Você está na página 1de 8

ÍNDICE

Introdução ..................................................................................................................................... 3

Impactos Ambientais e Resíduos Sólidos proveniente do beneficiamento de Minério Ouro ....... 4

Impactos Ambientais e Resíduos Sólidos proveniente do beneficiamento de Carvão Mineral .... 5

Impactos Ambientais e Resíduos Sólidos proveniente do beneficiamento de Grafite .................. 6

Impactos Ambientais e Resíduos Sólidos proveniente do beneficiamento de Areias Pesadas ..... 7

Conclusão ...................................................................................................................................... 8

Referências .................................................................................................................................... 9
INTRODUÇÃO

Toda exploração de recurso natural, a actividade de mineração provoca impactos no


meio ambiente seja no que diz respeito à exploração de áreas naturais ou mesmo na
geração de resíduos. Sem a prévia gestão desses resíduos ricos em elementos altamente
tóxicos estocadas às margens de riachos ou lançados directamente nas drenagens, causa
grande comprometimento ambiental do solo e água.

Os principais problemas oriundos da mineração podem ser englobados em cinco


categorias: Poluição da água, poluição do ar, poluição sonora, subsistência do terreno,
incêndios causados pelo carvão e rejeito radioactivos.

A seguir, serão relatadas algumas actividades de exploração mineral onde são abordados
os impactos ambientais gerados durante o processo de exploração e disposição de seus
resíduos.

Objectivos do trabalho

 Objectivo geral

Constitui objectivo geral para esta pesquisa, analisar os impactos ambientais, originados
nas industrias mineiras em diferentes tipos minerais.

 Objectivos específicos

 Identificar e descrever os impactos e resíduos sólidos drenados ao meio


ambiente, no beneficiamento de ouro, carvão mineral, grafite e áreas
pesadas;

 Descrever a importância de identificar estes impactos e resíduos sólidos para


o bem do meio ambiente;

 Avaliar a influência e controle dos impactos e resíduos sólidos nos sectores


mineiros.

3
IMPACTOS AMBIENTAIS E RESÍDUOS SÓLIDOS PROVENIENTE DO
BENEFICIAMENTO DE MINÉRIO OURO
Em plantas de beneficiamento de minério de ouro, defronta-se com problemas
associados à geração da Drenagem Ácida causada pela exploração do Minério de Ouro
Sulfetado rico em Arsénio, que corresponde a aproximadamente 3% de pirita e
arsenopirita. A presença do elemento tóxico arsénio merece destaque no que se refere
aos efeitos da mineração no meio ambiente.

Nesse processo há geração de quantidade considerável de Arsénio nos rejeitos, o que


pode ser um risco ambiental e para a saúde, razão pela qual a gestão deste material deve
ser feita com muita atenção às normas ambientais.

Segundo Borma e Soares (p.246) Resíduos Sólidos contendo sulfetos produzidos em


instalações de mineração e beneficiamento, quando expostos ao oxigênio e a água
sofrem oxidação e de forma inadequada podem gerar Drenagens Ácidas de Mina
(DAM)

Para minimizar a controvérsia relativa ao risco a contaminação por esses rejeitos, pode-
se adoptar a construção de uma barragem para acumular rejeito, uma vez que estes
resíduos de mineração de ouro, maioritariamente apresentam-se sob forma de rejeito.

Segundo Borma e Soares para gerenciar os resíduos sólidos provenientes da extracção


de ouro, apresenta-se algumas estratégias para minimização da geração e a remediação
da DAM.

 Uso de coberturas.
 Uso de Barragens de rejeitos para a acumular de rejeitos.

4
IMPACTOS AMBIENTAIS E RESÍDUOS SÓLIDOS PROVENIENTE DO
BENEFICIAMENTO DE CARVÃO MINERAL
Na mineração de carvão, pode ocorrer a poluição nas águas e no ar e por isso, requer um
sistema rígido de recuperação da área após mineração.

A poluição hídrica causada pela drenagem ácida é provavelmente o impacto mais


significativo das operações de mineração e beneficiamento do carvão mineral. Essa
poluição decorre da infiltração da água de chuva sobre dos rejeitos gerados nas
actividades de lavra e beneficiamento, que alcançam os corpos hídricos superficiais e/ou
subterrâneos. Essas águas adquirem baixos valores de pH (< 3), altos valores de ferro
total, sulfato total e vários outros elementos tóxicos que impedem a sua utilização para
qualquer uso e destroem a flora e a fauna aquática.

A pirita exposta ao meio ambiente durante o processo de mineração e escavação pode


reagir com oxigênio e água produzindo ácido sulfúrico e lixiviando o solo. Sua
oxidação é exotérmica, podendo levar à combustão espontânea dos depósitos de rejeitos
nas minas de carvão. Isso polui o ar e leva à formação de chuva ácida.

O carvão na sua composição é rico em pirita, deve se acomodar de modo que este não
esteja sujeito aos agentes da geodinâmica externa, pois este pode vir a reagir e gerar a
Drenagem Ácida Mineira, sendo assim um monitoramento constante das pilhas de
deposição de estéril e rejeito deve ser adoptado para evitar que o material entre em
contacto com água e bactérias.

5
IMPACTOS AMBIENTAIS E RESÍDUOS SÓLIDOS PROVENIENTE DO
BENEFICIAMENTO DE GRAFITE
Os minérios de grafite encerram teores de carbono que variam desde 3% até valores
superiores a 15%. As principais impurezas consistem em silicatos, silimanite, óxidos de
ferro, pirrotita, biotita, granada, caulinite, alumina.

Os impactos ambientais causados no beneficiamento da grafite são: contaminação do


solo e da água, por resíduos do beneficiamento, como rejeito, embalagens da
mineração, estéril, água de efluente da mineração proveniente da separação água e óleo,
das oficinas, da estação de tratamento de efluentes químicos, drenagem da mina, poeira
do tráfego de caminhões, da chaminé da caldeira, moinhos, gases do laboratório de
química, impacto visual, topográfico, erosão pela retirada da vegetação e também da
monocultura de eucalipto, que é utilizado na própria empresa para geração do vapor no
processo de beneficiamento.

Como medidas de controlo e mitigação desses impactos ambientais, as Mineradoras


devem de certa forma possuir um Sistema de Gerenciamento Ambiental, onde se realiza
monitoramento do ar anualmente, medindo partículas em suspensão nas áreas
minimizando os impactos ambientais através do uso de filtros e molhamento de pista.

As mineradoras devem também realizar monitoramento da água, realizando um


monitoramento mensal de todos os corpos de água superficial e anualmente
monitoramento das águas subterrâneas.

6
IMPACTOS AMBIENTAIS E RESÍDUOS SÓLIDOS PROVENIENTE DO
BENEFICIAMENTO DE AREIAS PESADAS
A extracção de areia nos rios provoca graves danos, como a turbidez da água,
assoreamento em alguns casos, até mesmo o desvio do leito. A exploração de areia nas
margens dos rios passa, em médio prazo, a provocar inundações, águas paradas e todas
as suas consequências, como proliferação de insectos e doenças.

Os impactos causados durante essa exploração e/ou beneficiamento são:

 Aumento da concentração de partículas em suspensão (turbidez) no curso d’


água, devido ao atrito do material mineral com o corpo líquido, durante o
processo de extracção de areia.
 Contaminação do curso de água causada pelos resíduos (óleos, graxas,
lubrificantes) provenientes de maquinarias utilizadas nos diferentes tipos de
operações.
 Geração de resíduos sólidos com a separação do fino durante o processo de
mineração e sua disposição nas lagoas de decantação;

A seguir apresenta-se algumas estratégias para minimização da geração e a


remediação desses impactos:

 Recuperação topográfica, com a reutilização do solo retirado de uma cava em


outra já esgotada e do reaterro de áreas já mineradas com o material residual das
lagoas de decantação.
 Revegetação entorno do empreendimento.

7
CONCLUSÃO
No presente trabalho conclui - se que os minerais, ouro, carvão mineral, grafite e áreas
pesadas; causam impactos e resíduos sólidos para o meio ambiente duma maneira
diferente, isto é, estes minerais possui estruturas, composição química diferente um
doutro, a seu modo de processamento também é diferente, razão pela qual causam uma
vasta degradação no meio ambiente. Salientar que s processos há geração de quantidade
considerável de Arsénio nos rejeitos, o que pode ser um risco ambiental e para a saúde,
Contaminação do curso de água causada pelos resíduos (óleos, graxas, lubrificantes)
provenientes de maquinarias utilizadas nos diferentes tipos de operações.

8
REFERÊNCIAS
Fonte:

REVISTA ESPAÇO DA SOPHIA - Nº 08 – NOVEMBRO/2007 – MENSAL –


ANO I - Impactos ambientais causados por mineração por João Paulo Souza Silva.

BORMA, L.S., MENDONÇA, R. & SOUZA, V. P., Processo de Mitigação da


Formação de Drenagens Ácidas Utilizando Coberturas Secas. Projecto Básico da
Unidade Piloto e da Instrumentação – Avaliação Preliminar dos Custos de Instalação e
Operação de piloto, RT 2002-038-00- Relatório Técnico elaborado para o SIECESC,
126p, 2002.