Você está na página 1de 30

Geografia

Professor

Caderno de Atividades
Pedagógicas de
Aprendizagem
Autorregulada - 01
6º Ano | 1° Bimestre

Disciplina Curso Bimestre Ano


Geografia Ensino Fundamental 1° 6º

Habilidades Associadas

1. Reconhecer características geográficas

2. Relacionar aspectos que revelem a identidade do aluno com o lugar de vivência.

3. Identificar as marcas da ação humana que distinguem as paisagens terrestres.


Apresentação

A Secretaria de Estado de Educação elaborou o presente material com o intuito de estimular o


envolvimento do estudante com situações concretas e contextualizadas de pesquisa, aprendizagem
colaborativa e construções coletivas entre os próprios estudantes e respectivos tutores – docentes
preparados para incentivar o desenvolvimento da autonomia do alunado.
A proposta de desenvolver atividades pedagógicas de aprendizagem autorregulada é mais uma
estratégia pedagógica para se contribuir para a formação de cidadãos do século XXI, capazes de explorar
suas competências cognitivas e não cognitivas. Assim, estimula-se a busca do conhecimento de forma
autônoma, por meio dos diversos recursos bibliográficos e tecnológicos, de modo a encontrar soluções
para desafios da contemporaneidade, na vida pessoal e profissional.
Estas atividades pedagógicas autorreguladas propiciam aos alunos o desenvolvimento das
habilidades e competências nucleares previstas no currículo mínimo, por meio de atividades roteirizadas.
Nesse contexto, o tutor será visto enquanto um mediador, um auxiliar. A aprendizagem é efetivada na
medida em que cada aluno autorregula sua aprendizagem.
Destarte, as atividades pedagógicas pautadas no princípio da autorregulação objetivam, também,
equipar os alunos, ajudá-los a desenvolver o seu conjunto de ferramentas mentais, ajudando-o a tomar
consciência dos processos e procedimentos de aprendizagem que ele pode colocar em prática.
Ao desenvolver as suas capacidades de auto-observação e autoanálise, ele passa ater maior
domínio daquilo que faz. Desse modo, partindo do que o aluno já domina, será possível contribuir para o
desenvolvimento de suas potencialidades originais e, assim, dominar plenamente todas as ferramentas da
autorregulação.
Por meio desse processo de aprendizagem pautada no princípio da autorregulação, contribui-se
para o desenvolvimento de habilidades e competências fundamentais para o aprender-a-aprender, o
aprender-a-conhecer, o aprender-a-fazer, o aprender-a-conviver e o aprender-a-ser.
A elaboração destas atividades foi conduzida pela Diretoria de Articulação Curricular, da
Superintendência Pedagógica desta SEEDUC, em conjunto com uma equipe de professores da rede
estadual. Este documento encontra-se disponível em nosso site www.conexaoprofessor.rj.gov.br, a fim de
que os professores de nossa rede também possam utilizá-lo como contribuição e complementação às suas
aulas.
Estamos à disposição através do e-mail curriculominimo@educacao.rj.gov.br para quaisquer
esclarecimentos necessários e críticas construtivas que contribuam com a elaboração deste material.

Secretaria de Estado de Educação

2
Caro Tutor,
Neste caderno, você encontrará atividades diretamente relacionadas a algumas
habilidades e competências do 1° Bimestre do Currículo Mínimo de Geografia do 6° Ano
do Ensino Fundamental. Estas atividades correspondem aos estudos durante o período de
um mês.
A nossa proposta é que você atue como tutor na realização destas atividades com
a turma, estimulando a autonomia dos alunos nessa empreitada, mediando as trocas de
conhecimentos, reflexões, dúvidas e questionamentos que venham a surgir no percurso.
Esta é uma ótima oportunidade para você estimular o desenvolvimento da disciplina e
independência indispensáveis ao sucesso na vida pessoal e profissional de nossos alunos
no mundo do conhecimento do século XXI.
Neste Caderno de Atividades, os alunos vão reconhecer as características
geográficas, relacionar aspectos que revelem nossa identidade com o lugar em que
vivemos, e ainda, identificar as marcas da ação humana nas paisagens terrestres.
Para os assuntos abordados em cada bimestre, vamos apresentar algumas
relações diretas com todos os materiais que estão disponibilizados em nosso portal
eletrônico Conexão Professor, fornecendo diversos recursos de apoio pedagógico para o
Professor Tutor.
Este documento apresenta 3 (três) aulas. As aulas podem ser compostas por uma
explicação base, para que você seja capaz de compreender as principais ideias
relacionadas às habilidades e competências principais do bimestre em questão, e
atividades respectivas. Estimule os alunos a ler o texto e, em seguida, resolver as
Atividades propostas. As Atividades são referentes a dois tempos de aulas. Para reforçar a
aprendizagem, propõe-se, ainda, uma pesquisa e uma avaliação sobre o assunto.

Um abraço e bom trabalho!


Equipe de Elaboração

3
Sumário

Introdução ............................................................................................... 03
Objetivos Gerais ...................................................................................... 05
Materiais de Apoio Pedagógico .............................................................. 05
Orientação Didático-Pedagógica ............................................................ 06
Aula 1: A Geografia e a paisagem ........................................................... 07
Aula 2: A transformação da paisagem ..................................................... 14
Aula 3: O lugar onde vivemos ................................................................. 18
Avaliação ................................................................................................ 23
Pesquisa ................................................................................................... 26
Referências............................................................................................... 28

4
Objetivos Gerais

No 1° bimestre do 6° ano do Ensino Fundamental, os conteúdos mais abordados


são os estudos das formas naturais e as formas construídas pelo ser humano. Para
atingir tal intento, trabalharemos com os conceitos de Geografia e Paisagem; homem
como elemento da natureza (natureza transformada); os efeitos da ação humana nas
dinâmicas naturais e formas de apropriação do espaço, por exemplo, desenvolvimento
sustentável (questões ambientais) etc. Para atingir tal objetivo, vamos inicialmente
trabalhar os conceitos e valorização do meio ambiente. Em seguida, despertar o aluno
para a “leitura de mundo”, a partir da paisagem do lugar, valorizando a relação
sociedade espaço geográfico. Encerraremos este caderno de atividades com uma
pesquisa para que o aluno amplie seus conhecimentos sobre um ambiente sustentável.

Materiais de Apoio Pedagógico

No portal eletrônico Conexão Professor, é possível encontrar alguns materiais


que podem auxiliá-los. Vamos listar estes materiais a seguir:

Teleaulas Teleaula N°

A teleaula 10 abrange a temática


problemas ambientais. Na tele
Orientações Pedagógicas do CM aula 16 conheceremos a
paisagem socialmente
construída.

5
Orientação Didático-Pedagógica

Para que os alunos realizem as Atividades referentes a cada dia de aula,


sugerimos os seguintes procedimentos para cada uma das atividades propostas no
Caderno do Aluno:
1° - Explique aos alunos que o material foi elaborado que o aluno possa compreendê-lo
sem o auxílio de um professor.
2° - Leia para a turma a Carta aos Alunos, contida na página 3.
3° - Reproduza as atividades para que os alunos possam realizá-las de forma individual
ou em dupla.
4° - Se houver possibilidade de exibir vídeos ou páginas eletrônicas sugeridas na seção
Materiais de Apoio Pedagógico, faça-o.
5° - Peça que os alunos leiam o material e tentem compreender os conceitos abordados
no texto base.
6° - Após a leitura do material, os alunos devem resolver as questões propostas nas
ATIVIDADES.
7° - As respostas apresentadas pelos alunos devem ser comentadas e debatidas com
toda a turma. O gabarito pode ser exposto em algum quadro ou mural da sala para que
os alunos possam verificar se acertaram as questões propostas na Atividade.
Todas as atividades devem seguir esses passos para sua implementação.

6
Aula 1: A Geografia e paisagem

Caro aluno, a Geografia pode ser aprendida de forma divertida e interessante.


Vamos iniciar nosso estudo observando a imagem a seguir. Você saberia dizer do que
vamos aprender nesta aula?
Porque aprender
Geografia?

Fonte: http://clubedamafalda.blogspot.com.br/

Nas aulas vamos estudar sobre:

 A definição da Geografia e paisagem;

 Tipos de paisagens existentes;

 Meio Ambiente

 Como observar o espaço geográfico.

A Geografia é uma área do conhecimento comprometida em tornar o mundo


compreensível, explicável e passível de transformações. A palavra Geografia é de origem
grega. É considerada uma ciência que descreve a Terra e faz relação entre ela, seus
habitantes e as ações que exercem na natureza. Com base na Geografia podemos
perceber nossa realidade, fenômenos e processos naturais e sociais.

7
Tudo o que os nossos olhos vêem ao caminhar até a escola, compõe o que a
Geografia chama de paisagem. Cada paisagem apresenta características que a tornam
única. Estas características demonstram uma diversidade elementos naturais e culturais.
O espaço geográfico é a natureza transformada pelos seres humanos, construída
através de seu trabalho ao longo da história. Precisamos entender as relações sociais e
seus impactos na paisagem, por isso estudamos a geografia.

Conceito de Paisagem

No passado só existiam as paisagens naturais, as modeladas por processos da natureza.


Atualmente, as paisagens são compostas por elementos naturais e humanizados. Nas paisagens
naturais prevalecem os elementos da natureza, são exemplos, as formas de relevo, como as
montanhas, serras, planaltos e planícies; a vegetação, como a Mata Atlântica, floresta
Amazônica, o Cerrado e os campos; a hidrografia representada pelas águas superficiais nos rios,
águas subterrâneas em aquíferos (reservatórios subterrâneos), lagos, mares e oceanos.

Nas paisagens humanizadas prevalecem os elementos humanos, ao contrário da


paisagem natural. Muitas vezes pensamos que uma paisagem é natural, quando na verdade foi
planejada e desenvolvida pelo homem, por exemplo, quando vemos uma floresta plantada,
como de eucaliptos para utilização da madeira como matéria-prima para a produção de papel.
Como observamos nas paisagens a seguir:

Floresta plantada
Fonte: http://sisflorestal.wordpress.com/tag/silvicultura/

8
Fonte: http://sisflorestal.wordpress.com/tag/silvicultura/
Florestas nativas e plantadas

Conceito de meio ambiente

O meio ambiente muitas vezes é entendido como a natureza externa ao homem, ou o


meio físico/biótico (seres que têm vida), no qual as sociedades estabelecem suas bases
territoriais e extraem os recursos necessários ao seu desenvolvimento. Esta visão é limitada,
pois desconsidera as relações estabelecidas na sociedade e com a natureza, que permitem
conceber o ambiente como o produto destas relações, compreender a natureza em suas
diferentes condições de transformação, na qual o homem é parte integrante, além de agente
produtor do espaço geográfico. Deste modo, a construção do conceito de ambiente deve
trabalhar com suas diferentes dimensões – natural, social, política, econômica, cultural... –
buscando-se, através da valorização da percepção humana e das experiências individuais e
coletivas, dar significado ao conhecimento sobre os processos e dinâmicas que envolvem
elementos naturais e sociais interdependentes, de modo integrado.

O processo de construção desta concepção permite identificar e problematizar as


questões ambientais em suas relações com diferentes modelos de desenvolvimento e visões
sobre a sustentabilidade. Possibilita, ainda, ampliar a visão da natureza como recurso,
valorizando-a e destacando sua importância para a vida das sociedades humanas atuais e
futuras.

9
Atividade Comentada 1

A atividade 1 visa a identificação das formas naturais e construídas; Observação dos


aspectos socioambientais. O aluno deverá realizar a leitura da legenda das fotos, a fim de que
possa responder aos exercícios de forma apropriada.

1. As imagens expostas retratam áreas de vários municípios do Estado do Rio de Janeiro.


Observe e caracterize as paisagens visualizadas, e identifique inicialmente as ações de
transformação da natureza, quando visíveis, e suas relações com o tipo de atividade humana.

(a) (b)

Parque Nacional da Restinga de Jurubatiba. Observa-se ao Exposição do solo para manutenção da linha de transmissão
fundo a pressão da expansão urbana sobre a restinga, na de energia, Silva Jardim
localidade de Cabiúnas, Macaé.

(c) (d)

Cultivos agrícolas ao longo do baixo curso do rio Muriaé, Mineração de rocha ornamental em Santo
na divisa entre Cardoso Moreira e Campos dos Antonio de Pádua, localizada junto ao rio Pomba
Goytacazes. Observa-se nas encostas há um mosaico de
pequenos fragmentos de floresta e predomínio de
pastagem .

10
(e) (f)

Área urbana de Campos dos Goytacazes ao redor do baixo Município de Teresópolis cidade e expansão da periferia em
curso do rio Paraíba do Sul. direção às encostas, remoção da vegetação, substituição das
antigas áreas rurais. Ao fundo aparece o pico do Dedo de
Deus e as áreas remanescentes de floresta protegidas pelo
Parque Nacional da Serra dos Órgãos.

a) Imagem (a)
Resposta: Parque Nacional da Restinga de Jurubatiba. Observa-se ao fundo a
pressão da expansão urbana sobre a restinga, na localidade de Cabiúnas, Macaé.
Preservar também é considerado ação humana, assim como a pressão da
urbanização;

b) Imagem (b)

Resposta: Exposição do solo para manutenção da linha de transmissão de energia,


Silva Jardim. É considerada ação de transformação da natureza, além de ser
considerado também um impacto ambiental.

c) Imagem (c)
Resposta: Cultivos agrícolas ao longo do baixo curso do rio Muriaé, na divisa entre
Cardoso Moreira e Campos dos Goytacazes. Observa-se nas encostas há um mosaico
de pequenos fragmentos de floresta e predomínio de pastagem.

11
d) Imagem (d)
Resposta: Mineração de rocha ornamental em Santo Antonio de Pádua, localizada
junto ao rio Pomba.

e) Imagem (e) Área urbana de Campos dos Goytacazes ao redor do baixo curso do
rio Paraíba do Sul.

f) Imagem (f)
Resposta: Município de Teresópolis cidade e expansão da periferia em direção às
encostas, remoção da vegetação, substituição das antigas áreas rurais. Ao fundo
aparece o pico do Dedo de Deus e as áreas remanescentes de floresta protegidas
pelo Parque Nacional da Serra dos Órgãos.

2. Quando um fenômeno natural se transforma em catástrofe?

Em janeiro de 2011, a Região Serrana do estado do Rio de Janeiro foi fortemente


atingida por diversos deslizamentos de terra e enchentes que causaram destruições e
mortes em vários municípios, especialmente em Teresópolis, Nova Friburgo,
Petrópolis, Sumidouro, São José do Vale do Rio Preto e Bom Jardim. Especialistas
apontam que os deslizamentos foram causados pela grande quantidade de chuva
que caiu durante um curto período de tempo (poucas horas), saturando os solos
tanto nas áreas com florestas como nas desmatadas, como em áreas urbanas.

Observe as fotografias a seguir:

Fonte 1ª imagem – VALIN, Marcelo. Serra de Friburgo Disponível em: http://veja.abril.com.br/noticia/brasil/chuvas-causam-os-primeiros-estragos-na-regiao-serrana


Fonte 2° imagem – JATOBÁ, Rosana. Serras da região sudeste. Disponível em: http://g1.globo.com/platb/rosanajatoba/2011/01/24/a-chuva-e-a-cancao/

12
a) Identifique e escreva os fenômenos naturais reconhecidos nas imagens e os tipos de danos
gerados aos moradores nas áreas urbanas e rurais.

Resposta:

A partir das fotografias expostas, (os) alunos(as) devem identificar os fenômenos


naturais reconhecidos nas imagens e os tipos de danos gerados aos moradores nas
áreas urbanas e rurais. O aluno poderá ainda relacionar os deslizamentos como
resultante do acúmulo de água no solo, um dos efeitos diretos pela grande
quantidade de chuva que caiu durante um curto período de tempo (saturando os
solos tanto nas áreas com florestas como nas desmatadas, como em áreas urbanas)

13
Aula 2: A transformação da paisagem

Na aula de hoje vamos estudar sobre:

 Observar o espaço geográfico e sua relação


com a natureza;

 Identificar algumas transformações no


espaço geográfico pela ação humana.

 Identificar algumas ferramentas virtuais;

Vamos começar!

http://domacedo.blogspot.com.br/

Com base na Geografia buscamos compreender, que a transformação da


paisagem também modifica o espaço geográfico. Atualmente, observamos várias
transformações que abrangem o estado do Rio de Janeiro e seus municípios. Por
exemplo, a autoestrada que está em construção no entorno da Região Metropolitana do
Rio de Janeiro, o Arco Metropolitano tem como objetivo desviar o intenso tráfego de
veículo que atravessam a cidade do Rio de Janeiro. Observe as imagens a seguir:

14
Linhas A, D , C e B – Arco metropolitano

Fonte: Imagens http://www.google.com.br


(Rodoanel do Rio)

Na imagem a seguir, os trabalhadores estão gerando grandes alterações para a


construção do Arco Metropolitano. Parte considerável da vegetação foi derrubada para
tornar a paisagem humanizada.

Obras do Arco metropolitano

http://extra.globo.com/noticias/rio/rio-transito/estado-so-fez-35-dos-709-km-do-
arco-metropolitano-que-ligara-itaborai-ao-porto-de-itaguai-2284032.html

15
Com a transformação das paisagens naturais em paisagens humanizadas, o
espaço geográfico é construído. O espaço geográfico é o espaço ocupado e modificado
pelos seres humanos através dos tempos. Podemos perceber que todas as formas
naturais e construídas que vemos na paisagem, compõem o espaço geográfico. Para
estudar o espaço geográfico, utilizamos vários procedimentos: observar, descrever,
registrar, comparar e analisar.

Atividade Comentada 2

1. Caro aluno, você percebeu que o espaço geográfico é a natureza


transformada pelos seres humanos, por meio do trabalho ao longo da
história. A partir deste conceito, observe as imagens com atenção:

Fonte: http://geografalando.blogspot.com.br/2013/02/1-serie-em-1-bismestre.html

Resposta: a) Elementos como o relevo, por exemplo, foram reduzidos; Ocorreu


profunda mudança na paisagem, com interferências significativas, tais como:
construções de estradas, pontes ... A sociedade determina a construção do espaço
através do trabalho. O espaço geográfico é formado pela paisagem natural
associado ao meio social.

Resposta: b) Algumas áreas com vegetação.

16
1. Tudo o que os nossos olhos vêem ao caminhar até a escola, por exemplo, compõe a
paisagem. Para entender a paisagem, você precisa estar atento!

a) Observe a cidade representada e anote tudo que você consegue identificar:

Fonte: http://www.simcity.com/en_US/buy

Resposta

a) O aluno poderá identificar, prédios, ruas asfaltadas, árvores (arborização),


calçadas.

17
Aula 3: O lugar onde vivemos

Na aula de hoje vamos estudar sobre:

O que é O lugar em geografia é a paisagem carregada de


o lugar? significados, de coisas que são importantes para nós,
que fazem parte do nosso dia a dia.

 Como é o lugar onde você vive?

http://fraldasebaldrocas.blogspot.com.br/2012/07/mafalda-tenho-saudades.html

O nosso lugar

Na poesia a seguir, o autor destaca as lembranças de um lugar, no caso seu lugar no mundo,
Nordeste: Aqui é o meu lugar. Leia a poesia com atenção para compreender a importância da
categoria Lugar.

18
CORDEL - NORDESTE: AQUI É O MEU LUGAR
Vou falar do meu lugar Nossa culinária é rica A terra de Virgulino
Terra de cabra da peste Em tradição e sabor O famoso Lampião
Terra de homem valente Tem cuscuz, tem macaxeira A terra de Vitalino
Do sertão e do agreste Que têm um grande valor Rei do barro feito à mão
Terra do mandacaru Tem o xinxim de galinha A terra do “Padim Ciço”
Do nosso maracatu Rapadura com farinha Dos milagres, “dos bendito”
Meu lugar é o Nordeste! Tudo feito com amor. Do poder da oração.

Meu Nordeste tem riquezas Do bode tem a buchada Piauí da Pré-História


Só encontradas aqui Carne de sol com pirão Bahia do candomblé
Sua música, sua dança O mocotó, a rabada Paraíba das cachaças
Sua gente que sorri O bobó de camarão Em Sergipe eu boto fé
Nosso povo tem bravura Bredo no coco, paçoca Pernambuco tem o frevo
Tem tradição, tem cultura Vatapá e tapioca Alagoas tem segredo
Da Bahia ao Piauí. Venha provar o qu’é bão
01 4
Dela ninguém me separa
A nossa música é linda Temos doce bem gostoso Tem tudo pra se viver
Temos coco e embolada Como o Bolo de Fubá Uma culinária rara
Aboio e banda de pife A cocada, a rapadura Uma beleza campestre
Poesia improvisada O quindim e o mungunzá Só deixo o meu Nordeste
Axé, repente, baião Temos Beijinho de coco No último pau-de-arara.
O forró do Gonzagão Que deixa qualquer um loco
Que faz a maior noitada. Venha aqui saborear. 07
As festas do meu Nordeste
Frevo, xote e xaxado Têm alegria e calor
Violeiro, canturia O carnaval de Olinda, Maranhão é o estado
O martelo agalopado De Recife e Salvador Pra dançar bumba-meu-boi
O cordel e a poesia Em Natal o “Carnatal” Ceará do “Padim Ciço”
O cantador de viola Em Fortaleza o “Fortal” Só conhece quem já foi
Fazendo versos na hora Micaretas de valor. No Rio Grande do Norte
Pra nos trazer alegria. 5 A cultura é muito forte
02 Vá! Não deixe pra depois.
Quando chega o São João
Nossa dança é muito rica A "disputa" é pra valer Essa terra é muito boa
E bastante popular A "Capital do Forró"
Tem ciranda, afoxé Todos querem conhecer
Para quem quiser dançar Caruaru tem beleza
Bumba-meu-boi, capoeira Campina Grande destreza
Essa dança brasileira Para o forró não morrer.
Querida em todo lugar. Terra de Alceu Valença
E de Jackson do Pandeiro
Tem baião e tem forró Terra de Luís Gonzaga
Pra dançar agarradinho Esse grande brasileiro http://tudoporamaravida.blogspot.com.br/2012/10/literatura-de-
Tem maracatu, congada A terra de Elba Ramalho cordel.html

Tem o cavalo-marinho E também de Zé Ramalho


Festa junina animada Famosos no mundo inteiro
Pra toda rapaziada Vá descobrir o que é. 06
Namorar um “bucadinho” 03

Fonte: http://www.iteia.org.br/textos/cordel-nordeste-aqui-e-o-meu-lugar

Como você constatou, o lugar é parte do espaço geográfico onde vivemos e interagimos
com a paisagem. Na poesia percebemos bem isso, é no lugar que estabelecemos nossas relações
com as outras pessoas, que criamos nossas lembranças, ou seja, criamos uma identidade.

O lugar traduz os espaços com os quais as pessoas têm vínculos afetivos, pode ser uma praça
onde você e seus amigos costumam brincar, a janela de onde vê a rua, o alto de uma colina de
onde se avista a cidade. O sentimento de pertencer a sua paisagem significa fazer dela o seu
lugar de vida e estabelecer uma identidade.

19
Pesquisar sobre o nosso lugar e o mundo pode ser bem interessante, imagine se colocar
em lugares e em ambientes bem diferentes? Ou procurando a partir do lugar em que você vive,
você poderá identificar uma ligação com a paisagem. Observe as imagens e o texto a seguir, por
exemplo, você pode descrever seu lugar através de um texto, um desenho, fotos, mapas, ou até,
oralmente relatando o que sente sobre o seu lugar:

O município de Queimados

O município de Queimados faz parte dos 92


municípios do estado do Rio do Rio de Janeiro.
O rio Queimados é o principal rio do município
e deságua no rio Guandu. Boa parte das águas
do rio Guandu provém de outro importante rio
para os estados de São Paulo, Rio de Janeiro e
Minas Gerais, o rio Paraíba do Sul. Após o
tratamento da água, o rio Guandu abastece
principalmente a população da Região
Metropolitana do Rio de Janeiro. Infelizmente
o esgoto, o lixo e a poluição produzidos pela
população e pelas indústrias repercutem na
qualidade do abastecimento de água, também
na qualidade de vida da população local e da
população da região metropolitana do Rio de
Janeiro. (PORTO,2008).
 Como você pode perceber, o lugar
abriga as relações humanas, de
cooperação e conflito que podem ser
consideradas na descrição.
Podemos concluir que o lugar é onde estão
as referências pessoais e o sistema de valores
que direcionam as diferentes formas de
perceber e constituir a paisagem e o espaço
Fonte: PORTO et al. 2006 geográfico. A Geografia nos oferece uma
contribuição valiosa através da leitura crítica a
partir da paisagem, nos permitindo conhecer
para compreender as atuais redefinições da
nossa sociedade na apropriação do espaço,
nos sinalizando o possível comprometimento
com os destinos das futuras gerações.

Fonte: INEA, 2013

20
Atividade Comentada 3

1- “Da janela lateral do quarto de dormir


Vejo uma igreja um sinal de glória
Vejo um muro branco e um vôo pássaro
BORGES LÔ; BRANT, FERNANDO. Paisagem da
Vejo uma grade, um velho sinal”
janela. In: Intimidade. Rio de Janeiro; Som Livre.
2008.1 CD

a) A canção “Paisagem na janela” é descrita de acordo com a paisagem vista da


janela de um quarto. Descreva a paisagem da janela da sua casa? Aponte no
texto partes da paisagem que você admira e partes que você identifica
problemas na paisagem (impactos como lixo, esgoto pelas ruas, etc):
b) “O lugar traduz os espaços com os quais as pessoas têm vínculos afetivos, pode
ser uma praça onde você e seus amigos costumam brincar, a janela de onde vê a
rua, o alto de uma colina de onde se avista a cidade”. Você visita espaços onde
você identifica que possui vínculos como descrito anteriormente? Desenhe este
espaço, e explique porque este espaço é tão especial para você, e por isso
podemos classificar de lugar.
Resposta n° 1 letra a) pessoal do aluno, que deverá retratar a paisagem de sua casa;
Letra b) a partir da vivência do aluno.

2 - Nas imagens a seguir encontramos uma classificação muito importante para a Geografia,
esta palavra se refere ao que é ocupado e modificado pelos seres humanos através dos
tempos...começa com a letra E:

http://www.explicatorium.com/CFQ7-Sistema-Solar.php http://www.skyscrapercity.com/showthread.php?t=1499573

21
Resposta n° 2: Espaço, a paisagem é a parte visível do espaço geográfico que
compreende também outros elementos que não são visíveis, pois são percebidos por
outros sentidos humanos, como por exemplo: os odores da poluição, o barulho dos
automóveis, os valores culturais e etc; estes são chamados de elementos invisíveis.

22
Avaliação

01. A palavra Geografia é de origem grega, então será fácil acertar, onde surgiu o
conhecimento Geográfico:
a) Arábia Saudita;
b) Portugal;
c).Brasil
d).Grécia Antiga.

Resposta: letra d)

02- Sobre o conceito de Paisagem, marque (X) na alternativa correta:


a) Paisagem representa o que ouvimos de um determinado lugar.
b) Paisagem é uma fotografia de um lugar só com características naturais.
c)Paisagem representa apenas os aspectos sociais e humanizados de um determinado
lugar.
d) Paisagem geográfica é apenas um quadro bonito de um lugar.
e) Paisagem expressa a relação dos seres humanos com o espaço em que vivem.

Resposta: Letra e)

03. As paisagens podem ser marcadas por elementos construídos pela sociedade ou
por elementos da natureza.

A partir do que você já sabe sobre as paisagens, marque a alternativa que melhor
caracteriza os dois tipos de paisagens:

a) Paisagens dos ricos ou dos pobres;

b) Paisagens culturais e paisagens construídas;

c) Paisagens culturais e paisagens artificiais;

d) Paisagens culturais (construída) e paisagens naturais.

23
Resposta letra - d)

04. Ao analisar as paisagens com o olhar da geografia, o que devemos considerar?

Fonte: Imagens http://www.google.com.br

a) Considerar que as paisagens são importantes para desenhar;

b) Considerar que as paisagens expressam as relações dos seres humanos com o


espaço em que vivem;

c) Considerar somente a beleza da paisagem, as relações dos seres humanos não


contam;

d) Considerar que as paisagens expressam somente uma função de embelezamento


para a Geografia.

Resposta: letra - b)

24
05. Observe as imagens, ambas destacam os tipos de paisagens. A partir de sua
observação, responda:

a) Que título você daria para a imagem 1 ?


b) Que título você daria para a imagem 2 ?

Título: ___________________________ Título: ___________________________

1 2

Fonte: Imagens http://www.google.com.br Fonte: Imagens http://www.google.com.br

Resposta 1: Paisagem Cultural Resposta 2: Paisagem Natural

25
Pesquisa

Caro professor aplicador, sugerimos observar o mapa a seguir para auxiliar a


atividade dos alunos. Analise as etapas da atividade correlacionando com o mapa a seguir
e fotos da atividade 1 Observando as paisagens para entender o espaço, pág. 7. Caso a
escola disponibilize internet e computadores, oriente aos alunos a pesquisa. Entretanto,
sabemos que muitas escolas não dispõe desse recurso de forma plena, então oriente ao
alunos a observarem as legendas das fotos da atividade 1 comentada.

Caro aluno, você e seus colegas descreveram imagens que retratam vários
municípios do estado do Rio de Janeiro. Em grupo discuta com seus colegas as ações
e as atividades desenvolvidas pela sociedade sobre a natureza. Para essa atividade
siga as orientações a seguir:

a) Desenvolvam uma pesquisa sobre as atividades econômicas desenvolvidas no


seu município e em diferentes regiões do Estado do Rio de Janeiro, e inclusive
podem recorrer ao site:
http://www.sea.proderj.rj.gov.br/download_zee/fotos_voo_zee/Fotos_Voo_ZEE
.htm, de onde foram retiradas as fotografias utilizadas neste exercício da
atividade 1.

b) Pesquisem fontes diversas (jornais, revistas, sites etc), sobre os eventos


catastróficos ocorridos no estado do Rio de Janeiro

c) Aproveite as fotos para identificar as atividades humanas desenvolvidas


(mineração, preservação) e uma paisagem natural (intocadas). Você pode
trocar de imagem com os colegas, enviar por e-mail! E ainda o desenhista do
grupo poderá elaborar um desenho da paisagem que mais chamou atenção do
grupo;

26
d) Elabore com seu grupo um cenário através de maquete, de um ambiente
considerado por vocês como um ambiente sustentável. Para isso, devem
inicialmente definir quais elementos da paisagem são essenciais ao
desenvolvimento da sociedade e como as atividades humanas poderiam ser
planejadas de maneira a se alcançar a manutenção ou melhoria da qualidade
de vida para toda a sociedade.

http://www.patrimoniofluminense.rj.gov.br/2011/index.php?option=com_content&view=article&id=146&Itemid=238

27
Referências

[1] ADÂO, Mario. Geografia Institucional. Exercícios de Geografia 5ª do Ensino


Fundamental. Disponível em: http://marioprof27.blogspot.com.br/2011/04/exercicios-
de-geografia-5-serie-do.html. Acesso Jul. 2013.

[2] BOLIGIAN, Levon; MARTINEZ, Rogério; VIDAL, Wanessa; BOLIGIAN Andressa.


Geografia Espaço e Vivência 6. Editora Saraiva,2012.

[3] EMBRAPA. Atlas do Meio Ambiente do Brasil. Brasília: EMBRAPA – SPI: Terra Viva,
1996.

[4] GEOPROFESSORA. Lista de Exercícios - Categorias Geográficas. Disponível em:


http://geoprofessora.blogspot.com.br/2011/07/lista-de-exercicios-categorias.html.
Acesso Jul. 2013

[5] GEOGRAFALANDO. Noções Preliminares: Lugar, paisagem, Espaço Geográfico,


Território e Região. Disponível em: http://geografalando.blogspot.com.br/2013/02/1-
serie-em-1-bismestre.html. Acesso Jul. 2013.

[6] IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Mapas escolares Ensino


Fundamental – Mapas estaduais.

Disponível em: http://www.ibge.gov.br/7a12/mapas/ufs/rio_janeiro.pdf . Acesso em


Jul. 2013.

[7] INFOESCOLA. Literatura de Cordel.


Disponível em: http://www.infoescola.com/literatura/literatura-de-cordel/. Acesso em
Jul. 2013.

[8] PCN’s. Geografia.


Disponível em: http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/geografia.pdf . Acesso Jul.
2013.

[9] Porto, Elaine do Nascimento Nobre. Gestão de recursos hídricos no município de


Queimados: Subsídios para um diagnóstico sócio-ambiental das sub-bacias Poços e
Queimados –RJ. Dissertação de Mestrado – 2008.

[10] SANTOS, Milton. A Natureza do Espaço: Técnica e Tempo, Razão e Emoção. São
Paulo: EdUSP, 2002.

28
[11] SENE, Eustáquio de; MOREIRA, Carlos José. A Geografia no dia-a-dia. Editora
Scipione, 2002.

[12] SISFLORESTAL. Reflorestamento amplia alternativas de renda para produtor rural.


Disponível em: http://sisflorestal.wordpress.com/tag/silvicultura/. Acesso em Jul. 2013.

[13] VALLIN, Marcelo. Serra de Friburgo, Rio de Janeiro, durante as chuvas que afetaram
a região em janeiro deste ano – 13/01/11. Foto 1. Disponível em
htt://veja.abril.com.br/noticia/Brasil/chuvas-causam-os-primeiros-estragos-na-regiao-
serrana.Acesso em Jul. 2013.

29
Equipe de Elaboração

COORDENADORES DO PROJETO

Diretoria de Articulação Curricular

Adriana Tavares Maurício Lessa

Coordenação de Áreas do Conhecimento

Bianca Neuberger Leda


Raquel Costa da Silva Nascimento
Fabiano Farias de Souza
Peterson Soares da Silva
Ivete Silva de Oliveira
Marília Silva

PROFESSORES ELABORADORES

Alberto Toledo Resende


Elton Simões Gonçalves
Patrícia Batista Melo Lopes
Tiago da Silva Lyra
Tongaté Arnaud Mascarenhas Junior

30