Você está na página 1de 4

CAPÍTULO 4 – CINÉTICA QUÍMICA

1. (FMIt-MG)Numa reação completa de combustão, foi consumido, em 5 minutos, 0,25


mol de metano, que foi transformado em CO2 + H2O. A velocidade da reação será:
a) 0,8 mol/min
b) 0,4 mol/min
c) 0,05 mol/min
d) 0,6 mol/min
e) 0,3 mol/min
2. (UVA-CE) Em determinada experiência, a reação de formação da água está ocorrendo
com o consumo de 4 mols de oxigênio por minuto. Consequentemente, a velocidade de
consumo de hidrogênio é de:
a) 2 mol/min
b) 4 mol/min
c) 8 mol/min
d) 12 mol/min
3. (PUC-MG) Considere a equação:

2 NO2 (g) + 4 CO (g) → N2 (g) + 4 CO2 (g)

Admita que a formação do N2 (g) tem uma velocidade média constante igual a 0,05 mol/L ∙
min.

A massa de CO2 (g), em gramas, formada em 1 hora, é:

a) 8,8 b) 44,0 c) 84,0 d) 132,0 e) 528,0


4. (Cesgranrio-RJ) Numa experiência envolvendo o processo N2 + 3 H2 → 2 NH3, a
∆[NH3 ]
velocidade da reação foi expressa como ∆𝑡
= 4,0 𝑚𝑜𝑙/𝐿 ∙ ℎ. Considerando-se a não

ocorrência de reações secundárias, a expressão dessa mesma velocidade, em termos de


concentração de H2, será:
∆[H2 ]
a) − ∆𝑡
= 1,5 𝑚𝑜𝑙/𝐿 ∙ ℎ
∆[H2 ]
b) − ∆𝑡
= 2,0 𝑚𝑜𝑙/𝐿 ∙ ℎ
∆[H2 ]
c) − ∆𝑡
= 3,0 𝑚𝑜𝑙/𝐿 ∙ ℎ
∆[H2 ]
d) − ∆𝑡
= 4,0 𝑚𝑜𝑙/𝐿 ∙ ℎ
∆[H2 ]
e) − ∆𝑡
= 6,0 𝑚𝑜𝑙/𝐿 ∙ ℎ
5. (Mackenzie-SP) A combustão da gasolina pode ser equacionada por C8H18 + O2 →
CO2 + H2O (equação não balanceada). Considere que após uma hora e meia de reação
foram produzidos 36 mols de CO2. Dessa forma, a velocidade de reação, expressa em
número de mols de gasolina consumida por minuto, é de:
a) 3,0
b) 4,5
c) 0,1
d) 0,4
e) 0,05
6. (PUC-Campinas-SP) Considere as duas fogueiras representadas abaixo, feitas, lado a
lado, com o mesmo tipo e quantidade de lenha.

A rapidez da combustão da lenha será:

a) maior na fogueira 1, pois a superfície de contato com o ar é maior.


b) maior na fogueira 1, pois a lenha está mais compactada, o que evita a vaporização de
componentes voláteis.
c) igual nas duas fogueiras, uma vez que a quantidade de lenha é a mesma e estão no
mesmo ambiente.
d) maior na fogueira 2, pois a lenha está menos compactada, o que permite maior
retenção de calor pela madeira.
e) maior na fogueira 2, pois a superfície de contato com o ar é maior.
7. (UFRGS-RS) O carvão é um combustível constituído de uma mistura de compostos
ricos em carbono. Qual é a situação em que a forma de apresentação do combustível, do
comburente e a temperatura utilizada favorecerão a combustão do carbono com maior
velocidade?

Temperatura
Combustível Comburente
(°C)
a) carvão em pedaços ar atmosférico 0
b) carvão pulverizado ar atmosférico 30
c) carvão em pedaços oxigênio puro 20
d) carvão pulverizado oxigênio puro 100
e) carvão em pedaços oxigênio liquefeito 50
8. (Mackenzie-SP) Quando se observa que a velocidade de reação é maior em um
comprimido efervescente usado no combate à azia?
a) Quando colocado inteiro, em água que está à temperatura de 6 °C;
b) Quando pulverizado, em água que está à temperatura de 45 °C.
c) Quando colocado inteiro, em água que está à temperatura de 45 °C.
d) Quando pulverizado, em água que está à temperatura de 6 °C.
e) Quando colocado inteiro, em água que está à temperatura de 25 °C.
9. (UFMG) Um palito de fósforo não se acende, espontaneamente, enquanto está
guardado, mas basta um ligeiro atrito com uma superfície áspera para que ele,
imediatamente, entre em combustão, com emissão de luz e calor.

Considerando-se essas observações, o que se pode afirmar em relação à reação?

a) É endotérmica e tem energia de ativação maior que a energia fornecida pelo atrito.
b) É endotérmica e tem energia de ativação menor que a energia fornecida pelo atrito.
c) É exotérmica e tem energia de ativação maior que a energia fornecida pelo atrito.
d) É exotérmica e tem energia de ativação menor que a energia fornecida pelo atrito.
10. (UFPE) O metano é um poluente atmosférico e sua combustão completa é descrita
pela equação química balanceada:

CH4 (g) + 2 O2 (g) → CO2 (g) + 2 H2O (g)

Essa combustão pode ser esquematizada pelo diagrama abaixo.

Sobre esse processo químico, podemos afirmar que:

a) a variação de entalpia é -890 kJ/mol, portanto é exotérmico.


b) a entalpia de ativação é -1.140 kJ/mol.
c) a variação de entalpia é -1.140 kJ/mol, portanto é endotérmico.
d) a entalpia de ativação é 890 kJ/mol.
e) a entalpia de ativação é -890 kJ/mol.
GABARITO

1. C
2. C
3. E
4. E
5. A
6. E
7. D
8. B
9. D
10. A

Você também pode gostar