Você está na página 1de 43

Termodinâmica

Calor e Trabalho
Parte 1

Termodinâmica – EMB5009 – Prof. Fabiano Wolf


Energia
Calor e trabalho são as únicas formas de se transferir
energia para um sistema fechado.

Calor

SISTEMA
FECHADO ENERGIA

Trabalho

Termodinâmica – EMB5009 Prof. Fabiano Wolf UFSC – Campus Joinville


Energia
É um dos conceitos mais importantes da Termodinâmica:

“Energia é a capacidade de produzir um efeito.”

Formas de energia: térmica, mecânica, cinética, potencial,


magnética, elétrica, química, nuclear.

A soma de todas essas formas é a energia total, E, de um


sistema. Por unidade de massa:

E  J 
e=  
m  kg 
Termodinâmica – EMB5009 Prof. Fabiano Wolf UFSC – Campus Joinville
Energia
Quais são as formas de energia que compõe a ENERGIA
TOTAL?

CINÉTICA

MACROSCÓPICA

POTENCIAL

ENERGIA
TOTAL
AGITAÇÃO
MOLECULAR

MICROSCÓPICA
ESTRUTURA
ATÔMICA

Termodinâmica – EMB5009 Prof. Fabiano Wolf UFSC – Campus Joinville


Energia
A energia macroscópica associada ao movimento é a
energia cinética:

mν 2 ν2  J 
Ec = [J ] ec =  kg 
2 2  

A energia macroscópica relacionada ao campo gravitacional


é a energia potencial:

 J 
Ep = mgz [J ] ep = gz  
 kg 

Termodinâmica – EMB5009 Prof. Fabiano Wolf UFSC – Campus Joinville


Energia
E quais são as fontes de energia microscópica?

Energia interna: é a soma de todas as formas


microscópicas.

Termodinâmica – EMB5009 Prof. Fabiano Wolf UFSC – Campus Joinville


Energia
ENERGIA TOTAL = INTERNA + CINÉTICA + POTENCIAL

mν 2
E = U + Ec + Ep = U + + mgz
2

ν2
e = u + ec + ep = u + + gz
2

Sistemas fechados na maioria das aplicações são


estacionários, ou seja, ∆E = ∆U.

Termodinâmica – EMB5009 Prof. Fabiano Wolf UFSC – Campus Joinville


Calor
Da experiência sabemos que os corpos quentes ou frios
tendem a se resfriar ou aquecer quando deixados no
ambiente.

Café quente se
resfria Bebida fria se
aquece
Existe transferência de energia enquanto não houver
equilíbrio térmico. A essa transferência de energia dá-se o
nome de calor.

Termodinâmica – EMB5009 Prof. Fabiano Wolf UFSC – Campus Joinville


Calor
Calor é definido como a forma de energia transferida entre dois
sistemas em virtude da diferença de temperatura.

Calor Calor
Sem transferência
de calor

Ar da sala
25 °C

O calor representa a transferência de energia térmica!

Termodinâmica – EMB5009 Prof. Fabiano Wolf UFSC – Campus Joinville


Calor
IMPORTANTE: um corpo não possui calor! Um corpo
possui energia térmica!

O calor é reconhecido ao Calor é a


SISTEMA
energia em
atravessar a fronteira! T1 T2 trânsito!

No sistema internacional (SI), a unidade de energia é o


joule (J). O calor por unidade de massa:

Q  kJ 
q=  kg 
m  

Termodinâmica – EMB5009 Prof. Fabiano Wolf UFSC – Campus Joinville


Calor
Processo adiabático: não há transferência de calor
(adiabático vem do grego, adiabatos, que significa
intransponível).

ISOLANTE

Q=0
SISTEMA SISTEMA
ADIABÁTICO ADIABÁTICO

T1 T2

SISTEMA ISOLADO T1 = T2

Termodinâmica – EMB5009 Prof. Fabiano Wolf UFSC – Campus Joinville


Calor
Taxa de transferência de calor: calor transferido por
unidade de tempo, dado por

 kJ 
 s  ou [kW ]
Q
Q=
&
∆t  

Calor é transferido por meio de três mecanismos diferentes:


condução, convecção e radiação (TÓPICO DE
INTERESSE ESPECIAL, página 75).

Termodinâmica – EMB5009 Prof. Fabiano Wolf UFSC – Campus Joinville


Condução
Ocorre no interior de um corpo ou
entre corpos em contato.

Como a energia é transferida?

Gases e líquidos: devida às colisões entre moléculas durante seu


movimento aleatório.
Sólidos: combinação entre vibrações moleculares e transporte de
energia pelos elétrons livres.
Termodinâmica – EMB5009 Prof. Fabiano Wolf UFSC – Campus Joinville
Condução
Taxa de transferência de calor (J/s) por condução:
100 °C 0 °C

Q& cond ∝ TH − TC

Q& cond ∝ A  TH − TC 
Qcond ∝ A
& 
 L 

1
Qcond ∝
&
L

Termodinâmica – EMB5009 Prof. Fabiano Wolf UFSC – Campus Joinville


Condução

 TH − TC 
Qcond = kt A
& 
 L 
condutividade
térmica

kt é uma medida da capacidade do material conduzir calor

Termodinâmica – EMB5009 Prof. Fabiano Wolf UFSC – Campus Joinville


Condução

 TH − TC  ∆T
Qcond = kt A
&  = − kt A
 L  ∆x

dT
Lei de Fourier Qcond = − kt A
&
dx

http://www.jhu.edu/virtlab/conduct/conduction.htm

Termodinâmica – EMB5009 Prof. Fabiano Wolf UFSC – Campus Joinville


f1

Condução
Condutividade
Material
térmica [W/(m·K)]
Prata 426
Cobre 385
Ouro 317
Alumínio 237
Gelo 1,60
Ferro 80,3
Vidro 0,72 - 0,86
Água líquida 0,61
Tijolo 0,4 - 0,8
Madeira (pinho) 0,11 - 0,14
Fibra de vidro 0,046
Ar 0,026
Isopor 0,010

Bons condutores de calor ⇒ Bons condutores elétricos


Termodinâmica – EMB5009 Prof. Fabiano Wolf UFSC – Campus Joinville
Slide 17

f1 OURO
Constitui engano achar que o ouro é o melhor condutor térmico. Na temperatura ambiente, no planeta Terra, o material melhor condutor de
calor ainda é a prata. Relativamente, a prata tem condutividade térmica de 108 %; o cobre 100 %; o ouro 70 %; o alumínio 60 % e o titânio
apenas 1 %.

Entretanto, para conexões entre partes metálicas distintas, em que o calor deve passar de uma superfície para outra, o ouro leva muita
vantagem sobre os demais materiais, pois sua oxidação ao ar livre é extremamente baixa, resultando numa elevada durabilidade na
manutenção do bom contato térmico.

Entre os citados, o alumínio seria o pior material para as conexões térmicas ou elétricas, devido à facilidade de oxidação e à baixa
condutividade térmica da superfície oxidada. Assim, uma conexão entre peças de cobre douradas levam vantagens sobre outros metais.

Uma conexão entre superfícies de cobre, soldada com prata constitui a melhor combinação para a condução do calor ou da eletricidade entre
condutores distintos.
fg; 28/03/2011
Uma das paredes de uma sala é de concreto, outra é de
cobre e uma terceira é feita de aço. Todas as paredes têm o
mesmo tamanho e estão à mesma temperatura de 20 °C.
Qual das paredes parece mais fria ao tato?

(a) Concreto; Material kt [W/m·K]


Concreto 0,8
(b) Cobre;
Cobre 385
Aço 50,2
(c) Aço;

 TM − TP 
(d) Todas parecem igualmente frias. Qcond = kt A
& 
 L 

Termodinâmica – EMB5009 Prof. Fabiano Wolf UFSC – Campus Joinville


Condução e resistência térmica

 TH − TC 
Qcond = kt A
& 
 L 

A(TH − TC )
Qcond =
&
R
Resistência térmica
L
R=
k

Termodinâmica – EMB5009 Prof. Fabiano Wolf UFSC – Campus Joinville


Convecção
É o modo de transferência de energia entre uma superfície
sólida e um fluido, onde ocorre transporte de massa de uma
região para outra.

Termodinâmica – EMB5009 Prof. Fabiano Wolf UFSC – Campus Joinville


Convecção
A convecção é o efeito combinado de condução e
movimento do fluido.

Termodinâmica – EMB5009 Prof. Fabiano Wolf UFSC – Campus Joinville


Convecção
Taxa de transferência de calor (J/s) por convecção
forçada:
T∞
Lei de resfriamento
de Newton

Q& conv = hA(Ts − T∞ )

coeficiente de
transferência
por convecção
É um coeficiente experimental e depende da
geometria, do fluido e da velocidade

Termodinâmica – EMB5009 Prof. Fabiano Wolf UFSC – Campus Joinville


Convecção

Tipo de convecção h (W · m-2 · K-1)


Convecção natural em gases 2 - 15
Convecção natural em líquidos 50 - 1000
Convecção forçada em gases 15 - 250

Convecção forçada em líquidos 100 - 20000

Convecção com mudança de fase:


2500 - 100000
ebulição e condensação

Valores típicos para o coeficiente de transferência de calor, h


(Holman, 2002; Incropera, de Witt, 2002)

Termodinâmica – EMB5009 Prof. Fabiano Wolf UFSC – Campus Joinville


Radiação
É o tipo de transferência de energia que ocorre por meio de ondas
eletromagnéticas (fótons).

Não necessita de um meio material.

Termodinâmica – EMB5009 Prof. Fabiano Wolf UFSC – Campus Joinville


Radiação

Termodinâmica – EMB5009 Prof. Fabiano Wolf UFSC – Campus Joinville


Radiação térmica
Comprimento de onda λ

Termodinâmica – EMB5009 Prof. Fabiano Wolf UFSC – Campus Joinville


Radiação
Todo corpo a uma temperatura acima do zero absoluto
emite radiação térmica!
20 ºC ⇒ Infravermelho
800 ºC ⇒ Luz visível (vermelho)
3000 ºC ⇒ Luz visível (branco)

A taxa de emissão de radiação térmica de uma superfície é


dada pela lei de Stefan-Boltzmann (σ = 5,67 x 10-8 W/m2·K4)

Qrad = εAσTs
& emit 4

Emissividade
Termodinâmica – EMB5009 Prof. Fabiano Wolf UFSC – Campus Joinville
Radiação
Um corpo que emite bem o calor também o absorve bem. A
superfície ideal é chamada de corpo negro.

A emissividade ε varia entre 0 e 1 e é uma medida do quanto uma


superfície se aproxima de um corpo negro (ε = 1)

Qrad = AεσTs
& emit 4

Emissividade
A absortividade α varia entre 0 e 1 e é a fração de energia da
radiação incidente que é absorvida (corpo negro tem α = 1).

Qrad = AασTs
& abs 4

Absortividade

Termodinâmica – EMB5009 Prof. Fabiano Wolf UFSC – Campus Joinville


Radiação
Se uma superfície com temperatura Ts e o ambiente com
temperatura Tamb estão emitindo radiação térmica, taxa de
transferência líquida de calor por radiação:

Qrad = εAσTs4 − αAσTamb


& líq 4

A lei de Kirchhof diz que emissividade = absortividade a


mesma temperatura e comprimento de onda:

& líq 4
(
Qrad = εAσ Ts − Tamb
4
)
Termodinâmica – EMB5009 Prof. Fabiano Wolf UFSC – Campus Joinville
Radiação

& líq 4
(
Qrad = εAσ Ts − Tamb
4
)
Ts > Tamb: o corpo emite mais radiação

Ts < Tamb: o corpo absorve mais radiação

Ts = Tamb: as taxas de emissão e absorção são iguais

Termodinâmica – EMB5009 Prof. Fabiano Wolf UFSC – Campus Joinville


Mecanismos de transferência de calor

 TH − TC 
Condução: Qcond = kt A
& 
 L 

Convecção: (
Q& conv = hA Ts − T f )
Radiação: Qrad = εAσ Ts − Tamb
& líq 4 4
( )
Todos envolvem uma diferença de temperatura!
Termodinâmica – EMB5009 Prof. Fabiano Wolf UFSC – Campus Joinville
Garrafa térmica

Termodinâmica – EMB5009 Prof. Fabiano Wolf UFSC – Campus Joinville


Dilatação térmica
Os materiais se expandem com o aumento da temperatura!

Termodinâmica – EMB5009 Prof. Fabiano Wolf UFSC – Campus Joinville


Dilatação térmica

T0
L0 ∆L

T0 + ∆T
L0 + ∆L

∆L ∝ ∆T
∆L ⇒ material ∆L = αL0 ∆T
∆L ∝ L0 Coeficiente de
dilatação linear

Termodinâmica – EMB5009 Prof. Fabiano Wolf UFSC – Campus Joinville


Dilatação térmica

L final = L0 + ∆L = L0 + αL0 ∆T = L0 (1 + α∆T )

Material α [K-1 ou °C-1]

Alumínio 2,4 x 10-5


Latão 2,0 x 10-5
Cobre 1,7 x 10-5
Vidro 0,4-0,9 x 10-5
Invar (liga de ferro-níquel) 0,09 x 10-5
Quartzo (fundido) 0,04 x 10-5
Aço 1,2 x 10-5

Termodinâmica – EMB5009 Prof. Fabiano Wolf UFSC – Campus Joinville


Dilatação térmica
Por que o aumento de comprimento é proporcional ao
comprimento inicial, ou seja, ∆L ∝ L0?

L0 2L0

∆L ∆L ∆L

Lf = L0 + ∆L Lf = 2L0 + 2∆L

∆L = αL0 ∆T
Termodinâmica – EMB5009 Prof. Fabiano Wolf UFSC – Campus Joinville
Dilatação térmica
A relação é válida para qualquer comprimento linear, seja o
lado de um cubo ou o diâmetro de um círculo.

∆L = αL0 ∆T

Termodinâmica – EMB5009 Prof. Fabiano Wolf UFSC – Campus Joinville


Dilatação térmica
Dilatação volumétrica Coeficiente de dilatação
volumétrica

∆V = β V0 ∆T
Anel de Gravesande
Este instrumento didático, idealizado pelo matemático e físico holandês
Willem Jacob's Gravesande (1688-1742)

Termodinâmica – EMB5009 Prof. Fabiano Wolf UFSC – Campus Joinville


Dilatação térmica

∆V = β V0 ∆T

Termodinâmica – EMB5009 Prof. Fabiano Wolf UFSC – Campus Joinville


Dilatação térmica da água

A água se expande ao congelar!

Termodinâmica – EMB5009 Prof. Fabiano Wolf UFSC – Campus Joinville


Dilatação térmica da água

Devido ao comportamento
anômalo da água, um lago se
congela de cima para baixo.

A temperatura da água no fundo


permanece em torno de 4 °C.

Se não fosse assim, a fauna e a


flora no fundo de mares e lagos
seriam muito diferentes.

Termodinâmica – EMB5009 Prof. Fabiano Wolf UFSC – Campus Joinville


Referências bibliográficas

Material preparado com o auxílio das seguintes fontes:

Y. A. Çengel, M. A. Boles, Termodinâmica, 5ª Ed., Mcgraw-Hill,


2006 (Versões em português e inglês).

F. Sears, H. D. Young, R. A. Freedman, M. W. Zemansky, Física


II - Termodinâmica e Ondas, 12a Ed., Pearson Education, 2008.

D. Halliday, R. Resnick, J. Walker, Fundamentos de Física, Vol.


2, Gravitação, Ondas e Termodinâmica, 8a Ed., LTC, 2009.

Termodinâmica – EMB5009 Prof. Fabiano Wolf UFSC – Campus Joinville