Você está na página 1de 5

Projeto de Circulação do Espetáculo Pensamentos

Cantados
Projeto Aprovado na Lei de Incentivo à Cultura do Estado do Rio de Janeiro (Lei do ICMS) Nº11054964,
documentação anexa.

Resumo do Projeto:
O projeto de circulação do Show "Pensamentos Cantados", é uma iniciativa
para divulgar e manter a tradicional cultura do samba carioca.

Centrada na figura do Mestre Nelson Sargento e com a participação de seu


parceiro cativo Agenor de Oliveira, pretende circular pelas cidades do interior do
Estado do Rio de Janeiro, levando o bom nome do samba carioca através de seu
mais ilustre representante. Foi planejado para uma execução de 12 meses, uma
cidade por mês e terá seu cenário renovado e uma dinâmica diferenciada.

Objetivos do Projeto:
Realizar o show em 12 cidades, como segue:
Cidade Local de Realização Capacidade de público
Macaé: Teatro Municipal de Macaé 478 lugares
Nova Friburgo Teatro Municipal Ariano 564 lugares
Suassuna
Niterói Teatro Municipal de Niterói 400 lugares
Petrópolis Theatro D.Pedro II 500 lugares
Caxias Teatro Raul Cortez 450 lugares
Quissamã Centro Cultural Sobradinho 130 lugares
Campos dos Teatro Municipal Trianon 400 lugares
Goytacazes
Resende Cine Teatro Vitória 1200 lugares
Vassouras Casa de cultura de Vassouras 200 pessoas
Angra dos Reis Teatro Municipal Dr. Câmara 250 lugares
Torres
Itaguaí: Teatro Municipal de Itaguaí, 400 lugares
Volta Redonda Cine Teatro Guacemss 450 lugares
Total de 12 cidades Total de 5422
ingressos

Para cada cidade será contratado um produtor local, que ficará


encarregado da divulgação local em conjunto com a assessoria de imprensa do
projeto. A ele será fornecido um kit de divulgação composto pelo material orçado
no projeto. A receita obtida com a comercialização custeará itens não previstos e
parte da remuneração da produção local (divulgadores, carros de som,
ferramentas e veículos de comunicação local; decididos em conjunto e conforme
o orçamento e receita prevista. Os ingressos serão comercializados a preços
populares (R$20 a inteira).

Encontra-se em anexo documentação complementar, projeto em


PowerPoint e Cd do espetáculo gravado ao vivo.
Justificativa do Projeto
O sambista Nelson Sargento, atualmente com 86 anos, é o único
compositor da velha guarda da Estação Primeira de Mangueira contemporâneo
de Cartola, Zé Keti, Carlos Cachaça, Nelson Cavaquinho e muitos outros grandes
nomes da nossa música popular. Alguns o consideram uma referência viva, uma
enciclopédia do samba.
A circulação do seu Show é um presente bem-vindo a esse artista
multifacetado, que tanto sofreu e tanto contribuiu para o fortalecimento da
expressão musical mais carioca que existe: O SAMBA.

Compositor de “Agoniza mas Não Morre” vislumbrou o cenário em que o


samba, metaforizado como “Negro forte Destemido” era sempre socorrido antes
do suspiro derradeiro.

O show “Pensamentos Cantados”, após circular pelas 12 cidades, com a


estrutura planejada no projeto, deixará como legado o fomento ao mercado
cultural de cada uma das 12 cidades e o orgulho de ter recebido o “Versátil”
Nelson Sargento.

Justificativa do Fomento:
O Samba é patrimônio histórico e cultural do Estado do Rio de Janeiro, o
que dizer do sambista, do compositor do samba?

O apoio da Secretaria de Cultura do Estado do Rio de Janeiro faz-se


necessário por não existir “interesse comercial” na figura de Nelson Sargento.
Seus shows não lotam grandes estádios, não somam grandes quantias de
recursos, não agregam valores a produtos de consumo. O Fomento é necessário
para preservar tanto a memória em relação ao artista, quanto o próprio artista,
que ainda hoje vive de sua produção musical, plástica e literária.

A presença de Nelson Sargento, em cada cidade pela qual passar, semeará


uma gota da resistência, de lucidez, de arte. Guardando o público em sua
memória, em suas fotos e registros a persistência e a alegria de viver de sua arte
que Nelson Sargento esparrama com todo o seu orgulho mangueirense.

Estratégias de Realização
Pré- Produção: Ensaios em estúdio e nova do roteiro do show, que passará por
modificações em seu cenário.

Produção / Execução: 12 shows, um por mês, em cada uma das cidades citadas,
roteiro de acordo com a disponibilidade de pauta dos espaços.

Contrapartidas
Contrapartida Cultural: 30% dos ingressos distribuídos a escolas estaduais de
nível médio das cidades do roteiro.

Contrapartida econômica: Reversão de 50% da receita com a venda dos


ingressos para a produção local, que obrigatoriamente, com compromisso
firmado através de contrato, contratará no mínimo 5 assistentes de produção.

Coordenador do projeto:
RAQUEL MACEDO BOECHAT

Diretora,Escritora,Produtora,Roteirista, Jornalista. Especializada em Criação


e Desenvolvimento de Projetos. Neta de maestro, formação musical e vivência
nos bastidores da esteira sonora dos anos 80 e da geração sambalanço, bossa-
nova e festivais. Criação e Produção de projetos culturais diversos como:
-Machadinha: longa metragem documental em HD sobre a Fazenda/Quissamã-RJ;
-Senhorita Carioca: -livro e multimidias sobre 400 anos de história do RJ;
-Songbook 20 anos: sobre a edição de Almir Chediak;
-Mostra 'O Negro no Cinema Brasileiro': Berlin/Alemanha, em parceria com
Sidney Martins;

Já atuou como:
-Subsecretária de Cultura do Município de Belford Roxo e posteriormente;
Assessora da Secretaria de Governo e autora e coordenadora de projetos de
políticas públicas para aquele município, autora e coordenadora do 'Projeto APA',
de áreas de proteção ambiental, com a criação e desenvolvimento de 17 APAs no
município;
-Roteirista de videos institucionais e de chamadas promocionais de programação
da Multirio (Prefeitura do Rio - Secretaria de Educação);
-Autora, roteirista e diretora da campanha audiovisual Bacia de Campos 30 anos /
Petrobras, entre outras para esta empresa.

Mais informações em www.raquelboechat.com

Produtor Executivo
Alexsandro Lima de Carvalho

Formando de administração pela Universidade Cândido Mendes com


diversos cursos nas áreas Administrativa e Cultural.
Iniciou sua vida profissional no Sesc Copacabana, tendo atuado como
Técnico de luz e som. Pela EFE Produções Artísticas trabalhou em diversas turnês
com os espetáculos “O Cândido Chico Xavier” e o infantil “´´O Circo Mágico de
Provolone, Goiabada e Guaraná´” como técnico de luz e some assistente de
produção.
Foi coordenador da equipe de sonorização do 1º FITA (Festival
Internacional de Teatro de Angra).
Dirigiu durante sete anos o Centro Cultural Marista, teatro localizado no
Colégio Marista São José tendo como principais funções a gestão e seleção da
pauta e dos recursos do Centro Cultural, a gestão do corpo de funcionários, o
balanceamento da pauta para equilíbrio econômico financeiro, a produção local
dos espetáculos, a captação de espetáculos eventos e recursos, a elaboração de
estratégias de inserção no mercado, a articulação local de parcerias, a
elaboração de relatórios mensais de gestão, entre outras.
Desde outubro de 2009 presta acessória em projetos para diversas
produtoras e atua como produtor freelancer.

Co-produtor
Agenor de Oliveira

Compositor, produtor musical e professor de teoria da literatura. O pai lhe


ensinou a tocar violão “de ouvido”, a mãe cantava nos programas de auditório da
Mayrink Veiga.
Por ter crescido nas vizinhanças de Madureira, aprendeu samba na Portela
e no Império Serrano - Hoje faz parte de sua ala de compositores.
Lançou seu primeiro disco “Cabeças” em 1983, que foi produzido por
Moacyr Luz, que dividiu os arranjos com Fernando Merlino. Em 1997 lançou o CD
“Agenor de Oliveira canta Noel”. No ano 2000, seu samba “Carioca da Gema”
sacudiu os milhares de foliões do Bloco “Simpatia é Quase Amor", em Ipanema.
Tem músicas gravadas por Delcio Carvalho, Nelson Sargento, Wanderlei
Monteiro, Sérgio Souto, Rodrigo Lessa, Nilze Carvalho, e, no exterior, por Mio
Matsuda (Japão), Paulinho Lemos (Espanha/Portugal) e Maruça Rodrigues(Itália).
Em 2005, edita o livro “Pensamentos” comemorando os 81 anos do
parceiro e amigo, baluarte da Mangueira, Nelson Sargento. O livro deu origem ao
show “Pensamentos Cantados”.

Divulgação / Comercialização:

O projeto prevê em orçamento a produção de material gráfico, vídeo e


hotsite para divulgação do projeto conforme tabela abaixo:

1 Vídeo Para início do Espetáculo


24000 Flyers 10x15 couché 100 color
600 Cartazes A3 couché 100 color
1 Design gráfico para material gráfico
1 Impressão em lona hires 3x5m
1 Hotsite do projeto
20 Galhardetes para divulgação
1 Assessoria de imprensa

Nossa assessoria de imprensa, em conjunto com os locais de cada cidade,


realizará a divulgação do show junto aos veículos de comunicação locais.
Obtendo apoio e divulgação, na medida do possível, de jornais, rádios e tv’s.

Todo o material gráfico impresso (com exceção das lonas e galhardetes)


será readequado e impresso para cada uma das doze cidades, e entregues ao
produtor local com, pelo menos 1 mês de antecência.
Os galhardetes e lona da fachada dos espaços será readequada para a
próxima cidade e enviada à produção local após cada show, em cada cidade
teremos não menos que 20 dias para divulgação do show.

Distribuição dos ingressos


Destino % do total Quantidade
Secretaria de 10% 542
Cultura
Patrocinadores 10% 542
Distribuição gratuita 40% 2168
Comercialização 40% 2170
Popular
Total de 5422 ingressos

O valor bruto arrecadado com a comercialização dos ingressos,


considerando que em média
2/3 dos ingressos emitidos são meias entradas totalizam:
1/3 = 723 ingressos inteira (R$20,00) R$14460,00
2/3 = 1445 ingressos meia entrada (R$10,00) R$14450,00

Os valores citados acima custearão outras ações locais do projeto, como casas
de espetáculos que fujam ao orçamento proposto, produções locais mais caras
que o orçamento proposto e outros riscos não previstos que serão devidamente
documentados e contabilizados.

RECURSOS
Resumo do orçamento:
Pré-produção: R$7.000,00
Produção/Execução: R$167.400,00
Divulgação/Mídia: R$33.160,00
Despesas administrativas: R$13.000,00
Impostos/Recolhimentos/Taxas: R$9.638,00
Elaboração/Agenciamento: R$19.800,00
Total dos recursos do projeto: R$250.000,00

Lei de incentivo utilizada: Lei de Incentivo à Cultura do Estado do Rio de Janeiro


(Lei do ICMS)

Total dos recursos do projeto aprovado para o projeto:


Incentivado R$200.000,00
Contrapartida do Patrocinador: R$50.000,00

Interesses relacionados