Você está na página 1de 3

04/04/2018 Registro 0210: Consumo Especifico Padronizado - Linha Microsiga Protheus - TDN

Criado por Robson Sales de Almeida Ribeiro, última alteração por Andre Ronaldo Maximo Silva em 13 mar, 2018

Neste registro serão considerados o consumo padrão e a perda de estrutura em percentual do componente, para se produzir uma unidade do produto resultante.
Este registro existe somente para produtos com tipos 03 (PP) e 04 (PA) no Registro 0200. Produtos fantasma não são tratados pelo registro, no entanto deve-se utilizar um tipo de produto valido para que os
componentes abaixo dele sejam carregados para o próximo nível. Existem duas formas de processamento consideradas na gravação do Registro 0210, conforme detalhado nos itens abaixo.
A estrutura do Registro 0210 compreende os campos:

Nº Campo Descrição Tipo Tam Dec Obrig

01 REG Texto fixo contendo "0210" C 4 - O

02 COD_ITEM _COM P Código do item componente/insumo (campo 02 do Registro 0200) C 60 - O

03 QTD_COM P Quantidade do item componente/insumo para se produzir uma unidade do item composto/resultante N 17 6 O

04 PERDA Perda/quebra normal percentual do insumo/componente para se produzir uma unidade do item composto/resultante N 5 2 O

O Registro 0210 pode ser gerado de duas formas:


Por movimento,
Por estrutura.
A geração do Registro 0210, deve ser feita preferencialmente por estrutura, pois não podem ocorrer grandes variações de quantidade e componentes de um período para o outro.
Disponibilizamos o processamento por movimento como uma segunda opção para clientes que possuam processos produtivos regulares (estrutura de componentes não tem grandes
alterações), mas por algum motivo não possuam o cadastro de estrutura (SG1). A utilização do processamento do Registro 0210 por movimentos deve ser avaliada com critério.
No arquivo temporário, existem os campos auxiliares QTD_CONS e QTD_PROD, que são utilizados quando o Registro 0210 é gerado Por M ovimento. Com base nos valores atualizados nestes campos
auxiliares é calculado o valor do campo QTD_COM P que faz parte deste registro.
Lembramos que o Registro 0210 também é obrigatório para empresas que Industrializam para Terceiros. É necessário que exista a estrutura com todos os componentes que serão utilizadas no processo de
industrialização, inclusive os insumos enviados pelo Terceiro.

a) Por Movimento
Disponibilizamos o processamento por M ovimento, como uma segunda opção para clientes que possuam processos produtivos regulares (estrutura de componentes não tem grandes alterações), mas por
algum motivo não possuam o cadastro de estrutura (SG1).
Este modelo não contempla estruturas cadastradas (SG1), e por consequência não trata o conceito de Estrutura Negativa. Para a gravação do Registro 0210, foram adotados dois critérios de cálculo: Um
quando existe empenho para o componente na tabela SD4, e outro quando este empenho não existe.
A gravação do Registros 0210, é realizada após a gravação dos Registros K230 e K235. Para cada Ordem de Produção do Registro K230, estão listados seus respectivos consumos no Registro K235 e
executada a análise de cada um destes componentes.
A análise segue a sequência abaixo:

Componente com Empenho na SD4


Acumulado da Quantidade do Empenho (QTD_CONS) do Componente na SD4, utilizando como chave o Número da Ordem de Produto + Código do Componente.
Acumulado da Quantidade da Ordem de Produção (QTD_PROD) do produto Pai.
Gravação do Registro 0210 e no campo QTD_COM P, é informado o valor resultante de QTD_CONS / QTD_PROD.

Componente sem Empenho na SD4

Acumulado da Quantidade do Consumo (QTD_CONS) do Componente no Registro K235.


Se a Ordem de Produção possui produções no Registro K230, é acumulada a Quantidade Produzida (QTD_PROD), caso contrário é acumulada a Quantidade da Ordem de Produção (QTD_PROD)
do produto Pai.
Gravação do Registro 0210 e no campo QTD_COM P, é informado o valor resultante de QTD_CONS / QTD_PROD.

Estes dois critérios são executados e acumulam os valores de Quantidade Consumida (QTD_CONS) e Quantidade Produzida (QTD_PROD) para cada Produto Pai + Componente de Ordens de Produção
distintas que encontrar. Dessa forma, ao final do processamento do Registro 0210, os valores gravados serão referentes a tudo o que foi consumido dentro do período.

Exemplo Prático:

Considere quatro Ordens de Produções do mesmo produto dentro do período. Apenas uma Ordem de Produção possui apontamento de produção, conforme o Registro K230:

Registro K230

Ordem de Produção Produto Produzido Quantidade OP

A00001-01-01 PA001 0,00 10,00

A00002-01-01 PA001 0,00 10,00

A00003-01-01 PA001 0,00 10,00

A00004-01-01 PA001 5,00 10,00

Foram realizadas requisições para estas Ordens de Produção do componente M P001 utilizado na produção do PA001, conforme detalhe do que será gravado no Registro K235:

Registro K235

Ordem de Produção Componente Consumido

A00001-01-01 M P001 10,00

A00002-01-01 M P001 10,00

A00003-01-01 M P001 32,50

http://tdn.totvs.com/display/public/PROT/Registro+0210%3A+Consumo+Especifico+Padronizado 1/3
04/04/2018 Registro 0210: Consumo Especifico Padronizado - Linha Microsiga Protheus - TDN

A00004-01-01 M P001 15,50

Apenas duas das Ordens de Produção possuem empenho para o componente M P001 na tabela SD4:

Empenho das Ordens de Produção

Ordem de Produção Componente Quantidade

A00001-01-01 M P001 20,00

A00002-01-01 M P001 30,00

A00003-01-01 Não possui Não possui

A00004-01-01 Não possui Não possui

Com base nestas informações, foram acumuladas as quantidades produzidas e consumidas para encontrar a quantidade necessária do Componente para realizar a produção do Produto Pai.

Cálculo da Quantidade do Produto X Componente

Ordem de Produto Componente Empenho? Acumulado Acumulado Quantidade


Produção
Produzido (A) Consumido (B) Componente (B/A)

A00001-01-01 PA001 M P001 Sim 10,00 20,00 2,00

A00002-01-01 PA001 M P001 Sim 20,00 50,00 2,50

A00003-01-01 PA001 M P001 Não 30,00 82,50 2,75

A00004-01-01 PA001 M P001 Não 35,00 98,00 2,80

A OP A00001-01-001 possui empenho, dessa forma, é considerada a quantidade da OP como a quantidade produzida (10,00) e a quantidade do empenho (20,00) como quantidade consumida.
Foram acumuladas as quantidades produzidas (10,00) e consumidas (20,00). Foi dividida a quantidade acumulada consumida pela quantidade acumulada produzida para obter a quantidade de 2,00.
A OP A00002-01-001 também possui empenho, dessa forma, foi considerada a quantidade da OP como a quantidade produzida (10,00) e a quantidade do empenho (30,00) como quantidade
consumida. Foram acumuladas as quantidades produzidas (20,00) e consumidas (50,00). Foi dividida a quantidade acumulada consumida pela quantidade acumulada produzida para obter a
quantidade de 2,50.
A OP A00003-01-001 não possui empenho e, também, não possui quantidade produzida, dessa forma, foi considerada a quantidade da OP como a quantidade produzida (10,00) e a quantidade
consumida via requisições (32,50) como quantidade consumida. Foram acumuladas as quantidades produzidas (30,00) e consumidas (82,50). Foi dividida a quantidade acumulada consumida pela
quantidade acumulada produzida e obtivemos a quantidade de 2,75.
A OP A00004-01-001 não possui empenho, possui quantidade produzida (5,00) considerada como a quantidade produzida (5,00) e a quantidade consumida via requisições (15,50) como quantidade
consumida. Foram acumuladas as quantidades produzidas (35,00) e consumidas (98,00). Foi dividida a quantidade acumulada consumida pela quantidade acumulada produzida e obtemos a
quantidade de 2,80.
Como dentro deste período haviam apenas estes movimentos nos Registros K230 e K235, houve a finalização do cálculo e geração do Registro 0210. Vale observar que os valores em Negrito nas tabelas
acima, são os que foram considerados no cálculo, seguindo os critérios que foram descritos.

Registro 0210

Produto Componente Quantidade Perda

PA001 M P001 2,80 0,00

Perda
O percentual de perda no processo produtivo, quando utilizada a extração do Registro 0210 por movimento, é habilitada através do parâmetro MV_BLKPERD. (Link do parâmetro)
Para a composição deste valor, a rotina de extração utilizará os lançamentos realizados através da rotina de Apontamento de perda (MATA685), considerando somente registros que geraram
movimento de requisição (configuração através dos parâmetros F12 da referida rotina) e não geraram saldo em produto destino.
Calculo realizado: (QUANTIDADE APONTADA COMO PERDA/QUANTIDADE CONSUMIDA EM REQUISIÇÕES) * 100

b) Por Estrutura
São consideras as informações da tabela SG1 (Estrutura de Produtos) e SB1 (Cadastro de Produtos).
Para a montagem deste registro, são considerados os componentes da revisão informada na OP através do campo C2_REVISAO, e caso o campo esteja vazio será utilizada a última revisão da estrutura
(B1_REVATU). Os componentes validos da revisão deverão contemplar a revisão selecionada no intervalo dos campos G1_REVINI e G1_REVFIM , assim como possui vigência valida no período de
processamento, que compreende a data inicial do campo G1_INI e a data final do campo G1_FIM .
O campo SG1 - G1_PERDA, é considerado para a gravação do campo PERDA no Bloco K.
O campo SG1 - G1_COM P, é considerado para a gravação do campo COD_ITEM _COM P no Bloco K.
O campo G1_QUANT, é dividido pela quantidade base do produto Pai, é considerado para a gravação do campo QTD_COM P no Bloco K.

Estrutura Negativa (Coprodução)


Quando for utilizado o conceito de Estrutura Negativa (M V_NEGESTR), ao apontar uma produção serão geradas as devoluções dos itens com valor negativo na estrutura. Cada produto que gerar devolução
será incluído no Registro K230 com o mesmo número de Ordem de Produção. Os insumos cadastrados na estrutura que não são negativos e que foram requisitados conta a OP possuirão apenas uma
entrada no Registro K235. Estes mesmos insumos serão rateados entre o PA e os componentes negativos para a gravação do Registro 0210.

Exemplo Prático:

Produto Acabado: Gasolina Quantidade base: 20 lt

Componentes Quantidade

GLP -5 lt

QUEROSENE -10 lt

http://tdn.totvs.com/display/public/PROT/Registro+0210%3A+Consumo+Especifico+Padronizado 2/3
04/04/2018 Registro 0210: Consumo Especifico Padronizado - Linha Microsiga Protheus - TDN
DIESEL -15 lt

PARAFINA -5 lt

ASFALTO -30 lt

PETROLEO 100 lt

Abertura de uma OP de 20 lts do PA (GASOLINA).


Apontamento da produção do PA.
M ovimentos gerados na SD3:

Tipo Movimento Produto Quantidade

PR0 GASOLINA 20,00

DE1 GLP 5,00

DE1 QUEROSENE 10,00

DE1 DIESEL 15,00

DE1 PARAFINA 5,00

DE1 ASFALTO 300,00

RE1 PETROLEO 100,00

Registro Código Cod. Comp. Quantidade

0210 GASOLINA PETROLEO 1,176471

0210 GLP PETROLEO 0,294118

0210 QUEROSENE PETROLEO 0,588235

0210 DIESEL PETROLEO 0,882353

0210 PARAFINA PETROLEO 0,588235

0210 ASFALTO PETROLEO 1,764706

Note que o PETROLEO é rateado entre os componentes de acordo com a quantidade que é produzida, tendo sempre como base o PA, que neste exemplo é a GASOLINA.
O conceito de estrutura negativa só está disponível, quando o processamento do Bloco K for realizado "Por Estrutura".

Tipos de Produtos considerados


00, 01, 02, 03, 04, 05 e 10.

Tabelas envolvidas
SC2 – Ordens de Produção
SD3 – M ovimentações Internas
SD4 – Requisições Empenhadas
SG1 – Estruturas dos Produtos

http://tdn.totvs.com/display/public/PROT/Registro+0210%3A+Consumo+Especifico+Padronizado 3/3