Você está na página 1de 22

PVE/1406/1.

2
O
Caminho
para a
Vida
Eterna
ESTA PUBLICAÇÃO NÃO É PARA SER VENDIDA. © 2010, 2011, 2014 Igreja de Deus Unida, uma Associação Internacional
É um serviço educacional de interesse público, publicada Todos os direitos reservados. Impresso nos E. U. A.
pela Igreja de Deus Unida, uma Associação Internacional. As Escrituras aqui citadas, salvo referido em contrário, são extraídas da
versão da Bíblia Portuguesa por João Ferreira de Almeida,
Revista e Corrigida (ARC), SBB 1998.
2 O Caminho para a Vida Eterna Introdução 3

Introdução
Índice “ … Larga é a porta, e espaçoso, o caminho que
conduz à perdição, … e apertado, o caminho que
3 Introdução leva à vida, e poucos há que a encontrem” (Mateus 7:13-14).

5 Arrependimento: O Primeiro Passo


8 Graça e Obras de Obediência
-HVXVHRV6HXV$SyVWRORV$¿UPDPD1HFHVVLGDGHGH
A credita em muitos caminhos que levam à salvação?
Embora muitas igrejas tenham processos formais para admitir
crentes no seu grupo, as suas práticas diferem grandemente. Até parece
Obedecer aos Mandamentos de Deus que cada uma toma um caminho diferente. Mesmo as suas cerimónias
16 A Função Crucial da Fé batismais são diferentes. Algumas espargem ou derramam. Outras sub-
mergem por completo os crentes em água corrente ou lagos. Alguns gru-
19 O Batismo de Água e o impor das Mãos pos batizam bebés, enquanto outros não. Ainda outros crêem que não há
23 As Crianças Devem Ser Batizadas? necessidade alguma de batismo.
Muitos declaram que obtêm a sua
24 Devemos Desejar Ser Batizados com Fogo?
autoridade vinda da Bíblia, contudo
27 O Perdão do Pecado divergem extensamente nas suas
práticas. Pode ser que tão diferentes
32 Manter o Caminho FUHQoDVHFRVWXPHVVHMDPMXVWL¿FDGRV
na Bíblia? E isso interessa realmente
34 Somos Batizados Num Corpo Espiritual
a si ou a Deus?
iStockPhoto
Quando pensa em estabelecer uma
relação com Deus, o que é que lhe
As cerimónias batismais diferem grandemente entre igrejas.
Umas espargem ou derramam. Outras submergem os crentes.
Alguns grupos batizam os bebés, enquanto outros não. Ainda
outros crêem que não há necessidade alguma de batismo. Faz
isto alguma diferença?
vem à mente? Antevê assistir a uma reunião de renascimento ou a um
evangelista via TV? Que dizer a reuniões de oração ou jogos de bingo
patrocinados por igrejas? Talvez o seu contacto com a religião tenha sido
tipo venda difícil, evangelismo porta a porta ou pregadores de esquina.
Versões Bíblicas
As escrituras citadas são extraídas da versão da Bíblia Portuguesa por Enfrentadas com tão variadas e contraditórias aproximações, não
João Ferreira de Almeida, Revista e Corrigida (ARC). surpreende que muitas pessoas depreciem a religião por completo. Para
Quando outra versão é usada, a versão bíblica é referenciada com as algumas, a ideia de que se pode viver eternamente é de certeza noção por
seguintes abreviações:
ARA – Almeida Revista e Atualizada
demais boa para ser verdadeira. Para o cínico incorrigível, o batismo pode
ACF – Almeida Corrigida Fiel soar como que mesmo um termo religioso vazio ou hábito estranho, e
BLH – Bíblia na Linguagem de Hoje sugerir que é um passo necessário para a vida eterna pode parecer ridículo.
NVI – Nova Versão Intrenacional Mas que dizer disto? Sabe o que é que a Bíblia revela sobre este assunto
4 O Caminho para a Vida Eterna Arrependimento: O Seu Primeiro Passo 5

YLWDO"1RWHRTXHR3UySULR-HVXV&ULVWRWHPSDUDGL]HU³1LQJXpPSRGH
vir a mim, se o Pai, que me enviou, o não trouxer; e eu o ressuscitarei no
último Dia” (João 6:44 ênfase adicionada).
Arrependimento:
&ODUDPHQWHYLUD'HXVpXPSURFHVVRTXH(OHLQLFLDHTXHQyVWHPRV
de escolher aceitar ou rejeitar o Seu caminho, quando oferecido. Se
DFHLWDPRV WHPRV XP SURFHVVR GH¿QLGR SDUD VHJXLU TXH (OH UHYHOD
O Seu Primeiro Passo
nitidamente nas Escrituras. “Naqueles dias, apareceu João Batista pregando no
1R 'LD GH 3HQWHFRVWHV D VHJXLU j PRUWH H UHVVXUUHLomR GH &ULVWR R deserto da Judeia e dizendo: Arrependei-vos, porque
apóstolo Pedro instruiu os que se é chegado o Reino dos céus.” (Mateus 3:1-2)
tinham juntado para se arrepender
e batizar para perdão dos seus
pecados (Actos 2:38). Então,
jTXHOHV TXH LVVR ¿]HUDP 'HXV A pós sermos chamados por Deus, o arrependimento é o ponto de início
da nossa relação com Ele. Sem arrependimento, estamos separados
de Deus: “Eis que a mão do SENHOR não está encolhida, para que não
deu-lhes do Seu Espírito Santo, o
qual Ele também a nós O dará se possa salvar; nem o seu ouvido, agravado, para não poder ouvir. Mas as
seguirmos os mesmos passos, vossas iniquidades fazem divisão entre vós e o vosso Deus, e os vossos
permitindo-nos viver a nova vida pecados encobrem o seu rosto de vós, para que vos não ouça”
para a qual Ele nos chamou. (Isaías 59:1-2).
Designpics
O batismo representa o 0DV 'HXV TXHU TXH WRGRV VH DUUHSHQGDP H VH WRUQHP 6HXV ¿OKRV
compromisso mais importante que um ser humano pode tomar na sua (2 Pedro 3:9; João 1:12). Para isto acontecer, Deus na Sua grande
YLGD$SHVDUGHVHUXPDFHULPyQLDVLPSOHVHOHFRQ¿UPDQRVSRGHURVDPHQWH misericórdia começa por nos dirigir ao arrependimento (Romanos 2:4).
profundas mudanças no coração e na mente. Ele representa a rejeição Reparar como Deus usou o apóstolo Pedro para instruir quem Ele
completa do passado pecaminoso e o começar de uma nova vida de chamava. No primeiro sermão de Pedro proferido no Dia de Pentecostes,
FRPSOHWDHQWUHJDD-HVXV&ULVWRFRPRQRVVR6HQKRUH6DOYDGRU ele disse: “Saiba, pois, com certeza, toda a casa de Israel que a esse Jesus,
Deus deseja ardentemente que nós tomemos este caminho. “O Senhor DTXHPYyVFUXFL¿FDVWHV'HXVRIH]6HQKRUH&ULVWR2XYLQGRHOHVLVWR
… é longânimo para convosco, não querendo que alguns se percam, senão compungiram-se em seu coração e perguntaram a Pedro e aos demais
que todos venham a arrepender-se” (2 Pedro 3:9). Aceitando a Sua oferta apóstolos: Que faremos, varões irmãos?
SHUPLWHQRV VHUPRV 6HXV ¿OKRV H ¿OKDV (P -RmR  OHPRV ³$ WRGRV “E disse-lhes Pedro: ‘Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado
TXDQWRV R UHFHEHUDP GHXOKHV R SRGHU GH VHUHP IHLWRV ¿OKRV GH 'HXV´ em nome de Jesus Cristo para perdão dos pecados, e recebereis o dom do
(João 1:12). Espírito Santo’” (Actos 2:36-38).
O batismo, como explicado na sua Bíblia, é muito mais que um meio 0DVRTXHTXHUGL]HU³DUUHSHQGHU´"$GH¿QLomRGHDUUHSHQGHULQFOXLXP
que liga a uma igreja ou simplesmente uma cerimónia religiosa para mudar, com mágoa, de comportamento; o mudar de uma opinião para
infantes. Ele representa uma decisão madura, tomada depois de cuidadosa melhor; lamento ou contrição; mágoa pelo erro com auto condenação;
deliberação. Jesus preveniu a quem O seguisse “para fazer as contas dos repulsa pelos erros passados; completo desvio do pecado.
JDVWRV´ DQWHV GH VH FRPSURPHWHU YHU /XFDV   2 EDWLVPR A Bíblia descreve arrependimento como um profundo reconhecimento
representa a magnitude desse compromisso—e é um grande passo no dos nossos pecados e da mágoa resultante que nos leva a mudar os nossos
estreito caminho que leva a vida eterna. pensamentos e acções: “Porque a tristeza segundo Deus opera
arrependimento para a salvação, da qual ninguém se arrepende; mas a
WULVWH]DGRPXQGRRSHUDDPRUWH´ &RUtQWLRV 
A mágoa devota permite-nos ver como somos totalmente egoístas,
corruptos e distantes de Deus e motiva-nos a termos esperança em Si. Ela
conduz-nos a um compromisso profundo, com mudança de vida.
6 O Caminho para a Vida Eterna Arrependimento: O Seu Primeiro Passo 7

$RFRQWUiULRPiJRDPXQGDQDpEDL[DHVXSHU¿FLDOQmRSURGX]PXGDQoD 2:4, mas Ele não faz a escolha por nós. A decisão permanece nossa.
real nem permanente. Os que escolhem arrepender-se verdadeiramente, depressa se apercebem
Intrinsecamente, arrepender é mudar. É sair da nossa forma anterior de que Deus está activo em suas vidas—trabalhando neles para lhes infundir
viver em nós centrado para servirmos a Deus e centrar a nossa vida à um desejo profundo a mudar no que quer que seja necessário para O
Sua volta. agradar. Eles querem aprender a vontade de Deus—saber o que Ele espera
Pedro, no seu sermão atrás referido, descreve arrependimento como deles. Estudam a Palavra inspirada de Deus, a Bíblia, para entender
uma expressão pessoal de profunda e sentida rendição a Deus, o resulta- melhor a Sua vontade. Desejam submeter-se a Deus e viver segundo a
do de reconhecer e aceitar o que Jesus, como nosso Salvador pessoal, fez Sua instrução.
SDUD QRV UHFRQFLOLDU FRP 'HXV 3DL 5RPDQRV   &RUtQWLRV O estudo sincero da Palavra de Deus, junto a um forte desejo de
  2 DUUHSHQGLPHQWR XQHQRV FRP obedecer à Sua vontade depressa nos revela os desejos egoístas que
'HXV3DLH-HVXV&ULVWRQXPDUHODomR dominam o comportamento e raciocínio da maior parte das pessoas.
extraordinária. &RPHoDPRV SRU UHFRQKHFHU D SHQHWUDQWH LQÀXrQFLD TXH D QRVVD PHQWH
carnal, como Paulo lhe chama, tem no nosso pensar e comportar (Romanos
O milagre do arrependimento
 
&HGR QD QRVVD UHODomR FRP 'HXV Antes de nos arrependermos, Deus tem de nos provar pecadores
nós precisamos de entender que o (João 16:8), ajudando-nos a vermos quão distantes estamos dos Seus
arrependimento é um milagre. Pela caminhos. Temos de reconhecer o pecado em nós e compreender a nossa
Bíblia vemos a oportunidade para hostilidade profundamente enraizada contra Ele.
arrepender como um dom vindo de Reconhecer o pecado em nós próprios é um passo enorme. O primeiro
Deus, somente possível quando Deus passo para mudar um mau hábito ou evitar um acto errado é reconhecer o
QRV FKDPD SDUD (OH &RPR UHIHULGR problema e admitir que ele existe. Temos de ter força de vontade para
anteriormente, Jesus declarou admitir as nossas faltas e reconhecer a nossa culpa. “Se confessarmos os
abertamente: “Ninguém pode vir a QRVVRV SHFDGRV HOH p ¿HO H MXVWR SDUD QRV SHUGRDU RV SHFDGRV H QRV
mim, se o Pai, que me enviou, o não SXUL¿FDU GH WRGD LQMXVWLoD 6H GLVVHUPRV TXH QmR SHFDPRV ID]HPROR
Designpics
trouxer” (João 6:44). PHQWLURVRHDVXDSDODYUDQmRHVWiHPQyV´ -RmR 
A Bíblia descreve o arrependimento como um profundo
O que é pecado?
reconhecimento dos nossos pecados e resultante mágoa
1RPXQGRDFWXDORDVVXQWRSHFDGRQmRpSRSXODU&RPRXPDVRFLHGDGH
que nos leva a mudar os nossos pensamentos e acções.
nós procuramos meios de nos absolvermos da responsabilidade dos nossos
É impossível para quem quer que seja, actuando só, submeter actos. Ouvimos os peritos dizer: “ele foi abusado como uma criança, por
completamente a sua vontade a Deus. Humanamente, nós não podemos conseguinte não o podemos responsabilizar pelo que fez.” Se todos fazem
compreender a profundidade da mudança que Deus deseja ver em nossos alguma coisa, pensamos que ela não tem de ser assim tão má.
corações e em nossas mentes. Nós precisamos de ajuda até para 0DV 'HXV SHOD %tEOLD YDL GLUHFWR DR kPDJR GR DVVXQWR GH¿QLQGR
entendermos o que é o pecado! claramente para nós o pecado em 1 João 3:4: “Todo aquele que pratica o
É por isso que Deus nos tem de conceder arrependimento (Actos 11:18; pecado também transgride a lei, porque o pecado é a transgressão da lei”
2 Timóteo 2:25). Para além disso nós precisamos de vontade—de desejo (ARA).
e de escolha—de arrepender. Também esta disposição para arrepender A que lei é que João se estava referindo? Ele põe isso a claro noutros
vem de Deus: “porque Deus é o que opera em vós tanto o querer como o versículos desta mesma epístola: “Nisto sabemos que o conhecemos: se
efectuar, segundo a sua boa vontade” (Filipenses 2:13). guardarmos os seus mandamentos. Aquele que diz: Eu conheço-o e não
Não obstante Deus “quer que todos os homens se salvem” guarda os seus mandamentos é mentiroso, e nele não está a verdade”
(1 Timóteo 2:4) Ele não força ninguém a arrepender-se. O Seu carinho e a (1 João 2:3-4). E: “Porque esta é a caridade de Deus: que guardemos os
Sua bondade conduzem-nos ao arrependimento, como se vê em Romanos seus mandamentos; e os seus mandamentos não são pesados” (1 João 5:3).
8 O Caminho para a Vida Eterna Arrependimento: O Seu Primeiro Passo 9

Graça e Obras de Obediência mente, Deus não perdoará a quem


persista deliberadamente em
Deus salva-nos pela graça através
da fé pelo absoluto propósito de

T al como João Baptista, Jesus


Cristo disse que nós temos de
dar fruto: “quem está em mim, e eu
sendo inimigos, fomos reconcilia-
dos com Deus pela morte de seu
Filho, muito mais, estando já
pecado como estilo de vida. Paulo
escreveu: “Que diremos, pois?
produzir boas obras, embora essas
boas obras não possam alcançar a
Permaneceremos no pecado, para nossa salvação.
nele, este dá muito fruto, . . . Nisto reconciliados, seremos salvos que a graça seja mais abundante? “Porque pela graça sois salvos,
p JORUL¿FDGR PHX 3DL TXH GHLV pela sua vida” (Romanos 5:8-10). De modo nenhum! Nós que esta- por meio da fé; e isso não vem
muito fruto; e assim sereis meus Cristo vivendo em nós mos mortos para o pecado, como de vós; é dom de Deus. Não vem
discípulos” (João 15:5, 8). dá-nos poder para fazermos viveremos ainda nele?” (Romanos das obras, para que ninguém se
+i TXHP ¿TXH FRQIXVR TXDQGR boas obras (ver Gálatas 2:22). O 6:1-2). glorie. Porque somos feitura sua,
medita na esperança de Jesus em perdão de Deus dos nossos A rota da nossa vida tem de criados em Cristo Jesus para as
nós darmos fruto. Tais pessoas pecados passados e a Sua ajuda mudar como requisito para rece- boas obras, as quais Deus pre-
supõem que qualquer exigência em obedecermos à Sua lei são bermos o dom da salvação de parou para que andássemos
para obedecermos a Deus, dois aspectos da Sua graça Deus. É isto o que Cristo e os nelas” (Efésios 2:8-10).
quer dizer que estamos a ganhar para connosco. apóstolos ensinaram. Paulo disse: Porque é tão difícil entender e
a nossa salvação. Certamente, Graça e obras obedientes são “anunciei . . . que se emendassem aceitar este conceito? É simples-
é impossível ganharmos a nossa termos complementares em vez de e se convertessem a Deus, fazendo mente seguir as pegadas de
salvação. A salvação é um dom contraditórios. A palavra graça vem obras dignas de arrependimento” Cristo, imitando o Seu exemplo
gratuito, imerecido, vindo de Deus. GHXPDSDODYUD*UHJDTXHVLJQL¿FD (Actos 26:20). As obras demons- (1 João 2:6)
Nós não poderíamos ganhar “dom” ou “favor.” A salvação, ou tram o nosso arrependimento a Jesus disse aos seus discípulos:
a salvação numa centena de vida eterna, é um dom que Deus, mas nunca nos ganharão o “Resplandeça a vossa luz diante
vidas que tivéssemos, fazendo recebemos pela graça (Romanos direito para exigirmos o que quer dos homens, para que vejam as
boas obras. 6:23; Efésios 2:8-9). Nenhum que seja de Deus ou nos permita YRVVDVERDVREUDVHJORUL¿TXHPR
Nós não somos salvos pelas trabalho ou esforço nossos, para vangloriar-nos de que merecemos vosso Pai, que está nos céus”
nossas obras. Unicamente o sacri- obedecermos a Deus poderiam a vida eterna. (Mateus 5:16). Conquanto as obras
fício do sangue derramado de ganhar-nos a vida eterna. Isto não Em verdade, é Deus quem nos não nos ganhem a vida eterna,
Cristo pode limpar-nos dos nossos quer dizer que em última análise a conduz a obedecer-Lhe (Romanos HODV JORUL¿FDP RX KRQUDP 'HXV
pecados. Os nossos pensamentos vida eterna é livre de custos. Cristo 2:4; Actos 11:18; 2 Timóteo 2:25) e, e Ele requer que nós O honremos
não podem salvar-nos, nem qual- pagou com a Sua vida de modo a então, dá-nos poder para sermos pelo modo como vivemos. Quem
quer outra acção que possamos que nós pudéssemos receber o bem sucedidos (Efésios 3:20; 6:10; se recusa a incluir obras na sua
tomar. Porque Cristo está vivo e dom da salvação (Actos 20:28). Colossenses 1:11). Estas duas vida, quer se aperceba disso ou
activamente envolvido em conver- Contudo, não obstante a salva- acções de Deus são aspectos da não, desonra a Deus. “Confessam
ter-nos, é que nós seremos salvos ção nos seja dada como uma Sua graça para connosco. A nossa que conhecem a Deus, mas
pela Sua vida. O apóstolo Paulo prenda, há condições que lhe função é de cooperarmos com Ele negam-no com as obras, sendo
torna isto claro: dizem respeito. A primeira é a de (versículo 29). abomináveis, e desobedientes, e
“Mas Deus prova o seu amor nos arrependermos. O arrependi- Deus espera boas obras na reprovados para toda boa obra”
para connosco em que Cristo mento não nos ganha nada: Nós nossa vida para demonstrar o (Tito 1:16).
morreu por nós, sendo nós ainda não merecemos favores por nos nosso arrependimento, o Seu amor Podem as obras fazer-nos mere-
pecadores. Logo, muito mais arrependermos. Mas o arrependi- e a fé activos em nós. O apóstolo cedores de algo? Apocalipse 20:12
DJRUD VHQGR MXVWL¿FDGRV SHOR mento é exigido! Porquê? Porque Tiago declara explicitamente que diz que os mortos vão ser julgados
seu sangue, seremos por ele o arrependimento é uma condição “a fé sem obras é morta” (Tiago “segundo as suas obras.” Em João
salvos da ira. Porque, se nós, do perdão (Actos 2:38). Clara- 2:20, 26), e Paulo esclarece que (continua na página 11)
10 O Caminho para a Vida Eterna Arrependimento: O Seu Primeiro Passo 11

$VVLP R SHFDGR p GH¿QLGR FRPR a transgressão dos mandamentos e Estas advertências representam uma vida inteira de crescimento e
das leis de Deus. mudança para nós, a começar com a mudança inicial—o arrependimento
Porque nos havemos de preocupar por transgredir as leis de Deus? que Deus espera de nós antes do batismo. Ele pede-nos para reorientarmos
Porque a nossa vida eterna está em jogo! Paulo avisou: “O salário do os nossos corações, aspirando a uma nova direcção na vida.
ppecado é a morte” ((Romanos 6:23). Nós consideramos prontamente que Paulo disse: “a inclinação da carne é morte; mas a inclinação do Espírito
actos como assassinato, roubo e adultério é vida e paz.” (Romanos 8:6). Nós temos de desejar a revelada Palavra de
VmRSHFDGRV3RUpP&ULVWRIH]VDEHUTXH Deus, a Bíblia, mudar o nosso pensamento. É aí onde o arrependimento
podemos pecar pelos nossos próprios real começa. O arrependimento é nossa escolha pessoal em deixar Deus
pensamentos, não simplesmente pelas PXGDUQRVLQWHULRUHH[WHULRUPHQWH7LDJRGLVVH³&KHJDLYRVD'HXVHHOH
nossas acções. Ele disse que o ódio e a se chegará a vós” (Tiago 4:8).
luxúria da mesma forma que o assassinato Desde que abandonemos o nosso mau comportamento e os nossos pen-
e o adultério violam os mandamentos de sares, a misericórdia de Deus é tamanha que Ele nos perdoará: “Deixe o
Deus, seguramente, como se de actos ímpio o seu caminho, e o homem maligno, os seus pensamentos e se con-
físicos se tratasse (Mateus 5:22, 28; 1 verta ao SENHOR, que se compadecerá dele; torne para o nosso Deus,
João 3:15). SRUTXHJUDQGLRVRpHPSHUGRDU´ ,VDtDV 
7RGRVQyVHUUDPRVRDOYR&RPR3DXOR
diz em Romanos 3:23: “Porque todos Temos de aprender a pensar como Deus
pecaram e destituídos estão da glória de Se a mudança nasce do interior, com os nossos pensamentos, o compor-
Designpics Deus.” tamento correcto seguir-se-á. O comportamento devoto é unicamente o
fruto de convicções, desejos, emoções e atitudes que sejam justas—o resul-
O estudo sincero da Palavra de Deus, junto a um forte tado dos nossos pensamentos.
desejo de submissão à Sua vontade, depressa deixam ver 0DVFRPRSRGHPRVDSUHQGHUDSHQVDUFRPR'HXV"&RPRSRGHPRVWUR-
em nós os desejos egoístas que dominam o comportamento
e raciocínio da maior parte da gente. (continuado da página 9) sa no Seu Reino. Jesus explicou
No mesmo capítulo ele cita diversas passagens do Velho Testamento 14:2-3, nós vemos Jesus a explicar isto na Sua parábola dos talentos
descrevendo o nosso estado natural, mau, rebelde separado de Deus: “Não que irá “preparar um lugar” para os (Mateus 25:20-29). O Nosso
há um justo, nem um sequer. Não há ninguém que entenda; não há Seus seguidores. No futuro Reino Senhor também tornou isto claro
ninguém que busque a Deus . . . Não há quem faça o bem, não há nem um de Deus, Ele concederá várias em Apocalipse 22:12, quando
só . . . Os seus pés são ligeiros para derramar sangue. Em seus caminhos posições de autoridade aos que disse: “Eis que cedo venho, e o
sejam vencedores (Apocalipse meu galardão está comigo para
há destruição e miséria; e não conheceram o caminho da paz. Não há
2:26; 3:21). Os santos ressuscita- dar a cada um segundo a sua
WHPRUGH'HXVGLDQWHGHVHXVROKRV´ YHUVtFXORVYHU6DOPRV
dos governarão com Cristo no Seu obra” (Apocalipse 22:12).
,VDtDV6DOPRV 
Reino (Apocalipse 20:4, 6). Pela No versículo 14 João diz mais:
Arrependimento é mudança do interior! submissão a Deus, permitindo o “Bem-aventurados aqueles que
Seu espírito guiar-nos e vivermos guardam os seus mandamentos,
Deus não é cruel, mesmo que sabendo que nós somos pecadores. uma vida de boas obras, nós for- para que tenham direito à árvore
&RQWXGR (OH UHTXHU TXH QyV /KH UHQGDPRV D QRVVD YRQWDGH j 6XD (OH mamos carácter recto e santo que da vida, e possam entrar na
espera que nós tragamos às nossas vidas a Sua maneira de pensar e de nos capacitará para governar com cidade pelas portas” (ACF).
viver, como está revelado nas Suas Sagradas Escrituras. Ele quer que cada Jesus Cristo. Pela graça de Deus, o dom da
um de nós se liberte da antiga forma de pensar e de viver e se torne num Conquanto as nossas obras vida eterna é dado aos que
“novo homem” no pensamento, atitude e carácter (Efésios 4:22-24). Ele não nos ganhe a salvação, elas demonstrarem a sua fé em Deus
diz a cada um de nós: “vos renoveis no espírito do vosso sentido” determinarão a nossa recompen- pela sua obediência.
(versículo 23).
12 O Caminho para a Vida Eterna Arrependimento: O Seu Primeiro Passo 13

car os nossos pensamentos? Deus revela os Seus pensamentos e vontade A resposta de João é uma das mais penetrantes e reveladoras descrições
através da Sua Palavra, a Bíblia. Ela contém os Seus valores, padrões e do verdadeiro arrependimento na Bíblia. Ele mostrou que o real arrepen-
princípios. Nós aprendemos a pensar como Deus lendo e estudando dimento produz fruto—resultados genuínos de uma mudança de coração.
a Bíblia. -RmRQmRDSUHVHQWRXXPDGH¿QLomRGRGLFLRQiULRGDVSDODYUDVarrependi-
Provérbios 2:1-5 expressam isso claramente: “Filho meu, se aceitares as mento e frutos. Em vez disso ele deu exemplos de como as pessoas preci-
minhas palavras e esconderes contigo os meus mandamentos, para fazeres sam de mudar para estarem verdadeiramente arrependidas perante Deus.
atento à sabedoria o teu ouvido, e “E, respondendo ele, disse-lhes: Quem tiver duas túnicas, que reparta
para inclinares o teu coração ao com o que não tem, e quem tiver alimentos, que faça da mesma maneira.
entendimento, e, se clamares por E chegaram também uns publicanos, para serem batizados, e disseram-lhe:
entendimento, e por inteligência Mestre, que devemos fazer? E ele lhes disse: Não peçais mais do que
alçares a tua voz, se como a prata a aquilo que vos está ordenado. E uns soldados o interrogaram também,
buscares e como a tesouros escondi- dizendo: E nós, que faremos? E ele lhes disse: A ninguém trateis mal, nem
dos a procurares, então, entenderás defraudeis e contentai-vos com o vosso soldo” (Lucas 3:11-14).
o temor do SENHOR e acharás o Era comum aos cobradores de impostos exigir a mais ao povo do que o
conhecimento de Deus.” que era legalmente devido, gananciosamente embolsando a diferença. Os
-HVXV FRQ¿UPD D LPSRUWkQFLD GD soldados, encarregados do dever de manter a lei e a ordem, aumentavam
Designpics
Palavra de Deus como o nosso guia muitas vezes os seus rendimentos por extorsão—intimidando e abusando
o próprio povo que deviam proteger.
Deus revela os Seus pensamentos e vontade através da Sua
3RUTXH RV IXQFLRQiULRV S~EOLFRV WLQKDP GL¿FXOGDGH HP UHFRQKHFHU DV
Palavra. Ela contém os Seus valores, padrões e princípios. suas próprias fraquezas, como acontece muitas vezes com as pessoas, João
Nós aprendemos a pensar como Deus lendo e estudando escolheu exemplos que acertaram em cheio neles, que pediam evidência
a Bíblia. de arrependimento do coração. Ele exigia sacrifício pessoal, dado de bom
para a vida. Ele disse: “Está escrito: Nem só de pão viverá o homem, mas grado, que mostrasse verdadeiro interesse por outrem. Ele disse-lhes para
de toda a palavra que sai da boca de Deus” (Mateus 4:4). Quem tenha uma olharem para eles próprios e examinarem os motivos que moviam as suas
atitude verdadeiramente contrita procurará a Palavra de Deus para atitudes e acções.
instrução sobre como viver. 2IUXWRHVSHFt¿FRTXH-RmRYLVDYDQHVWDVSHVVRDVSDUDSURGX]LUHUDuma
mudança nos seus comportamentos&RQWXGRHOHHVFROKHXH[HPSORVTXH
Temos de mostrar “frutos dignos de arrependimento” caracterizam a natureza egoística que se auto-serve em todos nós.
O arrependimento foi uma parte integrante da mensagem de João -HVXVFODUL¿FDTXHDVPXGDQoDVPDLVQHFHVViULDVVmRDVGRFRUDomRHGRV
Batista, que “percorreu toda a terra ao redor do Jordão, pregando o nossos pensamentos. Ele disse: “O que sai do homem, isso é que
batismo de arrependimento, para o perdão dos pecados” (Lucas 3:3). contamina o homem. Porque do interior do coração dos homens saem os
Repare-se que esta mensagem ligava o batismo, o arrependimento e a PDXVSHQVDPHQWRV´ 0DUFRV (QWmR(OHUHIHULXPRGRVHPTXH
remissão dos pecados. Não se pode conversar correctamente de um destes estas atitudes interiores se mostram: “os adultérios, as prostituições, os
tópicos sem se falar dos outros dois. homicídios, os furtos, a avareza, as maldades, o engano, a dissolução, a
João era popular entre o povo do seu tempo. Era seguido por multidões, inveja, a blasfémia, a soberba, a loucura. Todos estes males procedem de
pedindo-lhe o batismo. Mas nem todos eram bem-vindos por João. Alguns dentro e contaminam o homem” (versículos 21-23).
não tinham compreensão de arrependimento. João advertia-os: “Raça de Para alguns, a mudança que Deus quer de nós pode parecer tão
víboras, quem vos ensinou a fugir da ira que está para vir? Produzi, pois, esmagadora que o arrependimento e a conversão para o modo de pensar
frutos dignos de arrependimento´ /XFDV  de Deus parecem impossíveis. E aí é que está o problema. Sem a ajuda de
A recusa de João em batizar toda a gente espantou-os. Que frutos eram Deus o arrependimento e a conversão são LPSRVVtYHLV 4XDQGR &ULVWR
os que ele exigia? O que é que ele esperava? “A multidão o interrogava, comparou o entrar no Reino de Deus com o passar um camelo pelo buraco
GL]HQGR4XHIDUHPRVSRLV"´ YHUVtFXOR  (continua na página 18)
14 O Caminho para a Vida Eterna Arrependimento: O Seu Primeiro Passo 15

-HVXVHRV6HXV$SyVWRORV$¿U- Jesus de que se um homem cobi- está nele verdadeiramente aper-


çasse uma mulher já cometia feiçoado; nisto conhecemos que
mam a Necessidade de Obedecer adultério em sua mente, represen- estamos nele. Aquele que diz que
aos Mandamentos de Deus tava a ampliação [o engrandeci-
mento] por Jesus de todos os Dez
está nele também deve andar
como ele andou” (1 João 2:3-6).

E m Mateus 19:16, perguntaram


a Jesus o que se tinha de
fazer para se alcançar a vida eter-
Por outro lado, Jesus disse que
o céu e a terra desapareceriam se
a mais pequena parte da lei for
Mandamentos. Ele explicou o sig-
QL¿FDGR FRPSOHWR²D LQWHQomR
HVSLULWXDO²GRVPDQGDPHQWRV(OH
Até o apóstolo Paulo, que é fre-
quentemente citado pelos que ten-
tam abolir a lei de Deus, refuta
na. Ele respondeu: “Se queres, omitida (versículo 18). Ele disse mostrou que espera mais que a esta ideia errada, dizendo: “Sede
porém, entrar na vida, guarda os que a lei continuará até que tudo aproximação legalista da letra da meus imitadores, como também
mandamentos” (versículo 17). seja cumprido. Porque o cumpri- lei; Ele também espera uma mente eu, de Cristo” (1 Coríntios 11:1).
Então, Jesus enunciou vários dos mento de muitas profecias bíbli- submissa, produtora de frutos, Longe de condenar a lei, Paulo
Dez Mandamentos, incluindo o cas, sobre a segunda vinda de focada no amor de Deus e no disse: “Assim, a lei é santa; e o
VX¿FLHQWH GHOHV SDUD WRUQDU FODUR Cristo, ainda não aconteceu (as amor ao próximo. mandamento, santo, justo e bom”
aos que Ele se referia: “Não mata- profecias ainda não foram realiza- -HVXV FODUL¿FD PDLV ³4XDOTXHU (Romanos 7:12) e, “tenho prazer
rás, não cometerás adultério, não das), nós sabemos que a lei não pois, que violar um destes meno- na lei de Deus” (Romanos 7:22).
furtarás, não dirás falso testemu- deixou de existir. res mandamentos e assim ensinar Verdadeiramente, ele disse que “o
nho; honra teu pai e tua mãe, e A verdade da questão é que aos homens será chamado o que importa é obedecer aos man-
amarás o teu próximo como a ti Jesus estava a falar para pessoas menor no Reino dos céus; aquele, damentos de Deus” (1 Coríntios
mesmo” (versículos 18-19). que acreditavam no guardar de porém, que os cumprir e ensinar 7:19, BLH).
Hoje em dia há pessoas que lhe todos os Dez Mandamentos. Ele será chamado grande no Reino Temos de evitar ler as nossas
dirão que o guardar dos manda- UHD¿UPDYD D QHFHVVLGDGH GH dos céus” (versículo 19). próprias ideias na Bíblia. Citando
mentos foi cumprido por Cristo e WRGRVTXHYLHVVHPD(OH¿]HVVHP Evidentemente, cumprir não sig- o profeta Isaías, o nosso Salvador
que por conseguinte já não é de igual modo. Em Mateus, nos QL¿FD³DEROLU´ SUHYHQLXQRV FRQWUD FRQ¿DU QDV
exigido obedecer à lei de Deus. capítulos 5 a 7, Jesus explicou Um outro mal-entendido comum nossas próprias ideias em vez de
Mas note-se o que o Próprio Jesus como Deus entende que os Dez é o de que a Igreja do Novo Tes- na lei de Deus: “Bem profetizou
teve para dizer acerca desta ideia: Mandamentos sejam guardados. tamento cria que não era necessá- Isaías acerca de vós, hipócritas,
“Não cuideis que vim destruir a lei Ao dar esta explicação e rio seguir-se o exemplo de Cristo como está escrito: Este povo
ou os profetas; não vim ab-rogar, H[HPSOL¿FDQGRDQD6XDYLGD(OH em se obedecer à lei. Mas os honra-me com os lábios, mas o
mas cumprir” (Mateus 5:17). estava a realizar uma profecia Seus apóstolos, que foram ensi- seu coração está longe de mim.
Alguns tentam negar a Sua acerca de Si Próprio, em Isaías nados pessoalmente por Ele, cer- Em vão, porém, me honram, ensi-
declaração plena e simples, inter- 42:21: “Foi do agrado do SENHOR, tamente não concordavam com nando doutrinas que são manda-
pretando o versículo no sentido de por amor da sua própria justiça, esta ideia. mentos de homens. Porque, dei-
HOHVLJQL¿FDUTXHDOHLQmRIRLDER- engrandecer a lei e fazê-la O apóstolo João disse: “Nisto xando o mandamento de Deus,
lida até que Jesus veio e a cum- gloriosa” (ARA). sabemos que o conhecemos: se retendes a tradição dos homens,
priu. Aí, eles interpretam “cumprir” A palavra cumprir em Mateus guardarmos os seus mandamen- . . . Bem invalidais o mandamento
como “dar por terminada”, “substi- 5:17 quer dizer “encher,” “tornar tos. Aquele que diz: Eu conheço-o de Deus para guardardes a vossa
tuída” ou outro sinónimo para cheio,” “encher por completo,” ou e não guarda os seus mandamen- tradição” (Marcos 7:6-9).
“abolir”. Em essência eles põem “completar.” Jesus veio para mag- tos é mentiroso, e nele não está a Também nós temos de seguir o
Jesus a dizer, “eu não vim destruir QL¿FDURXSDUDFRPSOHWDUDLQWHQ- verdade. Mas qualquer que guarda exemplo de Cristo em vez das
a lei, mas para a ab-rogar.” ção da lei de Deus. O ensino de a sua palavra, o amor de Deus nossas próprias ideias!
16 O Caminho para a Vida Eterna Arrependimento: O Seu Primeiro Passo 17

Crer em Deus é somente o temos de a ter se queremos hon-


A Função Crucial da Fé ponto de partida da fé. Porém crer rar e amar Deus, porque “sem fé é

A onde a Bíblia expõe os ensina-


mentos elementares da Cris-
tandade, em Hebreus 6:1-2, regis-
dos e começamos a viver uma
dedicada vida santa dirigida pelo
nosso Salvador, Jesus Cristo. As
em Deus não envolve necessaria-
mente convicção ou compromisso
para com Jesus Cristo e para com
impossível agradar-lhe, porque é
necessário que aquele que se
aproxima de Deus creia que ele
tados entre “arrependimento de pessoas que vivem pela fé como Deus Pai. Crer em Deus é bom, existe e que é galardoador dos
obras mortas” e “a doutrina dos seguidoras de Cristo e membros mas incompleto. Como diz o que o buscam” (versículo 6).
batismos” está “a fé para com da Igreja de Deus são “crentes” apóstolo Tiago: “Tu crês que há A passagem anterior descreve
Deus.” O que é a fé, e que papel n’Ele (Actos 5:14; 1 Timóteo 4:12). um só Deus? Fazes bem; também dois aspectos da fé. Primeiro temos
desempenha no processo do arre- A Palavra de Deus tem uma boa os demónios o crêem e estreme- de crer que Deus existe. Ele é o
pendimento que leva ao baptismo e razão para lhes chamar crentes. No cem” (Tiago 2:19). Nós temos de ir sumamente justo, o todo-poderoso
à salvação? Novo Testamento a palavra grega para além do nível exibido pelos Criador e Soberano do universo que
Muitas pessoas acreditam em para fé é, virtualmente em todas as demónios. cuida da Sua criação, incluindo
Deus e assumem que Ele existe. ocorrências, a mesma para crença. O chamado “capítulo da fé” na QyV²DOJRTXHSRGHPRVFRPSUHHQ-
Mas para estas pessoas Ele não é Conquanto os tradutores escolham %tEOLDGH¿QHIpGHVWHPRGR³2UD der por intermédio da grandeza da
VX¿FLHQWHPHQWHUHDOSDUDDIHFWDUR “fé” ou “crença” baseando-se no DIppR¿UPHIXQGDPHQWR>WHUUHQR criação física que observamos à
que elas pensam e fazem. Crer entendimento do contexto de cada sólido, concretização, garantia nossa volta e em nós mesmos
realmente em Deus, é ter fé que SDVVDJHP R VLJQL¿FDGR p YXOJDU- certa] das coisas que se esperam (Romanos 1:20). Depois temos de
Deus far-nos-á o que nos tenha mente muito mais lato que quais- e a prova [evidência, convicção, DFUHGLWDU TXH 'HXV SRU ¿P SUH-
prometido fazer. Ele espera que quer das palavras em si mesmas. realidade] das coisas que se não miará os que humildemente, obe-
nós actuemos nessa crença. Ele Até na língua moderna, crer em vêem” (Hebreus 11:1). A fé é a dientemente O busquem.
requer que nós tenhamos fé viva na alguém, alguma coisa ou alguma nossa garantia da existência das A mudança da nossa vida para
Sua existência, no Seu poder e nas causa, é ter fé nessa pessoa, coisa coisas que não podemos ver. QRV VXEPHWHUPRV D 'HXV²DR TXH
Suas promessas. RXPRYLPHQWR²pDFUHGLWDUDOJRVHU 2 UHVWR GH +HEUHXV  LGHQWL¿FD a Bíblia se refere como o arrependi-
A fé não é um ingrediente mágico. verdadeiro, justo e merecedor de pessoas que há muito tempo vive- PHQWR²EDVHLDVH QD FRQYLFomR GH
Contudo, ela encaminha para uma um suporte e envolvimento. Da ram exemplos de fé. Elas acredita- que Ele intervirá na nossa vida e por
DWLWXGH GH FRQ¿DQoD para com mesma forma, para se ter fé, como ram em Deus, até ao ponto de ¿PJDUDQWHQRVDYLGDHWHUQD'L]HU-
Deus. A fé motiva a nossa mente a pGH¿QLGDQD%tEOLDpDFUHGLWDUSRU PRUUHUHPFRQ¿DQWHVGHTXH(OHDV -se simplesmente “eu creio”, sem se
WHU FRQ¿DQoD QR SRGHU GH 'HXV H completo em alguém (Deus), acre- salvaria ou ressuscitaria para a vida fazer acompanhar de mudança de
dá-nos a força mental para se ditar e actuar na verdade da Sua eterna no Seu Reino. Elas creram. A HVWLORGHYLGDpLQVX¿FLHQWH$HVSp-
actuar na nossa vida. A fé torna-se Palavra (a Bíblia) e viver para a Ip GHXOKHV D FRQ¿DQoD SDUD FRQWL- cie de fé que a nossa salvação
mais do que uma convicção mental, PDLRUGDVFDXVDV²DVDOYDomRSDUD nuarem no caminho. requer inclui não só o entendimento
pois transforma-se num compri- os que crêem na vinda do Reino de Mas a fé não é tomar desejo que Deus deseja de nós, mas tam-
PLVVRQmRVyHPFRQ¿DUHP'HXV Deus (Marcos 1:14-15). por realidade, um sentimento de bém a nossa actuação nesse enten-
para estar envolvido na nossa vida, Fé é crença. Mas não cometa- falsa promessa em que tudo estará dimento. Nós temos de assentar a
mas para fazermos a Sua vontade. mos o erro de muitos, pensando bem. A fé é uma convicção prof- nossa fé num entendimento cor-
A Palavra de Deus assegura- TXH VH FUHPRV HP 'HXV²LVWR p unda de que Deus cuida intensa- recto da Palavra de Deus e num
-nos que “o justo viverá da fé” TXH(OHH[LVWH²TXHSRULVVRWHPRV mente de nós, de todo o coração, e compromisso em viver por essa
(Romanos 1:17) e ““vivemos pela fé. Há muitos que se agarram a que actuará sempre para o nosso Palavra.
fé e não pelo que vemos” (2 esta ideia errada. Dizem que crêem melhor interesse. Para saber mais, descarregue ou
Coríntios 5:7, BLH), quando nos em Deus; assim, pensam que Cada um de nós pode ter esta peça o livro, sem custo, Você Pode
arrependemos dos nossos peca- têm fé. espécie de fé. Na verdade, nós Ter Fé Viva.
18 O Caminho para a Vida Eterna O Batismo de Água e o Impor de Mãos 19

(continuado da página 13)


de uma agulha, os discípulos perguntaram espantados: “Quem poderá, O Batismo de Água e
SRLVVDOYDUVH"´ 0DUFRV -HVXVUHVSRQGHX³3DUDRVKRPHQVé
impossível, mas não para Deus, porque para Deus todas as coisas são
SRVVtYHLV´ YHUVtFXOR   3DUD QRV DUUHSHQGHUPRV YHUGDGHLUDPHQWH
o Impor de Mãos
WHPRV GH DSUHQGHU D FRQ¿DU H D FRQWDU FRP 'HXV PDLV GR TXH FRP
nós próprios. “No entanto, quando Filipe lhes pregou as boas novas do
Em Lucas 18:9-14 Jesus contrasta a atitude de um indivíduo exteriormente Reino de Deus e do nome de Jesus Cristo, creram nele, e foram
UHOLJLRVR TXH FRQ¿DYD HP VL SUySULR SDUD SDUHFHU PXLWR MXVWR FRP D batizados, tanto homens como mulheres .... Então Pedro e João
atitude de um arrependido cobrador de impostos que correctamente se lhes impuseram as mãos, e eles receberam o Espírito Santo”
apercebeu da sua incapacidade (Actos 8:12, 17, NVI).
Se deseja sinceramente espiritual e procurou Deus por ajuda
entregar a sua vida a para se tornar justo. Jesus explicou que
R SHUGmR GH 'HXV D MXVWL¿FDomR RX D
Deus, peça-Lhe pelo Seu capacidade de nos fazer justos) é D epois do arrependimento em fé, um passo que se segue é o batismo de
iJXD XP SULQFtSLR EiVLFR GH -HVXV &ULVWR +HEUHXV   4XHP
desejar fazer o caminho da vida eterna tem de compreender e tomar parte
dom de arrependimento. concedido aos que humildemente
procuram Deus para o poder do em duas cerimónias básicas—o batismo de água e a imposição de mãos—
Fale-Lhe das suas inten- para receber o Espírito Santo.
arrependimento e mudança de
ções em oração. Busque FRPSRUWDPHQWR HP YH] GH FRQ¿DUHP As palavras “batizar” e “batismo” derivam do verbo Grego batizo, que
TXHU GL]HU ³PHUJXOKDU RX LPHUJLU´ 0HUJXOKDU VLJQL¿FD ³imergir num
a Sua ajuda Não confie na sua própria força. OtTXLGRHVDLUGHOHUDSLGDPHQWH´,PHUJLUVLJQL¿FD³PHUJXOKDUDRSRQWRGH
na sua capacidade para Busque com fé a ajuda de Deus FREULUSRUFRPSOHWR´$SDUWLUGHVWDVGH¿QLo}HVpHYLGHQWHTXHDLPHUVmR
Se deseja sinceramente entregar a é o método bíblico batismal. O batismo por imersão simboliza a nossa
se aperceber das suas
sua vida a Deus, peça-Lhe pelo Seu morte e nosso sepultamento, enquanto o sair da água batismal simboliza a
faltas e de as mudar por dom de arrependimento. Fale-Lhe das UHVVXUUHLomRSDUDXPDQRYDYLGDHP&ULVWR 5RPDQRV 
si mesmo. suas intenções em oração. Busque a Reparar como Filipe batizou o eunuco Etíope. Os dois pararam junto a
SuaDMXGD1mRFRQ¿HQDVXDFDSDFLGDGH um rio, “e desceram ambos à água, tanto Filipe como o eunuco, e o
para se aperceber das suas faltas e de as mudar por si mesmo. Se ainda não batizou. E, quando saíram da água, …” (Actos 8:38-39). Porque foi que
desenvolveu o hábito regular de orar e se sente embaraço em orar, entenda ambos entraram na água? Para que Filipe pudesse batizar o eunuco,
que Deus lhe ajudará. Jesus prometeu: “Pedi, e dar-se-vos-á; buscai e imergindo-o por completo na água, e, então, o eunuco saindo da água,
HQFRQWUDUHLVEDWHLHDEULUVHYRVi´ 0DWHXV 6HTXHUVLQFHUDPHQWH SRGLDFRPHoDUXPDQRYDYLGDHP&ULVWR
seguir os Seus mandamentos e instruções da Bíblia, diga-Lhe. Jesus instruiu os Seus seguidores, “Portanto, ide, ensinai todas as
&RP FHUWH]D WXGR LVWR UHTXHU TXH VH DFUHGLWH HP 'HXV H VH DSUHQGD D nações, batizando-as em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo”
FRQ¿DU HP (OH 5HDOPHQWH D Ip HP 'HXV p XPD FKDYH GH WRGR HVWH (Mateus 28:19). Aqui a palavra Grega para “em” também pode ser
processo. Em Hebreus 11:6 lê-se : “Ora, sem fé é impossível agradar-lhe, traduzida “no” ou “num”. Quando um ministro de Deus submerge na água
porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele um novo crente, executando o simbólico sepultar do “velho homem,” ele
existe e que é galardoador dos que o buscam.” Este é um dos passos mais H[HFXWD R DFWR HP QRPH GH RX SHOD DXWRULGDGH GH -HVXV &ULVWR (OH
importantes em toda a sua vida. Não se atrase! Tome tempo agora, e fale também põe a pessoa entrando numa nova relação com Deus.
com Deus.
Uma morte e sepultura simbólicas
$VHJXLUYHMDPRVRVLJQL¿FDGRGREDWLVPR
2EDWLVPRVLPEROL]DHPSDUWHRHVWDUPRVXQLGRVFRP&ULVWRQDPRUWH
HQDVHSXOWXUDQXPVHQWLGR¿JXUDWLYR³2XQmRVDEHLVTXHWRGRVTXDQWRV
20 O Caminho para a Vida Eterna O Batismo de Água e o Impor de Mãos 21

IRPRVEDWL]DGRVHP-HVXV&ULVWRIRPRVEDWL]DGRVQDVXDPRUWH"'HVRUWH &ULVWR UHVVXVFLWRX GRV PRUWRV SHOD JOyULD GR 3DL DVVLP DQGHPRV QyV
que fomos sepultados com ele pelo batismo na morte” (Romanos 6:3-4). também em novidade de vida” (Romanos 6:4). Uma vez batizados e a
Aos olhos de Deus nós “fomos plantados juntamente com ele na seme- imposição de mãos realizados por um ministro de Deus, Ele nos dá o Seu
lhança da sua morte, … sabendo isto: que o nosso velho homem [a pessoa Espírito Santo, como um “depósito” da nossa futura transformação para
pecaminosa que éramos antes do arrependimento] foi com eleFUXFL¿FDGR espírito e recebimento da vida eterna, “como garantia do que está por vir”
SDUDTXHRFRUSRGRSHFDGRVHMDGHVIHLWRD¿PGHTXHQmRVLUYDPRVPDLV &RUtQWLRV19, $VVLPREDWLVPRpRVHSXOWDUVLPEyOLFRGRQRVVR
ao pecado” (versículos 5-6). velho ser e o raiar de uma vida nova num servo obediente a Deus.
Antes do milagre do Paulo compara a nossa renovação de vida a uma mudança de vestuário:
arrependimento, nós somos ³SRUTXH WRGRV TXDQWRV IRVWHV EDWL]DGRV HP &ULVWR Mi YRV UHYHVWLVWHV GH
escravos do pecado. Paulo &ULVWR´ *iODWDV   1yV YHVWLPRQRV RX FREULPRQRV FRP &ULVWR
explicou aos Romanos que, uma VXEVWLWXLQGRDWLWXGHVDFo}HVHKiELWRVPDXVSRUFHUWRVHMXVWRV&RORVVHQVHV
vez que somos batizados em 3:12 diz: “Revesti-vos, pois, como eleitos de Deus, santos e amados, de
&ULVWR GHL[DPRV GH VHU SUHVD GR entranhas de misericórdia, de benignidade, humildade, mansidão,
pecado (Romanos 6:3-4). “O longanimidade.”
nosso velho homem foi com ele $QRVVDQRYDYLGDDEUHQRVRFDPLQKRTXHSRU¿PQRVFRQGX]jYLGD
FUXFL¿FDGR SDUD TXH R FRUSR GR eterna e à entrada no Reino de Deus aquando da ressurreição dos justos,
SHFDGRVHMDGHVIHLWRD¿PGHTXH quando Jesus regressar. “Pois, se fomos unidos com ele por uma morte
Designpics não sirvamos mais ao pecado. igual à dele, assim também seremos unidos com ele por uma ressurreição
Porque aquele que está morto igual à dele” (Romanos 6:5, BLH).
De reparar que a nossa ressurreição ainda é futura, na altura em que
O batismo por imersão simboliza a nossa morte e VHUHPRVWUDQVIRUPDGRVHPHVStULWR &RUtQWLRV $SHVDUGHQmR
enterro, enquanto que o sair da água batismal simboliza a SRGHUPRVFRPSUHHQGHURTXHVLJQL¿FDVHUPXGDGRHPHVStULWRSRGHPRV
ressurreição para uma nova vida em Cristo. WRGDYLD FRQ¿DU QDV SDODYUDV GH -RmR ³$PDGRV DJRUD VRPRV ¿OKRV GH
[através da morte simbólica do batismo e do erradicar dos nossos velhos Deus, e ainda não é manifesto o que havemos de ser. Mas sabemos que,
FDPLQKRV@HVWiMXVWL¿FDGRGRSHFDGR´ YHUVtFXORV  quando ele se manifestar, seremos semelhantes a ele; porque assim como
Mas nós estamos remidos—resgatados—da escravatura do é o veremos” (1 João 3:2).
SHFDGRSHORVDFULItFLRGH-HVXV&ULVWR 3HGUR$SRFDOLSVH 
tendo sido comprados por Deus, pertencemos agora a Ele: O Espírito de Deus dado pelo impor de mãos
³3RUTXH IRVWHV FRPSUDGR V SRU ERP SUHoR JORUL¿FDL SRLV D 'HXV QR O passo que se segue no nosso caminho para a vida eterna é o de receber
vosso corpo e no vosso espírito, os quais pertencem a Deus” o Espírito Santo de Deus, o qual vem pelo “impor de mãos,” como está
&RUtQWLRV  descrito em Hebreus 6:2. A partir das Escrituras, nós vemos que o batismo
Sendo convertidos de escravos do pecado para escravo da justiça, já não da água é seguido pela cerimónia da imposição de mãos, ocasião em que
servimos o pecado (Romanos 6:18). A nossa nova maneira de pensar recebemos o Espírito de Deus. Actos 19:6 diz: “E, impondo-lhes Paulo as
SURGX]RIUXWRGRDUUHSHQGLPHQWR YHU*iODWDV &RPRVHOrHP mãos, veio sobre eles o Espírito Santo.”
*iODWDV³(RVTXHVmRGH&ULVWRFUXFL¿FDUDPDFDUQHFRPDVVXDV Em Samaria, Actos 8:12 mostra que “mulheres e homens” compreendiam
paixões e concupiscências. Se vivemos no Espírito, andemos também R DUUHSHQGLPHQWR H HUDP EDWL]DGRV &RQWXGR R (VStULWR 6DQWR QmR IRL
no Espírito.” dado até que Pedro e João oraram e impuseram as mãos neles. Os
YHUVtFXORVGL]HP³RVTXDLV>3HGURH-RmR@WHQGRGHVFLGRRUDUDP
Ressurreição para uma nova vida por eles para que recebessem o Espírito Santo. (Porque sobre nenhum
Esta vida do Espírito também é simbolizada na cerimónia batismal. deles tinha ainda descido, mas somente eram batizados em nome do
Porque o batismo não representa só a nossa morte para o pecado, mas Senhor Jesus.) Então, lhes impuseram as mãos, e receberam o
WDPEpP R VHUPRV UHVVXVFLWDGRV SDUD XPD QRYD YLGD HP &ULVWR ³FRPR Espírito Santo.”
22 O Caminho para a Vida Eterna O Batismo de Água e o Impor de Mãos 23

Vemos que o Espírito Santo de Deus nos é dado pela oração e pelo O Seu Espírito ajuda-nos a superarmos as fraquezas e os desejos
impor de mãos por ministros ordenados de Deus, actuando como Seus LQWHUHVVHLURV GD QDWXUH]D KXPDQD 5RPDQRV   (OH DMXGDQRV D
representantes. adorar a Deus em espírito e em verdade (João 4:23-24). Ele dá-nos
Aqui, o aspecto da representatividade é importante ter em mente. No FRQIRUWRQDVGL¿FXOGDGHVHSHUPLWHDYRQWDGHGH&ULVWRWUDEDOKDUHPQyV
impor de mãos, é o poder e a autoridade divinos de Deus que conferem o (Filipenses 2:5). Por intermédio do Seu Espírito, Deus inspira-nos, guia-
seu Espírito. Os Seus representantes humanos não têm em si poder QRV H FRQGX]QRV H ID]QRV VHXV YHUGDGHLURV ¿OKRV 5RPDQRV 
sobrenatural. É Deus quem &RUtQWLRV 
actua através deles. Não Vencer os nossos pecados habituais e a nossa natureza egoísta não
obstante, Deus quer que acontece instantaneamente. É um processo para o resto da vida inteira,
reconheçamos o facto de que PXLWDV YH]HV HQYROYHQGR JUDQGH HVIRUoR 2 DSyVWROR 3DXOR PDLV GH 
Ele actua por intermédio de anos depois da sua miraculosa conversão, descreveu a sua luta contínua
representantes humanos. SDUDYHQFHURVPDXVGHVHMRVHPVLPHVPR$TXHODVLQÀXrQFLDVHJRtVWDV
Isto é parte de um quadro eram tão fortes que lhes chamou uma outra “lei” operando dentro dele
maior da Igreja de Deus, próprio.
trabalhando em conjunto, de “Eu sei que em mim, isto é, na minha carne, não habita bem algum; e,
um modo organizado. Todos com efeito, o querer está em mim, mas não consigo realizar o bem. Porque
estão incumbidos com a não faço o bem que quero, mas o mal que não quero, esse faço …
Donna Robinson
responsabilidade em assistir
O Espírito Santo de Deus é-nos dado por intermédio de As Crianças Devem Ser Batizadas?
oração e imposição de mãos, levadas a efeito por ordenados
ministros de Deus, actuando como Seus representantes.
e cuidar, e entregarem-se uns aos outros. Mas alguns têm a responsabilidade E m Colossenses 2:11-12, o
apóstolo Paulo compar arre-
pendimento com a circuncisão.
para com Deus sob as condições de
um novo acordo com Ele.
Apesar de Paulo comparar o
especial de servir outros através de liderança e ensino. O impor de mãos
“Também estais circuncidados batismo à prática da circuncisão
requerido por Deus ajuda-nos a vermos isso. (Para mais sobre tornando-se
com a circuncisão não feita por física, ele não quis dizer que as
SDUWH GD ,JUHMD GH 'HXV YHU ³6RPRV EDWL]DGRV QXP &RUSR (VSLULWXDO´
mão no despojo do corpo da carne: crianças deveriam se batizadas.
na página 34).
a circuncisão de Cristo. Sepultados Com efeito Jesus abençoou as
Porque precisamos do Espírito de Deus com ele no batismo.” Paulo tam- crianças (Marcos 10:13-16), mas
bém disse, em Romanos 2:29, que isto foi completamente diferente do
Qual é a função do Espírito de Deus na nossa vida? Nós por nós próprios a circuncisão é “do coração.” batismo, que é um simbolo externo
podemos esforçar-nos, lutar e orar fervorosamente para vencermos o $ FLUFXQFLVmR ItVLFD²D UHPRomR dum profundo compromisso interno.
hábito pecaminoso, mas acontece que isso ainda não chega. Depois do cirúrgica do prepúcio do homem, Ao contrário da circuncisão, a qual é
batismo e do impor de mãos, o mesmo Espírito que nos leva ao que Deus ordenou se tirasse melhor ser feita durante a infância
arrependimento continua a trabalhar em nós, ainda mais poderosamente, QD LQIkQFLD *pQHVLV  ² (Genesis 17:12), o batismo tem de
para nos ajudar a vencer os nossos pecados e defeitos. demonstrava aos descendentes de HVSHUDUDWpTXHDPDGXUHoDPRVVX¿-
Posto que é impossível guardarmos por nós próprios a lei de Deus em Abraão que eles tinham um acordo cientemente para compreender o
seu completo intento espiritual, e assim vencermos o pecado, Jesus disse formal com Deus. A circuncisão do arrependimento e a magnitude do
que nos enviaria o Espírito Santo para nos guiar e ajudar (João 14:16-18). coração representa um propósito compromisso da vida para se seguir
Quando nós fazemos tudo quanto é humanamente possível para obedecer, semelhante. Quando mudamos a a Deus. A seriedade do batismo
Deus dá-nos, através do Seu Espírito Santo, a ajuda adicional que nossa maneira de pensar e de agir, indica que é uma decisão que deve
SUHFLVDPRVSDUDREHGHFHUj6XDYHUGDGHHWHUXPDPHQWHVmUHÀHFWLQGRR demonstramos a nossa submissão ser tomada só por pessoas adultas.
DPRUGH'HXV $FWRV-RmR7LPyWHR 
24 O Caminho para a Vida Eterna O Batismo de Água e o Impor de Mãos 25

“Acho, então, esta lei em mim: que, quando quero fazer o bem, o mal PHXVPHPEURV´ 5RPDQRV 
está comigo. Porque, segundo o homem interior, tenho prazer na lei de Mas Paulo também reparou que, com a ajuda do Espírito de Deus, a
Deus. Mas vejo nos meus membros outra lei que batalha contra a lei do nossa natureza pecaminosa pode ser subjugada: “porque, se viverdes
meu entendimento e me prende debaixo da lei do pecado que está nos VHJXQGRDFDUQHPRUUHUHLVPDVVHSHORHVStULWRPRUWL¿FDUGHVDVREUDVGR
corpo, vivereis” (Romanos 8:13).
Erradamente, alguns crêem que Deus toma o comando e faz tudo mais,
Devemos Desejar uma vez que uma pessoa se batiza. Isto é um conceito enganador e
perigoso. Deus espera de nós que resistamos ao pecado e que lutemos
Ser Batizados com Fogo? para fazermos o Seu Espírito uma
Erradamente, alguns crêem
parte activa do nosso quotidiano.
J oão Batista proclamou que o
Messias viria e batizaria “com o
Espírito Santo e com fogo”
apagará” (Mateus 3:12).
Os dois exemplos mostram o
tema principal da Bíblia; Deus
Em 2 Timóteo 1:6, Paulo encorajou que Deus toma o comando e
Timóteo a “que despertes o dom de faz tudo mais, uma vez que
(Mateus 3:11). Há quem creia, quer que nos tornemos como Deus, que existe em ti pela imposição uma pessoa se batiza. Isto é
lendo isto, que precisa de receber Cristo e que produzamos fruto! das minhas mãos,” mostrando que um conceito enganador e peri-
este batismo de fogo. Mas para se Por isto é que Jesus nos prome- temos uma responsabilidade pessoal goso. Deus espera de nós
compreender o que João teu a vida eterna, a qual é a men- na nossa salvação. Timóteo precisava que resistamos ao pecado e
dizia olhemos esta passagem de sagem do evangelho. Os que de “despertar” o Espírito de Deus, que lutemos para fazermos o
mais próximo. recusar arrepender-se e mudar o não tomando, pois, uma atitude de
Seu Espírito uma parte activa
No versículo 8 João pediu evi- seu modo de pensar serão consu- ³GHL[D FRUUHU´ H TXH 'HXV ¿]HVVH
do nosso quotidiano.
dência aos membros chefes das midos pelo fogo (Malaquias 4:1). tudo. Paulo fala novamente sobre
principais seitas Judaicas do Seu Jesus falando de atitudes de isto, em Filipenses 2:12, dizendo que temos de desenvolver a nossa
tempo, os Fariseus e os Sadu- pecado proclamou: “quanto aos própria salvação com respeito e temor.
ceus, do seu arrependimento do tímidos, e aos incrédulos, e aos
pecado, servindo-se de duas abomináveis, e aos homicidas, e O milagre da transformação
metáforas para convencer o seu aos fornicadores, e aos feiticei- O espírito de Deus operando em nós ajuda-nos a mudar e a começar a
SRQWR GH YLVWD 3ULPHLUR HOH D¿U- ros, e aos idólatras e a todos os produzir bom fruto na nossa vida. Gálatas 5:22-23 lista várias qualidades
mou que, quando uma árvore não mentirosos, a sua parte será no do fruto do Espírito de Deus—amor, alegria, paz, benignidade, bondade e
produz fruto, ela é derrubada, lago que arde com fogo e enxo- domínio próprio, entre outros—que se tornam progressivamente evidentes
cortada pela raiz e queimada (ver- fre, o que é a segunda morte” em nós conforme crescemos espiritualmente.
sículo 10). Jesus repetiu este prin- (Apocalipse 21:8). E Apocalipse Produzir o fruto da justiça é importante. Também é importante
cípio em Mateus 7:19. 20:15 junta: “E aquele que não entendermos que o crédito desse fruto pertence a Deus. Paulo expressou
A segunda metáfora de João foi achado escrito no livro da
aos Filipenses o desejo de ser aceito por Deus “não tendo a minha justiça
relacionava-se com o limpar do vida foi lançado no lago de fogo.”
que vem da lei [a lei que procuro guardar por mim próprio], mas a que
trigo, isto é, separar o trigo da Este lago do fogo é a segunda
YHPSHODIpHP&ULVWRa saber, a justiça que vem de Deus, pela fé”—isto
casca, da espiga e da palha. morte, o batismo de fogo para
$TXL -RmR HVWDYD D ¿JXUDU quem não se arrepende, e certa- pREHGLrQFLDSURGX]LGDDWUDYpVGDIpGH&ULVWRQHOH>3DXOR@SHOR(VStULWR
como Jesus lidará com quem mente não é coisa alguma que Santo (Filipenses 3:9).
não produzir fruto. “Em sua mão desejemos experimentar. 5HSDUHVHTXH3DXORFRQ¿DHP'HXVSDUDFULDUMXVWLoDQHOHVDEHQGRTXH
tem a pá [crivo, limpador], e lim- Para saber mais, descarregue “Deus é o que opera em vós tanto o querer como o efectuar, segundo a sua
pará a sua eira, e recolherá no ou peça o nosso livro gratuito Céu boa vontade” (Filipenses 2:13). Todavia ele entendia que isto era uma
celeiro o seu trigo, e queimará a e Inferno: O que Realmente VRFLHGDGHQDTXDOHOHWLQKDGHFRRSHUDU&RPRHVFUHYHXHP&RORVVHQVHV
palha com fogo que nunca se Ensina a Bíblia? ³SDUDLVWRWDPEpPWUDEDOKRFRPEDWHQGRVHJXQGRDVXDH¿FiFLDTXH
opera em mim poderosamente.”
26 O Caminho para a Vida Eterna O Perdão do Pecado 27

4XDQGR'HXVQRVFKDPDSDUDVHUPRV6HXV¿OKRV(OHLQLFLDHPQyVXPD
mudança, nos nossos caminhos anteriormente orgulhosos, egoístas e O Perdão do Pecado
desobedientes. Ele transforma-nos mudando, ou renovando, a nossa
mente—um processo ao qual temos de nos render. Paulo disse aos “E disse-lhes Pedro: Arrependei-vos, e cada um de
Romanos: “não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos vós seja batizado em nome de Jesus Cristo para perdão
pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja dos pecados …” (Actos 2:38).
a boa, agradável e perfeita vontade de Deus” (Romanos 12:2).
Paulo disse que esta transformação não é instantânea. Ela requer
RPR VRPRV SHUGRDGRV H RQGH p TXH R EDWLVPR H -HVXV &ULVWR VH
mudança contínua no nosso pensar e na nossa observação do mundo que
permanentemente afecta a maneira de viver. Nós tornamo-nos um C encaixam? A Bíblia diz que Deus perdoa os nossos pecados e os
QRVVRV HUURV $WUDYpV GD Ip QR VDFULItFLR GH &ULVWR WRGRV RV QRVVRV
“sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional”
(versículo 1). pecados e culpa que temos são de nós removidos por completo. Então,
Paulo também alertou: “De sorte que haja em vós o mesmo sentimento somos totalmente limpos aos olhos de Deus (Actos 22:16).
que houveWDPEpPHP&ULVWR-HVXV´ )LOLSHQVHV (OHDQWHVGHVFUHYHUD É reconfortante saber que Deus não só nos perdoa, mas também nos
a atitude e o comportamento que deveria ser evidente na mente convertida: dissocia por completo dos nossos pecados: “Porque serei misericordioso
 ³&RPSOHWDL R PHX JR]R SDUD TXH VLQWDLV R PHVPR WHQGR R PHVPR para com as suas iniquidades e de
amor, o mesmo ânimo, sentindo uma mesma coisa. Nada façais por seus pecados e de suas prevaricações
contenda ou por vanglória, mas por humildade; cada um considere os não me lembrarei mais” (Hebreus
outros superiores a si mesmo. Não atente cada um para o que é 8:12).
propriamente seu, mas cada qual também para o que é dos outros” 'DYLG ¿FRX DGPLUDGR FRP R
(versículos 2-4). perdão completo e misericórdia de
7HUDPHQWHGH-HVXV&ULVWRpRTXHWRUQDSRVVtYHOHVWHJUDQGHPLODJUH Deus. Ele escreveu: “Pois quanto o
da transformação. céu está elevado acima da terra,
3RULVVRRVLJQL¿FDGRVLPEyOLFRGREDWLVPRpSURIXQGR(OHUHSUHVHQWD assim é grande a sua misericórdia
RSHUGmRGRVSHFDGRVHDUHQRYDomRGDYLGDHP&ULVWR(OHGHYHPXGDUDV para com os que o temem. Quanto
Designpics
nossas vidas para sempre—particularmente quando nos lembramos que está longe o Oriente do Ocidente,
HVWDV ErQomRV YLHUDP SRU XP DOWR SUHoR -HVXV &ULVWR VDFUL¿FRX D 6XD
A Bíblia diz que Deus perdoa nossos pecados e erros.Através
própria vida para nós podermos ganhar a nossa através do perdão dos
nossos pecados—um assunto que consideraremos mais no da fé no sacrifício de Cristo, são-nos inteiramente removidos
próximo capítulo. todos os nossos pecados e culpa que acolhemos.
assimDIDVWDGHQyVDVQRVVDVWUDQVJUHVV}HV´ 6DOPRV 
Por intermédio do profeta Isaías, Deus fala-nos do perdão que se segue
TXDQGRQRVDUUHSHQGHPRVHQRVYROWDPRVSDUD(OH³/DYDLYRVSXUL¿FDL
vos, tirai a maldade de vossos actos de diante dos meus olhos e cessai de
fazer mal. Aprendei a fazer o bem... ainda que os vossos pecados sejam
como a escarlata, eles se tornarão brancos como a neve” (Isaías 1:16-18).
Paulo esclarece que o injusto não herdará o Reino de Deus
&RUtQWLRV 'HSRLVH[SOLFDFRPRVRPRVODYDGRVHMXVWL¿FDGRV³(p
o que alguns têm sido, mas haveis sido lavados, mas haveis sido
VDQWL¿FDGRVPDVKDYHLVVLGRMXVWL¿FDGRVHPQRPHGR6HQKRU-HVXVHSHOR
(VStULWRGRQRVVR'HXV´ YHUVtFXOR -HVXV&ULVWRSXUL¿FDD,JUHMD³FRP
28 O Caminho para a Vida Eterna O Perdão do Pecado 29

a lavagem da água, pela palavra” (Efésios 5:26). Ele também rogou: “Esconde a tua face dos meus pecados e apaga todas
Esta lavagem de imundície acumulada dos nossos pecados é parte do DVPLQKDVLQLTXLGDGHV&ULDHPPLPy'HXVXPFRUDomRSXURHUHQRYD
que é simbolizado pelo batismo. Antes de Paulo ser batizado, Ananias HPPLPXPHVStULWRUHFWR´ 6DOPRV 
disse: “agora, por que te deténs? Levanta-te, e batiza-te, e lava os teus
Como é o pecado perdoado?
pecados, invocando o nome do Senhor” (Actos 22:16). Ao mergulhar o
nosso corpo inteiramente na água, estamos simbolicamente lavando-nos O pecado é a transgressão da sagrada lei de Deus (1 João 3:4, ARA).
completamente. A punição que todos nós obtemos, por pecar, é a morte (Romanos 6:23).
Obviamente, a água é só um símbolo. Na realidade, a limpeza do Esta relação causa-e-efeito é absoluta e automática. A penalidade tem de
pecado e reconciliação com Deus são feitas pelo sangue derramado por ser paga.
-HVXV&ULVWRQRVVR6DOYDGRU 5RPDQRV$FWRV 6HPR6HX Nós não podemos saltar de um
sacrifício, os nossos pecados não podem ser lavados. SUpGLR GH  DQGDUHV WHQWDQGR
futilmente quebrar a lei da
Deixar a culpa para trás gravidade, sem pagar uma
Felizmente, Deus não mantém um cartão de marcação com as boas penalidade pela nossa acção. Da
REUDVGHXPODGRHDVPiVGRRXWUR2QRVVRUHJLVWR¿FDOLPSRGHWRGRV mesma forma, quando se transgride
os pecados se nos confessarmos e nos arrepender deles e deles pedirmos a lei espiritual de Deus, por se fazer
SHUGmR³6HFRQIHVVDUPRVRVQRVVRVSHFDGRVHOHp¿HOHMXVWRSDUDQRV isso, a pena da morte tem de ser
SHUGRDURVSHFDGRVHQRVSXUL¿FDUGHWRGDLQMXVWLoD´ -RmR &RPR paga. O perdão não quer dizer que iStockPhoto
já antes referido, nenhuma boa obra, nem esforço físico de nós mesmos, a penalidade para os nossos
jamais pode pagar a Deus pelos dons preciosos do perdão e do lavamento
A lavagem do pecado e a reconciliação com Deus são pelo
da nossa culpa.
É normal sentirmo-nos culpados quando pecamos, e o sofrimento das derramamento do sangue de Jesus Cristo, nosso Salvador.
SHQDOLGDGHV SRU HUURV SDVVDGRV SURORQJDUVH PXLWDV YH]HV &RQWXGR D Sem Seu sacrifício, nossos pecados não podem ser limpos.
FXOSDQmRQHFHVVLWDGHSHUPDQHFHUFRPRXPSHVRGHELOLWDQWHDGL¿FXOWDU SHFDGRVIRLHOLPLQDGD6LJQL¿FDSDUWLFXODUPHQWHRtransferir da pena de
nos. nós para alguém que pode aceitar e pagar esse castigo em vez de nós.
A culpa pode gerar sentimentos desnecessários de inferioridade e de Assim, a questão é, quem é que paga essa penalidade?
amargor. Depois de nos arrependermos, Deus absolve por completo os Deus sabia que era necessário morrer um Salvador pelos pecados do
nossos pecados, e, por conseguinte, não há razão para nos sentirmos mundo, porque todos nós pecamos e a penalização da morte paira sobre
culpados, salvo se voltarmos a pecar. Então aí, devemo-nos arrepender de todos: “sabendo que não foi com coisas corruptíveis, como prata ou ouro,
imediato, pedindo a Deus para nos perdoar e deixarmos a culpa para trás. TXHIRVWHVUHVJDWDGRV«PDVFRPRSUHFLRVRVDQJXHGH&ULVWRFRPRGH
'HXVQD6XDLQ¿QLWDPLVHULFyUGLDDSOLFDRVDFULItFLRGH&ULVWRSDUDFREULU um cordeiro imaculado e incontaminado, o qual, na verdade, em outro
e remover o nosso pecado e a nossa culpa. tempo, foi conhecido, ainda antes da fundação do mundo, mas manifestado,
eQRVGLWRHP+HEUHXV³3RUWDQWRFKHJXHPRVSHUWRGH'HXVFRP QHVWHV~OWLPRVWHPSRVSRUDPRUGHYyV´ 3HGUR 
XPFRUDomRVLQFHURHXPDIp¿UPHFRPDFRQVFLrQFLDOLPSDGDVQRVVDV O apóstolo João falou do grande amor de Deus para connosco e do
FXOSDVHFRPRFRUSRODYDGRFRPiJXDSXUD´ +HEUHXV%/+ 8PD VDFULItFLRGH-HVXV&ULVWRTXHSDJDRFDVWLJRGRVQRVVRVSHFDGRVWRUQDQGR
consciência limpa é um dos dons mais maravilhosos que Deus dá aos o perdão possível. “E ele é a propiciação pelos nossos pecados e não
6HXV¿OKRV somente pelos nossos, mas também pelos de todo o mundo” (1 João 2:2).
O rei David era um varão conforme o coração de Deus (Actos 13:22). E: “Nisto se manifestou a caridade de Deus para connosco: que Deus
David não era perfeito, mas lutava para evitar o pecado que o separasse de enviou seu Filho unigénito ao mundo, para que por ele vivamos. Nisto está
Deus. Em Salmos 139:23-24 David suplicou: “Sonda-me, ó Deus, e a caridade: não em que nós tenhamos amado a Deus, mas em que ele nos
conhece o meu coração; prova-me e conhece os meus pensamentos. E vê amou e enviou seu Filho para propiciação pelos nossos pecados”
se há em mim algum caminho mau e guia-me pelo caminho eterno.” -RmR 
30 O Caminho para a Vida Eterna O Perdão do Pecado 31

1DYHUGDGH'HXVFULRXWRGDVDVFRLVDVSRULQWHUPpGLRGH-HVXV&ULVWR assim Deus usou-o poderosamente depois da sua conversão (1 Timóteo


-RmR(IpVLRV&RORVVHQVHV+HEUHXV &RPR  25HL'DYLGDRORQJRGROLYURGRV6DOPRVJORUL¿FDDPLVHULFyUGLD
&ULDGRUGDKXPDQLGDGHVHQGRR)LOKRSHUIHLWRGH'HXV-HVXV&ULVWRYLYHX GH'HXV(OHYLDDPLVHULFyUGLDGH'HXVFRPRLQ¿QLWDHQFKHQGRDWHUUD
uma vida impecável na carne, e foi capaz, de uma vez por todas, servir (Salmos 119:64).
como sacrifício perfeito dos pecados de toda a humanidade. Exemplos assim inspiram grande esperança. Não importa o nosso
passado ou os nossos erros passados, quando nos arrependemos de
O perfeito amor e o sacrifício de Jesus Cristo
verdade e nos batizamos, Deus promete completo perdão.
A asombrosa verdade é que “Deus amou o mundo de tal maneira que Ensinos de psicologia desenvolvidos pelo homem podem fazer-nos
deu o seu Filho unigénito, para que todo aquele que nele crê não pereça, sentir-nos bem com nós próprios e procurarmos melhorar a nossa própria
mas tenha a vida eterna” (João 3:16). Ainda mais incrível é que Deus nos imagem, contudo, nenhum destes esforços humanos pode perdoar o
amou quando ainda éramos pecadores; nós ainda estávamos sob a pecado e remover por completo a penalidade espiritual associada a ele. Só
penalidade da morte quando Ele nos chamou para nos convertermos RVDFULItFLRGH&ULVWRSRGHOLPSDUSHUIHLWDPHQWHHSHUGRDUQRV
(Romanos 5:8).
Jesus tem um profundo, ardente desejo em ajudar a humanidade a Enterrar o passado
SDUWLOKDUDHWHUQLGDGHFRP6LJR 0DWHXV $FDUWDDRV+HEUHXVGL] &RPR'HXVMiQmRQRVDVVRFLDFRPRVQRVVRVYHOKRVSHFDGRVDVVLPQyV
que nós devemos olhar “para Jesus, autor e consumador da fé, o qual, pelo GHYHPRV GHL[DU SDUD WUiV R SDVVDGR &RP RV QRVVRV YHOKRV PDOHV
gozo que lhe estava proposto, suportou a cruz, desprezando a afronta, e sepultados, como representa o batismo, não devemos ir atrás e desenterrá-
assentou-se à destra do trono de Deus” (Hebreus 12:2). ORV &RQVLGHUDQGR R VLPEROLVPR HQYROWR LVVR VHUi R PHVPR TXH
profanação.
Agora, com nossos velhos pecados enterrados, na sepultura,
Para alguns, tal roubo da sepultura em forma de permanecer
como representado pelo batismo, nós não devemos recuar ao interminávelmente angustiado pelos pecados passados,
passado e desenterrá-los. Considerando este simbolismo, tal pode parecer arrependimento, mas é mais um jeito de auto punição. Nós
seria como roubo de sepultura. precisamos de compreender que Deus quer arrependimento, não penitência.
Ele não quer que arremessemos pecados velhos à Sua face para
1mRIRLQDGDDJUDGiYHOSDVVDUSRUÀDJHODomRHFUXFL¿[mRXPDIRUPD continuamente sermos consumidos pensando neles. Ele espera que
incrivelmente brutal e atormentadora de execução. Isaías 52:14 profetizou FRQ¿HPRVQ¶(OHHQR6HXGHVHMRSDUDSHUGRDUHHVTXHFHUFRPSOHWDPHQWH
TXH D IDFH GH &ULVWR VHULD ³WmR GHV¿JXUDGD PDLV GR TXH a de outro Nós precisamos de aprender dos nossos erros; mas uma vez isso feito,
TXDOTXHUHDVXD¿JXUDPDLVGRTXHa dos outros¿OKRVGRVKRPHQV´ devemos deixá-los enterrados no passado. Nós devemos “andar em
O Salmo 22 descreve alguns dos pensamentos e sentimentos de angústia novidade de vida” (Romanos 6:4). Aos olhos de Deus, quem assim faz,
e dor que Jesus enfrentou aquando e durante a Sua traição e morte. Apesar torna-se uma nova pessoa, alguém completamente perdoado, como se ele
disso Ele teve a visão espiritual de consentir o Seu próprio sofrimento para ou ela nunca tivesse pecado.
ter o prazer de passar à eternidade com outros que escolheriam o caminho É importante que nos observemos a partir desta perspectiva e nos
da vida eterna (Hebreus 12:2). foquemos no futuro. Em Filipenses 3:13-14, Paulo expressou o conceito
Ele de bom grado aceitou a maldição, a penalidade da morte indicada deste modo: “uma coisa faço, e é que, esquecendo-me das coisas que atrás
para nós, “fazendo-se maldição por nós, porque está escrito: Maldito todo ¿FDPHDYDQoDQGRSDUDDVTXHHVWmRGLDQWHGHPLPSURVVLJRSDUDRDOYR
aquele que for pendurado no madeiro” (Gálatas 3:13). (Para saber mais SHORSUpPLRGDVREHUDQDYRFDomRGH'HXVHP&ULVWR-HVXV´
sobre quem foi realmente Jesus e o que é que Ele passou por nós, Apercebendo-nos como o perdão completo é possível através do
descarregue ou peça o nosso livro gratuito Jesus Cristo: A Verdadeira VDFULItFLRSHUIHLWRGH&ULVWRWHPRVGHROKDUHPIUHQWHSDUDPDQWHUPRVD
História). rota certa. No próximo capítulo veremos como permanecer no caminho da
2 VDFULItFLR GH &ULVWR IRL WmR FRPSOHWR TXH QHQKXP SHFDGR MDPDLV vida eterna.
cometido é tamanho ou tão pequeno que Deus não o perdoe (Salmos
 3DXORFKDPRXVHDVLSUySULRRSULQFLSDOGRVSHFDGRUHVPHVPR
32 O Caminho para a Vida Eterna Manter o Caminho 33

Tal como uma criança aprende a andar, a princípio nós talvez vacilemos,
Manter o Caminho tombando neste novo caminho da vida. As tentações e provações que
enfrentamos às vezes far-nos-ão cambalear e cair. Mas lembremo-nos que
'HXV3DLH-HVXV&ULVWRHVWmRSURQWRVSDUDQRVFRQIRUWDUHDMXGDUHPFDGD
“Arrependei-vos, pois, e convertei-vos, para que sejam
passo do caminho.
apagados os vossos pecados, e venham, assim, os tempos do A nossa tarefa é de continuarmos a luta, esforçando-nos com a ajuda de
refrigério pela presença do Senhor” Actos 3:19). 'HXV H DVVLP WRUQDPRQRV &ULVWmRV PDGXURV +HEUHXV  GL]HP
nos: “Quem se alimenta de leite ainda é criança, e não tem experiência no

O batismo e os passos a ele relativos que temos de tomar são somente


o princípio do caminho para a vida eterna. Porém, antes de
FKHJDUPRVDR¿PGDPHWDWHPRVJUDQGHGLVWkQFLDSDUDSHUFRUUHU1HVWH
ensino da justiça. Mas o alimento sólido é para os adultos, os quais, pelo
exercício constante, tornaram-se aptos para discernir tanto o bem quanto
o mal” (NVI).
capítulo vamos abordar alguns aspectos da nossa jornada revelados pelo Viver o caminho de Deus tem de permanecer sempre a nossa prioridade.
nosso mapa de percurso, a Bíblia. Recordemos que estamos a viajar num &RQWLQXDPHQWH ³EXVFDL SULPHLUR R 5HLQR GH 'HXV H D VXD MXVWLoD´
caminho estreito 0DWHXV 8PVHQWLGRFODURGHSURSyVLWRHGLUHFomR (Mateus 6:33).
podem ajudar-nos a manter-nos em rota. A oração regular e o estudo
Quando respondemos à chamada de Deus com o arrependimento e o da Palavra de Deus são chaves
batismo, esperam-nos muitas bênçãos e oportunidades. A nossa mente que nos ajudam a mantermo-
PXGD&UHVFHPRVHPVDEHGRULDFRQKHFLPHQWRHFRPSUHHQVmR 3URYpUELRV nos orientados no caminho da
2:1-11). Aprenderemos a pensar e a agir como Deus pensa e age. vida de Deus. Mais, a
confraternização com outros
Surgirão provações, e Seguir em frente crentes pode ser um
sacrifícios serão exigidos Surgirão provações, e sacrifícios encorajamento tremendo para
VHUmRH[LJLGRV 0DWHXV (VWHV vivermos a nossa nova vida
(Mateus 10:35-39). Estes passos ajudam-nos a criar bom carácter. iStockPhoto
dedicada a Deus.
passos ajudam-nos a 2 PHLRLUPmR GH -HVXV &ULVWR 7LDJR
criar bom carácter. escreveu: “tende grande gozo quando Viver o caminho de Deus tem de permanecer sempre a
cairdes em várias tentações, sabendo nossa prioridade. Continuamente, “buscai primeiro o Reino
que a prova da vossa fé produz a paciência. Tenha, porém, a paciência a de Deus, e a sua justiça” (Mateus 6:33).
sua obra perfeita, para que sejais perfeitos e completos, sem faltar em
coisa alguma” (Tiago 1:2-4). (P0DWHXV-HVXVGLVVH³1HPWRGRRTXHPHGL]6HQKRU6HQKRU
Jesus avisou-nos para contarmos os custos em percorremos este entrará no Reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que
caminho, do mesmo modo como faremos ao tomarmos um grande está nos céus.” É-nos dado escolher o que queremos fazer, mas Jesus
SURMHFWRQDYLGD³3RLVTXDOGHYyVTXHUHQGRHGL¿FDUXPDWRUUHQmRVH HVSHUDFODUDPHQWHTXHIDoDPRVDQRVVDSDUWHSHUPDQHFHQGR¿pLVD(OH
assenta primeiro a fazer as contas dos gastos, para ver se tem com que a &RPRDQWHULRUPHQWHGLWRQyVWHPRVGHSURGX]LUIUXWRVQDQRVVDYLGDTXH
acabar? Para que não aconteça que, depois de haver posto os alicerces e sejam agradáveis a Deus.
não a podendo acabar, todos os que a virem comecem a escarnecer dele,
GL]HQGR (VWH KRPHP FRPHoRX D HGL¿FDU H QmR S{GH DFDEDU´ /XFDV O término do caminho: o Reino de Deus
  Reparemos agora umas quantas coisas acerca do futuro Reino de Deus
Jesus falando a um potencial seguidor que queria estabelecer condições e da vida eterna, o término da nossa caminhada.
no seu compromisso disse: “Ninguém que lança mão do arado e olha para Devemos lembrar-nos que o Reino de Deus é o âmago da mensagem
trás é apto para o Reino de Deus” (Lucas 9:62). Jesus espera que os Seus do evangelho que Jesus proclamou. Em Marcos 1:14-15 lê-se que “veio
seguidores completem o que começam. Jesus para a Galileia, pregando o evangelho do Reino de Deus e dizendo:
34 O Caminho para a Vida Eterna Manter o Caminho 35

O tempo está cumprido, e o Reino de Deus está próximo. Arrependei-vos reinará para todo o sempre.”
H FUHGH QR HYDQJHOKR´$R DSDUHFHU DRV 6HXV GLVFtSXORV GXUDQWH RV  O Reino de Deus será um reino real governando a terra, em substituição
dias depois da Sua ressurreição, Jesus continuou a falar-lhes sobre o GHWRGRRJRYHUQRHDXWRULGDGHKXPDQRV&RPRSUHGLWRHP'DQLHO
Reino de Deus (Actos 1:3). “o Deus do céu levantará um reino que não será jamais destruído; e esse
reino não passará a outro povo; esmiuçará e consumirá todos esses reinos
+RMH VH SHUPDQHFHUPRV ¿pLV D 'HXV DR ORQJR GD QRVVD e será estabelecido para sempre.”
vida, partilharemos com Cristo a função de reis e sacerdotes 2V SULPHLURV &ULVWmRV ¿[DYDP ¿UPHPHQWH RV VHXV ROKRV QR IXWXUR
no Seu futuro Reino (Apocalipse 1:6; 5:10; 20:6). Reino de Deus. Actos 8:12 explica que a mensagem do Reino de Deus foi
uma das razões principais para o povo acreditar na verdade de Deus e
'HQWURHPEUHYH&ULVWR UHJUHVVDUi j WHUUD H HVWDEHOHFHUiHVVH5HLQR batizar-se: “Mas, como cressem em Filipe, que lhes pregava acerca do
Apocalipse 11:15 fala profeticamente desse impressionante dia: “E tocou 5HLQRGH'HXVHGRQRPHGH-HVXV&ULVWRVHEDWL]DYDPWDQWRKRPHQV
o sétimo anjo a trombeta, e houve no céu grandes vozes, que diziam: Os como mulheres.” Nós também temos de “acreditar no evangelho”
UHLQRV GR PXQGR YLHUDP D VHU GH QRVVR 6HQKRU H GR VHX &ULVWR H HOH (Marcos 1:15).

dos santos, para a obra do minis- “Consideremo-nos também uns


Somos Batizados Num WpULRSDUDHGL¿FDomRGRFRUSRGH aos outros, para nos estimular-
Cristo, até que todos cheguemos mos ao amor e às boas obras.
Corpo Espiritual à unidade da fé e ao conheci- Não deixemos de congregar-nos,
mento do Filho de Deus, a varão como é costume de alguns;
Não se é batizado em qualquer seita ou denominação. perfeito, à medida da estatura antes, façamos admoestações e
completa de Cristo.” tanto mais quanto vedes que o
Mas, por meio do batismo, como está ensinado na Bíblia, Aqui, vemos que a Igreja, como Dia se aproxima” (ARA).
tornamo-nos membros do Corpo espiritual de Cristo corpo de Cristo, tem uma obriga- Nós na Igreja de Deus Unida
ção e responsabilidade em aju- reconhecemos a necessidade de
(1 Coríntios 12:27; Efésios 2:19-22). dar os Cristãos a crescer espiritu- prover a oportunidade para as
almente, o que requer que pessoas de Deus se reunir e

E m 1 Coríntios 12:13 vemos


que: “todos nós fomos bati-
zados num Espírito, formando
tando uma assembleia por convo-
cação. Posto de um modo sim-
ples, Deus chama, a quem Ele
colaborem sob a orientação de
PLQLVWURV ¿pLV H GHVLJQDGRV SRU
receber instrução bíblica e con-
fraternizar. Reunir regularmente
Deus. Deus alerta-nos para lutar- com o povo de Deus é uma ajuda
um corpo, quer judeus, quer escolhe, desta sociedade para mos pela unidade e reconhecer- vital para o seu crescimento espi-
gregos, quer servos, quer livres, fazer parte do corpo espiritual que mos a necessidade que temos de ritual.
e todos temos bebido de um é a Sua Igreja. cada um (1 Coríntios 12:12-25; Se deseja visitar-nos, pedimos
Espírito.” Jesus disse que os Seus discí- Efésios 4:1-3). que escreva a um dos endereços
Este corpo chama-se a Igreja pulos, ou seguidores, precisariam Para se permanecer no cami- DR ¿P GHVWH OLYUR RX HQYLRQRV
de Deus (Actos 20:28). A inscri- de ser ensinados (Mateus 28:19- nho da vida eterna é importante um e-mail a info@ucg.org e com
ção nesta Igreja é garantida por 20). Paulo explicou, em Efésios HQFRQWUDU XPD LJUHMD²XP JUXSR muito gosto lhe informaremos da
Deus após verdadeiro arrependi- 4:11-13: “E ele mesmo deu uns GH FUHQWHV²QD TXDO VH SRVVD congregação da Igreja de Deus
mento e batismo e não é determi- para apóstolos, e outros para pro- aprender sã doutrina e conviver Unida mais próxima de si.
nada pelos homens ou organiza- fetas, e outros para evangelistas, com pessoas de opinião seme- Nós reunimos em locais por
ções humanas. A palavra grega e outros para pastores e douto- lhante. todo o mundo. Os visitantes são
para “igreja” é ekklesia, deno- res, querendo o aperfeiçoamento Lemos em Hebreus 10:24-25: sempre bem-vindos.
36 O Caminho para a Vida Eterna Manter o Caminho 37

+RMH VH SHUPDQHFHUPRV ¿pLV D 'HXV DR ORQJR GD QRVVD YLGD Enquanto buscarmos activamente a vontade de Deus e permitir o Seu
SDUWLOKDUHPRV FRP &ULVWR D IXQomR GH UHLV H VDFHUGRWHV QR 6HX IXWXUR Espírito Santo actuar na nossa vida, a nossa salvação está garantida.
5HLQR $SRFDOLSVH 3RGHPRVDQVLDUDWUDQVIRUPDUQRVHP Sim, Deus promete ajudar-nos em todos os passos do caminho, em todas
HVStULWR H YLYHUPRV SDUD VHPSUH  7HVVDORQLFHQVHV  as curvas da estrada, se nos arrependermos, tivermos fé n’Ele para
&RUtQWLRV &RPR¿OKRVGH'HXVKHUGDUHPRVWRGDVDVFRLVDV perdão dos nossos pecados, ser batizados e olhar para Ele e para o Seu
de Deus—não somente a terra, mas também o universo inteiro e o reino futuro Reino. (Para saber mais descarregue ou peça a nossa publicação
HVSLULWXDO 0DWHXV  $SRFDOLSVH  +HEUHXV   Transformando a Sua Vida: O Processo da Conversão).
(Para aprender mais, descarregue ou peça a nossa publicação gratuita
Qual É o Seu Destino?) E agora?
Agora que sabe o que fazer, actuará nisso, ou deixará esta preciosa
Chegarás lá com a ajuda de Deus chamada de Deus perder-se? Por intermédio do profeta Isaías, Deus faz-
Deus estende a mão às promessas maravilhosas e inimagináveis do nos um convite e uma promessa: “Buscai ao SENHOR enquanto se pode
futuro mais brilhante possível. Mas para se alcançar esse destino é vital achar, invocai-o enquanto está perto. Deixe o ímpio o seu caminho, e o
que persistamos em O seguir—para continuamente nos arrependermos, homem maligno, os seus pensamentos e se converta ao SENHOR, que se
quando tropeçarmos, permanecendo concentrados no objectivo. compadecerá dele; torne para o nosso Deus, porque grandioso é em
Não obstante as declarações de muitos que ensinam “uma vez salvo, SHUGRDU´ ,VDtDV 
para sempre salvo,” é sempre possível, nesta vida, aos que se entregam Em 2 Tessalonicenses 2:13-15, Paulo escreve: “Mas nós devemos
a Deus, O negar subsequentemente e perder a salvação (Hebreus 2:1-3; sempre dar graças a Deus por vocês, irmãos amados pelo Senhor, porque
  desde o princípio Deus os escolheu para serem salvos mediante a obra
$SHVDU GLVVR 'HXV IDOD GD QRVVD VDOYDomR FRPR ¿UPH²FRPR QD VDQWL¿FDGRUDGR(VStULWRHDIpQDYHUGDGH(OHRVFKDPRXSDUDLVVRSRU
verdade é, desde que não cheguemos ao ponto de O rejeitar a Ele e ao PHLR GH QRVVR HYDQJHOKR D ¿P GH WRPDUHP SRVVH GD JOyULD GH QRVVR
Seu caminho, quer por persistente negligência quer por amargura. 6HQKRU-HVXV&ULVWR3RUWDQWRLUPmRVSHUPDQHoDP¿UPHV e apeguem-se
às tradições que lhes foram ensinadas, quer de viva voz, quer por carta
Deus estende a mão às promessas maravilhosas e nossa” (NVI).
inimagináveis do futuro mais brilhante possível. Mas para Se Deus o [a] está a chamar, responde-Lhe?
se alcançar esse destino é vital que persistamos em O O apóstolo Pedro encoraja-nos a todos: “Portanto, irmãos, procurai
ID]HU FDGD YH] PDLV ¿UPH D YRVVD YRFDomR H HOHLomR SRUTXH ID]HQGR
seguir—para continuamente nos arrependermos, quando isto, nunca jamais tropeçareis. Porque assim vos será amplamente
tropeçarmos, permanecendo concentrados no objectivo. concedida a entrada no Reino eterno de nosso Senhor e Salvador Jesus
&ULVWR´ 3HGUR 
Para quem deseja entregar sua vida a Ele, Deus oferece esta O caminho para a vida eterna está posto perante si—o único caminho.
maravilhosa perspectiva em Efésios 1:13-14: “A mesma coisa aconteceu Que o possa seguir, sem mudar de direcção, para o fantástico destino que
também com vocês. Quando ouviram a verdadeira mensagem, a boa Deus planeou para si!
QRWtFLD TXH WURX[H SDUD YRFrV D VDOYDomR YRFrV FUHUDP HP &ULVWR (
'HXV S{V HP YRFrV D VXD PDUFD GH SURSULHWiULR TXDQGR OKHV GHX R
Espírito Santo, que ele havia prometido. O Espírito Santo é a garantia de
que receberemos o que Deus prometeu ao seu povo, e isso nos dá a
certeza de que Deus dará liberdade completa aos que são seus. Portanto,
Se Deus o [a] está a
louvemos a sua glória” (Efésios 1:13-14, BLH).
E Filipenses 1:6 encoraja-nos com estas palavras: “aquele chamar, responde-Lhe?
que em vós começou a boa obra a aperfeiçoará até ao Dia de
-HVXV&ULVWR´
Se deseja saber mais . . . A Igreja de Deus Unida empenha-se em entender e praticar o
Cristianismo do Novo Testamento. Desejamos compartilhar o
Quem somos: Esta literatura é distribuída gratuitamente pela estilo de vida de Deus com os que ardentemente buscam adorar
Igreja de Deus Unida, uma Associação Internacional, que e seguir o nosso Salvador, Jesus Cristo.
tem ministros e congregações em muitas partes do mundo.
Os nossos ministros estão disponíveis para aconselhar,
Nós encontramos as nossas raízes na Igreja que Jesus fundou, responder a questões e explicar a Bíblia. Se desejar contactar
no início do primeiro século. Seguimos os mesmos ensinamen- um ministro, ou visitar uma das nossas congregações, queira
tos, doutrinas e práticas que então foram estabelecidas. A nossa sentir-se à vontade para contactar o nosso escritório mais
incumbência é a de proclamar o evangelho do vindouro Reino próximo de si.
de Deus por todo o mundo, como uma testemunha, e de ensinar
todas as nações a observar o que Cristo ordenou (Mat 24:14; Informação adicional: Se desejar corresponder connosco em
28:19-20). Português, por favor envie-nos um e-mail para info@ucg.org ou
escreva-nos para um dos endereços atrás em lista.
Gratuito: Jesus Cristo disse: “de graça recebestes, de graça dai”
(Mateus 10:8). A Igreja de Deus Unida oferece esta e outras publi-
cações gratuitamente, como um serviço educacional no interesse
público. Nós o convidamos a pedir a sua subscrição gratuita da Para saber mais descarregue
revista A Boa Nova e a inscrever-se no nosso Curso de Ensino
Bíblico, de 12 lições, também livre de custos. ou peça os nossos livros
Estamos agradecidos pelos generosos dízimos e ofertas dos
membros da Igreja, e doutros colaboradores, que voluntariamente “Transformando a Sua Vida —
contribuem para o suporte desta obra. Não solicitamos fundos do
público em geral. No entanto, aceitamos de bom grado contribui- O Processo de Conversão” e
ções em ajuda a compartilharmos esta mensagem de esperança
com outros. “Qual É o Seu Destino?”, que
Se desejar, de livre vontade dar um dízimo ou fazer um donativo
no Brasil, para ajudar esta Obra de Deus, os nossos detalhes estão disponíveis no nosso site
bancários são:
www.revistaboanova.org
Caixa Econômica Federal
Igreja de Deus Unida, Brasil
Conta Poupança 7648-8
Operação 013
Agência 3540

Conselho pessoal disponível: Jesus ordenou os seus seguido-


res para apascentar as Suas ovelhas (João 21:15-17). Para ajudar
a cumprir esta instrução, a Igreja de Deus Unida tem congrega-
ções à volta do mundo. Nelas os crentes reúnem-se para serem
instruídos segundo as Escrituras e para confraternizarem.
ENDEREÇOS POSTAIS
Estados Unidos da América:
(Pode pedir em Português, Espanhol ou Inglês)
Igreja de Deus Unida
P O Box 541027
Cincinnati, OH, 45254-1027
Telefone: +1 (513) 576 9796

Inglaterra:
United Church of God
P O Box 705
Watford,
Herts WD19 6FZ
Telefone: +44 (0)20-8386-8467

Brasil:
Igreja de Deus Unida
Caixa Postal 7
Montes Claros – MG
CEP 39400-970
Telefone: +1 (513) 576 9796

Internet:
www.revistaboanova.org
www.gnmagazine.org
www.beyondtoday.tv
www.ucg.org
e-mail: info@ucg.org

Autor: United Church of God


Escritores contribuintes: Gail Allwine, Roger Foster,
Rod Hall, Allen Hirst, Glen White
Revisores editoriais: Scott Ashley, Paul Kieffer, Donald Ward
Foto da capa: PhotoDisc, Inc
Design: Michelle Vautour
Tradutores: Luis de Andrade, José dos Santos Martins
Revisor da tradução: Jorge Manuel de Campos