Você está na página 1de 8

Princípio Aditivo e Princípio Multiplicativo

Objetivos
• Apresentar as idéias e técnicas básicas para resolver problemas de contagem.
• Dividir um problema grande a vários problemas pequenos, usando os Princípios Aditivo e
Multiplicativo.

Importância
• Os problemas de contagem estão inseridos naturalmente na nossa vida diária.
• Quando estamos apenas interessados em contar os elementos de um determinado conjunto, sem
enumerá-los.
• No desenvolvimento de técnicas de contagem que serão abordadas nas aulas posteriores, tais
como: permutações, combinações, etc. estaremos usando basicamente os Princípios Aditivo e
Multiplicativo.

Inicialmente, nossa principal tarefa é resolver problemas de contagem sem considerarmos arranjos,
combinações, permutações, etc. e, obviamente, sem listarmos todos os elementos a serem contados.
Dessa maneira, tentaremos encontrar a(s) melhor(es) maneira(s) de enumerar os objetos e suas
disposições. Apenas após adquirirmos uma experiência razoável com esses problemas passaremos
então a definir e usar a terminologia usual em combinatória. Até mesmo, às vezes podemos achar mais
fácil resolver os problemas simplesmente usando os princípios aditivo e multiplicativo.
Muitas vezes encontramos em livros didáticos exercícios simples de análise combinatória divididos
pelo tipo de fórmula que são usadas para resolvê-los. Não nos prenderemos a reconhecer qual fórmula
utilizar, mas buscaremos aqui desenvolver uma habilidade de enumerar os objetos de maneira eficiente
que facilite a contagem.

Vamos pensar juntos?

Quantos são os números de 1 a 10, inclusive?

Observemos os seguintes conjuntos:


A = {1,2,3,4,5,6,7,8,9,10}
B = {2,4,6,8,10}
C = {1,3,5,7,9}
D = {n : 1 ≤ n ≤ 6}
E = {n : 4 ≤ n ≤ 10}
F = {n : 1 ≤ n ≤ 10, n primo}
G = {n : 1 ≤ n ≤ 10, n composto}

Sabemos que o conjunto A contém todos os números de 1 a 10, inclusive. Portanto, o número
de elementos de A é a resposta do nosso problema. Vamos denotar por |X| o número de elementos do
conjunto X. Dessa forma, podemos escrever |A|=10.
Notemos que |B|= 5 e |C| = 5. Assim, como A = B ∪ C e B ∩ C = ∅ , podemos dizer que |A| =
|B| + |C| = 5 + 5 = 10.
Analogamente, podemos afirmar que |D| = 6 e |E| = 7, mas não que |A| = |D| + |E| pois apesar
de A = D ∪ E temos que D ∩ E ≠ ∅ .
Analisando F e G, temos |F| = 4 e |G| = 6 mas não podemos afirmar |A| = |F| + |G| pois apesar
de A ≠ F ∪ G temos que F ∩ G = ∅ .
Princípio Aditivo
Se A = B ∪ C (parte inclusiva) e B ∩ C = ∅ (parte exclusiva) então |A| = |B| + |C|.

Exemplo: seqüências de 3 posições usando 0’s e 1’s com repetição


Divisão errada em casos:
Caso 1: seqüência que tem 0 na 1ª posição: _0_ ___ ___
Caso 2: seqüência que tem 0 na 2ª posição: ___ _0_ ___
Caso 3: seqüência que tem 0 na 3ª posição: ___ ___ _0_

Note que a seqüência 0-0-1 é contada no caso 1 e no caso 2, por exemplo.

Exemplo: Quantos são os números de dois dígitos?


a) com dígitos distintos!

Caso 1: 1 na 1ª posição: _1_ ___ → 9 possibilidades


Caso 2: 2 na 1ª posição: _2_ ___ → 9 possibilidades
Caso 3: 3 na 3ª posição: _3_ ___ → 9 possibilidades
. 9 + 9 + ...+ 9 = 9 × 9
.
. 9 vezes
Caso 9: 9 na 1ª posição: _9_ ___ → 9 possibilidades

b) sem restrições!
Caso 1: 1 na 1ª posição: _1_ ___ → 10 possibilidades
Caso 2: 2 na 1ª posição: _2_ ___ → 10 possibilidades
Caso 3: 3 na 3ª posição: _3_ ___ → 10 possibilidades
. 9 × 10
.
.
Caso 9: 9 na 1ª posição: _9_ ___ → 10 possibilidades

c) números com dois dígitos iguais

números de 10 a 99: 90

Dígitos distintos Dígitos iguais


81 9

Podemos resumir assim:

TODOS
BONS = TODOS – RUINS
BONS RUINS

Matematicamente escrevemos:
Se A1, A2, A3, ..., An são conjuntos disjuntos dois a dois então:
A1 ∪ A2 ∪ ... ∪ An = A1 + A2 + ... + An
Princípio Multiplicativo

Se um evento A pode acontecer de m maneiras diferentes e, depois de acontecido evento, um outro


evento B pode acontecer de n maneiras diferentes, qualquer que tenha sido o resultado de A, então:
(primeiro A, depois B) pode acontecer de m × n maneiras distintos

Exemplo: Quantos são os números de dois dígitos entre 10 e 99:


a) com dígitos distintos?

1º: escolhe-se o dígito das dezenas – 9 maneiras


2º escolhe-se o dígito das unidades – 9 maneiras

b) sem restrição?

1º: escolhe-se o dígito das dezenas – 9 maneiras


2º escolhe-se o dígito das unidades – 10 maneiras

GENERALIZANDO:

Se o evento A1 pode acontecer de n1 maneiras diferentes,


depois se o evento A2 pode acontecer de n2 maneiras diferentes qualquer que tenha sido o resultado de A1;
depois se o evento A3 pode acontecer de n3 maneiras diferentes qualquer que tenha sido o resultado de A1 e A2;
...
depois se o evento Ak pode acontecer de nk maneiras diferentes qualquer que tenha sido o resultado de A1, A2, A3, ..., Ak-1,
então:
A1, depois A2, depois A3, ..., depois Ak, pode acontecer de n1 × n2 × n3 × ... × nk maneiras diferentes.

Exemplos:
1) Quantas tipos de bolas diferentes podemos produzir dispondo de 3 diâmetros diferentes, 4 materiais
diferentes e 5 cores diferentes?
1º passo: escolher diâmetro _ 3 opções
2º passo: escolher materiais _ 4 opções
3º passo: escolher cores ____ 5 opções
Total: 3 x 4 x 5 = 60 tipos

2) Quantos números ímpares entre 1000 e 9999 possuem dígitos distintos?


1º - escolher o dígito das unidades __ 5
2º - escolher o dígito dos milhares ___ 8
3º - escolher um dígito restante ______ 8
4º - escolher o último dígito _________ 7
Total: 5 x 8 x 8 x 7

3) Quantos são os números de 0 a 9.999 que contém o dígito 1?


Entre 0 e 9.999 temos 10.000 números.
Vamos calcular quantos são os que NÃO tem o dígito 1:
1º passo – escolher o dígito das unidades ___ 9
2º passo – escolher o dígito das dezenas ____ 9
3º passo – escolher o dígito das centenas ____ 9
4º passo – escolher o dígito dos milhares ____ 9
Total: 94 = 6561

Todos: 10000 Bons = Todos – Ruins


Ruins: 6561 Bons = 10.000 – 6561 = 3439
4) Quantos números inteiros de 1 a 10.000 contém exatamente um dígito 5?

Dividindo em casos temos:


Caso 1: _5_ ___ ___ ___
1º - escolher a posição das unidades ___ 9
2º - escolher a posição das dezenas ____ 9
3º - escolher a posição das centenas ____ 9
Total: 93 = 729
Caso 2:___ _5_ ___ ___
1º - escolher a posição das unidades ___ 9
2º - escolher a posição das dezenas ____ 9
3º - escolher a posição dos milhares____
Total: 93 = 729
Caso 3: ___ ___ _5_ ___
1º - escolher a posição das unidades ___ 9
2º - escolher a posição das centenas ____ 9
3º - escolher a posição dos milhares____ 9
Total: 93 = 729

Caso 4:___ ___ ___ _5_


1º - escolher a posição das dezenas ____ 9
2º - escolher a posição das centenas ____ 9
3º - escolher a posição dos milhares____ 9
Total: 93 = 729

Somando os casos temos 729 + 729 + 729+ 729 = 2916.

Sem dividir em casos:


1º - escolher a posição do 5 ________ 4
2º - completar as posições restantes __ 93
Total: 4 x 93 = 2916

5) Quantos números diferentes se podem fazer com 1, 1, ..., 1, 3, 8?


Apresentaremos, neste caso, duas resoluções diferentes.
Resolução 1:
1002 posições em linha
1º - escolher o lugar do 3 __________ 1002
2º - escolher o lugar do 8 __________ 1001
3º - colocar 1 nos espaços restantes __ 1
Resolução 2:
1º - colocar 1000 1’s enfileirados __ 1
2º - “pingar” o 3 _______________ 1001
3º - “pingar” o 8 _______________ 1002

6) Quantos números diferentes de 5 dígitos podemos formar com todos os símbolos 1, 1, 1, 3, 8?


Para situações desse tipo devemos nos atentar para o fato de que basta escolher a posição dos
algarismos 3 e 8.
Algumas seqüência válidas são:
(Seqüência) ↔ (Posição do 3 e do 8)
1 8 1 3 1 ↔ 4,2
8 3 1 1 1 ↔ 2,1
3 1 8 1 1 ↔ 1,3
1 3 1 8 1 ↔ 2,4
Dessa maneira temos uma bijeção entre os números que queremos contar e as 2-sequências de dígitos
de 1 a 5, sem repetição. Podemos então proceder à contagem:
1º - escolher a posição do primeiro número (3 por exemplo) _________________ 5
2º - escolher a posição do segundo número (8, já que escolhemos 3 primeiro) ____ 4
Total: 5 x 4 = 20
7) Participam de um campeonato 1.500 times. Sabendo que o perdedor de cada jogo é desclassificado
do campeonato, quantos são os jogos desse campeonato?
Nesse exemplo, podemos estabelecer uma bijeção entre o conjunto dos jogos e o conjunto dos times
perdedores pelo nome. Ou seja, podemos “nomear” cada jogo pelo nome do perdedor. Como teremos
1.499 perdedores, teremos 1.499 jogos nesse campeonato.
8) Quantas são as 23-sequências com as 23 letras do alfabeto, sem repetição e sem vogais
consecutivas?
1º - alinhar as consoantes ______________ 18!
2º - “pingar” as vogais nos interespaços ___19.18.17.16.15
Total: 18!.19.18.17.16.15

9) De quantas maneiras é possível formar uma dupla com João e Maria?


Obviamente apenas 1 maneira.
Um erro de raciocínio é:
1º - escolher uma pessoa __ 2
2º - escolher a outra _____ 1
Total: 2.1
10) De quantas maneiras 10 homens e 10 mulheres podem se sentar em linha:
a) sem restrição?
20!
b) com as mulheres juntas?
1º - ordenar 10 homens e M = {10 mulheres} __ 11!
2º - ordenar as mulheres ___________________ 10!
Total: 11! 10!
c) com as mulheres juntas e os homens juntos?
1º - decidir HM ou MH _______________ 2
2º - permutar homens _________________ 10!
3º - permutar mulher __________________ 10!
Total: 2 x 10! x 10!

d) com homens e mulheres alternados?


1º - ordenar os homens ________________________________ 10!
2º - ordenar as mulheres _______________________________ 10!
3º - “encaixar” as mulheres a partir da direita ou da esquerda __ 2
Total: 2 x 10! x 10!

e) se são 10 casais, com cada marido ao lado de sua mulher?


1º - permutar os casais ______________________ 10!
2º - decidir a ordem de cada casal ______________ 210
Total: 10! X 210

11) Um fotógrafo tem a sua disposição 5 rapazes e 5 moças para dispor em 5 degraus com um casal
por degrau para fazer uma fotografia. Quantas são as possíveis fotografias?
1º - ordenar os rapazes (um por degrau) ____________ 5!
2º - ordenar as moças (uma por degrau) ____________ 5!
3º - decidir da posição HM ou MH em cada degrau ___ 25
Total: (5!)2 x 25
12) De quantas maneiras podemos colocar n bolas numerados em k caixas numeradas:
a) sem restrição?
1º - escolher a caixa da 1ª bola ___ k
2º - escolher a caixa da 2ª bola ___ k
...
nº - escolher a caixa da nª bola ___ k
Total: kn

b) nenhuma caixa contendo mais que uma bola?


1º - escolher a caixa da 1ª bola ___ k
2º - escolher a caixa da 2ª bola ___ k – 1
3º - escolher a caixa da 3ª bola ___ k – 2
...
nº - escolher a caixa da nª bola ___ k – n + 1
Total: k.(k – 1).(k – 2)...(k – n + 1)

13) De quantas maneiras podemos pintar um mapa com n cores distintas de maneira que mapas de
países adjacentes sejam pintados com cores distintas?

1 2

3 4

14) Quantas maneiras de ir de A até B sem voltar?


B
1 2 . . . . . n
A

Vamos definir: 0 – andar por baixo


1 – andar por cima

Dessa maneira, o caminho a ser percorrido será uma n-seqüência com repetição usando 0 e 1. Logo,
teremos 2n maneiras de ir de A até B.

15) De quantas maneiras podemos sentar k pessoas em n lugares em linha de modo que não hajam
duas pessoas lado a lado?
Observemos casos específicos:
_a_ ___ _b_ n kmax
_a_ ___ _b_ ___ 3 2
_a_ ___ _b_ ___ _c_ 4 2
_a_ ___ _b_ ___ _c_ ___ 5 3
6 3
7 4

k pessoas: o problema tem solução se n ≥ 2k – 1.

Definição (Conjunto das Partes): O conjunto de todos os subconjuntos de um dado conjunto A é


chamado Conjunto das Partes (ou Conjunto Potência) de A, e denotado por P(A):
P( A) = { X | X ⊆ A}
Como, por definição, ∅ ⊆ A e A ⊆ A , então:
∅ ∈ P( A) e A ∈ P( A) .

Vale verificar que, com as estratégias discutidas nesse texto, podemos escrever pelo menos uma
demonstração combinatória que para um dado conjunto A, com |A| = n temos |P(A)| = 2n, ou seja,
P(A) possui 2n elementos, ou ainda, A possui 2n subconjuntos diferentes.

Estratégias para resolver problemas

Alguns problemas podem parecer muito complicados à primeira vista. Porém, podem se tornar
fáceis se analisarmos atentamente e observamos algumas estratégias:
- Postura: Devemos sempre nos colocar no lugar de quem está executando a ação proposta. No
Exemplo 11, nós nos colocamos no papel do fotógrafo e no Exemplo 13, no papel daquele que vai
pintar o mapa.
- Divisão: Sempre que possível, dividir as decisões a serem tomadas em decisões mais simples
facilita a resolução do problema. Voltando novamente ao Exemplo 11, escolher um casal foi
dividido em escolher o homem e escolher a mulher.
- Não adiar dificuldades: Devemos começar sempre das decisões onde encontramos as restrições
mais fortes. Essa deve ser nossa primeira decisão.

Erros de estratégia

Exemplo: Quantos são os números de três dígitos distintos?


Se começamos pela escolha do dígito das unidades, temos 10 possibilidades. Depois, temos 9
possibilidades de escolha para o dígito das dezenas. Porém, não podemos afirmar com precisão
quantas são as possibilidades de escolher o dígito das centenas pois se já tivermos usado o dígito 0
teremos 8 possibilidades. Mas se ainda não tivermos usado esse dígito teremos 7 possibilidades de
escolha já que não poderemos usar o 0 na ordem das centenas.

Permutação e Fatorial

Observe o seguinte problema:


De quantas maneiras podemos ordenar em fila n objetos distintos?
1º - Escolher o primeiro objeto ___ n
2º - Escolher o segundo objeto ___ (n – 1)
...
nº - Escolher o último objeto _____ 1
Total: n x (n-1) x ... x 1

Podemos escrever resumidamente a resposta n x (n-1) x ... x 1 como n! (lê-se fatorial de n)


E, a cada ordem que se dá aos objetos chamamos de permutação (simples) do objeto.
Por exemplo, as permutações simples das letras a, b e c são (abc), (acb), (bac), (bca), (cab) e (cba).

EXERCÍCIOS
1) Com 5 homens e 5 mulheres, de quantos modos se pode formar um casal?
2) Uma bandeira é formada por 7 listras que devem ser coloridas usando apenas as cores verdes,
azul e cinza. Se cada listra deve ter apenas uma cor e não se pode usar cores iguais em listras
adjacentes, de quantos modos se pode colorir a bandeira?
3) Quantos são os números de três dígitos distintos? Desses, quantos são pares?
4) O código Morse usa duas ‘letras’, ponto e traço, e as palavras têm de 1 a 4 letras. Quantas são as
palavras do código Morse?
5) Quantos divisores inteiros e positivos possui o número 360? Quantos desses divisores são pares?
Quantos são ímpares? Quantos são quadrados perfeitos?
6) Quantos são os gabaritos possíveis de um teste de 10 questões de múltipla-escolha, com 5
alternativas por questão?
7) De quantos modos 3 pessoas podem se sentar em 5 cadeiras em fila?
8) De quantos modos 5 homens e 5 mulheres podem se sentar em 5 bancos de 2 lugares, se em cada
banco deve haver um homem e uma mulher?
9) De um baralho comum de 52 cartas, sacam-se sucessivamente e sem reposição duas cartas. De
quantos modos isso pode ser feito se a primeira carta deve ser de copas e a segunda não deve ser um
rei?
10) Dispomos de 5 cores distintas. De quantos modos podemos colorir os quatro quadrantes de um
círculo, cada quadrante com uma só cor, se quadrantes cuja fronteira é uma linha não podem
receber a mesma cor?
11) Quantos são os anagramas da palavra CALOR? Quantos começam por consoante?
12) De quantos modos podemos arrumar em fila 5 livros diferentes de Matemática, 3 livros
diferentes de Estatística e 2 livros diferentes de Física, de modo que livros e uma mesma matéria
permaneçam juntos?
13) Quantos são os anagramas da palavra “BOTAFOGO”?
14) De quantos são modos podemos dividir 8 objetos em um grupo de 5 objetos e um de 3 objetos?
15) Quantos são os anagramas da palavra CAPITULO:
a) possíveis?
b) que começam e terminam por vogal?
c) que têm as vogais e as consoantes intercaladas?
d) que têm as letras c, a e p juntas nessa ordem?
e) que têm as letras c, a e p juntas em qualquer ordem?
f) que têm a letra p em primeiro lugar e a letra a em segundo?
g) que têm a letra p em primeiro lugar ou a letra a em segundo?
h) que têm p em primeiro lugar ou a em segundo ou c em terceiro?
i) nos quais a letra a é uma das letras à esquerda de p e a letra c é uma das letras à direita de p?
16) De quantos modos é possível colocar 8 pessoas em fila de modo que duas dessas pessoas, Vera
e Paulo, não fiquem juntas?