Você está na página 1de 32

MATERIAIS METÁLICOS

Prof. Arthur MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO


INTRODUÇÃO
2

Os materiais metálicos são SUBSTÂNCIAS INORGÂNICAS

que contém um ou mais elementos metálicos e também por

conter alguns elementos não metálicos.


3
INTRODUÇÃO
4

Os metais quase que na sua totalidade são utilizados

sob forma de LIGAS e constituem um dos mais

importantes grupos de materiais de construção.


INTRODUÇÃO
5

O seu emprego deve-se:

 Aos grandes conhecimentos adquiridos relativo às


suas propriedades e comportamento.

 Ao constante aperfeiçoamento dos processos de


fabricação e progressivo desenvolvimento de novas
ligas.
INTRODUÇÃO
6

O metal mais empregado é o ferro (Fe) na forma de

liga ferro-carbono, constituindo o aço e o ferro fundido.

 Aços – de 0,008% até 2,1% de carbono

 Ferro fundido – de 2,1 até 4,3% de carbono


INTRODUÇÃO
7

Outros metais constituindo os não ferrosos e suas ligas


também encontram emprego na construção civil como:

Alumínio (Al) Manganês (Mn) Aumentam a


Cobre (Cu) Tungstênio (W) dureza:
Ferramentas
Cromo (Cr) Cobalto (Co)
Zinco (Zn) Molibdênio (Mo) Aumenta
resistividade
Estanho (Sn) Vanádio (V) elétrica: motores e
transformadores
Níquel (Ni) Silício (Si)
Chumbo (Pb) Fósforo (P) Prejudicial
torna o aço frágil
e quebradiço
INTRODUÇÃO
8

Desvantagens dos metais ferrosos em relação aos não


ferrosos:

- Massa específica relativamente alta

- Baixa condutividade elétrica

- Suscetibilidade à corrosão
INTRODUÇÃO
9

Ocorrência dos metais:

Podem ocorrer na natureza no estado nativo ou na forma de


mineral.

 No estado nativo eles são puros – Ouro (Au) e Platina (Pt)

 No estado mineral encontra-se a Prata (Ag), o Cobre (Cu),


o Ferro (Fe), o Alumínio (Al), etc...
INTRODUÇÃO
10

Características gerais dos metais:

Resistência mecânica (tração, compressão, torção)

Dureza

Maleabilidade

Ductil é o oposto de frágil


Ductilidade
Capacidade de deformação sob
É a capacidade de um metal de sofrer tensão constante
apreciável deformação a frio sem se romper.
DUCTILIDADE
11
DUCTILIDADE
12
INTRODUÇÃO
13

Características gerais dos metais:

Tenacidade

Corrodobilidade

Condutibilidade elétrica e térmica

Aptidão para formar liga


INTRODUÇÃO
14

Características gerais dos metais:


 Resistência mecânica (tração, compressão, torção)

Depende de uma serie de fatores:

- estrutura cristalina do metal


- condição física do metal ou tratamento (se fundido, recozido,
temperado)
- do teor de impurezas (a resistência diminui com aumento de
% impurezas)
- temperatura
INTRODUÇÃO
15

Características gerais dos metais:

 Dureza
É a resistência oferecida por uma substância à penetração de
um corpo mais duro.

 Ductilidade
É a capacidade de um metal de sofrer apreciável deformação
a frio sem se romper.
INTRODUÇÃO
16

Características gerais dos metais:

 Maleabilidade
É a capacidade de um metal em se deixar moldar facilmente no
estado líquido a frio ou a quente e determina a sua maior
aptidão aos trabalhos de laminação, forjamento, estiragem.

 Tenacidade
É a capacidade de um metal de absorver considerável energia
antes de se romper pela aplicação de um esforço. O metal
tenaz apresenta grande resistência ao choque.
INTRODUÇÃO
17

Características gerais dos metais:

 Corrodobilidade

É maior ou menor resistência à corrosão, ou seja a resistência


ao ataque químico, é pois a tendência à reversão do metal
tendendo a constituir novamente parte do minério que foi
extraído.

Metais que apresentam maior resistência à corrosão: níquel,


cromo, zinco, estanho.
INTRODUÇÃO
18

CLASSIFICAÇÃO DOS MATERIAIS METÁLICOS

Os metais e suas ligas podem ser classificados em dois


grande grupos:

MATERIAIS METÁLICOS FERROSOS

MATERIAIS NÃO FERROSOS


INTRODUÇÃO
19

CLASSIFICAÇÃO DOS MATERIAIS METÁLICOS

- Os ferrosos contêm uma percentagem elevada de ferro em


sua composição química, nesta classe se enquadram os
produtos siderúrgicos (aços, ferros fundidos).

- Os não ferrosos não contêm ferro ou contêm o ferro apenas


em pequena quantidade, nesta classe se enquadram o alumínio,
o cobre, o níquel, o estanho, etc...
INTRODUÇÃO
20

 Os aços podem ser caracterizados como um tipo de liga


ferro-carbono, geralmente com teores de carbono até 2,1%,
e com a presença de outros elementos como o Mn,
Si, P, S, resultantes do processo de obtenção e de outros
elementos adicionados como o Cu, Cr, Ni, Mo, Nb, para
melhoria de suas propriedades.

 Os ferros fundidos são ligas metálicas com teor de


carbono acima de 2,1% e raramente superior a 4%.
ALUMÍNIO
21

 É um dos elementos mais abundantes da natureza.

 Sua extração nem sempre é economicamente viável.

 É extraído a partir da bauxita (Al2O3).

 São necessárias 5t de bauxita para obter 2t de


alumina e 2t de alumina para obter 1t de alumínio.
ALUMÍNIO
22

 O DURALUMÍNIO é uma liga de alumínio de


elevada resistência mecânica após tratamento
térmico.

 Composição: 4% Cu + 0,5% Mn + 0,5% Mg


ALUMÍNIO
23

Aplicações do alumínio:

 fios e cabos elétricos


 tubos
 perfis
 cárter de motores
 polias
 hélices para avião
 telhas para coberturas
COBRE
24

 A quantidade de cobre nos minerais oscila entre 0,7 e


2,5% de cobre.

 Os principais tipos de ocorrência de cobre são de


minério sulfetado, oxidado, hidroxidado e carbonatados.

 O principal e importante minério é o do tipo sulfetado


representado pela calcopirita (CuFeS2).
COBRE
25

Aplicação do Cobre:

 vergalhões
 perfis
 chapas
 tubos
 arames
 fios e cabos
ZINCO
26

 É obtido a partir da esfarelita – principal minério


(sulfeto de Zinco)

 O maior emprego do Zinco é para melhorar e corrigir


as propriedades dos outros metais
a quente
 30% do Zn destina-se à galvanização
eletrolítica
 20% com o Cobre produzindo o latão e outras ligas

 9% para peças fundidas


ZINCO
27

 Outras aplicações:

 Chapas lisas ou onduladas para coberturas e


revestimentos, calhas, dutos

 Entra na composição das tintas


LIGAS
28

É uma mistura, de aspecto metálico e homogêneo


de um ou mais metais entre si ou com outros
elementos.

Podem ser classificadas em:


 misturas mecânicas
 soluções sólidas
 compostos químicos
LIGAS
29

MISTURAS MECÂNICAS: os cristais dos componentes


estão simplesmente misturados. Ex: liga de estanho-chumbo
para solda.

SOLUÇÕES SÓLIDAS: ocorre uma interligação entre os


cristais durante a solidificação. Ex: aço.

COMPOSTOS QUÍMICOS: existe a formação de


compostos entre os metais. Ex: latão.
BRONZE
30

 O bronze é uma liga de 85 a 95% de cobre e de 15 a 5% de


estanho

 Tem a característica de alta dureza, flexível e de difícil oxidação

 É empregado na confecção de:


 metais sanitários
 ferragens (fechaduras, dobradiças, fechos, puxadores)
 e ornatos para a construção civil
LATÃO
31

 O latão é uma liga de cobre e zinco, a proporção é variável, pode


ir de 60 a 95% de cobre para 40 a 5% de zinco.

 Apresenta grande dureza e resistência ao desgaste, dificilmente


oxida.

 É empregado na confecção de:


 metais sanitários
 ferragens (fechaduras, dobradiças, fechos, puxadores)
 ornatos para a construção civil
MATERIAIS METÁLICOS

Prof. Arthur MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO