somente a afirmativa III está correta.
d) Somente as afirmativas I e II estão corretas.
e) Somente as afirmativas II e III estão corretas.

75. Em relação à Evolução das Políticas de Saúde no Brasil, analise as afirmativas abaixo e, em seguida, marque a
alternativa correta.ProvaPref. Colatina – FUNCAB – 2012
I. O Instituto Nacional de Previdência Social (INPS) foi criado com o objetivo central de corrigir os inconvenientes da
segmentação institucional e, com isto, aumentar a eficiência do sistema.
II. O seguro social surgiu no Brasil em 1923, com a promulgação, pelo então Presidente Arthur Bernardes da Silva, da Lei
nº 4.682 de 24 de janeiro, de autoria do Deputado Eloy Chaves.
III. Os Institutos de Aposentadoria e Pensão (IAPs) foram fundados em substituição ao sistema extremamente
fragmentário das CAPs.

a) Somente a afirmativa I está correta.


b) Somente a afirmativa II está correta.
c) Somente as afirmativas I e II estão corretas.
d) Somente as afirmativas II e III estão corretas.
e) As afirmativas I, II e III estão corretas.

76. À luz da Constituição Federal de 1988, assinale a alternativa INCORRETA.


a) Ao Sistema Único de Saúde compete, além de outras atribuições, nos termos da lei: controlar e fiscalizar
procedimentos, produtos e substâncias de interesse para a saúde.
b) Ao Sistema Único de Saúde não compete participar da produção de medicamentos, equipamentos, imunobiológicos,
hemoderivados e outros insumos.
c) A saúde é direito de todos e dever do Estado, garantido mediante políticas sociais e econômicas que visem à redução do
risco de doença e de outros agravos e ao acesso universal e igualitário às ações e serviços para sua promoção, proteção e
recuperação.
d) A assistência à saúde é livre à iniciativa privada.
e) As ações e serviços públicos de saúde integram uma rede regionalizada e hierarquizada e constituem um sistema único.

77. Sobre o desenvolvimento das Políticas de Saúde no Brasil, assinale a alternativa INCORRETA.
a) Na República Velha (1989-1930), foram organizadas as Caixas de Aposentadorias e Pensões.
b) Na era Vargas (1930-1964), são criados os Institutos de Aposentadorias e Pensões (IAP).
c) No período do Autoritarismo (1964-1984), ocorreu a unificação dos Institutos de Aposentadorias e Pensões (IAP) com
a criação do Instituto Nacional de Previdência Social (INPS) em 1966 e o Instituto Nacional de Assistência Médica da
Previdência Social (INAMPS).
d) No período do Autoritarismo (1964-1984), foi criado o SUDS (Sistemas Unificados e Descentralizados de Saúde) como
estratégia para a implantação do SUS (Sistema Único de Saúde).
e) No período pós-constituinte, foi aprovada a Lei Orgânica da Saúde, a Lei 8080/90 e 8142/90.

78. Sobre a Lei Orgânica da Saúde, a Lei 8080/90, assinale a alternativa FALSA.
a) Dispõe sobre as condições para a promoção, proteção e recuperação da saúde.
b) Estabelece a organização e o funcionamento dos serviços de saúde.
c) Regula, em todo o território nacional, as ações e serviços de saúde executados, isolada ou conjuntamente, em caráter
permanente ou eventual, por pessoas naturais ou jurídicas de direito público.
d) Os prestadores de serviço de saúde privado não estão subordinados à Lei 8080/90.
e) A saúde é um direito fundamental do ser humano, devendo o Estado prover as condições indispensáveis ao seu pleno
exercício.

79. Sobre a Lei 8142/90, assinale a alternativa FALSA.


a) Essa Lei complementou a Lei Orgânica da Saúde, regulando a participação da Comunidade no SUS.
b) Assegura a existência de instâncias colegiadas, como conferências e conselhos de saúde.
c) Não orienta as transferências intergovernamentais de recursos financeiros da área da saúde.
d) Exige a formulação de Planos de Saúde.
e) Estabelece a criação dos Fundos de Saúde.
EBSERH - 2013 Página 13
80. Em relação aos objetivos, às atribuições, às doutrinas e às competências do SUS, marque a alternativa
INCORRETA.
a) As bandeiras da Reforma Sanitária são as diretrizes do SUS.
b) As diretrizes do SUS são: universalidade, integralidade, equidade e regionalização.
c) Todas as diretrizes do SUS estão sendo cumpridas integralmente.
d) O SUS ainda é uma reforma parcial depois de duas décadas de regulamentado.
e) O pacto pela consolidação do SUS passa por uma outra política de financiamento e de pessoal, portanto com
consequências econômicas.

81. O Brasil institucionalizou o direito à saúde a todo cidadão brasileiro com a promulgação da Constituição Federal
em 1988, quando criou o Sistema Único de Saúde. Prova Pref. Belo Horizonte/2011
Sobre o Sistema Único de Saúde marque V para as afirmativas consideradas verdadeiras e F para as falsas.
( ) É formado pelo conjunto de ações e serviços de saúde prestados por órgãos e instituições públicas federais, estaduais e
municipais, da administração direta e indireta.
( ) Não é permitida a participação da iniciativa privada no Sistema Único de Saúde.
( ) É de abrangência nacional.
( ) A Constituição Federal de 1988 estabelece que a saúde é um dever do Estado, entendendo Estado somente a União, ou
seja, o governo federal.
A sequência CORRETA, de cima para baixo é:
a) V, V, V e F.
b) V, F, V e V.
c) F, F, V e V.
d) V, F, V e F.

82. A partir da criação do Sistema Único de Saúde a participação da comunidade passa a ser garantida como forma
de controle social com a publicação da: Prova Pref. Belo Horizonte/2011
a) Lei nº 8.080, de 19/09/90.
b) Lei nº 8.142, de 28/12/90.
c) NOAS 01/2002.
d) Portaria Nº 399 de 22/02/2006.

83. De acordo com a Resolução n.º 453/2012 do Conselho Nacional de Saúde (CNS), compete ao CNS e aos conselhos
de saúde estaduais, municipais e do Distrito Federal.
a) acompanhar, controlar e avaliar as redes hierarquizadas do SUS.
b) realizar pesquisas e estudos na área de saúde.
c) formular normas e estabelecer padrões, em caráter suplementar, de procedimentos de controle de qualidade para
produtos e substâncias de consumo humano.
d) discutir, elaborar e aprovar proposta de operacionalização das diretrizes aprovadas pelas Conferências de Saúde.
e) implementar o Sistema Nacional de Sangue, Componentes e Derivados.

84. O controle social do Sistema Único de Saúde (SUS) se dá pela Conferência de Saúde e Conselho de Saúde. A
composição do Conselho Municipal de Saúde é paritária com a seguinte representação:
a) 25% de usuários, 25% de sindicato de trabalhadores públicos, 25% de hospitais particulares e 25% da administração
pública.
b) Um terço de usuários, um terço de prestadores de serviços e um terço de trabalhadores de saúde.
c) 25% de usuários, 25% de hospitais particulares, 25% de trabalhadores da saúde e 25% de hospitais públicos.
d) 50% de usuários, 25% de prestadores de serviços e 25% de trabalhadores da saúde.

85. Constitui o SUS, segundo o decreto n° 7508/2011:Prova Pref. Colatina – FUNCAB – 2012
a) Constituído pela conjugação das ações e serviços de promoção, proteção e recuperação da saúde executados pelos entes
federativos, de forma direta ou indireta, mediante a participação complementar da iniciativa privada, sendo organizado
de forma regionalizada e hierarquizada.
b) O conjunto de ações e serviços de saúde, prestados por órgãos e instituições públicas federais, estaduais e municipais,
da Administração direta e indireta e das fundações mantidas pelo Poder Público.
c) É o conjunto de ações e serviços de saúde, prestados por órgãos e instituições federais, estaduais e municipais, da
Administração direta e das fundações mantidas pelo Poder Público e das filantrópicas.
d) É o conjunto de ações e serviços de saúde, prestados por órgãos e instituições federais, estaduais e municipais, da
Administração indireta, das instituições privadas e das filantrópicas mantidas pelo Poder Público.
e) É o conjunto de ações e serviços de saúde, prestados por órgãos e instituições federais, estaduais e municipais, da
Administração direta e indireta, das instituições privadas e das filantrópicas e dos hospitais universitários mantidos pelo
Poder Público.

86. De acordo com o Decreto nº 7.508/11, os entes federativos definirão os seguintes elementos em relação às Regiões
de Saúde:Prova Auditor Enf. SES/AM - 2012

EBSERH - 2013 Página 14


I. seus limites geográficos.
II. população usuária das ações e serviços.
III. rol de ações e serviços que serão ofertados.
IV. respectivas responsabilidades, critérios deacessibilidade e escala para conformação dos serviços.
É correto o que está contido em:
a) I e II, apenas. d) I, II, III e IV.
b) I e IV, apenas. e) II, apenas.
c) II e III, apenas.

87. As Redes de Atenção à Saúde estarão compreendidas no âmbito de uma Região de Saúde, ou de várias delas, em
consonância com diretrizes pactuadas: (Funcab 2012 - Prefeitura Municipal Vila Velha)
a) nos Conselhos de Saúde.
b) nas Comissões de Integração.
c) no Ministério da Saúde.
d) nas Comissões Intergestores.
e) nas Fundações de Saúde.

88. Os serviços de saúde específicos para o atendimento da pessoa que, em razão de agravo ou de situação laboral,
necessita de atendimento especial, são chamados de: (Funcab 2012 - Prefeitura Municipal Vila Velha)
a) serviços especiais de acesso aberto.
b) portas de entrada aos serviços do SUS.
c) atendimento de média complexidade.
d) diretrizes terapêuticas.
e) serviços de atendimento ocupacional.

89. No que se refere à Relação Nacional de Medicamentos Essenciais – RENAME –, é correto afirmar:(Funcab 2012 -
Prefeitura Municipal Vila Velha)
a) O Conselho Nacional de Farmácia é o órgão competente para dispor sobre a RENAME, os Protocolos Clínicas e
Diretrizes Terapêuticas em âmbito nacional.
b) O Ministério da Saúde poderá estabelecer regras diferenciadas de acesso a medicamentos de caráter especializado.
c) Os entes federativos não poderão ampliar o acesso do usuário à assistência farmacêutica, além do que foi estabelecido.
d) As atualizações da RENAME deverão ser realizadas pelos Conselhos Regionais de Farmácia a cada dois anos.
e) Os Estados, o Distrito Federal e os Municípios não poderão adotar relações específicas e complementares de
medicamentos

90. Atenção primária, urgência e emergência e vigilância em saúde são serviços que fazem parte dos requisitos
mínimos para que seja instituído um(a):(Funcab 2012 - Magé)
a) região de saúde.
b) área de saúde.
c) rede de atenção à saúde.
d) núcleo de saúde.
e) serviço especial de saúde.

91. São considerados portas de entrada do SUS os seguintes serviços, EXCETO: (Funcab 2012 - Magé)
a) atenção primária.
b) atenção de urgência e emergência.
c) de apoio diagnóstico.
d) atenção psicossocial.
e) especiais de acesso aberto

92. Todas as ações e serviços que o SUS oferece ao usuário para atendimento da integralidade da assistência à saúde
devem estar descritas na:
a) RENAST
b) RENAME
c) RENASES
d) RENASUS

93. As regiões de saúde serão instituídas pelo Estado, em articulação com os Municípios, respeitadas as diretrizes
gerais pactuadas na Comissão Intergestores Tripartite – CIT. Para ser instituída, nos termos do Art. 5º do Decreto
nº 7.508/11, a região de Saúde deve conter, no mínimo, ações e serviços de: Prova Agente Vig. Sanitária 2012
I. Atenção terciária;
II. Urgências e emergência;
III. Atenção psicossocial;
IV. Atenção ambulatorial especializada e hospitalar;
V. Vigilância em Saúde
EBSERH - 2013 Página 15
Estão Corretos os itens:
a) I, II e III.
b) II, III, IV e V.
c) I, III e IV.
d) I, IV e V.
e) I, II e IV.

94. A informação é fundamental para a democratização e o aprimoramento da gestão do setor de saúde. Os sistemas
de informação em saúde de abrangência nacional permitem o acompanhamento do SUS em todo o país,
possibilitando análises comparativas entre os diversos estados, municípios e regiões, de forma a subsidiar a tomada
de decisões em todos os níveis de gestão. Assinale a opção em que são apresentados apenas sistemas de informação
de base de dados nacional. Prova Hospital de Santa Maria – DF - 2009
a) Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM), Sistema de Informações sobre o Pacto de Gestão (SISPACTO),
Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos (SINASC).
b) Sistema de Informações Ambulatoriais do SUS (SIASUS), Sistema de Informações Hospitalares do SUS (SIH-SUS),
Sistema de Informações sobre o Programa Saúde da Família (SISPSF).
c) Sistema de Informações sobre o Programa de Humanização no Pré-Natal e Nascimento (SISPRENATAL), Sistema de
Cadastramento e Acompanhamento dos Portadores de Hipertensão Arterial e Diabetes Mellitus (SIS-HIPERDIA),
Sistema de Informação sobre Vigilância Alimentar e Nutricional (SISVAN).
d) Sistema de Informações sobre o Programa Nacional de Imunizações (SI-PNI), Sistema de Informações do Câncer da
Mulher (SISCAM), Sistema de Informações de Vigilância Epidemiológica da Malária (SISVEP).

95. As pessoas atendidas pelos serviços prestados no SUS têm direito a serem informadas acerca da sua condição de
saúde. Esse direito corresponde ao princípio da: Prova Hospital de Santa Maria – DF - 2009
a) integralidade. c) autonomia.
b) informação. d) igualdade.

96. No tocante às características do Sistema Único de Saúde (SUS), julgue os itens abaixo como Verdadeiros (V) ou
Falsos (F) e, em seguida, assinale a opção correta.
I – As ações de saúde devem estar voltadas, ao mesmo tempo, para o indivíduo e para a comunidade, para a prevenção e
para o tratamento de doenças, sempre respeitando a dignidade humana.
II – Uma das competências do SUS é organizar o abastecimento alimentar e fomentar a produção agropecuária em
benefício da saúde.
III – Uma das diretrizes do SUS é instituir o desenvolvimento urbano, cuidando da habitação e do saneamento básico.
A sequência correta é:
a) F, V, F.
b) F, F, V.
c) V, F, F.
d) V, V, V.

97. A descentralização é um dos princípios do SUS, estabelecido em lei, e refere-se à regionalização e à


hierarquização dos serviços de saúde. A respeito do que a lei estabelece sobre esse princípio, é correto afirmar que:
a) as demandas e todo tipo de problemas de saúde são de responsabilidade exclusiva do Estado.
b) os profissionais da área de saúde no exercício de sua profissão devem obedecer aos princípios hierárquicos e de
disciplina.
c) os pacientes devem respeitar e seguir a ordem hierárquica de cada estabelecimento de saúde para serem atendidos.
d) os serviços de saúde devem ser organizados regionalmente e também devem obedecer a uma hierarquia entre eles.

98. Em relação aos níveis de atenção à saúde adotados no SUS, assinale a opção INCORRETA.
a) Atenção básica: compreende ações que envolvem a promoção da saúde, a prevenção de doenças, o diagnóstico, o
tratamento e a reabilitação dos pacientes.
b) Atenção às urgências: compreende ações de prevenção de acidentes.
c) Atenção de alta complexidade: compreende procedimentos que envolvem alta tecnologia e alto custo.
d) Atenção de média complexidade: compreende ações e serviços que visam a atender aos principais problemas de
saúde e agravos da população.

99. As bases legais do Sistema Único de Saúde (SUS) estão definidas na Constituição Federal de 1988 e nas Leis n.º
8.080 e n.º 8.142, ambas de 1990. Quanto a essa legislação, assinale a opção INCORRETA. Prova Hospital Santa
Maria-DF 2009
a) As Conferências de Saúde são fóruns com representação de vários segmentos sociais que se reúnem para propor
diretrizes, avaliar a situação da saúde e ajudar na definição da política de saúde.
b) Na contratação de serviços privados para complementar o SUS, o serviço privado contratado possui autonomia para
determinar seu próprio funcionamento.
c) Os Conselhos de Saúde, que devem existir nos três níveis de governo, são órgãos deliberativos, de caráter permanente,
compostos com a representatividade de toda a sociedade.

EBSERH - 2013 Página 16


d) São diretrizes do SUS estabelecidas na Constituição Federal: descentralização, com direção única em cada esfera de
governo; atendimento integral, com prioridade para as atividades preventivas, sem prejuízo dos serviços assistenciais;
e participação da comunidade.

100. Os direitos sociais e da saúde e as competências da União, dos estados, do Distrito Federal e dos municípios
relativas ao Sistema Único de Saúde (SUS) estão expressos no texto da Constituição da República, nas constituições
estaduais e nas Leis n.ºs 8.080/1990 e 8.142/1990.

Com relação ao texto acima, assinale a opção correta. . Prova Hospital Santa Maria-DF 2009
a) São diretrizes do SUS: a descentralização, a regionalização e hierarquização, o atendimento integral e a participação da
comunidade.
b) O SUS é financiado com recursos do orçamento da União, dos estados, do Distrito Federal e dos municípios, além de
outras fontes.
c) A saúde é um direito de todos e um dever do Estado, garantido mediante políticas sociais e econômicas que visem à
redução do risco de doença e de outros agravos e ao acesso universal e igualitário às ações e serviços para sua
promoção, proteção e recuperação.
d) A participação direta ou indireta de empresas ou capitais estrangeiros na assistência à saúde no Brasil é permitida.
e) O SUS deve garantir a equidade, isto é, oferecer os recursos de saúde de acordo com as necessidades de cada um, ou
seja, tratar situações iguais de formas desiguais.

101. De acordo com a legislação do SUS, a saúde do trabalhador é um conjunto de atividades que abrange:
I – informação ao trabalhador sobre os riscos de acidente de trabalho, doença profissional e do trabalho.
II – assistência ao trabalhador vítima de acidente de trabalho ou portador de doença profissional e do trabalho.
III – avaliação do impacto que as tecnologias provocam à saúde.
A quantidade de itens certos é igual a
a) 0. c) 2.
b) 1. d) 3.

102. Um Sistema de Informação em Saúde (SIS) é concebido como um instrumento para o processo de tomada
de decisões, seja na dimensão técnica, seja na dimensão de políticas a serem formuladas e implementadas. Ele serve
como produtor de conhecimentos e como descritor de uma realidade.Prova Hospital de Santa Maria – DF - 2009
A respeito do SIS, julgue os itens abaixo como Verdadeiros (V) ou Falsos (F) e, em seguida, assinale a opção correta.
I – Deve assegurar a avaliação permanente da situação de saúde da população e dos resultados das ações de saúde
executadas.
II – Deve fornecer elementos para adequar as ações de saúde aos objetivos do SUS a cada quatro anos.
III – Deve informar se o SUS está sendo eficiente, eficaz e efetivo no enfrentamento da situação de saúde indicada.
IV – Deve produzir indicadores capazes de medir a eficiência, a eficácia e a efetividade das ações produzidas pelo SUS.
A sequência correta é:
a) V, V, F, V. c) F, V, V, F.
b) V, F, V, V. d) V, F, F, V.

103. Com relação aos objetivos do SUS, estabelecidos na Lei n.º 8.080/1990, julgue os itens abaixo como
Verdadeiros (V) ou Falsos (F) e, em seguida, assinale a opção correta.Prova Hospital de Santa Maria – DF - 2009
I. Identificar e divulgar os fatores condicionantese determinantes da saúde.
II. Formular a política de saúde destinada a promover, nos campos econômico e social, a redução de riscos de
doenças e de outros agravos e estabelecer as condições que assegurem acesso universal e igualitário às ações e aos
serviços para a sua promoção, proteção e recuperação.
III. Assistência às pessoas por intermédio de ações de tratamento de doenças, vacinação e consultas sem a
preocupação com as atividades preventivas.
A sequência correta é:
a) V, V, F.
b) F, V, F.
c) V, F, V.
d) F, V, V.

104. Numere a COLUNA II de acordo com a COLUNA I, relacionando os sistemas de informação as suas
atribuições.
COLUNA I COLUNA II
1. SINASC ( ) Sistema de Informações sobre a Atenção Básica.
2. SIM ( ) Sistema de Informações sobre Agravos de Notificação Compulsória.
3. SIAB ( ) Sistema de Informações sobre Mortalidade.
4. SINAN ( ) Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos

Assinale a alternativa que apresenta a sequência de números CORRETA.


a) (2) (3) (1) (4)

EBSERH - 2013 Página 17


b) (3) (4) (2) (1)
c) (2) (3) (4) (1)
d) (2) (4) (1) (3)

105. O controle social do Sistema Único de Saúde (SUS), regulamentado pela Lei n. 8.142/90, se efetiva pela
a) participação dos conselhos profissionais da área.
b) consulta às lideranças sociais.
c) participação da sociedade nas campanhas de saúde.
d) atuação das entidades representativas da sociedade nos diferentes níveis do sistema

106. Em relação ao Sistema Único de Saúde (SUS), assinale a afirmativa INCORRETA.


a) Entende-se por hierarquização a organização dos serviços de saúde por ordem de complexidade tecnológica, isto é,
prestando serviços desde o domicílio do usuário, passando pelo Centro de Saúde, até o Hospital de referência.
b) O SUS, conforme definido pela Constituição Federal, dá ênfase à participação do Setor Privado, colocando-o, inclusive
como prioritário, uma vez que o Setor Público encontra-se caótico.
c) Entende-se por resolutividade de um serviço de saúde a exigência de que, uma vez procurado, esteja capacitado para
enfrentar o problema e resolvê-lo até o nível de sua complexidade.
d) A descentralização significa redistribuição do poder decisório, dos recursos (financeiros, humanos etc.) e competência
entre os três níveis de governo (Federal, Estadual e Municipal).

107. Segundo o SIAB, é incorreto afirmar:


a) Peridomicílio é o espaço externo próximo a casa e que inclui os seus anexos.
b) Anexo é a unidade de construção, permanente ou não, peridomiciliar, que sirva de abrigo para animais ou para depósito,
assim como todas as demais dependências externas no Peridomicílio, contíguas a casa.
c) Micro-área é o espaço geográfico delimitado onde residem cerca de 400 a 750 pessoas e corresponde à área de atuação
de um agente comunitário de saúde (ACS).
d) Área é o conjunto de domicílios sob a responsabilidade de uma equipe de saúde.

108. A informação é fundamental para a democratização e o aprimoramento da gestão do setor de saúde. Os


sistemas de informação em saúde de abrangência nacional permitem o acompanhamento do SUS em todo o país,
possibilitando análises comparativas entre os diversos estados, municípios e regiões, de forma a subsidiar a tomada
de decisões em todos os níveis de gestão.
Assinale a opção em que são apresentados apenas sistemas de informação de base de dados nacional.
a) Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM), Sistema de Informações sobre o Pacto de Gestão (SISPACTO),
Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos (SINASC).
b) Sistema de Informações Ambulatoriais do SUS (SIASUS), Sistema de Informações Hospitalares do SUS (SIH-SUS),
Sistema de Informações sobre o Programa Saúde da Família (SISPSF).
c) Sistema de Informações sobre o Programa de Humanização no Pré-Natal e Nascimento (SISPRENATAL), Sistema de
Cadastramento e Acompanhamento dos Portadores de Hipertensão Arterial e Diabetes Mellitus (SIS-HIPERDIA),
Sistema de Informação sobre Vigilância Alimentar e Nutricional (SISVAN).
d) Sistema de Informações sobre o Programa Nacional de Imunizações (SI-PNI), Sistema de Informações do Câncer da
Mulher (SISCAM), Sistema de Informações de Vigilância Epidemiológica da Malária (SISVEP).

109. Um Sistema de Informação em Saúde (SIS) é concebido como um instrumento para o processo de tomada
de decisões, seja na dimensão técnica, seja na dimensão de políticas a serem formuladas e implementadas. Ele serve
como produtor de conhecimentos e como descritor de uma realidade.
A respeito do SIS, julgue os itens abaixo como Verdadeiros (V) ou Falsos (F) e, em seguida, assinale a opção correta.
I. Deve assegurar a avaliação permanente da situação de saúde da população e dos resultados das ações de saúde
executadas.
II. Deve fornecer elementos para adequar as ações de saúde aos objetivos do SUS a cada quatro anos.
III. Deve informar se o SUS está sendo eficiente, eficaz e efetivo no enfrentamento da situação de saúde indicada.
IV. Deve produzir indicadores capazes de medir a eficiência, a eficácia e a efetividade das ações produzidas pelo SUS.

A sequência correta é:

a) V, V, F, V.
b) V, F, V, V.
c) F, V, V, F.
d) V, F, F, V.

110. O SIAB é um Sistema de Informações sobre Ações Básicas, implantado em 1998, em substituição ao Sistema
de Informação do Programa de Agentes Comunitários de Saúde (SIPACS). O Sistema de Informações sobre Ações
Básicas (SIAB) foi desenvolvido como instrumento gerencial dos sistemas locais de saúde, com base em informações
obtidas pelos agentes e pelas equipes de saúde da família.
O SIAB armazena informações

EBSERH - 2013 Página 18


a) selecionadas e organizadas sobre a saúde, estudos globais de saúde, conselhos de saúde e a relação do percentual de
cada procedimento.
b) sobre cadastro de famílias, condições de moradia e saneamento, situação da saúde, dados de morbidade.
c) sobre o controle da rede regionalizada e hierarquizada dos serviços ofertados pela iniciativa privada.
d) sobre o Sistema de Alta Complexidade e sobre o sistema ambulatorial em que expõe a evolução dos gastos
hospitalares por unidade da federação com recursos oriundos do nível federal.

111. O Sistema Nacional de Agravos de Notificação (SINAN) tem por objetivo


a) o registro de informações para o nível federal da situação de saúde, alimentando o sistema político-administrativo
(vigilância em saúde).
b) o registro de processamento de dados dos atestados de óbito para alimentar o Sistema de Informação de Mortalidade e
o processamento de dados para alimentar o Sistema de Informação sobre Nascidos Vivos.
c) o registro e processamento dos dados sobre agravos de notificação em todo território nacional, fornecendo
informações para análise do perfil da morbidade e contribuindo, dessa forma, para a tomada de decisão de âmbito
municipal, estadual e federal.
d) o registro e o processamento de dados do Sistema de Informação de Mortalidade, Sistema de Informação Nascido
Vivo, Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional (SISVAN) e Sistema de Informações sobre Ações Básicas
(SIAB) para detalhar, controlar, notificar, avaliar a qualidade de vida e de saúde pelos gestores, instâncias colegiadas e
usuários.

112. Em relação ao Sistema de Informação de Agravos de Notificação - SINAN:


1. Sua utilização efetiva permite a realização de diagnóstico dinâmico da ocorrência de um evento na população.
2. A Ficha Individual de Notificação deve ser preenchida pelas unidades assistenciais, para cada paciente quando
da suspeita da ocorrência de problema de saúde de notificação compulsória, e encaminhada mensalmente aos
serviços responsáveis pela informação e/ou vigilância epidemiológica das Secretarias Municipais.
3. Caso não ocorra nenhuma suspeita de doença de notificação compulsória, não é necessário o envio de formulário
aos serviços responsáveis pela informação ou vigilância epidemiológica.
4. É um instrumento relevante para auxiliar o planejamento da saúde, definir prioridades de intervenção, além de
permitir que seja avaliado o impacto das intervenções.

Marque a alternativa correta:


a) Todas as alternativas estão corretas.
b) Todas as alternativas estão erradas.
c) Somente a 1, 2 e 4 estão corretas.
d) Somente a 1 e 4 estão corretas.

113. Em relação aos Sistemas de Informação em Saúde, é incorreto afirmar:


a) O Sistema de Cadastramento e Acompanhamento de Hipertensos e Diabéticos é um sistema que cadastra e acompanha
os portadores de hipertensão arterial e/ou diabetes mellitus captados pelo Plano de Reorganização da Atenção à
Hipertensão Arterial e ao Diabetes Mellitus, nas unidades ambulatoriais do SUS.
b) O documento básico do Sistema de Informações Ambulatoriais / SUS é o Boletim de Produção Ambulatorial,
preenchido mensalmente pelas unidades ambulatoriais.
c) O Sistema de Informações Hospitalares / SUS foi inicialmente produzido para controlar e fiscalizar as internações
hospitalares e é principalmente um instrumento para pagamentos.
d) O Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos de Saúde é um instrumento de planejamento, gestão e controle
social do SUS, que funciona por meio da coleta e do processamento de informações sobre receitas totais e despesas
com ações e serviços públicos de saúde, das três esferas de governo.
e) O Cadastro nacional de Estabelecimentos de Saúde é um sistema informatizado para captação de informações de todos
os estabelecimentos de saúde, existentes no país, prestadores de serviços do SUS, de todas as esferas e naturezas de
organização.

114. Em relação ao Sistema de Informações Ambulatoriais do SUS (SIA/SUS), é incorreto afirmar que:
a) Sua alimentação é centralizada, sendo responsabilidade do DATASUS;
b) Permite o acompanhamento das programações físicas e orçamentárias, das ações de saúde prestadas pela assistência
ambulatorial;
c) Oferece aos gestores estaduais e municipais de saúde, instrumentos para operacionalização das funções de
cadastramento, controle e cálculo da produção e para a geração de informações necessárias ao repasse do custeio
ambulatorial (RCA);
d) Oferece informações para o gerenciamento de capacidade instalada e produzida, bem como dos recursos financeiros
orçados e repassados aos prestadores de serviços;

115. Em relação aos programas utilizados pelo SIA/SUS, é incorreto afirmar:

EBSERH - 2013 Página 19


a) BBCONVER – Programa de conversão utilizado pelo Gestor para formatar os dados conforme determinado pelo
Banco do Brasil;
b) CADSIA – Programa de emissão de relatórios, fornece principalmente a FCA e FPO de uma unidade ou mantenedora
para uma determinada competência.
c) SINANET – Tabulador on-line que funciona pela Internet. Para a confecção de relatórios sob o foco gerencial, por não
permitir o detalhamento das informações das Unidades Ambulatoriais
d) TABWIN – Programa tabulador genérico que funciona em ambiente Windows. Permite a confecção de vários
relatórios

116. Os principais Sistemas de Informações em Saúde, instrumentos que contribuem para o processo de
avaliação e tomada de decisões na implementação das políticas de saúde do trabalhador, são:
a) Sistema de Informação sobre Mortalidade.
Sistema de Informação Hospitalar.
b) Sistema de Informação sobre Nascidos Vivos.
Sistema de Informação do Pré-Natal.
c) Sistema de Informação dos Agravos de Notificação.
Sistema de Informação sobre Nascidos Vivos.
d) Sistema de Informação Ambulatorial.
Sistema de Informação dos Agravos de Notificação

117. Os programas de saúde são subsidiados por dados fornecidos pelas Unidades Básicas de Saúde ao Sistema
de Informações e Vigilância Epidemiológica (SIS). Tem por objetivo facilitar a formulação e a avaliação de políticas,
planos e programas de saúde. Com relação a esse assunto,assinale a alternativa que associa corretamente o Sistema
e sua obtenção.
a) Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAM) – obtidos por meio do código internacional de doenças.
b) Sistema de Informação de Mortalidade (SIM) – obtido por meio da declaração de óbito.
c) Sistema de Informação de Nascidos Vivos (SINASC) – obtido por meio do prontuário da gestante.
d) Sistema de Informação de Atenção Básica (SIAB) – obtido por meio das fichas de internação dos hospitais
universitários.
e) Sistema de Informação de Internações Hospitalares (SIIH) – obtido por meio de fichas de atendimento do pronto
socorro.

118. No que se refere especificamente à morbidade hospitalar, informações provenientes do Sistema de


Informações por doenças infecciosas, em relação ao total de interações no país, não apresenta a mesma intensidade
na tendência de redução que a verificada para mortalidade. (BRASIL, 2005 p. 13). De acordo com a situação
epidemiológica descrita no manual de bolso do Ministério da Saúde, 2005, é VERDADEIRO que:
a) Nos últimos anos, no país como um todo, as doenças classificadas como doenças infecciosas e parasitárias (DIP) têm
apresentado valores próximos a 10% do total de internações.
b) A tuberculose e as hepatites virais, sobretudo as hepatites B e C, são consideradas doenças transmissíveis com
tendência declinante.
c) Os índices maiores de internação por DIP são observados nas regiões sul e sudeste do país.
d) A difteria e o tétano acidental podem ser considerados agravos transmissíveis emergentes.

119. Quando não houver alimentação dos bancos de dados nacionais de informação, o repasse de recursos do
Ministério da Saúde aos municípios fica comprometido, Assinale o banco de dados que é alimentado com as
informações geradas pelo agente comunitário da saúde:
a) Sistema de Informação da Atenção Básica – SIAB.
b) Sistema de Informação de Mortalidade – SIM.
c) Sistema de Informação sobre Nascidos Vivos – SINASC.
d) Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunização – SIS-PNI

120. O Sistema de Informações hospitalares (SIH-SUS) dispõe de informações sobre, exceto:


a) Recursos destinados a cada hospital que integra a rede do SUS.
b) Principais internações no Brasil.
c) Tempo médio de ausência do paciente no hospital.
d) A relação dos procedimentos mais frequentes realizados mensalmente em cada hospital, município e estado.
e) Quantidade de leitos existentes para cada especialidade.
121. A respeito dos determinantes sociais de saúde (DSS), assinale a alternativa correta. Prova SES/DF 2011
a) Os DSS são exclusivamente ligados ao setor saúde.
b) Os determinantes sociais de saúde levam em consideração, exclusivamente, o enfoque médico-biológico, do processo
saúde e doença.

EBSERH - 2013 Página 20


c) O encontro do agente etiológico e do suscetível no meio ambiente, é o fator determinante que explica todos os casos de
doenças não transmissíveis na sociedade.
d) Os DSS não são promotores da iniquidade.
e) Os DSS envolvem condições de vida e de trabalho dos indivíduos.
122. Considerando o debate dos determinantes sociais da saúde, assinale a opção incorreta. Prova Saúde MPOG/2012
a) Considera-se que os determinantes sociais mais importantes são aqueles que geram estratificação social, ou seja,
determinantes estruturais como a distribuição de renda, a discriminação e a existência de estruturas políticas ou de
governança que reforcem as iniquidades relativas ao poderio econômico.
b) A implementação de ações sobre os determinantes sociais baseia-se em três temas mais amplos: 1) reduzir as
iniquidades em saúde; 2) melhorar as condições de saúde e o bem-estar, promover o desenvolvimento e alcançar
objetivos gerais no campo da saúde; 3) promover ações em uma série de prioridades sociais, para além do campo da
saúde e que dependem de melhores níveis de igualdade em saúde.
c) É recomendado que a implementação de abordagens ligadas aos determinantes sociais seja implementada tal como um
“programa” que é executado.
d) Como determinantes intermediários encontram-seas condições de vida, circunstâncias psicossociais, fatores
comportamentais e/ou biológicos e o próprio sistema de saúde, que dão forma às condições de saúde dos indivíduos.
e) Apoiar a abordagem dos determinantes sociais significa compreender o valor que a saúde tem para a sociedade e
admitir que ela depende de ações que, muitas vezes, não têm relação com o setor saúde.
123. Na gestão do SUS, a participação da comunidade é composta pelos seguintes segmentos da sociedade:
usuários dos serviços de saúde, prestadores de serviços, profissionais de saúde e representantes do governo. Para a
referida participação em cada esfera de governo, a Lei Nº 8.142/90 instituiu duas instâncias colegiadas:
a) Câmara Técnica e Conselho de Saúde.
b) Comissão Intergestores Regional e Tripartite.
c) Conferência de Saúde e Tripartite.
d) Conferência de Saúde e Conselho de Saúde.
e) Bipartite e Tripartite.

124. De acordo com a Lei 8.080 de 19/09/1990 do Sistema Único de Saúde, são objetivos dos SUS, com exceção de:
a) A execução de ações de merenda escolar e do programa alimentação mínima e renda que subsidie o aspecto nutricional
da população mais carente.
b) A identificação e a divulgação dos fatores condicionantes e determinantes de saúde.
c) A execução de ações de vigilância sanitária, vigilância epidemiológica, saúde do trabalhador, assistência terapêutica
integral, inclusive farmacêutica.
d) A assistência às pessoas por intermédio de ações de promoção, proteção e recuperação da saúde.
e) A formulação de políticas de saúde destinadas a promover, nos campos econômico e social, a observância do disposto
no § 1º do 2º artigo desta lei, a saber, a redução de riscos de doenças e de outros agravos e no estabelecimento de
condições que assegurem acesso universal e igualitário às ações e aos serviços para sua promoção, proteção e
recuperação.
125. A articulação entre os diversos gestores do Sistema Único de Saúde se dá através de duas Comissões a
Comissão Intergestores Tripartite (CIT) e a Comissão IntergestoresBipartite (CIB).
A Comissão Intergestores Tripartite é formada por: Prova Saúde Pref. São Carlos/2012
a) representação da Secretaria Estadual de Saúde (SES) e do Conselho de Secretários Municipais de Saúde (COSEMS) ou
órgão equivalente, sendo que um dos representantes dos Municípios é o Secretário de Saúde da Capital.
b) representação da Secretaria Estadual de Saúde (SES) e do Conselho Estadual de Secretários Municipais de Saúde
(COSEMS) ou órgão equivalente, sendo que um dos representantes dos Municípios é o Secretário de Saúde do
município mais bem colocado no IDH índice de Desenvolvimento Humano.
c) por representação do Ministério da Saúde (MS) e do Conselho Estadual de Secretários Municipais de Saúde
(COSEMS).
d) por representação do Ministério da Saúde (MS) e do Conselho Nacional de Secretários Estaduais de Saúde (CONASS).
e) por representação do Ministério da Saúde (MS) do Conselho Nacional de Secretários Estaduais de Saúde (CONASS) e
do Conselho Nacional de Secretários Municipais de Saúde (CONASEMS).

126. Considerando o controle social do SUS, assinale a opção correta. Prova AFC- Saúde - 2008 -CGU ESAF
a) O SUS conta com duas instâncias colegiadas, conforme o nível de gestão. A Conferência de Saúde diz respeito ao nível
federal; os Conselhos de Saúde, aos níveis estaduais e municipais.
b) O Conselho de Saúde reúne-se ordinariamente a cada ano, mas pode ser convocado extraordinariamente, em casos
emergenciais, por provocação do respectivo Poder Executivo.
c) A representação dos usuários nos Conselhos de Saúde será paritária em relação ao conjunto dos demais segmentos.
d) A Conferência de Saúde reúne-se a cada cinco anos, com a representação dos vários segmentos sociais, devendo ser
convocada pelo Ministério da Saúde.

127. As diretrizes e características do modelo assistencial do SUS foram promulgadas na nova Constituição, em
1988, e regulamentadas com a lei Orgânica da Saúde, em 1990.
EBSERH - 2013 Página 21
Sobre essas Diretrizes, analise as afirmativas abaixo: Prova Pref. Balneário Camboriu/2012
1. A Universalidade é a garantia de que todosos cidadãos devem ter acesso aos serviços desaúde públicos e conveniados em
todos osníveis do sistema de saúde.
2. A Equidade garante o acesso aos serviços desaúde a toda população em condições deigualdade, não importando o
gênero, a situaçãoeconômica, social, cultural ou religiosa.
3. A Hierarquização e Regionalização permitemque os serviços de saúde sejam organizadosem níveis de complexidade
crescente, comtecnologia adequada para cada nível, potencializandoa resolutividade.
4. O Controle Social é a garantia dada peloEstado de que a Sociedade Civil Organizadatem a possibilidade concreta de
influir sobreas políticas públicas de saúde.
Assinale a alternativa que indica todas as afirmativascorretas.
a) São corretas apenas as alternativas 1, 2 e 3.
b) São corretas apenas as alternativas 1, 2 e 4.
c) São corretas apenas as alternativas 1, 3 e 4.
d) São corretas apenas as alternativas 2, 3 e 4.
e) São corretas as alternativas 1, 2, 3 e 4

128. Assinale a alternativa correta em relação à Lei Orgânica da Saúde n.º 8.080/1990.
a) Fazem parte do Sistema Único de Saúde (SUS) osórgãos da administração direta federal, estadual emunicipal,
excluindo as fundações.
b) A assistência farmacêutica não faz parte do campo deatuação do SUS.
c) A universalidade do acesso e a integralidade da atenção à saúde são questões de princípios do SUS.
d) A assistência do trabalhador vítima de acidente detrabalho é atribuição do Ministério do Trabalho.
e) A direção do SUS varia de acordo com a esfera degoverno, portanto não é única.

129. De acordo com a Lei 8.080 de 19/09/1990 do Sistema Único de Saúde (SUS), são objetivos dos SUS, com
exceção de:
a) A execução de ações de merenda escolar e do programa alimentação mínima e renda que subsidie o aspecto nutricional
da população mais carente.
b) A identificação e a divulgação dos fatores condicionantes e determinantes de saúde.
c) A execução de ações de vigilância sanitária, vigilância epidemiológica, saúde do trabalhador, assistência terapêutica
integral, inclusive farmacêutica.
d) A assistência às pessoas por intermédio de ações de promoção, proteção e recuperação da saúde.
e) A formulação de políticas de saúde destinadas a promover, nos campos econômico e social, a observância do disposto
no § 1º do 2º artigo desta lei, a saber, a redução de riscos de doenças e de outros agravos e no estabelecimento de
condições que assegurem acesso universal e igualitário às ações e aos serviços para sua promoção, proteção e
recuperação.

130. Considerando a Legislação da Saúde, no Brasil, analise as afirmativas abaixo:


I - De acordo com a Constituição Federal de 1988, a saúde é direito de todos e dever do Estado, garantido mediante
políticas sociais e econômicas que visem à redução do risco de doença e de outros agravos e ao acesso universal e
igualitário às ações e serviços para sua promoção, proteção e recuperação.
II - A Lei nº 8.080, de 19 de setembro de 1990, é a Lei Orgânica da Saúde e dispõe sobre as condições para a
promoção, proteção e recuperação da saúde, a organização e o funcionamento dos serviços correspondentes.
III - A Lei nº 8.142, de 28 de dezembro de 1990, dispõe sobre a participação da comunidade na gestão do Sistema
Único de Saúde e sobre as transferências intergovernamentais de recursos financeiros na área da saúde.

Marque a alternativa correta:


a) Somente a I e II estão corretas.
b) Somente a II e III estão corretas.
c) Somente a I e III estão corretas.
d) As afirmativas I, II e III estão corretas.

131. Sobre os níveis de complexidade no atendimento do SUS, assinale a correta.


a) A atenção básica inclui atendimento a especialidades como clínica médica e ginecologia, não abrangendo as
emergências referentes a essas áreas.
b) A maior parte das necessidades e problemas de saúde da população é resolvida no âmbito da média complexidade.
c) As terapias de substituição renal são realizadas no âmbito da média complexidade.
d) A assistência aos pacientes portadores de queimaduras é feita no âmbito da alta complexidade.
e) Idealmente, a porta de entrada do usuário no SUS deveria ser feita pelos hospitais e centros de alta complexidade para
então ser encaminhado à atenção básica.

132. Os direitos sociais e da saúde e as competências da União, dos estados, do Distrito Federal e dos municípios
relativas ao Sistema Único de Saúde (SUS) estão expressos no texto da Constituição da República, nas constituições
estaduais e nas Leis n.ºs 8.080/1990 e 8.142/1990. Com relação ao texto acima, assinale a opção correta.
EBSERH - 2013 Página 22
a) São diretrizes do SUS: a descentralização, a regionalização e hierarquização, o atendimento integral e a participação da
comunidade.
b) O SUS é financiado com recursos do orçamento da União, dos estados, do Distrito Federal e dos municípios, além de
outras fontes.
c) A saúde é um direito de todos e um dever do Estado, garantido mediante políticas sociais e econômicas que visem à
redução do risco de doença e de outros agravos e ao acesso universal e igualitário às ações e serviços para sua
promoção, proteção e recuperação.
d) A participação direta ou indireta de empresas ou capitais estrangeiros na assistência à saúde no Brasil é permitida.
e) O SUS deve garantir a equidade, isto é, oferecer os recursos de saúde de acordo com as necessidades de cada um, ou
seja, tratar situações iguais de formas desiguais.

133. O direito da sociedade de participar do controle social na saúde está assegurado na Constituição Federal de
1988, tendo sido regulamentada pela Lei n.º 8.142/1990. Foi essa lei que criou os Conselhos de Saúde e as
Conferências de Saúde como instâncias colegiadas do Sistema Único de Saúde – SUS – em cada esfera de governo
(art. 1º.). Essas instâncias foram criadas para representar um espaço na qual as vozes de diferentes setores da
sociedade fossem ouvidas e respeitadas. A participação nesses Conselhos e Conferências é também um direito e um
dever de cidadania. Com referência a esse tema, assinale a opção correta.
a) O Conselho de Saúde, em caráter permanente e consultivo, é um órgão colegiado composto por representantes do
governo, dos prestadores de serviço, dos profissionais de saúde e dos usuários e atua na formulação de estratégias e no
controle da execução da política de saúde na instância correspondente, inclusive nos aspectos econômicos e financeiros,
cujas decisões serão homologadas pelo chefe do poder judiciário legalmente constituído em cada esfera de governo.
b) A Conferência de Saúde reunir-se-á a cada três anos com a representação dos vários segmentos sociais, para avaliar a
situação de saúde e propor as diretrizes para a formulação da política de saúde nos níveis correspondentes, e é
convocada pelo Poder Legislativo ou, extraordinariamente, pelo Conselho de Saúde.
c) A representação dos usuários nos Conselhos de Saúde e nas Conferências de Saúde é paritária em relação ao conjunto
dos demais segmentos, ou seja, os usuários são a metade dos Conselheiros em todo o Conselho de Saúde e a metade dos
participantes em toda a Conferência de Saúde.
d) O Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS) e o Conselho Nacional de Secretários Municipais de Saúde
(CONASEMS) não podem ter representantes no Conselho Nacional de Saúde, pois já o fazem por meio dos
representantes governamentais municipais.
e) As Conferências de Saúde e os Conselhos de Saúde terão sua organização e normas de funcionamento definidas em
regimento próprio, aprovadas pelo poder executivo nos níveis correspondentes.

134. A Constituição Federal de 1988 instituiu o SUS e todas as suas ações devem ser voltadas para cumprir o
direito garantido na Constituição de que a saúde no Brasil é direito de todos e dever do Estado. Acerca desse tema,
assinale a opção correta.
a) A partir da criação do SUS, a política nacional de saúde é formulada pelo presidente da República do Brasil com a
participação e aprovação do Congresso Nacional.
b) Os atos administrativos e burocráticos necessários à implantação das políticas de saúde municipais ou estaduais são
obrigação das prefeituras ou dos governos estaduais, por meio de suas secretarias de saúde, e devem ser acompanhadas
pelas conferências estaduais de saúde.
c) A política estadual de saúde serve de referência para definir as prioridades locais. Quem define as políticas municipais
são as secretarias municipais de saúde, com a participação dos usuários e do poder legislativo local.
d) É papel específico do conselheiro de saúde participar da formulação das políticas de saúde e acompanhar a implantação
definitiva dessas políticas.
e) A política nacional de saúde é adequada a cada unidade da federação para atender as suas realidades. Cabe às
secretarias estaduais de saúde, junto com seus conselhos estaduais de saúde, realizar essa adaptação, acolhendo as
prioridades e o interesse da população de cada estado.

135. O SUS, criado a partir da proposta da reforma sanitária, é produto de um movimento social que apresentou
essa proposta na 8.ª Conferência Nacional de Saúde, em 1986, e segue lutando pela sua implantação. A reforma
sanitária consiste na democratização do acesso a todas as ações e todos os serviços de saúde.
Com relação ao tema tratado no texto acima, assinale a opção correta.
a) A organização das ações de saúde das diferentes esferas de governo para o atendimento de níveis diferentes de
complexidade e incidência está contemplada no princípio fundamental do SUS, denominado descentralização.
b) Todos tem direito a atendimento nos serviços de saúde do SUS. Esse direito está contemplado no princípio fundamental
do SUS, denominado hierarquização.
c) A responsabilidade pelo atendimento cabe às três esferas governamentais (federal, estadual e municipal). Essa
responsabilidade está contemplada no princípio fundamental do SUS, denominado da universalidade.
d) Todos os brasileiros têm direito a atendimento preventivo e curativo, sem distinção para todas as suas demandas. Esse
direito está contemplado no princípio fundamental do SUS, denominado de integralidade.

EBSERH - 2013 Página 23


e) A atenção de média complexidade em saúde contempla o conjunto de ações destinadas à prevenção e ao atendimento
das demandas mais comuns e imediatas.

136. No que concerne à gestão dos serviços de saúde no SUS, assinale a opção correta.
a) Os incentivos ao programa Saúde da Família e ao de agentes comunitários de saúde são acumulativos quando a
população atendida for residente no mesmo território e (ou) microárea de abrangência.
b) O pagamento das internações hospitalares e dos procedimentos ambulatoriais de alto custo/complexidade contratados e
conveniados pelo SUS deve ser feito mediante transferência regular na modalidade fundo a fundo.
c) Um estado que, após executar as ações e serviços de saúde, obtenha um resultado de impacto positivo sobre as
condições de saúde da população recebe um montante de até 5% a mais do valor da remuneração por serviços
produzidos.
d) O município mais populoso dentro de determinada região deve assumir, provisoriamente, a responsabilidade de gestão
em saúde de municípios que justificadamente não são capazes de assumi-la.
e) A programação pactuada e integrada contém somente as atividades de assistência ambulatorial e hospitalar de cada
município participante.

137. Acerca da conferência de saúde e do conselho de saúde, que são órgãos (instâncias) colegiados do SUS,
assinale a opção correta.
a) A conferência de saúde é uma instância permanente.
b) O conselho de saúde funciona transitoriamente, mediante convocação pelo Poder Executivo.
c) Ambas as instâncias têm competência deliberativa.
d) Os órgãos em questão possibilitam a participação da comunidade na gestão e no controle social do SUS.

138. As áreas de atuação do SUS que foram legalmente disciplinadas pela Lei n.º 8.080/1990 não incluem a:
a) orientação familiar.
b) criação de centros de pesquisa biomédica básica.
c) vigilância epidemiológica.
d) participação na área de saneamento.

139. O Contrato Organizativo da Ação Pública de Saúde, previsto no Decreto n. 7.508, de 28 de junho de 2011,
tem como diretrizes básicas para fins de garantia da gestão participativa:Prova MPOG - 2012
a) a humanização do atendimento como condição para o estabelecimento de metas de saúde e a participação como
elemento de controle social das ações desenvolvidas pelos entes envolvidos.
b) o estabelecimento de estratégias que incorporem a avaliação do usuário das ações e dos serviços, como ferramenta de
sua melhoria, apuração permanente das necessidades e interesses do usuário e publicidade dos direitos e deveres do
usuário na saúde em todasas unidades de saúde do SUS, inclusive nas unidades privadas que dele participem de forma
complementar.
c) a publicidade dos direitos e deveres de usuários e profissionais da saúde em todas as unidades do SUS, inclusive as do
setor privado prestador de serviços, humanização do atendimento e da gestão, fiscalização e controle das ações por meio
do Sistema Nacional de Auditoria do SUS.
d) a participação e controle social e monitoramento constante das ações de saúde, observadas as metas pactuadas pela
Comissão Intergestores Tripartite (CIT).
e) a participação e o controle social, humanização do atendimento e da gestão e atuação solidária entre os municípios
partícipes do Contrato Organizativo da Ação Pública de Saúde.

Prova Fiscal de Saúde Pref. Pref. Rio do Sul/SC - 2012

140. De acordo com Art. 5º da Lei nº 8080/90, são objetivos do Sistema Único de Saúde SUS. Assinale a alternativa
incorreta:
a) A identificação e divulgação dos fatores condicionantes e determinantes da saúde
b) A formulação de política de saúde destinada a promover, nos campos econômico e social, a observância do disposto no
§ 1º do art. 2º desta lei
c) A assistência às pessoas por intermédio de ações de promoção, proteção e recuperação da saúde, com a realização
integrada das ações assistenciais e das atividades preventivas
d) Todas as alternativas estão incorretas

141. De acordo com Art. 6º da Lei nº 8080/90, estão incluídas ainda no campo de atuação do Sistema Único de Saúde
(SUS): I - a execução de ações. Assinale a alternativa incorreta em relação aos incisos deste artigo:
a) De saúde da terceira idade
b) De assistência terapêutica integral, inclusive farmacêutica
c) De vigilância epidemiológica
d) De vigilância sanitária

EBSERH - 2013 Página 24


142. De acordo com Art. 7º da Lei nº 8080/90, as ações e serviços públicos de saúde e os serviços privados
contratados ou conveniados que integram o Sistema Único de Saúde (SUS), são desenvolvidos de acordo com as
diretrizes previstas no art. 198 da Constituição Federal, obedecendo, além de outros, ainda aos seguintes princípios,
exceto:
a) Utilização da epidemiologia para o estabelecimento de prioridades, a alocação de recursos e a orientação programática
b) Divulgação de informações quanto ao potencial dos serviços de saúde e a sua utilização pelo usuário
c) Preservação da autonomia das pessoas na defesa de sua integridade financeira
d) Direito à informação, às pessoas assistidas, sobre sua saúde

143. De acordo com a Lei nº 8080/90, executar os serviços de vigilância epidemiológica compete:
a) À direção municipal do Sistema de Saúde (SUS)
b) À direção estadual do Sistema Único de Saúde (SUS)
c) À direção nacional do Sistema Único da Saúde (SUS)
d) Todas as alternativas estão corretas

144. De acordo com a Lei nº 8080/90, são competências da Direção Municipal do Sistema de Saúde (SUS), exceto:
a) Planejar, organizar, controlar e avaliar as ações e os serviços de saúde e gerir e executar os serviços públicos de saúde
b) Normatizar complementarmente as ações e serviços públicos de saúde no seu âmbito de atuação
c) Coordenar e participar na execução das ações de vigilância epidemiológica
d) Controlar e fiscalizar os procedimentos dos serviços privados de saúde

145. De acordo com Art. 19-I da Lei nº 8080/90 (com a inclusão feita pela Lei 10.424/2002), são estabelecidos, no
âmbito do Sistema Único de Saúde, o atendimento domiciliar e a internação domiciliar. Assinale a alternativa
incorreta emrelação aos parágrafos deste artigo.
a) Na modalidade de assistência de atendimento e internação domiciliares incluem-se, principalmente, os procedimentos
médicos, de enfermagem, fisioterapêuticos, psicológicos e de assistência social, entre outros necessários ao cuidado
integral dos pacientes em seu domicílio
b) O atendimento e a internação domiciliares serão realizados por equipes multidisciplinares que atuarão nos níveis da
medicina preventiva, terapêutica e reabilitadora
c) O atendimento e a internação domiciliares só poderão ser realizados por indicação médica, com expressa concordância
do paciente e de sua família
d) Todas as alternativas estão incorretas

146. São objetivos da vigilância epidemiológica, obter informações oportunas a respeito de:
a) Casos de doença segundo a área geográfica, o tempo e os agentes prevalentes
b) Recursos disponíveis para seu combate
c) Fatores ambientais relevantes, tanto de natureza física como biológica e sócio-econômico cultural
d) Todas as alternativas estão corretas

147. O SUS – Sistema único de Saúde surgiu como estratégia descentralizada para a atenção e o cuidado à saúde,
integrado à seguridade social e baseado nos princípios da universalidade, equidade, integralidade e participação da
sociedade - o queabriu a prerrogativa de que esta deve atuar na formulação e controle das políticas públicas de
saúde. O SUS foi criado em:
a) 1990, através da Lei 8.080/90
b) 1988, com a promulgação da nova Constituição Federal
c) 2003, por lei sancionada pelo Presidente da República
d) 2000, através de portaria ministerial

148. De acordo com Art. 19-J da Lei nº 8.080/90, os serviços de saúde do Sistema Único de Saúde - SUS, da rede
própria ou conveniada, ficam obrigados a permitir a presença, junto à parturiente, de 1 (um) acompanhante
durante todo o período de trabalho de parto, parto e pós-parto imediato:
a) As ações destinadas a viabilizar o pleno exercício dos direitos de que trata este artigo constarão do regulamento da lei, a
ser elaborado pelo órgão competente do Poder Executivo
b) O acompanhante de que trata o caput deste artigo será indicado pela parturiente
c) As alternativas A e B estão corretas
d) Somente a alternativa B está correta

Prova Enfermeiro Pref. Cubatão - 2012

EBSERH - 2013 Página 25


149. Segundo o parágrafo 1.º do art. 199 da Constituição, as instituições ___________poderão participar de forma
___________do sistema de saúde, mediante contrato de direito público ou convênio, tendo preferência___________ .
As lacunas do texto podem ser, correta e respectivamente, preenchidas por:
a) privadas ... suplementar ... as cooperativas de saúde
b) sindicais ... suplementar ... as metalúrgicas
c) sem fins lucrativos ... complementar ... as sindicais
d) privadas ... suplementar ... as OSS – Organizações de Serviços de Saúde
e) privadas ... complementar ... as entidades filantrópicas e sem fins lucrativos

150. Analise esta concepção do Estado:


I. O Estado moderno é considerado a máxima organização que exerce o poder político soberano sobre todos os habitantes
de um determinado município.
II. O Estado desempenha as funções de manutenção interna e externa da paz e da ordem, do exercício da justiça e da
coesão social.
III. Fazem parte do município o território, o povo, o poder político e a soberania.
Considerando a Constituição Federal de 1988, que estabeleceu a saúde como um dever do Estado, está correto o que
se afirma em:
a) I, apenas.
b) II, apenas.
c) III, apenas.
d) I e II, apenas.
e) I, II e III.

151. A Lei n.º 8.080, de 19 de setembro de 1990, em seu art. 6.º, estabelece o controle da prestação de serviços que se
relacionam direta ou indiretamente com a saúde. Considerando-se que esse controle é uma das atribuições da
vigilância sanitária, assinale a alternativa correta.
a) Todos os serviços de saúde, públicos ou privados, devem seguir as orientações da vigilância sanitária.
b) Os serviços de saúde dentro das empresas não estão sujeitos às orientações da vigilância sanitária.
c) O Serviço Especializado em Medicina e Segurança do Trabalho – SESMT – apenas se subordina ao Ministério do
Trabalho.
d) A CIPA – Comissão Interna de Prevenção de Acidentes – nada tem a ver com a vigilância sanitária.
e) O serviço de perícia médica do INSS não se subordina à vigilância sanitária
152. Na Seção II Da Competência da Lei 8080 de 19 de setembro de 1990, em seu Art. 16. A direção nacional do
Sistema Único de Saúde descreve algumas de suas competências em seu inciso III. Assinale a alternativa incorreta
quanto a essas competências:
a) Definir e coordenar os sistemas de redes integradas de assistência de alta complexidade.
b) Definir e coordenar os sistemas de redes de laboratórios de saúde publica.
c) Definir e coordenar os sistemas de vigilância epidemiológica e vigilância sanitária.
d) Definir e coordenar os sistemas privados.

153. Na Seção II Da Competência da Lei 8080 de 19 de setembro de 1990, em seu Art. 17. A direção estadual do
Sistema Único de Saúde compete:
I) Promover a descentralização, para os municípios, dos serviços e das ações de saúde
II) Acompanhar, controlar e avaliar as redes hierarquizadas do Sistema Único de Saúde
III) Prestar apoio técnico e financeiro aos municípios e executar supletivamente ações e serviços de saúde.
Assinale a alternativa correta:
a) Somente as alternativas I e II estão corretas.
b) Somente as alternativas II e III estão corretas.
c) Somente as alternativas I e III estão corretas.
d) Todas as alternativas estão corretas.

Sobre a Lei que autoriza a criação da Empresa Brasileira de ServiçosHospitalares – EBSERH, responda as questões que se
seguem,considerando também suas atualizações e normas vigentes.
154. A EBSERH:
a) É pessoa jurídica de direito público.
b) É empresa unipessoal, subordinada ao Ministério da Educação.
c) Não possui prazo indeterminado de duração.
d) Pode ter sua sede localizada em qualquer região do DF.
e) Pode criar subsidiárias, visando ao desenvolvimento de ações ligadas ao seu objeto social.

155. Analise os itens a seguir sobre a EBSERH:


I. A EBSERH tem seu capital social sob a propriedade exclusiva da União.

EBSERH - 2013 Página 26


II. Fazem parte das finalidades da EBSERH a prestação de serviços gratuitos de assistência social, bem como serviços de
apoio ao ensino.
III. No desenvolvimento de suas atividades de assistência à saúde, a EBSERH observará as orientações da Política
Nacional de Saúde, de responsabilidade do Ministério da Saúde.
IV. As atividades de assistência à saúde prestada pela EBSERH estão inseridas integral e exclusivamente no âmbito do
Sistema Único de Saúde –SUS.
A quantidade de itens corretos é igual a:
a) 0
b) 1
c) 2
d) 3
e) 4

156. Compete a EBSERH, exceto:


I. Administrar unidades hospitalares, bem como prestar serviços de assistênciamédico-hospitalar, ambulatorial e de
apoio diagnóstico e terapêutico àcomunidade, no âmbito do SUS.
II. Prestar às instituições federais de ensino superior e a outras instituiçõescongêneres serviços de apoio ao ensino, à
pesquisa e à extensão.
III. Apoiar a execução de planos de ensino e pesquisa de instituições federaisde ensino superior e de outras instituições
congêneres, cuja vinculação com ocampo da saúde pública ou com outros aspectos da sua atividade tornenecessária
essa cooperação.
IV. Prestar serviços de apoio à geração do conhecimento em pesquisasbásicas, clínicas e aplicadas nos hospitais
universitários federais e a outrasinstituições congêneres.
A quantidade de itens corretos é igual a:
a) 0
b) 1
c) 2
d) 3
e) 4

157. Sobre os recursos da EBSERH, é incorreto afirmar:


a) Constituem recursos da EBSERH aqueles oriundos de dotaçõesconsignadas no orçamento da União.
b) A EBSERH não poderá receber recursos por meio de doações por pessoas físicas.
c) O lucro líquido da EBSERH será reinvestido para atendimento do objetosocial da empresa, excetuadas as parcelas
decorrentes da reserva legal e dareserva para contingência.
d) As receitas decorrentes da alienação de bens e direitos são consideradasrecursos da EBSERH.
e) A EBSERH poderá receber legados e subvenções de pessoas jurídicas dedireito privado.

158. Analise os itens a seguir.


I. A EBSERH será administrada por um Conselho de Administração, comfunções deliberativas, e por uma Diretoria
Executiva.
II. A atuação de membros da sociedade civil no Conselho Consultivo daEBSERH será remunerada e será considerada
como função relevante.
III. O regime jurídico do pessoal da EBSERH é o mesmo aplicado ao Bancodo Brasil, Caixa Econômica e Banco Central.
IV. Para sua implantação, a EBSERH é expressamente autorizada acontratar, mediante processo seletivo simplificado,
pessoal técnico eadministrativo por tempo indeterminado.
A quantidade de itens corretos é igual a:
a) 0
b) 1
c) 2
d) 3
e) 4

O Decreto em questão aprova o Estatuto Social da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares - EBSERH, além de
estabelecer outras providências. Sobre suas normas, responda as questões que se seguem.

159. Assinale a alternativa incorreta:


a) A constituição inicial do capital social da EBSERH é de cinco milhões dereais, a ser integralizado pela União.
b) A Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares é uma empresa públicadotada de personalidade jurídica de direito
privado e possui patrimônio próprio.
c) A EBSERH fica sujeita à supervisão do Ministro de Estado da Saúde.
d) A EBSERH tem atuação em todo o território nacional, podendo criarsubsidiárias, sucursais, filiais ou escritórios e
representações no país.
e) A EBSERH tem por finalidade a prestação de serviços gratuitos deassistência médico-hospitalar, ambulatorial e de
apoio diagnóstico eterapêutico à comunidade.

EBSERH - 2013 Página 27


160. Analise os itens a seguir.
I. As atividades de prestação de serviços de assistência à saúdedesempenhadas pela EBSERH estarão inseridas integral e
exclusivamente noâmbito do Sistema Único de Saúde - SUS.
II. No desenvolvimento de suas atividades de assistência à saúde, a EBSERHobservará as diretrizes e políticas
estabelecidas pelo Ministério da Saúde.
III. A EBSERH, no exercício de suas atividades, deverá estar orientada pelaspolíticas acadêmicas estabelecidas no âmbito
das instituições de ensino comas quais estabelecer contrato de prestação de serviços.
IV. O prazo de duração da EBSERH é indeterminado.
A quantidade de itens corretos é igual a:
a) 0
b) 1
c) 2
d) 3
e) 4

161. Não é uma competência da EBSERH:


a) Administrar unidades hospitalares, bem como prestar serviços deassistência médico-hospitalar, ambulatorial e de apoio
diagnóstico eterapêutico à comunidade, integralmente disponibilizados ao Sistema Único deSaúde.
b) Prestar serviços de apoio à geração do conhecimento em pesquisasbásicas, clínicas e aplicadas nos hospitais
universitários federais e a outrasinstituições públicas congêneres.
c) Prestar serviços de apoio ao processo de gestão dos hospitais universitáriose federais e a outras instituições públicas
congêneres, mediante convênio.
d) Prestar, às instituições federais de ensino superior e a outras instituiçõespúblicas congêneres, serviços de apoio ao
ensino e à pesquisa e à extensão,ao ensino-aprendizagem e à formação de pessoas no campo da saúde publica.
e) Apoiar a execução de planos de ensino e pesquisa de instituições federaisde ensino superior e de outras instituições
públicas congêneres, cujavinculação com o campo da saúde pública ou com outros aspectos da suaatividade torne
necessária essa cooperação.

162. São órgão estatutários da EBSERH, exceto:


a) Conselho de Administração. d) Conselho Consultivo.
b) Diretoria Executiva. e) Conselho Fiscal.
c) Hospitais Federais.

163. É o órgão de orientação superior da EBSERH:


a) Conselho Consultivo. d) Conselho de Administração.
b) Conselho Fiscal. e) Procuradoria
c) Diretoria Executiva.

164. Sobre o Conselho de Administração da EBSERH, analise os itens a seguir e assinale a alternativa incorreta
a) O prazo de gestão dos membros do Conselho de Administração será de dois anos contados a partir da data de
publicação do ato de nomeação, podendo ser reconduzidos por igual período.
b) A investidura dos membros do Conselho de Administração far-se-á mediante assinatura em livro de termo de posse.
c) Findo o prazo de gestão, o membro do Conselho de Administração deverá, imediatamente, deixar o exercício da função.
d) No caso de vacância definitiva do cargo de Conselheiro, o substituto será nomeado pelos Conselheiros remanescentes e
servirá até a designação do novo representante, exceto no caso do representante dos empregados.
e) Salvo impedimento legal, os membros do Conselho de Administração farão jus a honorários mensais correspondentes a
dez por cento da remuneração média mensal dos Diretores da EBSERH, além do reembolso, obrigatório, das despesas
de locomoção e estada necessárias ao desempenho da função.

165. Tendo em vista a estrutura de governança da EBSERH, não constitui órgão de administração da empresa:
a) Conselho de Administração.
b) Presidência.
c) Conselho Consultivo.
d) Conselho Fiscal.
e) Diretoria de Gestão de Pessoas.

166. Constitui órgão de Administração da EBSERH:


I – Diretoria Administrativa Financeira.
II – Diretoria de logística e Infraestrutura Hospitalar.
III – Auditoria Interna.
Assinale a alternativa correta.

EBSERH - 2013 Página 28


a) Somente os itens I e II estão corretos.
b) Somente os itens II e III estão corretos.
c) Somente o I está correto.
d) Somente o item II está correto.
e) Todos os itens estão corretos.

167. Não podem participar dos órgãos de administração da EBSERH, conforme determinação expressa:
I – Aqueles declarados falidos ou insolventes.
II – Aquele condenado por crime de prevaricação.
III – Aquele condenado por peculato.
Assinale a alternativa correta.
a) Somente os itens II e III estão corretos.
b) Somente os itens I e III estão corretos
c) Somente o II está correto.
d) Somente o item III está correto.
e) Todos os itens estão corretos.

168. Sobre o Conselho de Administração é incorreto afirmar:


a) É órgão de fiscalização superior da EBSERH.
b) É composto por nove membros nomeados pelo Ministro de Estado da Educação.
c) O presidente da EBSERH não poderá exercer sua Presidência, conforme previsto expressamente no Regimento da
Empresa.
d) Possui dois membros indicados pelo Ministro de Estado da Saúde.
e) Possui um membro indicado pelo Ministro de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão.

169. São competências do Conselho de Administração da EBSERH, exceto:


a) Fixar as orientações gerais das atividades da EBSERH.
b) Aprovar o orçamento e programa de investimento, bem como acompanharsua execução.
c) Elaborar e aprovar o regimento interno da EBSERH e suas alterações supervenientes.
d) Opinar e submeter à aprovação do Ministro de Estado da Fazenda, porintermédio do Ministro da Educação, o relatório
de administração e asdemonstrações contábeis anuais da EBSERH.
e) Deliberar sobre alteração do capital e do estatuto social da EBSERH.

170. Compete ao Conselho Fiscal, exceto:


a) Fiscalizar, por qualquer de seus membros, os atos dos administradores everificar o cumprimento dos seus deveres
legais e estatutários.
b) Denunciar, por qualquer de seus membros, os erros, fraudes ou crimes quedescobrirem, e sugerir providências úteis.
c) Acompanhar a execução patrimonial, financeira e orçamentária.
d) Deliberar sobre o relatório anual da administração e demonstrações financeiras do exercício social.
e) Analisar, anualmente, o balancete e demais demonstrações financeiraselaboradas periodicamente pela EBSERH.

GABARITO EBSERH– 2013

01 A 02 E D D 04 D 05 C
06 E 07 C 08 B 09 A 10 C
11 D 12 E 13 C 14 C 15 D
16 B 17 C 18 E 19 A 20 E
21 B 22 A 23 E 24 A 25 B
26 D 27 C 28 E 29 D 30 A

EBSERH - 2013 Página 29


31 A 32 D 33 B 34 A 35 D
36 A 37 C 38 A 39 A 40 A
41 D 42 B 43 C 44 C 45 B
46 C 47 A 48 A 49 D 50 C
51 A 52 A 53 C 54 B 55 D
56 B 57 D 58 C 59 B 60 A
61 C 62 B 63 B 64 C 65 B
66 C 67 D 68 A 69 D 70 A
71 B 72 B 73 B 74 C 75 E
76 B 77 D 78 D 79 D 80 C
81 D 82 B 83 D 84 D 85 A
86 D 87 D 88 A 89 B 90 A
91 C 92 C 93 B 94 C 95 B
96 C 97 D 98 B 99 B 100 C
101 D 102 B 103 A 104 B 105 D
106 B 107 B 108 C 109 B 110 B
111 C 112 D 113 E 114 C 115 C
116 A 117 B 118 A 119 A 120 C
121 E 122 C 123 D 124 A 125 E
126 C 127 E 128 C 129 A 130 A
131 D 132 C 133 C 134 E 135 D
136 B 137 D 138 C 139 B 140 D
141 A 142 C 143 A 144 C 145 D
146 D 147 B 148 C 149 E 150 E
151 C 152 D 153 D 154 E 155 D
156 E 157 B 158 B 159 C 160 E
161 C 162 C 163 D 164 C 165 D
166 A 167 E 168 A 169 C 170 D

EBSERH - 2013 Página 30