Você está na página 1de 4

SEDIMENTAÇÃO: O ENSAIO DE PROVETA

A sedimentação é um processo de separação sólido-líquido pela ação gravitacional, com a


formação de líquido límpido e um lodo concentrado.
Nesta prática o ensaio de proveta é utilizado para o projeto de um sedimentador
contínuo.

1. O ENSAIO DE PROVETA
1) Preparar uma suspensão de sólido na concentração especificada (Ca - g/1);
2) Agitar a suspensão de forma a ter uma concentração homogénea ao longo da proveta;
3) Terminada a agitação iniciar a cronometragem, anotando a altura inicial da suspensão;
4) A partir daí observar a queda da interface de suspensão-líquido clarificado, anotando em
intervalos regulares a altura da interface com o tempo;
5) O ensaio termina quando a altura do sedimento não variar mais com o tempo.

onde:
l - Líquido clarificado
2 - Suspensão
3 – Sedimento

2. CÁLCULO DA ÁREA DO SEDIMENTADOR


A partir dos dados de Z e t constrói-se um gráfico:

1
Para o cálculo da área do sedimentador utilizaremos o MÉTODO DE BISCAIA(1982)
que mostrou que o procedimento de KYNCH, minimização de Q/A (método tradicional),
pode ser realizado de modo simples quando a curva de sedimentação resulta na combinação
de uma reta com uma exponencial, assim teremos:

CaZo Q Zo
Z min e
Cl A proj min

Sendo:
Ca = Concentração de alimentação;
Cl — Concentração de lama;
ZO = Altura inicial de suspensão;

Q = Vazão de alimentação;
A = Área do sedimentador.

3. CÁLCULO DA ALTURA DO SEDIMENTADOR


Ref: Pavlov, Ramankov e Noscov (1981) "Problemas y ejemplos par el curso de
operaciones básicas y aparatos"Ed. Mir.
A altura do sedimentador é dada por:

HT = H1 + HC + H2

2
lama

Sendo:
HT = ALTURA TOTAL DO SEDIMENTADOR;
H1 = ALTURA DO DISPOSITIVO DE ALIMENTAÇÃO;
HC = ALTURA DA ZONA DE SEDIMENTAÇÃO E
H2 = ALTURA DO DISPOSITIVO DE FUNDO.

Estimativa da altura:
H1 DEVE SER NA FAIXA DE 0,45 A 0,75M;
H2 = 0,146 R ONDE O R É O RAIO DO SEDIMENTADOR.

4 Ca Q s
Hc tR
3 s A 1

com : TR - tempo de residência dentro da zona de sedimentação,


s - densidade do sólido,

l - densidade do lodo e
- densidade do líquido,

Cl
Sendo l Cl 1 e o tempo de residência é dado por
s

tR TF min

3
Serão feitos testes de proveta, a temperatura ambiente, com suspensões de carbonato de
cálcio nas concentrações (Ca) de: a) 20 g/1, b) 30 g/1 e c) 40 g/1.
Para cada concentração de alimentação determinar a área e a altura de projeto do
sedimentador para as seguintes concentrações de lama (Q): 1) 80 g/1, 2) 100 g/1 e 3) 120 g/1.
A vazão de alimentação a tratar é 10 m3/h e a densidade do sólido é 2,7 g/cm3