Você está na página 1de 3

Perguntas Mais Frequentes - ACT http://www.act.gov.pt/(pt-pt)/itens/faqs/paginas/default.

aspx

| Home

Pesqu isar

Sob re a ACT I nf o rm ações Pu b licaçõ es Leg islação Segu ran ça e Saú de no Trabalh o Cam p anh as

Sexta-feira, 16 de Junho de 2017

ACT » Per gunt as Mai s Fr equent es

Pergunt as Mais Fr equent es

Veja aqui as perguntas que mais frequentemente são colocadas à ACT bem como as respetivas respostas. Pode fazer a
pesquisa por t e m a s ou por p a la v r a - ch a v e . Esta lista está em permanente atualização e novos temas são
acrescentados regularmente.

Pe sq u isa r
por:

Tema:

» Qu al é a leg islação q ue regu lam en t a est e t em a?

Artigos 404º a 475.º do CT.

» Qu ais as est ru t uras de rep resen t ação co let iva do s t rab alhad ores?

Os trabalhadores podem ser coletivamente representados por,


• Associações Sindicais - ver “associações sindicais”;
• Comissão de trabalhadores e Subcomissões de trabalhadores - ver “Comissão de trabalhadores”;
• Representante dos trabalhadores para a segurança e saúde no trabalho - ver “Representante dos trabalhadores para a
segurança e saúde no trabalho” ;
• Outras estruturas previstas em lei específica, designadamente conselhos de empresa europeus - ver “conselhos de empresa
europeus”,

» Qu al o o b j et ivo d as est ru t uras d e rep resen t ação co let iva do s t rab alh ad ores?

Organizar e prosseguir coletivamente a defesa dos direitos e interesses dos trabalhadores.

» As est rut uras d e rep resen t ação co let iva do s t rab alh ad ores g ozam d e aut o no m ia e in d ep en dência p erant e o
Est ad o , o s p art id o s po lít icos e inst it u içõ es religiosas o u associaçõ es de o u t ra n at u reza?

Sim, as estruturas de representação coletiva dos trabalhadores são independentes e autónomas do Estado, dos partidos políticos e
das instituições religiosas ou associações de outra natureza, por exemplo, das associações de empregadores, sendo proibido
qualquer ingerência destes na sua organização e gestão bem como no seu recíproco financiamento.

» As est rut uras d e rep resen t ação co let iva do s t rab alh ad ores p od em ser apo iad as pelo Est ad o?

Sim, as estruturas de representação coletiva dos trabalhadores podem ser apoiadas pelo Estado nos termos previsto na lei, não
podendo o Estado discrimina-las relativamente a quaisquer outras entidades.

» Pod e ser celeb rad o aco rd o o u o ut ro at o qu e vise su bo rd inar o em preg o d o t rab alh ad or à con dição de est e se f iliar
o u não f iliar n u m a asso ciação sind ical o u d e se ret irar daqu ele em q ue est á inscrit o?

Não, é proibido e considerado nulo o acordo ou qualquer ato que vise subordinar o emprego do trabalhador à condição de este se
filiar ou não filiar numa associação sindical ou de se retirar daquela em que está inscrito.

1 de 3 16-06-2017 12:36
Perguntas Mais Frequentes - ACT http://www.act.gov.pt/(pt-pt)/itens/faqs/paginas/default.aspx

» Pod e ser celeb rad o aco rd o o u o ut ro at o qu e vise d esp ed ir, t ran sf erir o u , p or qu alq uer m od o, prej u d icar
t rab alhad or devid o ao exercício do s d ireit o s relat ivos à p art icipação em est rut u ras d e represent ação colet iva o u à
sua f iliação ou não f iliação sind ical?

Não, é proibido e considerado nulo o acordo ou qualquer ato que vise despedir, transferir ou, por qualquer modo, prejudicar
trabalhador devido ao exercício dos direitos relativos à participação em estruturas de representação coletiva ou à sua filiação ou
não filiação sindical.
Em suma, os atos discriminatórios são proibidos e considerados nulos.

» Em qu e t ipo de resp on sab ilid ad e inco rre q u em p rat ica at os de nat ureza d iscrim inat ó ria ou qu e viole a au t o n om ia
e a ind ep en dên cia sind ical?

Pode incorrer em responsabilidade criminal:


- A entidade que viole a autonomia ou a independência sindical ou pratique ato discriminatório é punida com pena de multa até
120 dias.
- O administrador, diretor, gerente ou outro trabalhador que ocupe lugar de chefia que viole a autonomia ou a independência
sindical ou que seja responsável por ato discriminatório é punido com pena de prisão até 1 ano.
- O dirigente ou delegado sindical que seja condenado pela prática de ato que viole a autonomia ou a independência sindical ou ato
discriminatório, perde os direitos específicos previstos no Código do Trabalho.

» Os rep resen t an t es d os t rabalhado res benef iciam d e especial p rot eção?

Sim. A vários níveis:


- Beneficiam de crédito de horas para desempenho das funções de representante dos trabalhadores.
- A ausência de trabalhador motivada pelo desempenho das funções em estrutura de representação coletiva de trabalhadores de
que seja membro, no que exceda o crédito de horas, considera-se justificada e conta como tempo de serviço efetivo, salvo quanto
à retribuição.
- Em caso de procedimento disciplinar, a suspensão preventiva de trabalhador membro de estrutura de representação coletiva não
obsta a que o mesmo tenha acesso a locais e exerça atividades que se compreendem no exercício das correspondentes funções.
- Na pendência de processo judicial para apuramento de responsabilidade disciplinar, civil ou criminal com fundamento em
exercício abusivo de direitos na qualidade de membro de estrutura de representação coletiva dos trabalhadores, o trabalhador
visado beneficie das mesmas prerrogativas que o suspenso preventivamente no âmbito de procedimento disciplinar, isto é, a
pendencia de processo não obsta a que o mesmo tenha acesso a locais e exerça atividades que se compreendem no exercício das
correspondentes funções.
- O despedimento de trabalhador candidato a corpos sociais das associações sindicais, bem como aquele que exerça ou tenha
exercido funções nos mesmos corpos sociais há menos de três anos, presume-se feito sem justa causa.
- Estes trabalhadores não podem ser transferidos do local de trabalho sem o seu acordo, salvo quando a transferência resultar da
mudança total ou parcial do estabelecimento onde prestam serviço, comunicação esta que carece de prévia comunicação à
estrutura a que pertence.
- A providência cautelar de suspensão de despedimento de trabalhador membro de estrutura de representação coletiva dos
trabalhadores só não é decretada se o tribunal concluir pela existência de probabilidade séria de verificação da justa causa
invocada.

» O em p reg ad or po de t ransf erir d e local d e t rab alh o o t rab alh ad or m em b ro de est ru t u ra d e rep resen t ação co let iva
d os t rab alh ado res?

- Está vedado ao empregador transferir de local de trabalho o trabalhador membro de estrutura de representação coletiva dos
trabalhadores sem o seu acordo, salvo quando tal resultar de extinção ou mudança total ou parcial do estabelecimento onde
presta serviço.

» Qu e d everes t em o t rab alh ad or m em b ro de est ru t u ra d e rep resen t ação co let iva do s t rab alh ad ores relat iva a
inf o rm ações co nf idenciais q u e t en ha receb id o n o âm b it o do d ireit o à in f o rm ação?

O trabalhador membro de estrutura de representação coletiva dos trabalhadores está impedido de revelar aos trabalhadores ou a
terceiros informações que tenha recebido, no âmbito de direito de informação ou consulta, com menção expressa da respetiva
confidencialidade.
O dever de confidencialidade mantém-se após a cessação do mandato de membro de estrutura de representação coletiva dos
trabalhadores.

» O em p reg ad or é o brigado a p rest ar t o das as inf o rm ações o u a proceder a t o das as co nsult as req uerid as?

Não, o empregador não é obrigado a prestar informações ou a proceder a consultas cuja natureza seja suscitável de prejudicar ou
afetar gravemente o funcionamento da empresa ou estabelecimento, (artigo 412ºCT).
A recusa do empregador deve ser fundamentada por escrito com base em critérios objetivos assentes em exigências de gestão
sendo passível de impugnação judicial pela estrutura de representação coletiva dos trabalhadores em causa.

» O n orm al f u ncion am en t o da em presa co nst it u i u m lim it e ao exercício d os direit os ou ao desem p en ho das f u nções
d o t rabalhado r m em bro d e est rut u ra de represen t ação co let iva d os t rabalhado res?

Sim, o trabalhador membro de estrutura de representação coletiva dos trabalhadores no exercício dos seus direitos ou no
desempenho das suas funções, não pode prejudicar o normal funcionamento da empresa.
O exercício abusivo de direitos por parte de membro de estrutura representativa dos trabalhadores é passível de responsabilidade

2 de 3 16-06-2017 12:36
Perguntas Mais Frequentes - ACT http://www.act.gov.pt/(pt-pt)/itens/faqs/paginas/default.aspx

disciplinar, civil ou criminal nos termos gerais.

Copyright 2014 ACT - Autoridade para as Condições do Trabalho | Desenvolvido por PT Sistemas de Informação

3 de 3 16-06-2017 12:36

Você também pode gostar