Você está na página 1de 23

Geografia

Aluno

Caderno de Atividades
Pedagógicas de
Aprendizagem
Autorregulada - 04
6º ano | 4º Bimestre

Disciplina Curso Bimestre Ano


Geografia Fundamental 4º 6º

Habilidades Associadas

1. Reconhecer o homem como elemento da natureza (natureza transformada).

2. Identificar efeitos da ação humana nas dinâmicas naturais.

3. Identificar e problematizar questões ambientais.

4. Conhecer diferentes formas de apropriação do espaço (desenvolvimento sustentável etc.).


Apresentação

A Secretaria de Estado de Educação elaborou o presente material com o intuito de estimular o


envolvimento do estudante com situações concretas e contextualizadas de pesquisa, aprendizagem
colaborativa e construções coletivas entre os próprios estudantes e respectivos tutores – docentes
preparados para incentivar o desenvolvimento da autonomia do alunado.
A proposta de desenvolver atividades pedagógicas de aprendizagem autorregulada é mais uma
estratégia pedagógica para se contribuir para a formação de cidadãos do século XXI, capazes de explorar
suas competências cognitivas e não cognitivas. Assim, estimula-se a busca do conhecimento de forma
autônoma, por meio dos diversos recursos bibliográficos e tecnológicos, de modo a encontrar soluções
para desafios da contemporaneidade, na vida pessoal e profissional.
Estas atividades pedagógicas autorreguladas propiciam aos alunos o desenvolvimento das
habilidades e competências nucleares previstas no currículo mínimo, por meio de atividades
roteirizadas. Nesse contexto, o tutor será visto enquanto um mediador, um auxiliar. A aprendizagem é
efetivada na medida em que cada aluno autorregula sua aprendizagem.
Destarte, as atividades pedagógicas pautadas no princípio da autorregulação objetivam,
também, equipar os alunos, ajudá-los a desenvolver o seu conjunto de ferramentas mentais, ajudando-o
a tomar consciência dos processos e procedimentos de aprendizagem que ele pode colocar em prática.
Ao desenvolver as suas capacidades de auto-observação e autoanálise, ele passa ater maior
domínio daquilo que faz. Desse modo, partindo do que o aluno já domina, será possível contribuir para
o desenvolvimento de suas potencialidades originais e, assim, dominar plenamente todas as
ferramentas da autorregulação.
Por meio desse processo de aprendizagem pautada no princípio da autorregulação, contribui-se
para o desenvolvimento de habilidades e competências fundamentais para o aprender-a-aprender, o
aprender-a-conhecer, o aprender-a-fazer, o aprender-a-conviver e o aprender-a-ser.
A elaboração destas atividades foi conduzida pela Diretoria de Articulação Curricular, da
Superintendência Pedagógica desta SEEDUC, em conjunto com uma equipe de professores da rede
estadual. Este documento encontra-se disponível em nosso site www.conexaoprofessor.rj.gov.br, a fim
de que os professores de nossa rede também possam utilizá-lo como contribuição e complementação às
suas aulas.
Estamos à disposição através do e-mail curriculominimo@educacao.rj.gov.br para quaisquer
esclarecimentos necessários e críticas construtivas que contribuam com a elaboração deste material.

Secretaria de Estado de Educação

2
Caro aluno,
Neste caderno, você encontrará atividades diretamente relacionadas a algumas
habilidades e competências do 4° Bimestre do Currículo Mínimo de Geografia do 6º ano
do Ensino Fundamental. Estas atividades correspondem aos estudos durante o período
de um mês.
A nossa proposta é que você, Aluno, desenvolva estas Atividades de forma
autônoma, com o suporte pedagógico eventual de um professor, que mediará as trocas
de conhecimentos, reflexões, dúvidas e questionamentos que venham a surgir no
percurso. Esta é uma ótima oportunidade para você desenvolver a disciplina e
independência indispensáveis ao sucesso na vida pessoal e profissional no mundo do
conhecimento do século XXI.
Neste Caderno de Atividades, vamos aprender o papel do ser humano como
elemento transformador da natureza. Na primeira parte deste caderno, você vai
conhecer os efeitos da ação humana nas dinâmicas naturais. Na segunda parte, vai
aprender a reconhecer os problemas ambientais e sua relação com as formas de
apropriação do espaço pela humanidade.
Este documento apresenta 3 (aulas) Aulas. As aulas podem ser compostas por
uma explicação base, para que você seja capaz de compreender as principais ideias
relacionadas às habilidades e competências principais do bimestre em questão, e
atividades respectivas. Leia o texto e, em seguida, resolva as Atividades propostas. As
Atividades são referentes a dois tempos de aulas. Para reforçar a aprendizagem,
propõe-se, ainda, uma pesquisa e uma avaliação sobre o assunto.

Um abraço e bom trabalho!


Equipe de Elaboração

3
Sumário

Introdução ..........................................................................................................3
Aula 1: A sociedade humana e a transformação da natureza. ............................ 5
Aula 2: A sociedade e sua relação com os problemas ambientais atuais ............ 9
Aula 3: As diferentes formas de apropriação do espaço ................................... 13
Avaliação ............................................................................................................ 17
Pesquisa.............................................................................................................. 19
Referências ......................................................................................................... 22

4
Aula 1: A sociedade humana e a transformação da natureza.

Caro aluno, iniciamos essa aula com o estudo da sociedade como um


agrupamento de indivíduos que vivem juntos num certo espaço geográfico e se
relacionam de acordo com determinadas regras. Temos vários exemplos de sociedade
no nosso planeta: das abelhas, das formigas, a sociedade humana, etc.1
Em geografia, nosso interesse é voltado para a sociedade humana, pois é ela
que modifica profundamente a natureza e constrói o espaço geográfico.

Há uma diferença fundamental entre a sociedade humana e as sociedades


formadas pelos demais seres vivos que praticamente não mudam. Já com a
humanidade é ao contrário, acontecem transformações intensas e variadas. Mudam a
maneira de se vestir, de trabalhar, de comer, o modo de educar as crianças, etc.
Perceba que tudo o que existe vem da natureza, como, por exemplo, os
materiais empregados na construção de edifícios: cimento, tijolos, cal, ferro, madeira,
etc. Sendo assim, é notório que o ambiente em que vivemos passa por alterações
devido ao trabalho das pessoas e as relações que estas estabelecem com a natureza
porque normalmente o trabalho é uma atividade social, isto é, realizada pelos seres
humanos em conjunto e de forma interdependente. E a relação com a natureza ocorre
porque é dela que vêm todas as coisas que utilizamos, que transformamos. Nos dias de

1
VENSENTINI, 2005

5
hoje, quase tudo o que nos cerca é resultado do trabalho humano a partir dos recursos
naturais.2
Temos que ter em mente que ao produzir o necessário para viver (moradias,
cidades, plantações, fábricas, etc.), homens e mulheres criam seu próprio espaço ou
meio, isto é, o espaço geográfico que é o meio em que vivemos e trabalhamos, é o
espaço que a humanidade habita e transforma com suas atividades; ele se estende por
toda a superfície terrestre. Existem nesse espaço paisagens ainda pouco modificadas
pela ação humana, cada vez
mais raras, e paisagens bastante
artificiais, resultantes da ação
humana sobre a natureza,
modificando-a profundamente.
O ser humano e sua relação
com a natureza são, portanto,
os elementos fundamentais
para o entendimento da
construção e a transformação do espaço geográfico.
Caro aluno, o grau de transformação da natureza varia conforme o nível técnico
ou tecnológico de cada sociedade humana. A agricultura foi um grande progresso para
a humanidade, pois possibilitou a produção do próprio alimento em vez de coletá-lo da
natureza. Mas durante milhares de anos a humanidade conviveu com técnicas simples,
que pouco alteravam a natureza. Foi somente com a Revolução Industrial que surgiu a
técnica moderna, ou tecnologia, resultado de um enorme avanço do conhecimento
humano — a ciência — e profundamente
modificadora das paisagens.
Portanto, a Revolução Industrial
representou o momento em que o ser humano
criou máquinas importantes para a produção
em grande escala, a chamada produção
industrial. Com as máquinas, o ser humano adquiriu um poderoso instrumento de
domínio sobre a natureza.3
2
VENSENTINI, 2005.

6
Além de causar profundas e constantes modificações na natureza, a sociedade
moderna altera também o próprio espaço por ela
criado.
Peste atenção, o espaço geográfico atual não
para de sofrer transformações, que normalmente são
mais intensas nas grandes cidades do que no meio
rural. Porém, por mais que demore, a zona rural
sempre acaba se modernizando.
Perceba que mesmo nas áreas com pouca ocupação humana (e que são cada
vez mais raras), a natureza original é transformada pela atividade humana. Um
exemplo são as áreas periféricas das grandes cidades, que vão se distanciando cada
vez mais do centro à medida que a cidade cresce: essas áreas, antes pouco ocupadas e
cobertas de vegetação, começam a ser povoadas, recebendo casas e edifícios que
substituem a antiga paisagem.
Assim caro aluno, a transformação dos espaços urbanizados interfere muitas
vezes negativamente na vida das pessoas que moram ali. Muitos acabam sendo
obrigados a mudar de bairro: a valorização dos terrenos e dos imóveis leva essas
pessoas a vender suas casas.
Podemos dizer, portanto, que o espaço geográfico atual, além de ser o
resultado da ação transformadora do ser humano sobre a natureza, é também produto
da reconstrução permanente de toda a obra humana, de todas as paisagens, tanto as
naturais como as criadas pelo ser humano: plantações, ruas, edifícios, barragens, etc.4

3
VENSENTINI, 2005.
4
VENSENTINI, 2005.

7
Atividade 1

Caro aluno, agora vamos exercitar e desenvolver seus conhecimento.

1 - Explique a frase: “tudo o que nos cerca é resultado do trabalho humano sobre a
natureza”.
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2 - Por que a agricultura foi um grande progresso para a humanidade?


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

8
Aula 2: A sociedade e sua relação com os problemas
ambientais atuais

Caro aluno, nessa aula trataremos de um problema que vem afetando todos
em nossa sociedade. O ser humano interferiu profundamente na natureza. Para
produzir mercadorias e equipamentos, foi necessário instalar extensos complexos
industriais, e para alimentá-los foi exigida a extração de matérias-primas e a exploração de
fontes energéticas do mundo todo.
Portanto, os países e as regiões que se industrializaram e que mecanizaram as suas
atividades agrícolas, são os que
concentram a maioria dos seres
humano. A existência de cidades
remonta aos primórdios da
civilização, entretanto a
intensificação da urbanização veio
com a revolução técnico-científico-
industrial, mais significativa a
partir do século XIX e sobretudo no século XX.5
Preste atenção! O crescimento rápido das grandes cidades não pode ser
acompanhado no mesmo ritmo pelo atendimento de infraestrutura para a melhoria da
qualidade de vida, seja por questão de recursos para o investimento ou por questão
política de falta de interesse em
determinadas áreas das cidades (bairros
onde residem famílias de baixa renda). A
deficiência de redes de água tratada, de
coleta e tratamento de esgoto, de
pavimentação de ruas, de galerias de águas
pluviais, de áreas de lazer, de áreas verdes,
de núcleos de formação educacional e

5
ROSS, 2001.

9
profissional, de núcleos de atendimento médico-sanitário é comum nas áreas mais
pobres das cidades.
Sendo assim, nas cidades dos países subdesenvolvidos, os problemas
ambientais são muito maiores do que nos países desenvolvidos, pois, além das
questões relativas à poluição do ar, da água e do solo gerados pelas indústrias e pelos
automóveis, existem os problemas
relacionados com a
miserabilidade6 da população
pobre, que sobrevive em péssimas
condições sanitárias, vivendo em
grandes adensamentos
demográficos nos morros,
mangues, margens de rios,
correndo riscos de toda natureza.7
Devemos ter em mente que a ação do ser humano gera mudanças no espaço
e com isso degradação dos ambientes que não foram planejados. Sendo assim, as
atividades industriais e a elevada concentração populacional nas grandes cidades
produzem volumosa quantidade de resíduos sólidos, líquidos e gasosos que a
natureza, por si só, não consegue absorver. Esses resíduos, rejeitos domésticos e
industriais são o que se convencionou chamar de poluição ambiental. Essa grande
quantidade de resíduos acaba interferindo negativamente no ambiente onde vivem
os homens e contribui para a perda da qualidade de vida da população. 8
Um desses resíduos que vem poluído o ambiente é o lixo doméstico (resíduos
sólidos descartados pelas donas de
casa, restaurantes e bares) é cada
dia mais uma grande preocupação
do poder público, pois além dos
problemas de poluição ambiental
causados por seu elevado volume

Fonte: http://www.dicionariodoaurelio.com/Miserabilidade.html
7
ROSS, 2001.
8
ROSS, 2001.

10
constitui também um acentuado desperdício de recursos e matérias-primas que
deveriam ser reaproveitadas.
Portanto, caro aluno, o lixo gerado nas cidades tem-se tornado cada dia mais
problemático basicamente por duas razões: a população urbana tornou-se muito
numerosa e gera um grande volume de lixo; a evolução técnica e o processo crescente
de desenvolvimento industrial criam, cada vez mais, tipos de lixo que a natureza por si
só não consegue destruir, como os plásticos e vidros, que não são biodegradáveis 9.
Mas, caro aluno, a culpa não está somente na população, as indústrias ao
processar matérias-primas, eliminam uma grande quantidade de resíduos sólidos,
líquidos e gasosos. Todos eles afetam a qualidade do ar e consequentemente a
qualidade de vida das populações urbanas ou rural dependendo de onde está instalada
a indústria.
Assim, a extração de matéria-prima da natureza vem se ampliando, tornando
a mineração e o garimpo,
atividades que contribuem para a
sua deterioração da natureza.
Trata-se da extração de recursos
naturais do solo e do subsolo,
dos mais variados tipos e usos.
Os recursos minerais, como o
carvão mineral e o petróleo,
tanto são usados como fontes
energéticas quanto como
matérias-primas. 10
Caro aluno, diante de todos os fatos apresentados, ficam evidentes as grandes
alterações que o ser humano vem impondo à natureza, com a utilização quase sempre
pouco racional dos recursos naturais.
Desse modo, é preciso que as sociedades do presente e do futuro tenham
maior esclarecimento sobre essas questões e comece a procurar caminhos que

9
Biodegradável: adj. Que pode ser decomposto por bactérias ou outros agentes biológicos
Fonte: http://www.dicionariodoaurelio.com/Biodegradavel.html.
10
ROSS, 2001.

11
permitam, de um lado, o desenvolvimento econômico e social e, de outro, o
aproveitamento racional dos recursos naturais com vistas à preservação e à
recuperação do ambiente como um todo.11

Atividade 2

Caro aluno, agora vamos exercitar e desenvolver seus conhecimentos.

1 - Cite alguns problemas resultantes do crescimento rápido das cidades.


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
______________________________________________________________________

2 - O lixo doméstico é considerado um problema nas grandes cidades. Explique pelo


menos dois motivos para essa afirmação
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
______________________________________________________________________

11
ROSS, 2001.

12
Aula 3: As diferentes formas de apropriação do espaço

Caro aluno, depois do debate sobre a transformação da natureza pelo ser


humano e contaminação do meio ambiente pelas transformações das sociedades
vamos ver um pouco das formas de apropriação do espaço.
Portanto, segundo a lógica da preservação do ambiente uma das formas de
apropriação do espaço são estratégias globais que visam um aprimoramento técnico-
científico, educacional e do desenvolvimento econômico-social, tendo como ponto de
convergência os interesses maiores da humanidade, quais sejam, a melhoria geral da
qualidade de vida e a recuperação e a preservação da natureza.
Sendo assim, para que isso aconteça é preciso encontrar instrumentos político-
administrativos que possibilitem o desenvolvimento das sociedades humanas e
recuperem e preservem os recursos naturais. Desse modo, alguns objetivos devem ser
almejados no presente e no futuro próximo. Dentre eles se destacam12:
1. Necessidade crescente de utilizar os resíduos sólidos, líquidos e gasosos
como recursos que devem ser reaproveitados, por duas razões: primeiro, porque
utilizar os resíduos significa economizar matéria-prima; segundo, porque se elimina
progressivamente o problema dos rejeitos (lixo) e melhora-se a qualidade ambiental.
Fazem parte desse processo: coleta seletiva do lixo urbano; industrialização do lixo
orgânico e sua transformação em adubo; reutilização industrial dos resíduos de papel,
metais, plásticos, borrachas, óleos e graxas, vidros, tecidos, madeiras; recuperação de
resíduos industriais; instalação de rede de coleta de esgotos urbanos e estações de
tratamento; instalação de filtros nas indústrias e nos veículos que produzem gases
tóxicos e material particulado; reutilização industrial das sucatas de veículos e
equipamentos em geral, colocados fora de uso.
2. No âmbito da agropecuária, é necessário: incentivar a pesquisa para
desenvolver métodos de controle de pragas que progressivamente substituam os
herbicidas e inseticidas químicos por processos biológicos, bem como o
desenvolvimento de espécies vegetais mais resistentes às doenças, aumentando a

12
ROSS, 2001.

13
capacidade imunológica das plantas; aprimorar o manejo agrícola, considerando-se o
relevo, o solo e o clima, a fim de atenuar os processos erosivos; estabelecer
programas rígidos de controle da expansão territorial das áreas agrícolas e de
pecuária, nas regiões em que ainda predominam ambientes naturais pouco
alterados, como, por exemplo, a floresta amazônica e o Pantanal; estabelecer as
reservas ecológicas em áreas de interesse preservacionista, em face da necessidade
de manter bancos genéticos e da preservação de espécies animais e vegetais
ameaçadas de extinção; implementar programas de preservação de áreas ameaçadas
de deterioração e programas de recuperação ambiental das áreas degradadas pela
agricultura e pecuária, devido à prática de manejo inadequado, e das áreas de
mineração, industrialização e urbanização sem adequado controle da qualidade de
vida13.
No contexto geral para os países subdesenvolvidos, como o Brasil, que têm
grande parte de sua população marginalizada socialmente, é preciso encontrar
soluções alternativas de desenvolvimento que elevem a qualidade de vida de seus
povos. É necessário atender mais e melhor às populações que sobrevivem nas
periferias urbanas e em favelas, através de programas de desenvolvimento
econômico e social que contemplem suas necessidades básicas de saúde, educação,
habitação, profissionalização e alimentação. Não se pode pensar em qualidade
ambiental para a humanidade sem pensar na melhoria da qualidade de vida de todos
os seres humanos da Terra.
Desta forma, hoje no Brasil o governo tem apresentado novas políticas
habitacionais, mas devemos lembrar que o setor imobiliário ainda é responsável por
grande parte da produção de moradias e não o Estado. A mudança significativa
atualmente observada no setor imobiliário corresponde às faixas de renda atendidas
pelo mercado que passou a investir em maior escala na produção para a população de
menor renda. Outra mudança importante que ocorreu na questão habitacional
brasileira ao longo dos momentos históricos, diz respeito aos padrões das habitações.
Gradativamente os edifícios de apartamentos foram sendo aceitos e se destacando
entre a população como o novo padrão de moradia, título antes pertencente às casas
unifamiliares. Um dos fatores responsáveis por essa mudança é o próprio mercado
13
ROSS, 2001.

14
imobiliário que encontrou na habitação vertical maiores possibilidades de multiplicar
os lucros.
Vamos lá pensar um pouco mais. As favelas apresentam uma realidade
diferente dos demais espaços da cidade. É na favela, seja ocupação de terrenos
públicos ou privados, onde os grupos
sociais excluídos tornam-se,
efetivamente, agentes modeladores,
produzindo seu próprio espaço, na
maioria dos casos
independentemente dos outros
agentes. Onde a produção do espaço
é uma forma de resistência, estratégia e de sobrevivência.14
Presta atenção, estamos refletindo sobre a cidade onde a cidadania não é
exercida em sua plenitude deixando ao quase exclusivo jogo do mercado. O espaço
vivido consagra desigualdades e injustiças e termina por ser, em sua maior parte, um
“espaço sem cidadãos”. Onde os fixos sociais (estruturas e infraestrutura15
construídas) não são usufruídas, não há um direito a morar, pois ele está vinculado ao
poder aquisitivo, onde não há um direito ao entorno, pois as paisagens mudam fora do
controle da população, as áreas de lazer e os espaço públicos se tornam privados à
medida que não há como usufruir deles sem que haja gastos do deslocamento ou
alimentação, até o direito à privacidade fica comprometido com prédios que se
debruçam uns sobres os outros nas cidades . 16
Portanto, caro aluno, a apropriação do espaço que mais vemos é a produção do
mesmo como mercadoria pelo sistema capitalista onde a moradia está sujeita à lógica
de atuação do setor imobiliário que regula todas as etapas da produção de acordo com
as leis de mercado, interferindo no acesso à habitação formal. O fato do poder público
ter deixado a provisão de moradias quase exclusivamente à mercê do jogo do
mercado, que sempre voltou seus investimentos para a população de maior renda,

14
CORRÊA, 1995.
15
Serviços básicos de uma sociedade ou economia: redes ferroviárias, redes rodoviárias, rede de
esgotos, rede elétrica, etc. Fonte: http://www.dicio.com.br/infraestrutura/
16
SANTOS, 2007.

15
contribuiu para que o acesso à moradia ocorresse de forma desigual e excludente,
acentuando o processo de segregação residencial.17

Atividade 3

Caro aluno, agora vamos pensar e exercitar sobre o que acabamos de estudar.
1 - Quais seriam as estratégias globais que visam à apropriação do espaço com o
intuito de preservação da natureza?

_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2 – No texto há a seguinte afirmação “Necessidade crescente de utilizar os resíduos


sólidos, líquidos e gasosos como recursos que devem ser reaproveitados”. Quais
seriam as duas razões que fortalecem essa afirmação.
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

17
FREITAS, 2011.

16
Avaliação

Agora, caro aluno, vamos avaliar seus conhecimentos sobre a geografia.


Acredite em você mesmo. Você é capaz!!
1 – Como você explicaria o espaço geográfico atual?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
______________________________________________________________________

2 – A culpa da poluição está somente na população? Explique sua resposta.


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
______________________________________________________________________

3 – Além da poluição do ar, da água e do solo gerados pelas indústrias e pelos


automóveis, existem outros problemas relacionados à sociedade? Descreva alguns.
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

17
4 – Na questão agrícola, para que haja a preservação da natureza ocorreram algumas
mudanças no processo de produção. Dê alguns exemplos dessas mudanças.
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
5 – Explique a existência das favelas nas áreas urbanas.
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
______________________________________________________________________

18
Pesquisa

Caro aluno, agora que já estudamos todos os principais assuntos relativos ao 4°


bimestre, é hora de discutir um pouco sobre a importância deles na nossa vida. Então,
vamos lá?
Iniciamos este estudo, conhecendo a sociedade humana e a transformação da
natureza, mas que não são capazes de eliminar os problemas ambientais resultantes
do crescimento populacional e o mau planejamento.
Leia atentamente as questões a seguir e através de uma pesquisa responda
cada uma delas de forma clara e objetiva. ATENÇÃO: Não se esqueça de identificar as
Fontes de Pesquisa, ou seja, o nome dos livros e sites nos quais foram utilizados.

I – Pesquise em sites oficiais como o “Portal Brasil”, “IBGE”, “ONU” ou outros e


apresente a atual situação dos problemas ambientais brasileiros.
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

19
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
______________________________________________________________________

II – Pesquise a atual situação indústrias brasileiras em relação à poluição e


comente o mapa abaixo.

Mapa

_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

20
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
______________________________________________________________________

III – Agora pesquise em jornais e revistas alguns exemplos de poluição nas


áreas urbanas brasileiras. ( ATENÇÃO: Fazer esta parte da atividade em uma folha
separada! )

21
Referências

[1] CORRÊA, Roberto Lobato. O Espaço Urbano. Editora Ática, Série Princípios, 3a.
edição, n.174, 1995
[2] FREITAS, K. P. da S.; FARIA, T. J. P.. Produção e apropriação do espaço urbano de
Campos dos Goytacazes RJ: da residência unifamiliar aos difícios de apartamentos. In:
Seminário Nacional da Pós-Graduação em Ciências Sociais - UFES, 2011, Vitória. Anais
do Seminário Nacional da Pós-Graduação em Ciências Sociais - UFES. Vtória, 2011. v. 1.
p. 1-18.
[3] ROSS, Jurandyr L. Sanches. Geografia do Brasil. São Paulo. Edusp. 2001
[4] SANTOS, Milton. O Espaço do Cidadão. São Paulo. Edusp, 2007
[5] VENSENTINI, J. William & VLACH, Vânia. EJA – Educação de Jovens e Adultos:
Geografia. São Paulo. Editora Ática, 2005.

22
Equipe de Elaboração

COORDENADORES DO PROJETO

Diretoria de Articulação Curricular

Adriana Tavares Maurício Lessa

Coordenação de Áreas do Conhecimento

Bianca Neuberger Leda


Raquel Costa da Silva Nascimento
Fabiano Farias de Souza
Peterson Soares da Silva
Marília Silva

PROFESSORES ELABORADORES

Alberto Toledo Resende


Elton Simões Gonçalves
Patrícia Batista Melo Lopes
Tiago da Silva Lyra
Tongaté Arnaud Mascarenhas Junior

23